Velocidade Online

Diversos - Diversos

DIVERSOS - SABER, PERCEBER E DETECTAR SINAIS

Quinta, 29 Outubro 2020 15:53 | Actualizado em Domingo, 29 Novembro 2020 20:57

Saber perceber e detectar os sinais que o veículo dá sobre o seu estado técnico

A ‘Elige calidad, elige confianza’ (ECEC), passou a disponibilizar às oficinas mecânicas um guia para orientar os seus clientes para que saibam perceber os avisos que o veículo nos dá quando algo está errado. A iniciativa destaca a importância das oficinas compartilharem esse conhecimento com o condutor para aumentar os níveis de segurança viária e a vida útil dos veículos.

Ocasionalmente, ao volante, percebe-se que o carro não se comporta como habitualmente. E se isso acontecer apenas de vez em quando, provavelmente não é dada a devida importância. Ou mesmo que esse comportamento incomum ocorra, ele nem sequer é percebido. Por este motivo, é aconselhável prestar atenção ao estado técnico do veículo e, sobretudo, dirigir-se à oficina para efetuar as respetivas inspeções com a periodicidade adequada.

Esses sinais podem ser um alerta de que um componente está a começar a falhar, o que, em primeiro lugar, compromete a segurança rodoviária e, em segundo lugar, pode afetar o funcionamento de outros componentes ou do veículo como um todo, assumindo uma avaria que afetará a vida útil do mesmo.

Para que o condutor saiba que um barulho numa estrada é um aviso de que algo está errado, bem como as consequências que pode ter de ignorar aquele sinal, a ‘Elige calidad, elige confianza’ (ECEC), iniciativa formada por fabricantes de componentes de alto nível, disponibiliza às oficinas mecânicas um GUIA para aconselhar e educar seus clientes sobre a importância de perceber e atender aos avisos do veículo de que algo pode estar começando a falhar. Além disso, este guia explica a importância do bom funcionamento de cada componente e as consequências que seu mau estado técnico pode trazer, e inclui sugestões e recomendações quanto à sua manutenção, ressaltando também a importância da seleção de componentes de qualidade. Material que a ECEC disponibiliza às oficinas mecânicas para ser compartilhado com seus clientes.

Assim, de acordo com o guia ECEC, alguns dos pontos de atenção que o veículo fornece sobre a necessidade de revisão do seu estado técnico são:

Sensação de alguma perda de controle do veículo

Se, enquanto conduzimos, sentimos que, mais do que num veículo, estamos numa atração de feira na qual não estamos no controle, é provável que o sistema de suspensão não esteja em boas condições. Esse sistema, composto pelos amortecedores e pelas molas, que atuam entre o chassi e as rodas, é responsável por absorver as irregularidades do terreno permitindo o controle do veículo, o que dá ao condutor a possibilidade de travar, passar por buracos, mudar de direção ou desviar repentinamente, no momento exato e em tempo hábil.
Além disso, um sistema de suspensão ruim também afeta a travagem, aumentando a distância de paragem em até 35 por cento. Isso porque, na travagem, devido à inércia do movimento e ao peso do veículo, amortecedores desgastados não estabilizam a carroceria. Isso fará com que a extremidade traseira se levante, evitando que os pneus traseiros entrem em contato com a estrada, resultando em menor tração e controle, resultando em maior distância de imobilização.

Vibração ou rodagem do volante em linha reta

Se durante a condução, ao soltar o volante em linha reta, notarmos que ele vira para o lado ou vibra, estamos diante de uma indicação clara de que o sistema de direção precisa de uma revisão urgente. Que o veículo tome a direção que desejamos é essencial, portanto, o sistema de direção é o principal elemento de segurança. Sua função é orientar as rodas para que o veículo siga o caminho desejado apenas movendo o volante.

Outros sinais que devem alertar para um possível estado inadequado do sistema de direção são o ruído excessivo ao conduzir numa área acidentada; direção irritante, tremula e irregular; salto excessivo; ou pneus gastos desigualmente.

Impulsos secos, chocalhos, guinchos, aumento do consumo, entre outros

Talvez a falha que todo o condutor tenha mais  respeito "económico" seja o motor, que pode acabar com a vida útil de nosso veículo. Nesse sentido, devemos saber que choques secos, chocalhos, guinchos, aumento do consumo de combustível, vazamentos de água ou perda de desempenho térmico do motor são indícios de que algo está acontecendo com o kit de distribuição, que pode gerar uma falha grave do motor.

O kit de distribuição é composto por correia, roletes, polias, tensionadores e, dependendo do fabricante, também bomba d'água. Sua função é sincronizar o movimento entre o eixo de cames e o eixo do motor ou virabrequim, ou seja, entre os pistões e as válvulas. A correta e perfeita sincronização entre as duas partes é importante para seu correto funcionamento e assim evitar graves falhas do motor.
Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos