Velocidade Online

Mundial - Todo o Terreno

MUNDIAL - TODO O TERRENO - BRASIL

Quinta, 29 Outubro 2020 17:28 | Actualizado em Domingo, 22 Novembro 2020 01:12

De carro novo, irmãos Baumgart vão à caça no Sertões

Um tricampeão do Sertões e um tricampeão brasileiro de rali Cross Country: Cristian e Marcos apostam na Toyota Hilux para recuperar hegemonia da X Rally Team no principal rali das Américas

(esq-dir) Marcos Baumgart, Kleber Cincea, Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Divulgação)
Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive (Divulgação)

Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive
(Divulgação)

Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive (Divulgação)

Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive
(Divulgação)

(esq-dir) Marcos Baumgart, Kleber Cincea, Cristian Baumgart e Beco Andreotti (Divulgação)

(esq-dir) Marcos Baumgart, Kleber Cincea, Cristian Baumgart e Beco Andreotti
(Divulgação)

Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive (Divulgação)

Equipe X Rally Team, Toyota Hilux IMA 2020 by Overdrive
(Divulgação)

Os irmãos Cristian e Marcos Baumgart prometem ir à caça no Sertões 2020, que começa em Mogi Guaçu (SP) no próximo dia 30 e atravessará o país por cerca de cinco mil quilômetros até a chegada em Barreirinhas, na região dos Lençóis Maranhenses. Serão oito dias de competição atravessando cinco estados mais o Distrito Federal ? as cidades não foram reveladas, pois a caravana da prova será isolada em ?bolhas? para evitar qualquer contato e contágio pelo novo coronavírus.

E para sair à caça, os irmãos mais velozes do rali brasileiro terão novas armas à disposição: os Toyota Hilux IMA preparados pela empresa belga Overdrive, em substituição aos Ford Ranger construídos pela NWM Motorsport. No primeiro contato com os Toyota, no final de setembro, Cristian Baumgart e o navegador Beco Andreotti venceram o Baja Capital dos Vinhos, em Portugal, enquanto Marcos Baumgart e Kleber Cincea terminaram no pódio em terceiro lugar.

É o mesmo modelo com o qual Fernando Alonso disputou o Dakar de 2020 e traz diversas atualizações em relação ao modelo com o qual o catari Nasser Al-Attyiah venceu o Dakar no ano anterior. O bólido traz motor 5.0 V8 de posição central e 390 cavalos de potência, além de câmbio sequencial Sadev de seis marchas.

?Um ano diferente requer algo diferente. Viemos com novidades, porque a cada ano que passa o Sertões fica mais difícil e os competidores vêm ainda mais preparados. Temos aí nove, dez pilotos com chance de título e vários deles já venceram o Sertões. Então, esse ano eles são a caça e nós somos os caçadores?, destacou Marcos Baumgart, tricampeão brasileiro e campeão sul-americano de rali Cross Country.

O navegador Kleber Cincea compartilha das expectativas de seu parceiro de cockpit. ?A expectativa é sempre de lutar pela vitória, e desta vez estamos com um carro novo. Estamos otimistas, fizemos a lição de casa, nos preparamos em Portugal e vamos com força total. Claro, o Sertões é dificílimo e com uma concorrência fortíssima, mas vamos dar o nosso melhor o tempo todo?, disse.

Apesar do título entre os carros em 2019 ter ficado com um carro construído pela X Rally Team, o sabor não foi dos mais agradáveis. Quando buscavam o tetracampeonato consecutivo da prova, Cristian Baumgart e Beco Andreotti se acidentaram sem gravidade no sexto dos oito dias de prova e, apesar de terem voltado à prova, perderam a liderança para Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio. Depois de três anos consecutivos vencendo, Cristian e Beco ficaram com o vice.

?Quem vence o Sertões é porque mereceu, então não há demérito nenhum nos vencedores do ano passado, que fizeram um excelente trabalho e tiraram tudo do carro que construímos. Claro que foi algo que desceu com um gosto meio amargo na garganta, e por isso reforçamos a nossa preparação para 2020?, afirmou Cristian. ?Vai ser diferente, em uma época diferente, e acho que vamos ter mais calor e mais umidade. A concorrência vai ser muito apertada, e isso vai fazer do Sertões 2020 uma competição fantástica. Quanto aos carros novos, a gente se adaptou bem e rápido quando corremos em Portugal. Os carros vieram ao Brasil, montamos, fizemos um treino breve e agora já está tudo pronto para começar a briga?, concluiu.

?Os Toyota se mostraram muito fortes, rápidos e confiáveis. E depois de grandes nomes do rali mundial, chegou a nossa vez de acelerar estas máquinas. O nível dos concorrentes é cada vez mais alto ? o resultado do ano passado provou isso - e precisamos acompanhar essa tendência. Vamos em busca de trazer esse título de volta à nossa equipe?, pontuou o navegador Beco Andreotti, que forma ao lado de Cristian uma das duplas mais longevas da história do rali mundial, com 20 anos de parceria.

TOYOTA HILUX IMA OVERDRIVE ? FICHA TÉCNICA

Motor: 5.0L V8 (Lexus RCF)
Potência: 390 HP
Torque: 590 Nm
Vel.Máx.: 195 km/h aprox.
Injeção: Direta de nova especificação
Transmissão: Câmbio Sadev sequencial 6 marchas + ré
Embreagem: AP Racing Sinter metálica
Diferenciais: Gemini Overdrive/Hallspeed
Chassis: Tubular com habitáculo em carbono-kevlar
Freios: 6 pistões refrigerados a água (frente e traseira)
Suspensão: Independente nas 4 rodas com 280 mm e amortecedores BOS
Comprimento: 4.800mm
Largura: 2.000mm
Altura: 1.750mm
Peso: aprox.. 1.850 kg vazio (mínimo pelo regulamento FIA)
Entre-eixos: 2.900mm
Tanque de combustível: FT3 Safety Tank 500L de capacidade

 

Sobre a X Rally Team:
A equipe X Rally Team nasceu em 1999, criada pelos irmãos Cristian e Marcos Baumgart, movidos pelo desejo de competir no maior rali do país. O desejo foi concretizado com a inscrição de um veículo Troller na edição do Rally dos Sertões daquele ano, na qual terminou em terceiro lugar na categoria.

A profissionalização veio de maneira natural, e logo os irmãos Baumgart começaram a mostrar resultados. Os primeiros títulos começaram a aparecer já em 2002, 2003 e 2004, e em 2006 a equipe foi campeã da classe Protótipos no Rally dos Sertões.

O desejo por evolução e pelo título geral do mais difícil rali brasileiro moveu a equipe em novos desafios, e desde 2014 o X Rally Team alimenta uma parceria de sucesso com a Neil Woolridge Motorsport. A empresa sul-africana atua como construtora dos Ford Ranger V8 4x4 com o qual a equipe brasileira faturou os títulos do Sertões em 2016, 2017 e 2018 (com Cristian Baumgart e Beco Andreotti), e depois de iniciar a construção dos próprios protótipos, venceu também o de 2019.

A X Rally Team atende a diversos clientes nas categorias carros e UTV, possuindo veículos para locação e venda. Um destes carros foi o campeão do Sertões de 2019 - com Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio -, e é considerada uma das equipes mais profissionais, organizadas e preparadas do país. O time competiu no Dakar de 2019, no Peru, e terminou a competição entre os dez melhores UTVs com Marcos Baumgart e Kleber Cincea em sexto lugar e Cristian Baumgart/Beco Andreotti em nono.

O time possui duas das duplas mais longevas da história do rali mundial: Cristian e Beco competem juntos desde 2001, enquanto Marcos Baumgart e Kleber Cincea, bicampeões brasileiros de rali cross country, formam parceria desde 2006.

A X Rally Team conta com os patrocínios de Vedacit, BFGoodrich, Motul, Sparco, STP e Rodobens.

 

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos