Velocidade Online

Nacional - Karting

CAMPEONATO PORTUGAL KARTING - ANIMAÇÃO FOI O QUE NÃO FALTOU EM BALTAR

Quarta, 16 Junho 2021 20:09 | Actualizado em Sexta, 30 Julho 2021 05:02

Martim Gomes, Guilherme Morgado, Lourenço Rocha, Martim Meneses, Noah Monteiro, Luís Alves, Frederico Peters, João Fernandes, Rui Chagas, Ricardo Borges, Elias Barros, Paulo Martins e Joaquim Rocha venceram na terceira jornada dupla do Campeonato de Portugal de Karting KIA.

O Campeonato de Portugal de Karting KIA prosseguiu este fim de semana, com a realização da terceira jornada dupla, no Kartódromo de Baltar, sob a organização do Clube Automóvel do Minho (CAM). Os 84 participantes proporcionaram um excelente espetáculo, com a categoria X30 a ser ‘cabeça de cartaz’ com uma grelha de 30 pilotos.

Categoria X30

Com 30 pilotos em pista, no primeiro dia de competição, Luís Alves foi o mais rápido nos treinos cronometrados e venceu a manga de qualificação. Na Corrida Final, disputada em 18 voltas, Luís Alves arrancou da pole-position, tendo a seu lado na grelha de partida Frederico Peters. Da segunda linha, largaram Luís Leão e Mariana Machado.

O piloto de Guimarães esteve novamente muito forte e a partir da quinta volta passou a estar mais destacado na liderança, conseguindo conservá-la até ao fim, para somar mais uma vitória.

Frederico Peters – que partiu para esta terceira jornada dupla na primeira posição em igualdade pontual (88 pontos) com Luís Alves – foi quem deu maior réplica ao piloto vimaranense na parte inicial da corrida. Contudo, o eborense acabaria por ser segundo classificado, com Gabriel Caçoilo a terminar logo a seguir no terceiro posto, mas viria a ser penalizado e caiu para o sétimo lugar.

Assim, foi Luís Leão quem completou o pódio, enquanto Mariana Machado – 1.ª na classe feminina – e Henrique Cruz (que ainda rodou no quarto lugar) fecharam o top-5.

Jesse Doorgeest garantiu o sexto lugar, Gabriel Caçoilo, como já mencionámos, foi sétimo classificado, seguindo-se Tomás Caixeirinho, Santiago Ribeiro e Duarte Pinto Coelho para encerrarem, por esta ordem, o top-10.

João Fernandes venceu na X30 Master, Fernando Alves foi segundo classificado após uma penalização, enquanto Pedro Paiva foi forçado a abandonar à passagem da 12.ª volta e Rui Chagas após a quarta volta.

No segundo dia de competição, Luís Alves voltou a ser o mais rápido nos treinos cronometrados e na manga de qualificação venceu João Miguel Oliveira. Na Final, disputada em 18 voltas, o piloto da Batalha arrancou da pole-position, mas Duarte Pinto Coelho conseguiu passar para a liderança na qual se manteve até à quarta volta, altura em que Frederico Peters passou para o comando e conservou-o até à bandeira xadrez. Contudo, o piloto de Évora viria a ser penalizado e caiu para a terceira posição, tendo a vitória ficado na posse de Luís Alves, enquanto Gabriel Caçoilo – que rubricou a volta mais rápida em 48,340s – foi segundo classificado.

Santiago Ribeiro, que arrancou da 10.ª posição, ainda rodou no terceiro lugar, mas acabou por cruzar a meta num positivo quarto posto, enquanto Henrique Cruz (Kart Republic) – que partiu do 30.º lugar! – fechou o top-5.

Jesse Doorgeest foi sexto classificado, na frente do espanhol Christian Dominguez Sendon (Birel ART), de Tomás Leitão, Francisco Serôdio (Kart Republic) e de Diogo Marujo (Tonykart), que encerrou o top-10.  

Rui Chagas venceu na Master, enquanto Fernando Alves e João Fernandes foram os terceiro e quarto classificados, respetivamente. Pedro Paiva foi forçado a abandonar à passagem da oitava volta.

Nota para a rookie Francisca Queiroz (Tonykart) que foi 15.ª classificada e vence a classe feminina.

Categoria X30 Super Shifter

Ricardo Borges foi o mais rápido nos treinos cronometrados à geral e na Sénior no primeiro dia de competição e depois venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 16 voltas, Ricardo Borges voltou a arrancar da pole-position e dominou por completo até à bandeira xadrez, colecionando mais um triunfo à geral e na Sénior, com a volta mais rápida em 46,980s.

Até ao último terço da corrida foram cerca de cinco pilotos a lutar pela segunda posição, mas depois passou a ser discutida de forma mais intensa entre Elias Barros e André Serafim, tendo o primeiro acabado por levar a melhor, sendo os primeiro e segundo classificados, respetivamente, da categoria Master.

Miguel Ramos viu a bandeira xadrez no quarto lugar, mas foi penalizado e caiu para o sexto posto (3.º na Sénior), tendo assim Vasco Lázaro (3.º Master) e Rodrigo Lessa (2.º Sénior), encerrado, por esta ordem, o top-5.

Joseph Oliveira cruzou a meta na sexta posição, mas uma penalização atirou-o para o 11.º lugar, pelo que Hugo Marreiros foi sétimo classificado (4.º na Master), na frente de Kevin Saraiva, quarto na Sénior.

Paulo Martins terminou na nona posição e venceu na Gentleman, pressionado por Joaquim Rocha, que encerrou o top-10 e garantiu o segundo lugar na Gentleman.

Bruno Frota foi o 12.º classificado (5.º na Master), seguindo-se Martin Serra Correal (6.º na Sénior), Sérgio Carvalho (3.º na Gentleman), enquanto Márcio Moreira abandonou logo à passagem da primeira volta e Nuno Portela não alinhou.

No segundo dia de competição, Ricardo Borges voltou a ser o mais rápido nos treoinos cronometrados à geral e na Sénior, mas na manga de qualificação triunfou Paulo Martins à geral e na Gentleman. Na Final, disputada em 16 voltas, Paulo Martins larrancou assim da pole-position, mas foi Hugo Marreiros a assumir a liderança na qual se manteve até à 12.ª volta, altura em que Ricardo Borges – que arrancou da 13.ª posição – passou para o comando e não mais o largou até final. Mais uma vitória para o piloto da Maia à geral e na Sénior, numa corrida em que também rubricou a volta mais rápida em 46,997s.

Rodrigo Lessa, que partiu da nona posição, garantiu o lugar intermédio do pódio à geral e na Sénior, enquanto Miguel Ramos foi terceiro classificado à geral e na Sénior.

Elias Barros voltou a estar muito forte e garantiu o quarto posto – 1.º na Master – e Joaquim Rocha fechou o top-5 e venceu na categoria Gentleman.

Nuno Portela assegurou um positivo sexto lugar à geral – 2.º na Gentleman –, seguindo-se Martin Serra Correal – 4.º na Sénior –, Sérgio Carvalho – 3.º na Gentleman –, Bruno Frota – 2.º na Master –, Márcio Moreira – 3.º na Master – e Hugo Marreiros.

Paulo Martins foi forçado a abandonar a duas voltas do final da corrida, sucedendo o mesmo com Kevin Saraiva à passagem da quinta volta, com Vasco Lázaro após a terceira volta, com André Serafim logo na primeira volta, enquanto Joseph Oliveira não alinhou.

Categoria Júnior

Pedro Cachada foi o mais rápido nos treinos cronometrados da categoria Júnior no primeiro dia de competição e na manga de qualificação venceu Noah Monteiro. Na Final, disputada em 18 voltas, o piloto da Maia partiu da pole-position e liderou tranquilamente a corrida até ao fim, tendo terminado com uma vantagem de 1,085s em relação a Pedro Cachada que foi o segundo classificado e detentor da volta mais rápida em 51,233s.

A luta pela terceira posição também foi muito interessante de acompanhar. Santiago Alves rodou no terceiro posto até à 17.ª volta, momento em que desceu em definitivo para o quarto posto, tendo Rodrigo Vilaça garantido o terceiro lugar.

Francisco Macedo assegurou, na 12.ª volta a quinta posição, na frente de Junho Kim e Yllenia Sendon. Diogo Castro viu a bandeira xadrez no oitavo posto, contudo viria a sofrer uma penalização de cinco segundos, que o relegou para a décima posição. Assim, Frederico Pinto Coelho e Miguel Santos, que viram a bandeira xadrez nos nono e décimo lugares, foram reposicionados nas oitava e nona posições, respetivamente. Por outro lado, Nathan Dantas voltou a abandonar a corrida, desta vez na nona volta.

No segundo dia de competição, Pedro Cachada foi o mais rápido nos treinos cronometrados e Noah Monteiro venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 18 voltas, o piloto da Maia partiu da pole-position e liderou do princípio ao fim, assinando, ainda, a volta mais rápida em 51,062s.

Santiago Alves garantiu a segunda posição, após um duelo com Rodrigo Vilaça, que foi o terceiro a cruzar a meta. Contudo, Santiago Alves sofreu uma penalização de três segundos e caiu para o terceiro posto, tendo ficado, assim, o lugar intermédio do pódio na posse de Rodrigo Vilaça.

Francisco Macedo assegurou tranquilamente o quarto posto, enquanto Junho Kim e Nathan Dantas conseguiram as quinta e sexta classificações, respetivamente. Já a espanhola Yllenia Sendon conseguiu ver a bandeira xadrez no sétimo lugar, na frente de Diogo Castro, Frederico Pinto Coelho e Miguel Santos, que fecharam o top-10. Por sua vez, Pedro Cachada – que partiu da terceira posição – caiu na primeira volta para o último lugar, tendo sido forçado a abandonar a corrida.

Categoria X30 Mini

Martim Meneses foi o mais rápido nos treinos cronometrados e venceu a manga de qualificação no primeiro dia de competição. Na Final, disputada em 16 voltas, o piloto madeirense partiu da pole-position, tendo Romeu Mello a seu lado na grelha de partida. Da segunda linha, arrancaram o espanhol Manuel Míguez Gayoso e Gabriela Teixeira.

Romeu Mello começou por ser o primeiro a liderar, mas na segunda volta Martim Meneses passou para o comando e não mais o largou para festejar a sua segunda vitória em Finais do campeonato.

Romeu Mello e Gabriela Teixeira, que pressionaram o piloto madeirense praticamente até ao final da corrida, completaram o pódio, enquanto Martim Marques, que largou da nona posição, garantiu o quarto lugar e o espanhol Manuel Míguez Gayoso fechou o top-5, com Gustavo da Silva e Gustavo da Cunha a terminarem, por esta ordem, logo a seguir.

João Barros foi oitavo classificado, na frente de Afonso Lopes e de Tomás Lobo que encerrou o top-10. Xavier Lázaro terminou na 11.ª posição, seguindo-se Tomás Fernandes, enquanto João Maria Pereira – que rubricou a volta mais rápida em 54,298s – foi forçado a abandonar quando faltavam duas voltas para o final, numa altura em que era quarto classificado. David Luís e Diogo Caetano também foram obrigados a desistir logo à passagem da primeira volta.

No segundo dia de competição, Martim Meneses voltou a ser o mais rápido nos treinos cronometrados e também venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 16 voltas, Martim Meneses arrancou da pole-position e voltou a estar muito forte para bater toda a concorrência, somando assim mais uma vitória, com a volta mais rápida em 54,112s.

A discussão pelo segundo lugar voltou a contar com vários pilotos, tendo Martim Marques sido o mais bem-sucedido, terminando logo a seguir João Maria Pereira, Romeu Mello e João Barros, que fechou o top-5.

Gustavo da Silva venceu o duelo com o espanhol Manuel Míguez Gayoso, Diogo Caetano garantiu a oitava posição, enquanto Tomás Fernandes e Afonso Lopes encerraram o top-10, com Tomás Lobo a terminar logo a seguir.

Gabriela Teixeira foi 12.º classificada, na frente de Gustavo da Cunha e de Xavier Lázaro. David Luís voltou a não ter sorte, já que foi forçado a abandonar à passagem da 10.ª volta.

 

Categoria Cadete 4T

No primeiro dia de competição, Guilherme Morgado foi o mais rápido nos treinos cronometrados e Lourenço Rocha venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 12 voltas, Lourenço Rocha arrancou da pole-position e liderou até à primeira volta, mas na sétima volta, após algumas mudanças de liderança com Francisco de Oliveira, foi Guilherme Morgado quem – apesar de ter arrancado da sétima posição – assumiu o comando, para não mais o largar até ao fim. Assim, Lourenço Rocha – autor da volta mais rápida em 59,235s – garantiu o lugar intermédio do pódio, enquanto Francisco de Oliveira foi o terceiro classificado.

A luta pela quarta posição foi intensa à quinta volta, altura em que Francisco Correia levou a melhor sobre Francisco Iglésias, que viu a bandeira xadrez no quinto posto. Por sua vez, Leonor Rocha acabou por segurar o sexto lugar, enquanto Vasco Oliveira foi sétimo classificado.

No segundo dia de competição, Guilherme Morgado foi o mais rápido nos treinos cronometrados e na manga de qualificação venceu Lourenço Rocha. Na Final, disputada em 12 voltas, o piloto de Lousada arrancou assim da pole-position e liderou até à primeira volta, passando a seguir pelo comando Francisco Correia, no qual se manteve até à terceira volta, altura em que o piloto de Lousada – autor da volta mais rápida em 59,389s – recuperou o comando e manteve-o até ao fim.

A luta pela segunda posição foi intensa, com Guilherme Morgado a levar a melhor sobre Francisco Correia, que garantiu o terceiro lugar. Por sua vez, Leonor Rocha cruzou a meta no quarto posto, enquanto Francisco Iglésias, Francisco de Oliveira e Vasco Oliveira foram uns tranquilos quinto, sexto e sétimo classificados, respetivamente.

Categoria Iniciação

Martim Gomes foi, no primeiro dia de competição, o mais rápido nos treinos cronometrados e venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 5 voltas, Martim Gomes voltou a partir da pole-position e esteve sempre na mesma posição, para somar mais uma vitória, rubricando, ainda, a volta mais rápida em 1m18,587s. Lourenço Antunes foi um tranquilo segundo classificado, seguido de Guilherme Santos, que encerrou o pódio. Por sua vez, Vicente Correia cruzou a meta na quarta posição.

No segundo dia de competição, Martim Gomes voltou a ser o mais rápido nos treinos cronometrados e também venceu a manga de qualificação. Na Final, disputada em 5 voltas, Martim Gomes voltou a partir da pole-position e foi o primeiro a ver a bandeira xadrez, somando, assim, mais uma vitória. Vicente Correia – autor da volta mais rápida em 1m17,652s – garantiu, na primeira volta, o lugar intermédio do pódio, na frente de Lourenço Antunes e Guilherme Santos, os terceiro e quarto classificados. 

A quarta jornada dupla do Campeonato de Portugal de Karting KIA está agendada para 18 e 19 de setembro e será disputada no KIRO – Kartódromo Internacional da Região Oeste, no Bombarral, com a organização a cargo da ACDME.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos