Velocidade Online

Nacional - Montanha

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2021 - RICARDO LOUREIRO SEM SORTE NA RAMPA DA PENHA

Quarta, 16 Junho 2021 15:31 | Actualizado em Sexta, 30 Julho 2021 05:50

CAMPEONATO PORTUGAL MONTANHA JC GROUP 2021

 

RAMPA DA PENHA

 

RICARDO LOUREIRO SEM SORTE NA RAMPA DA PENHA

 

A verdade tem de ser dita,  a sorte não quis nada com Ricardo Loureiro no passado fim de semana na Rampa da Penha, onde seria obrigado a renunciar, isso motivado por problemas mecânicos no seu  bonito Ford Escort.

 

Logo na 1ª subida da warm  up, Ricardo Loureiro seria o autor de 1.51.187 à média de 90,01, saltando assim logo para a liderança do Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha, para logo de seguida dar lugar á 1ª subida oficial de treinos, onde fez logo outro excelente tempo com 1.48.095 para percorrer toda a extensão da Rampa da Penha à média de 92,58 km/h, mantendo assim a liderança em termos de categoria. Para a 2ª subida oficial de treinos, o piloto do Caramulo acaba por fazer ainda melhor, batendo assim todos os tempos feitos anteriormente, fazendo um excelente crono de 1.47.465 à média de 93,12 km/h,. não dando assim qualquer tipo de oportunidade aos seus mais directos adversários.

 

Chegados à ultima subida do  dia de sábado com a 1ª subida oficial de prova, Ricardo Loureiro acaba por melhorar os seus tempos anteriores mas insuficiente para bater os seus adversários, que desferiram um ataque, mas o piloto do Escort acaba por fazer um crono de 1.46.532 à média de 93,94 km,/h, sendo o 2º no Campeonato Portugal de Clássicos de Montanha.

 

Apos uma noite de descanso para pilotos máquinas, no domingo de manha Ricardo Loureiro não estaria à partida da 2ª subida da warm up, mas o mesmo não se passou na derradeira subida de treinos, onde o  piloto do Caramulo Racing Team faz um tempo de 1.47.358, mantendo assim a liderança em termos de categoria.  Faltando assim apenas as duas subidas oficiais de prova, na 2ª subida oficial de prova   eis que surge a meio um “golpe de teatro”, em que o Ford Escort  acaba por  ceder, isso motivado por problemas no motor.  Depois de ter chegado ao seu local de assistência, Ricardo Loureiro dizia-nos “ estava tudo a correr bem, nesta subida ouvi um ruido que não foi muito do meu agrado, mas trouxe o carro, e creio que este motor já se foi.  Foi pena, mas por hoje acabou, logo numa altura em que estava num acesso duelo com os meus adversários. Infelizmente as corridas têm destes imponderáveis,  foi pena, mas agora há que levantar a cabeça e preparar tudo para que o carro esteja perfeito na prova seguinte que será  a Rampa de Santa Marta.”, confessou-nos o piloto do Caramulo Racing Team, desapontado com tudo isto, depois de todo o esforço feito, ter terminado desta forma inglória.

Facebook
Facebook
Visitas
Visitantes em linha
contador gratuito de visitas Total de visitas
Contacte-nos