In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


TREINOS LIVRES NO G.P.BAHREIN

 

Tf1f2f10f11f100f101f102f105f106f107f110f111f112f114f115f116f200f201f202f203f204f205f206f207f208f210f211f212f220f221f222f223f224f225f226f228f230f400f402f403f404f420f421f422REINOS LIVRES NO GRANDE PRÉMIO DO BAHREIN

Os treinos livres para o Grande Prémio de Fórmula 1 que este fiom de semana se encontra no bahrein, já terminou, o Filipe Nasr, ao volante dum Williams fez o melhor tempo tedno atrás de si o Red Bull Renault de Ricciardo , e o Sauber Ferrari de Sutil.Os tempos estáo assim definidos :

1º Filiep Nasr - Williams Mercedes - 2.57

2º Ricciardo - Red Bull REnault - 2.90

3º Sutil - Sauber Ferrari - 3.15

4º Maldonado - Lotus REnault - 3.29

5º Bianchi - Marussia - 3.38

6º Van der Garde - Saubedr - 3.41

7º Grosjean -Lotus REnault - 3.53

8º Chilton - Marussia - 4.29

9º Frijns - Caterham - 4.91

10º Ericsson - Caterham - 502

 

GROSJEAN COM NOVO CAPACETE

GROSJEAN COM NOVO CAPACETE

 

Romaisn Grosjean vai estrear um novo capacete já este fim de semana no Grande Prémio do Bahrein, conforme imagem anexa.capacetegrosjean

 

TUDO A POSTOS NO BAHREIN

TUDO A POSTOS NO BAHREIN

 

Ficou hoje concluido o transporte de todo o material dos Fórmula 1 que vão correr este fim de semana na pista do Bahrein, terceira prova do Campeonato do Mundo de Fórmula 1.bah1bah2bah3

 

SCHUMACHER PODERÁ SAIR DO HOSPITAL

SCUMACHER PODERÁ ABANDONAR HOSPITAL

 

A imprensa francesa fala esta manhã, que a recuperação de Michael Schumacher poderá ter a sua continuação em sua casa em detrimento do hospital.Até ao momento a familia do piloto alemão, assim como os responsáveis da hospital em França não se pronunciaram, talvez hoje ainda se saiba algo mais, sobre o real estado de Schumacher.schumio

 

OUTRA PETA DE 1º DE ABRIL

OUTRA PETA DE 1º DE ABRIL

 

Surgiupetacaterham com a equipa de Fórmula 1 da Caterham, que anunciou ontem que Van der Garde iria no Bahrains fazer os treinos livres com um chassi pintado em dourado, tal como mostra a imagem....

 

ESTÓRIAS DE MR.BERNIE ECLESTONE

"ESTÓRIAS" DE MR.BERNIE ECLESTONE

 

Com 83 anos de idade, pelas "estórias " que circulam no circo da Fórmula 1, parece que está na altura do fundador da F1, se retirar de forma ordeira, e gozar o que lhe resta de vida, com a fortuna que tem acumulada.

 

Os escandalaos de corrupção continuam a alastrar, Bernie Eclestone, o Mr F1, deve ter um grupoid e advogados, sómente para o livrarem das garras da justiça.Hoje resolvi fazer uma panhado do Mr. F 1, que em finais de Janeiro dizia a viva voz, que a entrada de novas equipas no Campeonato do Mundod e Fórmula1 , e tudo isso a propósito da candidatura da Haas, na qual Eclestoine não acredita muito, sabe que o norte americano tem muito dinheiro, mas duvida que esteja disposto a investir, ou por outras palavras a contribuir para os bolsos do Mr F 1.

 

Mas sobre broncas, a justiça na Aelmanha está ansioso por deitar a mão a Mr.Eclestone, e em finais de Janeiro passado, mas para evitar ser preso, terá de pagar a módica quantia de 300 milhões de euros, mas também se sabe que a equipa de advogados encarregeu de defender o Mr. F 1 acredita que poderá ser negociado uma cordo extrra judicial, isso após o inicio do julgamento.Se o tribunal e o promotor publico Eclestone poderá doar estes 300 milhões a uma instituiçaõ de caridade, ou pagar o Tesouro, mas para já pouco mais se sabe, pois os advogados estão em negociações.

 

Por outro lado a quebra de audiencias na Fórmula 1 não é novidade parta ningu~em, pois hoej em qualquer país da Europa para se ver os Grandes> Prémios tem de se pagar, em Portugal é a Sport TV, que tem os direitos.Mas Eclestone com a sua avidez financeira, nunca aceitará as culpas desta quebra, e por isso atribui as mesmas a Sebastien Vettel, que assim se torna responsável por menos 50 milões de espectadores não veram corridas de Fórmula 1.Recorde-se que as corridas de Fórmula 1 são transmitidas para 185 países, através de 112 parceiros, garantindo cerca de 27 mil horas de cobertura em cada ano.Mais curioso, é que na Alemanha, onde Vettel é originário houve uma quebra de menso 10% de espectadores.

 

Sobre o julgamento que aguarda Mr.Eclestone, tem já o seu inicio marcado para 24 de Abril em Munique, isso mkotivado é acusado de suborno a Gerhard Gribkowsky, numa venda de acções da F 1 à CVC em 2006.Isto por seu lado já motivou o afastamento do conselho de direcção da Fórmual 1.

 

Outra estória engraçada protagonizada pelo Mr. Eclestone, prende-se com a snovas regras de F 1 implantadas esta época, que para ele, o elevado nívelk de imprevisibilidade vai originar uma competição feroz em pista, mas para já, dois garndes prémiios ainda não se ve muito disto....Outro aspecto curioso, é que sobre os primeiros testes que tiveram lugar na pista espanhola de Jerez, dizia que os novos motores que equipam os F 1 são um absurdo, e o teste em si uma farsa, em suma eclestonadas...

 

Para este ano Eclestone, jostava que Niko Rosberg fosse o campeão, pelo menso até ao momento o seu palpite está certo, pois o piloto alemão lidera a classificação dos pilotos, mas um dirigente nunca se deveria pronunciar sobre um tema desta natureza.

 

Outra situação caricata, trata-se dos budget das equip+as que participam na Fórmula 1, e Mr Eclestone resolveu oferecer a um milhão de  USD, a quem denunciar uma equipa cujo budget ultrapasse o que foi estabelecido.Actualemnte cada equipa só poderá ter um teto novalor de 200 milhões de USD, pelos vistos parece que a caça às bruxas já começou no mundo da F 1.

 

Apesar de afastado da liderança da F1, Mr.Eclestone continua a mexer os "cordelinhos", embora mais controlado, e só terá liberdade total depois de resolvido o caso judicial na Alemanha que terá lugar dentro de tres semans aproximadamente, mas anuncia a sua inocencia, e está convicto que daqui a uns tempos irá voltar a ter as redeas da F 1.

 

Por outro lado, os principais responsávesi das equipas de F1, estão preocupados coma  eventual saida de Eclstone,m que se sabe está aà procura do seu substituo.Mesmo assim o magnata inglês está a pensar seriamente retirar-se das cenas dos Grandes Prémios nos finais deste ano, vamos ter de espera para ver...eclestoneECLESTONE1

 

PREVISÕES DA PIRELLI PARA O BAHRAIN

 

P ZERO MÉDIO BRANCO E AMARELO P ZERO SOFT Pneus para um dos circuitos mais grave da do ano em termos de rugosidade TARMAC
TEMPERATURA GOTA DE 15 GRAUS possível durante todo
A CORRIDA DE NOITE
PRIMEIRO DE TEMPORADA teste do ano , logo após Grande Prêmio do Bahrain : CATERHAM , Mercedes e Williams vai um dia por DEDICAR
A Tiro TESTE


 A Pirelli , junto com todas as equipes de Fórmula , testados no circuito Sakhir duas vezes na preparação para a temporada - de modo que este shoulds ser um circuito que todo mundo conhece bem. No entanto, para celebrar o aniversário TIC 10 , a corrida tem -beens Dada a hora de início 06:00 , pela primeira vez na história, as TIC que significa que ele vai começar e terminar ao pôr do sol na escuridão completa : um pouco como o Grand Prix de Abu Dhabi.
Este ano terá efeito significativo sobre o comportamento do meio P Zero Branco e P Zero pneus macios amarelos que foram nomeados para a corrida. As temperaturas ambiente e de pista consideravelmente cairá caindo sobre a raça - com uma queda de temperatura de 15 graus rastrear totalmente viável - que irá alterar as características dos pneus de desempenho e degradação. Como corridas de noite no Bahrein é uma incógnita , o trabalho de preparação nos treinos livres será essencial.
Paul Hembery , diretor de automobilismo da Pirelli : " Bahrain é um sistema onde Fizemos dois testes recentes , então vamos lá com um monte de conhecimento da pista, Tudo que certamente beneficiar. Sabemos que há uma grande demanda de tração e é por isso que estamos trazendo os pneus médios e macios. As temperaturas no início dos deveres de corrida ainda ser razoavelmente alta . Notamos uma grande queda na temperatura embora assim que o sol se põe : que uma mudança pode ser tão grande quanto 15 graus. Esta gama muito ampla de Gestão de temperaturas para tirar o melhor proveito dos pneus vai ser um dos maiores desafios para as equipes ao longo do fim de semana. Esta deveres tornam bastante tático em termos de estratégia , por isso deverias ser uma corrida muito interessante do ponto de vista de que ".
Jean Alesi , Pirelli motorista consultor : " Eu dirigi no Bahrein , mas não na Fórmula Um: em vez disso, estava dentro da série Speedcar , que era um pouco como NASCAR . Então, eu tenho a experiência de pista e ver que precisa de um ritmo suave e limpo para tirar o máximo proveito dos pneus, tração especialmente nas áreas , de modo que você não colocar muito estresse através deles. O sistema é bastante abrasivo meta Ele tem um bom fluxo para ele, altho competir competir à noite será um novo desafio. Revisão : A coisa mais importante é tentar controlar a degradação , bebeu novamente , isso pode ser muito diferente depois de escurecer. Vai ser interessante assistir e gestão dos pneus é definitivamente vai ser grande " .
O sistema do ponto de vista de um pneu :
Bahrein é bastante exigente com os pneus , PARTICULARMENTE caindo sobre áreas de tração , com a temperatura chegando a superfície do piso de 130 graus centígrados.
Outro fator importante é a aerodinâmica , no Bahrein. Com retas 300kph forno , as equipes tendem a usar downforce médio, essa meta pode ser comprometida estabilidade na travagem e entrada de canto , travamentos Isso causando danos nos pneus.
Areia na pista do deserto ao redor pode atrapalhar a tração aussi e provoca wheelspin , levando à degradação aumentada de pneus. Dois anos atrás, uma tempestade de areia parou Na verdade uma das sessões de testes da Pirelli no Bahrein .
Travagem é outra característica fundamental do Circuito Internacional do Bahrein : na primeira curva os carros desacelerar de 315kph para 65kph em apenas 130 metros e três segundos. Isto coloca tem a força sobre os pneus equivalente a cerca de 4,5 g .
Após o GP do Bahrain , o primeiro de dois dias na temporada de teste irá ocupar (de abril 8-9) . Cada equipe tem que dedicar um dia de testes de pneus este ano, com Caterham exercício de funções no primeiro dia de testes no Bahrein, e Mercedes e Williams testando pneus durante o dia dois .
No ano passado, Sebastian Vettel venceu a corrida da segunda posição da grelha usando uma estratégia de três paradas : começando no pneu médio e então completar três passagens no disco . Uma grande variedade de estratégias foram adotadas , com algumas motoristas aussi parar duas vezes.
Mais informações sobre o Circuito Internacional do Bahrein , bem como informações sobre as características dos pneus 2014 pode ser encontrado em uma animação 3D de vídeo com novo visual produzido pela Pirelli :
Inglês Versão: www.studiovandone.com / TMP / PIRELLI / TRACK / PIR_Bahrain_ENG.rar
Música- somente a versão:
www.studiovandone.com / TMP / PIRELLI / TRACK / PIR_Bahrain_me.rar
Este é livre de direitos autorais para uso de mídia na Fórmula Um site da Pirelli : www.pirelli.com/f1pressarea
As escolhas de pneus até agora :
 PZero PZero Vermelho Branco Amarelo PZero PZero Laranja
Austrália suave Médio
Malásia Médio Difícil
Bahrain Suave Médio
China Suave Médio

 

Google TradutorMAL551MAL552MAL554MAL555MAL556MAL557MAL558MAL559MAL560MAL561MAL562MAL563MAL564MAL565MAL566MAL570MAL800MAL801MAL803MAL804MAS300MAS301mas305MAS306MAS400MAS402MAS403MAS404MAS406MAS407MAS408mas420MAS850MAS851MAS852MAS853MAS854MAS855MAS856MAS857MAS856MAS860MAS861MAS870MAS871MAS872MAS873MAS874MAS875MAS876MAS877MAS878MAS879MAS880MAS890MAS891MAS893MAS895MAS896MAS897MAS898MAS899MAS900MAS901MAS903MAS904MAS905MAS906MAS907MAS909MAS910MAS911MAS912MAS914MAS915MAS916MAS917MAS918MAS919MAS920MAS920MAS921MAS922MAS923MAS924MAS925MAS926MAS927MAS928MAS930MAS931MAS932MAS933MAS934MAS935MAS936MAS950MAS951MAS952MAS970MAS970MAS971MAS972MAS974MAS975MAS976MAS1000

 

MERCEDES VOLTA A DOMINAR NA MALÁSIA

GRANDE PRÉMIO DA MALÁSIA DE FÓRMULA 1

 

 

MERCEDES VOLTA A DOMINAR NA MALÁSIA

 

O balanço para a Mercedes não poderia ser melhor, pois Lewis Hamilton venceu, tendo o seu colega de equipa como "anjo da guarda", perante o Red Bull de Vettel, que assim subui ao pódio pela primeira vez.A 4ª posiçãoi foi para o Ferrari de Fernando Alonso, seguido pelo Force India de Hulkenberg, que teve sempre junto de si o McLaren de Button, e o Williams de Filipe Massa.O "top ten" ficou completo com o Williams de Bottas, o McLaren de Magnussen e o Toro Rosso de Kvyat.

 

No final da corrida, o vencedor Hamilton dedicou a sua vitória às familias de todos os desaparecidos do avião da Malasia Airlines que ainda não foi encontrado.Segundo Hamilton " quero dedicar esta vitória a todas as familias afectadas por esta tragédia"Depois foi feito um minuto de silencio em memória de todos os desaparecidos.

 

Mas houve mais episódios no circuito em Kuala Lampur, na qual Ricciardo volta a sofrer nova penalização, que será aplicada no próximo Grande Prémio, na qual o piloto australiano irá ser penalizado em dez lugares na próxima grelha de partida no Grande Prémio do Bahrein, e tudo isso motivado por um arranque indevido das boxes, na sua terceira paragem para muda de pneus.O piloto precipitou-se no arranque, e quando verificiou o erro que tinha cometido, o carro teve de ser empurrado para a box, para acabar de reapertar todas as porMAL109MAL110MAL111MAL112MAL113MAL120MAL121MAL122MAL123MAL130MAL200MAL201MAL202MAL203MAL203MAL204MAL205MAL206MAL207MAL208MAL208MAL209MAL210MAL211MAL212MAL214MAL215MAL216MAL217MAL220MAL221MAL222MAL416MAL417MAL418MAL419MAL420MAL421MAL422MAL422MAL427MAL428MAL429MAL430MAL430MAL450MAL451MAL453MAL460MAL461MAL462MAL463MAL464mal550cas, podendo depois prosseguir o seu regresso à pista, para mais tarde levar um stop&go de dez segundos.

 

Com dois Grandes Prémios disputados a classificalção em termos de pilotos é a seguinte :

 

1º Nico Rosberg - 43 pontos

2º Hamilton - 25 pontos

3º Alonso - 24 pontos

4º Button - 23 pontos

5º Magnussen - 20 pontos

6º Hulkenberg - 18 pontos

7º Vettel - 15 pontos

8º Bottas - 14 pontos

9º Raikonen - 6 pontos

10º Massa - 6 pontos

11º Vergne - 4 pontos

12º Kvyat - 3 pontos

13º Perez - 1 ponto

 

Quen não pontuou até ao momento foi Grosjean, Maldonado,Sutil,Gutierrez,Chilton,Kobayashi e Ericsson

 

G.P.MALÁSIA SEGUNDO A PIRELLI

 

2014 Malaysian Grand Prix - Race


 Granulação baixa e calor extremo NO bolhas APESAR DA MALÁSIA


 MERCEDES um-dois depois de uma corrida arredondada rotativa ESTRATÉGIA DE PNEUS
 DEGRADAÇÃO alinhados com as expectativas de um circuito altamente abrasivos


Malásia, uma das provas mais difíceis do ano para os pneus Devido às TIC altas temperaturas e uma superfície abrasiva , demonstrou a granulação reduzida e aumento da durabilidade dos pneus Pirelli deste ano , sem bolhas apesar das temperaturas de pista que repicou a 46 graus centígrados. Apenas 15 pilotos terminaram o Grand Prix, sublinhando a taxa de atrito.
Os P Zero Laranja duros e P Zero Branco pneus médios foram nomeados para a corrida , com mais propósito do que uma segunda diferença no ritmo de corrida entre os dois compostos , uma parte fundamental da estratégia consistiu na possibilidade de escolha de pneus adaptados às características de cada carro de corrida e as condições de evolução.
Os dois primeiros colocados , Lewis Hamilton e Nico Rosberg ( que alegou a primeira dobradinha da Mercedes desde 1955 Grande Prêmio da Itália ) Ambos usaram a mesma estratégia Exatamente três paradas : três passagens sobre o pneu médio seguido de um stint final sobre o pneu duro , de apenas cinco e seis , respectivamente, no período final da corrida .
Da Force India Nico Hulkenberg foi o mais alto colocado dois -rolha em quinto , tendo lutado por um lugar no pódio da sétima posição da grelha . O alemão completou um stint longo final sobre o pneu duro , o objectivo de partida foi ble Comentários alguns dos concorrentes no pneu mais macio para o desempenho médio.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Esta foi uma corrida difícil , com temperatura da pista de 46 graus no início e abrasivo superfície MAIS Abebooks visita web durante todo o ano . Apesar de os pneus deste ano mostrou equilíbrio global de desempenho que permitiu uma batalha perto pela liderança. Não houve formação de bolhas ou granulação , e enquanto motoristas tiveram de gerir a degradação térmica , uma corrida de três parada é em conformidade com os requisitos a sites AbeBooks Pirelli esporte tem para oferecer " .
Vezes mais rápido do dia pelo composto :
 Difícil Médio Intermediário Wet
Primeiro ALO - HAM 1.44.165s - 1.43.066s N / A N / A
Segundo HAM - ROS 1.44.329s - 1.43.960s N / A N / A
Terceiro EFP - 1.44.779s EFP - 1.44.289s N / A N / A
Longest stint da corrida:
Estrutura média 21 D Kvyat / K Raikkonen
Período difícil 24 K Kobayashi
Intermediário N / D N / D
Wet N / A N / A
Verdade -O- Meter:
Nossa previsão para a corrida foi uma pergunta difícil de chamar foi executado qualificação eficaz em tempo de chuva , minimização de dados lisos de pneus disponíveis . Visamos disse que a maneira mais rápida teórico para a corrida de 56 voltas shoulds ser começar no meio , muda para o meio novamente na volta 15 , médio , mais uma vez na volta 29 e um stint final sobre o disco do colo 43 .
Estávamos muito perto . Hamilton começou no meio ; fez sua primeira parada para médiuns novamente na volta 15 , segunda paragem para mais médiuns na volta 33, e sua passagem final sobre o disco do colo 51.

 

Google TradutorMAL109MAL110MAL111MAL112MAL113MAL120MAL121MAL122MAL123MAL130MAL200MAL201MAL202MAL203MAL204MAL205MAL206MAL207MAL208MAL209MAL210MAL211MAL212MAL214MAL215MAL216MAL217MAL220MAL220MAL221MAL222MAL416MAL417MAL418MAL419MAL420

 

DATA G.P.RUSSIA PODERÁ MUDAR

DATA DO GRANDE PRÉMIO DA RUSSIA PODERÁ MUDAR

 

 

Na estreia da Fórmula 1 na Russia, a data do Grande Prémio poderá sofrer altirações, passando assim a ser disputado uma semana mais tarde, isto é a 12 de Outubro, isto motivado pela instabilidade politica que ainda se faz sentir na Ucrania.Segundo os planos de transporte, após o Grande Prémio do Japão toda a logistica voaria para a Russia,fazendo todas as equipas deslocar material de apoio, através dos seus camiões, incluindo as incriveis motor home, de gigantescas dimensões.Depois para agravar tudo, depois do G.P.da Russia, os camioes tem pela frente uma viagem de tres dias de regresso ás bases, para depois as equipas prepararem os chassis para serem embarcados por avião para o Grande Prémio dos Estados Unidos, e existe um receio com a instabilidade que a viajem dure mais tempo, e com isso surjam atrasos, impossiveis de recuperar.1390919016

 

G.P.MALASIA - DUPLA DA MERCEDES

 

MERCEDES AMG PETRONAScom dupla vitória em Kuala Lumpur

 

Lewis Hamilton dominou por completo o Grande Prémio da Malásia, tendo a equipa da Mercedes-Benz completado o pódio com a segunda posição paraNico Rosberg. Desde 1955 que os Mercedes SilverArrows, com Juan Manuel Fangioe Piero Taruffinão alcançavam esta dupla vitória na Fórmula 1.

 

Dados:

  • Lewis Hamilton alcançou a sua 23ª vitória na Fórmula 1, a sua segunda com a equipa da MERCEDES AMG PETRONAS;
  • Lewis terminou a prova com mais de 17 segundos sobre o segundo qualificado, Nico Rosberg, tendo alcançado igualmente a volta mais rápida na volta 52;
  • As suas únicas paragens foram na volta 15 e 33 para mudança de pneus;
  • Terminando em 2º lugar, Nico Rosberg alcançou o seu 13º pódio da carreira;
  • Rosberg manteve a mesma estratégia de mudança de pneus do seu colega de equipa, tendo apenas parado nas voltas 14, 32 e 50;
  • Esta foi a 15ª vitória dosSilverArrowsna Fórmula 1 e a 101ª para a Mercedes-Benz.

 

Piloto

ViaturaNo.

  Chassis No.

Resultado / Volta mais rápida

  Lewis Hamilton

  44

  F1 W05 / 01

P1        1:43.066

  Nico Rosberg

  6

  F1 W05 / 03

P2        1:43.960MERCEDES AMG_PETRONAS

 

AS ESCOLHAS DE PNEUS SEGUNDO A PIRELLI

 

2014 Malaysian Grand Prix - A partir de pneus line-up


Nos 2.014 motoristas Grande Prêmio da Malásia começou os pneus sobre o seguinte:

 


  Hamilton Médio
  Vettel Médio
  Rosberg Médio
  Alonso Médio
  Ricciardo Médio
  Raikkonen Médio
  Hulkenberg Médio
  Magnussen Médio
  Vergne Médio
  Botão Médio
  Kvyat Médio
  Gutierrez Médio
  Massa Médio
  Perez * Disco
  Grosjean Médio
  Maldonado Médio
  Sutil Médio
  Bottas Médio
  Bianchi Médio
  Kobayashi Médio
  Chilton Médio
  Ericsson Médio
 
  Começando pneu line-up - Malásia 14
  * A partir do pit lane

 

GoogloMAL82MAL83MAL84MAL90MAL91MAL92MAL95MAL96MAL97MAL98MAL99MAL100MAL101MAL102MAL103MAL104MAL105MAL106MAL107MAL108 Tradutor

 

NOVA VITÓRIA DA MERCEDES COM HAMILTON

Hamilton vence GP da Malásia

 

Mercedes dominou prova realizada em Kuala Lumpur.

Hamilton vence GP da Malásia

O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que tinha partido da “pole position”, venceu hoje o Grande Prémio da Malásia, segunda prova do Mundial de Fórmula 1.

Hamilton, campeão mundial em 2008, superou os alemães Nico Rosberg, colega de equipa na Mercedes e vencedor da prova inaugural, na Austrália, e Sebastien Vettel (Red Bull), tetracampeão mundial, que completaram o pódio.

Na Austrália, tanto Hamilton como Vettel tinham desistido por problemas mecânicos.

Com duas corridas disputadas, Nico Rosberg lidera o Mundial de pilotos, com 43 pontos, mais 18 que Hamilton.

O espanhol Fernando Alonso (Ferrari), que terminou em quarto lugar em Kuala Lumpur, segue na terceira posição, a 17 pontos do líder. Vettel é sétimo, com 15 pontos.

A próxima prova do Mundial, o Grande Prémio do Bahrain, está agendada para 06 de abril, no circuito de Sakhir.


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

SEGUNDO A PREVISÃO DA PIRELLI

 

2014 Malaysian Grand Prix - Qualifying


 MOTORISTAS COM LIBERDADE DE ESCOLHA DO PNEU DE PARTIDA
APÓS QUALIFICAÇÃO RAIN- HIT


Entre dois e três pit stops são prováveis ​​se as condições de ficar seco


NÃO boa durabilidade e aquaplanagem confirmado para o PNEUS wet Nas condições únicas da Malásia
Apesar de uma qualificação atingido pela chuva em pista de Sepang e temperaturas ambientes de alta Permaneceu hoje com o asfalto entre 27 e 30 graus centígrados Ao longo das sessões atrasados. Mesmo que a área é notoriamente abrasivo na Malásia, os Cinturato Verdes pneus de chuva intermediária e completos Cinturato Azul ( Todos os que são formados de um composto macio ) apresentaram muito pouco desgaste.
Para o segundo consecutivo Grand Prix de 2014 Não foi uma qualificação molhada, aponte a chuva torrencial de monção -como na Malásia era pesado o suficiente para adiar a sessão por uma hora Quase em termos muito diferentes para a Austrália. Por causa da qualificação molhada, os motoristas serão ble para escolher para iniciar a corrida de amanhã com o P Zero Laranja Ou duro ou médio P Zero Branco .
Pole position foi definida novamente o piloto da Mercedes Lewis Hamilton com o novo Cinturato Azul pneu cheio molhado, tudo que - foi redesenhado este ano para aumentar a capacidade de dispersão icts água para 65 litros por segundo a partir de 60 litros por segundo na velocidade máxima calculada anteriormente . Estas características de segurança são refletidos na estrada pneus de carro da Pirelli , bem como, com o Cinturato P7 Blue - desenvolvido especificamente para o desempenho em pista molhada - Eficaz chamado chuva de pneus da Pirelli .
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Hoje foi um bom teste para os pneus intermediários e molhados em uma ampla variedade de condições, muito diferentes teses carros 2014- especificação. O desgaste do pneu de chuva ocorreu apesar das baixas temperaturas e alta rugosidade , o que significa Abebooks web- vi uma boa melhora no perfil de desgaste deste pneu , como resultado do novo design. O aussi intermediário continuar a fazer o trabalho muito bom em termos marginais que ele tem feito sempre , mas a verdade é que o desgaste ea degradação tese sobre pneus é sempre tão dependentes de chuva que é difícil tirar muitas conclusões firmes . No entanto, não ouvi qualquer queixas sobre aquaplanagem tese em condições muito extremas Tudo o que é um feito e tanto quando se considera que o novo pneu de chuva para carros tese radical foi desenvolvido em uma sessão de testes com a Renault em 2010 e tem um dia chuvoso não planejada em Jerez caindo no teste de pré- temporada lá. O que nossos engenheiros têm conseguido é bastante excepcional , realmente. Amanhã estamos esperando entre dois e três pit stops , se o tempo permanece seco : Nós vamos ter que olhar para os dados hoje à noite se ter uma idéia mais precisa . No entanto, com os drivers de ter abundância salvo de pneus slick de hoje, aqueles que têm a velocidade no carro para fazer três paradas - tem a opção de fazê-lo com um novo estoque de pneus. "
A estratégia preditor Pirelli :
Estratégia naturalmente depende se há ou não uma corrida molhada amanhã , chuva objetivo na Malásia raramente dura mais de uma hora. Teoricamente , a estratégia mais rápida é de três paradas para a corrida de 56 voltas. Comece no meio , muda para o meio novamente na 15 ª volta , meio mais uma vez na volta 29 e um stint final sobre o disco do colo 43 .

 


Compostos mais rápidos FP3 :
 1 . Rosberg 1.39.008s New Medium
 2 . Hamilton 1.39.240s New Medium
 3 . Raikkonen 1.40.156s New Medium
Top 10 utilização de pneus :
 1 . Hamilton 1.59.431s Nova Wet
 2 . Vettel 1.59.486s Nova Wet
 3 . Rosberg 2.00.050s usado molhado
 4 . Alonso 2.00.175s Nova Wet
 5 . Ricciardo 2.00.541s Nova Wet
 6 . Raikkonen 2.01.218s Nova Wet
 7 . Hulkenberg 2.01.712s usado molhado
 8 . Magnussen 2.02.213s usado molhado
 9 . Vergne 2.03.078s usado molhado

 

Google TradutorMAL21MAL22MAL23MAL24MAL25MAL26MAL27MAL28MAL29MAL30MAL31MAL32MAL59MAL60MAL61MAL62MAL63MAL64MAL65MAL66MAL67MAL68MAL69MAL70MAL71MAL72MAL73MAL74MAL75MAL76MAL77MAL78MAL80

 

MERCEDES E PETRONAS COM SEMANA ATAREFADA

MERCEDES E PETRONAS COM SEMANA BEM ATAREFADA

 

 

A Petronas sendo um, dos principais patrocionadores da Mercedes, e tendo como base a Malásia, onde em Kuala Lampur, levou a efeito uma série de eventos com a presença dos pilotos Lewis Hamilton e Nico Rosberg, em diferentes pontos da cidade, conforme as imagens anexas.MAL1MAL2MAL3MAL4MAL5MAL6MAL7MAL8MAL9MAL10MAL11

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2014 Malaysian Grand Prix - Prática Sessões

 


NOVO INÍCIO P ZERO ORANGE DURO NA MALÁSIA A FRENTE temperaturas altas e ASFALTO ABRASIVA
 DESEMPENHO DO INTERVALO ENTRE 1.0- 1.2s DE MÉDIA DUREZA PNEUS ATÉ AGORA


 ABUNDÂNCIA DE NÃO -F1 Sepang Circuit de borracha JÁ


Formula One deste ano pneus enfrentou circunstâncias extremas caindo em duas sessões de treinos livres de hoje para as temperaturas da pista do Grande Prémio da Malásia atingiu um pico de 49 graus centígrados e que o asfalto muito abrasivo. Desgaste do pneu e degradação térmica ficaram em linha com as expectativas e os sete primeiros em FP2 estavam cobertos por quatro décimos de segundo, criando o cenário para uma corrida muito renhida .
A P Zero Laranja duro dos pneus, completamente revisto a partir da versão do ano passado levou para a pista pela primeira vez este ano. A diferença de desempenho entre o disco eo pneu médio, aussi Nomeado para Sepang , Washington entre 1,0 e 1,2 s , hoje, a abertura de várias opções de estratégia.
Somente o pneu duro foi usado em FP1 , esta manhã, antes de as equipes se mudou para uma combinação de disco e os pneus macios para simulações de corrida que caem em FP2 esta tarde. A nova regra permite que os motoristas este ano um conjunto extra de pneu mais duro composto para ser usado nos primeiros 30 minutos de FP1 : como resultado, houve uma abundância de ações na pista desde o início da sessão.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Como foi o caso na Austrália vimos Menos mármores na pista , objetivo que foi surpreendente foi a quantidade de captação encontrados na web Circuit Abebooks caindo no FP1 , com abundância de não- F1 borracha já previsto na pista. A área limpa consideravelmente para FP2 , Tudo o que nos permitiu ter uma leitura mais representativo das condições da pista . Nós vimos uma diferença de desempenho de entre 1,0 e 1,2 segundo entre os compostos duros e médios , Todos os que consistem shoulds REMAIN se as temperaturas continuarem altos . Se as temperaturas caem um pouco , seria de esperar que o pneu médio para chegar mais em TIC possuir. Mas ainda estamos em um início de pontos do ciclo de desenvolvimento, pois, para todos por isso vai ser uma questão de Analisando muito cuidadosamente os dados que foi obtida hoje Quando se trata de formular uma estratégia. Pode chover a qualquer momento , na Malásia , e que é Comentários Outro fator a considerar na preparação para a corrida . "
FP1 : FP2 :
 1 . Hamilton Usado Disco 1m40.691s 1. Rosberg 1m39.909s New Medium
 2 . Raikkonen 1m40.843s novo disco 2. Raikkonen 1m39.944s New Medium
 3 . Rosberg 1m41.028s Usado Disco 3. Vettel 1m39.970s New Medium
Estatísticas de pneus do dia :
 Difícil Médio Intermediário Wet
kms conduzido * 1757 3358 0 0
conjuntos usados ​​em geral ** 20 63 0 0
Maior número de período ** 21 20 0 0
* O texto acima dá o número total de quilómetros percorridos FP1 e FP2 Valor hoje , todos os drivers combinados .
Por ** composto , todos os drivers combinado .
Pirelli fato do dia :
Os pneus P Zero visto em carros de Fórmula Um - tem vários parente próximo no mundo do carro de estrada : um total de 380 , na verdade. Este é o número de bespoke pneus P Zero homologados para diferentes marcas e modelos de carro desde que a marca foi lançada em 1987.
Na Revista P Zero:
A nova revista P Zero, uma inovação da Pirelli para esta temporada, contém fatos sobre o Grande Prêmio da Malásia , a cidade de Kuala Lumpur e tudo o que está acontecendo no mundo da Pirelli com o passado , presente e futuro . Esta nova revista eletrônica dinâmica, tudo que contém vídeos e outros feliz interativo atualizado ao longo do fim de semana, pode ser acessado através do site da Pirelli ou no link a seguir: http://magazine.pzero.com/en_gb/kuala_lumpur.do
Na segunda questão , nós olhamos para a vida em Kuala Lumpur e descobrir por que aussi Malásia é uma escolha popular para pessoas que querem uma segunda casa em sua aposentadoria. Também descobrir mais sobre Formula One unidades de energia deste ano e provar uma receita favorita do renomado chef da Pirelli . Único papel da Pirelli em um furacão - o novo Lamborghini ESPECIFICAMENTE mais Huracan - está perto examinados em detalhe , sublinhando os sempre presentes pneus de competição e as ligações entre estes usados ​​na estrada

 

Google TradutorMAL31MAL32MAL33MAL35MAL36MAL50MAL51MAL52MAL53MAL54MAL55MAL56MAL57MAL58MAL59MAL60MAL61

 

HUMOR NA FÓRMULA 1

HUMOR NA FÓRMULA 1

 

 

SeHUMORF1m limites, este desenho refere-se ao desempenho dos motores que euipam os Fórmula 1 da actualidade.

 

PILOTOS DA MERCEDES DERAM SHOW NA MALÁSIA

PILOTOS DA MERCEDES DERAM SHOW NA MALÁSIA

 

 

Tanto Lewis Hamiltoon, como Nico Rosberg deram show em Kuala Lampur, numa inicitiva levada a cabo pelo seu principal patrocionador, e Petronas, tal como demonstra as imagens que hoje apresentamos.nicoshow1nicoshow2nicoshow3nicoshow4nicoshow5nicoshow6nicoshow6nicoshow7nicoshow8nicoshow9nicoshow10nicoshow11nicoshow14nicoshow15nicoshow16nicoshow17nicoshow18nicoshow19nicoshow20

 

GRANDE PRÉMIO DA MALÁSIA

 

P ZERO LARANJA (DURO) FAZ A SUA ESTREIA AO

LADO DE P ZERO BRANCO (MÉDIO)

 

MALÁSIA: UMA DAS CORRIDAS MAIS QUENTES E DIFICEIS  NUM

ASFALTO MUITO ABRASIVO

 

EM CASO DE CHUVA, ESTÁ DISPONIVEL O CINTURATO BLUE WET COM UMA MAIOR CAPACIDADE DE DISSIPAÇÃO DE ÁGUA

 

O novo mundo da Fórmula 1, com os seus novos pneus, enfrenta o seu teste mais dificil na Malásia, um circuito reconhecido pelo seu asfalto abrasivo e pelas condições meteorológicas extremas, desde o calor intenso às fortes chuvadas. Para lidar com estas exigentes condições, foram selecionados os dois modelos com compostos mais duros; P Zero Laranja (duro) e P Zero Branco (médio). As evoluções que a Pirelli realizou para este ano, traduzem-se no aumento da robustez de forma a reduzir a degradação, mantendo as mesmas carateristicas desportivas e de “performance”, de modo a melhorar a espectacularidade da corrida.

 

Paul Hembery (Responsável da Pirelli Motorsport): “Obviamente que a Malásia, será apenas a segunda corrida com esta nova gama de pneus, concebidos para a última geração de carros de formula um, e já utilizados, no entanto o pneu duro irá marcar a estreia em 2014. O pneu médio demonstrou um óptimo desempenho em Melbourne, mas o circuito da Malásia apresenta um grande contraste com o da Austrália. Vamos partir de um asfalto liso em Melbourne para uma pista muito abrasiva, para além das condições relativamente frias de Albert Park para temperaturas de ambiente e pista muito mais altas. Certamente, vai ser um grande desafio para os pilotos e os novos carros, e não devemos esquecer que ainda nos encontramos no começo de uma curva de aprendizagem. A chuva, presente na qualificação do G.P. da Austrália, permitiu às equipes utilizarem e comprovarem os pneus intermédios e de chuva  2014, conhecimento que poderá ser muito útil em Sepang.”

 

 

 

Jean Alesi (Consultor da Pirelli): “A Malásia é uma das corridas mais dificéis do ano, tanto para o piloto como para os pneus, ao conseguir manter um bom ritmo, podemos limitar a pressão sobre os pneus, sendo a degradação térmica o pior inimigo dos pneus na Malásia. Para observar o potencial de cada equipe, vai demorar alguma corridas, o que é uma situação interessante. A outra coisa que sempre associei à Malásia foi a chuva forte. O percurso de evolução que os pneus de chuva têm realizado, desde a altura em que era piloto, é incrível, jamais alguém tinha previsto a taxa de dispersão de água que um pneu realiza actualmente. O verdadeiro problema em Sepang pode ser a água acumulada em certas zonas da pista, e não os pneus como factor limitador, mas o facto dessas zonas de água acumulada, propiciarem o efeito de Acqua  planning e por sua vez, perdermos o controle do carro. A visibilidade também é muito dificil para os pilotos que seguem atrás.”

 

O ponto de vista dos pneus do circuito:

Sepang é um circuito rápido, com uma velocidade média acima de 210 Km/h na qualificação, com curvas especificas. A tracção é crucial para acelarações a alta velocidade.

 

Com o Set-up “downforce” favorecido pela maioria das equipes, os pneus têm de lidar com altas cargas laterais e com uma pressão descendente equivalente a 830 Kg. Esta combinação de forças, que origina a degradação térmica e mecânica.

 

O pneu P Zero laranja (duro) é um composto de trabalho elevado , adequado para as condições mais extremas, enquanto que o P Zero Branco é um composto de gama baixa de trabalho. Ao ajustar o composto Mix, os intervalos de trabalho da totalidade dos pneus foram alargados este ano.

 

A mesma realidade para os pneus de chuva. O desenho do piso traseiro foi redesenhado para melhorar a resistência ao efeito “Acqua planning” em condições de chuva, e ajustado para permitir cobrir uma ampla gama de condições. No presente ano, o pneu de chuva consegues dissipar 65 litros de água por segundo a 300 Km/h, mais 5 litros que no ano passado.

 

O pneu dianteiro esquerdo, possui um trabalho mais duro na Malásia, a temperatura do rasto do pneu pode chegar a 120 graus centígrados pela energia  do atrito, Sepang é o 4º circuito com a maior procura de pneus dianteiros esquerdos durante todo o ano, depois de Silverstone, Barcelona e Suzuka.

 

A chuva afectou a estratégia do ano passado, com os cinco melhores pilotos a parar quatro vezes. Avaliando os pontos de forma cruzada com a estratégia, estes foram cruciais. Sebastian Vettel (Red Bull) venceu: Partiu com intermédios antes de passar para o pneu de composto médio, depois de completar duas passagens com pneus duros, antes de terminar no de composto médio.

 

 

As escolhas de pneus até agora:

 

 

P Zero vermelho

P Zero 

Amarelo

P Zero

      Branco

P Zero Laranja

Australia

 

Soft

Medium

 

Malasia

 

 

Medium

Hard

Bahrein

 

Soft

Medium

 

China

 

Soft

Medium

 

                                

 

 

Pirelli 3D video:

 

 

Mais informaçôes sobre Sepang e procura de informação de pneus, bem como, sobre as carateristicas dos compostos e borracha de 2014, pode ser visualizado numa animação realizada em 3D pela Pirelli.

 

 

Videos e fotografías de livre utilização, disponiveis em  www.pirelli.com/f1pressarea

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI PARA O G.P. DA MALÁSIA

 

 

 

Malaysian Grand Prix Preview: Sepang , 27-30 mar 2014
 P ZERO ORANGE DURO FAZ SUA ESTRÉIA DE PNEUS
AO LADO P ZERO BRANCO MÉDIO
MALÁSIA: um dos mais quentes e corridas mais difíceis
NO ASFALTO muito abrasivos
Descarga de água aumentou de WET AZUL CINTURATO
Em caso de chuva HEAVY
O novo mundo da Fórmula Um, com pneus novas TIC , as TIC enfrenta teste mais difícil ainda na Malásia : um sistema bem conhecido para o asfalto abrasivo e condições meteorológicas extremas, Tudo que varia de calor intenso chuvas de monção -like. Para lidar com teses condições exigentes os dois pneus mais duros nas fileiras foram nomeados : P Zero Laranja duro e médio P Zero Branco . As evoluções Trazido a pneus da Pirelli este ano aumentar a força e degradação para reduzir , manter propósito manutenção ostentando as mesmas características e desempenho para melhorar o espetáculo de corrida.
Paul Hembery , da Pirelli diretor de automobilismo : "Obviamente Malásia será apenas a segunda corrida deste Chame completamente que classifica de pneus novos, projetados para a Fórmula Um carros de última geração , - que já competiu em , e marca o início de aussi nosso 2014 pneu duro . O meio de um bom desempenho em Melbourne , o objetivo Malásia apresenta Obviamente um grande contraste para a Austrália. Vamos partir do asfalto liso em Melbourne para uma superfície altamente abrasivo e, a partir dos termos de relativamente fria Albert Park para muito maior ambiente e as temperaturas da pista . Isto, obviamente, será como um grande desafio para os carros novos quanto para os motoristas, e nós não devemos esquecer que ainda estamos em uma primeiros pontos na curva de aprendizagem em geral . Condições de chuva na qualificação na Austrália permitiu que as equipes para provar os 2.014 pneus de chuva intermediária e completos , e esse conhecimento pode se tornar muito útil em Sepang. "
Jean Alesi , Pirelli motorista consultor : " A Malásia é uma das corridas mais difíceis do ano, ambos, para o motorista e os pneus. Finalidade , muitos dos cantos fluir muito bem, por isso, se você manter um bom ritmo , você pode limitar a pressão sobre eles. O maior inimigo de pneus na Malásia é a degradação térmica . Vai demorar algumas corridas ainda antes de ver todo o potencial da cada equipe , All que é uma situação interessante . A outra coisa que eu sempre associar a Malásia é chuva forte . Dessa forma, os pneus de chuva Evolved - tenho desde que eu estava dirigindo é incrível : Eu não acho que ninguém teria previsto a taxa de dispersão de água Abebooks web podem agora realizar alcançar. O verdadeiro problema em Sepang pode ser água parada : não é pneus que são o fator limitante , aponte o fato que quando você - tem enormes quantidades de água , o carro ' surf ' junto icts fundo plano , que significa que você não tem controle algum. Visibilidade aussi muito dificuldade para os motoristas que seguem atrás . "
O sistema do ponto de vista de um pneu :
Sepang é um circuito rápido com uma velocidade média de mais de 210kph na qualificação e vários cantos flat-out . Estas acelerações de alta velocidade fazem crucial sobretudo tração.
Com a alta downforce set-up Favorecido por equipes mais , os pneus de ter de lidar não só com cargas laterais altas , o objetivo aussi o equivalente a 830 kg empurrando para baixo sobre eles. Esta combinação desafiadora de força leva à degradação térmica e mecânica .
O pneu P Zero Laranja é um fileiras altas composto trabalhando duro , adequado para as condições mais extremas , Considerando que a médio P Zero Branco é um trabalho de baixo classifica composto . Ao ajustar o mix composto , os intervalos de trabalho de todos os pneus foram alargadas deste ano.
O mesmo é verdadeiro para os pneus de chuva . O padrão do piso traseiro tem - foi redesenhado para melhorar a resistência à aquaplanagem em tempo de chuva extrema , enquanto que o composto do pneu molhado completo tem-se ajustado para permitir que ele para cobrir um fileiras mais ampla de condições. Este ano completo molhado pode evacuar 65 litros de água por segundo em 300kph : por cinco litros a partir do ano passado.
O pneu dianteiro esquerdo é mais difícil Trabalhou na Malásia : piso do pneu na temperatura pode atingir o pico em 120 graus centígrados. Em termos de energia de atrito , Sepang coloca a quarta maior demanda no pneu dianteiro esquerdo durante todo o ano (depois de Silverstone , Barcelona e Suzuka ) .
Chuva afetou a estratégia do ano passado, com os cinco melhores pilotos todos os tempos de parada do forno. Julgando o ponto de cruzamento provou ser crucial . Sebastian Vettel (Red Bull) venceu : a partir de intermediários antes de passar para o pneu médio, então Completando duas passagens sobre o pneu duro, antes de terminar no meio.
As escolhas de pneus até agora :
 PZero PZero Vermelho Branco Amarelo PZero PZero Laranja
Austrália suave Médio
Malásia Médio Difícil
Bahrain Suave Médio
China Suave Médio
Pirelli 3D vídeo :
Mais informações sobre Sepang e as exigências que coloca em pneus , bem como informações sobre as características da borracha em 2014, pode ser encontrado em uma animação 3D de vídeo com novo visual produzido pela Pirelli . Este é livre de direitos autorais para uso de mídia na Fórmula Um site da Pirelli : www.pirelli.com/f1pressarea
  
A P Zero Laranja e médio Branca pneus -ter- sido duros selecionados para o Grande Prêmio da Malásia de 2014.

 

Google Tradutormalasiaf1

 

ECLESTONE QUER SUCESSOR

Patrão da Fórmula 1 está à procura de um sucessor

 

Apesar de ter abandonado vários cargos diretivos em empresas relacionadas com a Fórmula 1, Ecclestone nunca abdicou das funções de gestão do Mundial.

Patrão da Fórmula 1 está à procura de um sucessor

Bernie Ecclestone, “patrão” da Fórmula 1, revelou hoje que está à procura de um sucessor, numa altura em que se prepara para um julgamento por suborno, na Alemanha.

“Este caso tem-me ocupado muito tempo. Ter de estar em Munique não me permite a dedicação suficiente aos meus negócios”, reconheceu o empresário britânico numa entrevista ao Financial Times, publicada hoje.

Bernie Ecclestone, de 83 anos, começa a ser julgado a 24 de abril, em Munique, por acusações de suborno a um banqueiro alemão, numa altura em que se negociavam os direitos comerciais da edição de 2006 do Mundial de Fórmula 1.

“Nos últimos anos, tenho procurado alguém que possa colaborar comigo. Se decidir retirar-me, tenho de encontrar quem continue o meu trabalho”, disse o empresário ao jornal britânico.

O “patrão” da Fórmula 1 é acusado de ter pago 32 milhões de euros ao antigo banqueiro alemão Gerhard Gribkowsky, que em 2006 esteve envolvido nas negociações para os direitos comerciais do Mundial.

Em 2012, Gribkowsky foi condenado a oito anos e meio de prisão por ter recebido pagamentos ilegais quando os direitos da competição foram comercializados.

Ecclestone tem negado sempre as acusações, alegando ter sido alvo de chantagem de Gribkowsky, que o terá ameaçado com denúncias ao fisco britânico.

Apesar de ter abandonado vários cargos diretivos em empresas relacionadas com a Fórmula 1, Ecclestone nunca abdicou das funções de gestão do Mundial.


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

REGAS DA F 1 PODEM ALTERAR

FIA admite mudar regras após críticas de pilotos e adeptos

 

O próximo Grande Prémio de Formula 1 é na Malásia, em Kuala Lumpur, este fim-de-semana.

FIA admite mudar regras após críticas de pilotos e adeptos

As novas regras e os novos motores da Formula 1 continuam a dar dores de cabeça a pilotos mas também a engenheiros. Os pilotos ainda estão a adaptar-se à introdução dos motores V6 de 1,6 litro com turbo, motores esses menos barulhentos que os V8 das temporadas anteriores.

Muitos fãs queixaram-se os novos monolugares e do facto de os motores não fazerem tanto barulho como no passado. O presidente da Federação Internacional de Automobilismo promete arranjar uma solução, caso seja esse o desejo das equipas.

“Se as equipas estiverem de acordo arranjamos forma de serem mais barulhentos", disse Jean Todt.

Outra dado que não está a agradar a equipas e pilotos é a questão dos limites de combustível. Os carros passaram a ter apenas 100 kg de combustível, ao contrário os 150 da temporada passada, o que permite ter um Formula 1 mais amiga do ambiente. Depois de muitas críticas após o GP da Austrália, Todt avança que a regra pode ser mudada para não descaracterizar o campeonato.

“É preciso calma antes de reagir. Eu não quero uma F1 gerida pela economia. O limite de combustível que existe, 100 kg, foi proposto pelas equipas. Por mim não há problema”, garantiu ao canal televisivo italiano RAI.

O GP da Austrália em Melbourne foi muito monótono, com poucos pilotos a ganharem lugares. As ultrapassagens caíram para metade em relação à época passada, algo que o presidente da FIA quer mudar já nas próximas corridas.

“O circuito de Melbourne nunca foi bom para ultrapassar e a aerodinâmica dos carros também ainda não está no seu melhor. Estou convencido que, brevemente, veremos muitas ultrapassagens”, disse Todt.

O próximo Grande Prémio de Formula 1 é na Malásia, em Kuala Lumpur, este fim-de-semana.


Conteúdo publicado por SportInforma

 

A PASSAGEM DE MONTEIRO PELOS MONOLUGARES

A PASSAGEM DE TIAGO MONTEIRO PELOS MONOLUGARES

 

 

Maismont1mont2mont3mont4mont5mont6mont7mont8mont9mont10mont11mont12mont14mont15mont16mont17mont18mont19mont20mont21mont22mont23mont24mont25mont26mont27mont28mont29mont30 um grupo de imagens, para recordar a passagem de Tiago Monteiro pelos monolugares, nas diferentes categorias onde competiu.

 

HOMENAGEM A AYRTON SENNA

HOMENAGEM A AYRTON SENNA

 

Ontem foi o aniversário de Ayrton Senna, na qual prestamos uma pequena homenagem, apenas por falta de tempo.Hoje pretendemos homenagear o melhor pilotod e Fórmulka 1 de todos os tempos, com algo mais significativo, e falando de Senna, os numeros alcançados são qualquer coisa, senão vejamos :

 

Ayrton Senna esteve à frente duma corrida durante 2982 voltas, obteve ao longo da sua carreira 610 pontos, participou em 161 Grandes Prémios de Fórmula 1, fez 65 poles position e 41 vitórias, e foi três vezes Campeão do Mundo de Fórmula 1.aryton7ayrton1ayrton3ayrton4ayrton5ayrton6ayrton8ayrton9

 

SCHUMACHER EM ESTADO CONSIDERADO PREOCUPANTE

SCHUMACHER CONSIDERADO EM ESTADO PREOCUPANTE

 

 

O piloto alemão continua todos os dias a ressuscitar do estado em que tem estado ao longo dos três ultimos meses, mas a perda de peso está a preocupar seriamente a equipa médica, que está a estudar o que poderá fazer, paea que o ex pilotod e Fórmula 1 alemão consiga aumentarschumi de peso.A questão de Michael Schumacher voltar a ser o que era está já posto fora de causa,havendo peritos internacionais, que continuam a colocar sérias reservas ao estado , adiantando que poderão estar a tentar adiar a sua morte.

 

SENNA FARIA HOJE 54 ANOS DE IDADE

AYRTON SENNA FARIA HOJE 54 ANOS

 

Caso Ayrton Senna fosse vivo faria hoje 54 anos de idade, sendo o piloto mais mitico que passou na Fórmula 1.ANIVSENNA54ANOS

 

RECORDAR É VIVER

RECORDAR É VIVER

 

A PASSAGEM DE TIAGO PELA FÓRMULA 1

 

 

Grupo de imagens referentes à época que Tiago Monteiro teve na equipa de Fórmula 1 da Jordan, onde chegou a subir ao pódio no Grande Prémio dos Estados Unidos.mont1-2005-usacjordanmont2mont3mont4mont5mont6mont7mont8mont9mont10mont11mont12mont14mont16mont17mont18mont19mont20mont21mont22mont23mont24mont25mont26mont27mont28mont29mont30

 

ROSBERG COMEÇA BEM NA AUSTRÁLIA

NIKO ROSBERG COMEÇA BEM NA AUSTRÁLIA

 

Nico Rosberg deu à Mercedes  no passado fim de semana a primeira vitória da época, numa prova que dominou tendo atrás de o Red Bull Renaulçt de Ricciardo, que acabaria por ser desclassificado, ficando depois o pódio completo com a surpresa da jornada, referimo-nos a Magnussen que levou o McLaren ao pódio logo na estreia.O 4º lugar foi para o outro McLaren de Button, seguido pelo Ferrari de Alonso e pelo Wililams de Bottas.aust46aust47aust50aust51aust52aust53aust60aust61aust62aust63aust64aust65aust70aust71aust72aust73aust74aust75aust80aust81aust82aust84aust85aust86aust87aust88aust89aust90aust91aust92aust93aust94aust95aust99aust100aust101aust102aust103aust104aust220aust221aust222aust223aust224aust225aust226aust227aust228aust229aust230aust230aust1000aust1001aust1002aust1003aust1004aust1005aust1006aust1007aust1018aust1019aust1020

 

VOLANTE MERCEDES DE F 1

VOLANTE MERCEDES DE FÓRMULA 1

 

Eis o que Hamilton e Rosberg usam no decorrer das corridas de Fórmula 1 sendo este o modelo utilizado pelos dois pilotos esta época.volantemercedesf1

 

HAMILTON VAI-SE CASAR

LEWIS HAMILTON VAI-SE CASAR

 

Foi a noticia "bomba" do paddock do Grande P´remio da Austrália, o piloto inglês Lewis Hamilton vai-se casar em breve com Nicole.hamiltonnoivonicolescherzinger

 

KOBAIASHI PROMOVE AIR ASIA

KOBAIASHI PROMOVE AIR ASIA

 

O piloto japonês da equipa de Fórmula 1 da caterham, esteve envolvido numa acção de promoção da Air Asia, um dos patrocionaodres da equipa, na promoção de rotas desta companhia de aviação asiática.kobaiashiemacaopromoao1kobaiashiemaccoapromoao2

 

SEGUNDO OS CÁLCULOS DA PIRELLI

 

2014 Australian Grand Prix - Race

 


DOIS pit stops PARA A ABERTURA GRAND PRIX DE UMA MARCA NOVA ERA

 


Mármores, granulação bolhas e todos reduzidos a ano passado em comparação
como previsto pela Pirelli , o Grande Prêmio da Austrália Concluído com dois pit stops , Seguir Geralmente uma estratégia de médio -soft suave que foi escolhido pelo vencedor da corrida de Nico Rosberg ( Mercedes ), assim como os outros dois pódio : Daniel Ricciardo (Red Bull) e Kevin Magnussen (McLaren ) .
Dos mármores "e fenômeno de bolhas foram grandemente reduzidos , juntamente com a granulação . Na verdade, este era visto apenas no pneu dianteiro esquerdo de alguns carros : incluindo o de Rosberg .
Assim como carro set-up, granulação - um fenômeno que sempre esteve presente na Fórmula Um - é causado por baixas temperaturas. O Grande Prêmio da Austrália não ultrapassou a temperatura do ar de 20 graus e temperatura da pista de 27 graus centígrados visto no início 05:00 , com termos Progressivamente arrefecimento como a corrida prosseguiu.
No entanto, todos os pneus tiveram um forte desempenho do início ao fim , em linha com as expectativas antes do início do Grand Prix, apesar de uma sessão de qualificação de ontem que estava sendo molhado. Todos os carros começaram a corrida com os pneus macios P Zero Amarelo , com exceção dos da Red Bull, Sebastian Vettel e da Sauber Esteban Gutierrez , você já começou no meio P Zero Branco .
A estratégia de corrida foi influenciado por um período de safety car no início de quatro voltas , a maioria de todos que aos motoristas levaram para fazer pit stops sua abertura antecipada . Jenson Button , da McLaren FOI ble usar estratégia pit stop de maneira muito eficiente , com paradas bem-cronometrada que ajudou a impulsionar a si mesmo a partir de 10 no grid para a quarta posição no final.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Em Melbourne , temos sido muito satisfeito com o desempenho dos nossos pneus na primeira corrida de uma nova era da Fórmula Uno. Enquanto a queda da temperatura causou alguma calculado granulação luz inédita de On pneus dianteiros esquerdo Alguns dos carros , que não era particularmente grave e Quem realmente não afetar o stint comprimento. Na maioria dos casos , desapareceu como o período continuou. O pneu médio, usado pela maior parte no final da corrida, coberto metade da distância total passablement para muitos motoristas e realizada de forma muito consistente . A corrida equipes de todo- têm o mesmo desafio e estamos ainda bem no início da temporada, onde os engenheiros trabalham para maximizar a estrutura e pacote de desempenho dos pneus. "
Vezes mais rápido do dia pelo composto :
 Suave Médio Intermediário Wet
Primeiro ROS - BOT 1.32.478 - 1.32.568 N / A N / A
Segundo KVY - ALO 1.32.634 - 1.32.616 N / A N / A
Terceiro PER - ROS 1.33.366 - 1.32.672 N / A N / A
Longest stint da corrida:
Período Suave 35 (A Sutil )
Meio período de 25 (Button J)
Intermediário N / D
Wet N / A
Verdade -O- Meter:
Com a maioria dos qualificadas detidas em tempo de chuva , era difícil prever com certeza a estratégia exata ano. Teoricamente , começamos no macio Said, muda para o aplicativo novamente na volta 23 , e depois para o meio na volta 51. Aponte o safety car cedo jogou o padrão ligeiramente fora dos eixos , com a primeira parada de Rosberg para Comentários outro conjunto de softs na volta 12 ea parada final para o meio na volta 38. O top 10 tudo usado um padrão soft- soft- médio, com exceção de Kvyat em 10 Você já foi para - soft- médio macio.

 

Google Tradutoraust25aust26aust27aust28aust29aust30aust40aust41aust42aust43aust44aust45aust46aust47aust50aust51aust52aust53aust60aust61aust62aust63aust64aust65

 

 

OS PLANOS DA PIRELLI PARA O G.P.AUSTRALIA

 

2014 Australian Grand Prix - A partir de pneus line-up


Nos 2.014 motoristas Grande Prêmio da Austrália começou os pneus sobre o seguinte:

aust1aust2aust3aust4aust5aust6aust7aust10aust12aust14aust15aust16aust17aust18aust19aust20aust22aust23aust24
  Hamilton macio
  Ricciardo macio
  Rosberg macio
  Magnussen macio
  Alonso macio
  Vergne macio
  Hulkenberg macio
  Kvyat macio
  Massa macia
  Botão macio
  Raikkonen macio
  Vettel Médio
  Sutil macio
  Kobayashi macio
  Bottas macio
  Perez macio
  Chilton macio
  Bianchi macio
  Ericsson macio
  Grosjean macio
  Gutierrez Médio
  Maldonado macio

 

VETTEL E HAMILTON COM A MESMA SORTE NA AUSTRÁLIA

Sebastian Vettel (Red Bull) abandona Grande Prémio da Austrália de F1

Sebastian Vettel, que largou do 12.º posto da grelha, deixou o circuito de Melbourne após cumpridas as primeiras cinco voltas, pouco depois do que fez o piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes-AMG), que abandonou a prova por problemas mecânicos.

"Tivemos um problema com o motor, não tem potência. Toda a unidade de potência está disfuncional e, por isso, não podemos correr ", afirmou o piloto alemão, pouco depois de sair das boxes.

Agência Lusa

 

Piloto britânico Lewis Hamilton abandona Grande Prémio da Austrália de F1

O piloto britânico deixou o circuito Albert Park de Melbourne na quarta volta.

Após perder a liderança na saída para o seu companheiro, o alemão Nico Rosberg, Hamilton foi perdendo posições até receber uma mensagem da equipa a notificá-lo que tinha que abandonar a corrida por problemas mecânicos no seu monolugar.

Agência Lusa

 

ROSBERG VENCE G.P.AUSTRÁLIA

Nico Rosberg ganha Grande Prémio da Austrália

Rosberg bateu o australiano Daniel Ricciardo, que ficou em segundo na sua primeira corrida pela Red Bull, com Kevin Magnussen da Maclaren a conquistar o terceiro lugar.

O campeão do mundo Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, que saiu da "pole position", desistiram da corrida devido a problemas mecânicos.

Agência Lusa

 

RICCIARDO DESQUALIFICADO NA AUSTRÁLIA

Daniel Ricciardo é desqualificado e perde segundo lugar

 

Com a desclassificação de Ricciardo, o mexicano Sérgio Perez (Force India) fechou os lugares pontuáveis, na 10.ª posição.

Daniel Ricciardo é desqualificado e perde segundo lugar

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull) foi hoje desclassificado e perdeu o segundo lugar conquistado no Grande Prémio da Austrália, primeira prova do campeonato do Mundo de fórmula 1.

Numa prova para esquecer para a Red Bull, dominadora dos últimos mundiais, Ricciardo foi penalizado por não ter cumprido as novas regras de uso de combustível, depois de o alemão Sebastian Vettel, tetracampeão mundial, ter desistido na quinta volta.

A McLaren acabou por ser a grande beneficiada desta decisão, uma vez que coloca os seus dois carros no pódio, com o estreante Kevin Magnussen, o primeiro dinamarquês a alcançar um top-3 na fórmula 1, a ser segundo e o britânico Jenson Button, antigo campeão do Mundo.

Numa corrida ganha pelo alemão Nico Rosberg (Mercedes), o espanhol Fernando Alonso (Ferrari) subiu ao quarto lugar, seguido do finlandês Valteri Bottas (Williams), do alemão Nico Hulkenberg (Forde India), do finlandês Kimi Raikonnen (Ferrari) e do francês Jean-Eric Vergne (Toro Rosso).

Na nona posição, o russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) tornou-se no mais novo de sempre a pontuar, com 19 anos e 324 dias, menos 25 do que os que tinha Vettel quando pontuou pela primeira vez.


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

SEGUNDO A PREVISÃO DA PIRELLI

 

CINTURATO MOLHADO NO PÓLO AZUL , VERDE INTERMEDIÁRIO SEGUNDA CINTURATO


Mais Chuva provável AMANHÃ , COM UMA VASTA GAMA DE ESTRATÉGIAS

 


A primeira sessão de qualificação do ano marcou a estréia dos novos pneus de chuva da Pirelli - tempo : o azul Cinturato completo molhado eo intermediário Cinturato Verde . Estes pneus Alegou poste e segundo lugar , respectivamente , na Mercedes de Lewis Hamilton ea Red Bull de Daniel Ricciardo . Até hoje , os pneus wet- tempo não tinha funcionado , com a exceção de alguns lapso no primeiro teste do ano em uma pista artificial umedecido em Jerez.
Previsões indicato que provavelmente mais chuva é amanhã , ou seja, opções de estratégia estão abertas se a chuva intermitente e, às vezes pesado visto no Q2 e Q3 hoje continua ( com a chuva tendo iniciado à direita no final do Q1) . Em caso de condições secas mais improváveis ​​dois pit stops por carro é , teoricamente, a estratégia mais rápida . O meio P Zero Branco e P Zero Amarelo pneus macios foram nomeados para o fim de semana .
Tanto o intermediário e molhado pneus -ter- sido redesenhado para a última geração de carros de Fórmula Um , com maior torque aerodinâmico reduzido objetivo downforce . Em particular, o novo pneu Cinturato molhado agora dispersos 65 litros por segundo de água a toda velocidade : acima de 60 litros por segundo no ano passado.
Durante a sessão final, Q3 a pista estava exatamente no cruzamento entre o ponto intermediário e úmido , com ambos os tipos de pneu a revelar-se extremamente competitivo , como visto pelo make-up de primeira fila. No entanto, este tornou-se pontos de cruzamento WIDER este ano, como resultado do trabalho da Pirelli sobre a última temporada e no inverno para estender o alcance útil do pneu molhado. Dependendo das estratégias que cada equipe seleciona , ambas, pode ser usado pneus se chover amanhã .
Por causa das condições molhadas no Q3, os drivers não foram ble usar o conjunto extra de pneus macios sob o último acto de qualificação ou a . Normalmente, este ano , os motoristas começam a corrida com pneus seria o que eles usaram para definir seu melhor tempo no Q2 , se objetivos da tese são intermediários ou molha , não é uma escolha livre de pneus para o início da corrida.
O piloto da Mercedes Nico Rosberg mais rápido Fui na sessão de treinos livres seca, usando o pneu macio para bater Jenson Button o segundo colocado (McLaren ) por 1.391s .
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Hoje nós finalmente conseguimos ver o ritmo relativo de todos os carros propósito fator complicador foi a chuva . Esta foi a primeira vez que os pneus intermediários e molhados tinha funcionado desde uma breve sessão de testes em Jerez e às previsões , parece que nós estaremos vendo mais deles neste fim de semana . Vamos esperar para ouvir o feedback preciso das equipes , o objetivo do que podemos ver até agora , estamos satisfeitos com os níveis de desempenho dos intermediários e molha nas 2.014 carros. Apesar da complexidade desses revolucionário novas máquinas , as equipes - se executar de forma confiável e fortemente na qualificação. Objetivo termos de hoje será o representante do resto da temporada , por isso ainda é difícil tirar conclusões definitivas qualquer porque o ritmo de corrida real será Definindo um fator nesta temporada. Vimos um número de diferentes abordagens na Q3, com intermediários e molha completos Ambos usados ​​pelo top 10. Em particular, o trabalho de desenvolvimento que - ter concluído no pneu molhado e testado em carros da geração anterior parece - transferiram através de melhorias para a Formula One 2014 " .
A estratégia preditor Pirelli :
Estratégia vai depender do tempo pesadamente, com um risco de chuva Continua amanhã . Se ficar seco , seria de esperar a estratégia a seguir para ser mais rápida para a corrida de 58 voltas : comece nos moles, alterações no aplicativo novamente na volta 23 , alterações no meio para o turno final na volta 51.
Compostos mais rápidos FP3 :
Rosberg 1m29.375s suave Nova
Novas 1m30.766s botão virtual
Alonso 1m30.876s suave Nova
Top 10 utilização de pneus :
 Hamilton 1m44.231s Nova Wet
 Ricciardo 1m44.548s novo Intermediate
 Rosberg 1m44.595s novo Wet
 Magnussen 1m45.745s novo Wet
 Alonso 1m45.819s novo Wet
 Vergne 1m45.864s novo Intermediate
 Hulkenberg 1m46.030s novo intermdiate
 Kvyat 1m47.368s novo Wet
 Massa 1m48.079s novo Intermediate
 Bottas 1m48.147s novo Wet

 

Google Tradutoraust86aust87aust88aust89aust90aust91aust92aust93aust94aust100aust101aust102aust103aust104aust105aust106aust107aust108aust109aust110aust111aust112aust118aust119aust300aust301aust302aust303aust304aust307aust500

 

HAMILTON NA FRENTE NA AUSTRÁLIA

HAMILTON NA FRENTE NA AUSTRÁLIA

 

O Mercedes de Hamilton fez o melhor tempo na derradeira sessão de treinos oficiais do Grande Prémio da Austrália, tendo a seu lado o surprendente Red Bull Renault de Ricciardo, e o seu colega de euipa Rosberg.

 

Na 4ª posição foi para o McLaren de magunssen, que irá ter a seu lado o Ferrari de Alonso, que por sua vez tem atrás de si Vergne e Hulkenberg.De forma a completar o "top ten", de seguida surge o estreante Kvyat, e os Williams de de Massa e BOtas.aust17aust20aust22aust30aust31aust40aust41aust42aust43aust44aust45aust46aust47aust48aust49aust50aust51aust52aust53aust54aust55aust57aust58aust59aust60aust61aust70aust71aust72aust73aust74aust75aust76aust77aust78aust80aust81aust82aust83aust84aust85

 

 

AS PREVISÕES DA PIRELLI PARA G.P.AUSTRÁLIA

 

2014 Australian Grand Prix - Prática Sessões


NOVA ERA DE FORMULA ONE AND NEW Gama de pneus faz estréia
EM MELBOURNE


Dois segundos por volta SEPARADO MEDIUM SOFT E COMPOSTOS


PNEUS novas regras para a qualificação em 2014 UM CONJUNTO EXTRA NA Q3


Melbourne , 14, Março 2014 - Formula One entrou em uma era fresco, com o início das novas Règlements de pneus para 2014 hoje. A nova regra afeta primeiro treino livre , com as equipes agora permitido um jogo extra de pneus para ser usado nos primeiros 30 minutos de FP1 só : sempre do composto mais duro dos dois nomeados.
Graças à nova tese regras houve aumento consecutivo, um montante total de 937 sessões ao longo dos dois hoje. O meio P Zero Branco e P Zero pneus amarelos que foram nomeados para o Grande Prêmio da Austrália apresentada nenhuma bolhas ou granulação , com a diferença de desempenho entre os dois compostos Atualmente na área de dois segundos.
As novas regras de pneus aussi incluem um conjunto extra de pneus de compostos mais macios para todos os carros em qualificação. Estes só podem ser usados ​​no Q3, eficaz, que eles têm de ser devolvidos à Pirelli . Essa meta das equipes não passar ao Q3 pode mantê-los a usar para a corrida. Assim, no total , todas as 13 equipes estão agora atribuídos Ao invés de 11 conjuntos de pneus lisos para todas as corridas deste ano.
Durante a primeira sessão de treinos livres desta manhã as equipes só usou o pneu médio , antes de passar para o pneu macio meia hora para a segunda sessão. Com tantos novos aspectos para os carros este ano , as equipes se concentraram em Completando tanto correndo quanto possível , com ambos os compostos foram variedade de cargas de combustível , a fim de avaliar o seu ritmo de corrida Provável .
Condições Permaneceu seco e quente durante duas sessões , com um pico de 24 graus ambiente e 40 graus de temperatura da pista caindo em FP2 . Existe o risco de chuva para amanhã e domingo , porém, o que significa que os intermediários Cinturato Verdes e Cinturato Azul molha completo pode ser visto pela primeira vez .
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse : "Pelo que podemos ver até agora , estávamos satisfeitos com o desempenho e degradação dos compostos médios e macios, ambos, de Todos os que são chamadas completamente este novo ano . A degradação do pneu médio é muito baixo, com a degradação no macio ligeiramente superior. Vimos há bolhas ou granulação em tudo hoje e aussi Menos mármores , então até agora tem que colocamos o nosso objetivo. Os novos pneus Règlements SCCM - ter funcionado bem até agora, com os fãs ble para ver mais dos carros na pista , Tudo que era exatamente a intenção . "
FP1 : FP2 :
1.Alonso 1m31.840s Nova Meio 1 . Hamilton 1m29.625s suave Nova
2.Button 1m32.357s meio utilizado 2. Rosberg 1m29.782s suave Nova
3.Bottas 1m32.403s meio utilizado 3. Alonso 1m30.132s suave Nova
Estatísticas de pneus do dia :
 Médio Macio Intermediate Wet
kms conduzido * 3165 1803 0 0
conjuntos usados ​​em geral ** 55 19 0 0
Maior número de período ** 26 25 0 0
* O texto acima dá o número total de quilómetros percorridos FP1 e FP2 Valor hoje , todos os drivers combinados .
Por ** composto , todos os drivers combinado .
Pirelli fato do dia :
No ano passado , as equipes usado pneus Pirelli Aproximadamente 20.900 , Tudo o que equivale a 5.225 conjuntos . Se tese Eram pneus empilhados em cima uns dos outros " , eles iriam chegar a 6.270 metros - ou mais do que 7,5 vezes mais alto que o mais alto edifício do mundo .

 

Google Tradutoraust1aust2AUST3aust4aust5aust6aust7aust8aust9aust10aust11aust12aust14aust15

 

HAMILTON EM ACÇÕES PROFISSIONAIS

HAMILTON EM ACÇÕES PROFISSIONAIS

 

 

Lewis Hamilton esteve deveras ocupado dias antes do Grande Prémio da Austrália em diversas acções de promoção, de diferentes marcas que apoiam o piloto britânico, e a sua equipa de F 1.hamilton1hamilton2hamilton3hamilton4

 

NOVA DECORAÇÃO CAPACETE DE HAMILTON

NOVA DECORAÇÃO NO CAPACETE DE HAMILTON

 

Será esta decoração do capacete de Lewin Hamilton no Grande Prémio da Austrália já este fim de semana.capacetehamiltonaustralia2capacetehamiltonaustralia2014

 

DECORAÇÃO DO MCLAREN PARA G.P.AUSTRÁLIA

DECORAÇÃO DO MCLAREN PARA O G.P.AUSTRÁLIA

 

 

Será esta decoração que os dois McLaren conduzidos por Button e Magnussen irão ostentar no Grande Pr~emio da Austrália, que tem o seu inicio marcado já para este fim de semana.Muito se falou ser a Sony o principal patrocionador da equipa inglesa, mas para já será este o looking do Mp 29.decoraomclaren-australia

 

SCHUMI DE NOVO EM FOCO

Pequenos sinais de melhoria dão esperança a família de Schumacher

"Estamos e mantemo-nos confiantes de que Michael vai melhorar e vai acordar. Por vezes temos pequenos e encorajadores sinais, mas também sabemos que temos de ser muito pacientes", referiu a família do ex-piloto, em comunicado, lido pela porta-voz Sabine Kehm.

Schumacher contínua em coma num hospital de Grenoble, em França, depois de ter tido um acidente de esqui a 29 de dezembro, em Meribel, nos Alpes franceses.

Agência Lusa

 

INCERTEZAS PARA A RED BULL E VETTEL

Incertezas ameaçam "penta" de Vettel e Red Bull

 

O Mundial de Fórmula 1 arranca este domingo, na Austrália.

Incertezas ameaçam
Sebastian Vettel e a Red Bull iniciam domingo a perseguição ao quinto título mundial de Fórmula 1, após uma pré-temporada marcada por sucessivos problemas mecânicos, que fazem antever uma tripla ameaça ao recente domínio da escuderia.
Depois de uma época de 2013 que o fez emergir como o mais jovem piloto de sempre a alcançar um quarto cetro consecutivo, o alemão, que terá outro australiano como companheiro de equipa - Daniel Ricciardo (ex-Toro Rosso) em vez de Mark Webber -, procura agora igualar o recorde do compatriota Michael Schumacher, único na história a alcançar cinco títulos seguidos.
Apesar de repetirem o papel de "cabeças de cartaz" da 65.ª edição da competição, Vettel e Red Bull iniciam a nova época envoltos num "manto" de incertezas, dada a dececionante performance nos testes de pré-época, que levou inclusivamente o tetracampeão a antever muitas dificuldades para sequer terminar o Grande Prémio inaugural, na Austrália.
"Neste momento, conseguir terminar uma corrida já será um feito. Se metade dos pilotos desistir, então teremos hipóteses de amealhar alguns pontos", ironizou Vettel, depois do insucesso nos testes realizados no início do mês, no Bahrain. O português António Felix da Costa é um dos pilotos de testes e suplente.
O novo monolugar RB10 revelou-se um "adversário" de última hora para a escuderia anglo-austríaca, que terá de redobrar os esforços, num ano que se adivinha de enorme competição, tendo em conta o poderio de adversários como Ferrari, Mercedes e a surpreendente Williams.
Na Ferrari, o espanhol Fernando Alonso prepara-se para iniciar a quinta temporada ao serviço do emblema de Maranello, mas o maior destaque vai para o regresso de Kimi Raikkonen à marca italiana - pela qual se sagrou campeão mundial, em 2007 -, ocupando o lugar que pertencia a Felipe Massa, que rumou à Williams.
No entanto, a expetativa maior no "Grande Circo" deste ano prende-se com o desempenho da Mercedes, que tem sido apontada como uma séria candidata ao título, não só pelo potencial dos pilotos Lewis Hamilton (campeão em 2008) e Nico Rosberg, mas também pela supremacia que o motor da marca tem revelado, em comparação com os rivais.
Já a Williams, poderá assumir-se como surpresa na edição deste ano e intrometer-se na luta entre trio de favoritos, contando agora com o reforço Massa. Depois de oito anos ao serviço da Ferrari, o brasileiro fará dupla com o ambicioso Valteri Bottas, que se destacou nos testes realizados no Bahrain.
Por seu lado, a McLaren-Mercedes parece surgir arredada desta luta, pelo menos numa fase inicial, embora as aspirações da marca passem certamente por superar o quinto lugar da geral de construtores do ano passado, contando para isso com a experiência do britânico Jenson Button (campeão em 2009) e com a irreverência do estreante dinamarquês Kevin Magnussen, de 21 anos, campeão de Fórmula Renault 3.5 em 2013.
Entre as alterações para o Mundial deste ano, a mais sensível diz respeito aos novos motores V6 Turbo (1,6 litros), que substituem os V8 (2,4), baixando a potência de 760 cavalos e 18.000 rotações para 608 cavalos e 15.000 rotações, o que dará origem a um barulho menos intenso dos motores.
As dianteiras dos monolugares foram igualmente modificadas, com um "bico" mais baixo e um "design" que originou os mais variados comentários, quase todos eles considerando que os "bólides" estão mais feios.
O Campeonato do Mundo de Fórmula 1 de 2014 mantém as 11 equipas do ano transato, enquanto no plantel de pilotos destacam-se as estreias do sueco Marcus Ericsson (Caterham), do russo Daniil Kvyat (Toro Rosso) e de Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes), além do regresso do japonês Kamui Kobayashi (Caterham).
O Grande Prémio da Austrália volta a ser o primeiro de um calendário com 19 provas, registando-se o regresso do GP da Áustria, ausente desde 2003, e a estreia do GP da Rússia, que será disputado no circuito de Sochi.
A 65.ª edição do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 arranca este domingo, no circuito de Melbourne, às 06h00 (hora portuguesa), e termina a 23 de novembro, em Abu Dahbi.


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

RESUMOS DOS TESTES DOS F 1 NO BAHRAIN

teste183teste184teste185teste186teste191teste192teste193teste194teste195teste196teste198teste199teste201teste202teste203teste204teste205teste210teste211teste212teste215teste216teste217teste218teste219teste220teste221teste222teste223teste224teste225teste226teste227teste230teste231teste232teste233teste234teste235teste252testes100testes101testes103testes107testes143testes250RESUMO DOS TESTES DOS F1 NO BAHRAIN

 

 

A segunda sessão de testes para as equipas de F 1, estão encerradas, faltando apenas uns dias para o inicio da época, que pelos vistos pode vir a prometer.

 

Um aspecto a reter foi o fraco desempenho do motor da Renault, que deixou equipas como a Red Bull, Toro Rosso, Lotus e Caterham uns furos abaixo da concorrência.Em conjunto estas equipas apenas percorreram quase centena e meia de voltas ao circuito, emquanto a Mercedes, por exemplo fez quatro vezes mais...

 

Logo no primeiro dia, o Force India de Perez fez o melhor tempo, trazendo atrás de si o Ferrari de Alonso e o McLaren de Button, surgindo depois Hamilton num Mercedes e Bianchi no Marussia Ferrari.Os pilotos da Mercedes não puderam fazer melhor, isso motivado por problemas na caixa de velocidades, que obrigou a umas paragens não programadas, para assim solucionar.Curiosamente também a McLaren debateu-se com problemas na caixa de velocidades.Um aspecto curioso, é que no final do primeiro dia, as equipas que usam motores Mercedes já tinham percorrido uma distância equivalente a sete Grandes Premios sem problemas de maior, a não ser o que sucedeu com a caixa de velocidades.

 

Assim neste primeiro dia da segunda bateria de testes, Perez ficou com o melhor tempo, tendo atrás de si o Ferrari de Alonso, e o Red Bull de Ricciardo, seguido pelo Williams de Massa, e o McLaren de Button.

 

Mas no dia seguinte logo de manhá, seria Magnussen a levar a melhor fazendo o melhor crono, com o Ferrari de Raikonen no seu encalço, seguido pelo Williams de Massa, pelo Toro Rosso de Kvyat e o Force India de Hulkenberg.Mas a verdade é que depois seria o Williams de Massa a passar para a frente, trazendo a reboque o Mercedes de Rosberg e o Ferrari de Raikonen.Só depois aparece o McLaren de Magnussen, seguido pelo Toro Rosso de Kvyat, e o Force India de Hulkenberg.

 

O derradeiro dia, seria o Williams de Bottas a fazer o melhr tempo, sempre seguido pelo Ferrari de Alonso, e pelo Toro Rosso de Vergne, surgindo depois o Sauber de Sutil, o Force India de Hulkenberg, e finalmente o McLaren de Button.Após o intervalo do almoço, todos os pilotos vão para a pista, mas Botas continua com o melhor tempo, tendo sempre Alonso na sua esteira, seguido pelo Force India de Hulkenberg, pelo Sauber de Sutil, e pelo Mclaren de Button.

 

Mas esta sessão de testes ficaria encerrada com o tempo canhão do Mercedes de Hamilton, que teve sempre bem perto de si o Williams de Bottas, e o Ferrari de Alonso.Só depois aparece o Force India de Hulkenverg, o Toro Rosso de Vergne 

 

Fazendo as contas dos quilometros percorridos, a Mercedes totalizou cerca de 4972 km, seguida pela Williams com 4893, ficando este pódio completo com a Ferrari com 4488 km.Depois aparece a McLaren com 4156 km, a Sauber com 4039.

 

Nas posições sdeguintes ficaram as seguintes equipas :

 

Force India - 3974 km

Caterham - 3313 km

Toro Rosso - 2436 km

Red Bull - 1705 km

Marussia - 1686 km

Lotus - 1288 ikm

 

Texto de João Raposo e fotos de diferentes agencias - www.velocidadeonline.com

 

WILLIAMS NÃO ESQUECEU SENNA

WILLIAMS NÃO ESQUECEU AYRTON SENNA

 

A equipa de Fórmula 1 da Williams não esqueceu Ayrton Senna, e assim uma vez mais nos narizes dos seus monolugares, lá surge a alusão ao piloto brasileiro, que faz estasenna duas decadas de ausência, desde o seu fatidico acidente na pista de Imola em Itália.

 

PIRELLI E A FÓRMULA1

 

PIRELLI E equipas de Fórmula Um


2014 aprovado em - TEMPORADA DE PNEUS TEST PROGRAMAÇÃO


 Na sequência do acordo entre a Pirelli ea Fórmula Um equipes 11 , com a aprovação da FIA , está aqui a programação dos dias dedicados ( um por equipe ) que cada equipe irá se dedicar ao pneu a testar este ano , dentro do calendário 2014 de teste na temporada existente.
Teste Bahrain (8-9 de Abril)

teste110teste111teste112teste114teste115teste116teste117teste118teste118teste119teste119teste120teste121teste122teste123teste124teste124teste125teste126teste127teste128teste129teste130teste140teste141teste142teste170teste171teste130teste172teste173teste174teste175teste176teste177teste178teste180
Day1 CATERHAM
MERCEDES Day2 e WILLIAMS
Teste de Barcelona (13-14 de Maio)
Day1 Sauber e Toro Rosso
Day2 McLaren e Force India
Teste de Silverstone (8-9 de Julho)
Day1 FERRARI e LOTUS
Day2 RED BULL e Marussia


O acordo , finalizado em todos os que foi caindo no teste final de pré-temporada Bahrain ( a partir de 27 fevereiro - 2 março ) , estipula que cada equipe vai dedicar um dia por ano exclusivamente para testar os mais recentes produtos e desenvolvimentos de Pirelli , no âmbito do Existente calendário de teste. A definição desse cronograma de testes de pneus tem - beens acordado por todas as partes envolvidas.
Durante os últimos dois dias de calendário de teste deste ano (Abu Dhabi, 25-26 de Novembro ) Pirelli vai fornecer todas as equipes com pneus protótipos , em preparação para a temporada de 2015.
Cada equipa terá de dedicar um dia de testes este ano para os pneus para 2015 , como está escrito na última regulamentação desportiva (artigo 22.6h ) . Esta nova regra é o resultado de pedidos de Pirelli para os formuladores de regras da Fórmula Um , no final da última temporada. Os pneus que cada equipe usará caindo sobre TICs Nomeado dias de teste de pneus serão fornecidos pela Pirelli e não formam parte atribuída dos 135 conjuntos para fins de teste a cada ano.

 

SERÁ ESTA A VERSÃO DEFINITIVA?

SERÁ ESTA A VERSÃO DEFINITIVA?

 

 

Surgiu esta manhã imagens do que poderá ser a decoração definitiva que os Williams irão ostentar no Mundial de Fórmula 1, com as côres da Martini, por sinal muito bonita.wiiliamsmartini5williamsmartiniwilliamsmartini1williamsmartini4williamsmartini6

 

PIRELLI PATROCINA G.P.ESPANHA E HUNGRIA

 

PIRELLI PARA SER Patrocinador Principal

 


DO ESPANHOL E 2014 Grande Prêmio da Hungria

 


Estas duas rodadas agora será oficialmente Chamado de FORMULA 1 GRAN PREMIO DE ESPAÑA PIRELLI 2014 (08-11 maio) eo FORMULA 1 MAGYAR PIRELLI NAGYDÍJ 2014 (24-27 julho).
Esta última iniciativa reforça o compromisso da Pirelli à Fórmula Um, no âmbito do contrato de fornecimento de corrente que atravessa a 2016.

 

Google Tradutortestes107testes143testes250testes251testte197tetes102

 

BALANÇO DOS TESTES DA PIRELLI NO BAHRAIN

 

PIRELLI PNEUS ANUNCIA primeira escolha


Aumento da diferença de desempenho entre dura e média ,


SOFT E MÉDIAS E COMPOSTOS


DEGRADAÇÃO MENOS , bolhas zero e granulação MUITO POUCO
MOSTRADO NO BAHRAIN

 

No final do teste de pré-temporada terceira e última , realizada no Bahrein , a Pirelli anunciou que será a compostos usados ​​para as primeiras corridas do forno este ano :
Austrália P ZERO BRANCO MÉDIO e P ZERO AMARELO SOFT
Malásia P ZERO ORANGE duro e P ZERO BRANCO MÉDIO
Bahrain P ZERO BRANCO MÉDIO e P ZERO AMARELO SOFT
China P ZERO BRANCO MÉDIO e P ZERO AMARELO SOFT
Estas escolhas foram feitas para refletir as características de cada circuito e os todos os novos carros 2014 , tendo em conta todos os dados tem -beens que a obtida a partir de três testes de pré-temporada .
As equipes foram ble para completar a sua avaliação de novos compostos da Pirelli nos últimos dias do forno no Bahrein , terminando com a prova final hoje exatamente duas semanas antes do início da abertura grand prix da temporada. Consequentemente , muitas equipes focado em simulações de qualificação e corrida.
Os resultados do teste final mostrou uma lacuna Aumento de desempenho entre o disco e o composto médio e médio e o composto macio : as duas combinações de pneus que serão utilizados nas primeiras corridas do forno. Isto vai dar muito espaço para as equipes de formular estratégias para aumentar as suas perspectivas de corrida interessante .
As características dos 2.014 postos de pneus P Zero ficaram em linha com as expectativas no Bahrein , mantendo desempenho semelhante ao último gol ano com menos degradação. Não houve formação de bolhas e muito pouca granulação , destacando o desempenho dos compostos mais recentes até agora em uma ampla gama de condições. Houve uma redução nos níveis de également desgaste da banda de rodagem .
Paul Hembery , diretor de automobilismo da Pirelli :
"A informação adquirida ao longo de todos os três testes de pré-temporada nos ajudou a vir para cima com as escolhas de pneus para o início da temporada , Após correr com os novos pneus 2014 em todas as circunstâncias agora : variando de chuva em Jerez até à temperatura ambiente Superior a 25 graus centígrados no Bahrein . As conclusões que podemos tirar até agora em 2014 é que os pneus são mais consistentes e menos desgaste do que seus antecessores , sem comprometer o desempenho . Estamos aussi Comentários outro encontro do nosso objetivo com mais um passo para a redução da ' bolinhas de gude ' na pista. Os compostos médios e macios são bem adaptado às exigências corrida na Austrália , Bahrein e China esperados, fornecendo o que esperamos ser o equilíbrio certo entre desempenho e estratégia com 2-3 pit stops por carro. Os termos mais quentes e mais abrasivos da Malásia - nos levaram a nomear os compostos duros e médios lá, como fizemos no ano passado. "
Teste Fatos:
Como esperado , as equipes completaram as maiores distâncias ainda visto caindo no teste final de pré-evento , no Bahrein. No total, 762 período coberto durante um dia, 868 período durante o dia dois, 803 período durante o dia três , e 874 durante o período de forno dia foram . Isso faz com que a quantidade total de 3307 , durante quatro dias , em comparação com 2.322 no teste anterior Bahrein.
As equipes tinham um máximo de 30 jogos de pneus por carro de teste no Bahrein. Pirelli coisa 22 desses conjuntos e as equipes foram, então, ble para escolher com antecedência os restantes oito conjuntos , até sua total máximo possível de 30. No total, são permitidos 135 jogos de pneus por equipe para fins de teste Ao longo de 2014.
As diferenças de desempenho Bahrain visto no segundo teste entre os compostos são os seguintes Aproximadamente : o supermacio é de cerca de 0.7s por volta mais rápido do que o app, o app é em torno de 1,3 1.5s por volta mais rápido do que o meio , eo meio é de cerca de 1.3 - 1.5s por volta mais rápido do que o disco . Essas lacunas são esperados para descer como as equipes de melhorar a sua compreensão dos pneus caindo na temporada.
Mais testes Fatos:
O total de testes de distância percorrida até agora este ano , Jerez - combinando Ambos Bahrein e período de testes é 7,099 e 36,974 km . Desta vez, no ano passado , as equipes completaram TEVE 10,902 e 49,942 km período de testes de pré- temporada ( Jerez e Barcelona dois testes combinados em 2013) .
Williams motorista Felipe Massa a volta mais rápida do Bahrain esse teste, com um tempo de 1m33.258s no sábado, com o supermacio P Zero Vermelho. A título de comparação , a volta mais rápida no Bahrein , no teste anterior na semana passada foi 1m33.283s , criado por Nico Rosberg ( Mercedes) . A volta mais rápida da corrida no Grande Prêmio do Bahrein no ano passado foi 1m36.961s , estabelecidos pela da Red Bull, Sebastian Vettel. Pole position no Grande Prêmio do Bahrein no ano passado foi 1m32.330s , aussi definido pelo Rosberg .
O maior número de total concluída no teste Bahrain deste ano por um motorista foi de 236 Qualquer período de Valtteri Bottas ( Williams) . Force India motorista Sergio Perez definir o segundo maior total , o período de 213 .
Testando os números :
Número total de conjuntos Trazido a Bahrain : 341 conjuntos de Todos o que equivale a 1.364 pneus
- Todos qual dos pneus supersoft : 14 conjuntos
- Todos os quais de pneus macios : 61 conjuntos
- Todos os quais de pneus médios : 139 conjuntos
- Todos os quais de pneus duros : 94 conjuntos
- De que ' inverno ' pneus duros : 28 conjuntos
- Todos qual dos pneus intermédios : 3 conjuntos
- Todos os que de pneus de chuva : 2 jogos
Valor Total de conjuntos utilizados: 319
- Todos qual dos pneus supersoft : 31 conjuntos
- Todos os quais de pneus macios : 83 conjuntos
- Todos os quais de pneus médios : 172 conjuntos
- Todos os quais de pneus duros : 30 conjuntos
- Dos quais pneus "inverno" : 3 séries
- Todos os que de pneus intermediários : 0 conjuntos
- Todos os que de pneus de chuva : 0 conjuntos
Descida mais longa:
19 período sobre o composto supermacio
22 período do composto macio
24 período do composto médio
18 no período composto duro
  2 período do composto ' inverno '
  Período 0 no composto intermediário
  0 período do composto molhado
Maior Menor ambientais dias / forno de temperatura acima de 30 ° C / 22 ° C
Maior / Menor temperatura da pista ao longo de dias do forno: 39 ° C / 25 ° C
Testing Times:
dia 1
1 . S Perez Force India 1m35.290s suave Nova
2 . V Bottas Williams 1m36.184s New Medium
3 . K Raikkonen Ferrari 1m36.432s macio usado
4 . N Rosberg Mercedes 1m36.624s macio usado
5 . A New Soft Sutil Sauber 1m37.700s
6 . K Magnussen McLaren 1m37.825s macio usado
7 . D Ricciardo Red Bull 1m37.908s New Medium
8 . M Chilton Marussia 1m38.610s suave Nova
9 . D Kvyat Toro Rosso 1m39.242s macio usado
10 . P Maldonado Lotus 1m40.599s New Medium
11 . K Kobayashi Caterham 1m42.285s New Medium
dia 2
1 . S Perez Force India 1m35.570s suave Nova
2 . F Alonso Ferrari 1m35.634s suave Nova
3 . D Ricciardo Red Bull 1m35.743s suave Nova
4 . F Massa Williams 1m36.507s New Medium
5 . J Botão McLaren 1m36.901s New Medium
6 . J Bianchi Marussia 1m38.092s suave Nova
7 . O Hamilton Mercedes 1m39.041s New Medium
8 . Eu Vergne Toro Rosso 1m39.636s New Medium
9 . E Gutierrez Sauber 1m39.976s Supersoft U
10 . P Maldonado Lotus 1m41.613s New Medium
11 . M Ericsson macio usado Caterham 1m42.516s
 dia 3
1 . F Massa Williams 1m33.258s New Supersoft
2 . N Rosberg Mercedes 1m33.484s New Supersoft
3 . K Raikkonen Ferrari 1m35.426s New Supersoft
4 . K Magnussen McLaren 1m35.894s suave Nova
5 . D Kvyat Toro Rosso 1m36.113s New Supersoft
6 . N Hulkenberg Force India 1m36.205s Supersoft Usado
7 . J Bianchi Marussia 1m37.087s New Supersoft
8 . M Ericsson Caterham 1m38.083s New Supersoft
9 . R Grosjean Lotus 1m42.166s New Medium
10 . A Sutil Sauber nenhum momento
11 . S Vettel Red Bull nenhum momento
Dia 4
1 . A Mercedes Hamilton Usado 1m33.278s Macio
2 . V Bottas Williams 1m33.987s suave Nova
3 . F Alonso Ferrari 1m34.280s New Supersoft
4 . N Hulkenberg Force India 1m35.577s New Supersoft
5 . Eu Vergne Toro Rosso 1m35.701s New Supersoft
6 . A Sutil Sauber 1m36.467s New Supersoft
7 . M Chilton Marussia 1m36.835s New Supersoft
8 . E Gutierrez Sauber 1m37.303s New Supersoft
9 . S Vettel Red Bull 1m37.468s macio usado
10 . J Botão McLaren 1m38.111s New Medium
11 . K Kobayashi Caterham 1m38.391s suave Nova
12 . R Grosjean Lotus 1m39.302s suave Nova
 
Felipe Massa ( Williams) definir o tempo total mais rápido do teste final de pré-temporada , no Bahrein.

 

Google Tradutortest52test53test54test55test56test60test61test62test70test71test72test74test76test77test78test79test81test82test83test84test85test112test190test200test214teste1teste2teste3teste4teste5teste6teste8teste10teste11teste12teste14teste15teste15teste50teste73teste75teste80teste105

 

TESTES DE FÓRMULA 1 NO BAHRAIN

 

2014 Oficial Formula One Teste, Bahrain (27 de Fevereiro - 2, Março de 2014)


PIRELLI experimenta TERMÔMETROS ETIQUETA no Bahrein


PARÂMETROS DE PNEUS DE USO será monitorado
Em colaboração com a FIA


Como resultado da colaboração da Pirelli com a FIA para garantir um melhor acompanhamento dos parâmetros de uso dos pneus, a empresa italiana está testando um tipo especial de adesivo em cada piso do pneu, no Bahrein.
Esses adesivos ler a temperatura máxima atingida pelo piso do pneu, enquanto os pneus estão sendo pré-aquecido pelas equipes em seus cobertores de pneus.
Pirelli prevê uma temperatura máxima de 110 ° C (230 ° F), que não deve ser ultrapassada em qualquer momento antes de o pneu leva para a pista.
A FIA irá assegurar que esse limite seja respeitado, em conjunto com as pressões mínimas de pneus quando deixar os boxes e os teores máximos de curvatura na pista.

 

Google Tradutortest1test2test3test4test6test7test8test9test10test11test12test14test15test16test17test18test19test20test21test22test30test31test33test34test35test36test37test38test39test40test42test43test44test45test46test50test51

 

RICHARD MILLE E GROSJEAN JUNTOS

RICHARD MILLE E ROMAIN GROSJEAN JUNTOS

 

 

 

Romanin Grosjean , Nova Parceira para Relógio de luxo da marca Richard Mille
Richard Mille tem o prazer de contar com Romain Grosjean entre os parceiros oficiais da marca.
 
Richard Mille tem o prazer de contar com Romain Grosjean entre os parceiros oficiais da marca. O anúncio foi feito de forma a coincidir com as primeiras sessões de testes de Fórmula 1 da Lotus E22 . Romain Grosjean , que é o piloto oficial Lotus, segue os passos de Felipe Massa e Sébastien Loeb em juntar o grupo do relojoeiro Jura de pilotos de testes .
Este verdadeiro cavalheiro elegante e despretensioso também é um motorista da frente escalão que rapidamente fez seu nome no automobilismo : campeão da F3 Euroseries em 2007 com apenas 21 anos de idade , no ano seguinte, vencendo a primeira edição do campeonato GP2 Asia Series antes de triunfar mais uma vez na GP2 Asia Series e GP2 Series em 2011. É , sem dúvida, para a sua determinação, capacidade de análise técnica e sua intensa vontade de vencer que esta pista excelente performer foi nomeado oficial Lotus F1 Team motorista.
Romain Grosjean será testar o novo , luz e ultra forte RM 011 em NTPT ® durante toda a temporada Grand Prix de 2014 e as últimas informações é que ele vai estar usando o seu relógio fora seu macacão , onde serão submetidos a choques , vibrações e tempo condições . A pulseira , também, vai ter que ser forte o suficiente para resistir a ser arrancado com as altas velocidades impostas por este esporte .
Esta alça será montado no NTPT caixa do relógio de carbono da nova RM 011 Lotus F1 Team- Romain Grosjean , um movimento de cronógrafo automático de retorno com as cores da equipe de corrida britânica ® .
NTPT ® de carbono é um material exclusivo para Richard Mille , composta por mais de 600 camadas de fibras de carbono. É à prova de corrosão, excepcionalmente rígida e altamente resistente a impactos. Estas propriedades serão indispensáveis ​​para o novo RM 011 que Romain Grosjean estará vestindo seu macacão fora e em contacto directo com o meio ambiente , pela primeira vez na história do esporte a motor .

 

Google Tradutorgros1gros2

 

OS CAPACETES DE ROSBERG

OS CAPACETES DE ROSBERG

 

O piloto alemão no iniio deste ano concebeu uma nova decoração para o seu capacete, surgindo com a mesma nos testes de Fórmula 1 em Jerez e no Bahrain.Nesta altura Rosberg está ainda indeciso, pois não sabe com qual deles irá iniciar a sua época de 2014.capacetesnikorosberg

 

PREVISÕES DA PIRELLI PARA OS TESTES NO BAHRAIN

PREVISOES DA PIRELLI PARA DERRADEIROS TESTES DE FÓRMULA 1

 

 

 

Teste de pré- temporada final começa em curso no Bahrein :
 30 conjuntos de pneus por carro
 Pirelli apresenta o 2014 P Zero e gama Cinturato
Menos degradação , mas o desempenho semelhante a 2013
Nova Cinturato Wet Blue :
A dispersão de água aumenta 60-65 l / s ( + 8 % )


As equipes terão a sua chance final para testar os pneus P Zero 2014 e se preparar para a próxima temporada de Fórmula Um no último teste de quatro dias no Bahrein nesta semana. Vindo direto ao largo das costas do teste de quatro dias anterior no Bahrein , na semana passada , as equipes serão capazes de manter a sua dinâmica de testes como eles avaliam os quatro novos compostos slicks na faixa Pirelli : P Zero Laranja duro , médio P Zero Branco , P Zero Amarelo macio e supermacio P Zero vermelho. No primeiro teste do ano em Jerez , as equipes também tiveram a oportunidade de testar os pneus intermédios Cinturato Verdes e Cinturato Azul molha completos. Por favor, ver e utilizar o vídeo em anexo livre de copyright 3D , o primeiro de uma série de a serem emitidas pela Pirelli este ano , o que explica a funcionalidade precisa dos pneus.
Aqui está como a Pirelli Fórmula gama de pneus olha em 2014:
P Zero Laranja difícil
O pneu mais duro da gama é projetado para os circuitos que são frequentemente caracterizadas por altas temperaturas ambiente , colocando as mais altas cargas de energia através dos pneus com curvas rápidas ou superfícies abrasivas. O composto leva mais tempo a aquecer , mas oferece durabilidade máxima - o que significa frequentemente que ela desempenha um papel fundamental na estratégia de corrida . Este é um composto de gama de funcionamento elevada . Como todos os 2.014 pneus , este é um novo composto da marca com uma nova construção para atender as exigências dos carros mais recentes , com o aumento do torque, sistemas de recuperação de energia extra , mas aerodinâmica reduzidos.
Médio P Zero Branco
Teoricamente este é o mais perfeitamente equilibrada de todos os pneus , com um compromisso ideal entre desempenho e durabilidade. Como resultado , é muito versátil , mas muitas vezes vem em seu próprio em circuitos que tendem para altas velocidades e cargas de energia . Este é um composto gama baixa de trabalho. Como é o caso com todas as 2014 pneus , existe um novo perfil na parte da frente para levar em conta a dinâmica de veículos alterados e melhorar o manuseamento .
P Zero Amarelo macio
Este é um dos pneus mais utilizados pneus na faixa , atingindo um bom equilíbrio entre desempenho e durabilidade , com o acento na performance. É ainda está inclinado para velocidade em vez de distâncias longas , mas é , no entanto, capaz de proporcionar uma vantagem competitiva, tanto no início da corrida em combustível cheio e quando utilizado como um pneu ' Sprint ' no final . Este é um composto de gama de funcionamento elevada . Todos os compostos são em geral um pouco mais difícil do que os seus equivalentes no ano passado , a fim de proporcionar o mesmo nível de desempenho , apesar das forças adicionais colocadas sobre os pneus .
P Zero Red supersoft
O composto mais macio na faixa é ideal para circuitos lentos e sinuosos , especialmente no tempo frio, quando aderência mecânica máxima é necessária. Os benefícios supersoft de um tempo de aquecimento extremamente rápido , o que o torna ideal na fase de qualificação , bem como, mas o outro lado para que a característica importante é, naturalmente, aumento da degradação . Este é um composto gama baixa de trabalho. Uma das evoluções importantes este ano tem sido a otimização da pressão de pegada e distribuição de temperatura . Isto representa um contato mais , mesmo com o asfalto , melhorando a aderência e manipulação.
Cinturato Verde intermediário
Os intermediários são os mais versáteis dos pneus de chuva , dispersão de aproximadamente 25 litros de água por segundo na velocidade máxima. Eles podem ser utilizados em uma molhado , bem como uma faixa de secagem . O Cinturato Verde é um novo conceito para este ano, com uma série de aspectos de desenvolvimento também transferidos para os pneus de chuva completo.
Cinturato Azul molhado
Os pneus de chuva pode dispersar até 65 litros de água por segundo na velocidade máxima ( passou de 60 litros no ano passado ), tornando -os a solução mais eficaz para chuva forte . A mais recente evolução do Cinturato Azul significa que ele também é eficaz em uma pista de secagem, com maior durabilidade . O pneu de chuva completo tem um novo composto e um padrão de piso traseiro redesenhado para reduzir ainda mais a aquaplanagem. O resultado deste trabalho intensivo é aumentada dirigibilidade em uma ampla variedade de condições .
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery : "Vimos mais trabalho nos pneus no recente teste Bahrain que houve no primeiro teste em Jerez, e com as equipes que possam estar tentando mais simulações de qualificação e corrida esta semana , em preparação para a grande inauguração prix, seria de esperar que esta curva ascendente de trabalho pneu para continuar ao longo dos quatro dias finais no Bahrein. Ainda é cedo, mas até agora temos visto o desempenho ea durabilidade de nossos mais recentes pneus P Zero , que todos dispõem de novos compostos e estruturas para maximizar as características de potência originais dos carros de última geração . A área de contato é maior , para ajudar a acabar com o torque extra, e os intervalos de trabalho são mais largas para reduzir a degradação . Como os tempos de volta no Bahrein mostraram , já estamos muito perto de 2013 os níveis de desempenho, apesar de os motores de capacidade muito menor e um conjunto completamente novo de desafios técnicos . "
Teste Fatos:
As equipes são permitidas um máximo total geral de 135 conjuntos de pneus para testar este ano , incluindo os testes na temporada. O total máximo para os três testes de pré-temporada é de 85 jogos de pneus : 25 conjuntos para Jerez e 30 para cada um dos dois testes de Bahrein .
As equipes têm um certo número de opções de compostos fixos , totalizando 22 jogos por o carro em Bahrain (ver tabela abaixo). Em cima do que cada equipe também foi capaz de escolher com antecedência mais oito conjuntos para tentar , no Bahrein. Os compostos 'base' lisos - ' inverno ' , disco , médias e leves - foram selecionados pela Pirelli com antecedência , juntamente com as equipes para refletir as características de Bahrein.
Mais testes Fatos e Números :
Composto Valor previsto por equipe * O tempo mais rápido em 2013 **
Supersoft N / D N / D
Soft 2 N / D
Médio 10 1.32.330
Hard 8 1.36.961
Dura 2 N / A ' Winter'
Intermediário N / D N / D
Wet N / A N / A
* Acima de escolha feita pela Pirelli em acordo com as equipes. Cada equipe pode escolher mais 8 jogos para este teste.
** Com base nos resultados do Bahrain Grand Prix 2013.

 

Google Tradutor

 

MAIS PROBLEMAS PARA MICHAEL SCHUMACHER?

MAIS PROBLEMAS PARA MICHAEL SCHUMACHER ?

 

 

 

Os médicos desistiram tentativa de retirar piloto do coma artificial. Segundo a revista alemã Focus, complicações não divulgadas impossibilitaram dar continuidade ao tratamento.
O processo inicial para a retirada do coma teve início há cerca de três semanas com a diminuição gradual da sedação.
O ex-piloto de Fórmula 1, está hospitalizado desde seu acidente de ski no dia 29 de dezembro do ano passado na estância de esqui de Meribel, França e está em coma induzido desde então.
Michael-Schumacher-Manufacture-visit-2012-2

 

BALANÇO DOS TESTES DA PIRELLI

 

BAHRAIN TESTE : DESEMPENHO DO P ZERO Pneumáticos em linha com as expectativas

 


  A Fórmula Um equipes têm sido capazes de completar mais distância de testes com o novo 2014 gama da Pirelli de pneus no Bahrein, como eles começam a ter uma visão melhor de como as últimas pneus interagir com os radicalmente diferentes carros novos. Um número de equipes foram capazes de completar simulações de corrida , bem como a qualificação e pit prática stop, avaliar todos os aspectos do uso do pneu. As condições meteorológicas permaneceu seco e quente , na região de 20 graus centígrados ou mais : As temperaturas que são muito mais representativos da temporada como um todo.
De acordo com as indicações que tinham feito com antecedência , as equipes foram capazes de experimentar toda a gama de pneus 2.014 P Zero no Bahrein , bem como um composto duro ' inverno ' especial, com um rápido aquecimento.
Paul Hembery , diretor de automobilismo da Pirelli :
"As equipes foram capazes de aprender mais sobre os pneus ao longo dos quatro dias em Bahrain do que poderiam em Jerez há duas semanas , graças ao aumento do tempo de execução e as condições climáticas ideais. Embora as equipes ainda estão em um ponto relativamente cedo na curva de desenvolvimento com seus carros novos , os dados de teste até o momento indicam que os 2.014 pneus são mais consistente e durável do que seus antecessores. Como resultado, nós também estamos vendo menos ' bolinhas de gude ' no circuito : um dos nossos objetivos no início desta temporada. No entanto , as equipes tendem a melhorar seu desempenho e compreensão do pacote de carro - pneu ainda mais no teste de vir, o que significa que as diferenças de tempo colo temos visto entre os compostos são susceptíveis de vir para baixo : principalmente quando as equipes de descobrir mais downforce que a temporada continua. Reunimos muita informação útil a partir deste teste, mas é claro que ainda estamos prontos e capazes de alterar as especificações dos pneus para o início da temporada, se tal se mostre necessário. "
Teste Fatos:
Equipes de ramp up sua distância consideravelmente ao longo dos quatro dias de teste. No total, 482 voltas foram completadas no primeiro dia do teste, com 676 voltas no segundo dia , 695 voltas em três dias e 469 voltas no dia quatro.
As equipes tinham um máximo de 30 jogos de pneus por carro de teste no Bahrein. Pirelli , em conjunto com as equipes, escolheu 22 desses conjuntos (mais um meio de ' protótipo ' extras set - usado para testar o desempenho de pneus sem aquecedores de pneus , que faz parte dos regulamentos de 2015) . As equipes foram capazes de escolher com antecedência os restantes oito conjuntos , até o seu máximo total permitido de 30. No total, são permitidos 135 jogos de pneus por equipe para fins de teste ao longo de 2014.
As diferenças de desempenho no Bahrein entre os compostos até agora são aproximadamente da seguinte forma: o supermacio é de cerca de 0.7s por volta mais rápido do que o macio , o soft é de cerca de 1.2s por volta mais rápido do que o meio , eo meio é de cerca de 1.3s por volta mais rápido do que o disco . Essas lacunas devem descer consideravelmente como os carros evoluir.
Mais testes Fatos:
Um total de 24 pilotos participaram do teste Bahrain , completando 2.322 voltas e 12.566 km . No ano passado, a segunda prova do ano teve lugar em Barcelona , mais exatamente no mesmo período de quatro dias , durante o qual os controladores completou 16.006 km .
A distância total de testes concluídos até agora este ano , combinando Jerez e Bahrein é 3.792 voltas e 19.074 quilômetros . Desta vez, no ano passado , as equipes haviam completado voltas 6970 e 31640 quilômetros de testes de pré-temporada em Jerez e Barcelona ( 2013 ) combinado .
O piloto da Mercedes Nico Rosberg fez o melhor tempo do teste de Bahrein, com um tempo de 1m33.283s no sábado, com o macio Amarelo P Zero. A título de comparação , a volta mais rápida da corrida no Grande Prêmio do Bahrein no ano passado foi 1m36.961s , estabelecidos pela da Red Bull, Sebastian Vettel. Pole position no Grande Prêmio do Bahrein no ano passado foi 1m32.330s : dentro de um segundo do tempo de Rosberg mais rápido teste hoje. Na corrida de Bahrein no ano passado , pólo também foi criado por Rosberg .
O maior número de voltas totais completado pelo teste Bahrain deste ano por qualquer um motorista foi de 174 voltas , de Nico Rosberg ( Mercedes) . Williams Valtteri Bottas motorista definir o segundo maior total , 171 voltas.
Testando os números :
Número total de conjuntos levados a Bahrain : 341 conjuntos que equivale a 1.364 pneus
- Dos quais pneus supersoft : 14 conjuntos
- Dos quais pneus macios : 61 conjuntos
- Dos quais pneus médios : 139 conjuntos
- Dos quais pneus duros : 94 conjuntos
- De que ' inverno ' pneus duros : 28 conjuntos
- Dos quais pneus intermediários : 3 séries
- Dos quais pneus de chuva : 2 conjuntos
A quantidade total de conjuntos utilizados: 199
- Dos quais pneus supersoft : 5 sets
- Dos quais pneus macios : 37 conjuntos
- Dos quais pneus médios : 89 conjuntos
- Dos quais pneus duros : 51 conjuntos
- De que os pneus "inverno" : 17 conjuntos
- Dos quais pneus intermediários : 0 conjuntos
- Dos quais pneus de chuva : 0 conjuntos
Descida mais longa:
16 voltas com o composto supermacio
16 voltas do composto macio
22 voltas com o composto médio
22 voltas com o composto duro
  9 voltas com o composto ' inverno '
  0 voltas no composto intermediário
 0 voltas com o composto úmido
Maior temperatura mais baixa / ambiente durante quatro dias : 27 ° C / 17 ° C
Maior / menor temperatura da pista durante quatro dias : 37 ° C / 18 ° C
Testing Times:
dia 1
1 . Nico Hulkenberg ( Force India ) 1m36.880s em Suave Nova
2 . Fernando Alonso ( Ferrari) em 1m37.879s Médio Novo
3 . Lewis Hamilton ( Mercedes) 1m37.908s no disco novo
dia 2
1 . Kevin Magnussen (McLaren ) 1m34.910s em Supersoft Nova
2 . Nico Hulkenberg ( Force India ) 1m36.445s em Suave Nova
3 . Fernando Alonso ( Ferrari) em 1m36.516s macio usado
dia 3
1 . Lewis Hamilton ( Mercedes) 1m34.263s no soft Nova
2 . Jenson Button ( McLaren) 1m34.976s em Supersoft Nova
3 . Felipe Massa ( Williams) em 1m37.066s suave Nova
Dia 4
1 . Nico Rosberg ( Mercedes) 1m33.283s em Suave Nova
2 . Jenson Button ( McLaren) 1m34.957s em Suave Nova
3 . Kimi Raikkonen (Ferrari) 1m36.718s no soft Nova
 
Mercedes define o tempo total mais rápido durante o teste deste semanas
no Circuito Internacional do Bahrein .

 

Google Tradutordownload

 

HUMOR NA FÓRMULA 1

HUMOR DA FÓRMULA 1

 

DEpois da saida bem rápida de Chilton nos testes que teve com o Marussia na pista do Bahrains, já serviu para dar asas à imaginação, conforme imagen anexa....humorf1

 

MERCEDES ENCERRA TESTES COM CHAVE DE OURO

MERCEDES ENCERRA TESTES NO BAHRAIN COM CHAVE DE OURO

 

A Mercedes encerrou com chave de ouro os testes que tiveram lugar na semana passado no Bahrain, onde Rosberg teve vantagem face a todos os seus adversários, mostrando claramente que a marca alemã, poderá ser a favorita às vitórias nos Grandes P´rémios .

 

Mas na sexta feira de manhã, recorde-se que foi Hamilton a fazer o melhor tempo com 1.34.263, tendo atrás de si o McLaren de Button com 1.34.97, com 103 voltas cumpridas, seguido pelo Williams Mercedes de Massa com 1.37.086 com  60 voltas cumpridas.

 

No dia de sábado, Rosberg vai para a pista e consegue baixar o seu tempo para 1.33.66, seguido por Button em McLaren Mercedes com 1.36.732, seguido pelo Ferrari de Raikonen com 1.38.250.De seguida surge o Williams Mercedes de Filipe Nasr com 1.39.129, precedido pelo Force India Mercedes de S.Perez com 1.39.259, seguidos pelo Toro Rosso Renault de Vergne e pelo Caterham Renault de Ericsson com 1.41.78 e 1.45.094.

 

Com o decorrer do dia, em termos do melhor tempo, Rosberg continuou invicto, e não deixa de ser curioso verificar que as cinco melhores tempos são da autoria de monolugares que usam motores Mercedes.

 

Os tempos da derradeira sessão de testes ficou assim estabelecida :

 

 

1º Rosberg - Mercedes 1.33.283

2º Hamilton - Mercedes - 1.34.263

3º Magnussen - McLaren Mercedes - 1.34.910

4º Button - McLaren - 1.34.957

5º Hulkerberg - Force India - 1.36.445

6º Alonso - Ferrari - 1.36.516

7º Raikonen - Ferrari - 1.36.718

8º Massa - Williams Mercedes - 1.37.086

9º Gutierrez - Sauber Ferrari - 1.37.180

10º Bottas - Williams Mercedes - 1.37.328

 

Por outro lado, nos derradeiros minutos dos testes Kimi Raikonen na tentativa de conseguir melhorar os seus tempos, acabou por bater forte, deixando o monolugar em mau estado.Em relação aos pilotos estreantes Marcus Ericsson, completou no Bahrain o numero obrigatório de quilómetros para tterste48teste3teste4teste5teste6teste7teste8teste9teste10teste11teste12teste14teste15teste16teste17teste18teste19teste20teste31teste32teste33teste34teste35teste36teste37teste38teste39teste40teste41teste42teste43teste44teste45teste46teste47teste49teste50teste51teste52teste53teste55teste56teste57teste58teste59teste60teste61teste62teste64teste64teste66teste67teste68teste69teste70teste71teste72teste73teste74teste75teste90teste92teste93teste94testes1testes2testwe65er acesso à super licença.

 

BOUILLER É O NOVO CHEFE DE EQUIPE DA MCLAREN

BOULLIER É O NOVO CHEFE DE EQUIPA DA MCLAREN

 

A mudança do francês Eric Bouiller da Lotus para a McLaren já há muito quedeixou de ser segredo, mas só agora é que a McLaren entendeu fazer a divulgação, tendo já começado a trabalahr em Inglaterra há aproximadamente dez dias.Por outro lado, Boullier tem como objectivo incrementar o desempenho da  equipa, quer em pista, quer fora de pista.eric-boulliers-day-off

 

RED BULL RENAULT AINDA SEM MUSEU

RED BULL RENAUTL AINDA SEM MUSEU

 

A Red BUll Renault ainda não construi o seu museu de forma a poder expôr todos os os seus monolugaresgaragemredbullf1 e os sucessos que tem acumulado ao longo dos ultimos anos.Enquanto isso não é realidade, a Red Bull guarda os seus modelos num armazém de forma cuidada, conforme imagem anexa.

 

PILOTOS DE F1 AUTORIZADOS A FAZER PIÕES NO FINAL DAS PROVAS

PILOTOS DE FÓRMULA 1 AUTORIZADOS A FAZER PIÕES NO FINAL DAS CORRIDAS

 

Como toda a gente que acompanha de perto o Mundial de Fórmula 1, depois de ter vencido algumas corridas em 2013, Sebastien Vettel festejou de forma efusiva estes sucessos, fazendo num local seguro das pistas uma série de piões para a alegria e euforia dos espectadores.Por isso o piloto alemão chegou a ser multado por mais do que uma vez.Mas para 2014, estas regras vão ser alteradas, pois os venceodres das corridas poderão dar estas exibições para o público em locaisimages seguros das pistas, não sendo obrigados a rumar no final da corrida logo para o parque fechado.Assim sendo o espectáculo no finald e cada corrida será de certeza mais emotivo para todos...the show must go on.

 

 

Texto de JOão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

CÔRES DA MARTINI NOS FLANCOS DOS WILLIAMS

CÔRES DA MARTINI VÃO SURGIR NOS FALNCOS DOS WILLIAMS

 

 

Tal como já tinhamos aqui referido por diversas vezes, a Martini vai mesmo patrocionar a equipa da Willoiams, .Estva previsto que o monolugar pudesse surgir nos testes que estão a decorrer no Bahrains com as suas côres, mas pelos vistos, isso não aconteceu, e o monolugar de Sir Frank Williams apenas no Grande Pr~emio da Austrália deverá surgir com a nova decoração.Por outro lado soube-se no no Bahraisn a poublicidade a bebidas alccolicas está proibida, e isso foi uima das razões pela qual os Williams surgiram ainda sem qualquer tipo dedecoraaowilliams decoração.

 

HAMILTON NA FRENTE NO BAHRAIN

HAMILTON NA FRENTE NO BAHRAIN

 

O Mercedes de Hamilton não deu hoje qualquer tipo de trégua nos testes de Fórmula 1 que estão a decorrer no Bahrain, ao conseguir atingir a marca de 1.34.263, acabando por suplantar o McLaren de Button e o sauber Ferrari de Guitierrz, que acabaram por conseguir alcanças respectivamente 1.34.976 e 1.37.180.

 

Por seu o Force India, não deixou os adver´saior fugir e acabou por fazer a quarta melhor marca com Sergio Perez com 1.38.753, tendo na sua esteira o Williams de Filipe Massa com 1.39.528.DEpois surge o Lotus Renault de Maldonado com 1.39.642, seguido  pelo Toro Rosso Renault de Kvyat com 1.40.496, com o Red Bull Renault de Ricciardo com 1.40.781, ficando o "top ten" completo com o Ferrari de Raikonen com 1.41.336, o Caterham Renault de Ericsson com 1.42.905 e finalmente o Marussia Ferrari de Chilton com 1.46.672.

 

Por seu lado a Ferrari debateu-se com problemas na telemetria que vieram deitar por água abaixoi os planos para o dia de hoje, e mesmo o crono de Raikonen é deveras pobre.

 

No decorrer do dia de hoje o ranking das voltas à pista é o seguinte :

 

1º Guitierrez - Sauber Ferrari com 65 voltas

2º Ericsson - Caterham Renault - 60 voltas

3º Bottas - Williams Mercedes - 55 voltas

4º Button - McLaren Mercedes - 48 voltas

5º Hamilton - Mercedes - 45 voltas

6º Kvyat - Toro Rosso Renault - 43 voltas

7º Perez - Force India - Ferrari com 34 voltas

8º Ricciardo - Red Bull Renault  com 28 voltas

9º Massa - Williams Mercedes  com 24 voltas

 

Texto de João Raposo e fotos de diferentes agencias - www.velocidadeonline.comtesrte4tesstes116teste1teste2teste3teste4teste5teste6teste7teste8teste9teste10teste11teste12teste14teste15teste20teste21testes30testes31testes33testes36testes37testes38testes39testes41testes42testes50testes51testes52testes54testes55testes56testes57testes58testes59testes60testes61testes62testes63testes64testes65testes66testes67testes68testes69testes70testes71testes72testes72testes75testes76testes80testes81testes82testes83testes84testes85testes86testes87testes88testes88testes89testes90testesf32testes125testes124testes123testes122testes121testes120testes119testes118testes117testes114testes112testes111testes110testes109testes108testes107testes106testes105testes103

 

 

 

TESTES DE FÓRMULA 1

TESTES DE FÓRMULA 1 NO BAHRAINterstes35tesrte4teste1teste2teste3teste4teste5teste6teste7teste8teste9teste10teste11teste12teste14teste15teste20teste21testes30testes31testes33testes36testes37testes38testes39testes41testes42testesf32

 

 

Desde as seis horas da manhã em Portugal, que os testes de Fórmula 1, estã animados, e assim bem cedo seria a Red Bull Renault com Vettel a dar um ar de sua graça, mas não foi poir muito tempo, pois logo de seguida seria o ferrari de Alonso a repor a ordem e a fazer o melhor tempoDepois atrás de Alonso ficou o Williams de Bottas, seguido pelo McLaren de Magnussen.Depois aparece o Toro Rosso de Vergne, seguido pelo Mercedes de Rosberg.

 

Com muitas entradas e saidas das boxes, os tempos em pista estão ao rubro e antes do almoço seria o Force India de Hulkenberg a ser o amis rápido em pista com 1.37.211, seguido pelo mercedes de Rosberg com 1.37.368,precedido pelo Williams de Bottas com 1.37.635.

 

Depois surge o Ferrari de Alonso, e o McLaren de Magussen

 

FORCE INDIA DAR UM DE SUA GRAÇA NO BAHRAIN

TESTES DE FÓRMULA 1 NO BAHRAIN

 

 

FORCE INDIA DAR UM AR DE SUA GRAÇA

 

 

No primeiro dia de testes de todas as equipas de Fórmula 1, que irá decorrer ao longo desta semana na pista do Bahrain, no dia de hoje foi a Force India com Hulkenberg ao volante, a fazer o melhor tempo, conseguindo bater o melhor tempo da época passada com 1.36.880 com 78 voltas percorridas.De seguida aparece o Ferrari de Fernando Alonso que percorreu 64 voltas e fez um crono de 1.37.879, ficando o "top três" completo com o Mercedes de Hamilton com 1.37.90 com 74 voltas percorridas.

 

DEpois aparece o McLaren de Magnussen com 1.38.295, e 78 voltas cumpridas, seguido pelo Rexd Bull Renault de Vettel com 1.40.224, e "apenas" 14 voltas percorridas.Por sua vez o Sauber Ferrari de Adrian Sutil fez a sexta melhor marca com 1.40.443 e 82 voltas percorridas, seguido pelo Caterham Renault de Frijns com 1.42.534 e 68 voltas cumpridas.Os lugares da cauda do pelotão foram pertença respectivamente de Kvyat ao volante do Toro Rosso com 5 voltas percorridas e um crono de 1.44.346, seguido pelo Lotus Renault de Grosjean com 1.44.832e oito voltas cumpridas.

 

Quem andou em pista foi o Williams de Filipe Massa, e o Marussi de Bianchi, mas apenas fizeram tres voltas e não houve tempos.

 

Os problemas com os motores REnault parecem estar resolvidos, pois a Caterham conseguiu andar mais de meia centena de voltas, no entanto na Red Bull, tudo indica que o chássi poderá ter problemas, e Vettel pouco mais percorreu do que 14 voltas.Na Ferrari o dia foi utilizado para recolher dados, e a Mercedes foi a equipa que mais rodou em pista, ao contrário da Williams que se debateu com problemas

 

Texto de JOão Raposo e fotos de Agencias - www.velocidadeonline.comtestef1testef2testef3testef4testef5testef7testef8testef9testef10testef11testef12testef14testef15testef16testef17testef19testef20testef22testef23testef24testef30testef31testesf32testesf33testesf34testesf35testesf36testesf37testesf40testesf41testesf42testesf43testesf44testesf45testesf47testesf49testesf50testesf60testesf61testesf62testesf63testesf64testesf66testesf67testesf68testesf69testesf70testesf71testesf72testesf80testesf81testesf82

 

PROGRAMA DE TESTES NO BAHRAIN

PROGRAMA DE TESTES NO BAHRAIN

 

A menos de seis horas do inicio da segunda sessão de testes para todas as equipas de Fórmula 1, que desta feita estão todas neste país do Médio Oriente.Assim os planos das equipas são os seguintes :

 

RED BULL RENAULT

 

Vettel estará em pista 19 e 20 de Fevereiro

Ricciardo estará em pista a 21 e 22 de Fevereiro

 

Caso António felix da Costa esteja no Bahrain, poderá também estar , mas nada foi ainda confirmado,pois o piloto português rumou para a sede da equipa em Inglaterra para o simulador.

 

CATERHAM RENAULT 

 

Frijns estará em pista a 19 de Fevereiro

Kobayashi estará em pista a 20 e 22 de Fevereiro

Marcus Ericsson estará em pista a 21 de Fevereiro

 

LOTUS - RENAULT

 

Grosjean estará em pista a 19 e 20 de Fevereiro

Maldonado estará em pista a 21 e 22 de Fevereiro

 

MERCEDES

 

Hamilton estará em pista a 19 e 21 de Fevereiro

Rosberg estará em pista a 20 e 22 de Fevereiro

 

FORCE INDIA

 

Hunkenberg estará em pista a 19 e 20 de FEvereiro

Perez estará em pista a 21 e 22 de Fevereiro

 

MCLAREN MERCEDES

 

Magnussen estará em pista a 19 e 21 de Fevereiro

Button estará em pista a 21 e 22 de Fevereiro

 

TORO ROSSO RENAULT

 

Kvyat estará em pista a 19 e 21 de Fevereiro

Vergne estará em pista a 20 e 22 de Fevereiro

 

MARUSSIA

 

Bianchi estará em pista a 19 e 21 de Fevereiro

Chilton estará em pista a 20 e 22 de Fevereiro

 

Em relação à equipa da Sauber, Williams e Ferrari, não anunciaram o seu plano de testesF1-jerez-2014-dia3-teste730

 

 

RED BULL E RENAULT NÃO SE SEPARAM

RED BULL E RENAULT NÃO SE SEPARAM

 

 

DEpois de ter sido largamente comentado a possibilidade da Red Bull e a Renautl se separarem, depois dos problemas que afectaram a equipa nos testesd de Jerez, tal não se irá verificar, aliás comentou-se nos bastidores, que a marca da bebida energética poderia recorrer a outro fornecedor de propulsores, mas nada disso se irá verificar, pois a Red Bull e a Renault esperam a partir de amanha que todos os problemas estejam já resolvidos, e os carros possam rodar as voltas que forem necessárias na pista do Bharain.Aliás Helmot Marko foi claro nas suas declarações " temos excelentes resultados coma Renault, basta ver os titulos e o que temos feito.Por isso não há que entrar em crise, tudo é novo para nós, e espero que amanhã tudo corra dentro da normalidade, e que possamos atingir o nivel de competividade dos anos anteriores ".

 

Mas parece que nos testes de Jerez não foi só os propulsores da Renault a dar dores de cabeça, pois também o chássi deu problemas, com os escapes que junto da carroçaria pegaram fogo, e espero que isto amanha no Bahrains esteja solucionado".Daniel-Ricciardo-Red-Bull-Racing-RBR-RB10

 

OS FATOS DA WILLIAMS

OS FATOS DA WILLIAMS

 

Os fatos dos dois pilotos da equipa da  Williams de Fórmula 1 , poderão ser estes tal como esta foto-futurofatomassamontagem documenta, neste caso de Filipe Massa.

 

PREVISÕES DA PIRELLI PARA OS TESTES NO BAHRAIN

 

MAIS TRABALHO DOS PNEUS esperado em condições mais quentes do Bahrein

 


d13ger434 O segundo teste oficial de quatro dias do ano tem lugar em Bahrain de quarta-feira a sábado desta semana : o mesmo local que sediará o terceiro e último teste de pré-temporada no final deste mês . As condições ambientais quentes de cerca de 20 graus centígrados ou mais estão definidas para fornecer um contraste marcante com o primeiro teste do ano em Jerez , que contou com baixas temperaturas e chuva.
Todas as equipes deverão estar presentes no teste Bahrain , como eles continuam a otimizar a interação entre seus carros novos radicais - com 1,6 - litros turbo de motores e sistemas de recuperação de energia avançadas - ea última geração de pneus Pirelli , que apresentam novos compostos e construções este ano.
A faixa contém uma ampla variedade de velocidades e cantos com demandas longitudinais altos que abordam a maioria dos aspectos do comportamento de um pneu , tornando-se um local de teste ideal.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery : " O primeiro teste do ano em Jerez foi tudo sobre as equipes de começar seu primeiro gosto de um conjunto muito diferente de regulamentos técnicos , de modo de execução esperado era limitado e avaliação de pneus não era uma prioridade. Em cima disso , as condições de inverno na Europa - até mesmo no sul da Espanha - não são representativos das condições de corrida que geralmente encontramos em todo o resto da temporada. No Bahrain , estamos esperando um clima melhor e mais em funcionamento, o que permitirá que nós e as equipes de assimilar mais dados e conhecimentos dos pneus " .
Teste Fatos:
As equipes são permitidas um máximo total geral de 135 conjuntos de pneus para testar este ano , incluindo os testes na temporada. O total máximo para os três testes de pré-temporada é de 85 jogos de pneus : 25 conjuntos para Jerez e 30 para cada um dos dois testes de Bahrein .
As equipes serão capazes de testar três compostos slicks no Bahrein : duro , médio e macio. Além de tudo isso , eles também serão capazes de testar o composto ' inverno ' duro, que a Pirelli criou para assegurar um rápido aquecimento , mesmo em baixas temperaturas. As equipes pediram para

 

experimentar este pneu , projetado para Jerez, no Bahrein , bem , a fim de avaliar como ele se comporta em temperaturas ambientes mais elevadas. A " versão de inverno " é reconhecível pelo fato de que ele não tem as marcações , enquanto que a ' 2014 composto duro padrão carrega marcações alaranjadas .
A Pirelli também está trazendo um jogo extra de pneus médios por equipa para o Bahrein , com 2.014 construção e composto . No entanto, estes são realmente considerados " protótipos ", como sua finalidade é para testar o comportamento dos pneus , sem manta térmica , que serão proibidos a partir de 2015 .
Dos 30 conjuntos à disposição de cada equipe , 22 conjuntos de quatro pneus slick (duro, ' inverno ' duro , médio e macio ) são selecionados pela Pirelli , de acordo com as equipes. Os restantes oito conjuntos são escolhidos pelas equipes com antecedência , de acordo com os seus planos de execução individual.
Mais testes Fatos e Números :
Composto Valor previsto por equipe * O tempo mais rápido em 2013 **
Supersoft N / D N / D
Soft 2 N / D
Médio 10 1:32,330
'Medium' Prototype *** 1 N / A
Hard 8 1:36,961
Dura 2 N / A ' Winter'
Intermediário N / D N / D
Wet N / A N / A
* Acima de escolha feita pela Pirelli em acordo com as equipes. Cada equipe pode escolher mais 8 jogos para este teste.
** Com base nos resultados do Bahrain Grand Prix 2013.
*** Não incluído na dotação global de teste de 135 jogos por equipe.
 
O 2014 Pirelli Fórmula gama de pneus
Versão PDF ( 331,4 KB )
 
 Google Tradutor

 

ANTÓNIO FELIX DA COSTA

ANTÓNIO FELIX DA COSTA

 

 

Depois do teste com a BMW de DTM em Espanha o piloto português veio a Lisboa, mas ontem já embarcou em direcção a Inglaterra, onde teve á sua espera o simulador da Red Bull.Nada foii confirmado, mas Felix da Costa deverá seguir para o Bahrain, para estar presente nos testes da equipa, que estão programados para esta semana.

 

Texto de João Raposo - www.velocidadeonline.comfelixcosta3felixcostaf1felixcostaf2

 

POSIÇÃO DE CONDUÇÃO NO ACTUAL F 1

POSIÇÃO DE CONDUÇÃO NUM F 1 ACTUAL

 

 

Face aos novos regulamentos para este ano  para a Fórmula 1, a posição de condução também se alterou conforme imagem anexa.posiaopilotof1

 

TUDO A POSTOS NO BAHREIN

TUDO A POSTOS NO BAHREIN

 

Está tudo pronto para dar inicio aos segundos testes dos viote e dois monolugares que irão participar no Mundial desta época.Assim com dias muito quentes, amanha, os bólides seguem para a pistatestesf1bahrein, na qual aguardamos algumas surpresas, ou será que vai ser tudo idêntico ao que se passou em Jerez ?

 

Texto de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

WILLIAMS E PETROBRAS JUNTAS

EQUIPA WILLIAMS DE F1 ANUNCIA ACORDO COM A PETROBRAS

 

 

 

Williams tem o prazer de anunciar que assinou um novo acordo de parceria de vários anos com a empresa de energia multi-nacional brasileira Petrobras. Williams e Petrobras tiveram uma história de colaboração tecnológica, que remonta a 1998, quando a equipe começou a utilizar o combustível da Petrobras para o primeiro vez em uma parceria que durou 11 anos.Este novo acordo vai ver a Williams ea Petrobras colaboração técnica continuar mais uma vez que as duas partes trabalham em conjunto para desenvolver um novo combustível especialista automobilismo para uso pela equipe começando na temporada de 2015. Com os novos regulamentos do motor entrar em vigor a partir de 2014 que exigem equipes de usar combustíveis mais eficientes, a experiência da Petrobras vai garantir que a equipe está bem posicionada para atender às demandas de uma maior eficiência energética dentro do esporte. Petrobras usará a plataforma global de Fórmula Um para aprofundar o conhecimento da marca através da colocação de seu logotipo na lateral do chassi Williams FW36 Mercedes e em todo o ambiente de equipe e vestuário.     Petrobras é uma empresa brasileira e líder mundial na produção de energia através da exploração de petróleo e gás em águas profundas e produção. Hoje eles são os pioneiros em uma das mais promissoras reservas mundiais de petróleo e gás: a formação do pré-sal, o que irá ajudar a empresa em dobrar sua produção até 2020. Este aumento vai impactar significativamente a oferta global de energia e promover o desenvolvimento da sociedade. presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster comemorou o retorno da empresa a uma equipe de Fórmula Um, dizendo: "Estamos muito felizes de estar indo de volta para a maior competição de automobilismo em todo o mundo. Durante os 11 anos em que Williams estava ao nosso lado, fizemos avanços significativos no desenvolvimento de produtos, tais como a gasolina Podium. A participação neste concurso é um grande desafio, uma vez que nos obriga a estar sempre pronta para atender os mais altos padrões de qualidade e eficiência exigidos pela categoria. . Estamos muito animado para começar este novo desafio "   Falando sobre a nova parceria Sir Frank Williams, fundador e líder da equipe Williams, disse: "A Petrobras e Williams tiveram uma parceria de sucesso antes e ambos estamos ansiosos para se reunir para 2014. Tecnologicamente eles são muito fortes e que será importante para a equipe como os novos regulamentos fizeram eficiência de combustível cada vez mais importante.Eles também são uma empresa global muito ambicioso e estamos ansiosos para trabalhar em conjunto para promover seus objetivos de marketing. "petro

 

WILLIAMS PODERÃO SURGIR COM AS CORES DA MARTINI

EQUIPA DA WILLIAMS DE FÓRMULA 1 1 PODERÃO SURGIR AMANHÃ JÁ COM AS CORES DA MARTINI

 

 

Existem fortes possibilidades da equipa de Fórmula 1 da Williams, surgir amanhã nas sessões de testes no Bahrein, já com as côres da Martini, que assim sendo vai mesmo para a frente com o apoio à equipa inglesa.Segundo alguma imprensa internacional, estava previsto que os carros surgissem apenas na Austrália no primeiro Grande Prémio com as côres definitivas, mas pelos vistos existe a forte possibilidade de amanhã aparecerem já com as côres da Martini.Vamos esperar para ver.wiiliamsmartini

 

MATERIAL DE F1 JÁ ESTÁ NO BAHREIN

f1bahrainMATERIAL DE FÓRMULA 1 JÁ ESTÁ NO BAHRAIN

 

Com vistas aos próximos dias de testes já se encontra no Bahrains todos o material, que vai permitir a todas as equipas de Fórmula 1 procederem a mais testes aos seus novos monolugares, que em breve começarão a sua época na Austrália.bahrain f1-_19-22fev

 

LOTUS DE F1 REBOCA CARAVANA

LOTUS DE FÓRMULA 1 REBOCA CARAVANA

 

 

A Lotus rodou recentemente um filme, onde um dos chassis utilizado na época passada reboca uma caravana, um filme bem curioso e inédito, tal como o demonstram as imagens, que contou com a colaboração de Romain Grosjean.novolotus1novolotus2novolotus3

 

MAIS NOVIDADES DA FÓRMULA 1

MAIS NOVIDADES DA FÓRMULA 1

 

A FIA já confirmou os horários dos Grandes Prémios de Fórmula 1 para 2014, e que são as seguintes :

 

 

G.P.Austrália - 16 Março - 6h de Portugal Continental

 

G.P.Malásia - 30 Março - 9h Portugal Continental

 

G.P.Bahrain - 6 Abril - 16h Portugal Continental

 

G.P.China - 20 Abril - 8 H POrtugal Continental

 

G.P. Espanha - Barcelona - 11 Maio - 13h Portugal Continental

 

G.P.Mónaco -  25 Maio - 13h Portugal Continental

 

G.P.Canadá - 8 Junho - 19h Portugal Continental

 

G.P.Austria - 22 Junho - 13 h Portugal Continental

 

G.P.Inglaterra - 6 Julho - 13h Portugal Continental

 

G.P.Alemanha - 20 Julho - 13 h Portugal Continental

 

G.P. Hungria - 27 Julho - 13h Portugal Continental

 

G.P.Bélgica - 24 Agosto - 13 h Portugal Continental

 

G.P.Itália - 7 Setembro - 13 h Portugal Continental

 

G.P.Singapura - 21 Setembro - 13 h Portugal Continental

 

G.P.Japão - 5 Outubrjerezo - 13 h Portugal continental

 

 

Por outro aldo todas as equipas envolvidas no MUndial de Fórmula 1, tem previsto efectuar reuniões no Bahrein para procederem a alterações no formato de qualificação, na qual na Q 3 é que poderão surgir alterações para não cair na monotonia, para além de ser nesta qualificação que se pode discutir a ople position, mas a verdade é que muitos pilotos apenas fazem uma volta com o intuito de poupar pneus, com que irão fazer a corrida.Assim uma das sugestões que irá ser discutida, é quie os pilotos que atigirem esta fase, poderão usar para a corrida os pneus com que fizeram a Qualificação 2.Por outro lado pretende-se aum entra o tempo da qualificação 3, e caso estejam de acordo, estas regras seguem para aprovação do Conselho Mundial da F 1.

 

Por ultimo um assunto polémico, que tem dado que falar nos ultimos tempos, é a questão da pontuação ser a dobrar nas ultimas provas, sendo esta uma ideia de Eclestone, que rapidamente teve a oposição por parte das equipas participantes, nomeadamente das equipas que usam motores Mercedes, que se opõem a esta nova e absurda regra.

 

 

E DEPOIS DOS NARIZES O QUE VIRÁ?

E DEPOIS DOS NARIZES O QUE VIRÁ?

 

 

O mundo da Fórmula 1 anda todo num reboliço, e isso motivado pelos novos regulamentos, e o que isso originou, nomeadamente os narizes.Mas a FIA quer alterar isso, e pelos vistos as sugestões dadas não foram bem seguidas pelos engenheiros das equipas participantes,pois as soluções que se encontraram deve-se ao rebaixamento da altura máxima permitida do nariz, isso por motivos de segurança.No entanto para 2015, poderão surgir alterações, para prevenir transições radicais da parte mais larga do nariz, permitindo assim uma nova taxa de dformação nos testes de embate.novolotusf12

 

HONDA PODERÁ CONTRIBUIR PARA A MCLAREN

HONDA PODERÁ CONTRIBUIR PARA A EQUIPA DE F 1 DA MCLAREN

 

 

O novo McLaren surgui em Jerez despido de patrocinios, mas por aquilo que se fala em termos euroep+us, a Honda poderá completar o budget da equipa inglesa, mas isto mais não é do que o estreitar ainda mais as relações que no passado foram muito bem sucedidas, com Senna e Prost, entre outros.Segundo alguma imprensa internacional, para já não há ainda certezxas por parte do apoio da Sony, mas a Honda prontificou-se a entrar com cerca de 100 milhões de euros, da qual parte será em 2015 com motores.McLaren-MP-29-4

 

RED BULL PROCURA NOVO FORNECEDOR DE MOTORES

RED BULL PROCURA NOVO FORNECEDOR DE MOTORES PARA A EQUIPA DE F 1

 

Foi anotricia desta manhã, a equipa de Fórmula 1 da Red BUll já anda à procura de alternativa à Renault, para o fornecimento de motores, issot tendo em conta o péssimo desempenho nos testes já efectuados.Vamos esperar para ver como a marca francesa, poderá dar a "volta " a este assunto.

 

Por outro lado, a Toro Rosso também se debateu com problemas numa acção que teve lugar na pista de Misano, mas para já nada se sabe se esta equipa já está como a Red BUll à procura de alternativas.F1-vettel-jerez-2014-dia1-teste-garagem730

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

A MCLAREN NOS ULTIMOS ANOS

 

 

Veja caro leitor, a evolução dos monolumclar1mclar2mclar3mclar4mclar5mclar6mclar7mclar8mclar9mclar10mclar11mclar12mclar14gares da McLaren ao longo dos ultimos anos, todos eles da serie MP 21, para diante...

 

WILLIAMS E GENWORTH JUNTAS

 

Williams e seguradora Genworth anunciam parceria para os próximos anos



-  A equipa Williams e a Genworth, empresa global líder no segmento de seguros financeiros, orgulham-se de anunciar uma parceria para os próximos anos. 

A Genworth é uma seguradora incluída na lista Fortune 500 cujo início de actividade remonta a 1871. A divisão Lifestyle Protection da Genworth é líder no segmento de Seguros de Proteção Financeira, distribuídos através de inúmeras instituições financeiras e outros parceiros em mais de 20 países em todo o mundo, incluindo uma presença crescente na América Latina e na China.

Esta nova parceria concretizar-se-á na colocação do logótipo da Genworth na asa traseira dos Williams-Mercedes FW36, nos fatos de cada um dos pilotos e no equipamento utilizado pela equipa a partir de 2014.

Sobre esta nova parceria, Sir Frank Williams, Fundador e Principal Responsável da Equipa Williams, afirma que “é com grande felicidade que damos as boas vindas a uma marca com o pedigree da Genworth para a temporada 2014 e para o futuro. Partilhamos inúmeros valores com a Genworth, como a excelência e integridade em tudo o que fazemos, e temos ambos uma dimensão global. Estamos ansiosos por começar a nossa colaboração e vamos tentar ajudar a Genworth a maximizar os benefícios resultantes desta parceria com a Williams e com a Fórmula 1.”

"Estamos muito satisfeitos pela parceria com a Williams " afirma Nuno Pestana Rosa, diretor-geral da Genworth em Portugal. “Os ideais da Williams vão ao encontro dos valores fundamentais da Genworth: a excelência, a integridade e a paixão que dedicamos ao trabalho. A parceria com a Williams oferece à Genworth uma poderosa plataforma mundial que nos aproximará duma enorme audiência em todo o mundo, gerando novas oportunidades tanto para a Genworth como para os nossos principais parceiros”.

 

Sobre a Williams

A Williams é uma das principais equipas de Fórmula 1 e uma empresa de engenharia avançada. Fundada em 1977 por Sir Frank Williams e Patrick Head, a Williams venceu um total de 16 títulos desde a sua fundação. Nove desses títulos foram ganhos no Campeonato Mundial de Construtores, tendo os restantes sete títulos sido ganhos no Campeonato Mundial de Pilotos, com Alan Jones, Keke Rosberg, Nelson Piquet, Nigel Mansell, Alain Prost, Damon Hill e Jacques Villeneuve.

As principais competências da empresa são o design e o fabrico de carros de Fórmula 1, assim como a utilização desta experiência para gerir a participação da equipa nos vários Grandes Prémios em que participa, durante a temporada.

 

A Williams Advanced Engineering é a divisão da Williams que aproveita a tecnologia e conhecimentos da Fórmula 1 para desenvolver produtos e serviços altamente inovadores para o desporto motorizado, transportes e setor energético. Trabalhando em estreita colaboração, a Williams Advanced Engineering ajuda os seus clientes a cumprirem as metas de sustentabilidade do Século XXI, assim como a melhorarem a sua performance, posição de mercado e imagem da marca. 

 

Sobre a Genworth Lifestyle Protection

Os produtos de proteção financeira da Genworth são pensados para ajudar as pessoas durante as várias etapas da sua vida. Os nossos produtos incluem:

  • Seguros de proteção de vida, com apoio económico em caso de diagnóstico de doença grave, acidente ou morte;
  • Seguros de proteção de despesas correntes, que assegura o pagamento de do dia-a-dia desde as faturas mais básicas aos compromissos económicos essenciais;
  • Seguros de proteção ao crédito, que cobrem o pagamento de hipotecas, cartões de crédito e compromissos financeiros em caso de desemprego involuntário, doença ou incapacidade;
  • Seguros comerciais e de ativos, que oferecem soluções para as pequenas e médias  empresas, ajudando também com eventuais gastos adicionais que possam surgir, resultantes de quebra, roubo ou danos em veículos ou equipamentos.

 

 

Sobre a Genworth

A Genworth Financial, Inc. (NYSE: GNW) é uma empresa de seguros líder, incluída na lista Fortune 500 e dedicada a ajudar as pessoas a proteger a sua economia, a sua família e o seu futuro. A Genworth é líder em ofertas para ajudar os seus clientes a proteger-se, a investir visando o futuro e a planificar a sua reforma (incluindo seguros de vida, seguros de assistência a longo prazo, coberturas de proteção financeira e gestão de património baseada em assessores independentes), assim como em seguros de crédito hipotecário que ajudam as pessoas a manter a propriedade da suas casas auxiliando simultaneamente os credores na gestão do seu risco e capital.

 

A Genworth está organizada em três unidades: Seguros de Vida EUA, que inclui os segmentos de Seguros de Vida nos EUA, de Seguros de Assistência de Longa Duração e de Rendas Vitalícias; (ii) Seguro Hipotecário, a qual inclui os segmentos de Seguros Hipotecários nos EUA, e Seguros Hipotecários a nível Internacional; e a Divisão Corporate, que inclui os segmentos de Proteção, Gestão de Patrimónios e Run-Off. Oferece os seus produtos e serviços através de intermediários financeiros, assessores, distribuidores independentes e comerciais. A Genworth Financial, Inc., com sede em Richmond, Virgínia, iniciou a sua atividade em 1871, começou a ser cotada em bolsa em 2004. Para mais informação, visite-nos em www.genworth.com. Frequentemente a  Genworth Financial, Inc., publica informação importante na página web da sua empresa. Por sua vez, incentiva os investidores e outras partes interessadas a registarem-se para receber alertas automáticos por correio eletrónico e canais RSS em relação a novas publicações. Pode registar-se na seção “Investidores” em  www.genworth.com.GenworthWilliams2

 

FAMILIA DE SCHUMACHER COM ESPERANÇAS

Família de Schumacher confiante na recuperação do ex-piloto

    O antigo piloto alemão está internado desde 29 de dezembro devido a uma queda na estância de Meribel.

    Família de Schumacher confiante na recuperação do ex-piloto

    A família do ex-piloto alemão Michael Schumacher continua a “acreditar firmemente” na recuperação do heptacampeão mundial de Fórmula 1, que está em coma há mais de um mês, em consequência de um acidente de esqui nos Alpes franceses.

    “A família continua a acreditar firmemente na recuperação de Michael e mantém inteira confiança na equipa médica”, informou o porta-voz da família de Schumacher, em comunicado, um dia depois de ter sido noticiado que o estado de saúde do antigo piloto foi agravado por uma pneumonia.

    A nota indica que o “mais importante não é a rapidez do processo [de recuperação], mas que este decorra de forma contínua e controlada”, em referência à reanimação de Schumacher do coma induzido após o acidente, uma fase que a família admite poder ser “prolongada”.

    Schumacher foi internado no hospital de Grenoble a 29 de dezembro, depois de ter sofrido uma queda quando esquiava fora dos limites da pista na estância de Meribel, nos Alpes franceses, em consequência do qual bateu com a cabeça numa pedra.


    Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

DIFICULDADES NO HUNGARORING

DIFICULDADES NO HUNGARORING

 

 

O circuito hungaro, está a passar dificuldades, pois está a precisar de mais de três milhões de eurtos para p+oder renovar o circuito, num novo periodo de vida, em que conseguiu a participação no Mundial de Fórmual 1.Não será demais referir que o circuito já tem tres decadas de existencia, e o mais urgente a fazer é a qualidade do asfalto, e a renovação completa dos sistemas electricos e de drenagem.4100460

 

WILLIMAS JÁ TEM APOIOS PARA A ÉPOCA

WILLIMANS TEM JÁ APOIOS PARA A ÉPOCA DE 2014

 

 

A Williams tem já assegurado dois patrocionadores que irão surgir nos flancos dos dois carros, ao longo da época, e assim o Banco do Brasil e a Petrobras, são os principais patrocionaodres da equipa inglesa.Sobre a hipótese de ser a Martini a dar o apoio, para já nada se sabe, aliás a equipa inglesa de Fórmula 1 irá anunciar na próxima semana estes dois novo sponsors.Com esta entrada destes dois novos sponsors, que serão anunciados a 18 de Fevereiro no Rio de Janeiro, leva o piloto brasileiro Filipe Nasr, a entrar na Williams como terceiro piloto.williamsapoiopub

 

FERRARI MANTÉM MESMA EQUIPA DE PILOTOS DE TESTES

FERRARI MANTÉM MESMA EQUIPA DE PILOTOS DE TESTES

 

 

A equipa de Fórmula 1 da Ferrari, vai manter a mesma equipa de pilotos do ano passado, com Pedro de La Rosa e Marc Gené, para além de Davide Rigon, que marcaram todos presença nos testes que tiveram lugar em Jerez de la Frontera.pilotostesteferrari

 

QUEM DISSE QUE OS F1 NÃO SALTAM?

QUEM DISSE QUE OS F 1 NÃO SALTAM?

 

Muita gente disse que os F 1 não saltam, mas hoje vamos contrariar essa tese com duas fotos destes monolugares a saltar...e de que maneira.saltos1saltos2

 

FERRARI DE RAIKONEN JÁ EM LEGO

FERRARI DE RAIKONEN JÁ EM LEGO

 

 

Já se encontra no mercado, o Ferrari em miniatura de  Raikonen, todo feito em Lego, conforme imagem anexa.ferrariraikonenemlego

 

RENAULT ESTEVE EM JEREZ DE FORMA DISCRETA

RENAULT ESTEVE EM JEREZ DE FORMA DISCRETA

 

 

A Renault esteve no passado fim de semana de novo em Jerez, para testar e solucionar os problemas que afectaram os seus motores no teste anterior.Para já nada se sabe se a Red Bull e a Caterham estiveram presentes, no entanto a Lotus fez a sua primeira aparição com o seu novo e polémico monolugar, que não conseguiu concretizar muitas voltas, isso motivado pela juventude do carro, que esteve em pista com Pastor Maldonado, mas que se debateu com muitos problemas.A tal ponto que para os engenheiros da Lotus, este teste serviu como uma espécie de shakedownlotusjerezlotusjerez1

 

´MAIS ALTERAÇÕES NOS TESTES DA FÓRMULA 1

MAIS ALTERAÇÕES NOS TESTES DA FÓRMULA 1

 

O campeonato de 2014 ainda nãom começou, mas a alterações a regulamentos sucedem-se, e desta feira prende-se com os testes.Assim os próximos testes terão lugar em breve no Bahrein, onde as equipas pensaram inicialmente que os mesmos se desenrolavam no final da trade, numa situação identico ao que se vai passar na corrida.Mas pelos vistos isso não irá acontecer, porque a organização ainda não tudo instalado no que se refere a iluminação nocturna, e por isso as equipas vão ter de testar durante o dia no priodo comprendido entre as nove horas da manhã e as cincio da tarde, na qual irão panhar temperaturas bem altas.

 

Por outro lado, testes a meio da época irão ter lugar em Barcelona (Espanha) e Silverstone (Inglaterra), na qual todas as equipas ficarão mais dois dias, de forma a poderem aquilatar a evolução dos sesus monolugares, e desenvolverem novas solucões técnicas.f1

 

RAIKONEN E BUTTON DE LUTO

KIMI RAIKONEN E BUTTON DE LUTO

 

 

O piloto da Ferrari e da McLaren estão de luto, tudo isso motivado pela morte do seu manager David Robertson, que acabou por falecer motivado por doença prolongada.Por seu lado a carreira dos dois pilotos será assessorada pelo filho de Robertson.kimiluto-mortedavidrobertson

 

MAIS HUMOR NA F 1

MAIS HUMOR NA FÓRMULA 1

 

Mais duas piadas sobre os actuais Fórmula 1, e os "narizes".humorf1humor2

 

MICHAEL SCHUMACHER EM ESTADO VEGETATIVO

MICHAEL SCHUMACHER EM ESTADO VEGETATIVO

 

Tal como já tinhamos informado na semana passada, os medicos começaram  a abrandar  o ritmo dos sedativos a Michael Schumacher, para de forma faseada ser retirado do coma induzido.Mas pelos vistos neste processo, os médicos esperavam melhores reacções do piloto alemão, e não há registos de grandes desenvolvimentos clinicos, muito pelo contrário.Segundo a opinião de alguns dos melhores especialistas europeus, o estado de Schumacher é muito delicado, pois já se encontra em estado vegetativo persistente.schumi

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

TESTES DE JEREZ

 

 

Derradeiro grupo de imagens dos testes que decorreram na passada semana na pista de Jerez.

 

 

Fotos de Rafa Sanchez e outras agencias - www.velocidadeonline.comteste20teste21teste22teste23teste24teste25teste26teste27teste28teste29teste30teste31teste32teste33teste34teste35teste36teste37teste38teste41teste42teste43teste44teste45teste46teste47teste48teste49teste50teste51teste52teste56teste57teste58teste59teste60teste70teste71teste72teste73teste74teste80teste81teste82teste83teste90teste91teste92teste93teste94teste96teste97teste98teste99teste100teste101testes1testes2testes3testes4testes5testes6testes7testes8testes9testes10testes11testes12testes14testes15testes16testes17testes18testes19testes21testes22testes23testes24testes25testes26testes27testes28testes29testes30testes31testes40testes50testes51testes52testes53testes54testes55testes56testes57testes58testes59testes60testes70testes71testes72testes76testes77testes79testes80testes81testes82testes83testes84testes85testes90testes91testes92testes94

 

ROSS BRAWN COM UM 2014 SABÁTICO

ROSS BRAWN COM 2014 SABÁTICO

 

 

O antigo director da Mercedes, declarou recentemente que ira abandonar em definitivo o "circo " da Fórmula 1, para assim poder dedicar mais tempo à familia e ao seu principal hobby, a pesca.Mas tal não parece ser verdade, pois soube-se que uma das clausulas da Mercedes para a rescisão, era que no ano seguinte, não poderia ingressar em nenhuma equipa adversária, e será isto que o técino escoçês irá cumprir.Por isso é bem provável que em 2015 ou 2016, possamos ver o escoçês de novo nalguma das equipas de Fórmula 1, na qual é um dos mais reputados técnicos, tendo inicia a sua carreira como mecânico na Williams, isto há quartenta e quatro anos, na qual contribui para oito titulos de pilotos com Michale Schumacher.brawn 1745326c

 

CUSTOS PROVOCAM DIVISÕES NA F 1

CUSTOS PROVOCAM DIVISÕES NA FÓRMULA 1

 

A Fia está há uns anos a esta parte a procurar limitar as verbas que as equipas de Fórmula 1, isso com o intuito de equilibrar as mais e menos ricas.Aliás a Fia quer já colocar em prática este tecto orçamnetal a partirf de 1 de Janeiro de 2015.Isto está já está a procvocar diversas reacções no seio das equipas de Fórmula 1, e já houve responsáveis que querem saber o que é incluido neste orçam,ento e o que fica de fora, o que já está a originar discussões.Outro dos pontos que alguns responsaveis de equipa se pronunciaram, como se vai fazer em relação a salários, pilotos, marketing etc.Em suma um assunto a ser acompanhado de perto.

 

MAIS HUMOR NA F 1

MAIS HUMOR NA FÓRMULA 1

 

 

O humor não falta na actual Fórmula 1, na qual trazemos até junto dos nossos leitores mais uma página para nos podermos rir um poucohumorf1

 

O BRINQUEDO DOS PILOTOS DA MERCEDES

jerez901jerez970O BRINQUEDO DOS PILOTOS DA MERCEDES

 

 

Pelos vistos depois do estouro protagonizado por Lewis Hamilton no primeiro dia de treinos, o tempo que os pilotos tiveram de esperar para que a equipa técnica refizesse o Mercedes de Fórmula 1, os dois pilotos da equipa não perderam tempo, e começaram logo em plena zona do pit lane, a começar a ensaiar um Mercedes para bebés....Será que a receita que encontraram foi a suficiente, para depois serem dos mais rápidos na pista espanhola de Jerez?

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

Mais um grupo de imagens dos testes de Fõrmula 1 que decorreram na semana passada na pista espanhola de Jerez de la Frontera.

 

 

Fotos de Rafa Sanchez e outras agencias - www.velocidadeonline.comjerez451jerez452jerez453jerez454jerez600jerez901jerez902jerez903jerez905jerez906jerez907jerez908jerez909jerez910jerez911jerez912jerez914jerez915jerez916jerez917jerez918jerez919jerez920jerez921jerez922jerez923jerez924jerez925jerez926jerez927jerez928jerez929jerez930jerez931jerez932jerez933jerez934jerez935jerez936jerez937jerez938jerez939jerez940jerez950jerez951jerez960jerez970jerez971jerez972jerez975jferrariquestionalegalidade

 

A INDECISÃO DE EDDIE JORDAN POR CAUSA DAS BOLAS

adecisaodeeddiejordanA INDECISÃO DE EDDIE JORDAN POR CAUSA DAS BOLAS

 

Pelos vistos o ex construtor de Fórmula 1, Eddie Jordan, parace indeciso perante a escolha da bola.....

 

MURRO DE PIQUET FOI RECORDADO

MURRO DE NELSON PIQUET FOI RECORDADO

 

Já lá vão quase duas decadas, quando num Grande Prémio da Alemanha, o Brabhan de Nelson Piquet acaba por ser tocado pelo ATS de Salazar, o que levou o piloto brasileiro a sair do seu carro e enfiar um murro no seu adversário.Recentementerecuerdo1recuerdo2 os dois pilotos encontraram-se e relembraram com grande disposição o tal episódio, que ficou na história  da Fórmula 1.

 
Mais artigos...

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt