In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


RAMPA DO CARAMULO É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

 

LISTA DE INSCRITOS

 

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

 

Chegados á penúltima prova do Campeonato Nacional de Montanha, será já este fim de semana que irá ter lugar a rampa do Caramulo, onde todos os pretendentes aos títulos marcarão presença. Em termos de favoritos, entre os protótipos a luta entre os Juno da equipa da PRminiracing e o piloto da Covilhã João Fonseca será um dos pontos altos, onde terão de contar com o BRC de Joaquim Rino.

Mas a lista de participantes será a seguinte :

Nº 102 – Rui Ramalho – Juno

Nº 103 – João Fonseca – Norma

Nº 108 – Paulo Ramalho – Juno

Nº 151 – Joaquim Rino – BRC CM 05

Nº202 – Joaquim Teixeira – Porsche GT 3

Nº 203 – Edgar Reis – Porsche GT 4

Nº 244 – Manuel Correia – Skoda Fabia S 2000

Nº 301 – Tiago Reis – Ford Fiesta RS

Nº 322 – Francisco Marrão – Seat Leon

Nº 323 – José Correia – Seat Leon Eurocup

Nº 324 – Ricardo Gomes – Seat Leon Copa

N~325 – Luis Nunes – Seat Leon Copa

Nº 348 – Manuel Pereira – Mitsubishi Evo

Nº 349 – Luis Silva – BMW

Nº 350 – Sérgio Nogueira – Citroen Saxo

Nº 402 – Cândido Monteiro – Datsun 1200

Nº 403 – Mário Mesquita – Datsun 3 S

Nº 404 – Domingos Fernandes – Autobianchi A 112

Nº 410 – José Pedro Figueiredo – Datsun 1200

Nº 412 – Flávio Sainhas – Ford Escort

Nº 414 – Carlos Santos - Volkswagen

 

ASTON MARTIN COM SÉRIE ESPECIAL

ASTON MARTIN COM SÉRIE ESPECIAL

 

Com a chegada de mais um filme do super agente britânico, James Bond, a Aston Martin que equipa o a1-astonmartin007bondedition Copya2 Copya3 Copya4 Copya5 Copya6 Copya7 Copya8 Copya10 Copy espião, vai lançar no mercado uma série especial, alusiva a este filma.

 

RENE MUNNICH NO TCR PARA SINGAPURA E TAILANDIA

 

WestCoast Corrida Congratula-se com Rene Munnich volta para TCR Singapura e da Tailândia
Rene Munnich será bem-vindo de volta ao redil Quando o WestCoast Corrida TCR Series Internacional rola sobre a Singapura e Tailândia.
Munnich, de 38 anos, retorna para uma segunda facada na Série internacional pós-TCR um desempenho estelar com o principal equipamento WestCoast Corrida logo no início da temporada.

O piloto alemão entrou em cena para uma terceira TCR Honda Civic para as rodadas de mais novo campeonato de carros de turismo do mundo de abertura, Qui Realizada ranhuras cobiçados na factura comprovativos da Fórmula 1 malaio e chinês Grands Prix.

Gianni Morbidelli, Münnich e Kevin Gleason enfaticamente bloqueado os lugares do pódio para WestCoast Corrida de realizar conseguir uma sensacional um-dois-três terminar no ultra-moderno Circuito Internacional de Xangai (SIC).

Entretanto, a equipe com sede na Suécia Halmstad,, qui tem governado o szene motorsport escandinavo por duas décadas, até agora tem corrido para quatro vitórias, seis pódios, nove pole positions e sete período mais rápido e permanece na disputa pelo título TCR 2015 como a temporada se aproxima conclusão das TIC no Extremo Oriente.

Como resultado, Münnich poderia desempenhar um papel crucial na determinação do resultado do campeonato ele re-junta Quando WestCoast regulares Morbidelli e Gleason no circuito de rua de Cingapura iluminada Marina Bay (Septemer 19-20) Quando o campeonato mais uma vez é executado como parte de o pacote de mídia F1, eo novo Circuito Internacional de Buriram na Tailândia (24-25 outubro).

 

Google TradutorA1 Copy

 

VODAFONE MEXEFEST

 

Vodafone Mexefest

Projeto BLOCO com os brasileiros:
Tropkillaz
Karol Conka
Mahmundi


 

27 e 28 de novembro
Avenida da Liberdade, Lisboa

 

www.vodafonemexefest.com facebook.com/vodafonemexefest

 


Do tradicional Bloco Olodum aos muitos blocos de Carnaval, a palavra BLOCO sempre teve forte presença no léxico da música brasileira. Conjunto, ritmo, melodia, força e muita musicalidade constituem alguns dos conceitos ancorados a BLOCO. O Vodafone Mexefest apresenta o seu próprio BLOCO, formado pelo que de mais relevante a música brasileira apresentou na área da eletrónica dos últimos tempos. A missão enérgica da turma dos Tropkillaz, o “batuk freak” e a presença única da MCKarol Conka, e a qualidade estética das canções de Mahmundi, todos os condimentos reunidos para uma noite especial do alinhamento do Festival que a Música faz mexer em Lisboa. São três nomes que estão na linha da frente do que mais atual se cria no Brasil, constituindo uma massa, um BLOCO, fresco e vibrante que atualiza todos os seguidores de tendências.


 

alt
 

Facebook | Vídeo: Baby Baby
 

Tropkillaz são um duo formado por 2 DJs de topo no Brasil. DJ Zegon é um produtor com mais de 20 anos de carreira e que já colaborou com artistas como Kanye West, M.I.A. ou David Byrne. Loudz tem uma carreira mas curta mas o seu talento não o impediu de ter já trabalhado com os principais MCs brasileiros e com nomes como Snoop Dog ou Dr. Dre. Juntos apresentam uma combinação explosiva com sonoridades latinas, electro e hip hop, criando um estilo verdadeiramente único.

alt

Facebook | Vídeo: Tombei feat Tropkillaz
 

Karol Conka descobriu o mundo das rimas ainda no Colégio. Depois de algumas fugazes parcerias, encontrou em Nave, produtor de nomes como Marcelo D2 ou Emicida, o parceiro ideal para aquilo que queria fazer, um rap com sonoridade universal, aliando batidas pesadas a timbres orgânicos. Desde 2013 que viaja pelo mundo a apresentar a sua música. Já com tours pela Austrália e Ásia, tem sido aclamada pela crítica internacional, do The Guardian à Billboard passando pela Rolling Stone e até a BBC1, onde foi a primeira artista a fazer um live lounge numa língua que não o inglês. Já este ano, arrecadou com o tema “Tombei” o prémio de Melhor Canção nos prémios Multishow.


 

alt
 

Facebook | Vídeo: Calor do Amor
 

Mahmundi é Marcela Vale. Em 2012 lançou seu EP 'Efeito das Cores' e foi desde logo destaque nos principais meios brasileiros, como o jornal O Globo, a revista Time Out, os portais Vírgula e Yahoo, e os blogs independentes Move That Jukebox, URBe, Rock n’ Beats, Miojo Indie e RockinPress. Abençoada por uma escola musical liderada por Rita Lee e Marina Lima, todo o disco parece ser tirado do auge dos anos 80, época que influencia grande parte do seu trabalho. Em Novembro vai estar em Portugal para participar na edição de 2015 do Vodafone Mexefest.


 

Vodafone Mexefest. De palco em palco, a Música mexe na cidade.
 
Mais novidades a anunciar brevemente.

 
 

Confirmados:
Akua Naru; Anna B Savage; Ariel Pink; Benjamin Clementine; BLOCO: Tropkillaz, Karol Conká, Mahmundi; Ducktails; Patrick Watson; Selma Uamusse; Titus Andronicus; Villagers

 

 
O bilhete único para os dois dias do festival está já à venda nos locais habituais, a 40€ até ao dia 30 de setembro, passando a 45€ a partir de 1 de outubro e a 50€ nos dias do Festival.

Já disponível na App Store e Google Play está também a app do Vodafone Mexefest. Os clientes Vodafone podem adquirir o bilhete único do festival com 5€ de desconto.

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes

Até 30 de setembro: 40€

A partir de 1 de outubro: 45€

Dias 27 e 28 de novembro: 50€
 

Troca obrigatória pelo próprio por pulseira no Coliseu de Lisboa a partir de dia 26 de novembro

Locais de Venda

Facebook Música no CoraçãoBlue Ticket - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, Bilheteira Online, Coliseu dos Recreios, Festicket.

 

NOVO DIRECTOR GERAL DUNLOP MOTORSPORT

image003 Copy 

Xavier Frainpont nomeado Diretor Geral da Dunlop Motosport e Moto

 

Xavier ficará encarregue de dirigir a unidade de Motorsport e Moto para a Europa, Médio Oriente e África.

                                                                                                   

FRAIPONT Xavier__TC7901_042014Goodyear Dunlop acaba de anunciar a nomeação de Xavier Fraipont como novo Diretor Geral de Motosport e Moto para a Europa, Médio Oriente e África

 

Fraipont irá substituir Sanjay Khanna e deixa o seu antigo cargo de Diretor da Divisão de Tecnologia de Pneus de Turismo na EMEA. Por sua vez, Khanna foi nomeado Diretor de Marketing e Vendas para mercados emergentes.

 

Xavier irá dirigir a unidade de negócios de Motosport e Moto para a Europa, Médio Oriente e África, que inclui a área de Tecnologia, Vendas e Serviços associados em Hanau (Alemanha), Birmingham (Reino Unido), Colmar-Berg (Luxemburgo) e Montlucon (França).

 

Esta unidade de negócios está encarregue do desenho, fabrico e comercialização dos pneus de marca Dunlop para moto, além de conceber e produzir os pneus utilizados em automóveis e motos em competições como o Campeonato de Automóveis Touring Britânico (BTCC), o Campeonato Mundial de Endurance FIA ou o Campeonato Mundial de Moto2 FIM, e para outros parceiros técnicos da empresa, como AMG Customer Sports, Honda Motorsport Europa e BMW M235i Racing Cup.

 

Xavier declarou: “Este é um momento chave para liderar a equipa. As nossas vitórias em 2015 em eventos de competição aberta como o TT da Ilha de Man, as 24 horas de Le Mans e VLN mostram que a nossa equipa que está a desenvolver os pneus Dunlop Motorsport tem um desempenho de nível muito elevado. O meu foco será a manutenção deste impulso para desenvolver pneus de competição para as mais exigentes corridas e para os parceiros fabricantes de equipamento original premium com que colaboramos. Em relação ao mercado de pneus para moto, temos planeada uma série de novos lançamentos de produtos que vão proporcionar aos nossos revendedores da EMEA uma oferta muito forte num mercado altamente competitivo.”

 

Sobre a Dunlop

 

A Dunlop é um dos principais fabricantes mundiais de pneus de altas e muito altas prestações, com um impressionante historial de êxitos em desportos motorizados.

 

A vasta experiencia da Dunlop em corridas deu lugar a tecnologias inovadoras aplicadas a pneus desenhados para a condução diária. Sempre com o objectivo de chegar a uma condução segura a Dunlop oferece todo o eipo de tecnologias em durabilidade e rendimento dos seus clientes.

 

Para mais informações sobre a Dunlop e os seus produtos visite www.dunlop.eu ou as nossas contas de Facebook Twitter.

 

 

TIAGO MONTEIRO CONFIANTE

TIAGO MONTEIRO CONFIANTA NO JAPÃO - WTCC

 

 

 

Tiago Monteiro confiante para a desconhecida pista de Motegi

Depois de dois meses de interregno o Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCC) regressa à actividade desportiva no traçado japonês de Motegi. Tiago Monteiro, assim como a maioria dos seus adversários desconhece por completo o traçado pelo que esta prova representa um aventura para todos. Terá no entanto impacto especial junto do piloto português, já que se trata da prova em 'casa' da Honda onde se espera forte apoio.

Tiago Monteiro já está no Japão, mais cedo do que o habitual, para participar num sem número de iniciativas de marketing e relações públicas antes de entrar em pista na próxima sexta-feira para os primeiros testes: "Gosto de descobrir circuitos novos pelo que é um prazer poder correr em Motegi. Se aliarmos a isso o facto de toda a equipa poder contar com um vasto leque de apoiantes, estou certo que será um fim-de-semana inesquecível", começou por explicar.

 

Em termos desportivos Tiago Monteiro está mais motivado que nunca. As últimas provas nem sempre correram de feição e piloto da Honda está focado em regressar aos resultados de destaque mas acima de tudo de recuperar o quarto lugar no Campeonato: "Apesar de não sabermos exactamente como vamos estar nesta pista, os testes que fizemos durante o período de Verão deixam-nos confiantes. Estou focado em regressar aos pódios e muito desejoso de regressar à competição. Para conquistar de novo a quarta posição não posso perder mais pontos e tenho de lutar com todas as armas. É isso que vou procurar fazer", concluiu.

As transmissões deste fim-de-semana estão previstas no Eurosport no sábado pelas 7.30h a qualificação e no domingo as corridas às 6h e 7

 

 

 

NO KARTODROMO DE FAFE JÁ ESTE FIM DE SEMANA

NO KARTODROMO DE FAFE JÁ ESTE FIM DE SEMANA

 

 

 

 

EQUIPA DA AUDI EM TESTES EM FRANÇA

EQUIPA DA AUDI DA WEC EM TESTES EM PAUL RICARD

 

A equipa da Audi que esta a participar na WEC está desde ontem até quinta-feira em testes na pista francesa de Magny-Cours. Filipe Albuquerque é um dos pilotos de serviço. Resta saber para ensaiar o quê! Preparar a luta pelo título até ao final do ano ou pensar na temporada 2016?

 

NACIONAL DE TT REGRESSA ÀS BEIRAS

 

Campeonato Nacional de TT regressa às Beiras

  • A António Maio um 5º lugar é suficiente para se sagrar campeão em Idanha
  • Tiago Gomes e João Lopes defendem liderança nos Quad e UTV
  • António Maio e Beto Borrego venceram aqui no ano passado

 

Depois de duas etapas na serra beirã, outras tantas no Alentejo e uma no Algarve, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa agora à Beira Baixa para, sob a batuta da Escuderia Castelo Branco, se disputar a Baja TT Idanha-a-Nova.

 

António Maio, Tiago Gomes e João Lopes lideram respetivos campeonatos

De registar o domínio de António Maio nas motos piloto que venceu as quatro corridas já disputadas. Também João Lopes entre os UTV/Buggy tem sido o mais forte tendo vencido por três vezes. Já nos Quad as vitórias foram repartidas entre Tiago Gomes, que lidera o campeonato, o veterano António Moreira e Beto Borrego que já venceu por duas vezes.

 

António Maio a um 5º lugar do título

Numa temporada em que, nas duas rodas, o centro das atenções continua a ser o tradicional duelo entre o atual campeão Mário Patrão e o sempre candidato ao título António Maio, a balança está a pender para este último que soma já quatro vitórias. O piloto da Yamaha necessita apenas de 11 pontos (o que corresponde a um 5º lugar) para se sagrar antecipadamente campeão nacional.

A classe TT1 tem sido a mais interessante de acompanhar. Em quatro corridas houve três vencedores diferentes: Luís Oliveira venceu em Góis, o campeão Sebastian Buhler triunfou na Ferraria e em Loulé e Proença o mais rápido foi Gustavo Gaudêncio. Apesar disso, é Ruben Faria quem lidera nesta sua aventura pela classe das motos de menor cilindrada ocupando ainda a terceira posição absoluta do campeonato. De salientar que Buhler regressa depois de ter estado ausente por lesão nas duas últimas corridas. Na Classe TT2, António Maio lidera à frente de David Megre e Mário Patrão, enquanto na Classe TT3 a liderança pertence a Fausto Mota que reparte com Luís Teixeira, o atual campeão, as vitórias em 2015. Um duelo muito animado a seguir de perto.

De salientar nas duas rodas o regresso de Hélder Rodrigues às competições nacionais depois de boas prestações na Tunísia, Sardenha e Turquia.

 

 

 

Tiago Gomes surpreende nos Quad

Entre os Quad a temporada tem sido marcada por inúmeras surpresas e infelizmente alguns dissabores. O piloto de Freestyle Tiago Gomes venceu a primeira corrida, Beto Borrego triunfou na Ferraria de forma destacada e em Loulé coube ao veterano António Moreira subir ao lugar mais alto do pódio. Beto Borrego que já foi forçado a desistir por duas vezes regressou aos triunfos em Proença. Gomes e Moreira estão separados por escassos quatro pontos.

 

João Lopes domina no UTV

Na competição destinada aos Buggy/UTV, que irá contar com três dezenas de concorrentes, o campeão de 2012, João Lopes, tem dominado. Foi o mais rápido em todos os prólogos e venceu três das quatro corridas. Os espanhóis Teo e Roberto Viñaras, assim como Vítor Santos e também Bruno Martins são todavia pilotos que mantém um andamento muito próximo de João Lopes e qualquer um deles é sempre candidato ao triunfo.

Na segunda posição está o espanhol Teo Viñaras, que venceu em Loulé, enquanto o terceiro lugar é ocupado ex-áqueo pela francesa Dorothee Ferreira e por Pedro Santinho Mendes. O 5º lugar atualmente pertença de Miguel Jordão é também muito disputado com Roberto Viñaras a dois pontos e Bruno Martins a outros tantos.

 

Desafio Polaris e Classe Hobby

A prova organizada pela Escuderia Castelo Branco será ainda a terceira etapa do Desafio Polaris ACE 570 – competição que tem Filipe Ferreira na liderança - e está ainda aberta a pilotos não licenciados que podem correr na classe Hobby.

 

A prova beirã compreende uma passagem por um prólogo, a ser realizado na Sra. do Almortão próximo de Idanha-a-Nova, com 7,1 quilómetros de extensão que terá lugar na sexta-feira dia 11. No dia seguinte, os concorrentes enfrentarão sucessivamente um troço com 104,47 km e outro com 178,66 km, ambos com partida e chegada na Sra. do Almortão.

 

 

PARENTE E RAMOS EM SPA

 

Álvaro Parente, acompanhado por Miguel Ramos, brilha
Álvaro Parente, na companhia de Miguel Ramos, mostrou uma vez mais o porquê de ser considerado um dos melhores pilotos de GT’s da actualidade e, em condições muito difíceis, garantiu um segundo lugar arrancado a ferros na primeira corrida da ronda de Spa-Francorchamps do International GT Open.
O duo do McLaren 650S #2 da Teo Martín Motorsport arrancou da terceira posição da grelha de partida, mas caiu para o quinto posto no início, o que tornava a sua tarefa de manter o comando do Campeonato de Pilotos mais difícil.
No final do seu turno, Miguel Ramos veria uma dificuldade com o turbo do seu carro agravar ainda mais a situação, mas os homens da Teo Martín Motorsport não baixaram os braços e continuaram a lutar.
Quando Álvaro Parente pegou no GT britânico começou a chover e pouco depois, o Safety-Car entrou em pista, devido a um acidente com outro concorrente, o que acabou por precipitar a corrida às boxes para montar pneus de chuva.
Foi então que se iniciou a prestação notável de Álvaro Parente: apesar de dificuldades com turbo o impedirem de engrenar a sexta velocidade e dos pneumáticos conferirem ao carro inglês um comportamento estranho na traseira, o piloto português montou uma incrível recuperação, com uma ultrapassagem extraordinária pelo meio, conseguindo ver a bandeirada de xadrez no segundo lugar encostado ao primeiro classificado.
“Foi uma corrida muito complicada! Tivemos dificuldades com o turbo e não tínhamos velocidade ponta. Por outro lado, os pneus estavam muito estranhos e obrigavam-me a fazer algumas curvas em contra-brecagem, parecia que estava a fazer ralis. Tendo tudo isto em consideração, o segundo lugar foi fabuloso e permite-nos manter a liderança do campeonato, que era o nosso principal objectivo”, afirmou o portuense.
Para a corrida de amanhã Álvaro Parente arrancará do segundo lugar da grelha de partida e mostra-se confiante, mas aponta que é necessário perceber o que aconteceu durante a prova de hoje. ”A Michelin está já a analisar o nosso jogo de pneus para chegar a uma conclusão sobre o que se passou, porque não é normal que o carro fuja tanto. E estamos também a resolver as dificuldades com o turbo. Arrancamos do segundo lugar e, portanto, estamos numa boa posição para conquistar um bom resultado, apesar do nosso handicap ter sido incrementado pelo resultado de hoje. Vamos lutar e trabalhar para mantermos a liderança do campeonato”, garantiu o português.AParente FT_15032_Copy

 

PEUGEOT DISTINGUE EMPRESAS

 

PEUGEOT e os Prémios “Fazemos Bem” distinguem empresas

O Sector Secundário em análise

 

 

Apostando no empreendorismo e na excelência, a PEUGEOT e o Jornal de Notícias levam a cabo, já nesta quinta-feira, a segunda de três Conferências de 2015 no âmbito dos Prémios «Fazemos Bem», destinados a destacar o trabalho de empresas de sucesso, que envolvem boas práticas e apostam em estratégias inovadoras, em cada um dos três sectores de actividade. Esta segunda Conferência é dedicada às empresas do Sector Secundário e terá lugar na Exponor.

As boas práticas e as estratégias inovadoras são dois dos factores que contribuem para a atribuição dos Prémios «Fazemos Bem», um projecto conjunto entre a PEUGEOT e o JN que destaca o trabalho de empresas de sucesso, no âmbito de uma parceria iniciada em 2014.

A Vitacress venceu o Prémio “Fazemos Bem” referente ao Sector Primário e recebeu o galardão aquando da 1ª conferência, realizada em junho último. Prepara-se agora o debate esta quinta-feira sobre o Sector Secundário e o anúncio da empresa que melhor se destaca neste Sector. Os 10 finalistas são Amorim Cork, Oliveira & Irmão, Petratex, Lameirinho, Graphicsleader, Adira, Ferreira Avelar, AM Classic, Ibermoldes, Vieira de Castro.

Recorde-se que o processo de selecção das empresas passa por uma primeira fase em que um júri qualificado e conhecedor de cada um dos três sectores de actividade – Primário, Secundário e Terciário – elege uma dezena de empresas em cada um deles, entidades que se tenham distinguido por resultados de performance, pela sua contribuição para a exportação, ou pela capacidade de fazer crescer o volume de negócios, pelos investimentos relevantes, ou a sua capacidade de inovação e reinvenção.

Vencedora do prémio “Escolha do Consumidor” por dois anos consecutivos, em 2014 e 2015, a PEUGEOT tem uma associação natural a este projecto que assenta em valores como inovação, capacidade de gestão, empenho, capacidade de reinvenção, etc., vectores que a marca também defende e aplica diariamente nas suas várias áreas de Intervenção.

 

O Sector Secundário em análise

 

A conferência desta quinta-feira, dia 10 de Setembro, dedicada ao Sector Secundário terá início pelas 9h15, cabendo a abertura dos trabalhos a Vitor Ribeiro, Presidente da Comissão Executiva da Global Media Group, grupo editorial que integra o Jornal de Notícias, publicação diária de referência a nível nacional.

O orador principal será, desta feita, Mira Amaral (Presidente do Banco BIC), antecipando um debate moderado por Domingos de Andrade (Director Executivo do JN), e que terá o contributo de Paulo Nunes de Almeida (Presidente da AEP), Carlos Brito (Pró-Reitor da Universidade do Porto), Paulo Vaz (Director Geral da Associação Téxtil e Vestuário de Portugal) e José Redondo (Director Geral da Bial Portugal).

Leonardo Mathias, Secretário de Estado Adjunto e da Economia, fará as honras de encerramento deste segundo de três encontros de 2015, ficando a faltar identificar a empresa vencedora do Sector Terciário, de entre as 10 entidades escolhidas pelo painel de jurados como potenciais candidatas. Um encontro que terá lugar a 10 de Dezembro próximo.

 PEUGEOT Copy

 

ALBUQUERQUE SAI DA POLE EM PAUL RICARD

 

Filipe Albuquerque sai da ‘pole’ em Paul Ricard

Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa na JOTA, Simon Dolan e Harry Tincknell vão sair para a penúltima jornada do European Le Mans Series em Paul Ricard da 'pole position'. Caberá a Simon Dolan fazer o arranque, a Filipe Albuquerque o turno intermédio e a Harry Tincknell o ‘stint’ final. O resultado alcançado na qualificação permite ao ‘trio’ somar mais um ponto nas contas do campeonato que lideram.

A corrida terá transmissão em directo no Motors TV a partir das 11.40h.Imola albuquerque1_Copy

 

PRMINIRACING NA RAMPA DE CERVEIRA

 

Teve lugar no passado sábado a Rampa de Cerveira, 6ª prova do Campeonato de Montanha, marcando o regresso do Campeonato de Montanha após um curto período de férias. Depois de algumas previsões de condições meteorológicas instáveis para a data, felizmente as condições alteraram-se para melhor e o sol marcou presença, trazendo consigo calor e bastante público, sendo alguns deles provenientes da Galiza, os quais têm uma enorme paixão pelo desporto automóvel e que não perdem uma oportunidade para atravessar a fronteira sempre que alguma prova de automobilismo acontece mesmo do outro lado do Rio Minho.
Será ainda de enaltecer o esforço do Clube Aventura do Minho – CAMI – que pretendeu num só fim-de-semana realizar um evento pluridisciplinar ao realizar para além da Rampa pontuável para o Campeonato da especialidade, também um rally do Campeonato Nacional do Norte, uma prova de Regularidade e ainda uma festa nocturna numa Quinta de referência nos arredores de Cerveira em parceria com a reconhecida Revista Caras, dando assim um colorido diferente e de bastante animação neste derradeiro fim-de-semana de Agosto.

PAULO RAMALHO # JUNO CN09

Paulo Ramalho e a sua equipa durante este período de férias realizaram uma profunda revisão aos Junos, tendo no caso concreto do Juno CN09 sido efectuadas algumas alterações mecânicas para ir ao encontro das indicações prestadas pelo piloto do Porto em provas anteriores. Como tal, foi com alguma ansiedade que Paulo realizou a 1º subida de treinos, pois pretendia confirmar se os trabalhos realizados surtiam efeito. Após esta primeira subida, o piloto manifestou à sua equipa com bastante entusiasmo e satisfação as melhorias sentidas ao volante do seu carro, as quais melhoraram significativamente a facilidade e a forma de extrair o potencial do chassis e do motor do seu protótipo.

Com isso, foi possível a Paulo bater com facilidade os seus registos pessoais de 2012 e 2013 neste traçado e igualar o seu melhor registo de sempre, alcançado em 2011, quando obteve um dos seus títulos de Campeão e quando na altura estava no seu pleno de competitividade. Esta subida de performance demonstrou efectivamente que Paulo está a recuperar paulatinamente o seu ritmo competitivo, se bem que ainda não teve andamento para discutir a vitória, que actualmente está a ser discutida de forma frenética, tendo um dos principais “players” o seu próprio irmão Rui.

Paulo concluiu assim esta Rampa no 3º lugar, mas mais importante do que o resultado que lhe permitiu amealhar pontos importantes para a classificação do Campeonato e ascender ao 3º lugar, foi a satisfação que manifestou no final da prova pela melhoria do seu desempenho.
 

RUI RAMALHO # JUNO SSE

Rui Ramalho aguardava uma vez mais uma prova deveras complicada, com a discussão pela vitória a ser discutida a “ferro e fogo” e até ao último metro. Rui e a sua equipa sabiam à partida de que neste traçado, nomeadamente nas zonas rápidas, não iriam ter argumentos técnicos para discutir em circunstâncias idênticas a vitória. Assim sendo, não restou alternativa a Rui, que desconhecia o traçado, em realizar trabalhos prévios de reconhecimentos, com o objectivo de minimizar as dificuldades que adivinhava, e mais uma vez, o piloto mais jovem da PRMiniracing realizou uma 1ª subida de treinos fantástica, a um ritmo alucinante, demonstrando efectivamente que não iria baixar braços e entregar a discussão da vitória até ao derradeiro metro.

Na segunda subida de treinos, voltou a ser o piloto mais rápido e com isso a amealhar mais um ponto extra para o Campeonato, se bem que com a concorrência aproximar-se perigosamente. Na 1ª subida de prova passou para o 2º lugar a escassas 3 décimas de segundo do novo líder, para na 2º subida de prova cometer alguns excessos e com isso a piorar o tempo, obrigando-o a excluir esta subida para o somatório das duas melhores, fazendo com que a discussão da vitória ficasse adiada para a última tentativa.

Na derradeira subida de prova, Rui deu tudo o que tinha, arriscando para lá do desejável com o intuito de vencer, infelizmente não foi suficiente e o 2º lugar foi o melhor que conseguiu.

Embora o resultado não tenha sido o desejado e com isso tenha colocado em sérios riscos a sua liderança do Campeonato que por enquanto ainda a mantém por uma vantagem magra de 11 pontos, Rui e a sua equipa têm a consciência completamente tranquila de que tudo fizeram para alcançar a vitória com o equipamento de que dispõem actualmente e que o andamento evidenciado pelo piloto mais jovem da PRMiniracing foi uma vez mais enaltecido por toda a equipa e apoiantes no final da prova e que certamente lhe vão dar incentivo para encarar as duas últimas provas que faltam disputar com motivação extra. “Go Rui !!!”

---
 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

Antes das 4 Horas do Estoril 2015, uma boa novidade para a edição 2016 do ELMS: pode haver Lamborghini Huracan GT3 inscritos nos GTC. A Barwell, que vai competir também nos GT Britânicos e no Blancpain, está a pensar fazer uma "perninha" no europeu de endurance.

 

LUIS MOTA EM GONDOMAR

 

Luís Mota prossegue com Gondomar de EVO VII»
Depois de Vila Nova de Cerveira em asfalto, o Campeonato FPAK Ralis Norte prossegue agora com o Rali Cidade de Gondomar em piso de terra, numa organização do Gondomar Automóvel Sport que em 2015 fará já a sua 10ª edição.
A prova conta com a presença da Competisport, alinhando com a dupla Luís Mota e Alexandre Ramos que no regresso à terra voltam a apostar no Mitsubishi EVO VII na qual alinharam no Rali Serras de Fafe.
Este é um rali que a dupla conhece bem e sendo um tipo de piso bastante a seu gosto a dupla encara esta prova com grande otimismo num bom resultado lutando uma vez mais pelos lugares do pódio.
Como refere o piloto do Cartaxo “Queremos como sempre nos divertir no rali mas também ser o mais competitivos e chegar ao melhor resultado possível. É uma prova onde alinhamos já por diversas vezes, gosto bastante deste tipo de piso, já vencemos o rali por três vezes pelo que só podemos estar confiantes para este rali”.
A equipa volta a contar com os apoios da Motofil, Perfitec, Cartoxapa, Berner, Sunoco Race Fuels, Conforto e Elegância, Driven – Racing Oil, MaiorColor, Rocha & Filhos e Domingos Sport Competição.
A prova arranca na sexta feira onde terá lugar a tradicional super especial noturna. No sábado mais seis especiais de classificação completam a parte competitiva da prova, num total de 233,91 entre os quais 65,76 em troços cronometrados.Luis Mota_2_CopyLuis Mota__Copy

 

MOTIVAÇÃO NÃO FALTA A FÁBIO MOTA

 

Fábio Mota regressa de férias ainda mais motivado

 

FMota FT_15014_Copy
Depois da pausa de Verão, a Clio Cup España regressa no próximo fim-de-semana em Navarra e Fábio Mota está motivado para continuar a excelente temporada que tem vindo a protagonizar, que lhe permite estar na luta pelo ceptro deste ano.
O português tem vindo a ser um dos actores principais da competitiva competição espanhola, tendo conquistado uma vitória, pole-positions e subidas ao pódio, estando no terceiro lugar da Classificação de Pilotos a quarenta e seis pontos do líder, quando estão mais de duzentos em disputa até ao final da época.
O próximo fim-de-semana marca o final da pausa estival da Clio Cup España e Fábio Mota espera encontrar, uma vez mais, uma oposição muito forte que lutará intensamente pelas posições cimeiras da classificação. "Estou expectante pela prova de Navarra! Entramos na segunda metade do campeonato, onde tudo ainda está por decidir. Tem sido um troféu espetacular e muito competitivo até aqui, com grande respeito entre todos os pilotos. Espero que a luta continue ao mais alto nível e que esta Copa Clio seja uma das mais disputadas de sempre!”, afirmou o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Wetor e Glassdrive.
A ronda de Navarra adivinha-se ainda mais aguerrida, uma vez que será composta por três provas – duas de vinte voltas e uma de trinta – estando muitos pontos importantes em liça para as contas do campeonato.
Fábio Mota mostra-se motivado para mais uma enorme batalha frente a uma concorrência muito competitiva, sublinhando a importância de um bom lugar na grelha de partida e de bons arranques. “Vamos ter uma novidade esta época, com três corridas durante o fim-de-semana de Navarra. Será importante entrar bem nos treinos-livres e manter uma postura positiva para a qualificação. Como duas das três corridas serão mais curtas que o habitual, as partidas serão muito importantes e um ponto de foco durante o fim-de-semana”, enfatizou o piloto que roda aos comandos de um Renault Clio preparado pela Lema Racing.
Fábio Mota entrará em pista no próximo sábado, dia em que se disputará a primeira corrida do fim-de-semana, as duas restantes, incluindo a mais longa, serão efectuadas no domingo.
For more

 

6º EDIÇÃO FOOD & NUTRITION

 

Vencedores 6ª Edição Food & Nutrition Awards

Inovação na Produção Nacional debatida e distinguida em Lisboa

No próximo dia 10 de setembro realiza-se a cerimónia de entrega de prémios da 6ª edição do Food & Nutrition Awards. O evento conta com a presença do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa e do Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agrolimentar, Nuno Vieira e Brito e terá lugar no auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, pelas 15h30m. Durante a cerimónia serão revelados os melhores produtos, projetos e iniciativas no que respeita à inovação e ao empreendedorismo no setor agroalimentar e ciências da nutrição em Portugal.

Antes da cerimónia de entrega dos galardões aos vencedores do Food & Nutrition Awards 2015 irá realizar-se uma Conferência ?Produção Nacional ? inovação ao serviço de um consumidor consciente?. Este espaço de debate terá como oradores representantes de entidades e organismos ligados ao setor agroalimentar, distribuição e nutrição.

Este é o sexto ano consecutivo, que o Food and Nutrition Awards®, uma coorganização da consultora GCI e da Associação Portuguesa dos Nutricionistas (APN), premiam projetos de investigação, produtos, serviços e iniciativas de mobilização. Os vencedores são eleitos por um júri constituído por personalidades de reconhecida idoneidade e credibilidade a nível académico, científico e empresarial. Na sua 6a edição, o Food & Nutrition Awards® 2015 contou com o patrocínio da APED, Banco Popular, Lidl, Fundação Calouste Gulbenkian e McDonald?s.

 

A Conferência Food & Nutrition Awards 2015 terá o seguinte programa:

 

?Produção Nacional ? inovação ao serviço de um consumidor consciente?

 

Fundação Calouste Gulbenkian | 10 de Setembro

 

15h15   Acreditação

 

15h30   Sessão de boas-vindas | Organização Food & Nutrition Awards

                                                

15h45    ?Produção Nacional ? inovação ao serviço de um consumidor consciente?

Moderador: Filipe Gil | Distribuição Hoje

 

Carlos Freire | Diretor de Marketing do Banco Popular

Filipe Simões | Diretor Geral da Fruut            

Isabel de Sousa | Professora Associada do Instituto Superior de  Agronomia da Universidade de Lisboa

Lourdes Hill | Coordenadora IAPMEI do Programa Portugal Sou Eu

Mónica Ventosa | Diretora-Geral Adjunta da APED

Pedro Graça | Diretor do Programa Nacional para a Promoção da  Alimentação Saudável, da Direção-Geral da Saúde          

Pedro Queiroz | Diretor-Geral da FIPA

 

17h15    Coffee Break

 

17h30  Sessão de abertura da Cerimónia de Entrega de Prémios | Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, Fernando Leal da Costa

 

17h40   Entrega de Prémios Food & Nutrition Awards

 

18h00    Sessão de Encerramento| Secretário de Estado da Alimentação e da investigação Agroalimentar, Nuno Vieira e Brito

 

NOVIDADES DA WEC

Trinta e um inscritos para as 6 Horas COTA do WEC. E sem grandes novidades, a não ser o regresso do agora Lada WTCC, Nico Lapierre, ao volante do Oreca 05 da KCMG, substituindo Nick Tandy. Quanto ao resto, basicamente mais do mesmo, sempre com Pedro Lamy e Rui Águas a defenderem as cores nacionais. 
Novidade, novidade é a transmissão total da prova no Eurosport Internacional, entre as 22h50 de sábado e as 6h15 de Domingo.

 

RALI VINHO DO PORTO

 

Rali Vinho do Porto pretende colheita de excelência.

 

cartaz-web 3_Copy
Com a exclusividade desportiva e promotora do CAMI, o Rali Vinho do
Porto vai para a estrada nos dias 18, 19 e 20 de Setembro, numa
experiência inesquecível que promove a região do Douro.
Seguindo a célebre teoria que o Vinho do Porto se produz no Douro e envelhece em
Gaia, o Rali Vinho do Porto terá a sua partida em Vila Nova de Gaia, mais
concretamente na Marina do Douro, com destino a Lamego.
Este evento, que tem chancela da FPAK, percorrerá as mais belas paisagens da
região duriense e recupera a histórica designação para promover toda a cultura e
património do Vinho do Porto. Os participantes poderão esperar uma conjugação
perfeita entre a componente turística e a vertente da competição em regularidade.
Com um percurso que inclui cenários deslumbrantes e algumas das mais
interessantes estradas de Portugal, o Rali Vinho do Porto proporcionará excelentes
momentos de condução. Com base nesses argumentos, o CAMI promotor exclusivo
do Rali Vinho do Porto perspectiva uma divulgação internacional que permita atrair
participantes estrangeiros em futuras edições e projectar o evento e a região
internacionalmente.
Aos 30 primeiros inscritos no Rali Vinho do Porto o CAMI oferece duas noites de
alojamento no fantástico Hotel de Lamego, Quinta da Vista Alegre, tornado o valor da
inscrição ainda mais apelativo. Com os prazos de inscrição prestes a terminar, os
interessados deverão solicitar informações adicionais sobre as condições de
participação através de Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
www.cami.pt

 

TCR ESTREIA NO CNV

TCR A ESTREIA NO CNV

O Seat Leon Cup Racer é uma estreia em termos de CNV. É um TCR (Touring Car Racing), ou seja, um carro de turismo que se enquadra no regulamento da TCR International Series, que parte de um automóvel de produção, com um motor de dois litros turbo, capaz de desenvolver uns saudáveis 340 cavalos, mantendo um nível competitivo elevado, mas custos controlados.

Francisco Mora é o piloto que está em Portimão a conduzir o Seat da Veloso Motorsport e mostra-se muito entusiasmado com o carro: “antes de mais é muito diferente do Mercedes que guio no Campeonato Italiano de GT. É um tracção dianteira com 330/340 cavalos.”

Mas apesar das diferenças e da menor potência “o Seat é um carro espectacular! Além disso acho que este formato de competição é o ideal para a realidade actual, são carros com custos baixos, mas com um nível competitivo extraordinário.”

Recordamos que Mora não é propriamente um novato em termos de condução destes carros. Estreou-se há quatro meses, justamente em Portimão, durante a jornada Portuguesa das TCR International Series.

“É um carro muito bom. É equilibrado e divertido de conduzir; trava bem, curva muito bem. Além disso é muito bonito e só é pena que aqui não tenha mais concorrência. Com mais gente ia ser muito divertido. Acho que se tivéssemos mais pilotos e mais equipas a apostar nos TCR, poderíamos ter corridas espectaculares!” Remata Francisco Mora.

Portimao NunOrganistA 2 IMG 8540

 

NOVO AVENSIS COM 5 ESTRELAS

 

Novo Toyota Avensis com 5 estrelas nos testes de segurança Euro NCAP

• Classificação máxima de segurança com 5 estrelas – atingindo 93% de proteção para ocupantes adultos
• Performance aprimorada graças ao Toyota Safety Sense

O novo Toyota Avensis foi premiado com a prestigiante classificação de 5 estrelas nos rigorosos e exigentes testes de segurança Euro NCAP.

A avaliação da entidade europeia Euro NCAP é composta por quatro áreas – Ocupantes adultos, ocupantes menores, proteção dos peões, e desde 2009, analise dos sistemas de assistência à condução. Este último ponto inclui a prevenção de acidentes e redução do risco de lesões, sendo avaliados sistemas como a travagem autónoma de emergência, o controlo de estabilidade ou o limitador de velocidade.

O novo Toyota Avensis conseguiu um excelente resultado conquistando 93% na proteção de ocupantes adultos, 85% na proteção de ocupantes menores, 78% em proteção dos peões e 81% em sistemas de assistência à condução.

Os bons resultados não ficaram por aqui, o novo Avensis também conseguiu a pontuação máxima nos testes de impacto lateral, com uma boa proteção em todas as áreas críticas do corpo. Da mesma forma que no teste mais rigoroso e difícil, que mede o impacto lateral num poste, a proteção foi boa.

O sistema de travagem de emergência do novo Toyota Avensis, integrado nos sistemas que compõem o Toyota Safety Sense, não deixou o Euro NCAP indiferente.

Karl Schlicht, Vice-presidente da Toyota Motor Europe, afirmou: "estamos muito satisfeitos com estes resultados, que premeiam o nossocompromisso de aumentar a segurança rodoviária e democratizar as mais recentes tecnologias que contribuam para esse objetivo.".

O desempenho do novo Toyota Avensis mereceu uma menção honrosa no sitio da Euro NCAP, na classificação dos carros familiares mais seguros e na lista de carros de frota mais seguros.Avensis-5-estrelas-EuroNCAP-002 CopyAvensis-5-estrelas-EuroNCAP-003 CopyAvensis-5-estrelas-EuroNCAP-004 Copy

 

PILOTOS PREPARAM RALI DA AUSTRÁLIA

PILOTOS PREPARAM RALI DA AUSTRÁLIA

 

Antes do inicio de mais uma jornada do Muh1-pilotoshyundaiayastrali Copyh2 Copyh3 Copyh4 Copyh5 Copyh6 Copyh7 Copyh8 Copyh9 Copyh10 Copyh11 Copyh12 Copyndial de Ralis, neste caso o rali da Austrália, os pilotos depois dos reconhecimentos tiveram a oportunidade de poderem fazer surf numa praia australiana, conforme imagem anexa.

 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

 

 

Parece que o "São Pedro japonês" quer alinhar na festa de Motegi. O WTCC vai para a pista das curvas de 90 e 180 graus para duas corridas de estreia com 13 voltas cada.

 

YVAN MULLER NO ELMS EM 2016?

Yvan Muller comprou dois Ligier JSP3 LMP3. Agora resta saber se é para inscrever nos GT franceses, no VdV ou no ELMS 2016. Na foto, Thomas Laurent, piloto da Yvan Muller Racing, a testar o carro da marca antes da efectivação da compra.

 

PAULO MIGUEL DÁ A SUA OPINIÃO

PAULO MIGUEL DÁ A SUA OPINIÃO

 

PARA REFLECTIR UM POUCO

 

 

Bem meus amigos não vou falar de ClássicosAdoro acima de tudo automobilismo e de preferência Turismos. Sim os chamados carros de ir ás compras são os meus eleitos para corridas bem disputadas, veja-se o BTCC e agora os TCR. Na minha modesta opinião em boa hora , ao que parece o CNV vai virar-se para estes últimos. É certo que não é uma formula barata para a nossa realidade mas pelo menos acredito que vão aparecer pelo menos 8 a 10 carros nesta nova lufada de ar fresco. Mas faz-se um campeonato só com 8 ou 19 carros? A minha resposta é não. No entanto acredito que nesta nova formula vão existir mais classes para Turismos com actualmente já existem . O resultado é quem ninguém aparece e porquê? Porque todos querem ganhar á geral o que como todos sabemos é uma utopia. Só as melhores equipas vencem mesmo com carros "todos" iguais. Não existem regulamentos perfeitos é certo, mas o principal problema são as mentalidades. Tudo seria mais fácil se cada se concentra-se na categoria onde se inscreve. Nos clássicos um carro de 71 não pode querer ganhar á geral com carros de 75 ou até mesmo de 81 na mesma corrida . No CNV não posso querer bater um prototipo á geral com um turismo....mas existem categorias para todos, certo? Porque não aparecem?


O problema chama-se CAMPEONITE AGUDA ! Em quanto este valor permanecer não existe campeonato que vingue. Parabéns por tentarem dar a volta ao CNV, mas a formula não vinga se os pilotos não mudarem a sua mentalidade. Quem realmente gosta de correr embarca neste campeonato nem que seja de Turismo 1600 para fazer o melhor que pode na sua categoria. Isso sim é de piloto. Espero que o CNV seja um enorme sucesso, está nas vossas mãos srs. pilotos 

 

TURISMOS REGRESSAM NO RACING WEEKEND EM 2016

 

VIATURAS DE TURISMOS REGRESSAM AOS RACING WEEKEND EM 2016

alt

Cinco a seis fins-de-semana de corridas, provas disputadas em jornadas duplas, um formato misto de resistência e sprint, a serem disputadas com carros de turismo, são estas as linhas mestras do desenvolvimento do principal campeonato de velocidade para a próxima época.

“O PTCC (Portuguese Tourism Car Championchip) foi um momento alto da nossa velocidade. Todos, público, pilotos e equipas recordam com saudades as corridas de turismo que animaram a nossa velocidade, com grelhas com duas dezenas de carros e com o envolvimento de marcas e importadores.” Começa por explicar Nuno Couceiro, da Full Eventos, empresa promotora dos Racing Weekend.

Para o promotor da Velocidade é igualmente “importante a escolha dos Turismos, pois temos a consciência de que são automóveis muito mais adaptados às necessidades das marcas, pois revêm-se nos modelos que competem e actualmente há várias opções, com custos baixos, que inclusive permitem que um piloto que participe no Campeonato de Turismos português, possa igualmente e com o mesmo carro participar em competições internacionais.”

Indo igualmente ao encontro das necessidades de todos os praticantes de desporto motorizado, será criado um Campeonato exclusivo de endurance, que “permitirá incluir tantos outros carros e pilotos, que assim poderão encontrar uma forma de se manterem a competir, podendo rentabilizar os investimentos já realizados.”

Assim estas duas recém criadas competições, poderão receber Sport-Protótipos, GT´s e inclusive automóveis de troféus de velocidade, ou outros.

Os regulamentos e os calendários estão ainda a ser trabalhados.

Portimao NunOrganistA 2 

NunOrganistA 32 Francisco Mora estreou o Seat Leon, um TCR, em Portimão no passado fim-de-semana.

 

 

MANUEL PEREIRA PRONTO PARA A RAMPA DO CARAMULO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

 

RAMPA DO CARAMULO

 

MANUEL PEREIRA PRONTO PARA  A RAMPA DO CARAMULO


FOX 1009_Copy

Depois dos problemas sentidos na Rampa de Cerveira, Manuel Pereira, espera que os problemas de estabilidade estejam duma vez por todas solucionados, de forma  a poder tirar o maior partido possível das potencialidades do 4x4 de origem japonesa. Segundo o piloto do Porto “ estamos a acabar de preparar o carro, espero que os problemas com o diferencial traseiro esteja duma vez por todas solucionado. Se tudo estiver perfeito, como eu pretendo, acredito que possa fazer um bom resultado, vamos lá ver”.

As verificações técnicas e administrativas irão decorrer na tarde de sábado para o Mitsubishi de Manuel Pereira,  com as subidas previstas para terem o seu inicio a partir das nove horas da manhã de domingo.

 

DISCURSO DIRECTO COM DOMINGOS FERNANDES

 

DISCURSO DIRECTO COM DOMINGOS FERNANDES


FOX 0225_CopyFOX 0965_Copy

Para aqueles que acompanham de perto o nosso automobilismo em Portugal, no segmento do Campeonato Nacional der Montanha, este nome pode não dizer muito, mas se falarmos que este piloto conduz o Autobianchi A 112, toda a gente já sabe de quem se trata. A verdade é que o pequeno carro de origem italiana, é dos carros participantes que mais popularidades desfruta junto dos largos milhares de espectadores que assistem a este tipo de provas. Por isso o www.velocidadeonline.com, traz até junto dos nossos leitores  um pequeno “grande “ carro, e a primeira questão que colocamos a Domingos Fernandes, foi para nos fazer o balanço desta época, o que logo acrescentou “ Agora está a correr melhor, mas o inicio foi mau, pois tive problemas com o motor, mas felizmente está tudo resolvido”. A razão de correr com o pequeno Autobianchi A 112, tem uma razão lógica que nos contou “Sempre gostei muito do Autobianchi, porque é um carro diferente e já não existem tantos assim, e da série do meu é único. Mas em tempos houve essa possibilidade mas como não cheguei a vende-lo, a hipótese gorou-se. Mas que gostava lá isso gostava.” Sobre o comportamento do carro em prova “É um carro fácil de conduzir, hoje com o autoblocante já não se torna tão dócil na condução é mais brusco e tem que se ter muita atenção e concentração no que vamos a fazer.”

 

Participando há uns anos a esta parte no Campeonato Nacional de Montanha, quisemos sabes quais as rampas que mais e menos gosta, na qual após uma pequena reflexão “De modo geral de todas aquelas em que já participei mas em particular a do Caramulo, Santa Marta e Penha. “Sobre o actual formato do calendário do Nacional de Montanha deu-nos a  sua opinião “A meu ver o campeonato está muito concentrado na zona Norte devia de se estender também para o Centro e mais a Sul, O numero de provas é o suficiente.” A promoção que tem sido feita pela equipa da empresa  Completamente, liderada por Pedro Gil Vasconcelos, segundo o nosso entrevista em termos de avaliação do trabalho feito há dois anos a esta parte, “Fraco, para não dizer coisas mais feias, veja-se o que se está a passar actualmente com o Caramulo e outras provas anteriores. A culpa também da FPAK, (pois a esta, só lhe interessa o nº de licenciados).

 

Mudando de tema, provas de velocidade nunca estiveram nos seus planos “Gostava, mas aquilo que vejo em termos de atitudes e comportamentos em pista de alguns concorrentes não se enquadra com a minha maneira de estar no desporto de que tanto gosto. “Fazendo um balanço sobre a sua carreira desportiva, Domingos Fernandes explicou-nos como começou “Comecei por ir ver  Vila Real e  Vila do conde. Depois associei-me num clube. Onde fiz de tudo como Fiscal de pista, Comissário desportivo e mais tarde Comissário Técnico e hoje dirigente. Andei pelas perícias e regularidade e mais”.  Pelos vistos não se considera uma pessoa supersticiosa, nem tem nenhum ritual antes de entrar para o seu carro.Com a experiencia que desfruta em termos de diferentes automóveis de competição, perguntamos se por acaso não existem projectos para poder  participar noutras categorias do nosso automobilismo, o que logo replicou “Sim já estiveram. Tanto que na década de 70 fiz velocidade em Vila Conde e mais, mas naquela altura o espírito e a maneira de estar em provas era outro (mais civilizado).”


PATROCIONADORES


Armamar capital da Maçã de Montanha - Turismo

Novo Modelo Europa S.A. - Construção civil            SIMTEL - Telecomunicações

GEODOURO - Consultoria e Topografia, Lda             Jose Cardoso Fernandes - Surrivas

WIFI Antenas - Internet Rural                                Talho S. Domingos

CERDAMA - Distribuidora de bebidas                        Cooperativa Agrícola Távora - Espumante

Quinta da Azenha - Turismo Rural                          J. SILVA ldª - Material Desportivo   P1

IRMÂOS PEREIRA - Mármores e Granitos                Just Work it - Personal Trainner

AGRICAMPO - Tudo para a lavoura                           By Billa - Vestuário e acessórios
                    
ASFERT         - Soluções agrícolas                             CLINICA OFTALMOLOGICA das ANTAS
                         
PEREIRAS & ALMEIDA LDª - Agroquímicos         


Para finalizar " agradeço a oporftunidade desta entrevista por parte do www.velocidadeonline.com


Entrevista de João raposo - www.velocidadeonline.com

 

Entrevista de João Raposo

 

RED BULL AIR RACE INTERROMPIDO

RED BULL AIR RACE INTERROMPIDO NA AUSTRIA

 

 

No passado fim de semana a jornada da Red Bull Air Race acabou por ser interrompida na Austria, isso pela péssimas condições meterológicas que se abateram na zona onde  a prova estava a ter lugar, impedindo assim os aviões que estava a participar de levantar voo.As condições meterológicas degradaram-se de tal modo, que a quantidade  de red1 Copyred2 Copyred3 Copyred4 Copyred5 Copyred6 Copyred7 Copyred8 Copyred9 Copyred10 Copyred11 Copyred14 Copyred15 Copyred16 Copyred17 Copyred18 Copyágua no solo era de tal ordem, que acabou por inundar o local de descolagem e aterragem, isso conforme as imagens anexas.

 

MASERATI APOIA O GOLF EM PONTE DE LIMA

MASERATI APOIA GOLF EM PONTE DE LIMA

 

A marca italiana que está a reconquistar a sua posição no merdado nacional, já com quase duas dezenas de viaturas matriculadas, na sua acção de divulgação, começou a apoiar o golf de Ponte de Limas1-santabarbara Copymaseratiportugal2 Copymaseratiportugalapostagolfe-pontelima Copymaseratiportugal2 Copymaseratiportugalapostagolfe-pontelima Copymaseratiportugalgolf1 Copy_Copyma, onde no passado fim de semana teve em exposição alguns dos seus modelos.

 

AVILA VENCE PROVA DE TCR

 

Ávila vence prova de abertura do
TCR Asia Series
Rodolfo Ávila voltou novamente a deixar a sua marca no automobilismo asiático,
tornando-se o primeiro piloto a vencer uma corrida do recém-criado campeonato de
carros de turismo TCR Asia Series. O piloto português de Macau partiu este sábado da
pole-position e ao fim de dez voltas viu a bandeira axadrezada na primeira posição.
Ávila levou à vitória o SEAT Léon TCR da equipa Asia Racing Team, sendo que a
estrutura da RAEM obteve uma excelente dobradinha, pois o veterano francês Philippe
Descombes terminou na segunda posição.
“Este foi um convite de última hora. Fico bastante satisfeito por ser o
primeiro piloto a vencer uma corrida do TCR na Ásia. Este é um conceito
muito interessante e o campeonato vai com certeza ganhar importância no
continente asiático. Esta foi a minha primeira corrida num carro de turismos
e não podia ter corrido melhor”, afirmou Ávila que tinha conquistado a poleposition
na manhã de sábado.
Engane-se aquele que pensar que Ávila teve vida fácil. O piloto português de Macau,
que ontem não participou nos treinos-livres, fez também a volta mais rápida do dia,
no entanto, teve que realizar uma corrida detrás para a frente após uma largada
menos conseguida.
“A minha partida não foi a mais feliz, pois deixei o carro patinar. Depois como
vi que perdi várias posições nos primeiros metros e tinha vários carros à
minha volta, encarei a primeira curva com muita cautela e isso custou-me
uma série de posições”, explicou Ávila “O carro estava bom e eu sabia que era
possível recuperar sem entrar em exageros. O SEAT é bastante agressivo
para os pneus da frente e assim que cheguei à primeira posição, à passagem
da terceira volta, optei por controlar. A maior dificuldade foram mesmo as
altas temperaturas dentro do cockpit que tornaram esta corrida
particularmente difícil.”
Amanhã Ávila não irá disputar as duas outras corridas da ronda inaugural do TCR Asia
Series, concentrando-se a 100% na sua participação na Taça Porsche Carrera Ásia
pelo Team Jebsen.
A primeira edição o TCR Asia Series é composta por quatro eventos. Depois da
Malásia, os concorrentes vão ainda correr a Singapura, visitam Buriram e alinham no
Grande Prémio de Macau junto com os participantes da Corrida da Guia.RA1 CopyRA2 Copy

 

BAIÃO RALLY TEAM RECUSA-SE A ALINHAR

 

Baião Rally Team diz NÃO ao Rali de Gondomar

 

DPI44709 Copy
A equipa Baião Rally Team não irá participar na penúltima jornada pontuável para o
Campeonato FPAK de Ralis Norte 2015!
“Já não é a primeira vez que me manifesto contra a presença das viaturas da categoria R5,
S2000 e/ou outras que competem no Campeonato Nacional de Ralis, por considerar que a
participação das mesmas falseia a verdade desportiva dos ‘Regionais’, pelo menos nos
moldes actuais.” começou por declarar Vítor Pascoal. ‘
“Mesmo não pontuando nem retirando pontos aos concorrentes que se inscreveram e que
tornam possível a viabilização destes campeonatos, é lamentável que alguns Clubes
Organizadores nos continuem a ‘arrumar para o lado’ à primeira oportunidade que lhes
surja, tal como acontecerá com a próxima edição do rali que o Gondomar Automóvel Sport
agendou para a semana anterior ao Rali de Mortágua com o firme intuito de permitir a
presença das referidas viaturas à sua prova, esquecendo-se assim da nossa existência!
“O meu protesto não é nada de novo e tudo seria diferente se essas viaturas participassem
nos mesmos moldes de antigamente, ou seja, incluídos em prova ‘extra’ que saía para a
estrada após o último concorrente dos ‘regionais’, mas infelizmente não é isso que
actualmente se verifica.
“Por outro lado, não consigo entender a razão pela qual estamos quase quatro meses sem
nenhuma prova e agora temos dois ralis separados por apenas quinze dias e logo um em
asfalto e outro em terra, num campeonato que tem apenas seis provas num ano. Acho que
já é tempo da actual direção da FPAK rever os regulamentos e alterá-los, para que este tipo
de situações não se mantenham no futuro.
“A equipa Baião Rally Team está aqui para competir e dar o máximo de retorno aos nossos
patrocinadores, mas numa situação como esta nem com a vitória conseguiríamos ter a
visibilidade a que teríamos direito, razão pela qual devemos então dizer NÃO à
participação a esta e a todas as provas que nos queiram ‘obrigar

 

JET SKI NO BRASIL

 

28º BRASILEIRO DE JET SKI: ETAPAS

DECISIVAS COMEÇAM NESTE SÁBADO

O evento será realizado até segunda-feira, a partir das 11 horas, na Represa Billings, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo.

 

 Começam neste sábado e prosseguem até segunda-feira (feriado nacional), as emoções da segunda e terceira etapas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski. A disputas terão início diariamente às 11 horas, na Represa Billings, no Tahiti Náutica Club, em Ribeirão Pires na Grande São Paulo. Além do título nacional, a competição também definirá os pilotos com direito a disputar o Campeonato Mundial, de 3 a 11 de outubro, em Lake Havasu, no Arizona (EUA).

Para estas finais do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski estão sendo esperados pilotos dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia, Rio Grande do Sul, Goiás, Distrito Federal, além de convidados do Uruguai, Bolívia e Paraguai. A organização montou uma completa infraestrutura para oferecer conforto e segurança ao público e pilotos. A entrada é gratuita.

Um dos destaques dessas finais, será a briga pelo título da categoria Runabout GP Turbo, considerada a Fórmula 1 da modalidade. A liderança pertence ao paulistano Valdir Brito Júnior, que soma 18 pontos, dois a mais que o boliviano Antonio Claros. Na etapa de Boa Esperança (MG), o piloto de São Paulo venceu uma bateria e ficou em segundo na outra. Está otimista para essas finais e confia no bom rendimento de seu equipamento.

Claros, que soma nove títulos brasileiros, sendo dois apenas nessa categoria, estava parado há um ano e meio. Entretanto, na sua volta em Minas Gerais, mostrou que continua um dos favoritos na modalidade. Obteve um terceiro lugar na primeira bateria e venceu a segunda. Acredita que agora em melhor forma poderá render mais e tentar o décimo título brasileiro.

Na terceira colocação e forte concorrente, está Umberto Brito, irmão de Júnior. Soma 14 pontos, depois de um segundo e um terceiros lugares na estreia. É um piloto experiente, que anda forte e na temporada passada terminou em terceiro lugar no Campeonato Mundial.  É sério candidato aos títulos na Runabout Limited Turbo e Super Course Limited Turbo, em que lidera, além da segunda posição na Super Course GP Turbo.

Os pilotos da Bahia também estão entre os destaques das etapas decisivas do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski. Bruno Serravale, de Salvador, estreou em Boa Esperança e venceu na abertura, na categoria Super Course GP Turbo. Promete andar forte para tentar chegar ao título. Cristiano Magarão, também da capital baiana, conta com vários títulos na categoria Freestyle (manobras livres), agora disputa baterias do circuito fechado e está em segundo lugar na Super Course Limited Turbo.

Os representantes do Rio Grande do Sul estão bem posicionados e são sérios candidatos para subirem ao pódio. Fillipe Seibel, de Canoas, é líder na Runabout Limited Aspirado, Super Course Limited Aspirado e Super Course GP Aspirado. Seu conterrâneo, Fabiano Silva, que já conta com cinco títulos brasileiros no currículo, ocupa a primeira posição na Runabout Pro Aspirado Stock e Super Course Pro Stock Aspirado.

A categoria Runabout GP Aspirado promete uma briga entre gaúchos para conquista do título. O líder é Marcos Antonio Régis, de Porto Alegre, que venceu as duas baterias em Boa Esperança. Na segunda posição está Fillipe Seibel, seguido por Fabiano Silva. Outro gaúcho com boas chances é Israel Pereira, de Guaíba, campeão em 2014 na Super Course GP Turbo e atualmente está na terceira colocação na classificação geral. Mesma posição que ocupa na Super Course Limited Turbo.

O catarinense Ibanez Zanette, de Criciúma, terceiro colocado na Runabout Limited Turbo, espera melhorar a performance nas largadas das baterias, para conseguir brigar pelas primeiras colocações. A equipe trabalhou no equipamento e o piloto está confiante. Também compete na Runabout GP Turbo e está em quinto lugar.

O goiano Davi Prado, 15 anos, mais jovem entre os pilotos participantes do 28º Campeonato Brasileiro de Jet Ski, pode terminar a temporada com duas conquistas. Lidera nas categorias Ski Aspirado GP e Freestyle Pro. Apesar da pouca idade, o piloto de Goiânia soma inúmeros títulos no currículo, inclusive mundial.

A segunda e terceira etapas do 28º CAMPEONATO BRASILEIRO DE JET SKI GRAND PRIX 2015 é uma realização da BJSA ? ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE JET SKI, com homologação da IJSBA ? INTERNATIONAL JET SPORTS BOATING ASSOCIATION. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Patrocí­nio ? TAHITI NÁUTICA CLUB. Apoio oficial: PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO PIRES, SPETO IMPORT, YAMAHA DO BRASIL, NATURAL RACING, FLY X, GLOBOJET, RADICAL PEÇAS, REVISTA BOAT SHOPPING, www.photojetski.com.br, FULLPOWER ENERGY, TOALHAS SÃO CARLOS, COPTERCAM, CASARINI e LogiGO. O evento conta com a supervisão da MARINHA DO BRASIL e CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO, além da Polí­cia Militar do Estado de São Paulo.


david prado_4_Copy
 

IRMÃOS JORDÃO VENCERAM EM PORTIMÃO

 

Irmãos Jordão impõem-se no primeiro confronto

 

Classic Super Stock anima Super Racing Series em Portimão

 

A animação em pista no Autódromo Internacional do Algarve começou bem cedo com a primeira corrida de Classic Super Stock, competição com uma grelha de partida muito variada em que os Ford Escort RS2000 estiveram em destaque. Os irmão Gonçalo e Henrique Jordão foram os vencedores.

 

A dupla do carro número 520 já tinha assegurado a pole-position na véspera. Acrescentou consistência à rapidez evidenciada e alcançou o triunfo à frente do BMW 2002 de Carlos Fernandes e do Ford Escort RS2000 de Filipe Martins e João Diogo Lopes.

 

“O arranque não correu muito bem e caí para terceiro. Entretanto mantive-me nessa posição até recuperar a liderança, no final da segunda volta”, explicou Gonçalo Jordão.  Depois da troca de pilotos, Henrique Jordão manteve o primeiro lugar, consolidou a posição e geriu até ao fim. “O objectivo para a corrida de amanhã é ter uma fotocópia da de hoje”, sublinhou o piloto.

 

Na segunda posição, Carlos Fernandes ficou muito satisfeito com o resultado. “Correu bem dentro das limitações do carro. Sabia que só ao início ia andar com os Escort”, disse o piloto que conseguiu prolongar o confronto com os dois Ford até ao fim e superar um deles. “O carro está equilibrado para este circuito. Se conseguir repetir o resultado amanhã será bom”, esclareceu.

 

Filipe Martins e João Diogo Lopes estrearam um Ford Escort RS2000 “feito de raiz pela equipa”, contou Lopes, e completaram esta primeira corrida no último lugar do pódio. “A estreia correu muito bem. O carro teve alguns problemas de juventude, com temperaturas altas e a caixa que ainda arranha um bocado. Andámos longe do limite, mas o objectivo era chegar ao fim e isso foi conseguido”, explicou João Diogo Lopes.

 

Para além do destaque natural para o pódio absoluto, nota para os resultados nas diversas categorias. Numa competição com carros tão distintos,  e com o triunfo dos irmãos Jordão em E4, Luís Sousa Ribeiro impôs-se em F4 com o Jaguar XJS enquanto Rafael Cerveira Pinto e Carlos Pedro subiram ao lugar mais alto do pódio na categoria D4 com o Volkswagen Golf GTI.

 

Símplicio Pinto e Marco Pinto foram os mais fortes com o BMW 2002 em E2 e Veiga Lopes, em Ford Escort 1300 GT, venceu na classe C3. Por fim, Alexandre Leal terminou em primeiro na categoria C2 com um Datsun 1200.

 

Entre os que não terminaram a corrida, Manuel Cabral e Ricardo Pereira tiveram de parar mais cedo devido a uma avaria na bomba de gasolina do Datsun 260Z e Madalena Gaspar e Vítor Sampaio optaram por poupar o motor a um desgaste que os impeça de competir amanhã.

 

Esta jornada da Classic Super Stock termina com a segunda corrida que se realiza amanhã às 18h05.02 CSScorrida1_Copy

 

TRES ESTREIAS MUNDIAIS EM FRANKFURT

FRANKFURT 2015: TRÊS ESTREIAS MUNDIAIS PARA A MARCA DS


 

A marca DS criará o acontecimento no Salão Automóvel de Frankfurt ao apresentar três novidades em estreia mundial: o Novo DS 4 & DS 4 Crossback, o DSV-01 e uma enorme surpresa que será revelada na terça-feira, dia 15 de Setembro, pelas 15h00, durante a Conferência de Imprensa da Marca, naquele que é um dos principais acontecimentos mundiais do sector automóvel.

 

 

Num cenário repleto de elegância, de savoir-faire francês, de tecnologias e de vanguardismo, a Marca DS estará presente na 66ª edição do Salão Automóvel Internacional de Frankfurt. Nesta ocasião, apresentará em estreia mundial os Novos DS 4 & DS 4 Crossback, o DSV-01 – a sua viatura de competição 100 % eléctrica da Fórmula E – e um show-car que será revelado na terça-feira, dia 15 de Setembro, pelas 15h00.

 

NOVO DS 4 & DS 4 CROSSBACK, UM MODELO, DUAS SILHUETAS

Objecto único aquando do seu lançamento em 2011, que lhe valeu os prestigiosos títulos de «Most Beautiful Car of the Year» e «Most Beautiful Interior» do Festival International Automobile, o DS 4 optou por continuar um objecto único, com duas versões diferenciadas e complementares: o Novo DS 4, uma berlina premium, dinâmica e requintada, e o DS 4 Crossback, que se apresenta sob a forma de um aventureiro chique, graças à distância ao solo mais elevada 30 mm, às suas grandes rodas negras e aos elementos da carroçaria específicos, mais robustos (embelezadores das passagens de rodas, defletores e barras no tejadilho).

 

Os Novos DS 4 e DS 4 Crossback encarnam perfeitamente o espírito dos automóveis DS:

  • uma identidade forte sublinhada pela sua nova face dianteira (grelha DS Wings saída directamente do concept car Numéro 9, e os novos projectores DS LED VISION),
  • tecnologias de última geração com a sua oferta de conectividade DS CONNECT, incluindo o protocolo CarPlay®, lançado para os Novos DS 4 e DS 4 Crossback,
  • motorizações performantes com potências até aos 210 cv e emitindo entre 97 g/km e 138 g/km de CO2,
  • e, finalmente, requinte, com o painel de bordo e os painéis das portas revestidos a couro nappa, e a confecção dos bancos tipo bracelet em couro semi-anilina, que constituem outras tantas exclusividades da Marca DS.

 

Com o Novo DS 4 e DS 4 Crossback, a Marca DS lança-se à ofensiva no segmento dos modelos compactos premium.

 

Novo DS 4: requintado e único pela sua personalização, o seu estilo e a sua dinâmica

O Novo DS 4 oferece uma morfologia única, linhas fluidas, esculpidas e elegantes, nomeadamente com assinaturas cromadas na carroçaria (grelha e pára-choques dianteiro e traseiro, frisos laterais, contorno dos vidros…). Com um chassis mais firme, reforçado pelas grandes rodas e um estilo excepcional, este Novo DS 4 possui todos os atributos de uma berlina premium e promete todas as sensações e prazer de condução.

Símbolo de todos os DS, a personalização. Já presente no DS 3, é agora mais ampla no Novo DS 4. Com uma escolha de 4 cores dos tejadilhos e dos deflectores (negro perla nera, whisper, azul virtuel, laranja tourmaline) e a possibilidade de combinar com os elementos associados: retrovisores e tampas das rodas, o Novo DS 4 inaugura a sua própria visão do bi-tom. À partida, são nada menos que 38 combinações possíveis, entre as cores do tejadilho e as cores de carroçaria propostas (4 novas cores: azul Encre, laranja Tourmaline, cinzento Artense e vermelho Rubis). Graças a esta oferta única para o segmento das berlinas compactas, o cliente pode assim criar a sua própria viatura e adaptá-la à sua personalidade e ao seu estilo.  

 

DS 4 Crossback: alma de aventureiro chique, polivalente e expressivo

Polivalente pela sua concepção e pelo seu design, o DS 4 Crossback é concebido para os clientes que procuram uma promessa de aventura, urbana e extra-urbana. Esta viatura afirma o seu estatuto de aventureiro chique através de elementos estilísticos fortes: distância ao solo aumentada em 30 mm, grandes rodas negras, embelezadores dos guarda-lamas, face dianteira e defletores negros, barras de tejadilho específicas cinzentas, visibilidade para cima graças ao pára-brisas panorâmico (45°), retrovisores exteriores negros, estribos das portas e tapetes específicos. Com as suas cores alegres e expressivas (laranja Tourmaline), o DS 4 Crossback abre uma alternativa única às berlinas clássicas do segmento.

 

Com o Novo DS 4 e DS 4 Crossback, a DS ultrapassa uma nova etapa em matéria de conectividade

Grande novidade, o Novo DS 4 e DS 4 Crossback são os primeiros DS (e as primeiras viaturas do Grupo PSA) a integrar o protocolo CarPlay®, compatível com os mais recentes aparelhos Apple iPhone.

 

Graças ao novo ecrã táctil de 7” a cores e às últimas inovações do Grupo PSA no domínio da IHM (Interface Homme-Machine), a experiência de conduzir o Novo DS 4 e DS 4 Crossback é cada vez mais high tech. Este ecrã de última geração oferece um acesso fácil a todas as funcionalidades da viatura e permite, sobretudo, a prestação New Mirror Screen, que é como quem diz a duplicação do smartphone (Android e IOS) no ecrã do painel de bordo. Desde logo, o cliente pode desfrutar a qualquer momento de muitas das suas aplicações e isto com toda a segurança. A título de exemplo, o DS propõe a escrita de SMS por reconhecimento vocal.

 

DSV-01, O FÓRMULA E DA EQUIPA DS VIRGIN RACING

É no Salão Automóvel Internacional de Frankfurt que o DSV-01, o Fórmula E da equipa DS Virgin Racing, fará a sua primeira saída oficial, antes de se apresentar à partida da próxima temporada do Campeonato do Mundo de Fórmula E, em Pequim, no dia 17 de Outubro de 2015.

 

Monolugar 100 % eléctrico, o DSV-01 nasceu da parceria entre a Virgin Racing, equipa inscrita no Campeonato do Mundo de Fórmula E, e a DS. Para o efeito, a Marca criou a DS Performance, o departamento de desporto automóvel, dirigido por Yves Matton. Em actividade há algumas semanas, os engenheiros da DS Performance já desenvolveram o conjunto do grupo motopropulsor GMP (motor eléctrico/caixa de velocidades/sistema de controlo) do DSV-01. Conceberam, igualmente, o seu sistema de arrefecimento, a suspensão traseira e a transmissão. Quanto ao sistema de gestão do motor, foi afinado em colaboração com a Magnetti Marelli. Mais que um simples laboratório de Pesquisa & Desenvolvimento, a DS Performance representa a vitrina do savoir-faire tecnológico e do espírito vanguardista da Marca DS.

 

A DS Performance acompanhará a equipa DS Virgin Racing ao longo de toda a temporada, para que os seus pilotos, Sam Bird e Jean-Eric Vergne, possam retirar a quintessência dos seus carros de competição.  

NOVO1 CopyNOVO2 CopyNOVO3 CopyNOVO4 Copy

 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

Trinta e um escritos para as 6 Horas COTA do WEC. E sem grandes novidades, a não ser o regresso do agora Lada WTCC, Nico Lapierre, ao volante do Oreca 05 da KCMG, substituindo Nick Tandy. Quanto ao resto, basicamente mais do mesmo, sempre com Pedro Lamy e Rui Águas a defenderem as cores nacionais. 
Novidade, novidade é a transmissão total da prova no Eurosport Internacional, entre as 22h50 de sábado e as 6h15 de Domingo.

 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

Parece que o São Pedro japonês quer alinhar na festa de Motegi. O WTCC vai para a pista das curvas de 90 e 180 graus para duas corridas de estreia com 13 voltas cada.

 

NOVO RANGE ROVER SENTINEL

 

APRESENTAÇÃO DO NOVO RANGE ROVER SENTINEL:

UM BASTIÃO DE LUXO SOBRE RODAS

 

RR Sentinel_exterior_1_CopyRR Sentinel_exterior_2_CopyRR Sentinel_exterior_3_CopyRR Sentinel_exterior_5_Copy

 

•     O Range Rover Sentinel é o primeiro Land Rover blindado totalmente desenhado pela Special Vehicle Operations (SVO).

•     Recria o luxuoso Range Rover Autobiography.

•     Mantém o enorme leque de características e opções da Land Rover sem descurar o luxo e o desempenho.

•     A certificação de nível VR8 destaca a sua fantástica resistência balística e protecção contra explosões.

•     A sua primeira aparição pública terá lugar na Feira Internacional de Equipamento de Defesa e Segurança (DSEI), a realizar entre 15 e 18 de Setembro no centro de exposições ExCel de Londres (Reino Unido).

•     Já se encontra à venda por menos de 400 mil euros (isento de impostos).

 

O novo Range Rover Sentinel é o primeiro veículo blindado de luxo a ser totalmente desenhado pela Special Vehicle Operations (SVO) da Land Rover e fabricado nas instalações de Oxford Road. Oferece os níveis máximos de protecção de um SUV contra vários tipos de ataque.

O Sentinel recria a distância padrão entre eixos do Range Rover Autobiography. Apresenta uma comodidade sem par; oferece uma posição elevada de condução e possui a capacidade todo-o-terreno do Range Rover, ao mesmo tempo que proporciona toda a comodidade e proteção dos seus ocupantes sem que seja visível qualquer diferença exterior em relação ao modelo padrão.

Este bastião móvel foi desenhado para resistir às ameaças mais devastadoras de que possa ser alvo, incluindo a perfuração de balas incendiárias de calibre 7.62 mm com capacidade para perfurar veículos blindados que circulam a grande velocidade. Este veículo extraordinário oferece uma proteção lateral contra explosões até 15 kg de trinitrotolueno (TNT) e explosões de granadas DM51 que deflagrem por baixo do veículo ou no tejadilho do mesmo.

A essência do veículo é o seu habitáculo de 6 lugares que foi especialmente concebido em aço ultrarresistente oferecendo uma primeira linha de defesa contra possíveis ataques. Os vidros normais foram substituídos por vidros escurecidos blindados com várias camadas de proteção que proporcionam uma visibilidade excelente ao condutor e passageiros enquanto protegem os mesmo contra disparos exteriores.

O Range Rover Sentinel possui a certificação padrão VR8 contra ameaças balísticas emitida pela QinetiQ®, uma entidade independente que, durante algum tempo, fez parte da Agência de Investigação para a Defesa (Defence Establishment Research Agency) do Governo britânico.

Segundo John Edwards, Managing Director da Special Operations da Jaguar Land Rover: “O Range Rover Sentinel é um dos veículos Range Rover mais impressionantes que já foi fabricado. Os técnicos da Special Vehicles Operations conceberam este modelo para oferecer os mais elevados níveis de protecção no seu segmento contra ataques extremos, conservando o luxo, o requinte e as características todo-o-terreno do Range Rover.”

O Sentinel conserva o amplo espaço concebido para as pernas do modelo padrão, o que permite sentar comodamente dois adultos na parte traseira. No interior do Sentinel é possível transportar uma carga máxima de 650 Kg graças aos sistemas Dynamic Stability Control e Ride Stability Control, cujas características foram aperfeiçoadas. O condutor continua a tirar o máximo proveito da posição elevada de condução, característica de todos os veículos Range Rover, o que lhe permite ter uma visão periférica perfeita e sem obstáculos, algo especialmente útil em caso de ataque.

A suspensão foi aperfeiçoada para assegurar a comodidade de condução e manobrabilidade do veículo, apanágios da Range Rover, mantendo uma dinâmica precisa em estrada permitindo a fuga dos passageiros em caso de ataque.

O Sentinel foi sujeito às mesmas provas levadas a cabo nos modelos padrão e conta igualmente com a excepcional característica todo-o-terreno que tornou famosa a marca Land Rover.

O veículo possui um tubo de escape impossível de manipular, um depósito de combustível com fecho automático, uma bateria auxiliar de segurança e um sistema de carregamento dividido. A abertura de 100 mm na janela do condutor para a entrega de documentos garante a segurança do veículo. O espaço de carga encontra-se protegido com um vidro à prova de impactos, o que contribui para a invulnerabilidade do habitáculo.

Caso seja necessário fugir a grande velocidade, os pneus antifuros (incorporados nas jantes de liga leve de 20” com raios duplos) permitem conduzir o veículo mesmo com os pneus sem ar. Por muito violento que seja o ataque, este sistema faz que o Range Rover Sentinel possa utilizar o notável rendimento do seu motor a gasolina 3.0 V6 sobrealimentado aliado a uma caixa automática ZF de oito velocidades, especialmente calibrada para este modelo. Além do mais, os travões dianteiros e traseiros de disco ventilado de 380 mmm e 365 mm, respectivamente, (todos com pastilhas de alta densidade), garantem uma enorme potência de travagem em caso de necessidade.

Na pior das situações, caso as portas principais fiquem bloqueadas devido a um acidente ou ataque, os ocupantes podem abandonar o veículo utilizando o sistema de saída de emergência situado por trás dos bancos traseiros. Para além desta característica especial de segurança, o desenho básico permanece intacto e o Range Rover Sentinel conserva a elegante porta da bagageira dos modelos de série.

O veículo pode ser equipado com elementos opcionais de proteção, de onde se destaca o sistema de extinção de incêndios, debaixo do piso e do capot, um sistema de alarmes personalizado, luzes de alarme colocadas do painel de instrumentos e um sistema de altavoz para comunicar com o exterior permanecendo em segurança no interior do veículo.

A capacidade e a proteção oferecidas pelo Range Rover Sentinel não podem ser comparadas a outros modelos-cópia. Por fora é discreto e quase idêntico ao veículo que lhe serviu de base, se bem que a sua aparência possa dar algumas pistas do que é possível encontrar no seu interior.

Os condutores terão igualmente à sua disposição um complexo programa de formação que permitirá tirar o máximo proveito do veículo nas situações mais adversas.

O Range Rover Sentinel conta com a enorme segurança oferecida pela sua blindagem e sistemas de proteção dos ocupantes, mas não deixa de ser um verdadeiro Range Rover. Oferece os mesmos níveis extraordinários no que toca ao luxo, manobrabilidade e comodidade do Range Rover Autobiography. Os compradores têm à sua disposição um vasto leque de cores exteriores, bem como interiores em Ebony, Ivory ou Dark Cherry com revestimentos opcionais em pele. Além disso, é possível solicitar outras opções de personalização.

As características de série do Range Rover, como é o caso do sistema de controlo de ângulo morto, sensor de aproximação de veículos e o sistema de câmaras periféricas com visualização de cruzamentos adaptam-se na perfeição às finalidades deste Range Rover tão especial.

O Range Rover Sentinel está homologado na União Europeia e pode ser adquirido no Reino Unido, Europa, África do Sul, África e Médio Oriente com uma certificação de nível VR8.

Os pedidos para aquisição do Range Rover Sentinel podem ser formulados a partir do início de setembro de 2015. A título informativo, será possível adquirir este veículo por menos de 400 mil euros, com uma garantia de três anos e 80 mil km. O serviço adicional pós-venda inclui visitas anuais programadas por parte de um técnico especializado. Os clientes que pretendam mais informações deverão aceder a http://www.landrover.co.uk/fleet-and-business/specialist-sales.html.

A apresentação mundial do Sentinel terá lugar na Feira Internacional de Equipamento de Defesa e Segurança a realizar entre os dias 15 e 18 de setembro no centro de exposições Excel de Londres.

 

Sobre a Land Rover

- Desde 1948 que a Land Rover fabrica veículos 4x4 que representam uma ampla gama de capacidades e possibilidades em todos os veículos. Defender, Discovery, Discovery Sport, Range Rover Evoque, Range Rover Sport e Range Rover definem cada um dos diferentes setores do mundo 4x4. Atualmente, com uma exportação de cerca de 80%, os produtos Land Rover são vendidos em mais de 170 países.

- A equipa Special Vehicle Operations da Jaguar Land Rover, integrada no departamento de Special Operations, é responsável por criar uma gama de modelos de produção de alto rendimento, tanto para a Jaguar como para a Land Rover. Dedica-se ainda ao desenvolvimento de produtos para a personalização de veículos e modelos premium de edição limitada para ambas as marcas.

 

CITROEN NO RALI DA AUSTRÁLIA

 

COATES HIRE RALLY AUSTRALIA – 10 a 13/09/2015 (Antevisão)
O PACÍFICO À ESPERA DOS DS 3 WRC


• Mudança de piso no Campeonato do Mundo de
Ralis: entre duas provas em asfalto, o Citroën
Total Abu Dhabi World Rally Team chega à terra
australiana.
• Dois DS 3 WRC inscritos para Mads Østberg/
Jonas Andersson e Kris Meeke/Paul Nagle.
• A 17.000 km de distância de Versalhes, a Citroën
Total Abu Dhabi World Rally Team parte em
busca de pontos importantes.


A meio de uma campanha na Europa iniciada já há muito tempo e depois duas passagens pelo continente
americano, o WRC prepara-se para a mais longa viagem do calendário de 2015. Do outro lado do Mundo, a
Oceânia está pronta a acolher os DS 3 WRC.
Organizado do lado do Pacífico, a meio caminho entre Sydney e Brisbane, o Rali da Austrália está instalado em
Coffs Harbour desde 2011. Muito distante da antiga base de Perth, quer em distância, quer em carácter, esta
nova prova apresenta uma identidade muito diferente.
Sem ser tão definido com outras provas, o estilo do Rali da Austrália esconde uma enormidade de características.
Para lá do pó que cobre as estradas, as pequenas bossas – que, por vezes, fazem lembrar os denominados whoops
de uma pista de motocrosse! – juntam-se-lhe uma certa verticalidade que é preciso considerar quando se escolhem
as afinações dos carros.
Competitivos aqui na época passada, os DS 3 WRC vão aproveitar as homologações que se introduziram em
2015 e a experiência adquirida nas anteriores edições para evoluir ainda mais. Estas evoluções significam uma
vantagem concreta, nomeadamente durante o segundo dia. No Sábado, as equipas deverão percorrer por duas
vezes a muito longa Especial de Nambucca (50,80 km), bem como Valla II (7,94 km), feita de noite, em que será
a condução a fazer a diferença.

Quarto classificado no Campeonato do Mundo de Ralis com quatro pódios na terra, Østberg vem de uma série de
12 vezes consecutivas no top 10, iniciada no Rali da Austrália de 2014. O norueguês chegará a Coffs Harbour
com a ambição de se bater pelos lugares da frente.
Líder na temporada passada, Kris Meeke já mostrou o seu potencial nas estradas da Nova Gales do Sul.
Competitivo em 2013 e em 2014 com o DS 3 WRC, o britânico – actualmente 7º no Mundial de Pilotos – será
também candidato a um bom resultado.
No quadro do programa colocado em prática este ano para acompanhar a aprendizagem de Stéphane Lefebvre e a
sua progressão rumo ao mais alto nível, o jovem piloto francês participará nos reconhecimentos do Rali da Austrália.
Com o seu navegador Stéphane Prévot, ambos estarão de regresso à competição no Tour de Corse, a bordo de
um DS 3 WRC.
O QUE ELES DISSERAM
Yves Matton (Director da Citroën Racing): «O objectivo é marcar muitos pontos nesta longínqua deslocação à
Austrália. As nossas duas equipas conservam a liberdade de elaborar e de gerir a sua própria estratégia de corrida.
O Mads e o Kris estão motivados, estão perfeitamente conscientes de que têm em mãos trunfos reais e que estão
reunidas todas as condições para lhes permitirem assinar bons resultados. Nesta altura da temporada, é importante
marcar pontos, tanto para a Citroën Total Abu Dhabi World Rally team, como para os nossos dois pilotos.»
Mads Østberg: «Sinto-me feliz por reencontrar as estradas de terra australianas. É um terreno único, com um
carácter muito particular. O desenho das especiais muda muitas vezes e de uma forma muito radical. Não é raro
passar de estradas muito largas, o que é pouco habitual no WRC, para caminhos bem mais estreitos. Há também
uma enorme quantidade de pequenas bossas, que é necessário avaliar bem durante os reconhecimentos, para
depois não perdermos o ritmo. Preparei-me muito bem para esta prova e estou desejoso de jogar os meus trunfos.
Já mostrei a minha velocidade na Austrália, mas este é o único rali do calendário em que nunca consegui até agora
um bom resultado. Por isso, o objectivo é progredir em relação aos anos anteriores e bater-me por um lugar no
pódio.»
Kris Meeke: «Tenho boas recordações das minhas duas anteriores participações no Rali da Austrália com o DS 3
WRC. Em 2013 e em 2014, fui competitivo e estive na luta por um lugar no pódio no ano passado. Nesta
edição, o itinerário está um pouco modificado. Mas as novas especiais prometem ser magníficas e com muito
ritmo. Geralmente, as estradas são muito interessantes, mesmo se as passagens pelas florestas, com os seus raios
de sol a passarem através das árvores, podem ser particularmente técnicas. Se o tempo permanecer seco, a minha
posição à partida poderá ser uma vantagem. A ideia não é partir logo ao ataque. Devo sobretudo manter o ritmo
definido nos últimos ralis e tentar evitar o mínimo erro. Contando ainda com a minha posição à partida nos dois
primeiros dias, isso deverá permitir-nos fazer um bom resultado.»

CABEÇA PARA BAIXO E AS RODAS NA TERRA!

131 OSTBERG_DEUTSCHLAND_2015_Copy157 MEEKE_DEUTSCHLAND_2015_Copy
A 17.000 km de Versalhes e com nove horas de diferença horária para com Portugal, os DS 3 WRC vão ao
encontro de um percurso já largamente conhecido. Apenas o início da prova terá novidades. Três troços inéditos
vão aparecer na região de Nambucca, notada nos anos anteriores pela beleza das suas estradas.
Após dois dias de reconhecimentos, as equipas terão encontro marcado no Shakedown de Olgas Road (4,98 km)
na quinta-feira a partir das 08h00, para três passagens obrigatórias. Uma cerimónia de partida terá lugar no centro
da cidade de Coffs Harbour, a partir das 16h00.
A verdadeira partida do rali será dada na manhã de sexta-feira, pelas 07h00. Os pilotos far-se-ão à estrada pela
ordem da classificação do Campeonato, a caminho de novas especiais. Com Utungun (7,88 km), Bakers Creek
(16,75 km) e Northbank (29,51 km), este começo será uma descoberta para todos, antes de Newry Long (29,51
km) e o seu traçado, recuperado em parte das duas anteriores edições. Após uma Assistência pelas 12h12, os
pilotos irão percorrer uma segunda vez os mesmos troços. Regressam a Coffs Harbour a partir das 17h19.
O programa de sábado tem apenas quatro classificativas, mas com as duas passagens por Nambucca (50,80 km),
o dia será ainda assim muito carregado. A partida faz-se às 08h40 rumo à mais longa classificativa da prova, antes
de passar por Valla (7,94 km), especial que será transmitida em directo pela televisão. Ao final do dia há uma
segunda passagem por Valla que será já disputada de noite. Duas paragens na Assistência constam do programa,
pelas 13h28 e 19h30.
No domingo, as equipas prioritárias partirão pela ordem inversa da classificação do rali nessa altura. No menu
estarão cinco especiais: Bucca Long (21,95 km), Wedding Bells (9,23 km) e Settles Rd (6,40 km) antes de uma
assistência de 30 minutos e depois uma segunda passagem por Bucca Long e Wedding Bells. Este último troço,
utilizado como Power Stage, será difundido pela televisão a partir das 13h08, hora local (04h08 em Portugal). A
chegada está prevista para Coffs Harbour, a partir das 15h00.
Nota: Horas na Austrália, mais 9 horas do que em Portugal

 

SUPER RACING WEEKEND EM PORTIMÃO

 

CNV 1ª corrida

Pedro Salvador (Norma M20FC) partia da pole-position, mas rapidamente Armando Parente (Tattus PY012) assumia a liderança da prova. Diferenças mínimas inferiores a um segundo separavam o homem da Nova Driver, do da Speedy Motorsport.

José Pedro Faria (Wolf GB08) rodava um pouco mais atrás, a cerca de dois segundos e era terceiro sem sofrer grandes pressões, tanto mais que o grupo da frente ficava amputado em um sério concorrente, quando o motor do Tattus PY012 de Miguel Barbosa e Ivo Nogueira se recusava a pegar.

Eugénio Montês (Lamborghini Huracan ST) subia à quarta posição da geral, era o primeiro GT e sofria a pressão que o líder dos C3, Paulo Sá Silva (Radical SR3) lhe impunha.

Francisco Mora (Seat Leon Cup Racer) rodava calmamente, com certeza a pedir mais concorrência nos TCR…

A atenção centra-se na frente da corrida. Com 15 minutos de prova a diferença entre os dois primeiros é duas décimas de segundo. Armando Parente recebe uma bandeira preta e branca por não respeitar os limites de pista, a mesma advertência que Faria e Montês já haviam recebido.

Com cerca de 20 minutos de prova, Pedro Salvador é obrigado a seguir para as boxes. Algo não está bem com o sistema eléctrico do Norma e fica parado para trocar os cachimbos das velas.

Regressa à pista, mas pouco depois rumava de novo para a box.

Pouca sorte também para Eugénio Montês. O Lamborghini saiu de pista na entrada da curva cinco, devido a um problema de suspensão e isso motivava a entrada do safety-car.

Retomada a prova e Armando Parente está frente, José Pedro Faria é segundo, muito perto, a uma décima de Parente.

Entretanto começam as trocas de pilotos, agora que o safety-car saiu.

Com as trocas, Francisco Abreu recebe os comandos do Tattus, das mãos de Parente e vai para a pista na frente da corrida.

Miguel Lobo roda na segunda posição, metendo-se numa luta que não é sua. Pouco depois Miguel Cristóvão aparece para repor a ordem natural das coisas e passa para a segunda posição, por troca com o líder dos C3, que se a corrida terminasse nesta altura ia ao pódium.

Francisco Mora faz a sua corrida com o TCR e tem lá mais para trás o Norma de Rafael Lobato, que entretanto tinha regressado à prova e rodava com oito voltas de atraso, certamente para testar as soluções encontradas na ida à box.

A bandeira xadrez é mostrada em primeiro ao Tattus de Francisco Abreu e Armando Parente, que vencem com mais de um minuto de vantagem sobre José Pedro Faria e Miguel Cristóvão, no Wolf.

Paulo Sá Silva e Miguel Lobo são os terceiros classificados e levam o Radical até ao terceiro posto da geral, vencendo o grupo C3 e sendo já os virtuais vencedores do campeoanto, nesta categoria.

Francisco Mora, que participou sozinho, é quarto da geral com o Seat Leon TCR, à frente de Pedro Salvador e Rafael Lobato e dos irmãos Eugénio e Sérgio Montês, que apesar da desistência serôdia, ainda venceram os GT´s, com o Lamborghini Huracan.

A próxima corrida é já amanhã, às 15.35 horas. 

Portimao NunOrganistA 25 Francisco Abreu e Armando Parente (Tattus PY012)

Portimao NunOrganistA 1b Armando Parente (Tattus PY012) na primeira posição; Pedro Salvador (Norma M20FC) em segundo 

Portimao NunOrganistA 21 Paulo Sá SIlva e Miguel Lobo (Radical SR3)

Dizem os vencedores

ARMANDO PARENTE

A prova correu bem. Na partida consegui saltar logo para primeiro, fiz um arranque muito bom. Depois já sabia que o Norma do Salvador e do Lobato ia estar muito forte e ele conseguiu apanhar-me. Tivemos ali uma guerra, durante um bom bocado, penso que foi uma luta animada e acho que toda a gente gostou. Eu diverti-me, o público divertiu-se e isso foi bom para todos.

Estou contente, o carro manteve-se muito constante ao longo do meu turno.Sabemos que temos uma boa base. Foi pena a luta com o Salvador e o Lobato ter acabado mais cedo mas penso que amanhã vai ser mais uma corrida divertida.

FRANCISCO ABREU

A prova correu muito bem. O Armando fez um excelente primeiro turno, onde conseguiu aguentar muito bem a pressão do Norma. Sabíamos que o Norma nas primeiras voltas ia ser difícil, mas o Armando conseguiu aguentar.

Na troca de pilotos, eles tiveram um azar... A mim só me cabia levar o carro até ao fim, tentar lutar pela melhor volta para ganhar aquele ponto extra, porque estamos em segundo e temos que ganhar todos os pontos possíveis para chegar à primeira posição. Coube-me  fazer a melhor volta e gerir a corrida até ao fim.

PAULO SÁ SILVA

Provamos que ganhamos na nossa classe e não foi só porque a concorrência não era muito forte; vencemos a nossa classe porque nós estávamos a andar bem, caso contrário não teríamos feito um terceiro à geral com um carro que tem performances muito inferiores aos CN. Portanto, estou muito feliz, ignoro o facto dos outros não terem aparecido, é decisão deles e vamo-nos concentrar nas classes que estão acima para evoluir e continuar a ir ao podium sempre que for possível.

MIGUEL LOBO

Correu bem, pelo menos para nós. Ficamos um bocado desiludidos por não termos o nosso adversário do CNV da Classe 3. No entanto, nas provas que disputamos, fomos claramente superiores e isso deixa-nos felies. Este podium à geral com um carro de categoria inferior é um bom motivo para festejarmos e deixa-nos naturalmente motivados para continuar e fazer um bom trabalho.

Portimao podium 

Challenge Desafio Único FEUP

João Batista e Gustavo Moura dominaram a prova. Partiram na frente e apenas não mantiveram esta posição, enquanto decorreram as trocas de pilotos. Os homens do Alfa-Romeo 156 ganharam paulatinamente uma vantagem que se fixou em cerca de 12 segundos no baixar da bandeira xadrez.

Luís Carneiro e Paulo Moreira foram os segundos classificados, após uma corrida difícil, em que tiveram que se debater com o proximidade de Joaquim Soares e Tiago Ribeiro, durante grande parte da prova e só mesmo para o fim conseguiram amealhar uma vantagem que deu o segundo posto à dupla Carneiro/Moreira.

Entre os concorrentes do Challenge Desafio Único FEUP2, que é como quem diz nos Fiat Punto, tudo foi animado até ao fim. Foi a custo e somente após uma corrida bastante trabalhosa, que deu a vitória a Tiago Vilela e Hugo Negrais. André Pinto e Jorge Setas lutaram até ao fim, mas seriam segundos, à frente de Raúl Delgado e Paulo Varge.

O Challenge Desafio Único FEUP encerra amanhã o programa das corridas, com a segunda prova marcada para as 18.45 horas. 

Portimao NunOrganistA 1a João Batista e Gustavo Moura (Alfa-Romeo 156)

Portmao NunOrganistA 2a Tiago Vilela e Hugo Negrais (Fiat Punto 85)

Fotos por Nuno Organista

 

PRESTAÇÃO POSITIVA PARA A VELOSO MOTORSPORT

 

Veloso Motorsport com prestação positiva no Algarve

 

A Veloso Motorsport teve uma passagem positiva pelo Autódromo Internacional do Algarve, apesar de alguns problemas terem afectado a prova de um dos dois carros, que a equipa fez alinhar na dupla jornada do Campeonato Nacional de Velocidade. 

Ao volante do Lamborghini Huracan LP620-2 da equipa da Póvoa do Lanhoso, estiveram Eugénio e Sérgio Montez, que fizeram a deslocação até ao Algarve com o intuito principal de ganhar ritmo, rodando com o espectacular carro italiano em condições de corrida, preparando a próxima prova do Lamborghini Super Trofeo 2015, competição internacional em que estão envolvidos.

Únicos inscritos na categoria reservada aos GT do CNV e por isso sem qualquer oposição de referência, os jovens pilotos começaram por rodar com rapidez e consistência demonstrando um bom nível competitivo. Na primeira corrida, disputada no Sábado e sem preocupações no que diz respeito a classificações, os dois irmãos cumpriam os objectivos delineados até que um problema com a suspensão do Huracan deitou tudo a perder, forçando a jovem dupla de pilotos ao abandono. Sem possibilidades de recuperação no local, este problema determinava o ponto final nesta passagem pelo circuito algarvio.

Temos de facto pena que as coisas tivessem terminado assim. Estávamos a cumprir o plano de trabalho delineado, mas aquele problema com um dos suportes de um amortecedor deitou tudo a perder. Foi mesmo azar até porque não havia qualquer sinal de tal poderia acontecer, nem tão pouco havia desgaste no material. São situações que não conseguimos prevenir, mas que acontecem. Estamos já focados na próxima prova do Super Trofeo em Nurburgring, onde esperamos estar ao nosso melhor nível.” Sintetizaram os irmãos Montez.  

Na grelha do CNV estava também um único carro da categoria TCR, o SEAT Leon Copa da Veloso Motorsport pilotado pelo jovem Francisco Mora Jr. Os objectivos desta participação centravam-se essencialmente em avaliar da competitividade deste tipo de carros no CNV, com vista a campeonatos futuros e ao mesmo tempo proporcionar a Mora Jr. uma maior adaptação a este tipo de carros, bem diferentes do GT3 que pilota no campeonato italiano da especialidade. Esta participação não visava qualquer perspectiva em termos de resultados desportivos e foi por isso muito positiva, deixando piloto e equipa técnica satisfeitos.

Gostei imenso de voltar a conduzir o SEAT Leon depois da primeira experiência nas TCR Series. É um carro muito agradável de pilotar, e é para mim uma experiência nova e muito diferente do Mercedes GT3 que utilizo este ano em Itália. Penso que estivemos a um bom nível durante todo o fim-de-semana, se bem que seja difícil de perceber a competitividade do carro, dada a ausência de concorrência directa. Penso que este é certamente o caminho a seguir para o futuro do CNV, são carros competitivos, fiáveis, divertidos de conduzir e sobretudo bem mais económicos em todos os aspectos do que os GT e os protótipos. Mantendo o mesmo regulamento em termos de duração de corridas, com os 50 minutos e dois pilotos, será muito mais fácil reunir muitos mais carros do que os competem actualmente, criando grelhas bem mais atractivas para o público e mais motivadoras para os próprios pilotos.VMS070915A CopyVMS070915 Copy

 

JOÃO LOPES QUER 4ª VICTÓRIA

 

Baja TT Idanha-a-Nova

Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno

11 e 12 de Setembro

João Lopes em busca da quarta vitória


No Desafio Polaris, Joana Lopes reforça participação da equipa JL Racing

 

Depois de dois meses de paragem as competições de todo-o-terreno estão de regresso e é já na próxima sexta-feira que arranca mais uma edição da Baja TT Idanha-a-Nova, onde a dupla João Lopes/Bruno Santos se apresenta como forte candidata à vitória. Aos comandos do Polaris RZR 1000 a formação inscrita pela equipa JL Racing/Firststop/Pneudirecto, disputa este fim-de-semana, na Beira Baixa, a penúltima etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2015. À partida para esta Baja TT Idanha-a-Nova o piloto de Torres Vedras lidera o campeonato tendo triunfado em três das quatro corridas já disputadas.

 

Para João Lopes “a temporada tem corrido muito bem. Conseguimos acertar na preparação da nossa máquina e temos feito sempre uma gestão de corrida muito eficaz. Estamos na ponta final do campeonato e embora entremos nesta prova apostados em conquistar mais uma vitória, vamos estar muito concentrados em não cometer erros nem excessos que possam por em causa a pontuação na competição, que é muito importante antes da Baja 500 Portalegre, referiu o piloto da JL Racing/Firststop/Pneudirecto.

 

A participação da equipa JL Racing nesta Baja TT Idanha-a-Nova completa-se com a presença de Joana Lopes que ocupa atualmente a 3ª posição no Desafio Polaris ACE 570 onde é a única presença feminina.

 

A prova beirã compreende uma passagem por um prólogo, a ser realizado na Sra. do Almortão, próximo de Idanha-a-Nova, com 7,1 quilómetros de extensão que terá lugar na sexta-feira dia 11. No dia seguinte, os concorrentes enfrentarão sucessivamente um troço com 104,47 km e outro com 178,66 km, ambos com partida e chegada na Sra. do Almortão.

 

Outras informações sobre a prova em www.escuderiacastelobranco.pt 

Mais informações sobre o CNTT em www.facebook.com/CampeonatoNacionaldeTT AA1 CopyAA2 Copy

 

SALÃO AUTOMÓVEL DE FRANKFURT

 

Salão Automóvel de Frankfurt 2015

Bridgestone apresenta as mais recentes tecnologias de segurança

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O maior fabricante de pneus e borracha a nível mundial regressa ao Salão de Frankfurt com uma impressionante gama de pneus e tecnologias inovadoras que oferecem soluções às mais importantes necessidades da indústria: eficiência, sustentabilidade e segurança.

 

Eficiência da nova tecnologia ologic

O stand da Bridgestone (Hall 8, Stand D03) proporciona aos visitantes a hipótese de verem de perto um exemplar do revolucionário pneu Ecopia EP500, com tecnologia ologic, desenhado exclusivamente para o elétrico BMW i3. A tecnologia ologic da Bridgestone, disponibilizada pela primeira vez para a BMW, capitaliza as sinergias criadas por um grande diâmetro do pneu com um desenho do piso estreito. O resultado é um pneu que oferece significativas melhorias na aerodinâmica e resistência ao rolamento, ao mesmo tempo que possibilita uma excelente aderência ao piso.

 

Segurança da Tecnologia Run-Flat     

Já a nível de segurança, a Bridgestone apresenta a última geração dos pneus com tecnologia Run-Flat (RFT). Enquanto fabricante pioneiro desta tecnologia, a Bridgestone desenvolve equipamentos de origem e pneus de substituição que permitem aos condutores terem à sua disposição um mecanismo conveniente e que pode salvar as suas vidas, ajudando a superar qualquer perda súbita da pressão dos pneus.

Soluções sustentáveis

Olhando um pouco mais para a frente, a Bridgestone apresenta o seu pneu Air Fee Concept (não-pneumático), criado para possibilitar uma menor manutenção, oferecendo uma solução totalmente sustentável que maximiza a reciclagem de pneus usados.

Um veículo 100% elétrico vai dar nas vistas no stand da Bridgestone: o vencedor do Bridgestone World Solar Challenge, que decorreu na Austrália em 2013, desenvolvido pela Universidade de Kogakuin (Japão). A Bridgestone dá o nome a este evento que estimula a inovação e o progresso no desenvolvimento de transportes sustentáveis, que conseguiu atrair 40 equipas de 23 países na edição de 2013 e que estará de regresso para a edição de 2015, em Outubro.

 

Principais resultados dos testes de pneus

A Bridgestone apresenta neste Salão alguns dos seus mais conceituados produtos da gama premium, incluindo o desportivo Potenza S001 para carros de alta performance, que equipará o Lexus LFA, exposto no stand. Este “super carro” leva a performance ao limite, especialmente quando testado em circuito como Nurburgring, o que comprova que com o Potenza, ambos são a combinação perfeita!

Também serão apresentados o Turanza T001 touring e o Dueler H/P Sport, para além dos pneus de inverno Blizzak LM-80 EVO para SUV e do Blizzak LM001 – este último reconhecido como um dos claros favoritos na sua área pela Allgemeiner Deutscher Automobil-Club (ADAC). Nos seus mais recentes testes para pneus de inverno, a ADAC classificou o Blizzak LM001 com o segundo lugar, superando a concorrência com a melhor nota em piso molhado e recebendo a honrosa classificação de “muito recomendável”.

 

A Firestone está de volta

Pela primeira vez em muitos anos, a Bridgestone dá as boas-vindas à marca Firestone no seu stand em Frankfurt. Como convidado especial, estará exposto o modelo Indycar 320 kph com os seus pneus de corrida Firehawk – símbolo do domínio que a Firestone detém na Fórmula Indy nos EUA. De facto, desde que venceu o primeiro Indy 500 em 1911, a Firestone já conquistou mais corridas Indy 500 que todos os outros fornecedores de pneus juntos!

Hoje, com uma gama muito competitiva, a Firestone está uma vez mais a disputar fortemente o segmento de pneu europeu de preço médio, recebendo o apoio da Bridgestone Corporation, enquanto peça-chave da estratégia multi-marca da Bridgestone. Em exibição em Frankfurt estão o Firestone Destination HP para SUV’s e o Firestone Multiseason, o novo pneu all-season para a Europa.

 

Segurança: o coração da estratégia da Bridgestone

O factor em comum em todos os modelos da Bridgestone em exibição no Salão de Frankfurt é a segurança. Enquanto número 1 global da indústria, a Bridgestone acredita que deve liderar a busca por uma maior segurança na estrada e sustenta esta vontade com uma campanha global e com um grande investimento em novas tecnologias. O stand de Frankfurt demonstra bem este esforço, com suportes visuais desta campanha internacional, que relembra aos condutores que os pneus são a única parte dos seus veículos em contacto com a estrada. Mais uma razão pela qual se devem comprar pneus de boa qualidade e cuidar deles corretamente!

IAA motorshow_booth_design_overview_Copy

 

Sobre a Bridgestone Corporation:

A Bridgestone Corporation, com sede em Tóquio, é o maior fabricante de pneu e de borracha do Mundo. Além de pneus para uso numa ampla variedade de aplicações, fabrica igualmente uma ampla gama de produtos diversificados, incluindo borracha industrial, produtos químicos e artigos desportivos. Os produtos Bridgestone são vendidos em mais de 150 países em todo o Mundo.

Bridgestone Europe (BSEU), com sede europeia em Bruxelas, na Bélgica, é uma subsidiária regional da casa-mãe, baseada em Tóquio. A Bridgestone Europe opera um centro de R & D, oito fábricas e escritórios em mais de 30 países europeus, contado com mais de 13.000 funcionários. Os pneus BSEU “premium” são vendidos no Continente Europeu e globalmente.

Para mais informação sobre a Bridgestone Europe visite-nos em www.bridgestone.eu, www.bridgestonenewsroom.eu ou encontre-nos no Facebook.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE ENDURANCE

André Kotoman
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Tiel de Andrade
Alta | Web

MC Tubarão vence etapa de Guaporé do Gaúcho de Endurance

Tiel de Andrade e a dupla Juliano Moro e Cristiano Almeida protagonizaram a disputa pela vitória

O automobilismo gaúcho fez mais uma grande festa neste final de semana com provas do Campeonato Gaúcho de Endurance e Copa Classic, disputadas no Autódromo Nelson Luiz Barro, em Guaporé com tempo nublado e temperatura ideal para provas longas.

Com 28 carros no grid, a corrida de Endurance foi marcada pela disputa entre os MC Tubarão de Tiel de Andrade e o MRX, conduzido pela dupla Juliano Moro e Cristiano "Tigrinho" de Almeida, com vitória do piloto do carro número cinco ao final de duas horas de prova. O prêmio de consolação para Moro foi a quebra do recorde da pista, com o tempo de 1min03s890 com média horária de 173 km/h.

Os resultados por categoria apresentaram os seguintes vencedores: entre os protótipos da classe P2, a vitória foi da dupla paulista Emílio Padron/ Renan Guerra, com um protótipo MRX. Na classe P3, Jeferson Leandrini foi o melhor, conduzindo sozinho o Spyder #144 nas duas horas de prova.

Na classe GT2, vitória de Luiz Bassani/Luiz A. Bassani/Telmo Tecchio, com Maserati. Na GT1, o Chevrolet Sonic V8 de André Senger/ Humberto Giacomello venceram, ao passo que na classe TS a vitória foi do Volvo C30 de Cícero Paiva/ Ricardo Bacher. Aldoir Sette/ Marçal Muller venceram a T1 com um Volkswagen Gol. Finalmente, na T2, vitória do Ford Fiesta de Erico Postal/ Edison Postal/ Giancarlo Scomazzon.

Na Copa Classic, que levou para Guaporé o colorido e beleza dos carros clássicos, a vitória geral e na classe Força Livre foi Diego Mariante, com um Passat. Na classe B, vitória de Leandro Becker (Puma GT), que carimbou o título da temporada antecipadamente em Guaporé, enquanto que na classe C os irmãos, Maurício e Henrique Goulart foram os melhores, a bordo de um Chevrolet Chevette.

A próxima etapa e decisão do Gaúcho de Endurance e da Copa Classic acontece no dia 11 de outubro, no Autódromo de Tarumã. Abaixo o resultado final da quinta etapa do Campeonato Gaúcho de Endurance:

Pos N° Piloto(s) Carro
1 5 Geciel Andrade MC Tubarão
2 28 Juliano Moro/C.Almeida     MRX
3 75 Henrique Assunção/ Ronaldo Kastropil MRX
4 117 Emilio Padron/Renan Guerra MRX
5 144 Jeferson Leondrini SpmecR1
6 78 Franco Pasquale Tubarão
7 96 H.Kohl/L.Kohl/M.Costa MCR
8 6 L.Bassani/L.Bassani/T.Tecchio Maserati
9 9 Ivo Sivieiro Maserati
10 177 Cicero Paiva/Ricardo Bacher Volvo
11 17 Andre Senger/Humberto Giacomello Sonic
12 7 Aldoir Sette/Marçal Muller Gol
13 41 Alex Romanzini/Bruno Romanzini Gol
14 13 José A. Sala/Everson Melo Spyder
15 277 Daniel Elias/ Rommel Toscan Gol
16 88 R.Terrez/J.Terrez Gol
17 63 E.Postal/E.Postal/G.Scomazzom Fiesta
18 181Reinaldo Rena Peugeot
19 18  F.Poeta/V.Genz/A.Toso  Lamborghini
20 53 Marcio Martins Gol
21 8 Luciano Yoshida/Rodrigo Piva     Spyder
22 52 Pedro Avila/ Tamar Peretti Corsa
23 11Airton Diehl Gol
24 4 C.Ricci/J.Bueno/V.Roso MR18
25 37 Stuart Turvey Scorpion
26 3 Luiz C. Crestani Tornado
27 70 D.Adam/ R.Kastropil/ R.Guerra Maserati
28 2 Igor Eberle Spyder

 

500 KM DE SÃO PAULO

 

Por um décimo, Mitsubishi Lancer derrota Ferrari e fatura o título dos 500Km de São Paulo

Trio formado por Ingo Hoffmann, Guilherme Spinelli e Leandro de Almeida resistiu a pressão imposta pela dupla Fábio Greco/Renato Cattalini para ficar com a vitória no Velo Città

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Encontro de Campeões
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Classic Cup
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Fórmula 1600
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Carlos Ortolani/Joon Park
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Ney Faustini/Ney de Sá Faustini
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Alexandre Finardi/Gastão Weigert
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Renato Cattalini/Fábio Greco
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
500Km de São Paulo
Alta | Web

Ingo Hoffmann, Guilherme Spinelli e Leandro de Almeida venceram na tarde deste domingo (6) a emocionante 31ª edição dos 500Km de São Paulo, disputada no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). O trio, que participou da corrida com um Mitsubishi Lancer, assumiu a liderança nas voltas finais, viram a Ferrari de Fábio Greco e Renato Catalinni se aproximar e chegar apenas 0s109 distante após 146 voltas.

O trio da equipe Old Boys assumiu a liderança quando restavam oito voltas para o final, depois do protótipo MRX de Alexandre Finardi e Gastão Weigert, pole position da prova, apresentar um problema de suspensão, obrigando a dupla a deixar a disputa. Almeida, responsável pelo último stint do Lancer, viu Greco diminuir rapidamente a diferença e ameaçá-lo na volta final.

Ney Faustini e Ney de Sá Faustini completaram a corrida na terceira posição, com um Vectra Stock Car, enquanto Finardi e Weigert, mesmo com o problema enfrentado nas voltas finais, ficaram com a quarta colocação, distante oito voltas dos vencedores. A lista dos cinco primeiros da prova, que teve cinco carros diferentes na liderança, ainda contou com o MRX de Carlos Ortolani e Joon Park.

Para Almeida, que faz aniversário neste domingo, a vitória teve um sabor ainda mais especial. Em 2014 o piloto conduzia um Aston Martin e liderava a corrida quando cometeu um erro nas voltas finais e cedeu a primeira colocação de forma definitiva para a dupla formada por Euclides "Kid" Aranha e Cláudio Caparelli, que venceram com um protótipo Radical SR8.

"Passou um filme todo na cabeça, não só da corrida passada como de 2006, que a gente tinha duas voltas na frente do segundo colocado, mas tivemos um problema no carro. E aqui, quando tudo era menos provável, deu tudo certo. Eu tinha certeza de que, se chegássemos no final, terminaríamos bem, mas a vitória foi demais", comentou Almeida, emocionado após a corrida.

"O carro se comportou muito bem e o final foi eletrizante. Sem dúvida nenhuma, o Lancer terminou a corrida como começou. Conseguimos manter o ritmo de corrida do início ao fim com os três pilotos. A regularidade e a facilidade de guiar um carro 4x4 com a tração fantástica do Lancer nos deu a chance de disputar a vitória. Ganhar de máquinas como estas que estavam aqui tem um gosto especial", falou Spinelli.

"Hoje a gente teve uma corrida extremamente emocionante. Eu não sabia se ficava nos boxes ou se cronometrava o tempo de volta do Leandro e do Fabinho, que guiou muito e merece os parabéns. Estou muito feliz, pois com 62 anos ganhar uma corrida ao lado de amigos como o Leandro e o Guiga, não poderia ser melhor", disse Ingo Hoffmann.

"A Ferrari estava muito bem acertada e, quando vi que estava chegando, me animei. O ritmo foi melhorando durante a corrida, e mesmo com alguns problemas de freios, a gente foi chegando. Pena que faltou uma volta. Acho que uma volta a mais a história certamente seria diferente", comentou Greco, conformado com a segunda colocação da prova.

O evento, que contou ainda com corridas da Classic Cup e da Fórmula 1.600, além da terceira edição do Encontro de Campeões, foi considerado um sucesso por Sílvio Zambello, presidente do Automóvel Clube Paulista (ACP), promotor dos 500Km de São Paulo.

"Foi um espetáculo! Muitos edições foram emocionantes, mas esse foi demais. Foi uma disputa muito equilibrada entre três carros. O autódromo esteve sempre perfeito, com tudo em ordem. O pessoal que curte este tipo de corrida viu uma prova tão emocionante que poderia virar filme. Foi a chegada mais emocionante da história dos 500Km de São Paulo", disse o dirigente.

Veja o resultado final dos 500Km de São Paulo:

1 - Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida (Lancer/GT2) - 146 voltas
2 - Renato Cattalini/Fábio Greco (Ferrari/GT1) - à 0s109
3 - Ney Faustini/Ney de Sá Faustini (Vectra/GP1) - à 2 voltas
4 - Alexandre Finardi/Gastão Weigert (Moro MRX/GP1) - à 8 voltas
5 - Carlos Ortolani/Joon Park (Moro MRX/P2) - à 10 voltas
6 - Jorge Machado/Rui Machado/Sergio Cardoso (MR18/GP1) - à 11 volyas
7 - Sérgio Pistili/Valter Pinheiro (Spyder/P3) - à 13 voltas
8 - Fernando Monis/Heitor Nogueira (Espron BMW/P2) - à 13 voltas
9 - Maurício Olio/Roberto Amaral "Coruja" (Vectra/GP1) - à 14 voltas
10 - Vinicius Palma/Vá Barbosa (Spyder/P3) - à 17 voltas
11 - Davi Plutarcho/Paulo Plutarcho/Tarco Pimentel (Spyder/P3) - à 27 voltas
12 - José Vilela/Mário Marcondes (Spyder/P3) - à 72 voltas
13 - Carlos Antunes/Luiz Aurélio/Lucas Biagioni (Moro MRX/P2) - à 81 voltas
14 - Marcos Philippi/Márcio Philippi (Maverick/GT2) - à 81 voltas
15 - Eber Gomes/Jefferson Gomes (Corsa/T2) - à 85 voltas
16 - Alexandre Pepe (Chevrolet Celta/T2) - à 87 voltas
17 - Davi Plutarcho/Paulo Plutarcho/Tarco Pimentel (Chevrolet Celta/T2) - à 95 voltas
18 - Eduardo Dorigel/Rafael Gimenes (Volkswagen Gol/TN) - à 102 voltas
19 - George "Grego" Lemonias/Edras Soares (Opala/GT2) - à 106 voltas
20 - Jorge Machado/Rui Machado/Sergio Cardoso (Chevrolet Corsa/GT2) - à 113 voltas

 

A MÁQUINA QUE EMERSON FITIPALDI USA EM INGLATERRA

A MÁQUINA QUE EMERSON FITIPALDI USA EM INGLATERRA

 

Aqui em Inglaterra usamos o Vauxhall Insignia, o novo lançamento da GM.Performance e  segurança, conforto espetacular, mais um vencedor da General Motors.

 

RAFAEL CERVEIRA PINTO FAZ BALANÇO DE PORTIMÃO

RAFAEL CERVEIRA PINTO FAZ BALANÇO DA PROVA EM PORTIMÃO

 

Team Squadra esteve presente na prova CSS em Portimão, com o VW Golf GTI.

Foram duas corridas de 50m, nas quais dividi o volante com o Piloto Carlos Dias Pedro.

Resultados:
Treinos: P6
Corrida 1: P5
Corrida 2: P6
( ambas as corridas com vitória à classe ).

Obrigado a toda a equipa RP Motorsport.

Saldo muito positivo!

 

CÉSAR MACHADO VENCEU PROVA DOS SINGLE SEATERS

 

Penalização entrega vitória a César Machado

 

Líder da competição termina em quinto

 

O colégio de comissários determinou uma penalização de 25 segundos a Gonçalo Inácio por falsa partida. César Machado fica, assim, com a vitória, enquanto o piloto que lidera a Single Seater Series concluiu a primeira corrida da jornada realiza no Autódromo Internacional do Algarve no quinto lugar.

 

Após a decisão dos comissários, o pódio passar a ser constituído por César Machado, Luciano Carvalho e Duarte Pires, primeiro, segundo e terceiro, respectivamente.  João Pedro Cristóvão também subiu uma posição e fica com o quarto posto.

 

INÁCIO VENCEU 1ª CORRIDA

 

Vitória de Inácio em corrida animada

 

Quatro pilotos discutiram liderança na Single Seater Series

 

Gonçalo Inácio foi o vencedor da primeira corrida a contar para as Single Seater Series, no Autódromo Internacional do Algarve. Foram quatro os pilotos que lutaram pelo primeiro lugar durante as dez voltas ao circuito de Portimão, mas o líder da competição foi mais forte com o Mygale Sj03. César Machado concluiu a prova em segundo, enquanto Luciano Carvalho foi terceiro.

 

A largar da pole-position, Gonçalo Inácio não fez um bom arranque e caiu para quarto. César Machado subiu a primeiro, com Luciano Carvalho e Fernando Gaspar nas posições seguintes. O líder conseguiu uma ligeira distância que se esfumou com a entrada do safety-car.

 

A partir daí, os quatro primeiros rodaram colados e Gonçalo Inácio apenas precisou de duas voltas para recuperar a liderança. Com Machado em segundo, consolidou o primeiro posto até ver a bandeira de xadrez. “A corrida correu bem. Ganhei. Mas, no arranque, a primeira velocidade saltou e caí para quarto. Quando isso aconteceu, a minha preocupação foi não perder muitas posições. Com o safety-car, consegui apanhar o cone do terceiro classificado e recuperei lugares. Depois disso forcei ao máximo para me distanciar. Sabia que o César estava forte e não podia aliviar. Só na última volta levantei ligeiramente o pé”, explicou Gonçalo Inácio.

 

Para César Machado, o segundo posto foi positivo “apesar de ter perdido o primeiro lugar em pista”, lamentou. Para o piloto do Mygale SJ01, a entrada do safety-car impediu-o de gerir a ligeira vantagem conquistada na primeira volta. “Já não me apanhavam porque não tinha ninguém no cone de ar. Fui um pouco prejudicado, mas é mesmo assim. Amanhã é possível lutar pelo triunfo”, sublinhou.

 

Luciano Carvalho realçou que um terceiro lugar é sempre bom mas não era o que mais desejava. “Acabou por não correr da melhor forma. Viemos cá para vencer. Temos coisas a evoluir no carro para sermos competitivos e vamos ver se conseguimos melhorar na segunda corrida”, afirmou o piloto do Mygale Sj04.

 

Quem mais perdeu neste confronto em que houve quatro pilotos a discutir as primeiras posições foi Fernando Gaspar. O piloto andou com os da frente até à sexta volta, momento em que o carro começou a falhar. “Já tinha acontecido nos treinos. Quando atinge determinada temperatura, começa a falhar. Não sabemos o que é mas vamos tentar resolver para a segunda corrida do fim-de-semana”, disse.

 

Destaque, ainda, para os vencedores das diversas categorias. Se Inácio foi o mais forte em FZ, João Matos triunfou na classe J16 e António Mendonça foi o primeiro em FK7. Na categoria FK9, Vítor Sampaio destacou-se, enquanto Fernando Gaspar ganhou na Fórmula Tuga.

 

Amanhã, os concorrentes voltam à pista para mais um confronto. A partida está marcada para as 10h25.03 SRS_SSScorrida1_2_Copy03 SRS_SSScorrida1_3_Copy03 SRS_SSScorrida1_Copy

 

CRM COM DIA POSITIVO EM PORTIMÃO

 

Primeiro dia positivo para a CRM Motorsport em Portimão

 

Equipa em destaque no CNV e na Single Seater Series

 

A CRM Motorsport esteve em bom plano no primeiro dia de corridas de um fim-de-semana muito preenchido no Autódromo Internacional do Algarve. José Pedro Faria e Miguel Cristóvão concluíram a prova do campeonato nacional de velocidade na segunda posição e reavivaram a luta pelo título. Na Single Seater Series, a equipa terminou com os três carros entre os oito primeiros classificados e deixou excelentes indicações para amanhã.

 

Na corrida do CNV, a dupla do Wolf GB08 viu a bandeira de xadrez no segundo lugar mas chegou a andar na frente da classificação. Um ligeiro problema mecânico fez com que José Pedro Faria e Miguel Cristóvão perdessem tempo precioso e os impedisse de batalhar pelo primeiro posto até ao fim.

 

“Não posso estar mais satisfeito com os meus pilotos. No CNV assistimos a mais uma brilhante prestação do José Pedro Faria. Entregou o carro no primeiro lugar só que, infelizmente, o motor de arranque do carro não cooperou. E assim, o Miguel Cristóvão teve a sua prestação condicionada. De qualquer forma, o segundo lugar permite recuperar pontos  para o campeonato. Era esse o nosso objectivo”, afirmou o líder da CRM Motorsport, Tiago Raposo Magalhães.

 

Na Single Seater Series, Gonçalo Inácio voltou a ser o mais forte. O piloto do Mygale Sj03 venceu mas acabou por ficar com o quinto lugar devido a uma penalização de 25 segundos por falsa partida. João Pedro Cristóvão continua a sua evolução positiva e concluiu a prova em quarto. Gonçalo Cardal fez uma corrida pela primeira vez na vida e obteve o oitavo posto.

 

“O Gonçalo Inácio voltou a fazer uma fantástica corrida e não podia fazer mais. Vitória, pole-position e  volta mais rápida. O João Pedro Cristóvão conseguiu um excelente resultado e registou tempos por volta próximos dos primeiros. Revela uma boa evolução na pilotagem e isso é o mais importante. O Gonçalo Cardal cumpriu todos os objectivos que tínhamos definido para a sua estreia em competição. Aliás, superou-os. A meta para esta primeira corrida era terminar. Mas não só o fez como recuperou de décimo para oitavo. E como conseguiu a sexta volta mais rápida, vai sair de sexto na segunda corrida”, enalteceu o responsável da equipa.

 

Amanhã, a CRM Motorsport volta à pista algarvia. Primeiro para  novo confronto da Single Seater Series às 10h25. Às 15h35 realiza-se a segunda corrida do campeonato nacional de velocidade.02 inacio_Copy02 jpcristovao_Copy02 wolf1_Copy

 

ALBUQUERQUE SAI DA POLE EM PAUL RICARD

 

Filipe Albuquerque sai da ‘pole’ em Paul Ricard

Filipe Albuquerque e os seus companheiros de equipa na JOTA, Simon Dolan e Harry Tincknell vão sair para a penúltima jornada do European Le Mans Series em Paul Ricard da 'pole position'. Caberá a Simon Dolan fazer o arranque, a Filipe Albuquerque o turno intermédio e a Harry Tincknell o ‘stint’ final. O resultado alcançado na qualificação permite ao ‘trio’ somar mais um ponto nas contas do campeonato que lideram.

A corrida terá transmissão em directo no Motors TV a partir das 11.40h.

 Imola albuquerque1_Copy
 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Sprint Race: Enzo Bortoleto (PRO) e Matheus Marini (GP) foram os mais rápidos do 1o treino no oval

O segundo treino será às 13h30. Os grids de largada das duas corridas da sexta etapa serão definidos na tomada de tempos às 16h40 e 17h

A primeira sessão de treinos oficiais válida pela sexta etapa da Sprint Race 2015 aconteceu neste sábado (05/09), no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). Com céu nublado e temperaturas em torno de 15° graus Celsius, o piloto Enzo Bortoleto (PRO), carro 85, estreante no circuito externo, encerrou na frente com 57s488, seguido dos pilotos da GP, Matheus Marini #36 com 58seg448, Gustavo Kiryla #94 com 58seg728 e Flávio Lisboa #79 em 58seg734.

"Gostei do traçado, a cada etapa tenho me dedicado bastante para melhorar meu desempenho. No próximo treino e no classificatório vou me empenhar ainda mais para ficar entre os primeiros colocados nas duas corridas", declarou o paulista Enzo Bortoleto.

"A pista é muito legal, tive que aprender não conhecia o traçado oval. Consegui pegar o vácuo e fazer um tempo bom. Como o segundo treino é o Felipe Rabello que vai andar, vou ficar na torcida. Já no classificatório, é usar o vácuo para ficar entre os primeiros, largar na frente é sempre uma vantagem, mas as corridas teremos que ter 'cabeça' para concluir bem", contou o curitibano da GP, Matheus Marini.

"Adaptei um pouquinho o carro no começo do treino, depois o carro ficou bom. Agora é ajustar alguns detalhes que precisamos melhorar para poder disputar a classificação", concluiu o piloto Gustavo Kiryla, também de Curitiba (PR).

A sexta etapa contará com as transmissões do canal BandSports e da PlayTV.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardahl, Fremax e Rio Custom.

Resultado do primeiro treino
1) 85 Enzo Bortoleto, PRO, 57.488
2) 36 Matheus Marini/Felipe Rabello, GP, 58.448
3) 94 Gustavo Kiryla, PRO, 58.728
4) 79 Caito Vianna/Flávio Lisboa, PRO, 58.734
5)55 Caê Coelho/Osman Didi, GP, 58.822
6) 10 Berlanda Junior/Lucas Vilella, PRO, 58.839
7) 27 Billy Zonta/Felipe Lobo, PRO, 59.084
8) 78 Marcus Peres/Lucas Peres, PRO, 59.116 1.628
9) 44 Kau Machado/Rodrigo Gil, GP, 59.166
10) 8 Fábio Brecailo, GP, 59.354

Confira os horários do fim de semana na pista de Curitiba (PR):

Sábado, dia 05/09

08h00h às 08h10 - Shakedown - Passando pelo box
09h25h às 10h05 - 1o. Treino OFICIAL
11h45 - Briefing
13h30 às 14h10 - 2o. Treino OFICIAL
15h30- Estudo de telemetria
16h40 às 16h50 - 1o classificatório
17h00 às 17h10 - 2o classificatório

Domingo, dia 06/09

08h40 - Alinhamento dos carros
09h10 - Placa de 5 minutos
09h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
12h30 - Alinhamento dos carros
13h10 - Placa de 5 minutos
13h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
13h40 - Pódio

Mais informações:
Site:
 www.sprintrace.com.br
Facebook: Sprint Race Brasil
Twitter: Sprint Race

Texto: Silvana Grezzana Santos
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Crédito fotos: Luciano Santos/Sigcom

Piloto Matheus Marini (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Matheus Marini (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#85 - Piloto Enzo Bortoleto - categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)

#85 - Piloto Enzo Bortoleto - categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#94 Piloto Gustavo Kyrila, categotia PRO (Luciano Santos/SigCom)

#94 Piloto Gustavo Kyrila, categotia PRO (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#55 - Piloto Osman Didi - Categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

#55 - Piloto Osman Didi - Categoria GP (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#36 - Pilotos Matheus Marini / categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

#36 - Pilotos Matheus Marini / categoria GP (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

 

CLÁSSICOS EM PORTIMÃO

 

Clássicos aguerridos em nova corrida em Portimão

 

Três marcas diferentes no pódio final

 

A segunda corrida da Classic Super Stock abriu o programa competitivo do último dia de competição deste fim-de-semana no Autódromo Internacional do Algarve. O confronto ficou marcado por inúmeras batalhas e por um pódio final com três carros bem distintos.

 

Henrique e Gonçalo Jordão voltaram a concluir na primeira posição e mostraram, mais uma vez, todo o potencial do Ford Escort RS2000. Carlos Fernandes aproveitou o equilíbrio do BMW 2002 para repetir o segundo lugar da véspera. E Manuel Cabral Meneses e Ricardo Pereira recuperaram o Datsun 260Z para fazerem uma corrida de trás para a frente e terminarem na última posição do pódio.

 

Apostados em repetir o triunfo de ontem, Henrique e Gonçalo Jordão mudaram ligeiramente a estratégia e voltaram a ganhar. “Desta vez parti eu. O arranque correu melhor. Perdi um lugar mas voltei à liderança nas duas primeiras voltas. A estratégia foi bem conseguida. Ainda fiz a melhor volta da corrida e do fim-de-semana”, contou Henrique Jordão.

 

Já Carlos Fernandes, chegou ao objectivo definido mas não estava tão satisfeito. “Não me diverti tanto como ontem. Andei mais sozinho. Ainda apertei um bocado, mas o Henrique e o Gonçalo (Jordão) controlaram”, explicou o piloto que puxou “ao máximo no início para deixar o Jaguar, que tem mais velocidade de ponta, longe. Foi uma boa operação”, realçou.

 

No último lugar do pódio, Ricardo Pereira e Manuel Cabral Meneses sentiram este resultado quase como um triunfo. “Foi um grande trabalho da RP Motorsport”, enalteceu Cabral Meneses. A equipa tinha abandonado na véspera e pensava que o problema era da bomba de gasolina do Datsun. “Parece que afinal era do filtro de gasolina que deixava passar ar”, esclareceu o piloto. Resolvida essa questão, Ricardo Pereira partiu de penúltimo mas no final da recta já estava em quarto. “Foi muito bom. Tirámos seis segundos ao nosso tempo nos cronometrados”, contou Ricardo Pereira muito feliz depois da cerimónia de pódio.

 

Por categoria, Henrique e Gonçalo Jordão triunfaram em E4, enquanto Manuel Cabral Meneses e Ricardo Pereira se impuseram em F3. Luís Sousa Ribeiro ficou em quarto à geral com o Jaguar XJS e foi o melhor na classe F4. Simplício Pinto e Marco Pinto, em BMW 2002, bateram-se e levaram o melhor lugar em E2. Rafael Cerveira Pinto e Carlos Pedro foram os mais fortes da categoria D4 com o Volkswagen Golf GTI e Veiga Lopes levou, sozinho, o Ford Escort 1300 GT até ao triunfo em C3. João Vasconcelos e Luís Prates falharam a corrida de ontem, mas desta vez foram os melhores na categoria C2 com o Datsun 1200.

 

Também em Datsun 1200, Madalena Gaspar e Vítor Sampaio não alinharam devido aos problemas de motor sentidos no carro na véspera. Depois do pódio alcançado ontem, a dupla Filipe Martins/João Diogo Lopes abandonaram quando o motor do Ford Escort RS2000 cedeu.

 

A próxima jornada da Classic Super Stock realiza-se no próximo dia 27, no Autódromo do Estoril.05 NunOrganistA-2_Copy

 

GALP DE LUTO

GALP DE LUTO

 

 

José Marques Gonçalves, 11-06-1951 – 05-09-2015

 


A Galp Energia vem por este meio manifestar o mais profundo pesar pela morte do Sr. Eng. José Marques Gonçalves, Presidente Executivo da empresa entre 2005 e 2006.
O Sr. Engenheiro Marques Gonçalves presidiu à Comissão Executiva da Galp Energia num importante período de transição que culminou com a entrada da empresa no mercado de capitais. Após a conclusão do seu mandato como CEO, permaneceu na Galp Energia, sendo de destacar o relevante contributo para a execução do projeto de reconversão das refinarias.
Foi nomeado Presidente Executivo da Galp Energia a 30 de maio de 2005, após uma carreira internacional de 27 anos na General Motors Corporation que o levou a exercer cargos executivos em Portugal, Inglaterra, Alemanha, Polónia e México, sendo responsável pela criação de algumas das estruturas mais eficientes da GM, nomeadamente na Polónia e no México.
O Eng. José Marques Gonçalves licenciou-se em Engenharia Mecânica pelo Instituto Superior Técnico tendo sido posteriormente graduado pelo General Motors Institute, nos Estados Unidos, e pela Harvard Business School.
À família, a Galp Energia apresenta as mais sentidas condolências.
Galp Energia, SGPS, S.A. Media Relations + 351 217 242 680 + 351 917 596 444 www.galpenergia.com galp.press@

 

RALICROSS SEVER DO VOUGA

FALTA UMA SEMANA

Prevê-se uma lista de inscritos de luxo, para o 37º Ralicross de Sever do Vouga

A pista do Alto do Roçário, em Talhadas, Sever do Vouga, vai ser o palco da sexta jornada do Campeonato Nacional de Ralicross/Kartcross (CNRX) e como é hábito, prevê-se um fim-de-semana em cheio, com muito público e uma lista de inscritos bem recheada.

Antes ainda do fecho das inscrições, que apenas encerram às 19.00 horas da próxima terça-feira dia oito, meia centena de participantes disseram sim ao apelo do Vouga Sport Clube, sendo de realçar o regresso esperado e desejado dos principais favoritos nos Super-Cars.

Uma das novidades é a presença de mais um Renault Clio Super Car, pertença de Danny Moreau, que o vai fazer alinhar com um piloto convidado. Por outro lado, nos Super Buggys há a realçar a presença de Axier Guinea, o recente vencedor do Autocross do Arteixo, que participa com um Fórmula Hosek com mais de 500 cavalos. 

A pista recebe os primeiros treinos livres às 14.00 horas de Sábado, dia 12 de Setembro. Estando a primeira corrida agendada para as 18.00 horas do mesmo dia. Domingo, dia 13, tudo começa às 09.30 horas, com o warm-up, seguindo-se as segunda e terceira corridas de qualificação. As finais arrancam às 16.00 horas.

Para o público, há ainda surpresas e passatempos, com prémios aliciantes a serem anunciados em breve!

Art 15 1006 Axier Guinea (Fórmula Hosek)

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Sprint Race: Berlanda Junior (PRO) vence pela 3ª vez na geral e Marcelo Rodrigues pela 1ª vez na GP

A corrida de encerramento da 6ª etapa será às 13h15

O piloto da categoria PRO, Berlanda Junior, garantiu sua 3ª vitória na geral entre os carros na corrida de abertura da 6ª etapa da Sprint Race Brasil, realizada neste domingo (6), no anel externo do Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). Ele marcou 20min50seg025 após 14 voltas, seguido de Flávio Lisboa (PRO) que liderou boa parte da corrida a 0seg222, o 3ª posição foi Enzo Bortoleto (PRO) e na 4ª posição Lucas Gohr (GP). A 2ª corrida será às 13h15 e as transmissões serão pelo canal BandSports e PlayTV.

O catarinense Berlanda que divide o carro #10 com Lucas Villela, também acumula duas poles positions no seu ano de estreia na Sprint Race Brasil. "No primeiro treino fizemos um treino um pouco tumultuado, logo no segundo conseguimos resolver e buscar o resultado no classificatório com a pole, como na etapa no início do ano em Curitiba com chuva", contou o piloto.

"Na corrida a expectativa era 100% para assegurar a ponta, como fizemos na etapa anterior que vencemos em Curitiba no misto e, agora, no anel externo (oval). Deu tudo certo, o carro está perfeito e o Villela tem condições de vencer a próxima bateria também", comemorou Berlanda de Florianópolis (SC).

Já na categoria GP, Marcelo Rodrigues, conquistou sua 1ª vitória, após ter largado da última posição no grid da corrida de abertura deste domingo. O piloto de Campinas (SP), está na Sprint Race desde a 1ª edição na competição que está na sua 4ª temporada.

"Estou bastante feliz por ter concretizado meu objetivo. O carro estava perfeito, acertamos a calibragem e a tocada, se comportou muito bem e me possibilitou andar na frente. No oval, vamos um pouquinho melhor, iguala mais, fomos mais confiantes. O carro está pronto para o Eduardo Serratto ganhar também a próxima", festejou o piloto que comanda o SR#39.

Pátria amada, Brasil!

Alguns pilotos da Sprint Race levarão uma mensagem, com a frase"Brasil: Eu acredito!", em seus carros nas duas corridas que acontecem neste domingo (06), véspera de feriado nacional de celebração da Independência do Brasil.

A Sprint Race é uma categoria que mesmo na situação difícil do cenário de recessão do Brasil, vem de encontro com o interesse do brasileiro que procura por algo mais acessível. "Então, desde que o Brasil caminhou para a crise, começaram a ver com bons olhos a melhor alternativa, a aproveitar a oportunidade com relação ao custo, que era a Sprint Race. E, de lá para cá nós viemos crescendo um pouco, isso nos últimos dois anos. É ruim a crise para o país todo, mas por outro lado, é bom que abre o mercado para avaliar que tem como fazer um automobilismo sério, com qualidade, competitivo e com custo honesto", declarou Thiago Marques, organizador da Sprint Race Brasil.

A largada da 2ª corrida será às 13h15. A premiação dos vencedores será realizada às 13h40.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardahl, Fremax e Rio Custom.

Resultado da corrida 1 da 6ª etapa da Sprint Race. Confira os 10 primeiros:
1) 10-Berlanda Junior (PRO)
2) 79-Flávio Lisboa (PRO)
3) 85-Enzo Bortoleto (PRO)
4) 4-Lucas Gohr (PRO)
5) 17-Pietro Rimbano (PRO)
6) 94-Gustavo Kiryla (PRO)
7) 27-Felipe Lobo (PRO)
8) 39-Marcelo Rodriguez (GP)
9) 8-Fábio Brecailo (GP)
10) 44-Rodrigo Gil (GP)
Melhor Volta: Enzo Bortoleto (85), 59.254 (média 154,926 Km/h), na 4ª Volta

Grid da corrida 2. Confira os 10 primeiros:
1) 27-Billy Zonta (PRO)
2) 85-Enzo Bortoleto (PRO)
3) 10-Lucas Vilella (PRO)
4) 36-Felipe Rabello (GP)
5) 44-Kau Machado (GP)
6) 77-Luca Milani (PRO)
7) 17-Pietro Rimbano (PRO)
8) 4-Luiz Santos (PRO)
9) 7-Rodrigo Matos (GP)
10) 94-Gustavo Kiryla (PRO)

Domingo, dia 06/09

12h30 - Alinhamento dos carros
13h10 - Placa de 5 minutos
13h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
13h40 - Pódio

Calendário 2015 da Sprint Race Brasil:

Etapa 1 - 29/03 - Tarumã - Viamão (RS)
Etapa 2 - 19/04 - AIC - Curitiba (PR)
Etapa 3 - 23/05 - Londrina (PR) - #NightChallenge
Etapa 4 - 28/06 - Curitiba (PR) - #Inverse
Etapa 5 - 09/08 - Cascavel (PR) - #SetUpFree

Etapa 6 - 06/09 - Curitiba (PR) - #Oval
Etapa 7 - 15/11 - Curitiba (PR)
Etapa 8 - 20/12 - São Paulo (SP) - Pontos em Dobro

 

 

Largada da corrida 1 da sexta etapa (Luciano Santos/SigCom)

Largada da corrida 1 da sexta etapa (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Berlanda largou da pole, venceu na geral e na categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)

Berlanda largou da pole, venceu na geral e na categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Vanderlei Berlanda Jr, vencedor da primeira corrida do final de semana (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Vanderlei Berlanda Jr, vencedor da primeira corrida do final de semana (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Marcelo Rodriguez SR#39 conquista sua primeira vitória na categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

Marcelo Rodriguez SR#39 conquista sua primeira vitória na categoria GP (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Pilotos aproveitaram o vácuo para superar suas marcas (Luciano Santos/SigCom)

Pilotos aproveitaram o vácuo para superar suas marcas (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Flávio Lisboa e Berlanda Jr. na disputa pela primeira posição (Luciano Santos/SigCom)

Flávio Lisboa e Berlanda Jr. na disputa pela primeira posição (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

No carro #7 de Vinícius Margiota e Rodrigo Matos: "Brasil: Eu acredito!" (Luciano Santos/SigCom)

No carro #7 de Vinícius Margiota e Rodrigo Matos:
Alta  | Web

#8 - Piloto Fábio Brecailo - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

#8 - Piloto Fábio Brecailo - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

 

NACIONAL DE VELOCIDADE EM PORTIMÃO

 

CNV 1ª corrida

Pedro Salvador (Norma M20FC) partia da pole-position, mas rapidamente Francisco Abreu (Tattus PY012) assumia a liderança da prova. Diferenças mínimas inferiores a um segundo separavam o homem da Nova Driver, do da Speedy Motorsport.

José Pedro Faria (Wolf GB08) rodava um pouco mais atrás, a cerca de dois segundos e era terceiro sem sofrer grandes pressões, tanto mais que o grupo da frente ficava amputado em um sério concorrente, quando o motor do Tattus PY012 de Miguel Barbosa e Ivo Nogueira se recusava a pegar.

Eugénio Montês (Lamborghini Huracan ST) subia à quarta posição da geral, era o primeiro GT e sofria a pressão que o líder dos C3, Paulo Sá Silva (Radical SR3) lhe impunha.

Francisco Mora (Seat Leon Cup Racer) rodava calmamente, com certeza a pedir mais concorrência nos TCR…

A atenção centra-se na frente da corrida. Com 15 minutos de prova a diferença entre os dois primeiros é duas décimas de segundo. Francisco Abreu recebe uma bandeira preta e branca por não respeitar os limites de pista, a mesma advertência que Faria e Montês já haviam recebido.

Com cerca de 20 minutos de prova, Pedro Salvador é obrigado a seguir para as boxes. Algo não está bem com o sistema eléctrico do Norma e fica parado para trocar os cachimbos das velas.

Regressa à pista, mas pouco depois rumava de novo para a box.

Pouca sorte também para Eugénio Montês. O Lamborghini saiu de pista na entrada da curva cinco, devido a um problema de suspensão e isso motivava a entrada do safety-car.

Retomada a prova e Francisco Abreu está frente, José Pedro Faria é segundo, muito perto, a uma décima de Abreu.

Entretanto começam as trocas de pilotos, agora que o safety-car saiu.

Com as trocas, Armando Parente recebe os comandos do Tattus, das mãos de Abreu e vai para a pista na frente da corrida.

Miguel Lobo roda na segunda posição, metendo-se numa luta que não é sua. Pouco depois Miguel Cristóvão aparece para repor a ordem natural das coisas e passa para a segunda posição, por troca com o líder dos C3, que se a corrida terminasse nesta altura ia ao pódium.

Francisco Mora faz a sua corrida com o TCR e tem lá mais para trás o Norma de Rafael Lobato, que entretanto tinha regressado à prova e rodava com oito voltas de atraso, certamente para testar as soluções encontradas na ida à box.

A bandeira xadrez é mostrada em primeiro ao Tattus de Francisco Abreu  e Armando Parente, que vencem com mais de um minuto de vantagem sobre José Pedro Faria e Miguel Cristóvão, no Wolf.

Paulo Sá Silva e Miguel Lobo são os terceiros classificados e levam o Radical até ao terceiro posto da geral, vencendo o grupo C3 e sendo já os virtuais vencedores do campeoanto, nesta categoria.

Francisco Mora, que participou sozinho, é quarto da geral com o Seat Leon TCR, à frente de Pedro Salvador e Rafael Lobato e dos irmãos Eugénio e Sérgio Montês, que apesar da desistência serôdia, ainda venceram os GT´s, com o Lamborghini Huracan.

A próxima corrida é já amanhã, às 15.35 horas. 

Portimao NunOrganistA 25 Francisco Abreu e Armando Parente (Tattus PY012)

Portimao NunOrganistA 1b Francisco Abreu (Tattus PY012) na primeira posição; Pedro Salvador (Norma M20FC) em segundo 

Portimao NunOrganistA 21 Paulo Sá SIlva e Miguel Lobo (Radical SR3)

Dizem os vencedores

ARMANDO PARENTE

A prova correu bem. Na partida consegui saltar logo para primeiro, fiz um arranque muito bom. Depois já sabia que o Norma do Salvador e do Lobato ia estar muito forte e ele conseguiu apanhar-me. Tivemos ali uma guerra, durante um bom bocado, penso que foi uma luta animada e acho que toda a gente gostou. Eu diverti-me, o público divertiu-se e isso foi bom para todos.

Estou contente, o carro manteve-se muito constante ao longo do meu turno.Sabemos que temos uma boa base. Foi pena a luta com o Salvador e o Lobato ter acabado mais cedo mas penso que amanhã vai ser mais uma corrida divertida.

FRANCISCO ABREU

A prova correu muito bem. O Armando fez um excelente primeiro turno, onde conseguiu aguentar muito bem a pressão do Norma. Sabíamos que o Norma nas primeiras voltas ia ser difícil, mas o Armando conseguiu aguentar.

Na troca de pilotos, eles tiveram um azar... A mim só me cabia levar o carro até ao fim, tentar lutar pela melhor volta para ganhar aquele ponto extra, porque estamos em segundo e temos que ganhar todos os pontos possíveis para chegar à primeira posição. Coube-me  fazer a melhor volta e gerir a corrida até ao fim.

PAULO SÁ SILVA

Provamos que ganhamos na nossa classe e não foi só porque a concorrência não era muito forte; vencemos a nossa classe porque nós estávamos a andar bem, caso contrário não teríamos feito um terceiro à geral com um carro que tem performances muito inferiores aos CN. Portanto, estou muito feliz, ignoro o facto dos outros não terem aparecido, é decisão deles e vamo-nos concentrar nas classes que estão acima para evoluir e continuar a ir ao podium sempre que for possível.

MIGUEL LOBO

Correu bem, pelo menos para nós. Ficamos um bocado desiludidos por não termos o nosso adversário do CNV da Classe 3. No entanto, nas provas que disputamos, fomos claramente superiores e isso deixa-nos felies. Este podium à geral com um carro de categoria inferior é um bom motivo para festejarmos e deixa-nos naturalmente motivados para continuar e fazer um bom trabalho.

Portimao podium 

Challenge Desafio Único FEUP

João Batista e Gustavo Moura dominaram a prova. Partiram na frente e apenas não mantiveram esta posição, enquanto decorreram as trocas de pilotos. Os homens do Alfa-Romeo 156 ganharam paulatinamente uma vantagem que se fixou em cerca de 12 segundos no baixar da bandeira xadrez.

Luís Carneiro e Paulo Moreira foram os segundos classificados, após uma corrida difícil, em que tiveram que se debater com o proximidade de Joaquim Soares e Tiago Ribeiro, durante grande parte da prova e só mesmo para o fim conseguiram amealhar uma vantagem que deu o segundo posto à dupla Carneiro/Moreira.

Entre os concorrentes do Challenge Desafio Único FEUP2, que é como quem diz nos Fiat Punto, tudo foi animado até ao fim. Foi a custo e somente após uma corrida bastante trabalhosa, que deu a vitória a Tiago Vilela e Hugo Negrais. André Pinto e Jorge Setas lutaram até ao fim, mas seriam segundos, à frente de Raúl Delgado e Paulo Varge.

O Challenge Desafio Único FEUP encerra amanhã o programa das corridas, com a segunda prova marcada para as 18.45 horas. 

Portimao NunOrganistA 1a João Batista e Gustavo Moura (Alfa-Romeo 156)

Portmao NunOrganistA 2a Tiago Vilela e Hugo Negrais (Fiat Punto 85)

Fotos por Nuno Organista

 

BARREIROS NO PÓDIO EM SPA

 

Filipe Barreiros sobre ao pódio em Spa

 

spa ferrariportugal1_Copy
Flipe Barreiros conseguiu mais um pódio no International GT Open. O piloto da Ferrari Portugal que este fim-de-semana disputa a ronda de Spa-Francorchamps a 'solo', conseguiu um brilhante segundo lugar entre os GTA e diminui a diferença para o líder do Campeonato, conseguindo assim, um dos seus objectivos para este fim-de-semana.
O segundo lugar registado na qualificação abriu boas perspectivas para uma corrida que foi disputada com condições atmosféricas adversas: "A primeira parte da prova foi feita a seco, mas a segunda, felizmente com chuva. Consegui tirar vantagem do piso molhado e estava mesmo entre os mais rápidos. Numa pista difícil como e esta e a correr sozinho durante 70 minutos sabia que a chuva podia ser vantajosa, mas não só, a minha condição física tem melhorado bastante nos últimos tempos e isso deve-se ao trabalho da minha preparadora e do meu preparador físicos, sem eles estar este tempo todo consecutivamente ao volante não teria sido possível ", começou por explicar Filipe Barreiros que conta agora com o apoio da Lynx Asset Managers e da Falcon Eyes.
Depois da corrida de hoje o piloto da Ferrari Portugal mantém a segunda posição no Campeonato a três pontos do líder e espera amanhã continuar a reduzir a desvantagem: "Foi muito importante ter ficado à frente do meu principal rival. Para amanhã o mesmo desfecho será importante mas espero, para além disso, chegar à vitória. Continuo com o título na mira e muito focado em atingir o objectivo", rematou Filipe Barreiros que soma esta temporada no GT Open três vitórias, três segundos lugares e um terceiro.
A corrida de amanhã terá transmissão em diferido na Sporttv 5 pelas 21.40h

 

HENRIQUE CHAVES SAI DE 4º

 

Henrique Chaves sai de quarto para as finais em Valência

 

Henrique Chaves3_Copy
Henrique Chaves que este fim-de-semana está em Valência para mais uma jornada do Campeonato de Espanha de Karting conseguiu nas duas mangas de qualificação da categoria Sénio KZ2 o terceiro e sexto tempos que lhe confere a quarta posição da grelha para as finais que terão lugar durante o dia de amanhã.
O jovem piloto português sofreu com problemas de carburação que não lhe permitiu tirar o melhor partido da sua máquina: "Só conseguimos resolver o problema mesmo em cima da qualificação o que não nos permitiu ter um chassis devidamente afinado. Os resultados conseguidos foram os possíveis, mas amanhã durante o 'warm-up' vamos procurar encontrar a melhor afinação", começou por explicar Henrique Chaves.
A ocupar o segundo lugar do Campeonato, o objectivo depois do dia de hoje passa por: "Não perder pontos para o meu mais directo adversário. Ele tem estado muito forte mas acredito que com o problema solucionado irei dar luta", rematou Henrique confiante no seu trabalho.
As classificações do Campeonato podem se consultadas em:

 

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DO JORNALISTA JOÃO CARLOS COSTA

SEGUNDO A INFORMAÇÃO DE JOÃO CARLOS COSTA

 

Para surpresa  de todos, talvez até da própria equipa, Harry Tincknell leva o Gibson da JOTA à terceira pole-position consecutiva no ELMS 2015. Agora que venha a vitória para Filipe Albuquerque & Cia nas 4 Horas de Paul Ricard.

 

VITÓRIA PARA PAULO GONÇALVES

 

Vitória para Paulo Gonçalves na última etapa no Chile

 

Anexo sem_nome_00010_CopyAnexo sem_nome_00013_Copy
Depois dos contratempos na primeira etapa, piloto português oficial da Honda mostrou grande performance até à subida ao 6.º da geral.
Paulo Gonçalves venceu hoje a última etapa do Atacama Rally, quinta e penúltima jornada do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno 2015, tendo por isso subido ao 6.º lugar final na tabela geral classificativa.
O piloto português, oficial na equipa Honda, foi o mais rápido nos últimos 100 quilómetros cronometrados na chegada a La Serena, no Chile, com um total de 1h25’48, provando uma vez mais elevada performance depois da avaria elétrica que o fez perder cerca de uma hora a reparar.
“Hoje foi mais uma boa ‘especial’. Parti muito concentrado em atacar, queria vencer a etapa e voltar a subir algumas posições na tabela geral. Termino a prova em sexto e com mais uma vitória em etapas. Estou muito satisfeito com o trabalho realizado e com a performance da equipa HRC que mostra estar no bom caminho”, referiu Paulo Gonçalves.
Paulo Gonçalves termina o Atacama Rally com o sexto lugar da tabela geral a 53’02 do vencedor chileno Pablo Quintanilla, somando mais treze pontos para a tabela classificativa do “Mundial” onde ocupa o quinto lugar.
A próxima ronda do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno decorr

 

MELHOR ERA IMPOSSIVEL

MELHOR ERA IMPOSSÍVEL!

Miguel Lobo e Paulo Sá Silva são já virtuais campeões da categoria C3, depois de uma prova em que terminaram na terceira posição da geral.

“Acho que nem nossos sonhos mais loucos imaginamos que íamos comemorar desta forma esta prova. Somos virtuais vencedores do campeonato e estamos no pódium da geral… acho que esta é a melhor forma de mostrarmos a todos que vencemos, que damos o nosso melhor em cada corrida e que apesar de estarmos a correr num carro de uma categoria inferior, podemos chegar bem mais longe do que o esperado, basta acreditar e não baixar os braços até ao final.” Comentava Miguel Lobo, logo após terminar a prova.

“Acho que fizemos uma grande corrida e que não nos faltam adversários. No início andamos numa luta bem interessante com o Lamborghini e depois intrometemo-nos na classificação geral e chegamos ao pódium. No início da época queríamos lutar pelo título, mas tínhamos a consciência de que era importante terminar corridas e evoluir. Chegamos aqui e acho que cumprimos e superamos os nossos objectivos. Obrigado à Speedy pelo carro que nos entrega e sobretudo a todos os que acreditam em nós e nos apoiam. A vitória é de todos vós.” Rematou Paulo Sá Silva.

Amanhã, às 17.30 horas Paulo Sá Silva e Miguel Lobo regressam à pista, para a segunda corrida do fim-de-semana.

NunOrganistA 10 

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Sprint Race: Enzo Bortoleto (PRO) repete desempenho e é o mais veloz no 2o treino

Na categoria GP, Felipe Rabello SR#36 garantiu a primeira colocação. Os grids de largada das duas corridas da sexta etapa serão definidos na tomada de tempos às 16h40 e 17h

O segundo treino oficial da sexta etapa da Sprint Race aconteceu na tarde sábado (05/09), no anel externo (#Oval) do Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), com 2.550 metros de extensão. O treino foi encerrado com bandeira vermelha, restando aproximadamente três minutos para o final.

O piloto paulista Enzo Bortoleto SR# 85 marcou 59s309 e foi seguido por Berlanda Junior SR #10, em terceiro colocado Felipe Rabello#36 e na quarta colocação esteve Gustavo Kiryla #94.

A sexta etapa contará com as transmissões do canal BandSports e da PlayTV.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardahl, Fremax e Rio Custom.

Confira o resultado do segundo treino da sexta etapa:

1) #85 ENZO BORTOLETO (PRO), 58s309
2) #10 BERLANDA JR/LUCAS VILLELA (PRO), 58s800
3) #36 MATHEUS MARINI/FELIPE RABELLO (GP), 59s007
4) #94 GUSTAVO KIRYLA (PRO), 59s025
5) #17 PIETRO RIMBANO (PRO), 59s065
6) #8 FÁBIO BRECAILO (GP), 59s188
7) #78 LUCAS PERES/MARCUS PERES (PRO), 59s274
8) #27 BILLY ZONTA/FELIPE LOBO (PRO), 59s695
9) #7 VINÍCIUS MARGIOTA/RODRIGO MATOS (GP), 59s947
10) #77 LUCA MILANI (GP), 59s961

Confira os horários do fim de semana na pista de Curitiba (PR):

Sábado, dia 05/09

16h40 às 16h50 - 1o classificatório
17h00 às 17h10 - 2o classificatório

Domingo, dia 06/09

08h40 - Alinhamento dos carros
09h10 - Placa de 5 minutos
09h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
12h30 - Alinhamento dos carros
13h10 - Placa de 5 minutos
13h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
13h40 - Pódio

 

#85 - Piloto Enzo Bortoleto - categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)

#85 - Piloto Enzo Bortoleto - categoria PRO (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#10 - Pilotos Junior Berlanda e Lucas Villela - Categoria Pro (Luciano Santos/SigCom)

#10 - Pilotos Junior Berlanda e Lucas Villela - Categoria Pro (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#36 - Pilotos Felipe Rabello - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

#36 - Pilotos Felipe Rabello - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

#8 - Piloto Fábio Brecailo - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)

#8 - Piloto Fábio Brecailo - categoria GP (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

 

500 KM DE SÃO PAULO

 

MRX de Finardi/Weigert fatura pole position dos 500Km de São Paulo

Tomada de tempos foi marcada pelo bom desempenho dos protótipos, que ficaram com quatro das cinco primeiras posições no grid

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Carlos Antunes/Luiz Aurélio/Lucas Biagioni
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Ney Faustini/Ney de Sá Faustini
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Sérgio Pistili/Valter Pinheiro
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Alexandre Finardi/Gastão Weigert
Alta | Web

Alexandre Finardi e Gastão Weigert conquistaram na tarde deste sábado (5) a pole position para a 31ª edição dos 500Km de São Paulo, evento válido pela Copa Brasil de Endurance, que acontece no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). Finardi, responsável por conduzir o protótipo MRX número 80 na tomada de tempos, obteve em sua melhor passagem em 1min31s984.

A segunda colocação ficou com outro protótipo: o Spyder, pilotado pela dupla formada por Sérgio Pistili e Valter Pinheiro, enquanto o Chevrolet Vectra de Ney Faustini e Ney de Sá Faustini apareceu na terceira colocação. Outros dois protótipos MRX completaram a lista dos cinco primeiros, com o trio formado por Carlos Antunes, Luiz Aurélio e Lucas Biagioni sendo mais rápidos em relação a Carlos Ortolani e Joon Park.

"A gente vem sofrendo o ano inteiro para tentar acertar o carro, que aqui está com uma configuração nova. Ontem nós tivemos um problema com a homocinética e a equipe fez todo o trabalho a noite. De manhã, depois das primeiras voltas, vi que era um outro carro na mão e aí a coisa aconteceu. Caprichamos um pouco mais, colocamos pneu novo e o tempo veio", comentou Finardi.

"Queria agradecer ao pessoal que cuidou do carro, que trabalhou até altas horas da noite ontem para deixar o carro como precisávamos para eu fazer o trabalho e acelerar. Ainda temos condições de andar mais rápido. Vamos torcer pela confiabilidade mecânica", completou o piloto, que venceu a edição a 29ª edição dos 500Km de São Paulo, disputada em 2013, no Autódromo de Interlagos.

Os 500Km de São Paulo acontecem neste domingo, com largada prevista para 13h.

Confira o grid de largada:

1 - Alexandre Finardi/Gastão Weigert (Moro MRX/GP1) - 1min31s984
2 - Sérgio Pistili/Valter Pinheiro (Spyder/P3) - 1min33s442
3 - Ney Faustini/Ney de Sá Faustini (Vectra/GP1) - 1min33s707
4 - Carlos Antunes/Luiz Aurélio/Lucas Biagioni (Moro MRX/P2) - 1min33s919
5 - Carlos Ortolani/Joon Park (Moro MRX/P2) - 1min34s875
6 - Renato Cattalini/Fábio Greco (Ferrari/GT1) - 1min35s788
7 - Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida (Lancer/GT2) - 1min36s128
8 - Jorge Machado/Rui Machado/Rui Cardoso (MR18/GP1) - 1min37s135
9 - Davi Plutarcho/Paulo Plutarcho/Tarco Pimentel (Spyder/P2) - 1min40s244
10 - Maurício Olio/Roberto Amaral "Coruja" (Vectra/GP1) - 1min40s947
11 - George "Grego" Lemonias/Edras Soares (Opala/GT2) - 1min41s737
12 - Jorge Machado/Rui Machado/Rui Cardoso (Corsa/GT2) - 1min41s963
13 - Marcos Philippi/Márcio Philippi (Maverick/GT2) - 1min43s929
14 - José Vilela/Mário Marcondes (P3) - 1min44s665
15 - Vinicius Palma/Vá Barbosa (Spyder/P3) - 1min45s082
16 - Fernando Monis/Heitor Nogueira (Espron BMW/P2) - 1min46s351
17 - Alexandre Pepe (Chevrolet Celta/T2) - 1min56s347
18 - Davi Plutarcho/Paulo Plutarcho/Tarco Pimentel (Chevrolet Celta/T2) - 1min59s198

 

SALVADOR LOBATO SEM SORTE

POUCA FAÍSCA NO MOTOR…

Um problema eléctrico impediu Pedro Salvador e Rafael Lobato de lutarem pela vitória na primeira corrida do fim-de-semana.

Pedro Salvador estava a lutar pela liderança posição da primeira corrida do Campeonato Nacional de Velocidade (CNV), quando um súbito problema de motor o fez perder as hipóteses de lutar pela vitória.

“Senti o motor falhar e imediatamente segui para a box. Constatamos ser um problema eléctrico, substituímos alguns elementos, mas mesmo assim o motor não ficou bom. O Rafael (Lobato) ainda regressou à pista, mas já tínhamos perdido muito tempo.” Mesmo com o tempo perdido, a dupla da Speeedy Motorsport ainda chegou até ao terceiro posto na categoria.

“Amanhã estamos de novo na pista e esperamos estar na luta pela primeira posição. Vou fazer tudo para contribuir para a vitória da equipa” remata Rafael Lobato.

IMG 8783

 

500 KM DE SÃO PAULO

 

Pilotos falam da preparação de seus carros para os 500Km de São Paulo

Competidores comentaram sobre alterações feitas para buscar um bom desempenho na corrida que acontece neste domingo, no Velo Città

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Alexandre Finardi/Gastão Weigert
Alta | Web

Vinicius Ferraz
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Guilherme Spinelli/Ingo Hoffmann/Leandro de Almeida
Alta | Web

Uma das características das corridas de Endurance são os diferentes tipos de carros no mesmo grid, o que exige de cada equipe o máximo esforço para conseguir fazer com que os pilotos consigam baixar cada vez mais os tempos de volta. A 31ª edição dos 500Km de São Paulo, prova que acontece neste domingo (6), no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), não foge a regra.

Uma das provas de que uma corrida de longa duração exige o máximo de atenção com cada componente de carro vem da equipe Old Boys, formada pelos vice-campeões de 2014, Guilherme Spinelli, Ingo Hoffmann e Leandro de Almeida. O trio de pilotos trabalhou duro para colocar um Mitsubishi Lancer em condições de participar do evento em condições de terminar em uma boa colocação.

"Este carro é muito parecido com os utilizados na Lancer Cup, mas fizemos algumas alterações: o motor é um pouco mais forte, a troca de marchas acontece por um câmbio paddle shift. É um carro feito para ser potente, mas, ao mesmo tempo, resistente para uma corrida de mais de três horas de duração", comentou Almeida, que viu Guiga Spinelli colocar a equipe na sétima colocação do grid de largada.

Outra equipe que fez alterações no carro foi a de Alexandre Finardi e Gastão Weigert. A dupla, que garantiu a pole position da corrida no sábado (5), participa de uma das mais importantes corridas de Endurance do País com um protótipo MRX, modelo utilizado por, pelo menos, mais duas equipes na prova.

"Trocamos um motor Ford de quatro cilindros por um Nissan de seis um ano atrás. Mas, sempre acontecia algum tipo de falha em outro componente. Para o sábado da tomada de tempos, fizemos algumas mudanças no carro, que ficou melhor e nos deu a pole position", comenta Weigert, que participava de corridas em pistas de terra em Santa Catarina, antes de se dedicar às provas de resistência.

Campeão de 2013, quando correu ao lado de Nelson Silva Júnior, Finardi relembrou de todos os problemas enfrentados com o MRX antes de conseguir a pole position para a corrida deste domingo. Questionado sobre se o título de dois anos atrás o empolga para a prova do final de semana, o piloto alega que sim, mas não mais do que os problemas enfrentados antes do bom resultado desta tarde.

"Eu acho que fiquei até mais contente aqui, pois temos carros mais bem preparados competindo com a gente. A gente está com um gostinho mais doce aqui hoje, pois viemos de muitos problemas em outras corridas, estávamos até desacreditados. E foi um alívio ficar com a pole depois dos problemas de ontem, pois quase não dormi essa noite", comentou o piloto.

Os 500Km de São Paulo acontecem neste domingo, a partir das 13h.

 

TCR ESTREIA-SE EM PORTIMÃO

TCR A ESTREIA NO CNV

O Seat Leon Cup Racer é uma estreia em termos de CNV. É um TCR (Touring Car Racing), ou seja, um carro de turismo que se enquadra no regulamento da TCR International Series, que parte de um automóvel de produção, com um motor de dois litros turbo, capaz de desenvolver uns saudáveis 340 cavalos, mantendo um nível competitivo elevado, mas custos controlados.

Francisco Mora é o piloto que está em Portimão a conduzir o Seat da Veloso Motorsport e mostra-se muito entusiasmado com o carro: “antes de mais é muito diferente do Mercedes que guio no Campeonato Italiano de GT. É um tracção dianteira com 330/340 cavalos.”

Mas apesar das diferenças e da menor potência “o Seat é um carro espectacular! Além disso acho que este formato de competição é o ideal para a realidade actual, são carros com custos baixos, mas com um nível competitivo extraordinário.”

Recordamos que Mora não é propriamente um novato em termos de condução destes carros. Estreou-se há quatro meses, justamente em Portimão, durante a jornada Portuguesa das TCR International Series.

“É um carro muito bom. É equilibrado e divertido de conduzir; trava bem, curva muito bem. Além disso é muito bonito e só é pena que aqui não tenha mais concorrência. Com mais gente ia ser muito divertido. Acho que se tivéssemos mais pilotos e mais equipas a apostar nos TCR, poderíamos ter corridas espectaculares!” Remata Francisco Mora.

Portimao NunOrganistA 2 IMG 8540

 

SPRINT RACE - BRASIL

 

Sprint Race: Treinos oficiais definem os grids de largada na corrida no oval em Curitiba

As duas corridas acontece neste domingo (06) às 9h15 e às 13h15

A Sprint Race realizou neste sábado (05/09) as primeiras atividades oficiais de pista da 6ª etapa da temporada, que acontece no Autódromo Internacional de Curitiba. Foram realizados um shakedown de 10 minutos, dois treinos oficiais 40 minutos e duas tomadas de tempos de 10 minutos cada, onde os pilotos aceleraram forte em busca das melhores colocações para as corridas da competição, sendo o principal objetivo é o título da temporada 2015.

Na PRO, Berlanda Junior #10 largará da pole position na primeira corrida, fez o tempo de 58s564, foi seguido de Enzo Bortoleto #85 e Flávio Lisboa #79. "A expectativa para a corrida é boa, mostramos que estamos competitivos e o Junior conseguiu fazer uma volta boa e até uma certa vantagem para o segundo colocado. Já na segunda tomada, eu vinha bem e na última volta perdi a pole para outro competidor, me servirá de aprendizado. Agora é torcer para fazer uma boa corrida amanhã e somar pontos para o campeonato", contou o sorocabano Lucas Villela que divide o carro com Berlanda de Florianópolis (SC).

O estreante Lucas Peres, inscrito na categoria GP, começou bem e fez a sua primeira pole na categoria para a corrida 1. O piloto de Londrina (PR) conta com o apoio do pai Marcus Peres na divisão do SR#78. "Com cinco voltas no classificatório e na última volta consegui virar uma volta perfeita para a primeira colocação da GP. Na corrida andará todo mundo embolado e será uma bela prova no oval. Gostei muito da categoria", comemora Lucas.

Já na segunda corrida o pole na categoria PRO é o curitibano Billy Zonta, que divide o carro com Felipe Lobo SR #27. "Inacreditável conquistar a pole, com 55 quilos de lastro, foi um grande feito e um grande presente. Tenho que aproveitar esta oportunidade para pontuar o máximo possível para continuarmos na liderança do campeonato", avalia Billy.

Pela GP, Felipe Rabello #36 foi o mais rápido e vai largar na frente para a segunda corrida, seguido de Kau Machado #44 e Rodrigo Matos #7. "Deu tudo certo. Temos poucos detalhes para acertar no carro para amanhã, mas estou confiante", concluiu o piloto mineiro.

Parabéns na pista!

Dois pilotos da Sprint Race ganharam uma bolo de aniversário nos boxes da categoria. Enzo Bortoleto completa 19 anos neste sábado (05), e Rodrigo Matos comemorou 40 anos no último dia 30 de agosto. "Um dia especial, ainda mais por ter sido o mais rápido nos dois treinos oficiais e fiz o segundo melhor tempo nos dois classificatórios para as duas corridas deste domingo. O objetivo para amanhã é de vitória",
contou o paulista.

A largada da primeira corrida às 09h15 e 13h15 a segunda. A premiação dos vencedores será realizada às 13h40. A programação tem entrada franca.

Confira os grids de largada da sexta etapa da Sprint Race:

Grid da corrida 1. Confira os 10 primeiros:
1) 10-Berlanda Jr (PRO), 58.564
2) 85-Enzo Bortoleto (PRO), 58.628
3) 79-Flávio Lisboa (PRO), 58.676
4) 27-Felipe Lobo (PRO), 59.035
5) 77-Luca Milani (PRO), 59.299
6) 78-Lucas Peres (GP), 59.319
7) 55-Osman Didi (GP), 59.455
8) 4-Lucas Gohr (PRO), 59.581
9) 17-Pietro Rimbano (PRO), 59.689
10) 8-Fábio Brecailo (GP), 59.762

Grid da corrida 2. Confira os 10 primeiros:
1) 27-Billy Zonta (PRO), 58.144
2) 85-Enzo Bortoleto (PRO), 58.316
3) 10-Lucas Vilella (PRO), 58.573
4) 36-Felipe Rabello (GP), 59.015
5) 44-Kau Machado (GP), 59.080
6) 77-Luca Milani (PRO), 59.144
7) 17-Pietro Rimbano (PRO), 59.292
8) 4-Luiz Santos (PRO), 59.367
9) 7-Rodrigo Matos (GP), 59.443
10) 94-Gustavo Kiryla (PRO), 59.621

Domingo, dia 06/09

08h40 - Alinhamento dos carros
09h10 - Placa de 5 minutos
09h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
12h30 - Alinhamento dos carros
13h10 - Placa de 5 minutos
13h15 - Saída para volta de aquecimento + 23 min + 1 volta
13h40 - Pódio

Calendário 2015 da Sprint Race Brasil:

Etapa 1 - 29/03 - Tarumã - Viamão (RS)
Etapa 2 - 19/04 - AIC - Curitiba (PR)
Etapa 3 - 23/05 - Londrina (PR) - #NightChallenge
Etapa 4 - 28/06 - Curitiba (PR) - #Inverse
Etapa 5 - 09/08 - Cascavel (PR) - #SetUpFree

Etapa 6 - 06/09 - Curitiba (PR) - #Oval
Etapa 7 - 15/11 - Curitiba (PR)
Etapa 8 - 20/12 - São Paulo (SP) - Pontos em Dobro

Mais informações:
Site:
 www.sprintrace.com.br
Facebook: Sprint Race Brasil
Twitter: Sprint Race

Texto: Silvana Grezzana Santos
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Crédito fotos: Luciano Santos/Sigcom

SR#78 Estreantes Lucas Peres e Marcus Peres (Luciano Santos/SigCom)

SR#78 Estreantes Lucas Peres e Marcus Peres (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Vanderlei Berlanda Jr. (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Vanderlei Berlanda Jr. (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

SR#10 Berlanda Junior e Lucas Villela (Luciano Santos/SigCom)

SR#10 Berlanda Junior e Lucas Villela (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Vanderlei Berlanda Jr. (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Vanderlei Berlanda Jr. (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Billy Zonta (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Billy Zonta (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

SR#27 Billy Zonta e Felipe Lobo (Luciano Santos/SigCom)

SR#27 Billy Zonta e Felipe Lobo (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Felipe Rabello (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Felipe Rabello (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

SR#36 (Luciano Santos/SigCom)

SR#36 (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Piloto Enzo Bortoleto (Luciano Santos/SigCom)

Piloto Enzo Bortoleto (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

SR#85 (Luciano Santos/SigCom)

SR#85 (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

SR#55 (Luciano Santos/SigCom)

SR#55 (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

 

PROJECTO NISSAN WEC EM "BANHO MARIA" ?

PROJECTO NISSAN EM "BANHO MARIA"?

 

 

 

Ficou recentemente no ar a hipótese do Nissan GTR LMP1 regressar em casa ao Mundial. Esqueçam: Fuji também não está no programa. Cada vez parece mais que 2015 vai pelo caminho do ponto final, parágrafo. Para 2016... logo se verá!

 

MAIS UM ACIDENTE MORTAL

MAIS UM ACIDENTE MORTAL NUM RALI

 

Desta feita foi aqui na vizinha Espanha, mais concretamente na zona da Corunha em plena Galiza, quando um  Peugot 206 dum piloto espanhol, teve o azar de deixar o carro ir para a berma, despistando-se de seguida, originando, de forma lamentável seis mortos e mais uma dezena e meia de feridos, alguns em estado considerado grave.Infelizmente com mais este sucedido, a FIA terá de rever as condições de segurança deste tipo de  provas.

 

 

 

BALANÇO POSITIVO PARA A SPEEDY MOTORSPORT

BALANÇO POSITIVO PARA A SPEEDY MOTORSPORT

 

 

 CN e para a dupla Miguel Lobo Race Page e Paulo Sá Silva na classe C3. Nos Single Seater Series, excelente resultado para César Machado com P2, e que esteve na luta pela Pole até ao final da qualificação. Fantástica adaptação na estreia do André Serafim ao difícil circuito de Portimão ao conseguir P7. Amanhã a Single Seater Series tem a primeira corrida às 12.55 e o CNV às 17.30. 
 

GONÇALO INÁCIO ALVO DE PENALIZAÇÃO

GONÇALO INÁCIO ALVO DE PENALIZAÇAO

 

SINGLE SEATERS - PORTIMÃO

 

Vitoria perdida na secretaria após decisão do colégio de comissários por alegada falsa partida.

Enfim, corridas.

1ª Corrida do Fim-de-semana com vitória perdida na secretaria

Arranquei de primeiro e após ter efectuado um mau arranque caí para a sexta posição. Contudo e com a entrada do safety car, à terceira volta assumi a liderança, fiz a volta mais rápida e venci com 6 segundos de vantagem.

Contudo e após um protesto a alegar que fiz falsa partida, o colégio de comissários decidiu acrescentar ao meu tempo 25 segundos o que me relega para a quinta posição.

Amanhã há mais e vamos ainda com mais vontade de vencer que hoje, arrancando da pole position.

Obrigado a todos pelo apoio e à equipa CRM Motorsport pelo excelente trabalho efectuado.

 

MANUEL CABRAL COM PROBLEMAS EM PORTIMÃO

MANUEL CABARAL COM PROBLEMAS EM PORTIMAO

 

DATSUN 240 Z NÃO ACABOU A 1ª CORRIDA

 

Pronto para amanhã, ás 7.50h, depois do azar de hoje, 2° corrida de 50 mts, em priencipio foi o filtro de gasolina, mas não vá o diabo tecelas, bomba nova, deposito revisto, tubos novos, carburadores afinados, filtro fora, etc, penso que não falta nada para a falta de gasolina, mas são máquinas, 
O carro ficou novamente a a 100%
Amanhã logo veremos pois partimos de ultimo, obrigado Ricardo Pereira, RPmotorsport,

 

GALERIA DE IMAGENS - BLANCPAIN EM PORTIMÃO

GALERIA DE IMAGENS

 

BLANCPAIN NEM PORTIMÃO

 

Grupo de imagens referentes à passagem da Blancpain pela pista de Portimão.b1 Copyb2 Copyb3 Copyb4 Copyb5 Copyb6 Copyb7 Copyb8 Copyb9 Copyb10 Copyb11 Copyb12 Copyb14 Copyb15 Copyb16 Copyb17 Copyb19 Copyb20 Copyb21 Copyb22 Copyb23 Copyb24 Copyb25 Copyb30 Copyb31 Copyb32 Copy

 

GALERIA DE IMAGENS - TROFEU LAMBO - USA

GALERIA DE IMAGENS

 

TROFÉU LAMBO - ESTADOS UNIDOS

 

GRupo de imagens relativas à derradeira prova do Troféu Lamborghini nos Estados Unidos.lambo100-northamerica Copylambo101 Copylambo102 Copylambo103 Copylambo104 Copylambo105 CopylaMBO106 Copylambo107 Copylambo108 Copylambo109 Copylambo110 Copylambo111 Copylambo112 Copy

 

ESTREIA DE PEDRO FERREIRA

 

Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2015

Baja TT Idanha-a-Nova

11 e 12 de Setembro

 

Pedro Ferreira estreia-se em Idanha

Em ano de estreia piloto nortenho ocupa 5º lugar no Campeonato

 

Depois de ter alcançado por duas vezes consecutivas a quarta posição em provas do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, o estreante Pedro Ferreira tem agora pela frente mais um grande desafio e uma nova prova para descobrir. Aos comandos do Depieres Proto de duas rodas motrizes Pedro Ferreira esteve em destaque tanto na Baja Cidade Europeia do Desporto Loulé 2015, como na Baja TT Proença-a-Nova / Oleiros / Mação, onde foi sempre acompanhado por Válter Cardoso.

 

 Nos próximos dias 11 e 12 de Setembro, o piloto nortenho irá disputar a Baja TT Idanha-a-Nova, a quinta etapa desta temporada de 2015, a segunda das duas provas organizadas pela Escuderia Castelo Branco.

 

”Está a ser fantástica esta minha primeira abordagem às provas de todo-o-terreno. O primeiro grande desafio foi perceber e conhecer o carro. Prova a prova tenho vindo a ganhar confiança e explorando os limites, sempre dentro de uma grande margem de segurança. Tem sido também muito interessante perceber a dinâmica destas corridas de percurso secreto, onde é deveras importante o papel do navegador. E depois tem havido toda a descoberta de quilómetros e quilómetros de pistas muito variadas, que para mim eram totalmente desconhecidas. Vou agora ter pela frente mais uma prova para a qual parto naturalmente muito motivado depois dos bons resultados alcançados, mas seguro de que tenho de manter um elevado nível de concentração para evitar cometer erros. O importante será sempre terminar a corrida. O resultado virá por acréscimo, salienta Pedro Ferreira.

 

A Baja TT Idanha-a-Nova compreende uma dupla passagem por um prólogo com 7 quilómetros de extensão que terá lugar na sexta-feira dia 11. No dia seguinte os concorrentes enfrentarão nova dupla passagem por 

 

COMVAL RACING COM 4ª POSIÇÃO EM PORTIMÃO

 

COMVAL RACING COM 4ª POSIÇÃO EM PORTIMÃO


LUCIANO Copy

A Comval Racing com Luciano Carvalho ao volante do seu monolugar, conseguiu obter hoje na sessão de treinos cronometrados a quarta melhor marca com vista á primeira corrida deste fim de semana dos Single Seaters, competição que congrega os diferentes monolugares da  Fórmula Ford.

 

Segundo Tiago Alllen, responsável da Comval Racing “  estou a prever que irá ser uma corrida muito disputada, basta ver os tempos dos primeiros classificados. Pela nossa parte demos o nosso melhor, o Luciano Carvalho, está a imprimir um excelente andamento, por isso estou confiante, que caso não hajam contratempos técnicos com o carro, poderemos lutar pela vitória, e quem sabe por uma posição no pódio, são estes para já os nossos objectivos, para esta primeira corrida, das duas que fazem parte do programa deste fim de semana “, disse-nos

 

MERCEDES BENZ COM FORTE CRESCIMENTO

 

Mercedes-Benz com forte crescimento em todos os mercados

 

• Mercedes-Benz comercializa mundialmente 139,802 automóveis em agosto (+17,6%);

 

Gama SUV_Copy• Ola Källenius, Membro do Board of Management da Daimler AG e responsável pela Mercedes-Benz Cars Vendas e Marketing afirmou: ”O forte crescimento alcançado na região Ásia-Pacífico foi fundamental para o excelente desempenho de vendas da Mercedes-Benz em agosto.”; • Vendas na China apresentaram um aumento de 53.1% registando assim um novo recorde; • A Mercedes-Benz é líder no segmento premium na Alemanha, Japão, Canadá, Austrália, Espanha e Portugal; • Classe C Limousine e Station batem recorde de vendas (+81.3%). Com um aumento das unidades vendidas (+17.6%) no passado mês de agosto, a Mercedes-Benz atingiu um novo recorde de vendas. Ao longo do último ano, a Marca da estrela tem vindo a registar uma taxa de crescimento considerável a cada mês. No total, foram entregues no mês de agosto 139.802 veículos Mercedes-Benz. Desde o início do ano, 1,187,980 clientes já receberam um novo automóvel Mercedes-Benz(+15,1%). “O forte crescimento alcançado na região Ásia-Pacífico foi fundamental para o excelente desempenho de vendas da Mercedes-Benz no passado mês agosto”, referiu Ola Mercedes-Benz Portugal S.A., Comunicação de Automóveis Abrunheira – Apartado 1, 2726-901 Mem Martins • Uma empresa do Grupo Daimler 2 Källenius, Membro do Board of Management da Daimler AG e responsável pela Mercedes-Benz Cars Vendas e Marketing. Na Europa, 507.772 veículos foram entregues a clientes desde o início do ano, um aumento de 11,2% em comparação com o período homólogo. Na Alemanha, as vendas nos últimos oito meses aumentaram 5.9%, atingindo a marca das 177.606 unidades. Só em agosto, a Mercedes-Benz comercializou 21.037 veículos (+4,9%), afirmando a sua liderança de mercado entre os fabricantes premium. De referir ainda os crescimentos em Portugal (+47,7%) e na Holanda (+31,3%). A Mercedes-Benz é líder de mercado entre as marcas premium em Espanha e em Portugal. Na região NAFTA, foram comercializados um total de 32,597 veículos em agosto (+6,8%), tendo os Estados Unidos contribuído com 28,373 unidades comercializadas (+4,8%). No passado mês de agosto foram alcançados recordes de vendas nos três países da região NAFTA. No Canadá, as vendas aumentaram 30,5% o que permitiu à Mercedes-Benz continuar a liderar o mercado entre as marcas premium. Na região Ásia-Pacífico as vendas aumentaram 34%, atingindo um novo recorde de vendas com 51,307 unidades entregues no mês passado. De referir que este forte crescimento não se deveu unicamente à China, mas também à Coreia do Sul (+13,9%), Austrália (+28,3%) e Índia (+18,9%). Na China foram entregues um total de 32,763 veículos Mercedes-Benz, mais 53,1% do que em agosto do ano passado. O GLA e o Classe C Limousine, produzidos localmente, foram modelos especialmente bemsucedidos durante o mês de agosto. No Japão e na Austrália a Mercedes-Benz continua a liderar o mercado entre os importadores premium. As vendas de veículos compactos da Mercedes-Benz cresceram igualmente em agosto (+35%). Um total de 44,648 clientes recebeu o seu novo Classe A, B, GLA, CLA ou CLA Shooting Break. Só na China, a venda de veículos compactos triplicou durante o mês de agosto. O Classe C Limousine e Station apresentaram também um novo recorde de vendas com um aumento de 81,3% para 35,555 unidades comercializadas. Estes dois modelos terão em breve a companhia do novo Classe C Coupé, modelo que fará a sua estreia em dezembro. Mercedes-Benz Portugal S.A., Comunicação de Automóveis Abrunheira – Apartado 1, 2726-901 Mem Martins • Uma empresa do Grupo Daimler 3 Os SUV’s da Mercedes-Benz continuam a apresentar grande popularidade em todos os mercados. As vendas destes modelos aumentaram 24,1% o que se traduziu em 40,420 unidades e com o GLA como o modelo mais vendido. O novo GLE está disponível nos concessionários dos Estados Unidos desde agosto, chegando em setembro à Europa. Com o lançamento do GLE 500e 4MATIC, a Mercedes-Benz continua a sua forte e bemsucedida ofensiva de veículos híbridos. Em 2017 a marca de Estugarda terá disponível um total de 10 modelos PLUG-IN HYBRID no mercado. As unidades vendidas do smart fortwo e smart forfour aumentaram 29,4% para 77,768 unidades. O forte crescimento foi registado principalmente na Europa, a maior região de vendas para os dois modelos. O novo smart fortwo está disponível nos concessionários chineses desde agosto e estará nos Estados Unidos a partir de setembro. O novo smart fortwo cabrio será apresentado pela primeira vez no Salão Automóvel de Frankfurt já em setembro. Vendas Mercedes-Benz Cars Agosto 2015 Variação % Jan.-Ago. 2015 Variação % Mercedes-Benz 139,802 +17.6% 1,187,980 +15.1% smart 6,317 +9.4% 77,768 +29.4% Mercedes-Benz Cars 146,119 +17.2% 1,265,748 +15.9% Mercados Europa 50,304 +10.5% 507,772 +11.2% - Alemanha 21,037 +4.9% 177,606 +5.9% NAFTA 32,597 +6.8% 253,455 +8.9% - EUA 28,373 +4.8% 220,870 +7.3% Ásia-Pacifico 51,307 +34.0% 383,684 +24.8% - Japão 4,609 -0.4% 41,556 +16.2% - China 32,763 +53,1% 227,624 +27.7%

 

PAULO GONÇALVES NO ATACAMA

 

Paulo Gonçalves domina navegação no Atacama

Piloto português partiu em terceiro mas liderou o pelotão desde o quilómetro 40 até ao final da quarta etapa do Atacama Rally 2015.

Paulo Gonçalves cumpriu hoje uma etapa exímia ao nível da navegação na quinta jornada do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, o Atacama Rally 2015, tendo liderado a navegação desde o quilómetro 40 até à chegada a Huasco, onde está instalado o bivouac da quarta e penúltima etapa da prova.

O piloto português, oficial da equipa Honda, cumpriu os 272,53 quilómetros cronometrados gastando apenas mais 7’31” que o vencedor da tirada, Matthias Walkner, que ontem havia sido penalizado por falhar controlos de passagem e hoje partiria de trás com vantagem para os primeiros a entrar em pista. Com o quarto lugar da etapa e uma boa gestão de tempo pela navegação aprumada, Paulo Gonçalves subiu ao 8.º lugar da tabela geral a 58’24” do líder. Recorde-se que logo à primeira etapa Paulo Gonçalves perdeu uma hora em reparação de problemas elétricos na sua Honda que hipotecaram a luta pela vitória final.

“Estou bastante contente com a etapa de hoje. Saí do terceiro lugar e ao quilómetro 40 já estava na frente a abrir a navegação até ao final. Fiquei muito satisfeito por ter conseguido impor um bom ritmo e por saber que os pilotos que me seguiam perderam algum tempo. É muito importante conseguir manter um bom ritmo e fazer uma boa navegação ao mesmo tempo. Tudo correu de perfeitamente, a mota esteve impecável e a minha navegação foi fantástica”, comentou Paulo Gonçalves.

Amanhã disputa-se a última etapa do Atacama Rally 2015 com chegada a La Serena, com mais 100 quilómetros ao cronómetro.

 

Acompanhe Paulo Gonçalves em www.facebook.com/PauloGoncalvesFansPagPaulo Gonalves_Atacama_Rally_4_de_Setembro_de_2015_1_CopyPaulo Gonalves_Atacama_Rally_4_de_Setembro_de_2015_2_Copy

 

A SUGESTÃO DIA

A SUGESTÃO DO DIA - A NÃO FALTAR

 

POis é caro leitor, se por acaso estiver hoje, sábado, pela zona de Esposende, então não perca este desfile de moda, que terá lugar no Hotel Pinhais da Foz a partir das 17 horas, num evento a não perder.11141258 1058394437511913_5542667087230285541_n_Copy

 

GRUPO DE IMAGENS EM PORTIMÃO

GRUPO DE IMAGENS EM PORTIMÃO

 

Grupo de imagens do dia de ontem no autódromo em Portimãoa1 Copya2 Copya3 Copya4 Copya5 Copya6 Copya7 Copya8 Copya9 Copya10 Copya11 Copya12 Copya14 Copya15 Copya16 Copya17 Copya18 Copya20 Copya21 Copya22 Copya23 Copya24 Copya25 Copya26 Copya27 Copya28 Copy

 

GIRO LAMBORGHINI NA CHINA

GIRO LAMBO NA CHINA

 

Grupo de imagens referentes ao Giro Lamborghini que teve lugar na China.lam11-chinagiro Copylam12 Copylam13 Copylam14 Copylam15 Copylam16 Copylam17 Copylam18 Copylam19 Copy

 

SUPER RACING EM PORTIMÃO

 

CNV – Qualificação

Grande equilíbrio de andamentos marca a dupla sessão de qualificação disputada esta tarde.

Pedro Salvador (Norma M20 FC) vai partir da pole-position para a primeira corrida do CNV a realizar amanhã, Sábado, às 17.30 horas, prova com a duração de 50 minutos. O homem da Speedy Motorsport realizou a melhor marca com o tempo de 1m 43,057s.

Francisco Abreu (Tattus PY012) encarnou a oposição, rodou em mais 638 milésimas o que lhe atribui a segunda posição da grelha de partida, mas sempre sem se poder distrair, pois José Pedro Faria (Wolf GB08) terminou a duas décimas.

Pelos tempos realizados é de prever que um dos focos de interesse da prova seja a luta travada entre C3 e GT. Eugénio Montes (Lamborghini Huracan ST) levou a melhor por três décimas, sobre Paulo Sá Silva (Radical SR3), o líder dos C3.

Francisco Mora, em Seat Leon Cup Racer, um TCR é o único turismo em pista e alinha sozinho, pelo que vai fazer dois turnos consecutivos de condução, durante as corridas do fim-de-semana. Concorrência precisa-se, nos TCR.

Rafael Lobato (Norma M20FC), rodou em 1m 43,176s e dessa forma arrumou a seu favor uma qualificação imprópria para cardíacos. Domingo vai partir da primeira posição da grelha.

Armando Parente (Tattus PY012) chegou a estar na cabeça da qualificação, mas cedia 57 milésimas de segundo, o que é um claro exemplo de como foi discutida a segunda metade da qualificação.

Miguel Cristóvão (Wolf GB 08) rodava em mais 1,216s e terminava em terceiro, a 1,2s do carro do Team Nova Driver.

Mais atrás, de novo, a luta GT/C3, novamente a pender para o Lamborghini Huracan da Veloso Motorsport. Sérgio Montes foi agora 2,8s mais rápido do que Miguel Lobo (Radical SR3).

Portimao NunOrganistA 1 Pedro Salvador e Rafael Lobato (Norma M20FC)

Portimao NunOrganistA 25 Francisco Abreu e Aramndo Parente (Tattus PY012)

Portimao NunOrganistA 4 Eugénio Montes e Sérgio Montes (Lamborghini Huracan ST)

Portimao NunOrganistA 26 Paulo Sá Silva e Miguel Lobo (Radical SR3)

Portimao NunOrganistA 2 Francisco Mora (Seat Leon Cup Racer)

Challenge Desafio Único FEUP

Os concorrentes do Challenge Desafio Único FEUP 3, em Alfa-Romeo 156, foram naturalmente os mais rápidos na dupla sessão de qualificação desta tarde.

João Batista rodou em 2m 18,763s, o que lhe valeu a pole-position para a primeira corrida, pela margem de 0,959s sobre José João Magalhães.

Luís Carneiro e Hélder Moura completam a segunda linha.

No Challenge Desafio Único FEUP 2, disputado com os Fiat Punto 85s, Tiago Vilela foi o mais rápido com o tempo de 2m 27,404s, uma décima mais rápido do que André Pinto. André Martins e Raúl Delgado completam, respectivamente a linha seguinte.

Na segunda metade da qualificação foi a vez de Gustavo Moura ser o mais rápido, com 2m 18,910s. Seguido por Afonso Cidrais a 2,356s, Tiago Ribeiro e Digo Rocha, a 24 centésimas e 392 milésimas de segundo, respectivamente.

Entre os Fiat, Paulo Varge foi o mais rápido, com 2m 27,414s, com uma vantagem de seis décimas sobre José Monteiro. Jorge Setas e Hugo Negrais completaram a linha seguinte.

Portimao NunOrganistA 12 João Batista e Gustavo Moura (Alfa-Romeo 156)

CNV – Treinos Livres

Pedro Salvador e Rafael Lobato (Norma M20FC) afirmaram-se como a equipa mais rápida em pista, no final dos treinos livres decorridos esta manhã no Autódromo Internacional do Algarve (AIA), onde decorre a quarta jornada dupla do Campeonato Nacional de Velocidade (CNV).

O melhor tempo de 1m 43,177s foi conseguido na primeira sessão de treinos livres.  Fernando Abreu e Armando Parente (Tattus PY012) rodaram em 1m 43,376s, dominaram a segunda sessão de treinos livres e terminaram a escassas duas décimas de segundo da dupla do Norma, que ficou pelas boxes, depois de um toque.

Entre os C3, Paulo Sá Silva e Miguel Lobo (Radical SR3) foram os mais rápidos, com 1m 52,676s, tendo retirado uma décima ao tempo da sessão anterior.

Eugénio e Sérgio Montes (Lamborghini Huracan ST) realizaram a melhor marca na segunda sessão com 1m 52,766s.

Francisco Mora (Seat Leon Cup Racer) foi o melhor turismo.

Challenge Desafio Único – Treinos Livres

José João Magalhães e Afonso Cidrais afirmaram-se no Challenge Desafio Único FEUP3, rodando em 2m 21,385s.

Entre os concorrentes do Challenge Desafio Único FEUP2 o domínio foi para André Pinto e Jorge Setas, com o tempo de 2m 27,366s. André Martins e José Monteiro foram os segundos mais rápidos, com mais 1,619s.

 

EUROFORMULA OPEN

 

Fotospeedy
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Henrique Baptista
Alta | Web
Fotospeedy
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Henrique Baptista
Alta | Web

Depois da F1, aspirantes da F3 encaram pista de Spa

Em sua reta final, Euroformula Open faz mesma sequência da categoria máxima com provas em Spa e Monza nos meses de setembro e outubro.

Após um longo período de férias, o Euroformula Open retoma suas atividades na pista mais irônica do automobilismo mundial, Spa-Francorchamps, na Bélgica. Na esteira da F1, que correu lá há duas semanas, os aspirantes a estrelas vão conseguir sentir o "cheirinho" e o clima deixados pela maior categoria do mundo por ali.

Não só isso: o autódromo está tinindo, uma vez que a Fórmula 1 exige diversos padrões de qualidade e excelência para os palcos de suas provas. Bom para os pilotos, que poderão acelerar bastante sem se preocupar com nada, apenas em ir bem.

"Correr em Spa é sempre maravilhoso. O sentimento é fantástico. Poder percorrer curvas míticas como a Eau Rouge e a Blanchimont com um formula não é para qualquer um. Estou muito animado, o carro rendeu bem nos treinos e espero somar bons pontos", comenta Henrique Baptista, brasileiro que participa do campeonato pela Campos Racing e andou no "top 10" nos treinos desta sexta.

O apaixonado por automobilismo pode matar a saudade de Spa ao acompanhar as duas corridas marcadas para as 10h do sábado (logo após a classificação da F1 na Itália) e 8h do domingo (bem antes do GP) pelo site oficial do campeonato, www.euroformulaopen.net.

 

500 KM DE SÃO PAULO

 

500Km de São Paulo será cenário de gravações de filme sobre Chico Landi

Filmagens acontecerão durante o final de semana do evento no autódromo do Velo Città

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
500Km de São Paulo
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
500Km de São Paulo
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
500Km de São Paulo
Alta | Web

Chico Landi possui reconhecida importância para a história do automobilismo brasileiro. E a vida do piloto ganhará um documentário, que terá como um de seus cenários os 500Km de São Paulo, prova que terá sua 31ª edição disputada neste domingo (6), no autódromo do Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). A prova de resistência, uma das mais importante do País, foi disputada por Landi em três oportunidades: na primeira edição, em 1957,1963 e 1965.

O filme é dirigido pelo documentarista Paulo Pastorelo e tem produção da Ebisu Filmes, contará toda a trajetória da vida do piloto, vencedor do Grande Prêmio de Bari de 1948 - tornando-se o primeiro piloto a ganhar uma corrida com uma Ferrari - e primeiro brasileiro a disputar uma etapa da Fórmula 1.

Pastorelo diz que a ideia de rodar o filme veio de Gustavo, neto de Chico Landi, e que ela surgiu de forma inesperada. "O Gustavo foi a uma festa à fantasia da qual o tema era 'heróis', e o Emerson Fittipaldi foi fantasiado de Chico Landi. Neste momento ele teve a ideia de fazer um documentário e me procurou", comenta o cineasta.

"Exploraremos toda a carreira de um dos principais pilotos que o País já teve. E nada melhor do que o ambiente de umas mais tradicionais provas do automobilismo brasileiro. É importante mostrarmos as novas gerações a história de Chico Landi", completa Pastorelo, que roteirizou e produziu o filme "Tokiori - Dobras do Tempo", lançado em 2011.

Silvio Zambello, presidente do Automóvel Clube Paulista (ACP), órgão organizador dos 500Km de São Paulo, também destaca a importância de se falar sobre Landi. "Será uma honra saber que nosso evento será cenário para as filmagens de um personagem tão importante do esporte", comenta o promotor da corrida.

Os 500Km de São Paulo acontecem no domingo, com largada marcada para 13h. Confira a programação completa do final de semana:

Sexta-feira, 4 de setembro
11h às 12h06 - primeiro treino livre - 500Km
12h11 às 12h41 - primeiro treino livre - Classic Cup
12h46 às 13h16 - primeiro treino livre - Fórmula 1.600
13h21 às 14h27 - segundo treino livre - 500Km
14h32 às 15h02 - segundo treino livre - Classic Cup
15h07 às 15h37 - segundo treino livre - Fórmula 1.600
15h42 às 16h48 - terceiro treino livre - 500Km

Sábado, 5 de setembro
8h às 8h45 - quarto treino livre - 500Km
8h50 às 9h20 - terceiro treino livre - Classic Cup
9h25 às 10h05 - quinto treino livre - 500Km
10h10 às 10h40 - terceiro treino livre - Fórmula 1.600
10h45 às 11h15 - classificatório - Classic Cup
11h20 às 11h30 - classificatório - Fórmula 1.600
11h35 às 12h05 - classificatório classes 4, 5, 6 e 7 - 500Km
12h10 às 12h40 - classificatório classes 1, 2 e 3 - 500Km
12h45 - corrida - Fórmula 1.600
13h20 - corrida - Classic Cup
13h55 - Flying Lap - carros novos
16h30 - Flying Lap - carros de época

Domingo, 6 de setembro
8h30 às 8h50 - warm-up - 500Km
9h20 - corrida - Fórmula 1.600
10h10 - Encontro de Campeões
11h10 - corrida - Classic Cup
13h - corrida - 500Km

 

CAMPEONATO DE ENDURANCE

Paolo Reis
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Gaúcho de Endurance
Alta | Web

Paolo Reis
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Gaúcho de Endurance
Alta | Web

Paolo Reis
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Campeonato Gaúcho de Endurance
Alta | Web

Guaporé recebe quinta etapa do Gaúcho de Endurance

Prova de duas horas será disputada no Autódromo Nelson Luiz Barro neste domingo

O Autódromo de Guaporé recebe neste final de semana a quinta etapa do Campeonato Gaúcho de Endurance, mais uma vez com a expectativa de um grande grid. Pelo menos 40 carros, incluindo modelos como Lamborghini Gallardo e Ferrari 430, estarão no circuito de 3.080 metros localizado no interior do Rio Grande do Sul para a prova, que terá um total de duas horas de duração.

A categoria tem atraído jovens pilotos, alguns deles com experiência em séries nacionais. Este é o caso do paranaense Jansen Bueno, que até o ano passado disputava a Fórmula Truck. O competidor, inscrito para correr ao lado de Claudio Ricci e Vinicius Roso com um protótipo MR 18, tem utilizado a categoria para manter-se ativo, após perder seus apoiadores que o mantinham no campeonato dos caminhões.

"Este ano devido à situação econômica do país, não consegui patrocínio para andar nas categorias maiores nacionais, então, para me manter ativo, optei pelo Endurance. Neste campeonato tenho a possibilidade de andar em carros que eu nunca andei, como um GT, a Maserati #70, que corri na etapa de Santa Cruz do Sul. E o protótipo MR18 #04, que estou indo pra minha segunda corrida", comenta o piloto de 25 anos.

Outro jovem talento que estará em Guaporé para a quinta etapa do torneio regional é o paulista Renan Guerra, que competirá ao lado de Emílio Padrón em um protótipo MRX da classe P2. O piloto, que possui passagens pelo extinto Campeonato Brasileiro de GT e participações na Fórmula 3 Brasil, se mostra empolgado por voltar a correr no rápido circuito guaporeense.

"Estou muito feliz em retornar ao Campeonato Gaúcho, justamente na etapa de Guaporé, que foi o local de minha última prova na categoria com uma Maserati. Fui convidado para guiar o protótipo MRX ao lado do meu amigo Emílio Padrón e espero ajudá-lo na conquista da vitória. O campeonato está muito competitivo e acho que teremos uma boa corrida, em um circuito bastante técnico, veloz e que não permite erros", comentou.

Os treinos terão início neste sábado (5), dia em que também acontecerá a tomada de tempos para definição do grid de largada para a corrida deste domingo, marcada para 11h25.

 

SALVADOR LOBATO NA FRENTE

SPEEDY MOTORSPORT DÚPLA POLE-POSITION!

Pedro Salvador e Rafael Lobato, em Norma M20FC, confirmaram o favoritismo com que lhes era atribuído para o Circuito do Algarve, quarta prova do Campeonato Nacional de Velocidade.

Foram os mais rápidos nos treinos livres, tendo realizado a melhor volta em 1m43,177s o que deu uma primeira indicação das reais capacidades dos homens da Speeedy Motorsport.

Pedro Salvador foi o primeiro a sair para a pista, na sessão de qualificação e fechou com a marca de 1m 43,057s, a melhor da sessão, com uma vantagem de cerca de 7 décimas, sobre os principais adversários e dessa forma garantiu a pole-position para a corrida de amanhã, Sábado.

Rafael Lobato tomou o volante do Norma para a segunda parte da sessão de qualificação, que garante a grelha de partida da corrida de Domingo. Foi uma sessão disputada à centésima, em que Lobato começou na frente, baixou para segundo e já quase com a bandeirada xadrez à vista fez a melhor volta em 1m 43,176s, batendo a concorrência por 0,043s!

A primeira corrida do CNV é disputada amanhã, às 17.30 horas.

Portimao NunOrganistA 6

 

FERODO QUEIMADO

 

Mais uma vez estamos a colaborar com o nosso Amigo e Tertúliano André Ricardo na organização da Super Especial do MotorShow da Classic Expo Internacional do Ribatejo nos próximos dias 12 e 13.

Desta forma e porque depois de se gastar energias, pneus e gasolina na Super Especial, temos de repor os níveis de colesterol e discutir as mentiras do dia, vamos reunirmos à mesa para mais um “Jantarinho” da nossa Tertúlia.

Assim, a Concentração é... a partir das 10 da manhã … e vamos jantar, no Restaurante do CNEMA, lá pelas 21h….

E, não esquecer que as marcações para o Jantar são obrigatórias, de “preferência” até 4ª feira (dia 9) e pelos meios habituais.

Aquele valent’abraço e … Até Sábado.

A Camelaria

 

FICÇÃO OU REALIDADE ???BMW NA WEC ?

FICÇÃO OU REALIDADE ?

Será que esta irá ser a nova aposta da BMW para a WEC em 2016.Pelo menos este desenho já foi publicado em alguma comunicaçao europeia,  como é óbvio não há fumo sem fogo.....1AA Copy1AB Copy 

 

APRESENTADO O NOVO GP 3 PARA 2016

APRESENTADO  EM MONZA O NOVO GP 3 PARA 2016

O novo gp3/ 16 carro de corrida foi revelado em monza na véspera do grand prix europeísta final da temporada, dando equipas e motoristas tenra vislumbre do carro que bateu na f1 apoio série no próximo ano.

O gp3/ 16 apresenta um novo naturalmente-Aspirated 3.4 litro v6. Mecachrome raça motor que é um ad hoc projeto para a série, produzindo 400 HP. Além disso, a terceira geração carro também tem um novo pacote aerodynamics projetado para facilitar a ultrapassar, com um novo nariz secção entre as principais alterações visuais que organizadores esperança vai aumentar as expectativas da série e melhorar a fórmula já altamente competitivo.

Num ângulo de segurança, a frente e traseiro impacto estruturas foram concebidas para igualar o último f1 2015 normas de segurança, enquanto um recém-concebidas monocoque ajudará acomodar mais alto condutores.

Ai estou muito satisfeito com esta nova geração de carro," Gp3 Série Ceo Bruno Michel comentou, ja havia três áreas fundamentais nos debruçámos durante a fase de concepção do nosso novo carro. Primeiro, temos projetado um carro que vai ultrapassar incentivemo graças a nova aerodynamics que vai aumentar ainda mais a corrida e proporcionar entretenimento. Além disso, temos trabalhado em busca de soluções para reduzir os custos operacionais, novamente, a fim de proporcionar um pacote atractivas para nossas equipes. Finalmente, o gp3/ 16 carro combina as últimas f1 normas de segurança que é nois sempre muito focado em.

Ai nois convencido de que o caminho que ja posicionado o gp3/ 16 é a mais adequada para as próximas três temporadas e vai continuar a atrair os condutores e equipes cuja ambição é para chegar ao topo das motorsport."

O gp3/ 16 sofreu cinco dias de desenvolvimento ensaio até agora; em primeiro lugar no magny-cours faixa na França e depois seguiram o circuito de catalunya em Barcelona. As equipas vão receber a entrega do novo carro no início de 2016.

Ai eu acho que parece muito agressivo," Campeão do série Gp3 Campeão Alex Lynn Registámos, ta até atual f1 estética, que é muito positiva, e parece que um carro muito bonito, por isso deve ser bom para assistir no caminho certo.

Ai eu tenho que dizer eu achava a última gp3 chassis estive em foi a melhor até agora para ser um motorista mais alto. É muito bom se conseguirmos chegar o mais alto motrizes niederösterreich no carro e acomodar-los ainda mais. Gp3 é uma ótima série de progresso a gp2 e além, e produziu os condutores que alcançámos f1 portanto é claramente trabalhando. Eu adoraria levar o gp3/ 16 carro se havia sempre uma oportunidade."

 

Google Tradutor

 

JOTA NA WEC EM 2016

Algo que já era esperado à algum tempo a JOTA no WEC 2016 com um Oreca-Nissan, mantendo o Gibson para o ELMS.

 

NOVA APOSTA DA JAGUAR

NOVA APOSTA DA JAGUAR

 

A Jaguar chega aos SUV. Sei que os puristas vão "desfalecer" mas gosto dos "elevadinhos" e este F-Pace com vista para Xangai parece-me muito bem...

 

RP MOTORSPORT EM FORÇA EM PORTIMÃO

 

RP MOTORSPORT EM FORÇA EM PORTIMÃO

 

Uma vez mais a equipa da RP Motorsport irá estar em força já este fim de semana no autódromo de Portimão para a disputa de mais uma jornada da categoria Super Stock. Segundo Ricardo Pereira “ vamos alinhar com quatro carros, o Volkswagen Golf para a dupla Rafael Pinto – Carlos Pedro, o Ford Escort de Gonçalo Jordão – Henrique Jordão, o Datsun 240 Z para Manuel Cabral e para mim, e finalmente o Jaguar XJS para Luis Sousa Ribeiro. Assim com a equipa toda e falando de expectativas, o primeiro objectivo, é poder fazer bons tempos nas sessões de treinos, para depois podermos lutar pelos lugares da frente no decorrer das duas corridas, esperando que não surjam contratempos de cariz técnico com os carros, são estes os nossos objectivos para esta prova em Portimão, “disse-nos o boss da RP Motorsport .RPMOTORSPORT Copy

 

JOSÉ PEDRO GOMES ESTREIA NOVO FORD ESCORT WRC

 

RAMPA HISTÓRICA DO CARAMULO

 

JOSÉ PEDRO GOMES ESTREIA NOVO FORD ESCORT WRC


JPG1 Copy

JPG3 CopyJosé Pedro Gomes vai finalmente  fazer a estreia do seu novo Ford Escort WRC já este fim de semana na Rampa Histórica do caramulo, onde irá ostentar nas portas o numero 75.

Sobre esta participação, José Pedro Gomes falou-nos um pouco “ como é de domínio público já tenho este carro desde o inicio deste ano, mas a sua reconstrução foi um bocado mais demorada, mais do que pensei inicialmente. Agora está pronto, e nada melhor do que estar presente nesta prova, para assim poder aquilatar o seu estado, e ao mesmo tempo preparar o carro para eu assim poder fazer as duas provas que faltam no Campeonato Nacional de Montanha”. Sobre as expectativas o piloto pouco adiantou “ não posso ambicionar nada, vamos ver qual será o comportamento do carro, mas vou para lutar pela vitória, aliás como tem sido sempre o meu lema”.

 

VILELA E NEGRAIS QUEREM VENCER DE NOVO

 

Tiago Vilela e Hugo Negrais com vitória como
objectivo
Tiago Vilela e Hugo Negrais voltam à ação no Desafio Único,
Categoria 2, cumprindo a quarta jornada da competição nos dias 5 e
6 de Setembro no Autódromo Internacional do Algarve.
Depois do período de férias e da vitória em Vila Real, a dupla de
Braga prepara-se para tentar atingir idêntico feito no traçado do sul
do país que lhes traz boas recordações pois venceram lá em 2014
uma das corridas do programa: “Estamos a realizar uma época
muito boa, cheia de «poles-positions» e excelentes
resultados”, destaca Tiago Vilela, sublinhando: “Portimão é uma
pista onde costumamos ser muito fortes. No transacto fizemos
as duas voltas mais rápidas na qualificação para as duas
corridas e, se não fosse o azar do arranque, onde levamos um
toque, seria um fim de semana de êxito total. Assim,
vencemos apenas a segunda corrida com 40 segundos de
vantagem”. Por tudo isto, o piloto de Braga afirma com convicção:
“Vamos para esta corrida com o objectivo de vencer e assumir
a liderança, pois estamos apenas a dois pontos desse lugar”.
Por seu turno, Hugo Negrais não foge do objetivo do seu colega de
equipa, destacando o fato de na pista algarvia: “Sermos,
normalmente, das duplas mais fortes, e o ano passado foi o
exemplo disso. Vamos com a mesma garra de forma a
tentarmos conseguir o pleno de vitórias e «poles-positions» o
que não nos deixaram alcançar em 2014. Por isso, o objetivo
desta prova é vencer para atingirmos a liderança do
campeonato”.
O piloto da capital do Minho destaca também o fato desta jornada
correr em conjunto com um campeonato internacional, sendo uma
mais valia: “Correr com o Blancpain Series é sempre óptimo
porque conseguimos ver um dos melhores autódromos da
Europa, repleto de espectadores. Vamos tentar dTiago Hugo_VilaReal2_2015_Copy

 

RALIS DE NOVO DE LUTO

RALIS DE NOV0 DE LUTO

 

MAIS UMA MORTE NO CAMPEONATO DE FRANÇA DE RALIS

 

. Hoje, na 2ª especial do Rali du Mont Blanc, uma das provas tradicionais do campeonato francês, um acidente custou a vida a Frederic Comte. A navegadora (e companheira) Angelique está no hospital em estado considerado grave. DEP Fred...

 

SILK ROAD RALLY

 

FRANCÊS Peterhansel ESTENDE GLOBAL LEAD CHINA SILK ROAD RALLY COM MAIS RÁPIDO EM TEMPO Ejina IQ
 
• Christian Lavielle de Haval sobe para segundo; Da China Zu Guanghai em forma
• Terceira vitória consecutiva para o motociclista curso de espanhol Armand Hernandez Monleón
 
Ejina IQ (CHINA): O duo francês de Stéphane Peterhansel e Jean Paul Cottret ampliou sua vantagem global para Cerca de nove minutos, conforme Concorrentes cruzaram as terras desoladas da Mongólia Interior durante o quarto sector selectivo da China Silk Road Rally, Entre Alxa Zouqi e Ejina Qi, na quarta-feira.
 
O motorista DKR Peugeot 2008 registrou um tempo de 1h 48min 52sec no estágio especial complicado e, como equipes dirigido Avaliações em direção ao acampamento durante a noite na floresta Populus Euphatica em Ejina Qi, o 11 vezes campeão do Dakar tinha conseguido afastar os dois fábrica Havals de Christian Lavieille e Han Wei e Peugeot companheiro de equipa Cyril Despres.
 
"Eu tomei um ritmo superior hoje, visam Foi muito difícil ver as faixas na condição brilhantes ea estrada foi a dificuldade de ler", disse Peterhansel. "Nós não cometeu erros com a navegação também."
 
Cottret acrescentou: "Foi a navegação bastante complicado. As classificações foram muito precisas. O GPS é bastante lento em mudar o título, para que-tem que ter muito cuidado e não vá muito rápido quando não é tão óbvio. Foi um bom dia! "
 
Chinês Buggy motorista Zu Guanghai surpreendeu os principais candidatos ao gravar o segundo tempo mais rápido.
 
Haval motorista Christian Lavieille foi o terceiro no curso modificado eo atual campeão Rally Grande China foi recompensado com uma subida em um segundo local não oficial à custa de Han Wei e Despres. O lathing detém terceiro da geral no segundo Peugeot pós-Admitindo a fazer alguns pequenos erros no palco. Han Wei perdeu tempo com um pequeno erro de navegação mais rápida e Gravado pela sétima vez no especial.
 
"Finalmente um dia com nada de ruim", entusiasmou francês Lavieille. "A pista estava muito bom. Ele foi muito rápido no início, aponte-me serviu perfeitamente. Eu gosto tipo tese de faixas. "
 
Piloto chinês Kun Ele continuou seu movimento impressionante através do top 10 após o primeiro estágio atrasa Sua Mitsubishi MPR11 e impelido para o quinto melhor tempo atrás de Buggy motorista Fan Tingjun.
 
Armand Hernandez Monleón gravou seu terceiro consecutivo tempo mais rápido na categoria de motocicleta com sua Red Bull KTM 450 Rally, o objectivo espanhol foi pressionado Ao longo O estágio pelo piloto da casa Min Su Wen e só conseguiu vencer o reduzido por teste cronometrado 07sec 2min.
 
Zhao Hong Ye foi um distante terceiro lugar foi KTM 450 Rally e Zhou Tien Retido terceiro lugar, atrás da equipe colega Jincheng Min Su Wen com o quinto melhor tempo do dia.
 
Do Japão Teruhito Sugawara continuou a fazer progressos em seu caminhão Hino e classificada em 28ª posição Era o treinamento do dia. Adrian Di Lallo australiano (Isuzu MU-X) terminou a especial em 29 e holandês Jan de Mooij estava em sua 36ª geral McRae Evolution.
 
Um show popular tradicional foi colocado em pelo autorités locais em Ejina Qi na quarta-feira à noite para acolher os competidores e oficiais para o bivouac.
 
O rali está sendo branco Organizado pela China Silk Road Rally Auto Sports Management Company Limited, em associação com a CCTV Sports and Entertainment Company Ltd. e de Pequim Motorsports Development Company, com a plena cooperação da Federação de Desporto Automóvel da China (FASC) e do titular do cargo que ostenta de várias regiões chinesas.
 
Amanhã (quinta-feira) a rota dos Silk Way Rally 2015 China cabeças de Ejina Qi através da Mongólia Interior eo deserto Badain Jaran e uma parada durante a noite a Alxa Direito bandeira.
 
A 198,60 km de ligação leva equipes para o início de um sector selectivo de 271,73 km e 304,10 km Traz Avaliações outro link de tripulações para a parada durante a noite a uma corrida a corrida de cavalos no Alxa Direito bandeira da prefeitura.
 
NÃO OFICIAL
2015 China Rally Rota da Seda - posições são SS4 (Carros):
1. Stephane Peterhansel (FRA) / Cottret (FRA) Peugeot 2008 1hr 48min 52sec DKR
2. Zu Guanghai (CHN) / Ginghai Chen (CHN) 1hr 52min 01sec Buggy
3. Christian Lavieille (FRA) / Jean-Pierre Garcin (FRA) 1hr 54min 16sec Haval
4. Tingjun Fan (CHN) / Bo Ele (CHN) 1hr 55min 59sec Xiongfeng Buggy
5. Ele Kun (CHN) / Liao (CHN) Mitsubishi Pajero MPR11 1hr 56min 05sec
6. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA) Peugeot 2008 1hr 57min 10sec DKR
7. Han Wei (CHN) / Pan Hong Yu (CHN) 1hr 58min 17sec Haval
8. Liu Gui Yan (CHN) / Sha He (CHN) 2 h 01min 23sec Mitsubishi L200
2015 China Rally Rota da Seda - posições são SS4 (Bicicletas)
1. Monleón Armand Hernandez (ESP) KTM 450 Rally 2h 22min 04sec
2. Min Su Wen (CHN) JC 450Y Rally 2h 24min 11sec
3. Zhao Hong Ye (CHN) KTM 450 Rally 2h 37min 43sec
4. Ai Hu Dong (CHN) 2 h 50 min 06sec Bombardier 1000
5. Tien Zhou (CHN) JC 450Y Rally 2h 50min 12sec
 
2015 China Rally Rota da Seda - posições globais pós-SS4 (Carros):
1. Stephane Peterhansel (FRA) / Cottret (FRA) 2008 Peugeot 4h 31min 33sec DKR
2. Christian Lavieille (FRA) / Jean-Pierre Garcin (FRA) 4h 40min 04sec Haval
3. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA) 2008 Peugeot 4h 42min 15sec DKR
4. Han Wei (CHN) / Pan Hong Yu (CHN) 4h 42min 33sec Haval
5. Gui Yan Liu (CHN) / Sha He (CHN) 4h 54min 37sec Mitsubishi L200
 
2015 China Rally Rota da Seda - posições globais pós-SS4 (Bicicletas)
1. Monleón Armand Hernandez (ESP) KTM 450 Rally 5hr 11min 48sec
2. Min Su Wen (CHN) JC 450Y Rally 5hr 27min 03sec
3. Tien Zhou (CHN) JC 450Y Rally 6h 01min 58sec
4. Ai Hu Dong (CHN) 6hr 13min 47sec Bombardier 1000
5. Zhao Hong Ye (CHN) KTM 450 Rally 6h 16min 30sec

 

Google Tradutor1 Copy2 Copy3 Copy4 Copy5 Copy6 Copy7 Copy8 Copy9 Copy10 Copy11 Copy12 Copy

 

AÍ ESTÁ A IMAGEM DO NOVO MERCEDES PARA O DTM DE 2016

AÍ ESTÁ A IMAGEM DO NOVO MERCEDES PARA O DTM EM 2016

 

Depois do esboço, que apresentamos há uns dias atrás, aqui está o novo Mercedes Classc, que irá defender as côres da equipa na edição 2016 do DTM.

 

SUPER RACING EM PORTIMÃO

 

Super Racing Series rumam a Sul

 

Autódromo de Portimão recebe a segunda jornada

 

A segunda jornada das Super Racing Series realiza-se no Autódromo Internacional do Algarve já no próximo fim-de-semana e promete muita emoção em pista nos dias 4, 5 e 6 de Setembro. Desta vez, a competição fica reservada para as Single Seater Series e para as Classic Super Stock, em que se antevêem grandes disputas pelos melhores lugares.

 

“A primeira ronda da Super Racing Series foi um sucesso. Contámos com muitos participantes, corridas espectaculares e o ambiente no paddock foi excelente. Conseguimos promover sinergias e encontrámos uma fórmula que, no nosso entender, é de sucesso.  Queremos dar-lhe continuidade já no próximo fim-de-semana, em Portimão”, afirmou o responsável das Super Racing Series, Tiago Raposo Magalhães.

 

Nas corridas reservadas aos fórmulas, Gonçalo Inácio parte como favorito. O piloto do Mygale SJ03 dominou as corridas da ronda inaugural, que se realizou em Braga, e quer manter essa superioridade no circuito de Portimão. Mas terá concorrentes à altura. César Machado já mostrou que tem argumentos para por a rapidez de Inácio à prova e está concentrado em pressioná-lo e procurar a vitória.

 

Para além dos protagonistas deste duelo, há que contar, ainda, com Luciano Carvalho. O piloto conseguiu terminar no pódio no Circuito Vasco Sameiro e procura capitalizar a experiência ganha com novos resultados de destaque.

 

Numa competição em que existem fórmulas de diferentes épocas e com desempenhos distintos, outro dos interesses das Single Seater Series é ver as lutas dentro das categorias que tornam esta modalidade tão rica e variada. Atenção especial para a categoria FZ que bate o recorde com 16 inscritos.

 

Nos Classic Super Stock, as diferenças de rendimento dos carros inscritos são, em alguns casos, ainda mais evidentes. Numa fórmula em que o que prevalece é o verdadeiro espírito club racing, um dos grandes interesses passa por saber se haverá alguém capaz de bater os normalmente rápidos Ford Escort.

 

Em Braga, estes modelos mostraram-se muito velozes mas não foram os mais competitivos do fim-de-semana, pois apenas obtiveram uma vitória pelas mãos de Henrique e Gonçalo Jordão. Espera-se confrontos muito interessantes e o protagonismo de outros intervenientes com carros tão diferentes como os BMW 2002, os Volkswagen Golf GTI ou os Datsun 1200. Destaque para algumas novidades, como as presenças do Ford Escort 1300 GT, o Jaguar XJS e o Datsun 260Z.

 

Neste fim-de-semana não há corridas da Super Seven by KIA. Esta competição tem a sua segunda jornada apenas para a próxima edição da Super Racing Series que se realiza no final do mês.01antevisao01 Copy01antevisao02 Copy

 

C.SANTOS COM NOVO RECORDE DE VENDAS

 

Pela primeira vez na história, a Mercedes-Benz foi a marca que mais automóveis vendeu em Portugal. Foi no passado mês de Agosto.

E sabia que a Sociedade Comercial C. Santos é o concessionário que mais Mercedes-Benz vende no país?

Fundada em 1946 e sediada na Maia (Porto), a Sociedade Comercial C. Santos integra 260 colaboradores. Distinguida em 2014 como “Melhor Concessionário VLP Mercedes-Benz de Portugal”, a empresa alcançou igualmente o Prémio Exame, atribuído em 2013, para “Melhor Empresa do Sector de Comércio de Veículos Automóveis". Com um total de 2951 viaturas comercializadas em 2014, a Sociedade Comercial C. Santos registou uma facturação de 100 milhões de euros, para isso contribuindo uma gama de serviços completa: venda de viaturas novas e usadas, assistência (maior armazém ibérico de peças), rent-a-car e seguros automóveis.

 

A PEUGEOT NO SALÃO DE FRANKFURT

 

PEUGEOT muito ousada no 66º Salão Internacional IAA de Frankfurt 2015

 

 

Após ter anunciado o regresso aos números positivos no último Salão de Genève, a PEUGEOT acelerou durante o primeiro semestre de 2015 e apresenta-se em Frankfurt em plena forma: com 886.000 unidades vendidas até ao final de Junho de 2015, a marca regista um aumento de 3,9% nas suas vendas em todo o Mundo e progride fortemente na Europa (+6,7%), na Ásia (+9,6%), na África e Médio Oriente (+10,9%) e na Índia Pacífico (+50,2%), enquanto prossegue a sua subida em gama.

 

 

Numa ofensiva em todas as frentes, a PEUGEOT beneficia:

-          da atratividade de uma gama muito jovem de 2,6 anos em média;

-          do sucesso mundial do 308 – best-seller da marca, n.° 1 em França e entretanto instalado no pódio europeu do segmento C;

-          do global car 2008 agora produzido em 3 continentes e n.° 2 na Europa no segmento B-SUV;

-          do desenvolvimento tecnológico das novas motorizações Euro 6, com 25 versões best-in-class CO2 e das caixas de velocidades automáticas EAT6.

 

 

1 –    A pegada ambiental: a Peugeot é a referência

 

Em 2020, o grupo PSA PEUGEOT CITROËN quer atingir um nível médio de emissões fixado em 95 g/km de CO2 no perímetro da U.E. a 28. Nos 5 primeiros meses do ano de 2015 foi o primeiro construtor a ficar abaixo da barreira dos 110 g/km de CO2, ao atingir 106,9 g/km de CO2, enquanto a média dos outros construtores apresentou 121,4 g/km de CO2.

 

Com uma média de emissões de 106,3 g/km de CO2, a PEUGEOT está na frente das grandes marcas do mercado na classificação do CAFE. Este resultado notável foi atingido com o aumento das vendas de SUV/CUV e do mix de motorizações a gasolina. Desde 2012, a PEUGEOT reduziu as emissões de CO2 em 12,6% e ainda em 3% somente no primeiro semestre de 2015. Esta performance explica-se nomeadamente pela eficiência das novas gamas de motorizações Diesel BlueHDi, gasolina PureTech e da nova caixa de velocidades automática EAT6 de seis relações.

 

Com 25 veículos Best In Class em 6 gamas diferentes, a Peugeot afirma-se como a referência em matéria de pegada ambiental e de economia de utilização. E isto é verídico tanto para os compactos, como para os grandes estradistas. Citemos por exemplo:

-          no segmento B, o 208 1.6 BlueHDi 100 não emite mais que 79 g/km de CO2 e recentemente bateu o recorde do mundo de consumo, com apenas 2 l/100 km.

-          no segmento C, o 308 tem 10 versões Best In Class entre as quais o  1.2 PureTech 110 que emite somente 95 g/km de CO2; a destacar o título de Motor do Ano, atribuído em Junho passado ao motor 3 cilindros turbo PureTech na categoria 1.0-1.4 litros;

-          no segmento D, o 508 1.6 BlueHDi 120 equipado com a caixa automática de 6 velocidades EAT6 não emite mais que 99 g/km de CO2.

 

CO2: lista dos modelos PEUGEOT Best In Class

 

Motor PEUGEOT 3 cilindros turbo PureTech: Motor do Ano 2015 (1.0 a 1.4L)

 

 

2 –   308 GTi by PEUGEOT SPORT: o best-seller mundial em modo sport

 

 

Dois anos após o seu lançamento, o PEUGEOT 308 tornou-se o best-seller mundial da marca. No muito concorrencial segmento C europeu, o 308 fez a sua entrada no pódio (n.° 3 das vendas na Europa, berlinas e breaks).

 

O sucesso deste modelo eleito Carro do Ano 2014 é indesmentível. Já n.° 1 em França na versão berlina, a chegada da versão SW permitiu ao 308 ser igualmente líder do seu segmento em França, Itália, Benelux, Polónia e Países Baixos. Após o lançamento das versões GT e GT Line no início do ano, o 308 acelera ainda mais com a chegada do radical 308 GTi by PEUGEOT SPORT.

 

Com ele, a gama 308 muda de dimensão e permite-se desafiar novos horizontes. Depois do RCZ R e do 208 GTi 30th, o 308 GTi é a terceira viatura da gama a arvorar a etiqueta by PEUGEOT SPORT, atestando um desenvolvimento específico pelos técnicos, engenheiros e pilotos do departamento de competição baseado em Vélizy.

 

A performance está aí : com a sua motorização turbo a gasolina 1.6 THP de 270 cv, o 308 GTi by PEUGEOT SPORT acelera dos 0 aos 100 km/h em somente 6 seg., faz os 1000 m de arranque em 25,3 seg. e atinge uma velocidade de ponta limitada electronicamente aos 250 km/h. Graças a este motor de excepcional flexibilidade desenvolvendo 169 cv/l e a um peso máximo de 1205 kg, o 308 GTi by PEUGEOT SPORT não emite mais de 139 g/km de CO2, o que o torna na referência da sua categoria. Fiel ao «savoir-faire» da casa, cola-se à estrada graças ao chassis rebaixado 11 mm e oferece um comportamento estradista excepcional, graças ao diferencial de deslizamento limitado Torsen® de uma incrível eficácia, aos pneus Michelin Super Sport montados em jantes de 19’’ e, claro está, aos enormes travões de 300 mm à frente. Está disponível em 6 cores, assim como numa decoração exclusiva, opondo o Noir Perla Nera ao novo Rouge Ultimate.


3 –   PEUGEOT 308 R HYbrid: berlina compacta com performances de supercarro

 

 

Com as suas vias mais largas 80 mm e a sua carroçaria musculada, o PEUGEOT 308 R HYbrid impressiona logo ao primeiro olhar. E há ainda muito mais quando se olham os números : dotado de uma tecnologia plug-in hybrid desenvolvendo uma potência de 500 cv, com 270 cv saídos do motor térmico 1.6 THP, mais 2 motores eléctricos de 115 cv ligados ao trem dianteiro e ao trem traseiro da viatura, apresenta uma relação peso/potência de… 3,1 kg/cv e um binário máximo de 730 Nm. E não são precisos mais que 4 seg. para este impressionante felino ir dos 0 aos 100 km/h e somente 22 seg. para fazer os 1000 m com arranque parado.

 

Baseado na plataforma EMP2 do PEUGEOT 308, está no entanto equipado com 4 rodas motrizes, o seu interior é composto por 4 bancos tipo bacquets e não emite mais que 70 g/km de CO2. Segundo a configuração do percurso, o piloto poderá escolher entre 4 modos, desenvolvendo diferentes níveis de potência: Hot Lap (500 cv), Track (400 cv), Road (300 cv) e ZEV (0 emissões).

 

Espectacular, sensacional, excepcional, não faltam os superlativos para qualificar este leão de garras particularmente afiadas.

 

 


4 –   PEUGEOT 308 Racing Cup: nascido para correr

 

 Um olhar chega para perceber as suas intenções… e as dos engenheiros da PEUGEOT SPORT. Derivado do 308 GTi by PEUGEOT SPORT, de que tem a base motora, este 308 troca o alcatrão das estradas pelo asfalto das pistas. O seu nome? PEUGEOT 308 Racing Cup.

 

Ao invés do seu gémeo de série, que desenvolve 270 cv graças ao motor turbo 1.6 THP, este desenvolverá no mínimo 308 cavalos, ou seja, mais 38 que a versão de estrada. 14% mais de potência para este novo animal de corridas assinado pela PEUGEOT SPORT, e igualmente 100 a 150 kg mais leve que a versão  de série.

 

Embora equipado com elementos dos trens rolantes do PEUGEOT 308 GTi by PEUGEOT SPORT, o 308 Racing Cup adopta contudo travões de competição com pinças de 6 pistões e uma transmissão sequencial de 6 velocidades com patilhas no volante.

 

Do lado do estilo, o 308 Racing Cup impressiona com o seu aileron de acordo com as regras do WTCC destinado a colá-lo ao solo e com os seus alargadores das abas, que o tornam mais largo 106 mm em relação ao PEUGEOT 308 GTi by PEUGEOT SPORT. Bem assente em grandes rodas de 18’’, está pronto a devorar o asfalto com o seu pára-choques integrando uma lâmina inferior e duas grandes entradas de ar.

Disponível no final de 2016 para clientes de todo o Mundo, irá substituir a partir daí o RCZ Racing Cup no quadro das Fórmulas de Promoção PEUGEOT SPORT e poderá participar em campeonatos de Carros de Turismo, como o VLN, na Alemanha, o CER em Espanha, o CITE em Itália, o BCDG na Bélgica, ou ainda nas corridas de endurance das «24H Series».

Em estreia mundial em Frankfurt, pode ser descoberto no Youtube : peugeotsportofficial

 

5 –    Concept PEUGEOT FRACTAL: o PEUGEOT i-Cockpit® do futuro

 

 

Com mais de 1,8 milhões de clientes seduzidos desde o seu lançamento em 2012 com o 208, o PEUGEOT i-Cockpit® impôs-se como o traço distintivo das recentes criações do Leão. Em 2015, a PEUGEOT revela um novo estudo prospectivo através de um concept inovador baptizado PEUGEOT FRACTAL. Por trás das linhas futuristas deste coupé eléctrico urbano esconde-se uma nova expressão do PEUGEOT i-Cockpit® onde a ênfase dada ao som permite oferecer uma condução ainda mais instintiva.

 

Após a visão e o tacto, a audição torna-se no terceiro sentido a ser solicitado, onde o piloto e os passageiros são mergulhados numa experiência imersiva única graças a um sistema acústico 9.1.2, associando um conjunto de alta-fidelidade 9.1 a “almofadas de baixos” integradas nas costas de cada assento, permitindo a espacialização e a dinamização do som.

 

Especialista em som, foi o designer sonoro brasileiro Amon Tobin que colaborou com os designers de estilo da PEUGEOT para criar a identidade sonora interior do concept e também a sua assinatura exterior que varia assim que o concept acelera, desacelera ou roda em velocidade constante. Foi concebida para alertar peões e ciclistas para uma perfeita integração no ambiente urbano.

 

No habitáculo, o PEUGEOT FRACTAL aposta em tecnologias inovadoras. O sistema Head-up está equipado com um ecrã digital diagonal holográfico HD, o pequeno volante tem “touch pads” integrados e um duplo sistema táctil permitindo gerir as funções e as ambiências acústicas. No interior, 80% das peças que cobrem as superfícies são impressas em 3D, tal como as superfícies absorventes que guiam o som como num auditório. Enfim, a abertura das portas pode ser gerida à distância por um relógio Samsung Gear S.

 

Propulsionado por uma mecânica inteiramente eléctrica, este coupé urbano desenvolve 204 cv e oferece uma autonomia de 450 km graças às suas linhas muito fluidas, a um peso contido de 1000 kg e aos pneus Tall & Narrow de banda de rolamento estreita. Veloz, atinge os 100 km/h en 6,8 seg. e os 1000 m en 28,8 seg. e mostra-se muito à vontade em cidade graças às suas dimensões compactas (apenas 3,81 m) e à altura ao solo variável de 7 a 11 cm.

 

 

 

 

 

6 - A PEUGEOT em Frankfurt: um stand a visitar

 

Em 2900 m2 de emoção no pavilhão 8, o grande público descobrirá desde logo 4 estreias mundiais, concepts e simuladores, com o 308 GTi by PEUGEOT SPORT (estreia mundial), os 2 concept-cars PEUGEOT FRACTAL (estreia mundial) e PEUGEOT QUARTZ na sua nova apresentação mais minimalista e o espectacular simulador do 308 R HYbrid.

 

A Peugeot exporá o seu “savoir-faire” desportivo e tecnológico a partir de 2 polos temáticos. O polo Sport receberá as criações de série 308 GTi by PEUGEOT SPORT, 208 GTi by PEUGEOT SPORT e RCZ R, o novo 308 Racing Cup e os simuladores 308 GTi by PEUGEOT SPORT e Peugeot Vision Gran Turismo. O polo Tecnologias apresentará a gama de motores eficientes PureTech e BlueHDi, a caixa de velocidades EAT6 e o chassis do 308 R HYbrid.

 

Num stand também ele coberto com uma superfície muito “clean” e acobreada, a PEUGEOT  oferecerá uma experiência imersiva inédita na zona FRACTAL, misturando som – criado por Amon Tobin – luz e vídeo. Os visitantes do stand poderão igualmente repousar e recarregar os seus telemóveis num espaço com espírito de lounge. Este último oferecerá a possibilidade de degustar um café, um copo de água fresca, descobrindo ao mesmo tempo o trabalho de criação de um Designer Peugeot numa atmosfera olfactiva realizada em colaboração com a Scentys.

 

  1. 7- Conectividade mais rápida, mais diversificada

 

 

Os PEUGEOT CONNECT PACKS estão doravante disponíveis em França e proximamente na Alemanha em todos os veículos novos que contem com o equipamento PEUGEOT Connect SOS & Assistance e ainda em mais de 600.000 PEUGEOT usados, dotados do mesmo equipamento desde 2010. Desde 2003, este sistema está disponível em mais de um milhão de veículos e permitiu alertar os socorros em mais de 16.000 situações de acidente.

 

Agora, o serviço PEUGEOT Connect SOS & Assistance está mais rico com os PEUGEOT Connect Packs : o Pack Monitoring  (livro de manutenção virtual e conselhos de eco-condução), o Pack Mapping (localização do veículo e alertas de utilização fora da zona e de horários definidos) e o Pack Tracking (geolocalização do veículo em caso de roubo).

 

A função Mirror Screen, disponível no 108, no novo 208 e no novo Partner, permite comandar o seu smartphone compatível a partir do ecrã táctil do veículo. Entre as aplicações do protocolo MirrorLink, encontramos nomeadamente o telefone, a música, a navegação e ainda outras, como iCoyote, ou webradios como PEUGEOT MUSIC, a testar directamente no stand graças a um terminal específico. A funcionalidade CarPlay, disponível até ao final do ano no novo 208 e no novo Partner permite aos utilizadores do iPhone uma maneira incrivelmente intuitiva de enviar mensagens, utilizar Plans, ouvir música e aceder às mensagens somente com uma palavra ou o toque de um dedo.

 

 

Link MyPeugeot

O Link MyPeugeot é uma aplicação gratuita que prolonga a experiência de condução no smartphone via um interface simples e intuitivo, comunicando ao condutor o histórico dos trajectos e dos consumos, a localização do veículo e a continuação do itinerário a pé, o aviso de futuras manutenções e os alertas do veículo.

 

 

8 - PEUGEOT Cycles: a mobilidade individual inovadora e estilizada

 

 

 

Por ocasião do Salão de Frankfurt, a Peugeot Cycles apresenta uma amostra do seu “savoir-faire” em matéria de mobilidade individual através de uma gama de produtos cada vez mais tecnológicos e estilizados:

-          O HYbrid-Kick é uma trotineta eléctrica desenvolvida em parceria com a Micro, a marca referência neste domínio. Inteligente e adaptada à mobilidade urbana, é concebida para ser recolhida e carregada na bagageira dos veículos Peugeot. A sua comercialização arrancará durante o ano de 2016.

-          As HYbrid-Bikes são bicicletas de assistência eléctrica. Entre elas, a  AE01, a AE21 e a eC01 estarão expostas em Frankfurt e disponíveis no decorrer do último trimestre de 2015.

 

  1. 9- PEUGEOT Scooters: a história continua em 2 e 3 rodas

 

 

A mais antiga marca de duas rodas motorizadas do Mundo estará presente em Frankfurt com 3 scooters da sua gama:

-          PEUGEOT Metropolis 400, a scooter de 3 rodas mais tecnológica do mercado, proposta desde o Verão numa nova série especial Blue Line retomando o princípio das linhas simples desenvolvido pela divisão automóvel. Em Frankfurt, a PEUGEOT Scooters apresentará a série limitada PEUGEOT Metropolis D-Air equipada com o sistema de colete airbag Dainese sem fios mais rápido do Mundo.

-          Django fará a sua aparição com motorização 50 cm3, precisamente um ano após a sua chegada ao mercado com motores de 125 e 150 cm3. Disponível em 4 níveis de acabamento, esta scooter moderna de aspecto retro é personalizável graças ao configurador Django_ID que permite mais de 100.000 combinações possíveis.

-          Speedfight IV 50 cm3 é a 4.ª aventura de uma saga iniciada há mais de 20 anos. Mais de 600.000 exemplares mais tarde, surge mais atlética e cada vez mais equipada. Em ante-estreia, o Speedfight Sport Concept estará exposto em Frankfurt.

308 GTi_Copy308 R_Hybrid_Copy
 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt