In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


PORSCHE É NOTICIA

 

Lançamento no mercado : o novo Porsche Macan agora em concessionárias na Europa

No 1 º trimestre de 2014 Porsche em actualização clientes com mais de 38.500 veículos

Stuttgart. Nos primeiros três meses deste ano, a Porsche AG entregou mais de 38.500 veículos a clientes TICs, Malthus superando o bom nível de um ano atrás (2013 : 37,009 veículos ) . Coincidindo com o início da primavera , os compradores do Boxster e 911 Cabriolet estavam em ble especial olhar para a frente a primeira unidade de open-top em seu novo Porsche . Restante ao longo do ano, a fabricante de carros esportivos prevê mais crescimento , graças ao novo Porsche Macan , Tudo o que já está disponível nos Centros Porsche na Europa .

" No primeiro trimestre estamos acima do ano passado bons números em todos os mercados ", diz Bernhard Maier , membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing da Dr. Ing. . H. C. F. Porsche AG. "Isso diz muito sobre o grande apelo da nossa marca ea atração fascinante dos nossos produtos. Estamos agora a virar uma nova folha com a Macan . Por ocasião do lançamento de mercado na Europa na semana passada acolhemos dezenas de milhares de clientes, potenciais clientes e fãs da marca para nossos Centros Porsche " .

De janeiro a março 2014 Porsche registrou crescimento em todas as áreas . Na China, cerca de 9.900 carros novos foram fornecidos aos clientes , um aumento de 12 por cento por comparação com o mesmo período do ano passado . No mercado dos EUA também, o 911, Boxster , Cayman , Cayenne e Panamera carros esportivos eram muito populares , atingindo vendas de mais de 10.000 unidades ( +5,0 %). Globalmente, o Panamera está em grande demanda : no ano -to -Date entregou mais de 6.600 Porsche dos salões de esportes para os clientes das TIC, o que equivale a um aumento ano-a -ano de 17 por cento.
 
 
 
 
 
 
 

PORSCHE AG Entregas março jan.-mar.
2014 2013 Variação (%) 2014 2013 Variação (%)
Mundo 15,377 14,494 6,1 38,663 37,009 4,5
Europa 5,255 5,265 -0,2 11,491 11,335 1,4
Alemanha 1,944 2,159 -10,0 4,881 4,795 1,8
América 4,412 4,124 7,0 11,616 11,183 3,9
EUA 3,808 3,487 9,2 10,136 9,650 5,0
Ásia-Pacífico , África e Oriente Médio 5,710 5,105 11,9 15,556 14,491 7,3
China 3,463 3,032 14,2 9,885 8,844 11,8


Porsche modelo 911 classifica : consumo de combustível combinado de 12,4-8,2 l/100 km; Emissões de CO2 289-194 g / km; Classe de eficiência : G- F
Consumo de combustível Porsche Boxster fileiras modelo / Cayman combinado 9,0-7,7 l/100 km; Emissões de CO2 211-180 g / km; Classe de eficiência : G- F
Modelo Porsche Cayenne classifica : consumo de combustível combinado de 11,5-7,2 l/100 km; Emissões de CO2 270-189 g / km; Classe de eficiência : G- B
Modelo Porsche Panamera ocupa : consumo de combustível combinado de 10,7-6,4 l/100 km; Emissões de CO2 249-169 g / km; Classe de eficiência : F -D
Porsche Panamera S Hybrid- E: o consumo de combustível combinado 3,1 l/100 km; consumo de energia combinado kWh/100 16,2 km ; Emissões de CO2 71 g / km; Classe de eficiência : A +
Modelo Porsche Macan classifica *: consumo de combustível combinado de 11,8-6,7 l/100 km; Emissões de CO2 216-159 g / km; Classe de eficiência : E- B
* Versatilidade dependendo do conjunto pneu usado
Porsche 918 Spyder : consumo combinado

 

SEGUNDO TIAGO MONTEIRO

 SEGUNDO TIAGO MONTEIRO

 

 

Novas regras, novos motores e novas marcas este ano no WTCC. É dificil de prever o que se vai passar este fim-de-semana em Marraquexe. Estou optimista mas sabemos que ainda há muito para evoluir no Honda Civic por isso o principal objetivo é trazer o maior número de pontos para casa.mont1mont2

 

TRW É NOTICIA

TRW – SEGUIR AS TENDÊNCIAS DO SECTOR É O SEGREDO DO SUCESSO

A TRW revelou que o segredo para o seu sucesso no fabrico das peças mais adequadas aos veículos do futuro é a monitorização permanente das tendências do sector.

A TRW revelou que o segredo para o seu sucesso no fabrico das peças mais adequadas aos veículos do futuro é a monitorização permanente das tendências do sector; especificamente aquelas que estão relacionadas com o ambiente, a modularidade, o conforto e a robustez.

Comentando uma série de vídeos breves, que fazem parte da mais recente campanha de comunicação "Corner Module" da TRW, (https://www.trwaftermarket.com/CornerModuleTV/) Hauke Baumann, Diretor do Departamento de Engenharia dos Componentes de Direção e Suspensão, explica:"Na qualidade de líder global na concepção e produção de sistemas para automóveis, a TRW está totalmente envolvida no desenvolvimento de tendências do sector."

"O aproveitamento desta informação, tornando o nosso programa para o mercado de pós-venda "à prova de futuro", permitirá alcançar maior fidelização à marca, aumentando, ao mesmo tempo, as receitas provenientes de produtos e serviços e permitindo-nos consolidar a nossa posição de liderança no mercado de pós-venda global."

Em linha com os requisitos de redução das emissões e o foco nos veículos eficientes em termos energéticos e de baixo peso, a TRW está a trabalhar com materiais leves, como o alumínio. 

"Com uma empresa mãe que não só fabrica e desenvolve peças e tecnologias ao nível do equipamento original, como também trabalha com a próxima geração de materiais leves e testa cada componente de forma independente e como parte de um sistema, para assegurar que ele funciona em completa harmonia, a TRW é a empresa mais bem colocada para fornecer o mercado de pós-venda", acrescenta Hauke.

Os fabricantes de peças também precisam de compreender as necessidades do mercado para futuras plataformas; a Ford, por exemplo, anunciou publicamente que pretende ter apenas seis em 2015. O problema é que as variações dos veículos estão a aumentar, no entanto, o volume geral de vendas mantém-se estável. Isto está a originar uma redução no volume individual de diferentes veículos, tornando essencial a modularidade; não alterar permanentemente a concepção, mas sim as suas características especiais para que satisfaçam as necessidades de diferentes clientes e veículos. 

Um bom exemplo é a nova concepção da TRW para a barra estabilizadora, que irá permitir a aplicação de uma única rótula (incluindo rolamento, pino esférico, sistema de vedação e massa lubrificante) em diversas configurações com um mecanismo por mola. Prevê-se que este projecto inovador entre em fase de produção nos próximos dois anos.

Desde os anos 70, a vida útil média dos veículos quase duplicou para cerca de 10 anos, fazendo com que os consumidores pretendam peças mais duradouras. Ao mesmo tempo, as exigências em termos de conforto e robustez são cada vez maiores, exigimos uma condução cada vez mais silenciosa e confortável. Tendo em consideração estes fatores, a TRW duplicou a vida útil das suas peças e responde às exigências dos veículos mais velozes, mais pesados e tecnologicamente mais avançados.

"As competências da TRW assentam na reflexão sobre a evolução tecnológica de um produto. Ao captar informação sobre o produto e a sua engenharia desde muito cedo no ciclo de vida do produto, podemos dar apoio desde o seu nascimento até ao fim", conclui Hauke.



TRW – SEGUIR AS TENDENCIAS DO SECTOR É O SEGREDO DO SUCESSO

 

NISSAN PARCEIRA UEFA

 

NISSAN PARCEIRA GLOBAL DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

 

 

NISSAN PARCEIRA GLOBAL DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

A Nissan Motor Co., Ltd. confirmou hoje uma parceria global de quatro anos com a UEFA Champions League, incluindo a Super Taça UEFA. Este acordo representa o maior patrocínio de sempre para o fabricante japonês e confirma a Nissan como parceiro oficial a nível mundial durante as épocas de 2014/15 a 2017/18 inclusive.

"Inovar para Entusiasmar é o que a Nissan faz e como parceiros da UEFA queremos introduzir novas formas de enriquecer a experiência da UEFA Champions League", disse Roel de Vries, Vice-presidente e Director Global de Marketing e Comunicação da Nissan. "A competição mais prestigiada da Europa irá ser uma plataforma global importante para a Nissan, e o nosso objectivo é mostrar aos fãs de todo o mundo o entusiasmo que tanto o futebol como os nossos automóveis proporcionam. Ambos são criados por pessoas fantásticas que têm uma verdadeira paixão pelo que fazem".


 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

http://www.newsroom.nissan-europe.com/media/images/subscriptionthumb/117391_23_21.aspx

 

AUTOPROMOTEC 2015

AUTOPROMOTEC 2015 - Um bom começo

Já está confirmada a participação de 400 empresas, sendo 76 destas confirmações pertencentes a empresas internacionais.

 A Autopromotec, a exposição internacional mais especializada em equipamentos e aftermarket automóvel, agendada para Bolonha de 20 a 24 de maio de 2015, anunciará nos próximos dias os dados das empresas que mostraram interesse em participarem como expositoras. 

São muitos os pedidos que vão chegando por parte das empresas que desejam participar na já consolidada feira que é um ponto de encontro imprescindível para todo o aftermarket automóvel em anos ímpares: o sistema de feira B2B tem-se especializado nas últimas décadas, e é por isso que as empresas selecionam poucos eventos
em que pretendem investir. Por isso, e pela força que tem a indústria italiana no setor, a Autopromotec é sempre considerada um evento no qual é imprescindível participar.

Olhando especificamente para os números, a mais de 14 meses do próximo evento de 2015, e mesmo antes de terem enviado os formulários de participação, os organizadores da Autopromotec anunciaram que atualmente já contam com 400 confirmações, o que demonstra um aumento de 25 % em relação ao mesmo período de 2012. 



Autopromotec 2015

 

PROMOÇÃO VALVOLINE

Promoção Valvoline SYNPOWER XTREME

Oferta de um tratamento do sistema de alimentação a todas as viatura que efectuem uma revisão com produtos da gama Valvoline™ SYNPOWER XTREME.

Esta acção destina-se a todos os clientes finais e consiste na oferta de um tratamento do sistema de alimentação a todas as viatura que efectuem uma revisão com produtos da gama Valvoline™ SYNPOWER XTREME.

Esta promoção teve início no dia 01/03/2014 e prolonga-se por 3 meses “salvo rotura de stock”.



SYNPOWER XTREME

 

HAT TRICK DE MEIRELES NO RLAI DE PORTUGAL

 

Hat-Trick de Pedro Meireles
com o ŠKODA Fabia S2000

 


> Pedro Meireles reforça a liderança do campeonato
> Segunda dobradinha da temporada do Fabia Super 2000
> Ricardo Moura confirmou o domínio da ŠKODA ao assegurar o segundo lugar
Pedro Meireles reforçou a liderança no Campeonato Nacional de Ralis com
vitória no Vodafone Rali de Portugal, terceira jornada da temporada. O domínio
dos ŠKODA Fabia S2000 foi fortalecido com o segundo conquistado por Ricardo
Moura que, com este resultado, asseguraram a segunda dobradinha da época
para a Marca checa.
Pedro Meireles está a realizar uma época verdadeiramente fabulosa com o ŠKODA Fabia
S2000, conquistando a terceira vitória na temporada no Vodafone Rali de Portugal,
depois dos triunfos assegurados nos Ralis Serras de Fafe e Cidade de Guimarães.
O piloto de Guimarães teve sempre um andamento muito forte com o ŠKODA Fabia
S2000 e foi permanentemente respondendo aos ataques de Ricardo Moura. Um
verdadeiro duelo titânico entre os dois ŠKODA Fabia S2000, com Pedro Meireles a
revelar-se muito competitivo e Moura a não conseguir mais uma vez bater o seu
adversário, até porque teve problemas de caixa de velocidades nos dois derradeiros
troços.
P Meireles_01P Meireles_02P Meireles_03
No final da prova, Pedro Meireles destacou que “é um resultado fantástico, pois era o
triunfo que aspirávamos. Fizemos um rali sempre com atenção ao Ricardo Moura, e
mantive sempre um ritmo vivo. O comportamento do Fabia S2000 esteve uma vez mais
fantástico. Único percalço, um furo lento na secção da tarde.”.
Com este resultado, Pedro Meireles reforçou ainda mais a sua candidatura ao título
nacional, contabilizando agora 77,5 pontos enquanto Moura ocupa o segundo lugar com
40 pontos

 

RENOVAÇÃO DE TITULO

 

Troféu Abarth 500 Portugal
Revalidar o título dos Sub-25 anos

 

Maquete 2014Ze Rodrigues_Braga_2013
A nova temporada do Troféu Abarth 500 Portugal começa já no
fim-de-semana de 12 e 13 de Abril no Circuito Vasco Sameiro em
Braga, com José Rodrigues a apostar forte neste seu segundo ano
no automobilismo de velocidade nacional.
Para o jovem piloto de Braga, que recorde-se, foi campeão nos
Sub-25 anos da competição em 2013, este novo ano traz novas
ambições e objetivos, mas sempre com o olhar na revalidação do
título: “Após a excelente estreia no ano passado, onde fui
evoluindo de prova para prova, e conquistando o meu lugar
entre os mais rápidos do Troféu, penso que este ano será de
mais evolução”, confidencia José Rodrigues, que esclarece ainda:
“De facto, o primeiro ano foi, sobretudo, um ano de
conhecimento das pistas e de muita aprendizagem, que
culminou com a vitória na categoria dos Sub-25 anos. Isto
significou uma estreia muito positiva no automobilismo”.
Para este ano, o piloto bracarense traça os seus planos com os
olhos postos em mais alguma coisa que em 2013: “A ambição é
muita, mas tenho as consciência que a concorrência será de
alto nível e, certamente, muito mais experiente. Quero
continuar com a evolução mas com o intuito de lutar
sempre pela melhor classificação possível. Sei
perfeitamente que será uma época com muitas dificuldades,
pois será uma das competições com mais competitividade
em Portugal. Os objetivos principais passam por revalidar a
conquista dos Sub-25 anos e lutar em todas as corridas com
os mais rápidos, e se possível, quem sabe, lutar pelas
vitórias à geral”.
A jogar em casa, José Rodrigues, espera e deseja que: “Em
Braga, na minha cidade, com o apoio de todos lutarei para
estar entre os melhores em pista”.
Horário
Sábado, 12 de Abril
Treinos Livres - 11h10 - 11h35
Qualificação1 - 15h15 - 15h35
Qualificação2 - 15h40 - 16h00
Domingo, 13 de Abril
Corrida 1 - 08h40
Corrida 2 – 18h05

 

HELDER EM RECUPERAÇÃO

 

Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno

Abu Dhabi Desert Challenge

4 e 10 de Abril

Hélder Rodrigues em recuperação

 

Depois de na etapa inicial do Abu Dhabi Desert Challenge, Hélder Rodrigues ter sido forçado a perder mais de hora e meia na sequência de problemas elétricos que afetaram a sua moto, o piloto oficial da equipa Honda HRC encetou hoje uma recuperação que o levou de volta aos primeiros lugares.

Numa etapa que contava com um setor seletivo de 269 quilómetros, Hélder Rodrigues, aos comandos de uma Honda CRF450 Rally, largou da 26ª posição e terminou com o 6º melhor tempo, a escassos 12s do 5º classificado.

“Hoje parti muito detrás e foi bastante difícil impor um ritmo que me permitisse chegar até às primeiras posições, até porque os pilotos mais rápidos saíram muitos minutos à minha frente. O objetivo foi fazer um bom tempo nesta etapa o que me irá permitir amanhã voltar a partir junto à cabeça da corrida”, salientou Hélder Rodrigues, o piloto da Honda apoiado pela Red Bull e MEO.

 

A terceira etapa do Abu Dhabi Desert Challenge, que amanhã se disputa entre Moreeb e Qasr Al Sarab, compreende um sector seletivo com 256,4 quilómetros cronometrados.

 HR AbuDhabiDesertChallenge_day2_01HR AbuDhabiDesertChallenge_day2_02HR AbuDhabiDesertChallenge_day2_03

 

TERTULIA DE ABRIL

 

Tertúlia de Abril

 

Mais um mês… mais um Jantar da Tertúlia.

 

Desta vez, e para variar um pouco, vamos faze-lo no Rest. “Varanda do Parque” no CNEMA em Santarém, na próxima quinta-feira (10 de Abril) com a concentração para as “MINI DE HONRA” a partir das 19h…

 

A ementa será muito variada mas seguramente dela constará o rescaldo do Rallye de Portugal e da participação, ao mais alto nível, de inúmeros Tertúlianos.

 

Este jantar será igualmente o inicio do “Estágio” para a 1ª  Prova da Classic 2014, o Rallye de Tomar, onde o Team Ferodo Queimado espera arrecadar pelo menos mais uma vitoria (nem eu seja a do BAR).

 

Estamos á espera da tua confirmação, até AMANHÃ, pelos meios habituais.

 

Aquele valent’abraço Tertuliano



--
http://ferodoqueimado.blogspot.com
Facebook
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Associação do Ferodo Queimado
NIPC: 509398251
Rui Alves, Luís Silva, Paulo Marques, Joaquim Serrão, Victor Borges da Costa

 

TROFEU KAWASAKI

 

Empolgante desafio de areia no I
Troféu Kawasaki MX/SX Santander

 


Pilotos Kawasaki brindaram milhares de espetadores
com perícia e espetáculo num circuito 100% areia
Já pela sua segunda jornada, a primeira edição do Troféu Kawasaki
MX/SX Santander proporcionou este Domingo um empolgante
desafio para pilotos e máquinas com a passagem da competição
pelo circuito de Marinha das Ondas, uma pista de caraterísticas
únicas pela sua composição em areia.
Num crescente aumento de pilotos a “colorirem” de verde aquele que foi
igualmente o palco da segunda jornada do Campeonato Nacional de
Motocross, o I Troféu Kawasaki MX/SX Santander confirmou uma vez mais
potencialidades no apoio à competição com particularidades únicas para os
amantes das Kawasaki e praticantes de Motocross em Portugal.
Em termos desportivos, apenas com três categorias no ativo nesta
desafiante jornada, Daniel Pinto assegurou a liderança da classificação MX2
com nova vitória em Marinha das Ondas, diante de Miguel Peixoto e Hélio
Santos, enquanto na cilindrada mais alta foi o norueguês Lars Risholm
quem levou a melhor no pódio final frente a João Moreira e Artur Amorim.
Por entre os mais novos, Duarte Jerónimo foi o jovem de destaque aos
comandos da sua Kawasaki KX85 nas areias de Marinha das Ondas.
De partida para a sua terceira jornada, o I Troféu Kawasaki MX/SX
Santander convida novos entusiastas a “vestirem-se” de verde para a
deslocação do troféu a Ponte de Sor, no próximo dia 27 de Abril.
I Trofu_Kawasaki_-_Ambiente_Marinha_das_Ondas_1I Trofu_Kawasaki_-_Ambiente_Marinha_das_Ondas_2I Trofu_Kawasaki_-_Daniel_Pinto_Marinha_das_OndasI Trofu_Kawasaki_-_Duarte_Jernimo_Marinha_das_OndasI Trofu_Kawasaki_-_Lars_Risholm_Marinha_das_Ondas
I Troféu Kawasaki MX/SX Santander
Infantis
Tiago Margarido, 50 pontos
Alex Almeida, 44 pts.
Iniciados
Duarte Jerónimo, 100 pontos
MX2
Daniel Pinto, 50 pontos
Miguel Peixoto, 44 pts.
Francisco Salgado, 38 pts.
MX1
João Moreira, 44 pontos
Daniel Nogueira, 41 pts.
Lino Araújo, 38 pts.

 

LOBATO DE RADICAL SR 3

 

Rafael Lobato estreia-se no Campeonato Nacional de Sport Protótipos

Com apenas 16 anos e títulos no Nacional de Offroad, Rafael Lobato vais estrear-se no Campeonato Nacional de Sport Protótipos aos comandos do Radical SR3 da Parkalgar. O piloto de Vila Real fará equipa com Armando Parente e tem como objectivo para esta época adaptar-se à nova realidade desportiva.

O Campeonato Nacional de Sport Protótipos arranca este fim-de-semana de 12 e 13 de Abril no Circuito de Braga e Rafael Lobato teve o primeiro contacto com a sua nova máquina, este fim-de-semana, no Autódromo Internacional do Algarve. E apesar de todas as novidades de pilotar um carro tão distinto daqueles a que está habituado, o jovem piloto mostrou-se agradado com o potencial da nova máquina.

"Fiz cerca de 40 voltas ao Circuito de Portimão e deu para conhecer um bocadinho o comportamento do Radical. Não sendo um carro com muita velocidade de ponta podemos extrair todo o potencial em curva, pois é bastante rápido a curvar. Este foi o primeiro teste e tenho ainda muito que me adaptar, mas gostei deste primeiro contacto sobretudo porque é muito divertido de pilotar", começou por explicar Rafael que será o mais jovem piloto em pista.

No que ao Campeonato diz respeito, Lobato não tem pretensões á vitória neste primeiro ano: "Para já vou centrar-me na aprendizagem. Há tanto para fazer. Não entro neste Campeonato com expectativas elevadas. Quero dar o meu melhor e sobretudo, evoluir. É esse o mote para este ano de estreia", finalizou uma das jovens promessas do automobilismo nacional.

O Campeonato Nacional de Sport Protótipos será composto por sete corridas conforme calendário abaixo:

12 e 13 de Abril - Circuito de Braga

10 e 11 de Maio - Rampa da Falperra

7 e 8 de Junho - Rampa da Serra da Estrela

21 e 22 de Junho - Circuito de Vila Real

19 e 20 de Julho - Circuito de  Portimão

6 e 7 de Setembro - Circuito de Portimão

4 e 5 de Outubro - Circuito do Estoril

 

NISSAN PARCEIRA DA UEFA

 

NISSAN PARCEIRA GLOBAL DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

 

 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

http://www.newsroom.nissan-europe.com/media/images/subscriptionthumb/117391_23_21.aspx

 

NUNO CARDOSO COMEÇA EM BRAGA

 

Começar com o pé direito
Nuno Cardoso inicia em Braga a época 2014

 

NC APT2014
Nuno Cardoso inicia já no próximo fim-de-semana, no Circuito Vasco Sameiro em Braga, a temporada desportiva 2014, na qual parte com a tarefa de defender o título alcançado na edição passada do Trofeo Abarth 500.
Com expectativas elevadas e muito motivado para o início da competição, o piloto apoiado pela OZ Energia, O Meu Gás, CiberCar e Quinta do Rio apresentou no passado sábado, o seu programa desportivo e as novas cores do seu “escorpião azul”, que promete voltar a a ser um dos carros em destaque desta competição monomarca.
“Estamos quase a dar inicio à segunda temporada do Trofeo Abarth e o meu grande objectivo é naturalmente voltar a lutar pelas vitórias em todas as provas e vencer novamente o troféu”, começa por dizer Nuno Cardoso.
O piloto de Vila das Aves espera repetir em Braga o excelente arranque conseguido no ano passado, mas parte com a consciência que “esta será uma prova muito competitiva. Neste circuito as diferenças de andamento são sempre muito curtas e a concorrência está também muito motivada. Toda a equipa vai trabalhar na máxima força e esperamos começar o ano com o pé direito”, refere ainda o piloto do Abarth 500.
Com a habitual jornada dupla, mas ainda sujeito a alterações de horário, o programa do Braga Racing Weekend prevê a realização dos treinos livres e cronometrados e a primeira corrida para o dia de sábado, estando reservado para domingo a segunda passagem dos Abarth 500 pela pista bracarense

 

X MOTORCLASSICO

 

X edição do evento com área de exposição completamente esgotada
Salão Motorclássico recebe
mais de 40 mil visitantes

 

 

A X edição do Motorclássico – Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos, encerrou este Domingo, dia 6 de Abril, na FIL em Lisboa, tendo recebido mais de 40.000 visitantes.
Além dos 150 expositores presentes, oriundos de vários países, o evento apresentou aos seus visitantes uma programação multivariada, com exposições temáticas ligadas ao centenário da marca Maserati, às motorizadas portuguesas Casal e aos veículos miliares clássicos.
No sábado houve ainda um leilão de Clássicos & Automobilia, realizado pela Leiloeira Aqueduto, que levou à praça cerca de 150 lotes, entre automóveis, motociclos e outras peças de colecção relacionadas com o universo motorizado.
Ao longo desta edição do Salão Motorclássico decorreram ainda vários eventos como concentrações e passeios de motos e automóveis, sessões de autógrafos e o Salão Motor Racing, dedicado ao mundo da competição, que decorreu em paralelo durante os três dias.
De acordo com a organização do evento, “o Salão Motorclássico mostrou que o meio, e o mercado, dos veículos clássicos e desportivos em Portugal está vivo e dinâmico. Tivemos o espaço de exposição, equivalente a 20.000 m2, completamente esgotado, e registámos o maior número de passeios e concentrações de sempre no evento, o que confere um sabor especial a esta X edição.” E acrescenta “Adicionalmente, esta X edição contou pela primeira vez com expositores ligados aos universos da náutica e da aviação histórica, dois temas que queremos desenvolver no futuro no Salão Motorclássico”.
Museu

 

MANUEL MARQUES INSATISFEITO

 

Manuel Marques de Matos sai do Estoril insatisfeito

Manuel Marques de Matos, o gentleman driver da Roadgalaxy voltou a apostar naCRM Motorsport, conduzindo um Caterham com as cores da Kónica Minolta, Titulo Genuíno, Caliber,Springlow, Occidens e Oakley .

No passado dia 5 de Abril teve lugar a primeira prova do campeonato, no Estoril, numa grelha recheada de bons carros e pilotos, tendo Manuel Marque de Matos a expectativa de se imiscuir nas lutas pelo top 10.

Tal não foi possível devido a um carro pouco cooperante que, como explicou o piloto “ o carro tinha um bom comportamento dinâmico, curvava bem, mas não tinha velocidade de ponta. Tal situação levou-me a andar muito atrás no pelotão, perdendo quase todos os despiques em pista”.

A próxima prova do campeonato é em Jarama e o gentleman driver da Roadgalaxy, afirmou acreditar que  “ a CRM vai rever o carro e o motor para que consiga ultrapassar as situações surgidas no Estoril”.

Marques de Matos rodou sempre entre o 10º e 12º tempo, em 14 concorrentes.  021

 

TEAM ANDRÉ PINTO APRESENTOU-SE

TEAM ADNRÉ PINTO APRESENTOU-SE

 

 

Foi no passado sábado á noite que o Team André Pinto se apresentou numa discoteca de LoTEAMANDREPINTOAPRESENTA-SETEAMANDREPINTOAPRESENTA-SE1TEAMANDREPINTOAPRESENTA-SE2usada, naquilo que irá ser a época de 2014, na qual a equipa irá centrar as suas atenção numa das competições da Feup, neste caso no troféu Alfa Romeo 156.

 

DAKAR 2015 JÁ DELINEADO

DAKAR 2015 JÁ DELINEADO

 

 

Faltando dez meses para nova edição do maior rali maratona do mundo, já está tudo definido para a edição de 2015 do Dakar, conforme imagem anexa.precursodakar2015

 

CRÓNICA DE JOÃO FERNANDO RAMOS

 

CRÓNICA – DIA 6  -  Domingo

Acabou o rali!

Os meus amigos talvez consigam imaginar a imensa alegria que sentimos ao chegar com o carro intacto ao final deste duríssimo rali.

Os reconhecimentos foram muito complicados com chuva, muita lama, rios a transbordar, nevoeiro e um carro de série com pneus normais. Os ralis são assim para as equipas privadas de micro dimensão. Só sou um piloto como os outros quando começa a corrida e fico plenamente integrado da estrutura da RMC. É verdade que a partir desse momento nada nos falta, a não ser… gasolina, quando o depósito do carro resolve encolher sem aviso prévio. É a história que vamos guardar deste rali.

Chegados ao parque de assistência, celebramos com a equipa o facto de termos concluído a prova, o objetivo primordial nestas coisas dos ralis, com a dureza e nível de exigência técnica, física e psicológica que uma prova do WRC implica. Prova superada mais uma vez.

Mas há uma outra que vos quero contar nesta última crónica desta aventura. Piloto e navegadora, vindos do japão apareceram no Algarve com uma espécie de Toyota Yaris, com o mínimo dos mínios que se pede a quem quer fazer um rali.

Ele tem mais de 60 anos e já tinha vindo a Portugal noutras edições do Rali, ela era estreante na aventura. Como equipa de assistência traziam mais dois japoneses, com duas cadeiras de praia, uma pequena caixa de ferramentas um martelo e um rolo de fita-cola.  A simples e simpática equipa foi rapidamente adotada pelo coração mole e bom dos portugueses que ajudaram em tudo. Até uma tenda de assistência lhes montaram para o final do primeiro dia. Abracei aqueles japoneses no final da prova e voltei a perceber que este desporto tem mesmo algo inexplicável que nos atrai e encanta.

Aqui somos todos iguais, apenas diferentes quando entramos no carro. Somos todos loucos por emoções.

Voltaremos dentro de alguns meses para uma nova prova do mundial de ralis, onde colocaremos de novo à prova os nossos limites com a humildade necessária para aprender sempre com o que nos vai acontecendo.

Obrigado à bela equipa da RMC, ao José Janela e aos que nos apoiaram nesta aventura.

Hoje vou dormir mais feliz!press 201407press 201407b

 

TRANSMISSÃO DITA DESISTENCIA DE GAGO

 

Diogo Gago / Jorge Carvalho

Citroen C2 R2

Rally de Portugal – Nacional de Ralis

 

Transmissão dita desistência de Diogo Gago

 

Diogo Gago e Jorge Carvalho encaravam este Rally de Portugal com grande expectativa e a ronda portuguesa do Mundial de Ralis até começou da melhor forma, ao serem os mais rápidos na categoria RC4 na especial de abertura.

 

Ainda que inseridos no pelotão do Mundial de Ralis, Diogo Gago e Jorge Carvalho arrancaram para o Rally de Portugal em grande estilo, conquistando a vitória na Super Especial de abertura em Lisboa, onde se cotaram como os mais rápidos na classe RC4, deixando a concorrência mundialista a mais de quatro segundos.

 

“A prova começou bastante bem para nós, pois mesmo sem corrermos riscos na Super Especial de abertura do Rally de Portugal, colocámos o nosso Citroen C2 R2 entre os cinco primeiros das rodas motrizes do Mundial, onde a concorrência está bem melhor apetrechada do que nós, assumindo-nos ainda como os mais rápidos na RC4”, começou por contar o piloto de São Brás de Alportel.

A dupla que conta com os apoios de Hotel Pedras Rubras, Pedro Pinto Automóveis, Marisco Galvão, Pirelli, QF e agora também com o apoio do Municipio de São Brás de Alportel, partiu para a etapa de sexta com grandes expectativas, mas um problema mecânico viria a terminar de forma prematura com a sua prova.

 

“Partimos para o primeiro troço com grande expectativa e muito motivados pelo excelente resultado da véspera, onde havíamos conseguido bater uma concorrência bastante melhor equipada do que nós. No entanto, a nossa prova terminaria logo na fase inicial do primeiro troço, depois de uma transmissão ceder no nosso Citroen C2 R2. Foi um verdadeiro balde de água fria para nós, depois de termos conseguido um resultado tão bom como o da véspera e ainda para mais na prova onde corria bem perto de casa”, contou ainda Diogo Gago.

 

Apesar do tremendo azar, a dupla Diogo Gago/Jorge Carvalho voltou a mostrar a sua competitividade, batendo a concorrência do Mundial de Ralis que até contava com maior experiência na prova. 1795770 602974143113633_1692492860_n

 

FEIRA DO BRINQUEDO É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

 

FEIRA do BRINQUEDO ANTIGO e de COLECÇÃO

 

      12 de ABRIL de 2014

                    (SÁBADO ) das 10,30H às 18,00H

 

                HOTEL TUELA – PORTO

                Sala Dourada - Piso -1

(Rua Arquitecto Marques da Silva, ao Bom Sucesso / Rotunda da Boavista

 

MERCADO AUTOMÓVEL CRESCEU

Mercado Automóvel

No período de Janeiro a Março de 2014 crescimento de 43,8 por cento.

Forte crescimento homólogo mas ainda num nível muito baixo, para os valores normais do mercado.

No período de Janeiro a Março de 2014 foram vendidos em Portugal 40.460 veículos automóveis, o que representou um crescimento de 43,8 por cento face a igual período de 2013.

No mês de Março de 2014 o mercado situou-se nas 16.822 unidades, ou seja, mais 51,8 por cento do que em igual mês do ano anterior.

Apesar do crescimento verificado em Março deste ano, e com excepção de 2009, o mercado encontra-se abaixo dos níveis registados em anos anteriores a 2012, sendo de assinalar que o volume de vendas observado no mês homólogo de 2013, que lhe serve de comparação, foi anormalmente baixo, tal como pode ser verificado no gráfico seguinte, acentuando, assim, o crescimento percentual observado.

O mercado de veículos ligeiros (ligeiros de passageiros mais comerciais ligeiros), em Março de 2014 registou um crescimento de 51,8 por cento relativamente a igual mês do ano anterior. Quanto ao mercado no período acumulado de Janeiro a Março de 2014, verificou-se um crescimento homólogo de 43,8 por cento.

Por tipos de veículos observou-se a seguinte evolução das vendas:

1. Automóveis Ligeiros de Passageiros
No mês de Março de 2014, foram comercializados em Portugal 14.149 automóveis ligeiros de passageiros, o que correspondeu a um crescimento de 47,0 por cento face ao mês homólogo do ano anterior.

Nos três primeiros meses de 2014 as vendas de veículos ligeiros de passageiros situaram-se nas 33.954 unidades, o que se traduziu numa variação positiva de 40,5 por cento relativamente ao período homólogo de 2013. 

2. Veículos Comerciais Ligeiros
No mês de Março de 2014 foram vendidos em Portugal 2.447 veículos comerciais ligeiros, o que representou um aumento de 87,2 por cento.

No período de Janeiro a Março de 2014 o mercado atingiu 5.764 unidades, tendo-se registado um aumento de 66,5 por cento face ao período homólogo do ano anterior. 

3. Veículos Pesados
Quanto ao mercado de veículos pesados de passageiros e de mercadorias, em Março de 2014 verificou-se um crescimento de 51,7 por cento por cento em relação ao período homólogo, tendo sido comercializados 226 veículos desta categoria.

Nos três primeiros meses de 2014 as vendas situaram-se nas 742 unidades, o que representou um crescimento de 42,7 por cento relativamente ao período homólogo do ano anterior.


GRAFICO-AUTOMOVEIS QUADRO AUTOMOVEIS

 

OBSERVADOR CETELEM

Portugueses são dos que mais valorizam a marca do automóvel

Estudo Observador Cetelem analisa tendências do mercado automóvel na Europa.

 Os Portugueses (94%) e os Turcos (97%) são os Europeus que mais valor dão à marca automóvel no momento da compra, seguidos pelos Alemães (92%) e Espanhóis (93%). Para a maioria dos Europeus, a confiança numa marca é e continuará a ser um critério de compra determinante. Conclusões da edição 2014 do Caderno Automóvel, estudo do Observador Cetelem que analisa as tendências do mercado automóvel na Europa.

A confiança na marca de uma viatura é hoje um critério de compra importante para mais de nove Portugueses em cada dez. No entanto, acreditam que a marca no futuro (num período de dez anos) será menos determinante do que atualmente: 22%, um valor acima da média europeia de 20%. Os Franceses (23%), Belgas (24%) e Italianos (28%) seguem a mesma opinião dos Portugueses. Segundo o estudo, esta previsão, de um número considerável de consumidores, deve-se ao fluxo crescente de novas marcas no mercado Europeu, especialmente de marcas coreanas. 

Ainda nas conclusões sobre a análise das tendências de futuras compras automóveis, o Observador Cetelem revela que para oito Europeus em cada dez, a marca vai continuar a ser um critério na escolha do seu veículo nos próximos dez anos, especialmente para os Turcos (90%), os Espanhóis (80%) e os Alemães (81%). Atualmente, apenas os Belgas (86%), os Franceses (89%) e os Britânicos (90%) se encontram abaixo da média dos oito países analisados (91%) no que diz respeito à valorização da marca automóvel no momento da compra de veículo.

As análises económicas e de marketing, bem como as previsões, para o Caderno Automóvel 2014, foram efetuadas em colaboração com a empresa de estudos e consultoria BIPE (www.bipe.com). Os inquéritos de campo ao consumidor foram conduzidos pela TNS Sofres, durante o mês de novembro de 2013, em oito países da Europa (Alemanha, França, Itália, Portugal, Espanha, Bélgica, Reino Unido e Turquia), com amostras representativas das populações nacionais (pelo menos 600 pessoas por país), num total de 4.830 pessoas questionadas pela Internet.



Carros Marcas

 

FELIX DA COSTA MOSTRA NOVO SITE

 António Felix da Costa apresenta o seu novo websitewww.felixdacosta.com, com uma nova imagem e novas funcionalidades. O piloto de 22 anos que este ano representa simultaneamente as cores oficiais da BMW no DTM, e o lugar de piloto de testes e reserva de Fórmula 1 na Infiniti Red Bull Racing mostra um site moderno e adaptado às novas tendências, que procura manter os seus fãs informados.

 

NOVO DESAFIO PARA AS EMPRESAS

Novo desafio para as empresas

Alguns dos trabalhadores que estavam adiando suas reformas, ou até mesmo pensando em não se reformar, agora, finalmente, decidiram interromper suas longas carreiras. É uma combinação destas aposentadorias adiadas, e de 15,1% de menos gente da Geração X, que agora estão criando um novo desafio para as empresas.

Nos anos recentes, uma das maiores frustrações da Geração X tem sido a presença contínua do Baby Boomers no mercado de trabalho. A maioria dos Baby Boomers, por uma diversidade de razões, adiaram suas reformas, porque muitos deles pensavam que não poderiam sobreviver sem trabalhar. Bem, parece que algumas coisas estão mudando.

Alguns destes trabalhadores que estavam adiando suas reformas, ou até mesmo pensando em não se aposentar, agora, finalmente, decidiram interromper suas longas carreiras. É uma combinação destas reformas adiadas, e de 15,1% de menos gente da Geração X, que agora estão criando um novo desafio para as empresas. 

Um estudo conduzido pela Harris Corp. para a CareerBuilder, descobriu que 58% (ainda mais da metade) dos trabalhadores de 60 anos ou acima dizem que, atualmente, estão adiando seus planos de reforma. Este percentual é quase 10% mais baixo do que o pico de quase 65%, há quatro anos. (Career Builder é uma empresa internacional de recrutamento via website). Mais ainda, 50% dos trabalhadores pesquisados, estão prevendo, que estarão capazes de se reformar, dentro de quatro anos. Este percentual é uma melhoria em relação aos 47% do ano passado.

Na verdade, muitos deixaram de lado a reforma em função da grande recessão que houve nos Estados Unidos, nestes últimos anos. Com 10% deste grupo de trabalhadores nesta faixa etária (60 anos ou mais, expressando o sentimento de que nunca teriam condições de sereformar, a metade (50% disseram, que esperavam estar em condições de se aposentar nos próximos quatro anos

É importante citar que duas outras informações emergiram: menos trabalhadores estão planejando aceitar trabalho integral ou temporário depois de se aposentarem. Somente, 45% disseram que iriam procurar por trabalho pós aposentadoria, um decréscimo significante de 15 pontos percentuais sobre o número de 2013 (60%). Dentre aqueles que planejam voltar a trabalhar depois da aposentadoria, as áreas de consultoria, comercio e atividades na área de serviço ao cliente são as mais visadas. A outra informação interessante detectada é que as mulheres (71%) demonstraram possibilidade maior de adiarem a aposentadoria, contra 49% dos homens,

As empresas mais avançadas, em todos os setores, reconhecerão e ficarão gratas as contribuições que trabalhadores mais velhos possam oferecer e a possibilidade de poderem oferecer boas condições de trabalho à eles. Estas condições poderão incluir a redução de atividades físicas, compartilhamento das atividades, número reduzido de horas de trabalho, e aposentadoria programada em fases. Trabalhadores mais velhos podem ser ativos valiosos se forem apoiados adequadamente. 

Por: Roger Herman, Business Futurist



Reforma
 

PAULO GONÇALVES NA LUTA PELA VITÓRIA

 

Paulo Gonçalves na luta pela vitória no
Abu Dhabi Desert Challenge

Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_07_de_Abril_de_2014_1Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_07_de_Abril_de_2014_2
Na defesa do título mundial, Paulo Gonçalves quer vencer na
primeira prova do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno
Paulo Gonçalves mantém-se na luta pela vitória na prova de abertura do Campeonato do
Mundo de Ralis Todo-o-Terreno de 2014, ocupando, para já, numa altura que estão por
disputar três das cinco etapas, a terceira posição da classificação geral provisória.
O piloto oficial da Honda voltou a ser o terceiro mais rápido ao terceiro dia de prova em
Abu Dhabi, gastando apenas mais 2m06s que o vencedor Marc Coma, piloto espanhol
com quem travou uma intensa luta pelo título mundial em 2013.
Numa etapa que ascendeu aos 296,67 quilómetros cronometrados, Paulo Gonçalves
sofreu ainda um contratempo numa altura em que atacava a liderança e que o deixou
lesado mas, ainda assim, confiante num bom resultado final.
“Estou muito satisfeito pelo terceiro lugar de hoje. Tanto eu como a minha Honda
CRF 450 Rally temos superado muito bem estas condições difíceis aqui no deserto
de Abu Dhabi. Ainda temos três dias pela frente e vou continuar a lutar para
terminar nas primeiras posições da prova, superando os meus adversários da
frente. Sei que não será fácil, mas vou dar o meu máximo. Temos equipa e mota
para isso, amanhã logo veremos”, disse o piloto de Esposende.
A terceira etapa do Abu Dhabi Desert Challenge, quarto dia de competição nos Emirados
Árabes Unidos, terá um total de 372,02 quilómetros entre Moreeb e Qasr Al Sarab, dos
quais 256,40 serão a contra-relógio.

 

ABRASIVO REVOLUCIONÁRIO

 

O abrasivo revolucionário no mundo da
reparação automóvel

 


A 3M, a empresa da inovação volta a revolucionar o mundo da reparação
automóvel, com o lançamento do novo Abrasivo Flexível HookitTM. É a
mais recente inovação na área de reparação automóvel, permitindo o
aumento da produtividade e da qualidade nas etapas de preparação da
pintura dos veículos.
A nova gama de produtos profissionais da 3M converte a pintura numa
tarefa simples e limpa. A flexibilidade do novo Abrasivo Flexible HookitTM
permite ao pintor chegar sem esforço às zonas de difícil acesso. Entre vários benefícios, destaca-se a embalagem,
que facilita a organização e armazenamento e o código de cores que permite distinguir o grão de abrasivo
necessário para cada trabalho.
As especificações técnicas e a qualidade deste produto posicionam-no como um abrasivo único no mercado. O
novo produto da 3M é ideal para aplicações de lixagem manual, podendo ser usado a seco ou a húmido, em
função das necessidades de cada material. O uso adequado na fase de preparação da pintura, tal como no
acabamento, possibilitam a eliminação de imperfeições.
O novo abrasivo conta com um código de cor para cada aplicação, disponível nos grãos P400 e P600 para a
lixagem de aparelho, P800 e P1000 para despolir e os P1200 e P1500 para o acabamento.
Reparação automóvel de excelência é com a inovação 3M!
Acerca da 3M
A 3M capta a força das novas ideias e transforma-as em milhares de produtos inventivos. A nossa cultura de colaboração
criativa inspira um fluxo constante de tecnologias fortes que tornam a vida melhor. A 3M é uma empresa de inovação que
nunca para de criar. Com 30.000 milhões de dólares em vendas, a 3M emprega 84.000 colaboradores em todo o mundo e
tem operações em mais de 65 países. Para mais informação consulte o website www.3m.pt ou siga a empresa em
twitter.com/3MPortugal ou facebook.com/3MPortugal.

 

PETERS COM PROGRAMA ALARGADO

 

Frederico Peters com programa desportivo alargado para 2014

 

Frederico Peters tem apenas 10 anos mas tem dado cartas nos Campeonatos Nacionais de Karting nos últimos anos. Em 2010 venceu o Troféu Iniciação "Tributo a Figueiredo e Silva" e em 2012 o Troféu Futuro na categoria cadetes. O ano passado estreou-se  no Nacional de Karting de Juvenis e este ano repete o Campeonato inserido na estrutura recentemente criada Lamy Peters Kart Racing Team apadrinhada por um dos mais talentosos pilotos portugueses de todos os tempos, Pedro Lamy.

 

Para além do Campeonato Nacional de Karting de Juvenis composta por cinco provas, Frederico Peters vai ainda disputar a Taça Nacional de Karting, a Taça Bridgestone e o Troféu Regional de Karting do Oeste num total de 12 eventos ao longo do ano.

 Frederico Peters1

 

VOLKSWAGEN CONSOLIDA LIDERANÇA

 

Volkswagen consolida liderança no Mundial
com vitória de Sébastien Ogier em Portugal


• Terceira vitória de Ogier / Ingrassia e quarta da Volkswagen em 2014
• Novo recorde: a mais longa série de vitórias consecutivas na história do WRC
para o Polo R WRC


A Volkswagen reivindicou uma vitória suada no rali mais duro do ano. Em condições
difíceis e bem variadas, os campeões em título Sébastien Ogier / Julien Ingrassia
garantiram a quarta vitória da temporada do WRC 2014 para o Polo R WRC. Um triunfo que,
ao mesmo tempo, representa o oitavo sucesso consecutivo para a Volkswagen, incluindo
as jornadas finais da época do ano passado. O 19° triunfo da dupla francesa esteve longe
de ser um “simples” passeio. O Rali de Portugal contou com três construtores diferentes
no pódio, antecedido por duelos travados até aos décimos de segundo numa prova que
teve três líderes diferentes.
Andreas Mikkelsen e Mikko Markkula com o Polo R WRC da equipa Volkswagen Motorsport II
terminaram na quarta posição. Por sua vez, Jari -Matti Latvala / Miikka Anttila tiveram uma reação
muito positiva depois de um acidente ocorrido na sexta-feira. Tal possibilitou à Volkswagen
contabilizar valiosos pontos para o Campeonato de Construtores, uma vez que estabeleceu o
segundo melhor tempo na Power Stage, atrás de Sébastien Ogier.
"O Rali de Portugal decorreu como esperávamos: muito difícil para a equipa e pilotos, mas fomos
novamente bem sucedidos", destacou bastante satisfeito o Dr. Heinz-Jakob Neußer, Membro do
Conselho da Volkswagen para o Desenvolvimento Técnico. "A nossa dupla Ogier / Ingrassia
demonstrou mais uma vez em condições muito difíceis toda a sua classe. Ao mesmo tempo,
também a equipa realizou um trabalho fantástico.

A eficácia com que conseguiram reparar o carro do Jari -Matti Latvala após o seu acidente foi
impressionante, não acontecendo qualquer penalização por excesso de tempo na paragem na
zona de assistência. Outra razão para esta minha deslocação a Portugal que pretendo também
realçar é a experiência que se vive perante um público tão apaixonado e que conta com muitos
fãs dos nossos pilotos que, em cada passagem, os aplaudem de forma entusiástica".
"Reconhecimentos", pneus e ação: as histórias do Rali de Portugal
O Rali em Portugal depressa se transformou numa semana cheia de acontecimentos e sucessos
para a equipa da Volkswagen. No “aperitivo” para a prova – o “WRC Fafe Rally Sprint” - Sébastien
Ogier / Julien Ingrassia entraram para a sua história ao venceram perante uma multidão de 140
mil espectadores. Depois aconteceu uma persistente e diluviana chuva que tornou ainda mais
difíceis as condições para a prova, forçando ao adiamento por duas vezes dos “reconhecimentos”
e à diminuição da quilometragem de alguns troços devido ao estado do piso. E na sexta-feira
surgiu um dia radioso de sol, o que “baralhou” ainda mais a já de si complicada escolha dos
pneus: a mistura mais macia da Michelin surgiu como a escolha ideal ao longo do rali. Com
apenas 16 pneus macios disponíveis (máximo permitido até ao final da prova), foi dada prioridade
máxima aos pneus.
Da Austrália até Portugal: uma série de vitórias consecutivas que entra na história do WRC
A vitória de Sébastien Ogier / Julien Ingrassia marcou o oitavo triunfo consecutivo para o Polo R
WRC, permitindo à Volkswagen igualar a maior série de vitórias na história do Campeonato do
Mundo de Ralis. A equipa venceu na Austrália, França, Espanha e Grã-Bretanha em 2013,
havendo a adicionar os sucessos esta temporada em Monte Carlo, Suécia, México e Portugal. O
recorde no WRC era anteriormente detido pela rival Citroën, que alcançou o mesmo feito em
2011. Em apenas 17 presenças do Polo R WRC no Campeonato do Mundo de Ralis, o carro da
marca de Wolfsburg já igualou este recorde.
Efemérides a comemorar: os números por trás da vitória em Portugal
A Volkswagen comemorou mais um marco na história do Polo R WRC no Rali de Portugal. O
veículo com uma potência de 315 Cv e tração às quatro rodas disputou a sua 300ª presença em
provas especiais de classificação na sexta-feira.

Como já havia acontecido por ocasião das suas anteriores presenças - 50, 100, 150 e 250 - o Polo
R WRC celebrou a seu mais recente conquista com outra vitória num troço. Disputados mais sete
troços e registou um novo sucesso: a vitória número 200 desde a sua estreia em 2013. Até o final
do Rali de Portugal, a Volkswagen tinha ganho 204 dos 312 troços em que marcou presença
desde o início da temporada de 2013, o que representa uma quota de sucesso de 65 por cento.
Das 850 possibilidades de estar presente no top 3, em 459 vezes foram para o Polo R WRC. A
vitória de Sébastien Ogier / Julien Ingrassia marcou a sua 24ª subida ao pódio e 14 triunfos nos 17
ralis disputados desde 2013 para a Volkswagen.
O Polo R WRC de Latvala “ressuscitou” após um esforço quase sobre humano chefiado
por um português
Um desempenho verdadeiramente notável esteve por trás do regresso de Jari -Matti Latvala /
Miikka Anttila ao Rali de Portugal. Um pequeno erro teve, no entanto, grandes consequências:
numa altura em que ocupava a segunda posição e atacava a liderança a dupla finlandesa teve um
fim prematuro, após uma saída de estrada. Nas três horas atribuídas pelo regulamento, o chefemecânico
José Azevedo e a sua equipa predominantemente portuguesa voltaram a reconstruir o
Polo R WRC. Foi um esforço que valeu o seu peso em ouro, tanto para Latvala / Anttila como para
a Volkswagen: a equipa contabilizou mais quatro preciosos pontos no campeonato de
construtores. Latvala / Anttila retribuíram a sua equipa com duas vitórias em provas de
classificação. No final do rali, a dupla finlandesa assegurou o segundo lugar no Power Stage,
conquistando dois pontos de bónus para os campeonatos de pilotos e co-pilotos.
Quarto lugar: prestação de Andreas Mikkelsen / Mikko Markkula limitada devido à chuva
nos “reconhecimentos”
Antes da partida, Andreas Mikkelsen / Mikko Markkula realizaram um fim-de-semana de testes no
terceiro Polo R WRC. Para esta segunda presença no Rali de Portugal ao volante do WRC da
marca de Wolfsburgo, a equipa decidiu antes do rali criar um novo ritmo no “cantar” das notas. No
entanto, a forte chuva e a má visibilidade que enfrentaram durante os “reconhecimentos” ditou que
o ritmo das suas notas fosse menos detalhado do que o desejado. Na sequência do acontecido,
Mikkelsen e Markkula decidiram não arriscar e limitar eventuais riscos na prova.

Ao contrário do sucedido na Suécia e no México, os tempos realizados não estiveram em pé de
igualdade com os seus colegas de equipa. No entanto, o quarto lugar em Portugal representou um
resultado positivo numa prova em que todos os concorrentes enfrentaram duras e difíceis
condições.
Sucesso em todas as frentes: o azul e branco dominam o campeonato WRC
O sucesso no Rali de Portugal permitiu à Volkswagen consolidar a liderança nos campeonatos de
pilotos, co-pilotos e de construtores. Sébastien Ogier e Julien Ingrassia somam agora 91 pontos,
mais 29 do que os seus companheiros de equipa Latvala e Antilla e rivais mais próximos no
campeonato. Andreas Mikkelsen e Mikko Markkula ocupam atualmente o quarto lugar. No
campeonato de construtores, a Volkswagen aumentou a sua vantagem sobre a rival Citroën de 14
para 69 pontos.
E depois aconteceu...
… a 19ª vitória de Sébastien Ogier no Campeonato do Mundo de Ralis. Um triunfo especial por
dois motivos: Ogier está mais próximo de Markku Alen na lista de vencedores de todos os tempos.
Com cinco vitórias em Portugal, Alen continua a ser o “rei” nesta prova, tendo marcado presença
este ano no Algarve. Ogier tem agora quatro vitórias em Portugal, aproximando-se do recorde de
Alen. A vitória número 19 também teve um outro prémio: Ogier foi presenteado com o seu peso
em azeite na cerimónia do pódio, uma oferta da organização da prova.


Classificação Final

VW Latvala_PortugalVW Mikkelsen_PortugalVW Ogier_PortugalVW Rali_de_Portugal_podio
1. Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (F/F), Volkswagen, 3h 33m 20,4s
2. Mikko Hirvonen / Jarmo Lehtinen (FIN/FIN), Ford, a 43,2s
3. Mads Østberg / Jonas Andersson (N/S), Citroën, a 1m 12,4s
4. Andreas Mikkelsen / Mikko Markkula (N/FIN), Volkswagen, 4m 50,5s
5. Henning Solberg / Ilka Minor (N/A), Ford, a 5m 10,2s
6. Martin Prokop / Jan Tománek (CZ/CZ), Ford, a 8m 27,2s
7. Thierry Neuville / Nicolas Gilsoul (B/B), Hyundai, a 8m 32,3s
8. Juho Hänninen / Tomi Tuominen (FIN/FIN), Hyundai, a 8m 51,6s
9. Nasser Al-Attiyah / Giovanni Bernacchini (Q/I), Ford, a 10m 14,7s
10. Jari Ketomaa / Kaj Lindström (FIN/FIN), Ford, a 10m 36,3s

 

RALI VERDE PINO

 

Rallye Verde Pino 25 e 26 Abril

Estão abertas as inscrições para o Rallye Verde Pino, a nossa prova mais emblemática, pela primeira vez a contar para o "Critério NDML 2014".

Em tempos de crise optámos por fazer uma prova mais curta e com apenas 2 dias, mas sem reduzir a dificuldade e o numero de provas de classificação.

Dividido em 2 etapas e 5 secções, terá uma extensão de 750 km dos quais 44 serão em troços fechados.
No dia 25 o Rallye terá partida do Estádio de Leiria pelas 14:30h com uma primeira prova no nosso Kartódromo dos Milagres, seguindo-se a Rampa de Porto Mós, Kartódromo de Fátima, terminando com a Rampa de Ourém, podendo os concorrentes optar pela zona para pernoita. 
Sábado, 26 de Abril a prova terá uma maratona com inicio às 7:00h, com o Slalom de Ansião, depois seguindo-se as Rampas de Figueiró dos Vinhos, Penela, Montalto, Ponte das 3 Entradas, S. Sebastião, Alvôco da Várzeas, tendo os concorrentes que cumprir todas estas provas por duas vezes, terminando a segunda etapa e o Rallye pelas 23:30 h ( hora ideal para a primeira equipa ) com a classificativa no Kartódromo do Milagres.

Assim publicamos o Regulamento ( provisório ) e o Boletim de Inscrição chamando a atenção que, a título excepcional, manteremos o valor reduzido da inscrição até ao dia 14 de Abril, reafirmando o facto de não ser necessária em 2014 a  Licença Desportiva da FPAK apesar de ser recomendada.  
A outra novidade já implementada na nossa prova de Penela e Espinhal, é a possibilidade dos participantes nas nossas provas ( piloto e navegador sócios do NDML ) de efectuarem um seguro de acidentes pessoais pelo valor individual e por prova de 5 € resultante dum acordo entre o NDML e a Fidelidade. As condições e coberturas estão à disposição para consulta no NDML.

Assim, qualquer duvida sobre esta prova, ou esclarecimento sobre os pacotes de hotel e refeições por favor contactar os nossos serviços pelo email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou pelo telefone 244 814 214 

 

GALP ENERGIA COM NOVOS POSTOS

 

Galp Energia com novos postos GPL Auto em Lisboa e Vila Franca de Xira

 


A Galp Energia passou a dispor de mais dois postos com GPL Auto na zona centro do país, reforçando a aposta na oferta deste combustível na sua rede de estações de serviço. Situados em Telheiras (Eixo Norte-Sul) e Vila Franca de Xira, os dois novos postos representam mais um incentivo à utilização do GPL Auto em Portugal.
A disponibilização de GPL Auto nos postos de Telheiras e Vila Franca de Xira é parte de uma estratégia de expansão da oferta de uma alternativa vantajosa em termos ambientais e económicos aos combustíveis tradicionais. Além de beneficiar a diminuição das emissões, o GPL Auto permite uma redução significativa no custo do combustível quando comparado com a gasolina.
Os clientes da Galp Energia podem benificar ainda de muitas outras vantagens. Através dos descontos oferecidos pelo cartão fast, cartão Continente e outras parcerias e vales promocionais, os clientes GPL Auto poderão tirar o maior partido possível de uma opção económica e amiga do ambiente.
Empenhada em promover e disponibilizar soluções cada vez mais competitivas e eficientes, a Galp Energia tem sido um agente relevante na promoção do uso do GPL Auto. Atualmente, a rede Galp Energia já disponibiliza este combustível em 73 postos de abastecimento, prevendo-se a abertura de postos GPL Auto adicionais até ao final do ano.
A Galp Energia disponibiliza a listagem de todos os seus postos com GPL Auto em www.galpenergia.com.

 

DUPLA PARA A MERCEDES

 

MERCEDES AMG PETRONAS com dupla vitória no GP do Bahrain

 

Lewis Hamilton venceu com uma pequena margem sobre o segundo classificado e colega de equipa, Nico Rosberg, numa longa e dura prova no GP do Bahrain. Esta é a segunda vez este ano que a equipa MERCEDES AMG PETRONAS acaba entre as duas primeiras posições, aumentado assim a sua liderança no campeonato de construtores.

 

  • Lewis Hamilton conquistou a sua 24ª vitória da carreira e a sua 3ª ao serviço da equipa MERCEDES AMG PETRONAS;
  • Nico Rosberg conquistou o seu 14º pódio da carreira na Fórmula 1, o 12º para a equipa, naquele que marcou a sua participação número 150 num Grande Prémio;
  • Apenas 1.085 segundos separaram os dois pilotos no final da prova, com 0.088 segundos a separarem as suas voltas mais rápidas;
  • Lewis teve uma paragem para mudança de pneus na volta 19, alterando novamente na volta 41 durante a entrada do safetycar;
  • Nico Rosberg parou na volta 21 para troca para pneus médios, voltando a parar novamente durante a entrada do safetycar na volta 41;
  • Ainda no pódio, no 3º lugar, esteve mais um monolugar equipado com um motor Mercedes-Benz. De salientar ainda que 6 das 10 primeiras posições foram monolugares com motor Mercedes-Benz.

 

Pilotos

ViaturaNo.

  Chassis No.

Resultados / Volta mais rápida

  Lewis Hamilton

  44

  F1 W05 / 01

P1        1:37.108

  Nico Rosberg

  6

  F1 W05 / 03

P2        1:37.020F12014GP02BHR JK1539288

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

RALI DE PORTUGAL

 

Grupo de imagens relativas ao rali de Portugal da autoria de Nuno Dinis Photos.

 

 

Fotos de Nuno Dinis - www.velocidadeonline.comdi1di2di3di4di5di6di7di8di9di10di11di14di15di17di18di19di20di21di22di23di24di24di25di26di27di28di29di30di31di32di33di34di35di36di38di39di40di42di43di44di45di46di46di48di49di50di51di52di53di55di56di57di58di59di60di61di62di63di64di65di63di64di65di66di67di68di69di71di72di73di74di74di75di76di77di78di79di80di81

 

CLASSICOS EM ESPANHA

CLASSICOS EM ESPANHA

 

Grupo de imagens relativas à prova de clássicos que decorreu este fim de semana na pista de Barcelona, da autoria de Rafa Sanchez.

 

 

Fotos de Rafa Sanchez - www.velocidadeonline.comCLASS1 -_ESPANHA_-_BARCELONACLASS2CLASS3CLASS4CLASS5CLASS6CLASS7CLASS8CLASS9CLASS10CLASS11

 

TOM CORONEL FINALIZOU TESTES

TOM CORONEL FINALIZOU TESTES

 

O piloto holandês Tom Coronel, já finalizou testes ao seu Chevroelt Cruze, com que irá participar já este fim de semana na jornada inaugural do WTCC, na pista citadina de Marrakech - Marrocos.cruzecoronel1cruzecoronel2cruzecoronel3cruzecoronel4

 

AÍ ESTÁ O CIVIC DE MICHELIZ

AÍ ESTÁ O NOVO HONDA CIVIC DE MICHELIZ

 

 

O piloto hungaro da Zengo Motorsport, já recebeu o seu chassi Honda Civic WTCC, com que se irá estear já este fim de semana no circuito citadino de Marrakech - Marrocos.

 

Por outro lado, quando Micheliz recebeu o novo carro,e steve em Itália para ter os primeiros contactos.hondamic1hondamic2zengo1zengo2zengo3

 

FARFUS DOS MAIS RÁPIDOS NOS TESTES DO DTM

AUGUSTO FARFUS DOS MAIS RÁPIDOS NOS TESTES DO DTM

 

O piloto brasileiro Augusto Farfus Junior foi dos pilotos mais rápido nos testes que decorreram na pista do Hungaroring.farfus1farfus2farfus3farfus4farfus5-2melhortempohoije

 

ANTÓNIO NOGUEIRA E A AMNSPORT EM DUAS FRENTES

 

CIRCUITO BRAGA 1

 

 

ANTÓNIO NOGUEIRA E A AMNSPORT EM DUAS FRENTES EM BRAGA


NOG1NOG2NOG3NOG4NOG5

A AMNSport vai marcar presença o próximo fim de semana no Circuito Braga 1, onde irá alinhar com dois carros para António Nogueira. Assim Nogueira irá participar na prova do Campeonato Nacional de Velocidade ao volante do Porsche GT 2, enquanto nos Clássicos surgirá ao volante do Ford Escort.

Sobre a prova do próximo fim de semana, António Nogueira explicou-nos os objectivos “ há cinco meses que não visto o fato de competição, nem coloco nenhum dos meus carros em pista. Para o próximo fim de semana , irei rodar na 6ª feira no circuito Vasco Sameiro em Braga, com o Porsche GT 3 R, que sofreu uma revisão ao motor, e tenho de fazer a rodagem. Para alem disso, terei de fazer o mesmo com o Porsche GT 2, com que irei participar(alvo duma grande revisão geral), para além de rodar com o Ford Escort, que há muito tempo que não participa em corridas. Por isso para mim irá ser uma sexta feira cheia de trabalho, e espero que tudo corra pelo melhor. Não tive a oportunidade de ver a lista de inscritos do Campeonato Nacional de Velocidade, e o meu objectivo é ganhar esta corrida em termos de GT, e fazer o melhor possível à geral, embora tenha a plena consciência, que não conseguirei fazer melhor do que um 4º lugar, pois os protótipos são muito mais rápidos. E não há grande chance em  conseguir batê-los”

 

Em relação aos clássicos, António Nogueira acrescentou “ também não sei quem irá alinhar, mas o objectivo é terminar as duas corridas, o melhor classificado possível”.

 

RAFAEL PINTO ESTREIA GOLF

RAFAEL PINTO ESTREIA NOVO GOLF

 

 

Será já no próximo fim de semana que o ex piloto da F 3 Auto  vai estrear um Volkswagen Golf na categoria dos Super Stock.O carro está a ser preparado pela RP Motorsport.

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

Grupo de imagens do rali de Portugal, da autoria da equipa liderada por Paulo Aragão da Despfoto.

 

 

Fotos da Despfoto - www.velocidadeonline.comdesp1desp2desp3desp4desp6desp7desp8desp9desp10desp11desp12desp14desp15desp16desp17desp18desp19desp20desp21desp22desp23desp24desp25dfesp5

 

ANDRÉ COUTO EM DIVERSAS FRENTES

ANDRÉ COUTO EM DIVERSAS FRENTES

 

O piloto portuense radicado em Macau já há uma série de anos, pelos vistos vai ter uma época completa, pois irá alinhar em tres frentes distintas.

 

Assim irá estar ao volante dum Audi R 8 no Blancpain Endurance e Blancpain Asia, e no Super GT ao volante dum Porsche.ANDRECOUTO-AUDIR8LMCUPASIA-BLANCPAINENDURANCEEUROPEGT5-SUPERGT-PORSCHE

 

O ESTOURO

O ESTOURO

 

Emplogante foram ontem as imagens que protagonizaram o contacto entre o Lotus de Maldonado e o Sauber de Gutieerez, que acabou em péssimo estado, felizmente sem consequencias para o condutor.

 

Motivado por este incidente de corrida, o safety car esteve em pista uma série de voltas, e Maldonado foi castigadoi com cinco posições no próximo Grande Prémio da China, para além de ter sido considerado culpado, e foi-lhe imposto três pontos de penalização na sua super licença.Esta é uma nova penalização, e caso um piloto atinga doze pontos o piloto é impedido de alinhar no Grande Prémio seguinte.estourof1estourof2estourof3estourof4estourof5estourof6estourof7estourof8estourof9estourof10estourof11estourof12estourof14estourof15estourof16estourof17estourof18estourof19estourof20estourof21estourof22estourof24estourof25estourof26estourof27estourof28estourof29estourof30estourof31estouroif23

 

GIL ANTUNES NA LIDERANÇA

 

Gil Antunes vence e assume liderança do Campeonato

 

Gil Antunes_Rali_Portugal
Apesar de ainda haver muito rali pela frente, o finalizar da 1ª etapa do Rally de Portugal, marcou o desfecho das contas para o Campeonato Nacional de Ralis que se resumiu assim a sete especiais de classificação.
Para a dupla da Inside Motor, Gil Antunes e Diogo Correia o balanço final da prova em piso de terra foi em pleno, com a equipa do Peugeot a assegurar a segunda vitória do ano nos RC4.
Na quinta-feira entraram para a super especial citadina com palco em Lisboa de forma regular, entrando com um terceiro melhor tempo entre os carros de apenas duas rodas motrizes e segundo entre os RC4.
Na primeira especial do dia de hoje entraram fortes, mas um furo, onde foram obrigados a parar e substituir o pneu, levou-os a perder alguns minutos e descer alguns lugares na classificação.
A partir do momento que o seu principal adversário desistiu limitaram-se a rodar para levar o carro até ao final da etapa, tentando recuperar algum do tempo perdido para ascender à liderança entre os carros do grupo RC4.
Em cada especial a dupla de Sintra foi superando todas as adversidades da dura prova ascendendo no final da etapa à vitória nos RC4, sendo os segundos entre os carros de apenas duas rodas motrizes.
Um balanço final muito positivo, já que permitiu assim à equipa regressar à liderança do Campeonato, numa altura onde estão já três provas realizadas.
“Foi um balanço final muito positivo. Não começamos da melhor forma o rali com o tempo perdido com um furo, mas a partir dali tudo foi correndo da melhor forma, o carro esteve muito bom, somamos a segunda vitória da época, regressamos à liderança do campeonato, pelo que foi sem dúvida uma jornada muito positiva. Um agradecimento a todos os nossos sponsors, à nossa Equipa Inside Motor, ao nosso colega “Migas” pela ajuda nesta prova, e a todos aqueles que nos apoiaram durante todo o rali”, salientou Gil Antunes.
A dupla prossegue amanhã, com a segunda Etapa do Vodafone Rally de Portugal.

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

Estratégias mistas E SEGURANÇA DOS PNEUS CAR
CENTRAL PARA LIDERAR BATALHAS


DESEMPENHO GAP ENTRE MÉDIO E PNEUS DROPS SOFT
TRACK AS temperaturas caem durante a corrida NOITE
DE TERÇA-FEIRA, Caterham MERCEDES E WILLIAMS
Irá testar para a Pirelli Pneus em BAHRAIN

f100f101f110f150f151f152f153f222f223f224f225f230f231f232f235f236f237f238f239f240f241f242f243f244f245f246f247f248f249f250f251f252
Tiro era a estratégia central para um dos grandes preços mais renhida da história recente , com um jogo emocionante final por um safety car , quando havia apenas 10 deixaram de ir período.
Após o reinício , o piloto da Mercedes Lewis Hamilton levou no pneu médio de Seu companheiro de equipe, Nico Rosberg , você já usou uma estratégia de duas paradas diferentes para terminar a corrida com o pneu macio mais rápido. Apesar de ter um pneu que foi mais lento Teoricamente, Hamilton foi ble adiar Rosberg - que estabeleceu a volta mais rápida - para tirar back- to-back vitórias. Batalhas semelhantes ocorreram durante todo o top 10 , com motoristas batalhando compostos mais rápidos contra Aqueles nos pneus dianteiros em mais lento, dependendo da estratégia que haviam selecionado.
No entanto, uma diferença de mais de um segundo entre o meio P Zero Branco e P Zero pneu amarelo suave no calor do dia foi reduzida consideravelmente mais frio nas circunstâncias da noite, quando as temperaturas da pista caiu três graus caindo no 57 voltas corrida.
Os seis melhores tudo adotou uma estratégia de duas paradas (algumas Ajudado pelo carro de segurança ) com o Red Bulls de Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo usando táticas diferentes para terminar em quarto e sexto do 13 º e 10 º no grid , respectivamente. Vettel foi um dos apenas dois pilotos para começar a corrida com o pneu médio.
Desde terça-feira, as equipes vão embarcar no primeiro teste na temporada do ano. De acordo com os Regulamentos 2.014 conteúdo , cada equipe deve dedicar um de seus dias de teste na temporada a Pirelli para testes de pneus. Na terça-feira , Caterham vai testar para Pirelli , Seguido por Mercedes e Williams na quarta-feira .
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse: "Nós vimos algumas corridas fantásticas roda -a- roda no Bahrein, em que a estratégia de pneus e espaço de gestão desempenhado um papel definido. Com as temperaturas da pista caindo, Algumas equipes alterou sua estratégia de três para dois batentes. Quando você tem um carro - segurança perto do fim e motoristas foram grande variedade de pneus diferentes, garante sempre deve terminar ano emocionante. Agora vamos começar a preparar para o primeiro teste na temporada do ano. Ter a oportunidade de testar para o futuro com a atual geração de carros é algo que saudamos Certamente, por isso estamos ansiosos para ver o que nós podemos sair dela . "
Estratégia de pit stop para oito primeiros :
Hamilton é soft start , mude para suave na volta 19 para mudar na volta 41 médio
Rosberg : comece em macio, médio para trocar na volta 21 para mudar suave na volta 41
Perez é soft start , mude para suave na volta 16 para mudar médio na volta 34
Ricciardo : comece em macio, médio para trocar na volta 18 para mudar suave na volta 35
Hulkenberg : um arranque suave , altere a suave na volta 15 para mudar médio na volta 35
Vettel : comece no meio , alterar a suave na volta 16 para mudar suave na volta 34
Massa : comece em , macio em lap13 à mudança, mudança suave para suave na volta 28 para mudar médio na volta 38
Bottas : iniciar um aplicativo, alterar a suave na 10 ª volta para mudar suave na volta 25 para mudar médio na volta 40
Vezes mais rápido do dia pelo composto :
 Suave Médio Intermediário Wet
Primeiro Rosberg - 1m37.020s Hamilton - 1m37.108s N / A N / A
Segundo Ricciardo - 1m39.269s Hulkenberg - 1m38.785s N / A N / A
Terceiro Vettel - 1m39.312s Massa - 1m39.272s N / A N / A
Longest stint da corrida:
Período Suave 24 S Vettel
Estrutura média 24 S Perez
Intermediário N / D N / D
Wet N / A N / A
Verdade -O- Meter:
Nossa previsão para o mais rápido corrida 57 voltas era na verdade uma estratégia de três paradas , nosso objetivo aussi Disse um dois- parada foi possível: começar em meio suave e macio para mudar de novo no colo 22 , depois para na volta 44. Estávamos perto . Hamilton começou no macio, fez sua primeira parada para softs novamente na volta 19 e seu stint final sobre o médio do colo 41.

 

Google Tradutor

 

CORREIA A 0,2 SEGUNDOS DO PÓDIO

 

Campeonato Mundo de Enduro / GP AMV de Catalunya

4 a 6 de Abril

 

Luís Correia … e o pódio ficou a 0,2s

Piloto oficial da Beta repetiu o 4º lugar

Campeonato da Classe E3 promete luta de “morte”

 

Luís Correia, piloto oficial do construtor italiano Beta, deu tudo por tudo em Barcelona, numa luta titânica contra o relógio mas, depois de na véspera ter visto o pódio ficar a escassos 8s, no segundo dia de prova a diferença foi ainda mais pequena e cingiu-se à insignificante margem de 0,2s. O piloto ribatejano confirmou que é um dos candidatos aos primeiros lugares, mas já se percebeu que a luta na Classe E3 do Campeonato do Mundial de Enduro, que teve no GP AMV de Catalunya a sua etapa inaugural, promete ser animadíssimo.

 

Para se perceber melhor o que aconteceu em Barcelona, basta dizer que à partida para a derradeira Teste Enduro havia menos de 2s de diferença entre o 3º e o 6º classificado e que o 2º classificado deste segundo dia de prova (Matti Seistola) tinha sido apenas sexto na véspera, assim como o terceiro no primeiro dia (Mathias Bellino) foi agora sexto classificado. A regularidade de Luís Correia, que por muito pouco não foi melhor premiada, deixa todavia o piloto no 4º lugar do mundial, mas a apenas 1 ponto do terceiro lugar.

 

“O percurso já de si muito duro, ainda estava mais difícil hoje e apresentava-se muito seco. As especiais estavam também elas muito duras e com este nível de competitividade que a Classe E3 revelou fui obrigado a dar o máximo de mim e a tentar superar-me porque as diferenças foram sempre mínimas. Vou trabalhar para conseguir fazer ainda melhor, mas esta promete ser uma temporada muito exigente. Voltei a não fazer uma primeira volta ao nível das duas seguintes, mas terminei completamente esgotado. Em Portugal vou tentar dar umas alegrias ao muito público que certamente lá irá estar para nos apoiar e subir ao pódio que aqui esteve mesmo muito próximo”, salientou o piloto no final deste primeiro dia de prova.

 LusCorreia2014LusCorreiaBeta2014

 

RALI DE PORTUGAL

Rali de Portugal - Incerteza e emoção a abrir e no fim ganhou Ogier

O campeão do Mundo e líder do Mundial de pilotos partia para a 48.ª edição do Rali de Portugal como claro favorito: tem o melhor carro, o Volkswagen Polo-R (que ganhou 14 dos 17 ralis em que entrou), e a vantagem da experiência, graças às anteriores vitórias em Portugal (2010, 2011 e 2013).

Não foi surpresa, por isso, um arranque na frente, na superespecial de Lisboa, na quinta-feira. Ogier trouxe para o Algarve uma vantagem "magra" de 1,3 segundos para o seu colega de equipa, o finlandês Jari-Matti Latvala, mas foi nos primeiros troços de sexta-feira que a emoção apareceu pela primeira vez.

Agência Lusa

 

HAMILTON VENCE DE NOVO

Hamilton vence GP do Bahrein, Rosberg mantém liderança do Mundial de fórmula 1

Hamilton conquistou a segunda vitória consecutiva, concluindo as 57 voltas com menos um segundo do que Rosberg e 22,9 do que o mexicano Sergio Perez (Force India), enquanto o tetracampeão mundial, o alemão Sebastien Vettel (Red Bull), foi sexto, a 29 segundos.

No Mundial, Rosberg mantém-se na liderança, com 61 pontos, mais 11 do que Hamilton, com o alemão Nico Hulkenberg (Force India), a subir a terceiro, com 28. Vettel é quinto, com 23, menos três do que o espanhol Fernando Alonso (Ferrari).

Agência Lusa

 

FÓRMULA 3 NO BRASIL

 

F3 Brasil: Pedro Piquet completa final de semana perfeito e vence mais uma em Tarumã

Raphael Raucci foi o segundo e Vitor Baptista, vencedor da divisão Light, completou a lista dos três melhores

Pedro Piquet conquistou na manhã deste domingo a vitória na corrida de encerramento da primeira etapa da Fórmula 3 Brasil, disputada no autódromo de Tarumã, em Viamão (RS). O piloto da equipe Cesário Fórmula largou da sexta colocação e assumiu a liderança ainda na quinta volta. Raphael Raucci, vice-campeão sul-americano de 2013, chegou na segunda colocação, seguido por Vitor Baptista, terceiro colocado geral e vencedor da categoria Light.

Largando da sexta colocação, Piquet rapidamente escalou o pelotão, assumindo a segunda colocação na segunda volta de corrida, atrás apenas que Leonardo de Souza. Um acidente com Matheus Iorio na terceira passagem forçou a direção de prova a acionar o Safety Car.

A relargada aconteceu na quinta volta e Piquet superou Souza logo na primeira curva, abrindo vantagem em relação aos concorrentes. Souza seria superado ainda por Raucci na oitava passagem, por Baptista e Bruno Etman, no 15o giro.

A prova seguiu sem grandes alterações e Piquet venceu a corrida após 31 voltas, chegando com mais de oito segundos de vantagem em relação a Raucci. Baptista completou a lista dos três melhores.

"Consegui largar bem, pulei para quarto. Na primeira corrida me atrapalhei um pouco com a embreagem, mas na segunda larguei bem. O carro estava muito bom. Esperei o pneu esquentar e daí para frente consegui andar em um ritmo muito bom. Assumi a liderança, consegui abrir uma vantagem boa e administrar até o final", comentou Piquet.

A próxima etapa da temporada 2014 da Fórmula 3 Brasil acontece já na próxima semana, em Santa Cruz do Sul (RS). Veja o resultado final da corrida deste domingo:

1. Pedro Piquet - 31 voltas em 31min05s695
2. Raphael Raucci - a 8.720
3. Vitor Baptista* - a 14.551
4. Bruno Etman - a 16.238
5. Leonardo de Souza - a 1 volta
6. Mauro Auricchio*- a 1 volta
7. Alexandre Doretto*- a 2 voltas
8. Artur Fortunato - a 2 voltas
9. Gabriel Kenji Sena* - a 2 voltas
10. Francisco Alfaya* - a 2 voltas
Não completaram 75% da corrida
11. Matheus Leist* - a 22 voltas
12. Matheus Iorio* - a 29 voltas
13. Victor Miranda* - a 30 voltas

*Classe Light
**Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Veja como está o campeonato de pilotos:
F3 A
1. Pedro Piquet - 30 pontos
2. Bruno Etman - 21
3. Raphael Raucci - 19
4. Artur Fortunato - 14
5. Leonardo de Souza - 12
6. Arthur Oliveira - 0
7. Lukas Moraes - 0

F3 Light
1. Vitor Baptista - 30 pontos
2. Alexandre Doretto - 18
3. Matheus Leist - 12
4. Mauro Auricchio - 12
5. Gabriel Kenji Sena - 7
6. Francisco Alfaya - 5
7. Matheus Iorio - 0
8. Victor Miranda - 0
 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2014 Bahrain Grand Prix - A partir de pneus line-up
Aos motoristas Bahrain Grand Prix 2014 começaram os pneus sobre o seguinte:
  Rosberg macio
  Hamilton macio
  Bottas macio
  Perez macio
  Raikkonen macio
  Botão macio
  Massa macia
  Magnussen macio
  Alonso macio
  Vettel Médio
  Hulkenberg macio
  Kvyat macio
  Ricciardo macio
  Vergne macio
  Gutierrez macio
  Grosjean macio
  Maldonado macio
  Kobayashi macio
  Bianchi macio
  Ericsson macio
  Chilton macio
  Sutil Médiof200f201f202f203f204f205f206f207f208f210f211f212f222f223f224f225f230f231f231f232f235f236f237f238f239f241f242f243f244f246f247f248f249f250f251f252f253f254f255f256f257f260f261

 

ROADGALAXY EM GRANDE PLANO

 

Campeões dividem-se entre a terra e o asfalto, à espera da internacionalização

2013 foi um ano marcante para a Roadgalaxy, tendo João Rebelo Martins e Tó Zé Ferreira conquistado o Desafio Único FEUP 3,a bordo do bonito Alfa Romeo 156 da Vettra Motorsport.

Os objectivos traçados para 2014 foram a ingressão nos sport-protótipos e a internacionalização. Contudo, devido ao actual estado da economia portuguesa, não seria possível à dupla campeã realizar todo o campeonato nacional de sport-protótipos.

Tendo em vista a maximização do retorno dos patrocinadores e a continuação de um projecto no desporto automóvel a nível nacional, João Rebelo Martins e Tó Zé Ferreira vão disputar o Desafio Único a bordo de um Fiat Punto da Vettra Motorsport, ao passo que João Rebelo Martins cumpre, também, o desejo antigo de realizar provas em terra, ingressando em pelo menos 4 provas do nacional de Ralicross com a Sirgado & Sirgados.

Para o piloto de Oliveira de Azeméis a época vai ser preenchida - realizando pelo menos 10 corridas – e trará novos desafios: carros distintos, equipas diferentes e novas pistas. Por isso, entusiasmado, o piloto afirmou “ vou ter uma época onde tudo é novo e, por isso, só posso estar ansioso pela primeira corrida. A primeira prova que me recordo de ver, teria eu 3 anos de idade, foi em Lousada e desde então quero andar na terra. A Sirgado & Sirgados colocou à minha disposição o Peugeot 306 com que o Rui Sirgado foi campeão em 2013 e espero retribuir toda confiança que depositaram em mim. Por outro lado vamos continuar ligados à Vettra, no Desafio Único, equipa que desde a primeira hora nos recebeu de braços abertos”.

Tó Zé Ferreira foi vice-campeão com um Fiat Punto em 2011 e é peremptório ao afirmar “ é um carro fabuloso, muito ágil e que proporciona momentos de condução fantásticos. A época não vai ser como tínhamos idealizado mas vamos lutar, como sempre, pelos lugares cimeiros em todas as corridas”.

João Rebelo Martins nunca escondeu o seu desejo –e sonho! – de realizar corridas internacionais, ficando mais próximo disso mesmo após os testes em Paul Ricard e, mais recentemente, em Nurburgring. Apesar do ano preenchido que os pilotos vão enfrentar, ainda está de pé a possível participação em provas de cariz internacional.

ARoadgalaxy, para já, tem como patrocinadores a Vida Económica, eni, Norfer, Alfaiate D`Interiores, Arax Gazzo, Powercoaching, fluidotronica, Kartódromo de Oiã e a Cerveja Vadia; sendo parceiros a Globaz, Oakley, Quinta do Estanho, Molfil, Páginas Coloridas, Ginásio Rainha, Konica Minolta e Moçambique Motorsport.KR5 5718_PressNunOrganistA-1005

 

GONÇALVES NO PÓDIO EM ABU DHABI

 

Paulo Gonçalves já está no pódio no
“Mundial” de TT em Abu Dhabi

 

Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_04_de_Abril_de_2014Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_05_de_Abril_de_2014_1Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_05_de_Abril_de_2014_2Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_06_de_Abril_de_2014_1Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_06_de_Abril_de_2014_2
Piloto português, Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno em
2013, procura entrar no novo ano a vencer
Decorrida a primeira de cinco etapas do Abu Dhabi Desert Challenge 2014, primeira
jornada da nova temporada do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, Paulo
Gonçalves, campeão em título, assume para já o terceiro posto da classificação geral.
O piloto português alcançou o terceiro melhor tempo no segundo dia de competição,
totalizando a especial cronometrada de 290 quilómetros cronometrados com mais 2m44s
que as 3h29m47s atingidas pelo vencedor Sam Sunderland.
“Foi um bom dia para mim e para a equipa. Foi uma etapa de velocidades muito
altas. Tentei acima de tudo andar de forma segura e garantir uma boa posição à
geral. Temos ainda mais quatro etapas pela frente e esta prova é muito exigente e
perigosa, tenho de estar muito concentrado e com um andamento cuidado para
assegurar que sairemos daqui com um bom lugar final”, disse “Speedy” Gonçalves.
Após o prólogo e a primeira etapa, Paulo Gonçalves, piloto oficial do Team HRC, está na
terceira posição da classificação geral com um atraso de 2m45s de atraso para o líder.
A segunda etapa do Abu Dhabi Desert Challenge ligará Madinat Zayed a Moreebum num
total de 487,66 quilómetros, dos quais 269,67 serão os cronometrados.

 

FORMULA 3 NO BRASIL

 

Pedro Piquet vence primeira corrida da etapa de Tarumã da Fórmula 3 Brasil

Piloto da Cesário Fórmula caiu para a última posição na largada, mas se recuperou e conseguiu a vitória

Pedro Piquet venceu na tarde deste sábado a primeira corrida da etapa de abertura da Fórmula 3 Brasil, disputada no autódromo de Tarumã, na cidade de Viamão (RS). O piloto da equipe Cesário chegou a cair para a última colocação, mas conseguiu se recuperar graças a diversas ultrapassagens e também por conta de uma bandeira amarela. A segunda colocação ficou com Bruno Etman, argentino da equipe Hitech Racing, distante cinco segundos de Piquet. O pódio foi completo por Arthur Fortunato, da RR Racing.

Pela categoria Light, Vitor Baptista foi o vencedor, chegando na quarta colocação geral. O piloto da equipe Cesário foi seguido por Matheus Leist e Alexandre Doreto, sétimo e oitavo colocados gerais da prova.

Em sua estreia na categoria, Piquet deixou o carro morrer na largada, caindo para a última colocação. Etman assumiu a liderança, superando Lukas Moraes, com Raphael Raucci em terceiro, seguido por Leonardo de Souza e Gabriel Kenji Sena, líder da categoria Light.

"Nunca larguei num F3. Essa foi minha primeira vez. Então sempre existe essa angustia de acertar, mas acabei soltando a embreagem um pouco cedo, o carro patinou e apagou", comentou Piquet.

O filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Nelson Piquet passou a escalar o pelotão, aparecendo na sétima posição após seis voltas. Neste momento, o Safety Car teve de ir a pista por conta de um acidente com Sena, que abandonou a prova.

A relargada foi autorizada na nona passagem, com Moraes recuperando a liderança da prova, ao ultrapassar Etman. Piquet superou mais três concorrentes e pulou para o quarto lugar, logo atrás de Raucci. Vitor Baptista assumiu a quinta posição geral e a liderança da divisão Light.

Piquet ganhou a segunda colocação na 17a volta e passou a descontar a diferença para Moraes, o ultrapassando na vigésima passagem, quando o piloto da Prop Car teve problemas com seu carro, abandonando a corrida. A direção de prova mais uma vez acionou o Safety Car.

A prova foi retomada mais uma vez na 23a volta, com Piquet mantendo a liderança e abrindo vantagem para Etman e Baptista, líder da categoria Light e terceiro colocado geral. Duas voltas mais tarde, Arthur Fortunato assumiu a terceira colocação.

Piquet conquistou a vitória da divisão principal, enquanto Baptista garantiu a vitória da classe Light. "A entrada do safety car me ajudou muito. Acho que eu não conseguiria tirar toda a diferença sem a bandeira amarela", disse Piquet.

Baptista analisou sua corrida. "Larguei em terceiro, mas fiquei olhando o piloto a minha frente para acelerar e, como ele demorou para sair, acabei caindo pra sexto. Vim recuperando posições e cheguei ao terceiro lugar, bem próximo do segundo, que era um carro da categoria principal. Faltando poucas voltas, fui brigar pelo segundo lugar, escapei e cai pra quarto. Como eu estava em primeiro na Light e o piloto que estava em quinto era da principal, só administrei para conquistar a vitória", comentou o piloto.

Neste domingo, a partir das 10h20, acontece a corrida de encerramento da etapa de Tarumã, com transmissão do portal Terra. A pole position será de Leonardo de Souza, sexto colocado na corrida de hoje.

Veja o resultado final da primeira corrida da etapa de Tarumã:

1.Pedro Piquet - Cesário F3, 31min54s424
2.Bruno Etman - Hitech Racing, +5s555
3.Arthur Fortunato - RR Racing, +6s137
4.Vitor Baptista (Light) - Cesário F3, +6s987
5.Raphael Raucci - RR Racing, +7s555
6.Leonardo de Souza - Kemba Racing, +14s279
7.Matheus Leist (Light) - Hitech Racing, +22s978
8.Alexandre Doretto (Light) - PropCar, +29s781

Abandonos:
Lukas Moraes - PropCar - 18 voltas
Matheus Iorio (Light) - Hitech Racing - 14 voltas
Francisco Alfaya (Light) - Capital Motorsport - 6 voltas
Gabriel Kenji Sena (Light) - EMB Racing - 4 voltas
Vitor Miranda (Light) - RR Racing - 3 voltas
Arthur Oliveira - Hitech Racing - não largou
Maurício Aurichio (Light) - RR Racing - não largou
 

MEGRE GANHOU TUDO

 

Super 7 by KIA 2014

5 de Abril / Autódromo do Estoril

 

Ricardo (Show) Megre brilha no Estoril

Piloto da Megre Motorsport/Pneuvita vence três de quatro mangas

Ganhou quando partiu da última fila de grelha e até mesmo das boxes

 

Ricardo Megre deu espectáculo esta tarde no Autódromo do Estoril, onde se disputou a primeira jornada de mais uma edição do Super 7 by KIA. O piloto, que é simultaneamente o responsável da equipa Megre Motorsport/Pneuvita, venceu três das quatro mangas disputadas, mas a forma como conquistou dois desses triunfos é que tornou épica a sua presença esta tarde na mais antiga pista permanente de Portugal.

 

Nos treinos cronometrados foi apenas o segundo mais rápido “porque optei por não levar pneus novos para a pista, que estava com o piso um pouco húmido e preferi levar pneus usados. Foi suficiente para partir da primeira fila da grelha e corri menos riscos”, refere o piloto que teve um início de jornada bastante complicado conforme explica:

 

“A determinada altura da primeira manga a bateria soltou-se e caiu sobre o motor, o que me obrigou a parar na boxe, perder muito tempo e terminar em último. Não baixei os braços e na manga seguinte parti da última fila da grelha, determinado a lutar pela vitória, o que acabei por conseguir depois de vários duelos com os meus principais adversários, onde destaco o Nuno Baptista, porque é um piloto de que me recordo dos tempos em que era um dos adversários do meu irmão nos karts, quando eu ainda era miúdo”.

 

A terceira manga voltou a dar “Show Megre” já que, forçado a ir à box antes da corrida, Ricardo Megre teve de partir de lá, uma situação ainda mais penalizante do que sair da última fila. Mesmo assim, o piloto apoiado pela Pneuvita voltou a confirmar a sua superioridade e mestria sendo de novo o primeiro a ver a bandeira de xadrez. Mais pacífica foi a quarta e última manga, onde o piloto partiu e terminou na frente.

 

“Estou naturalmente muito satisfeito com estes resultados e com a minha prestação. Gosto imenso de competir e hoje deu-me um particular gozo. Estou apostado em retomar a minha carreira, lutar pelo quinto título nesta disciplina e tenho ainda outros projectos em mente. Hoje foi um bom primeiro passo” salientou o piloto no final da corrida.

 

 Ricardo MegreRicardo Megre_01Ricardo Megre_no_EstorilRicardo Megre_no_Estoril_01Ricardo Megre_no_pdio
 

LUIS CORREIA PERTO DO PÓDIO

 

Campeonato Mundo de Enduro / GP AMV de Catalunya

4 a 6 de Abril

 

Luís Correia a 8s do pódio

Piloto oficial da Beta foi o 3º mais rápido, mas a Super Test tirou-lhe o pódio

 

Luís Correia, piloto oficial do construtor italiano Beta, alcançou hoje o 4º lugar no primeiro dia do GP AMV de Catalunya, a etapa inaugural do Campeonato do Mundial de Enduro. O piloto ribatejano, 4º da classe E3 no mundial de 2013, terminou muito próximo do pódio, tendo inclusivamente sido o 3º mais rápido após as três rondas de hoje. Todavia, a bonificação de 9s atribuída a Mathias Bellino, por ter sido o mais rápido na Super Test, retirou ao português a possibilidade de iniciar 2014 com uma subida ao pódio.

 

Este primeiro dia de mundial de enduro correu-me muito bem e estou bastante satisfeito com o meu desempenho. Atrasei-me um pouco na primeira Cross Test que estava muito escorregadia, mas depois fui melhorando e subindo na classificação. O percurso era muito exigente obrigava-nos a rolar a um ritmo de baja, mas gostei bastante das especiais. Ontem a Super Test não me correu de feição e isso acabou por me impedir hoje de subir ao pódio. Amanhã vou tentar fazer ainda melhor”, salientou o piloto no final deste primeiro dia de prova.

 

Amanhã os pilotos irão ter pela frente uma nova jornada em tudo idêntica à de hoje e também uma nova pontuação para o Mundial de Enduro, cuja próxima jornada se disputa em Portugal dentro de uma semana.LusCorreia GPEspanha_Dia1_01LusCorreia GPEspanha_Dia1_02LusCorreia GPEspanha_Dia1_03

 

HELDER EM 6º

 

Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno

Abu Dhabi Desert Challenge

4 e 10 de Abril

Hélder Rodrigues foi 6º no prólogo

 

Hélder Rodrigues iniciou hoje a sua participação no Abu Dhabi Desert Challenge. O piloto, Campeão do Mundo em 2011, foi o 6º mais rápido na curta super especial que teve lugar muito próximo do centro da cidade dos Emiratos Árabes Unidos, que é o centro nevrálgico desta jornada inaugural do Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno

Aos comandos de uma Honda CRF450 Rally, Hélder Rodrigues gastou 2m08,24s a percorrer o traçado da super especial, mais 4,14s que o seu companheiro de equipa Joan Barreda o mais rápido do dia.

“Era uma especial muito rápida de curta distância que exigia fazer as curvas a alta velocidade. Fui bastante rápido mas cometi um pequeno erro e com isso registei o sexto tempo, mas as diferenças entre os pilotos da frente foram muito pequenas. Amanhã terá lugar a 1ª etapa e sinto-me bem preparado para atacar esta primeira prova do campeonato do mundo”, salientou Hélder Rodrigues, o piloto da Honda apoiado pela Red Bull e MEO.

 

Depois deste prólogo, que hoje teve lugar, a primeira etapa do Abu Dhabi Desert Challenge, que amanhã se disputa, denominada Yas Marina Circuit, compreende um sector selectivo com 290 quilómetros cronometrados. HR AbuDhabiDesertChallenge_day0_01HR AbuDhabiDesertChallenge_day0_02HR AbuDhabiDesertChallenge_day0_03

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

QUALIFICAÇÃO PRIMEIRA SESSÃO DE 2014 REALIZADO EM TEMPO SECO


Do início ao fim
 Conjunto extra de Pneus para Q3 Garante funcionamento constante
Em todas as sessões
 Unidades de recarga para poder significa DE PNEUS NOVOS TEM QUE ENTREGAR
Pouco mais de um VÔO LAP
Sakhir, 05 de abril de 2014 - Realizado pela primeira vez na noite, o Bahrain Grand Prix aussi sediou a primeira sessão de qualificação seca Chame completamente 2014 do início ao fim , permitindo que as equipes a fazer pleno uso da sua quota de médio P Zero Branco e P Zero amarelo pneus macios .
Com a prática livre revelando uma diferença de mais de um segundo entre os compostos médios e macios , a prioridade para os homens da frente era chegar ao Q3 , mantendo o maior número de jogos do composto mais macio para a corrida fresco possível. No passado , isso levou a equipes Teria limitando o seu funcionamento no Q3. No entanto, uma nova regra fez campanha pela Pirelli este ano permitiu que a equipe um conjunto extra de composto mais macio para correr apenas Q3 , ou seja, todos os top 10 que estavam fora na pista. As equipes não passar por isso para Q3 não sejam prejudicadas como eles estão autorizados a utilizar o conjunto extra caindo sobre a corrida.
O desafio da qualificação, particularmente no seco quando a potência máxima pode ser usado , tem - beens aumentou este ano, devido às novas unidades de potência . Não é mais possível dirigir a dois períodos consecutivos de vôo em plena potência , devido às unidades de recuperação de energia que precisam reabastecer-se . Isto tem um efeito sobre o pneu , que precisa entregar icts melhor desempenho em apenas uma volta voadora este ano.
Apesar dos radicais novos 2.014 carros, a pole position de Nico Rosberg de 1m33.185s estava dentro de apenas um segundo do ano passado pole - Todos que foi criado aussi pelo piloto alemão da Mercedes.
Diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery disse : " temperatura da pista caiu constantemente Durante toda a sessão , que é o que nós esperaríamos para a corrida de amanhã, o que significa que foram os tempos mais rápidas situado no final. No entanto, estávamos ble ver todos os 10 carros na pista Durante Q3, Tudo o que demonstra que as novas regras de pneus estão funcionando e os fãs estão começando a ver o trabalho do início ao fim . Temos visto muita trilha aussi evolução ao longo dos últimos casais de dias , todos os que tem aumentado os níveis de aderência . Nós esperamos que o aplicativo a ser o principal pneu de corrida , com entre dois e três pit stops , as equipes visam Será necessário adaptar a ordem em que eles usam os pneus com as características de seus carros e as condições prevalecentes . "
A estratégia preditor Pirelli :
Três paradas é , teoricamente, a estratégia mais rápida , as equipes de meta com menores níveis de degradação pode tentar duas paradas . A estratégia de três paradas ideal para a corrida de 57 voltas é : começar em passagem suave e macio para mudar novamente na volta 17 , um médio volta 33 , e um final suave do colo 41.
A estratégia de duas paradas poderia ser: começar em suave e macio para mudar de novo no colo 22 , Então para o disco na volta 44.
Compostos mais rápidos FP3 :
Hamilton 1m35.324s suave Nova
Rosberg 1m35.439s suave Nova
Perez 1m35.868s suave Novaf50f51f52f53f54f55f56f57f58f59f60f100f101f102f104f105f106f107f108f109f110f111f112f113f115f120f121f122f123f124f125f126
Top 10 utilização de pneus :
Rosberg 1m33.185s suave Nova
Hamilton 1m33.464s suave Nova
Ricciardo 1m34.051s suave Nova
Bottas 1m34.247s suave Nova
Perez 1m34.346s suave Nova
Raikkonen 1m34.368s suave Nova
Novas 1m34.387s botão virtual
Massa 1m34.511s suave Nova
Magnussen 1m34.712s suave Nova
Alonso 1m34.992s suave Nova

 

Google Tradutor

 

RAFAEL LOBATO NOS SPORT PROTOTIPOS

RAFAEL LOBATO NOS SPORT PROTOTIPOS

 

- Aqui está ele! O Radical SR3 RS com que vou participar no Campeonato Nacional de Velocidade 2014, na categoria Sport-protótipos. Apareçam amanhã no AIA para acompanharem as minhas primeiras voltas ao seu volante. 

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

Grbedpe36bepe1bepe2bepe4bepe5bepe6bepe7bepe8bepe9bepe10bepe11bepe12bepe14bepe15bepe16bepe17bepe18bepe19bepe18bepe19bepe20bepe21bepe22bepe23bepe24bepe25bepe26bepe27bepe28bepe29bepe30bepe31bepe32bepe33bepe34bepe35bepe37bepe38bepe39bepe40bepe41bepe42bepe43bepe44bepe45bepe46bepe47bepe48bepe49bepe50bgepe3upo de imagens captadas pelas objectivas da Be-Pe Motorsport alusivas ao Gentlemen´s Drivers que teve lugar ontem no circuito Vasco sameiro em Braga.

 

Fotos de Be-Pe Motorsport - www.velocidadeonline.com

 

GONÇALVES EM ABU DHABI

 

Paulo Gonçalves ficou a 2,8 segundos da
vitória na Super-Especial em Abu Dhabi

Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_05_de_Abril_de_2014_1
Piloto português, Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno em
2013, quer defender o dorsal número um no arranque em Abu Dhabi
Paulo Gonçalves, atual Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, começou hoje a
primeira jornada do Campeonato do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno de 2014 em Abu
Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.
O piloto português alcançou o quinto melhor tempo na Super-Especial que garante a
ordem para a partida da primeira etapa, domingo, no deserto de Lywa.
Em defesa do dorsal número um e aos comandos de uma Honda CRF 450 Rally, Paulo
Gonçalves quer revalidar o título num campeonato que só terminará em outubro.
“Este prólogo correu bem, era curto, tentei estar o mais rápido possível mas sem
cometer riscos. Era importante estar entre os cinco primeiros para escolher uma
boa posição de partida para amanhã. Amanhã começa a verdadeira prova e espero
estar ao mais alto nível para conseguir uma boa posição neste arranque do
campeonato”, afirmou Paulo “Speedy” Gonçalves.
A primeira etapa do Abu Dhabi Desert Challenge terá um total de 290 quilómetros
cronometrados, com as dunas a servirem os primeiros desafios à caravana.

 

FÓRMULA 3 NO BRASIL

 

Rio Grande do Sul recebe Fórmula 3 Brasil e busca manter tradição da categoria

Autódromo de Tarumã foi palco diversas corridas memoráveis da fase sul-americana do agora torneio nacional

A Fórmula 3 e o automobilismo gaúcho sempre tiveram uma ligação muito forte. Prova disso é a riquíssima trajetória dos pilotos do Rio Grande do Sul e na categoria, que realizou algumas de suas mais memoráveis corridas nos circuitos do estado. Esta história poderá ter mais um capítulo neste final de semana, quando o autódromo de Tarumã, em Viamão (RS), recebe a etapa de abertura da agora denominada Fórmula 3 Brasil, promovida pela Vicar e chancelada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

A primeira corrida da história da então Fórmula 3 Sul-Americana, disputada no autódromo da cidade de Cascavel (PR), disputada no dia 26 de abril de 1987, foi vencida pelo gaúcho Leonel Friedrich, que viria a desbancar a maioria de pilotos argentinos do grid e faturaria o primeiro campeonato da categoria. Em terras gaúchas, a primeira corrida da categoria aconteceu em oito de novembro de 1987, com vitória do argentino Nestor Gabriel Furlán.

A categoria teve outras corridas memoráveis em solo gaúcho. Em 19 de novembro de 1989, Leonel Friedrich venceu mais uma vez no circuito de Tarumã, em uma prova marcada pelo fortíssimo calor e pela variedade de carros que participaram da prova no circuito de 3.016 metros desta pista: Leonel correu com um chassi Reynard equipado com motor Volkswagen desenvolvido pela Spiess. O argentino Luis Belloso, segundo colocado da prova, corria com um equipamento preparado pela Renault argentina, enquanto Christian Fittipaldi (piloto com passagens pela Fórmula 1 e Indy, e que atualmente disputa a United SportsCar nos Estados Unidos), usava um conjunto Reynard/Alfa Romeo. Pedro Muffato correu com um Dallara/Toyota, enquanto Nestor Gabriel Furlán usava um Dallara/Alfa Romeo.

A Fórmula 3 contou nos anos 1990 com outras grandes corridas no estado do Rio Grande do Sul. Este foi o caso da etapa de Guaporé na temporada 1990, vencida por Christian Fittipaldi, com Friedrich em segundo, seguido por Oswaldo Negri Júnior (também participante regular da United SportsCar) e Rubens Barrichello, recém-campeão da Fórmula Opel Europeia e que se tornaria o piloto com mais participações em provas da Fórmula 1. Em 1992, Furlán e Cezar Pegoraro, conhecido como "Bocão", travaram grande disputa pela vitória debaixo de chuva em Tarumã, com vitória do argentino.

Em 1994, uma das temporadas com o melhor nível técnico da história da categoria, os autódromo da América do Sul (e por consequência, os gaúchos), viram nomes como Cristiano da Matta, Ruben Fontes, Ricardo Zonta e Hélio Castroneves - este último chegava a disputa como vice-campeão de 1993, após pilotos argentinos abandonarem a corrida decisiva, disputada em Buenos Aires para dar o título a Fernando Croceri - disputarem provas emocionantes.

Na última vez que a categoria passou pelo Rio Grande do Sul, mais uma vez por Tarumã, entre os dias 26 e 27 de outubro do ano passado, as vitórias das duas baterias realizadas ficaram com Felipe Guimarães, que venceria o campeonato na etapa seguinte.

As corridas da etapa de abertura da Fórmula 3 Brasil, acontecem no sábado e no domingo. Veja a programação:

Sábado (05/04):
08h30 às 09h10 - 1º Treino Livre
11h10 às 11h50 - 2º Treino Livre
14h20 às 14h40 - Classificação
16h55 - Corrida 1

Domingo (06/04)
10h25 - Corrida 2
 

ARC SEM SORTE

 

Vodafone Rally de Portugal 2014

 

 

UMA PROVA COM SABOR AMARGO

 

 

Ricardo Moura termina no 2º lugar

 

Adruzilo Lopes abandona no último troço

 

 

Decididamente o Vodafone Rally de Portugal não é uma prova totalmente favorável aos desejos da ARC Sport. Este ano, diversos problemas condicionaram o desempenho de Ricardo Moura e António Costa no Skoda Fabia S 2000. Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira abandonaram no último troço, com problemas na caixa de velocidades do Subaru Impreza R4.

 

Para o tricampeão nacional de ralis o 2º lugar alcançado sustenta as hipóteses de revalidação do título.

 

Os nossos adversários entraram muito bem neste rali. No primeiro parque de assistência fizemos algumas alterações que deram resultado, com a finalidade de recuperar o tempo inicialmente perdido. Esta foi a primeira vez que corremos com o Skoda nos pisos demasiado duros do Rally de Portugal. Tudo o que fizemos para preparar esta prova, foi feito em condições totalmente diferentes das que encontrámos, o que condicionou o set up inicial. Da parte da tarde, entrámos bem e recuperámos algum tempo. No entanto, na segunda passagem por Ourique, algo se danificou na caixa de velocidades, o que nos impediu de manter o ritmo nesse troço. Na última especial do dia, um concorrente de um Citroen DS3 que partiu à nossa frente, regressou ao troço após mudar um pneu e fomos obrigados a rolar alguns quilómetros na sua traseira até o conseguir ultrapassar, o que nos obrigou a perder demasiado tempo. Não conseguimos o resultado desejado, mas no entanto este 2º lugar acaba por ser positivo, pois mantemos intacto o objectivo de revalidar o título. Quero felicitar o Rui Madeira pelos 25 anos de carreira e pela prova que realizou, pois se não fosse o azar do último troço, teria sido o justo vencedor entre os concorrentes ao Campeonato Nacional de Ralis”, concluiu Ricardo Moura.

 

 

 

 

 

 

 

 

À partida para o Vodafone Rally de Portugal, Adruzilo Lopes ocupava o 2º lugar absoluto do Campeonato de Portugal de Ralis. Amealhar pontos e poupar a mecânica do Subaru era a estratégia para esta prova.

 

Sabíamos que este era um rali muito duro. Queríamos encontrar um compromisso entre rapidez e poupar na mecânica, mas logo no início do último troço ficámos sem caixa de velocidades no Impreza e o abandono acabou por ser inevitável. Começámos bem a época com dois ralis muito positivos, e agora este azar também acaba por fazer parte das corridas. Temos uma postura positiva, e já estamos a pensar na próxima prova”, referiu Adruzilo Lopes.

 

A equipa de Aguiar da Beira não pode fazer um balanço positivo desta prova. No entanto, Augusto Ramiro e toda a estrutura da ARC Sport estão de consciência tranquila em relação ao trabalho realizado.

 

Foi um rali com sabor amargo. Lamento o azar do Adruzilo Lopes no último troços e os problemas que condicionaram a actuação do Ricardo Moura. São coisas que fazem parte do desporto automóvel. Gostaria de dar os parabéns ao Pedro Meireles e ao Mário Castro por mais esta vitória”, disse Augusto Ramiro.

 

 

A CRÓNICA DE JOÃO FERNANDO RAMOS

 

CRÓNICA – DIA 4  -  Sexta-feira

Um dia isento de problemas!

Os ralis do Mundial são uma verdadeira caixa de surpresas. São provas muito longas e duras, com grandes pilotos a imporem um ritmo que nos obriga a todos a “mostrar serviço”. A experiência já nos leva a ter calma e a pensar a prova em conjunto, gerindo o desgaste do carro e as nossas forças da melhor forma. Como dizia ao Janela no regresso a casa, hoje foi um dia sem grandes histórias.

Tivemos apenas um susto na segunda especial do dia, quando quase no final, encontrámos um Fiesta de troféu praticamente destruído, atravessado na estrada. O Janela conseguiu olhar logo para dentro do carro e percebeu que o piloto estava inconsciente. O navegador estava de pé, já fora do que restava do carro, mas completamente perdido. Fizemos o que nos competia e parámos para ajudar. Percebemos que o melhor era mesmo pedir outra ajuda e na falta de rede de telemóvel a solução foi fazer os últimos dois quilómetros e pouco da especial a fundo para chegar junto da equipa do INEM que está no final do troço. Lançado o alerta, seguimos preocupados com o estado do nosso companheiro de aventura.

Este é um desporto ariscado, onde a segurança é sempre uma preocupação central.  Ver um acidente é coisa complicada para quem vai entrar de novo numa especial para andar no limite. Uns quantos quilómetros à frente, já na estrada nacional, estava outra equipa do INEM. Parámos para falar com eles e lá chegou a informação que não era um caso grave, apenas uma quebra de tensão de um jovem piloto que não ganhou para o susto. Ainda bem.

O nosso dia começa cedo, com um pequeno-almoço reforçado. Depois duas horas e meia de carro de corrida com uma primeira ronda por três especiais. Hoje todas na casa dos vinte e tal quilómetros. No carro há sempre barras energéticas, alguma fruta e água. É fundamental estarmos bem alimentados e hidratados para manter os níveis de concentração e a forma física ideal ao longo da prova. Depois o regresso à assistência para meia hora de pausa, com os mecânicos a trabalharem no carros e os pilotos a comer um prato de massa com tomate, vegetais e fruta. A tarde repete a ronda da manhã, com as especiais mais degradadas e uma maior preocupação com o carro. Regressamos ao final do dia, hoje por volta das vinte, para quarenta e cinco minutos de trabalhos dos mecânicos e uma nova refeição, agora com carne grelhada, verduras cozidas, salada e a inevitável… massa.

As noites são sempre curtas, com o sono a ser embalado com as imagens e as emoções de um dia a fundo. Confesso que nestes dias quase não consigo pensar em mais nada a não ser neste desporto que me continua a fascinar.Amanhã estaremos de novo nas serras algarvias entre os melhores do mundo.press 20140xpress 201404apress 201404bpress 201405

 

FÓRMULA 3 NO BRASIL

 

Lukas Moraes garante melhor tempo do treino extra da Fórmula 3 Brasil em Tarumã

Segundo melhor da atividade desta sexta-feira, Vitor Batista foi o mais rápido da categoria Light. Treinos serão retomados na manhã deste sábado

Lukas Moraes foi o piloto mais rápido do treino extra realizado nesta sexta-feira (4) para a disputa da etapa de abertura da Fórmula 3 Brasil, que acontece no autódromo de Tarumã, em Viamão (RS). 16 pilotos participaram da atividade, sendo sete da categoria principal e outros nove da divisão Light.

O piloto da equipe Prop Car, que em 2013 disputou a Fórmula Abbarth Italiana, deu 17 voltas no circuito gaúcho, obtendo na melhor delas o tempo de 56s689, marca dois décimos mais rápida em relação ao segundo colocado, Vitor Batista, piloto da Cesário Racing e melhor posicionado entre os competidores da classe Light. Pedro Piquet, companheiro de equipe de Batista, ficou com o terceiro posto, seguido pelo argentino Bruno Etman, da Hitech Racing. O grupo dos cinco melhores foi fechado por Vitor Miranda, que disputa a etapa de Tarumã pela RR Racing na Light, após participar no último ano da Fórmula Júnior.

Os carros da Fórmula 3 Brasil retornam a pista do circuito de Tarumã na manhã deste sábado (5), para a realização de mais dois treinos livres. O dia ainda será reservado para a tomada de tempos e a disputa da primeira corrida, marcada para 16h55. O encerramento da etapa acontece no domingo (6), com a disputa da segunda bateria, marcada para 10h25, com transmissão ao vivo do portal Terra. O canal por assinatura Sportv exibirá a etapa na próxima semana.

Veja a classificação do treino extra:

1. Lukas Moraes (Prop Car/A) - 56s689
2. Vitor Batista (Cesário/Light) - 56s929
3. Pedro Piquet (Cesário/A) - 57s316
4. Bruno Etman (Hitech/A) - 58s392
5. Vitor Miranda (RR Racing/Light) - 58s502
6. Raphael Raucci (RR Racing/A) - 58s724
7. Arthur Oliveira (Hitech/A) - 59s411
8. Gabriel Kenji Sena (EMB Racing/Light) - 59s595
9. Francisco Alfaya (Capital/Light) - 1min00s076
10. Leonardo de Souza (Kemba/A) - 1min00s594
11. Artur Fortunato (RR Racing/A) - 1min01s207
12. Mauro Aurichio (RR Racing/Light) - 1min01s781
13. Matheus Leist (Hitech/Light) - 1min02s241
14. Alexandre Doretto (Prop Car/Light) - 1min02s255
15. Matheus Iorio (Hitech/Light) - 1min31s411
16. Fernando Croce (Prop Car/Light) - sem tempo
 

PROVA COM SABOR AMARGO

 

Vodafone Rally de Portugal 2014

 

 

UMA PROVA COM SABOR AMARGO

 

 

Ricardo Moura termina no 2º lugar

 

Adruzilo Lopes abandona no último troço

 

 

Decididamente o Vodafone Rally de Portugal não é uma prova totalmente favorável aos desejos da ARC Sport. Este ano, diversos problemas condicionaram o desempenho de Ricardo Moura e António Costa no Skoda Fabia S 2000. Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira abandonaram no último troço, com problemas na caixa de velocidades do Subaru Impreza R4.

 

Para o tricampeão nacional de ralis o 2º lugar alcançado sustenta as hipóteses de revalidação do título.

 

Os nossos adversários entraram muito bem neste rali. No primeiro parque de assistência fizemos algumas alterações que deram resultado, com a finalidade de recuperar o tempo inicialmente perdido. Esta foi a primeira vez que corremos com o Skoda nos pisos demasiado duros do Rally de Portugal. Tudo o que fizemos para preparar esta prova, foi feito em condições totalmente diferentes das que encontrámos, o que condicionou o set up inicial. Da parte da tarde, entrámos bem e recuperámos algum tempo. No entanto, na segunda passagem por Ourique, algo se danificou na caixa de velocidades, o que nos impediu de manter o ritmo nesse troço. Na última especial do dia, um concorrente de um Citroen DS3 que partiu à nossa frente, regressou ao troço após mudar um pneu e fomos obrigados a rolar alguns quilómetros na sua traseira até o conseguir ultrapassar, o que nos obrigou a perder demasiado tempo. Não conseguimos o resultado desejado, mas no entanto este 2º lugar acaba por ser positivo, pois mantemos intacto o objectivo de revalidar o título. Quero felicitar o Rui Madeira pelos 25 anos de carreira e pela prova que realizou, pois se não fosse o azar do último troço, teria sido o justo vencedor entre os concorrentes ao Campeonato Nacional de Ralis”, concluiu Ricardo Moura.

 

 

 

 

 

 

 

 

À partida para o Vodafone Rally de Portugal, Adruzilo Lopes ocupava o 2º lugar absoluto do Campeonato de Portugal de Ralis. Amealhar pontos e poupar a mecânica do Subaru era a estratégia para esta prova.

 

Sabíamos que este era um rali muito duro. Queríamos encontrar um compromisso entre rapidez e poupar na mecânica, mas logo no início do último troço ficámos sem caixa de velocidades no Impreza e o abandono acabou por ser inevitável. Começámos bem a época com dois ralis muito positivos, e agora este azar também acaba por fazer parte das corridas. Temos uma postura positiva, e já estamos a pensar na próxima prova”, referiu Adruzilo Lopes.

 

A equipa de Aguiar da Beira não pode fazer um balanço positivo desta prova. No entanto, Augusto Ramiro e toda a estrutura da ARC Sport estão de consciência tranquila em relação ao trabalho realizado.

 

Foi um rali com sabor amargo. Lamento o azar do Adruzilo Lopes no último troços e os problemas que condicionaram a actuação do Ricardo Moura. São coisas que fazem parte do desporto automóvel. Gostaria de dar os parabéns ao Pedro Meireles e ao Mário Castro por mais esta vitória”, disse Augusto Ramiro.

 ARC Sport_-_Rally_de_Portugal_-Ricardo_Moura_04ARC Sport_-_Rally_de_Portugal_-_Adruzilo_03

 

KARTING BRASIL

 

Granja Viana – Matheus Morgatto pronto para começar a temporada

 

Kartista paulista volta ao “lar” nesta terceira etapa, após ser Vice-Campeão da Rotax MicroMax no Florida Winter Tour, e corre amanhã (5/04) na Rotax MiniMax

 

Se é verdade que na jocosa cultura popular brasileira o Brasil só começa a funcionar após o Carnaval, para o piloto Matheus Morgatto (RR Racing Team/ Dolly/ Win Safety/ Plano SP no Brasil) o Brasil só abriu os trabalhos após o encerramento do Florida Winter Tour, certame norte-americano que tem como base o estado da Flórida.

 

Se houve prejuízo desportivo em suas pretensões no campeonato Copa São Paulo de Kart Granja Viana, já que só entra para briga na terceira rodada do certame, a longa pemanencia nas terras de Uncle Sam valeu trazer na bagagem o troféu de Vice-Campeão da categoria Micro Max.

 

A semana de treinos livres no circuito de Cotia, que é quase seu quintal de casa, serviu para Morgatto relembrar as técnicas de pilotagem com o chassis e pneus “made in Brazil”. E a readaptação à classe Rotax MiniMax foi rápida, já que Matheus fez bons treinos, com tempos consistentes e fechando a prática de quinta-feira com a quinta melhor marca e o terceiro melhor tempo do treino livre matinal desta sexta-feira.

 

Florida Winter Tour

 

Após duas rodadas – Homestead e Ocala - Matheus Morgatto (Americanet/ RPG- Rolison Performance Group/ Legree Motorsports) chegou à rodada final em Orlando como vice-líder do campeonato na categoria MicroMax e um dos favoritos ao título.

 

Embora tivesse, nos treinos livres oficiais, encontrando dificuldades em encontrar um bom ajuste para seu kart Kosmic #62, Morgatto sempre estava entre os quatro mais velozes. Na manhã de sexta-feira a equipe RPG conseguiu encontrar um bom set-up, gerando boas expectativas para as tomadas de tempos classificatórios, já que treinos distintos determinam a ordem dos micromonopostos no grid da primeira prova de sábado e primeira prova do domingo.

 

Os treinos foram extremamente disputados, com Morgatto garantindo a P3 para a prova de sábado – a ínfimos 0s031 do pole – e a P4 para a prova de domingo, separado um décimo e meio de segundo do melhor tempo da prática.

 

Na largada da primeira prova do sábado, Matheus surpreendeu os adversários com sua tradicional largada agressiva e assumiu de pronto a liderança da corrida, posto que manteve até a última volta, quando acabou superado pelo pole position Jeremy Fairbairn, que acabou vencendo a prova. Morgatto cruzou a linha final colado em Fairbairn, todavia, em nova decisão polêmica, os Marshalls acabaram penalizando o kartista brasileiro por ele ter olhado para o lado no momento em que era ultrapassado. A injusta pena imposta determinou a perda de duas posições na ordem de chegada e o piloto da Americanet/ RPG- Rolison Performance Group/ Legree Motorsports ficou com os pontos da quarta colocação.

 

Horas mais tarde a segunda corrida do sábado. Frustrado com a injusta (e claramente protecionista) pena imposta, Morgatto tratou de retomar seu ânimo de guerreiro e partiu para uma nova largada agressiva. Impecável, Matheus fez uma prova de progressão e deu o troco, tomando a dianteira na última curva da última volta, para divisar a checkered flag adiante de Sebastian Montoya – filho do piloto da IndyCar – e comemorando muito, com os braços erguidos.

 

Após a prova nova tentativa de “tapetão”, com a apresentação de uma reclamação formal pelo pai do piloto Reece Gold – curiosamente o líder do campeonato e principal adversário de Matheus -, sob a alegação de que o braileiro passara a prova toda batendo no kart de seu rebento. Claro, as imagens da camera onboard demonstraram, claramente, que era simples exercício de “jus sperniandi” e o recurso não foi acatado, confirmando a vitória de Matheus Morgatto.

 

Já na manhã de domingo Matheus mostrou no primeiro treino que era muito rápido, cravando o melhor tempo da prática. P4 do grid para a primeira das duas provas e alinhado do lado externo da pista, Matheus procurou largar de forma “conservadora”, evitando o risco de algum contato. Com isso Morgatto perdeu algumas posições, mas antes de fechar a primeira passagem já tinha imposto o train de corrida que tanto assombrava (e tirava o sono) os adversários, equipes concorrentes e o público.

 

Em poucas voltas o pupilo de Renato Russo já ocupava a primeira colocação e caminhava para bisar o feito da tarde anterior. Porém, na última volta de corrida Fairbairn, que vinha em segundo, forçou a ultrapassagem e tocou forte o #62 do brasileiro, que acabou fora da pista e da corrida. Claro, como provavelmente Fairbairn não olhou para o lado, não houver qualquer punição… Estava nítido e descarado o “protecionismo” para os pilotos “da casa”!

 

Calculadoras em ação e de resultado Matheus Morgatto teria de vencer da bateria Final para conquistar o título de campeão. Algo complicado para quem não completou a prova anterior e teria de largar na 21ª posição.

 

Autorizada a largada e o ditado que Deus é Brasileiro parecia estar valendo. O kart de seu principal adversário, Reece Gold, simplesmente não largou. Era a hora de colocar a faca entre os dentes e partir para o ataque e tentar superar os demais vinte concorrentes, afinal o título continuava dependendo da conquista dos pontos da primeira colocação.

 

Matheus Morgatto voou. Volta sobre volta em ritmo de classificação, todas com belíssimas e desconcertantes ultrapassagens. Mas apenas quatorze voltas era insuficiente para se completar a tarefa titânica. O guerreiro Morgatto caiu de pé, cruzando sob aplausos a linha de chegada na sétima colocação. Insuficiente para o título, mas suficiente para garantir o vice-campeonato. Nada mal para um rookie estrangeiro em uma categoria que contou com mais de 40 competidores…

 

A cena hilária ficou por conta do pai e mecânico de Reece Gold, que furiosamente chutavam o kart que se recusara a largar. Segundo comentários o motivo dessa ira era o fato de a organização ter substituído a bobina do motor do kart de Gold, após reclamação de outros concorrentes, sob a suspeita que tratava-se de uma “bobina mágica”, provavelmente beatificada pela cúria metropolitana.

 

Por conta dessa cena, diante de centenas de olhares incrédulos, Reece Gold foi penalizado pelos oficiais. E essa penalização teria efeitos importantes na tabela de classificação final, já que punido, Gold não poderia descartar a corrida e o título iria para as mãos do brasileiro Matheus Morgatto!

 

Se Deus é Brasileiro e espírito de corpo é um consagrado instituto norte-americano. Olhar para o lado não pode, mas xingar, chutar, berrar imprecações e ofensas parece poder – se for algo entre “nacionais” –. Dessa forma, misteriosamente, a correta punição aplicada foi revista e o título de campeão voltou a mudar de mãos.

 

Além do título de Vice-Campeão, Matheus Morgatto (Americanet/ RPG- Rolison Performance Group/ Legree Motorsports) recebeu uma premiação extra, por ter sido o piloto mais combativo e que realizou mais ultrapassagens na Final.

 

Confira a pontuação final da Rotax Micro Max no Florida Winter Tour 2014:

1.- #55 Reece Gold, com 1160 pontos

2.- #62 Matheus Morgatto, 1076

3.- #87 Jeremy Fairbairn, 892

4.- #27 Joshua Cunha, 857

5.- #80 Arias Deukmedjian, 837

6.- #52 Jak Crawford, 731

7.- #58 Sebastian Montoya, 720

8.- #20 Alessandro de Tullio, 686

9.- #11 Alessandro Famularo, 592

10.- #12 Anthony Famularo, 571

11.- #08 Thomas Nepvev, 546

12.- #14 Chase J. Oliveri, 511

13.- #24 Jo Nuñez, 454

14.- #88 Rafael Câmara, 429

15.- #37 Jeremy Tallon, 417

16.- #77 Tyler Maxson, 384

17.- #21 Marcelo Garcia, 378

18.- #99 Arturo Alcalde, 348

19.- #8 Diego Felipe Contecha Porras, 342

20.- #98 Logan Stretch, 330

21.- #44 Patrick Woods-Toth, 300

22.- #7 David Morales, 293

23.- #85 Chase Heffner, 269

24.- #33 Chloe Chambers, 251

25.- #66 Gianluca Cavaglio, 220

26.- #92 Maxwell Waithman, 186

27.- #2 Daniel Steven Chaverra Palacio, 183

28.- #9 David E. Cardenas Parra, 156

29.- #97 Juan Sebastian Correa Garcia, 156

30.- #45 Valeria Vargas, 134

31.- #29 Noel Jesus Leon Vazquez, 122

32.- #03 Justin Arseneau, 116

33.- #51 Gabriella Ramirez, 113

34.- #30 Ryan Rackley, 96

35.- #10 Mariano Martinez Faucsali, 88

36.- #3 Danica Humphreys, 86

37.- #73 Connor Zilisch, 80

38.- #23 Arti Flores, 68

39.- #07 Santi Villagomez, 63

40.- #28 Juan David Martinez, 38

41.- #17 Andres Valldeperas, 0

 Matheus Morgatto_-_MicroMax_img_5056_Ken_Johnson-Studio52Matheus Morgatto_-_MicroMax_img_5127_Ken_Johnson-Studio52

 

MAIS UMA PARA OGIER

Ogier vence pela quarta vez

 

O piloto francês reforça a liderança do Mundial de ralis.

Ogier vence pela quarta vez
O piloto francês Sebastien Ogier (Volkswagen Polo-R) venceu este domingo o Rali de Portugal pela quarta vez, depois dos triunfos em 2010, 2011 e 2013, reforçando a liderança no Campeonato do Mundo de Ralis.
Na classificação geral, o campeão mundial em título ficou à frente do finlandês Mikko Hirvonen (Ford Fiesta RS WRC), segundo, e do norueguês Mads Ostberg (Citroen DS3 WRC), que fechou o pódio.
Com mais esta vitória (já tinha ganho em Monte Carlo e no México), Ogier tem agora 91 pontos, contra 63 do seu colega de equipa na Volkswagen, o finlandês Jari-Matti Latvala (Volkswagen Polo-R WRC).
Na última classificativa especial (PEC16 - Loulé 2, com 13,83 quilómetros), Ogier também ganhou, em 8.41,7 minutos, à frente de Latvala, que ficou a 3,3 segundos, e Ostberg, a 4,3. Como esta é a Powerstage, a vitória atribui pontos adicionais aos três pilotos mais rápidos (3, 2 e 1 ponto respetivamente).


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

GENTLEMEN´S DRIVER EM BRAGA

GENTLEMENS DRIVER ESTIVERAM EM BRAGA

 

Decorreu hoje em Braga mais uma edição do Gentlemens Driver, onde Rui Sanhudo conseguiu juntar um interessante lote de particiantes.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 5167FOX 5169FOX 5170FOX 5171FOX 5173FOX 5174FOX 5175FOX 5176FOX 5177FOX 5178FOX 5179FOX 5180FOX 5181FOX 5182FOX 5183FOX 5184FOX 5185FOX 5186FOX 5187FOX 5188FOX 5189FOX 5190FOX 5191FOX 5192FOX 5193FOX 5194

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

014 Bahrain Grand Prix - Prática Sessões
PIRELLI PNEUS KEY pontos 10 Resume
Após a primeira dois Grand Prix de 2014
REDUZIDO granulação , aquaplanagem , mármores e manchas planas .
 Mais desempenho GRIP E CARROS NA TRILHA OUT
 PNEUS SOFT muito estável no Bahrein :
ESTRATÉGIAS DE POSSÍVEIS PARA DOIS parar a corrida
A Pirelli Motorsport , Paul Hembery, diretor resumiu pneu 10 questões-chave para 2014 Entre as duas sessões de treinos livres no GP do Bahrain , onde o meio P Zero Branco e P Zero Amarelo pneus macios foram nomeados .
1 . Mais energia vai para os pneus deslizem
Pirelli mudou todos os compostos de pneus slicks e perfis este ano para ter em conta Maior wheelspin e falta de downforce . Paul Hembery : " Os carros estão deslizando em torno de mais e que tem um grande efeito sobre o pneu . Há apenas 5% menos energia que entra no pneu na Fórmula novo visual One - mas ao invés de vir de força lateral e curvas, parte dessa energia está chegando agora de correr " .
2 . Menos mármores na pista
Há menos mármores na pista : um dos objectivos-chave da Pirelli . Paul Hembery : "Fizemos Alguns vêem na Malásia, meta que não é um bom exemplo , pois é uma pista muito abrasiva. No geral, estamos muito confiantes de que fizemos um passo adequado para a frente na gestão da redução mármores ".
3 . Menos aquaplanagem e mais desempenho dos pneus de chuva
Pirelli mudou a composição eo desenho do pneu de chuva completo para melhorar a aquaplanagem desempenho em particular. Paul Hembery : " Em primeiro lugar , vimos cair na qualificação em Melbourne que há uma aproximação pontos de cruzamento com o pneu intermediário , o que torna mais utilizável. Em segundo lugar, na Malásia não houve comentários sobre aquaplaning , Tudo que era tudo o que ouvimos falar , no ano passado. O novo pneu de chuva Executa ainda melhor em baixas temperaturas : queda em testes chuva em Barcelona Foram três segundos por volta mais rápido do que o pneu de chuva anterior " .
4 . Diminuição da granulação
Pirelli tem usado todos os pneus tão distantes do supermacio , com granulação diminuída. E mesmo quando a superfície granulação ocorre, logo vai embora. Paul Hembery : " Em comparação com temporadas anteriores desconsiderou a granulação Um período eficaz Poucos. "
5 . Manchas planas desaparecem
Mesmo que os carros estão travando ao travar mais , manchas planas não são sobre a área remanescente do pneu como costumavam , graças aos novos compostos. Paul Hembery : " Depois que os drivers completos Comentários outra seção de cantos , as manchas planas se desgastar, Considerando que, no passado, que teria causado Comentários outra mudança de pneus. "
 6 . Corrida Two -stop para se tornar normal
Com tanta coisa para aprender com os carros novos , Foi apenas na Malásia , que surgiu realmente estratégia de pneus . Paul Hembery : " Hulkenberg completou a prova com apenas duas paradas , em oposição aos três parar Abebooks web achava que seria a caixa. Com a rápida evolução dos carros que antecipar este ano , estamos seguros que vamos ver que a grande maioria de todas as raças Rumo a uma estratégia de duas paradas . "
7 . Porque é que a degradação significativa
O desgaste é o consumo físico do pneu, tudo que tem -beens substancialmente reduzido este ano (e por que você vê Menos mármores ) . Degradação é outra coisa completamente diferente : a perda de performance dos pneus por volta. Paul Hembery : "É uma posição estranha Quando os motoristas falar sobre degradação : precisa acontecer , pois se isso não acontecer, não teremos nenhum pit stops . É um parâmetro fundamental que é o de criar a estratégia . "
8 . Pneus : forçado menos do que antes
Apesar de mais de torque a pegada do pneu traseiro não está sendo trabalhado tão duro como era no ano passado - devido à construção atualizado. Paul Hembery : " Podemos ver que nos perfis de desgaste : é ligeiramente concentrados no centro do pneu. Conforme aumenta a downforce que vai mudar , porque o maior melhorias virão do aumento do downforce e tração de pneus traseiros . "
9 . Lacunas regular entre os compostos
Pirelli pretende ter um segundo lacunas entre todos os compostos . Embora este não é o caso Atualmente, é provável que seja até o final do ano. Paul Hembery : " Ficamos surpresos com a abertura ligeiramente entre o disco e meio, todos os que foi um ano e meio segundo na Malásia . Essa é para níveis de downforce Diminuição no início da temporada : o pneu duro não é tanto quanto ele trabalhou uma vez, para que ele desliza mais. As melhorias no desempenho fará essa diferença menor. "
10 . Mais carros na pista
Pneus Pirelli para suplementar forneceu FP1 e Q3 - Tudo o que significou mais carros na pista . Paul Hembery : " Tem funcionado até agora . Na primeira meia hora de FP1 , as equipes de -ter- feito 10 ou 12 de época com os pneus extra objectivo que poderiam fazer muito mais . Na qualificação a nossa intenção era fornecer os carros de corrida de topo no 3 º trimestre para os fãs, sem prejudicar os outros. "
***
Bahrein: TREINOS LIVRES sexta-feira
Durante FP1 FP2 no Bahrein eo fosso entre o meio eo pneu macio era maior do que o esperado , com mais de um segundo entre os dois compostos . Havia muito baixo desgaste e degradação térmica Alguns sobre o pneu macio , o que parece ser estável, e abre a porta a ser estratégias de duas paradas Alguns por muito corrida.
Paul Hembery : "Aqui em Bahrain nós Ares vendo atualmente uma diferença de mais de um segundo entre o meio e os compostos macios desempenho. No entanto, vamos ter a esperar até amanhã para ter uma idéia mais clara do que a diferença final será na corrida " .
FP1 : FP2 :
O Hamilton meio utilizado 1m37.502s 1m34.325s L Hamilton New Soft
N Rosberg 1m37.733s meio utilizado N Rosberg 1m34.690s suave Nova
F Alonso Alonso 1m37.953s 1m35.360s F Médio New Soft Nova
Estatísticas de pneus do dia :
 Suave Médio Intermediário Wet
kms impulsionado * 1.744 3.488 N / A N / A
foram utilizados grupos geral ** 22 66 N / D N / D
Maior número de período ** 25 26 N / A N / A
* O texto acima dá o número total de quilómetros percorridos FP1 e FP2 Valor hoje , todos os drivers combinados .
Por ** composto , todos os drivers combinado .
Na Revista P Zero:
A nova revista P Zero, uma inovação da Pirelli para esta temporada, contém fatos sobre o GP do Bahrain e tudo o que está acontecendo no mundo da Pirelli com o passado , presente e futuro . Esta nova revista eletrônica dinâmica, tudo que contém vídeos e outros feliz interativo atualizado ao longo do fim de semana, pode ser acessado através do site da Pirelli ou no link a seguir: http://magazine.pzero.com

 

Google Tradutorf1f2f3f4f5f6f7f8f9f10f11f12f20f21f25f26f27f28f29f30f31f100f102f104f105f106f107f108

 

MEGRE NA BUSCA DO 5º TITULO

 

Super 7 by KIA 2014

5 de Abril / Autódromo do Estoril

 

Ricardo Megre em busca do 5º título

Megre Motorsport/Pneuvita tem dois carros para alugar

 

Aos comandos de um Caterham Seven, Ricardo Megre, o piloto e responsável da equipa Megre Motorsport/Pneuvita inicia amanhã a sua participação em mais uma edição do Super 7 by KIA competição onde já por quatro vezes se sagrou vencedor.

 

É o regresso às competições do conceituado piloto depois de, no ano passado, ter estado quase toda a temporada do lado de fora, dando assistência a pilotos que competiram com os carros da Megre Motorsport.

 

Ricardo Megre assume que “já tinha saudades de competição e venho, como sempre, para tentar dar o máximo de mim enquanto piloto e isso quer dizer lutar pelas vitórias, pelas voltas mais rápidas e disputar o título. Por outro lado, continuo a manter uma equipa que prepara e assiste carros para os pilotos que quiserem competir neste troféu e que o podem fazer isoladamente ou em parceria porque o regulamento assim o permite”, salienta o responsável da Megre Motorsport.

 

Neste evento de abertura do Super 7 by KIA estão inscritas 15 equipas, quatro delas utilizando dois pilotos para as quatro corridas previstas no programa, que desta feita será apenas de um dia e incluído num programa internacional organizado pelo MCE e promovido pela PROmotorsport.

 

Horário do Super 7 by KIA no Sábado dia 5 de Abril:

Treinos crono: 12:50h - 13:30h

Corrida 1 + 2: 16:00h - 16:45h

Corrida 3 + 4: 18:25h - 19:10h RicardoMegreRicardo Megre_01

 

NOVO ESPAÇO SEAT EM VILA REAL

 

Irmãos Leite mais perto de si
/ Novo espaço em Vila Real

 

 

 A marca SEAT representada em Vila Real pela Empresa Irmãos Leite
abre um novo espaço no Centro Dolce Vita Douro
“ O nosso propósito é estar mais perto do Cliente e este espaço, no coração comercial da
cidade, vai-nos permitir apresentar a gama SEAT de uma forma inovadora” , referiu Anabela
Leite, sócia e responsável da Concessão.
Com vasta experiência na área automóvel, iniciada em 1998, a empresa Irmãos Leite,
representa a Marca SEAT no distrito de Vila Real, desde 2006 “Esta tem sido uma aposta de
grande sucesso para a nossa organização. Vamos crescendo cada ano graças à qualidade
do produto e à excelente relação preço/ qualidade que estes apresentam, o que é um
argumento muito importante para as vendas no nosso distrito”, acrescentou Anabela Leite.
Este novo projeto reforça a estratégia de crescimento da empresa que, em setembro de
2013, mudou as suas instalações de vendas e após venda (oficina) para o Lote 170, na
Zona Industrial de Vila Real.
Nas novas instalações integradas (Vendas, Após Venda e Peças) está bem patente a
importância do Atendimento ao Cliente, nas diversas etapas da vida do automóvel:
“Apostamos no atendimento de qualidade, garantimos que todas as viaturas são
acompanhadas, ao longo do seu ciclo de vida, por profissionais qualificados na sua área.
Temos como objetivo primeiro a satisfação dos nossos Clientes. Diria mais: somos uma
empresa criteriosamente vocacionada para a total satisfação do Cliente.”, referiu José Leite,
sócio da empresa.
A SEAT apresenta em Vila Real a nova imagem corporativa, num espaço de cerca de 300 de
m2. Ali estarão expostas as viaturas da marca associadas a um programa de ativação que
transmita o posicionamento da marca. “ A SEAT é uma marca vencedora, a crescer em
Portugal, com uma dinâmica e uma criatividade muito especiais, pelo que neste espaço,
iremos surpreender com a presença dos nossos Embaixadores; a carrinha Leon ST , que é a
Carrinha do Ano, em Lego; ações no dia da criança com o SEAT Alhambra, etc”, referiu
Teresa Lameiras, diretora de Marketing & Comunicação da SEAT Portugal.
Copia de_JGM_2166Copia de_JGM_2221
O novo espaço que se inaugura hoje conta com a presença de Sara Matos, embaixadora da
SEAT que se associou a este evento “Para mim é uma dupla oportunidade: acompanho as
atividades da SEAT e ao mesmo tempo estou perto dos que seguem e apreciam o meu
trabalho. Estar em Vila Real, uma zona tão bonita no nosso pais é um privilégio”, referiu a
propósito.
A SEAT é a única empresa do setor automóvel com capacidade para desenhar, desenvolver, fabricar e
comercializar automóveis em Espanha. Integrada no Grupo Volkswagen, a multinacional, com sede
central em Martorell (Barcelona), exporta cerca de 80% da sua produção e está presente em 75
países. Em 2013, a SEAT vendeu no mundo, 355.000 unidades.
O grupo SEAT conta com 14.000 profissionais e tem três centros de produção: Zona Franca, El Prat de
Llobregat e Martorelll (Barcelona), onde são fabricados, entre outros, os famosos modelos Ibiza e
Leon. A fábrica do Grupo Volkswagen em Palmela (Portugal) produz o SEAT Alhambra, a fábrica de
Bratislava (Eslováquia) o novo SEAT Mii e a fábrica de Mladá Boleslav (República Checa) o novo SEAT
Toledo, todas elas fábricas do Grupo Volkswagen.
A multinacional espanhola conta também com um Centro Técnico que se configura como um hub de
conhecimento e que acolhe mais de 900 engenheiros, com o objetivo de impulsionar a inovação do
investidor industrial número um em I+D+i de Espanha. De acordo com o seu compromisso com o
meio-ambiente, a SEAT desenvolve a sua atividade principal segundo critérios de sustentabilidade
para a redução de CO2, eficiência energética, assim como reciclagem e reutilização de recursos.

 

PAULO GONÇALVES EM ACÇÃO

 

Paulo Gonçalves inicia amanhã primeira
prova do “Mundial” de Todo-o-Terreno

 

Paulo Gonalves_Abu_Dhabi_04_de_Abril_de_2014
Piloto português, Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno em
2013, quer defender o dorsal número um no arranque em Abu Dhabi
Paulo Gonçalves, atual Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, inicia amanhã em
Abu Dhabi a defesa do dorsal número um aos comandos de uma Honda CRF 450 Rally,
mota com a qual atingiu a coroa máxima no passado mês de Outubro em Marrocos.
Depois de realizadas as verificações técnicas e administrativas nas instalações do
circuito de Yas Marina, na ilha de Yas, próximo da capital dos Emirados Árabes Unidos,
Abu Dhabi, os concorrentes da primeira etapa do “Mundial” de Ralis enfrentarão amanhã
uma Super-Especial que determinará a ordem da partida para a primeira das cinco
etapas que decorrerão entre domingo e a próxima quinta-feira.
“Estou bastante confiante para esta primeira prova. Há três anos consegui terminar
aqui em terceiro, o ano passado fiz segundo e quem sabe este seja o ano de
ganhar aqui. Conto com adversários muito bons em prova. O nosso objetivo é
ganhar e esperamos conseguir manter o número um em nossa posse”, afirmou
Paulo “Speedy” Gonçalves.
A Super-Especial deste sábado terá início às 15h00, hora local, menos três horas em
Portugal continental. No domingo a caravana vai para a estrada, no deserto de Liwa,
cerca das 9h00 locais, numa etapa de dunas que ascenderá aos 408 quilómetros.

 

RALIS NO BRASIL

Ponta Grossa será sede da segunda etapa do Paranaense de Rally


 

A segunda etapa do Campeonato Paranaense de Rally acontece nos dias 02 e 03 de Maio em Ponta Grossa.

A etapa promete muita adrenalina para pilotos, navegadores, e equipe  que disputarão o rally que será composto por 2 especiais (trechos cronometrados) que serão percorridos 3 vezes cada.  Segundo um dos organizadores Thiago Osternack, “a primeira especial, com aproximadamente 13km, mescla vários tipos de pisos, trechos travados e grandes retas. Já a segunda especial, com 16 km, é totalmente de alta.”  

Diferente da primeira etapa que aconteceu em Morretes no litoral do estado, onde as especiais foram de asfalto. A segunda etapa será 100% piso de terra. Uma ótima oportunidade para os fãs de rally acompanharem de perto as emoções da competição.

Além do esforço de vários pilotos, o RPMC – Rally e Pista Motor Clube conta com apoio integral da administração pública de Ponta Grossa, que não mediu esforços para a realização do evento. “Graças ao apoio da Prefeitura e da Secretaria de Turismo, teremos um excelente estrutura à nossa disposição para o Parque de Apoio (box do Rally), e duas grandes festas: uma na largada promocional e uma no final do Rally”, conta Walter Lamarca Jr, presidente do RPMC.

O evento começa com a largada promocional na sexta-feira, 02 de maio, à partir das 19 horas na Estação da Saudade. No sábado de manhã os competidores farão o levantamento dos trechos cronometrados e à partir do meio dia o público poderá acompanhar as disputas. 

Em breve será disponibilizado o mapa com as áreas para o publico acompanhar o rally.

Continue acompanhando todas as notícias e informações pelos nossos canais oficiais:

www.rallypr.com.br
https://www.facebook.com/RallyPR
www.twitter.com/RallyParana
http://instagram.com/rallyparana

Para a realização do Campeonato Paranaense de Rally o RPMC conta com apoio da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, Restaurante Madalosso, Chronosat, WZ Studio e Cross Brasil.

Classificação do Campeonato

4x2 Super

1) Rafael Tulio / Gilvan Jablosnki22 pontos

2) Marcos Marcola / Gilson Rocha18 pontos

3) Heitor Pavesi / Felpe Costa15 pontos

4) Jean Pimentel / Thiago Osternack12 pontos

5) Luccas Arnone / Andrey Karpinski11 pontos

 

4x2 

1) Marco Malucelli / Guilherme Trombini23 pontos

2) Hamilton de Castro / Tony Matias18 pontos

3) Jeann Schaikoski / Jefferson Valdes15 pontos

4) Leo Zettel / Fred Zettel12 pontos

5) Marcos Tokarski / Kana Ribeiro10 pontos

 

Calendário do Campeonato Paranaense de Rally de Velocidade.

12 de Julho – Rally de Balsa Nova

19 de Setembro – Rally de Cascavél

08 de Novembro – Local a definir

05 de Dezembro – Rally de Curitiba

 01 peugeot-fabiodavini-2511

 

COMO OGIER RECUPEROU

 

RALI DE PORTUGAL

Ogier recupera liderança, após vencer em Santana da Serra

O campeão mundial em título ganhou a especial de 31,9 quilómetros em 23.10,2 minutos, à frente do finlandês Mikko Hirvonen (Ford WRC), que ficou a 8,7 segundos, e do norueguês Mads Ostberg (Citroen WRC), a 12,6.

À entrada para a nona especial, Ogier estava em terceiro na geral, tendo ultrapassado o estónio Ott Tanak (Ford), que ficou em quarto no troço de Santana da Serra, e o finlandês Hirvonen.

Agência Lusa

 

OGIER SOMA E SEGUE

Ogier vence 12ª especial e reforça a liderança

 

O piloto francês tem uma vantagem confortável de 20,8 segundos sobre o finlandês Mikko Hirvonen.

Ogier vence 12ª especial e reforça a liderança

O francês Sebastien Ogier (Volkswagen Polo-R) ganhou a 12.ª especial do Rali de Portugal, a penúltima da etapa de hoje, consolidando o segundo lugar na geral, agora com 20,8 segundos de vantagem sobre o segundo.

O campeão do Mundo de ralis completou a segunda passagem de hoje pelo troço de Santana da Serra (SS12 31,9 quilómetros) em 23.00,6 minutos, menos 11 segundos do que o finlandês Mikko Hirvonen (Ford Fiesta RS WRC) e menos 17,7 segundos do que o seu companheiro de equipa, o finlandês Jari-Matti Latvala.

O resultado da 12.ª especial significa que Ogier ampliou a vantagem sobre o segundo da geral, Hirvonen, para 20,8 segundos.

Hirvonen chegou ao final do troço com os pneus completamente gastos, praticamente lisos (slicks).

"Fiz tudo o que podia. Os pneus estão 'slicks' na traseira e ele [Ogier] está a fugir. Não há nada que possa fazer, mas vamos continuar. Nunca se sabe o que vai acontecer", disse o piloto finlandês.

Questionado sobre se tem pneus macios novos para trocar pelos que estão "nas lonas", Hirvonen respondeu: "Nem por isso".

Já Ogier salientou que errou na sexta-feira ao ter optado por pneus duros, mas que essa decisão foi compensada hoje.

"Ontem [sexta-feira] errámos [ao colocar pneus duros], mas ficaram mais [pneus macios] para hoje. No final tudo se acertou", disse o francês.

Na etapa de hoje do Rali de Portugal falta apenas concluir a 13.ª classificativa, a segunda passagem pelo Malhão, num total de 22,15 quilómetros cronometrados.


Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

 

FERNANDO XAVIER LIMITADO PARA BRAGA

 

FERNANDO XAVIER LIMITADO PARA BRAGA


FERN1FERN2

Motivado por um atraso na preparação duma série de componentes na Alemanha, não vai ser possível a Fernando Xavier alinhar com o motor com que habitualmente participa nas provas do Nacional de Clássicos. Assim Xavier está mais limitado como nos explicou “ é um facto, estas peças estão atrasadas, e com isso vou no próximo fim de semana para o Circuito de  Braga, com o motor do Scirocco mais fraco. Cheguei a ponderar trocar de categoria, e participar com o Volkswagen Scirocco mais fraco nos Super Stock, mas o meu objectivo de participação este ano é no Nacional de Clássicos, e farei isso , mas com um motor menos potente, portanto com mais limitações, mas não há-de ser nada, até se torna um desafio, que é levar o carro até final o melhor classificado possível, penso que até deve dar um certo gozo, e só esperar que tudo corra pelo melhor, e que termine as duas corridas o melhor classificado possível se o piso  estiver molhado…., são estes os objectivos.”

Para a prova seguinte, Fernando Xavier conta já ter as peças em falta “ aí sim já conto com um motor em condições Para lutar pela vitória na classe e categoria “.

 

NOVO DESAFIO PARA FÁBIO MOTA

 

Fábio Mota defende Cores Portuguesas na Clio Cup


FMota FT_14001

Fábio Mota abraça este ano um novo desafio na forma da Clio Cup España e da Clio Cup Ibéria, competições que se adivinham extremamente selectivas e animadas, apresentando objectivos ambiciosos para o seu regresso às corridas de carros de Turismo.

Depois de duas épocas nas provas de GT, o troféu apoiado pela Renault Sport e promovido pela V-Line Org apresentou-se demasiado apelativo para que o piloto de vinte e seis anos não o considerasse para prosseguir a sua carreira, acabando por optar pela competição que será disputada na Península Ibérica e que conta no seu calendário com um evento no Autódromo Internacional do Algarve.

"Antes de mais quero agradecer às pessoas que estiveram comigo nestas últimas duas épocas, nomeadamente, à estrutura da Veloso Motorsport e ao seu responsável máximo, o Sr. Luís Veloso, bem como ao piloto Mauro Marques. A aposta na Clio Cup España e na Clio Cup Ibéria, com provas em Portugal e Espanha, é o passo lógico para a minha carreira, após a grande indefinição que rodeou a categoria GT4, a nível Europeu e Nacional. Na minha opinião, enquanto piloto, não faz sentido participar em corridas pouco com poucos carros em pista, dado que desta forma nunca terei a evolução que pretendo. Acredito que, com a opção pela Clio Cup España e pela Clio Cup Ibéria, encontrei a plataforma ideal para relançar a minha carreira a solo e na categoria de Turismos”, frisou Fábio Mota.

O Vicecampeão da classe GT4 do Campeonato de Portugal de Circuitos de 2012 terá ao seu dispor um Renault Clio Cup equipado com um motor 1600c.c. turbo capaz de desenvolver mais de duzentos e vinte cavalos para pouco mais de mil quilogramas de peso, estando convencido de que a estrutura técnica de que se rodeou e a sua experiência anterior em competições monomarca lhe permitirá bater-se pelas melhores posições em cada evento.

“A minha experiência do passado, nomeadamente na Supercopa Leon, permitir-me-á encarar esta época com optimismo e tenho a motivação no máximo para me envolver na luta pelas posições cimeiras desta competição. Após alguns testes, alcancei um acordo com a Lema Racing Team, equipa vencedora da última prova da Clio Eurocup em 2013. Acredito que conseguiremos bons resultados e, dessa forma, dignificar a presença de Portugal nesta competição de cariz Ibérico”, sublinhou Fábio Mota.

Paralelamente ao seu principal programa, o piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Wetor e Glassdrive tomará também parte na principal prova de velocidade do calendário Portugal, o que edifica um projecto ambicioso, só possível graças aos importantes apoios recebidos.

“Estarei presente em Vila Real, uma prova marcante no calendário nacional, e na primeira prova da Clio Eurocup 2014 no Motorland Aragón. Desde já, quero agradecer aos meus patrocinadores, por terem tornado este projecto ambicioso numa realidade", afirmou Fábio Mota que disputará a primeira ronda da temporada já nos próximos dias 12 e 13 de Abril, que terá lugar em Navarra.

A Clio Cup Espanã será composta por sete etapas, com quatro eventos pontuáveis para a Clio Cup Ibéria, sendo a ronda do Autódromo Internacional do Algarve um deles.

 

CIRCUITO AUSTRIACO EM OBRAS

CIRCUITO AUSTRIACO EM OBRAS

 

 

Para poder receber o Grande Prémio da Austria, prova a contar para o Mundial de Fórmula 1, o Red Bull Ring vai sofrer obras importantes, cuja capacidade de espectadores irá passar dos actuais 40.000 para 225.000, e o piso levará novo tapete, além da renovação e incremento das estruturas existentes, no sentido de poder receber de forma condigna o circo da Fórmula 1.Vista-aerea-del-circuito-Red-Bull-Ring-

 

CIRCUITO DE VILA REAL ESTEVE EM RISCO

CIRCUITO DE VILA REAL ESTEVE EM RISCO

 

 

A organização do circuito de Vila Real esteve em risco de não ter lugar, tudo isso motivado por desacordo com os promotores.De forma a sanar tudo, o presidente da FPAK, Manuel Mello Breiner promoveu uma reunião em que o diálogo foi predominante e finalmente foi feito um acordo, que permite que o circuito citadino regresse à ribalta do nosso automobilismo, alque que saudamos.

 

Mas o circuito irá soferr algumas alterações, de forma a torná-lo um pouco mais rápido em certas partes, nomeadamente a rotunda do Roque e da Aaraucária serão alterados de forma a incrementar o nivel competitivo da pista.Po routro lado na famosa descida de Mateus irá ter uma nova chicane.ng1029964

 

RENAULT CUMPRE PROMESSA

RENAULT CUMPRE PROMESSA

 

 

Depois dos desaires dos testes em Jerez e no Bahrain, a Renault comprometeu-se que voltaria à ribalta, e assim tem sido a unica marca de motores que no Mundial de Fórmula 1 está a fazer frente á superioridade por parte da Mercedes. Recorde-serenault-f1-turbo-engine-1 que em dois Grandes Prémios, os Red Bull juntaram dois terceiros lugares, um com Vettel e outro com Ricciardo.

 

VILLORBA CORSE QUER DEFENDER TITULO

 

Villorba Córsega para defender o título do Montermini no GT Open

 

A equipe italiana confirma o programa GT2 com o Ferrari 458 eo atual campeão Paralelamente Schirò

Treviso (Itália) , 3 de abril de 2014. Villorba Corse Vai começar o 2014 International GT Open com Andrea Montermini e Niccolò Schirò ao volante do Ferrari 458 GT2 . Na série muito desafiador Organizado pela GT Sport Team italiano terá o número 1 em TIC Ferrari ganharam última Montermini Ambos os títulos gerais e Super GT temporada. O principal objetivo é confirmar o time no topo da classificação.

Villorba Córsega Fortalece icts esforço máximo no programa GT2 , colocando-o ao lado da GT3 Compromissos previamente anunciado no Blancpain Endurance Series com Castellacci , Gay e Rizzoli e Sprint na Série Blancpain com Salaquarda Paralelamente Montermini . O atual campeão GT Open terá que honrar um duplo desafio para os mais altos níveis de corrida GT .

No programa GT2 é Schiro Seu companheiro de equipe , o jogador de 20 anos de idade, em 2012, campeão europeu de F3 Abrir com quem o piloto de F1 de Modena já correu na última rodada de 2013, Barcelona. O Villorba tripulação Vai começar o campeonato em Nurburgring em 4 de maio . Portimão (8 de junho ) , Jerez (22 de junho ), Budapeste ( 6 de julho) , Silverstone ( 20 de julho) Spa (7 de Setembro) , Monza (setembro 28) e Barcelona (19 de outubro ) Will Follow .

"O compromisso GT Open - diz Raimondo Amadio , Team Principal - será o nosso foco principal no mundo da GT2 mais uma vez. Estamos trabalhando duro como o número 1 significa agrupamento defender o título e Confirmando nossas grandes conquistas. É por isso que eu decidi ter você apostar em dois pilotos são capazes de proporcionar experiência e novidade, tradição e futuro. Estamos muito felizes em começar um campeonato : . Tais como GT Open e muito honrada de ser ble de fazê-lo com um carro de topo como a Ferrari 458 GT2 "

 

Google Tradutor

 

PILOTOS DE MONTANHA REUNIDOS HOJE NO PORTO

PILOTOS DE MONTANHA REUNIDOS HOJE NO PORTO

 

 

Uma vez mais está marcado um almoço hoje no restaurante "Assador Típico" em plena zona industrial do Porto, uma reunião que irá juntar todos  os pilotos participantes no Campeonato Nacional de MOntanha, onde deverá ter lugar a eleição de novo Presidente, para além de outros membros da direcção da APPAM.

 

64820Por outro lado irá estar em discussão regulamentos, para além de outros elementos afectos a esta categoria do nosso automobilismo.

 

DOMINGOS FERNANDES APRESENTA PROJECTO PARA 2014

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA  2014-04-05

 

DOMINGOS FERNANDES APRESENTA PROJECTO DE PARTICIPAÇÃO PARA ESTA ÉPOCA

 

 

Domingos Fernandes conseguiu reunir os apoios necessários para assim poder participar no Campeonato Nacional de Montanha ao volante dó seu já habitual Autobianchi A 112.Sobre esta sua participação, começou por nos dizer “ este ano foi um bocado difícil arranjar estes apoios, pois a situação económica do pais, já todos sabemos como infelizmente está” Em termos de objectivos “ terminar todas as provas, de preferência sem problemas mecânicos, e que consiga dar o maior retorno, a quem me tem apoiado, pois sem os meus patrocinadores, não conseguia colocar de pé todo este projecto”.Sobre o Campeonato que se avizinha “ ainda não sei quem são os participantes na minha categoria e classe, espero que apareço o outro Autobianchi A 112, pois assim torna-se tudo mais interessante, não só para mim, como para o numeroso publico que se desloca às rampas que fazem parte do calendário, que estão a ter uma boa dinamização”.

 

Domingos Fernandes tem o apoio de :

 

Ópticas Duarte

 

Aquarel

 

Cerdana

 

Geo Douro

 

J.Silva Lª

 

Wi Fi Antenas

 

Agricampo

 

José Cardoso Fernandes

 

Cooperativa Agrícola de Távora

 

Irmãos Pereira

 

Billa

 

Mini Talho Domingos

 

Quinta da Azenha

 Domingos

 

TEAM ANDRÉ PINTO APRESENTA HOJE ÉPOCA 2014

TEAM ANDRÉ PINTO APRESENTA HOJE A SUA ÉPOCA

 

SErá hoje à noite numa discoteca em Lousada que André Pinto irá aprsenetar a sua época, na qual por aquilo que apuramos não deverrá ter grandes diferenças em relação ao ano passado, misto é, a equipa de André Pinto deverá continuar nos Troféus da Feup, e nos Clássicos 1300, mas vamos aguardar por logo à noite para se saber tudo.TEAMANDREPINTOAPRESENTA-SE

 

NOVO PORSCHE MACAN APRESENTADO

NOVO PORSCHE MACAN APRESENTADO HOJE NO CENTRO PORSCHE PORTO

 

 

Irá decorrer este fim de semana portas abertas no stand do Centro Porsche Porto, para a apresentação do novo Macan.Ontem à noite o Centro Porsche Porto levou a efeito um jantar para 250 convidados no hotel Yetman em Vila NOva de Gaiai, onde tiveram a oportunidade de ver a ultima obra prima da marca alemã, enquanto hoje , uma serie de Macanmacan estarão disponiveis parta testes dinâmicos.

 

OBRAS EM VILA REAL JÁ COMEÇARAM

OBRAS EM VILA REAL JÁ COMEÇARAM

 

A montagem do circuito de Vila Real, já teve inicio esta semana, na qual os trabalhadores, já começaram a proceder à montagem dos raisls de protecção que irão rodear quase toda a pista transmontana, para a prova que irá ter lugar em Junho.obrasvilareal

 

EM AMENA CAVAQUEIRA COM....

EM AMENA CAVAQUEIRA

 

COM MIGUEL VILAR

 

 

É um dos nomes mais conhecidos do nosso automobilismo em Portugal, estando já retirado há algum tempo.Hoje a nossa rubrica em "amena cavaqueira"0digitalizar0001imagem20marcaLA coliseum_10P8070272P8080301passeio da_fama_3, falamos com Miguel Vilar, sobre o livro que editou,"Entro no palheiro...e sento-me na agulha" e que fala da sua experiencia porque passou no acidente de que foi alvo.

 

Assim a primeira questão que colocamos ao nosso entrevistado de hoje, como surgui  ideia de fazer este livre e se foi dificil, o que logo respondeu "Primeiramente sempre gostei de escrever. Mas quando fiz a travessia dos EUA todos os dias escrevia o diário do dia. E muitos amigos me deram a ideia de publicar. Mas sempre achei que não seria caso para tanto. Não foi complicado. Foi trabalhoso. Quando regressei dos EUA, estava a iniciar o ano lectivo na Universidade e sempre pensei se não escrever já daqui a uns tempos já não me lembro de muita coisa e ia para Lisboa mais cedo para escrever uma hora por dia antes das aulas começarem ás 8h30. Escrevi-o praticamente durantes muito tempo das 7h00 às 8h30. Para isso levantava-me às 6h00. Como gosto de alvorar cedo, foi assim que desenvolvi a rigor o que escrevi na durante as viagens. Além da viagem a minha é repleta de capítulos diferentes e recheados de histórias. Foi assim que organizei o esqueleto do livro."


Sobre o conteudo do livro, o mesmo narra toda a experiencia porque passou Miguel Vilar com o acidente, e os doferentes patamares, desde o estado de coma, até à recuperação total, que deixou admirado muitos especialistas a nível mundial, que nunca pensaram que depois dum acidente daquela natureza Miguel Vilar viesse a recuperar na itegralidade, como nos explicou "O livro fala de experiências que passei. Boas e más. O que pretendi passar foi para as pessoas que como eu sofreram ou sofrem , seja qual o motivo, e quando a moral está em baixo, se por acaso lerem o meu possam pensar:

- Se ele conseguiu eu também consigo !! Não desistir !!!Quem ler o meu livro entenderá facilmente porquê o nome que lhe dei. O título é irónico mas foi a minha vida. A mim acontece-me o que aos outros pode acontecer. Mas comigo as consequências têm sempre sido desastrosas. Tenho 40 anos de carreira nas corridas, tive muitos e muitos acidentes nelas, nunca parti uma unha. E vinha numa autoestrada e levei com uma pedra na cabeça. Entendes "


A coragem e nunca desistir foram as palavars mestars que Miguel Vilar, e se assim o pensou, assim o conseguiu, e o resuoltado está á vista, pois depois de todas estas desventuras, ainda chegou a participar numa corrida do já extinto troféu Honda Civic, onde terminou nos lugares da frente, para além das epopeias com a sua bicilete, da qual iremos falar de seguida.


Sobre as bicicletas é uma autentica paixão para o nosso entrevistado de hoje, que já atravessou os Estados Unidos da America de costa a costa, para alem de ter em projecto a travessia de Portugal de Caminha até Vila Real de Santo António, para além da concretização dum sonho, que é atravessar todo o continente australiano.Sobre tudo isto Miguel Vilar falou-nos um pouco, e explicou-nos como estão estes projectos "A próxima viagem “long distance” será atravessar Portugal de lés a lés. Caminha a Vila Real de Stº António, foi um convite que me foi dirigido, apoiado pela Liga Portuguesa contra o Cancro. Serão cerca de 800km em 7 etapas. O convite surgiu do Filipe Gaivão, irmão do Miguel Gaivão e seremos três. A data de largada será no próximo dia 26 de Abril

O outro projecto é mais ambicioso. Será atravessar a Austrália de costa a costa. Sydney / Perth, Num percurso de cerca de 4.000 km, em cerca de 30 dias. Mas para isso terei que arranjar patrocinadores que vou tentando mas que a crise não ajudado.

 

Para estas duas aventuras vou utilizar o mesmo esquema que utilizei quando atravessei a Escandinávia: Dinamarca;Suécia;Finlândia e Noruega. Alugar um auto caravana que fará as funções de hotel e restaurante. Os custos descem para metade e haverá um apoio constante na estrada."


De referir que MIguel Vilar já apresentou o seu livro em Lisboa, e fará o mesmo no próximo dia 12 de Abril na cidade do Porto, na Livraria Ascari, situada na Rua da Constituição, num evento a não faltar.


Entrevista de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMPARATIVO....

COMPARATIVO NAUTICO

 

 

A Extreme Sailing fez um compext1ext2ext3arativo de andamento entre um dos seus barcos, e uma prancha de kit surf, conforme imagens anexas....

 

INTERLAGOS SEM ALTERAÇÕES

INTERLAGOS SEM ALTERAÇÕES

 

Pelos vistos não será ainda este ano, que o autodromo de Interlagos no Brasil irá sofrer obras para alterações às zonas das boxes.As mesmas apenas serão aumentadas e elevadas,surgindo ampliações na parte de trás das mesmas.Segundo a organização há outras prioridades para a pista integrada na cidade de S.Paulo, que passa pelo repavimentação de toda a pista, assim como a manutenção de alguns edificios, estando o seu inicio previsto para o próximo mes de JUlho, e espera-se assim ir ao encontro de Bernie Eclestone, para que o Brasil continue a receber o "circo da Fórmula 1circuito interlagos

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

RALI D EPORTUGAL - FAFE

 

 

Mais um grupo de imagens da autoria de Nuno DFinis, que retrata o sucesso em Fafe, que juntou mais de 140.000 espectadores.NUNO76NUNO77NUNO78NUNO79NUNO80NUNO81NUNO82NUNO84NUNO90NUNO91NUNO92NUNO92NUNO93NUNO94NUNO95NUNO96NUNO97NUNO98NUNO99NUNO100NUNO101NUNO102NUNO103NUNO104NUNO105NUNO106NUNO108NUNO109NUNO110NUNO111NUNO112NUNO114NUNO115NUNO116NUNO117NUNO118NUNO119NUNO120NUNO121NUNO122NUNO123NUNO124NUNO125NUNO126NUNO127NUNO128NUNO129NUNO130NUNO131NUNO132NUNO133NUNO134NUNO135NUNO136NUNO137NUNO138NUNO139NUNO140NUNO141NUNO142NUNO143NUNO144NUNO145NUNO146NUNO147NUNO148NUNO149NUNO150NUNO151NUNO152NUNO153NUNO154NUNO155NUNO156NUNO157NUNO158NUNO159NUNO160NUNO170NUNO171NUNO172NUNO173NUNO174NUNO175NUNO176NUNO177NUNO178NUNO179

 

SCHUMACHER REVELA MELHORAS

SCHUMACHER REVELA MELHORAS

 

Pschumioelos vistos o estado de Miuchael Schumacher estaá a recuperar sinais de consciencia, numa altura em que a sua mulher está a ponderar levas o piloto de regresso a casa, pretendendo com isso transformar uma ala da mesma, com todo o equipamento necessário para uma intervenção caso seja necessária.

 

Segundo so médicos que assistem o piloto alemão, os sinais vitais são animadores, mas caso Schumacher atinga os niveis normais de consciencia, a recuperação será parcial.

 

MONROY DE REGRESSO ÀS PISTAS

JOSÉ MONROY DE REGRESSO ÀS PISTAS

 

 

José MOnroy está de regresso às pistas após dois anos de ausencia das mesmas, desta feita carromonroyintegrado na Seat Leon Eurocup, que tem um calendário composto por seis provas ( o autodromo de Portimão chegou a estar contemplado, mas foi retirado, por falata de publico para assistir).Esta máquina da Seat está equipada com um motor de 2 litros e 330 cv de potencia, e José Monroy está integrado na equipa Ebulio Racing Team, estando a assistencia da cargo da Veloso Motorsport.

 

CITROEN PRONTA PARA O WTCC EM MARROCOS

CITROEN PRONTA PARA O WTCC EM MARROCOS

 

A marca francesa está prontacitorenprontaparamarrcvoscitroenwtccprontoparamarrocos para abordar pela primeira vez o WTCC; que terá lugar já no próximo fim de semana na pista citadina de Marrakech, onde irá ter em pista três carros, entregues a Yvan MUller, Sebastien Loeb e Jose LOpez.

 

 

GONÇALO INÁCIO ESTREIA CARRO

GONÇALO INÁCIO ESTREIA NOVO CARRO

 

 

Será hoje no autódromo do Estoril que Gonçalo Inácio irá estrear o seu novo Fórmula Ford, com que irá alinhar já no próximo fim de semana na primeira prova do Campeonato de Single Seaters, que terá lugar no circuito Vasco Scarroinacio1carroinacio2carroinacio3carroinacio4ameiro em Braga.

 

FORD NO RALI DE PORTUGAL

FORD NO RALI DE PORTUGAL

 

Eis a "tenda" da Ford no Rali de Portugal, montada no parque de assistencia, pelo menos aspecto não lhe falta.bastidores

 

NOVO CAPACETE

NOVO CAPACETE PARA FILIPE ALBUQUERQUE

 

Eis o novo capacete com que Filipe Albuquerque irá usar ao longo desta época.capacetealbuquerquecapacetealbuqueruqe

 

LUIS CORREIA LUTE PELO PÓDIO

 

Campeonato Mundo de Enduro / GP AMV de Catalunya

4 a 6 de Abril

 

Luís Correia vai lutar pelo pódio no GP de Espanha

Piloto oficial da Beta aposta em melhorar o 4º lugar obtido no Mundial de 2013

 

Luís Correia, piloto oficial do construtor italiano Beta, inicia esta noite a sua participação no Mundial de Enduro, cuja primeira jornada se disputa em Espanha. Em 2013 o piloto ribatejano alcançou um excelente 4º lugar na classe E3, naquela que foi a sua primeira temporada como piloto de uma equipa oficial. A sua aposta passa agora por melhorar essa classificação, pelo que irá lutar por um lugar no pódio em todos os GP desta temporada.

 

No ano passado a adaptação às alterações de equipa e de moto criaram algumas dificuldades iniciais mas, com o decorrer do Campeonato, as coisas foram melhorando e os resultados foram aparecendo. Nas duas primeiras corridas senti que poderia ter hipóteses de ficar nos cinco primeiros. Consegui logo um pódio na segunda corrida do Campeonato do Mundo, o que foi muito importante para mim. Foi o primeiro pódio numa prova do Campeonato do Mundo”, salienta o piloto que acrescenta:

 

Nas provas europeias os bons resultados continuaram. Consegui, por duas vezes, o 3º lugar na ronda portuguesa e depois consegui consolidar mais ou menos nos 5 primeiros lugares. A meio do Campeonato surgiu a hipótese de conseguir ficar nos três primeiros, mas infelizmente fraturei o escafoide, o que me levou a fazer uma paragem. Tive de fazer alguns sacrifícios para conseguir participar nas corridas seguintes com o escafoide fraturado. Mesmo assim, consegui assegurar o 4º lugar na final do Campeonato do Mundo, o que para mim foi ótimo. Foi uma verdadeira conquista”.

 

Depois de uma pré-época onde venceu de forma folgada a prova do Nacional de Enduro recentemente disputada na Régua o piloto reencontra hoje todos os grandes campeões de uma modalidade extremamente competitiva que conta com seis equipas de fábrica e diversas equipas provadas muito fortes para uma temporada que se inicia como os dois Grande Prémios da Península Ibérica.Luis Correia_nas_verificaesLusCorreia2014LusCorreiaBeta2014

 

GENTLEMENS DRIVERS É JÁ ESTE FIM DE SEMANA

 

GENTLEMAN DRIVERS – CHANGING GEARS


CIRCUITO VASCO SAMEIRO
BRAGA 5 ABRIL 2014
12.00/16.00 SECRETARIADO (BOXE 19)*
13.00 CLASSICOS / CLÁSSICOS MODERNOS
13.30 CARROS DE COMPETIÇÃO
14.00 FÓRMULAS – (MONOLUGARES / LOTUS SEVEN / CATERHAM / WESTFIELD / ETC)
14.30 CLASSICOS / CLÁSSICOS MODERNOS
15.00 CARROS DE COMPETIÇÃO
15.30 FÓRMULAS – (MONOLUGARES / LOTUS SEVEN / CATERHAM / WESTFIELD / ETC)
16.00 CLASSICOS / CLÁSSICOS MODERNOS
16.30 CARROS DE COMPETIÇÃO
17.00 FÓRMULAS – (MONOLUGARES / LOTUS SEVEN / CATERHAM / WESTFIELD / ETC)
17.30/19.00 SUPER DESPORTIVOS MODERNOS
* deve dirigir-se ao secretariado para levantar o autocolante que dá acesso à pista
ClubRacing

 

CIRCUITO VASCO SAMEIRO
BRAGA 5 ABRIL 2014
GENTLEMAN DRIVERS – CHANGING GEARS
SECRETARIADO – BOXE 19
* deve dirigir-se ao secretariado para levantar o autocolante que dá acesso à pista
CARROS ADMITIDOS – CATEGORIAS:
- CLÁSSICOS / CLÁSSICOS MODERNOS – Reservado a carros clássicos, clássicos modernos ou outro tipo de carros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- FORMULAS – Reservado a Monolugares / Lotus Seven / Caterham / Westfield ou outros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- CARROS DE COMPETIÇÃO – Reservado a carros de competição (clássicos e actuais), carros históricos (com passado desportivo) ou outros carros de corrida a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- SUPER DESPORTIVOS MODERNOS – Reservado a carros super desportivos modernos, carros de elevada performance ou outros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
SEGURANÇA:
-Carros de Competição - capacete, cintos, “roll-bar” e extintor obrigatórios.
-Carros Clássicos / Clássicos Modernos, Super Desportivos Modernos - capacete e cintos obrigatórios
-Os participantes são obrigados a cumprir todas as indicações dos comissários de pista.
-A responsabilidade por danos materiais ou físicos causados por acidentes provocados pelos participantes é dos próprios.
-A responsabilidade por danos causados a instalações do circuito é dos participantes em causa.
OUTROS:
- As inscrições encerram quando o limite da categoria é atingido.
- O valor de inscrição para pagamentos no dia do evento tem um acréscimo de 5€.
- O ClubRacing reserva-se o direito de anular o evento, se o número de inscritos não justificar a sua realização, sendo neste caso, devolvido o valor da inscrição.
- O ClubRacing reserva-se o direito de alterar o regulamento.
- O ClubRacing reserva-se o direito de alterar os horários.
- O ClubRacing reserva-se o direito de proibir a permanência no evento dos participantes cujo comportamento em pista não se coadune com o espírito do Gentleman Drivers – Changing Gears
CLUBRACING
GENTLEMAN DRIVERS – CHANGING GEARS

 

 

CIRCUITO VASCO SAMEIRO
BRAGA 5 ABRIL 2014
GENTLEMAN DRIVERS – CHANGING GEARS
SECRETARIADO – BOXE 19
* deve dirigir-se ao secretariado para levantar o autocolante que dá acesso à pista
CARROS ADMITIDOS – CATEGORIAS:
- CLÁSSICOS / CLÁSSICOS MODERNOS – Reservado a carros clássicos, clássicos modernos ou outro tipo de carros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- FORMULAS – Reservado a Monolugares / Lotus Seven / Caterham / Westfield ou outros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- CARROS DE COMPETIÇÃO – Reservado a carros de competição (clássicos e actuais), carros históricos (com passado desportivo) ou outros carros de corrida a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
- SUPER DESPORTIVOS MODERNOS – Reservado a carros super desportivos modernos, carros de elevada performance ou outros a que o ClubRacing reconheça interesse. Limite de 40 carros. Inscrição 45€.
SEGURANÇA:
-Carros de Competição - capacete, cintos, “roll-bar” e extintor obrigatórios.
-Carros Clássicos / Clássicos Modernos, Super Desportivos Modernos - capacete e cintos obrigatórios
-Os participantes são obrigados a cumprir todas as indicações dos comissários de pista.
-A responsabilidade por danos materiais ou físicos causados por acidentes provocados pelos participantes é dos próprios.
-A responsabilidade por danos causados a instalações do circuito é dos participantes em causa.
OUTROS:
- As inscrições encerram quando o limite da categoria é atingido.
- O valor de inscrição para pagamentos no dia do evento tem um acréscimo de 5€.
- O ClubRacing reserva-se o direito de anular o evento, se o número de inscritos não justificar a sua realização, sendo neste caso, devolvido o valor da inscrição.
- O ClubRacing reserva-se o direito de alterar o regulamento.
- O ClubRacing reserva-se o direito de alterar os horários.
- O ClubRacing reserva-se o direito de proibir a permanência no evento dos participantes cujo comportamento em pista não se coadune com o espírito do Gentleman Drivers – Changing Gears
CLUBRACING
GENTLEMAN DRIVERS – CHANGING GEARS

 

 

Caros Gentlemen Drivers,

Cartaz Braga14_web

BOAS ABERTAS!!!

A 24h do Gentleman Drivers Changing Gears confirma-se a previsão de bom tempo com 0% de probabilidade de precipitação!


Em anexo regulamento, horário e ficha de inscrição.

Aproveite as últimas horas para se inscrever.

--


 

 

NOVO LEXUS NX EM PEQUIM

 

Novo Lexus NX com estreia confirmada para o Salão Internacional de Pequim 2014


Lexus NX

A Lexus vai revelar a versão de produção do novo crossover premium de dimensões médias, designado por NX, no Salão Internacional de Pequim 2014.

Desenvolvido com base no Concept LF-NX, o novo modelo vai permitir à Lexus entrar no segmento dos SUV Premium de dimensões mais compactas. Com um design arrojado e avançadas tecnologias no sistema de propulsão o novo Lexus NX vai marcar uma nova era para os futuros modelos da marca.

A par desta revelação vai estar o performante Lexus RC F permitindo aos visitantes interagir com o novo desportivo.

A conferência de imprensa está prevista para o próximo dia 20 de Abril no pavilhão 3 do Centro de Exposições China Internacional.

 

HELDER NO MUNDIAL DE TT

 

Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno

Abu Dhabi Desert Challenge

4 e 10 de Abril

Honda com Hélder Rodrigues ataca Mundial de TT

 

Campeão do Mundo em 2011 e piloto em quem o construtor japonês Honda aposta para o seu projeto de regressar às vitórias no Dakar, Hélder Rodrigues inicia hoje mais uma temporada internacional onde, aos comandos de uma Honda CRF450 Rally, vai disputar o Abu Dhabi Desert Challenge, a jornada inaugural do Campeonato do Mundo de Todo-o-Terreno.

Hélder Rodrigues terá como companheiros do Team HRC o seu compatriota Paulo Gonçalves bem como e espanhol Joan Barreda. Nos planos da equipa estão participações em provas do Campeonato do Mundo, bem como diversos treinos antes da equipa vijar para a América do Sul para a sua grande aposta no Dakar 2015.

 

“Depois de ter iniciado este projeto com a Honda e o Team HRC há dois anos a equipa tem vindo a evoluir de uma forma muito positiva, tem melhorado nos mais variados aspectos e todos estamos a trabalhar com o objectivo de sermos ainda mais fortes. Começar a temporada com esta dinâmica é excelente, já que isso permite que nos concentremos nas corridas e no desenvolvimento da moto. Espero fazer uma grande temporada e melhorar o resultado do último Dakar”, refere Hélder Rodrigues, o piloto da Honda apoiado pela Red Bull e MEO.

 

Desportivamente a primeira etapa do Abu Dhabi Desert Challenge terá lugar no próximo dia 6 de Abril e contará com 290 km cronometrados. Seguem-se mais quatro etapas cujos setores seletivos terão respetivamente 269, 256, 239, 247 quilómetHlderRodriguesHlder Rodrigues_Honda_01Hlder Rodrigues_Honda_02
 

1º TROFEU KAWASAKI

 

I Troféu Kawasaki MX/SX Santander
segue com a segunda prova nas
areias de Marinha das Ondas

 


Pilotos Kawasaki vão pôr à prova técnica e
resistência pela exigente condução em areia
A segunda prova do I Troféu Kawasaki MX/SX Santander terá lugar este
fim-de-semana na emblemática pista de areia de Marinha das Ondas, a
escassos quilómetros da Figueira da Foz.
O próximo Domingo, dia 6 de Abril, promete emoções fortes naquela que é
a única prova em piso de areia do Campeonato Nacional de Motocross,
sendo portanto um desafio de grande relevância para pilotos e máquinas.
A par com a temporada nacional decorre a primeira edição do Troféu
Kawasaki MX/SX Santander, competição destinada aos amantes e
concorrentes da marca nipónica e que têm neste formato promovido pela
Kawasaki Portugal a oportunidade de competir no Motocross com pacotes de
“Campeão” e prémios bem aliciantes.

 


Depois da empolgante abertura e estreia da “Festa Verde” em Freixo de
Espada à Cinta, no final do mês de Março, a ação está de volta sendo
esperada uma grande afluência dos pilotos Kawasaki num palco que reúne
no seu perímetro vários milhares de aficionados do Motocross nacional.

I Trofu_Kawasaki_-_AmbienteI Trofu_Kawasaki_-_Daniel_Pinto_Lder_MX2
Classificação Atual
I Troféu Kawasaki MX/SX Santander
Infantis
Tiago Margarido, 25 pontos
Alex Almeida, 22 pts.
Iniciados
Duarte Jerónimo, 25 pontos
MX2
Daniel Pinto, 25 pontos
Miguel Peixoto, 22 pts.
Francisco Salgado, 20 pts.
MX1
Daniel Nogueira, 25 pontos
João Moreira, 22 pts.
Lino Araújo, 20 pts.
Apoios:

 

GALERIA DE IMAGENS

GALERIA DE IMAGENS

 

 

Derradeiro grupo de imagens da passagem do Rali de Portugal pelo troço da Lamerinha em Fafe, fotos da autoria de Nuno Dinis Photos.

 

 

Fotos de Nuno Dinis Photos - www.velocidadeonline.comNUJNO54NUNO1NUNO2NUNO3NUNO4NUNO5NUNO6NUNO7NUNO8NUNO9NUNO10NUNO11NUNO12NUNO14NUNO14NUNO15NUNO16NUNO17NUNO18NUNO19NUNO20NUNO21NUNO22NUNO23NUNO24NUNO25NUNO26NUNO27NUNO28NUNO29NUNO30NUNO31NUNO32NUNO33NUNO34NUNO35NUNO36NUNO37NUNO38NUNO39NUNO40NUNO41NUNO42NUNO43NUNO44NUNO45

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt