In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


MOTORTEC MADRID ANUNCIA NOVOS PLANOS

Motortec Automechanika Madrid anuncia os seus novos planos para aumentar ainda mais o setor

A Feira continua a crescer, com os ex-expositores a regressarem e novas empresas adicionadas à lista.

A nova equipa por trás da Motortec Automechanika Madrid, a Feira Espanhola Líder Internacional para a Indústria Automóvel, anunciou os seus novos planos para aumentar ainda mais o setor e criar ainda mais oportunidades de negócios para profissionais, empresas e associações. As primeiras conversas com o setor prevêm um maior crescimento da feira em termos de participantes, expositores e do tamanho total de exposição.

"Nós preparamos uma feira state-of-the-art, projetada para estar ao serviço do pós-venda automóvel e das estações de serviço. Já começámos a dar a conhecer às empresas e organizações profissionais os nossos planos e até agora, a resposta tem sido muito positiva".

Estas são as palavras de Miguel Aguilar, o novo Director da Motortec Automechanika Madrid que lidera uma equipa comercial liderada por Pedro Pedrero (peças e acessórios), Ana Sánchez Terán (estações de serviço e lavagens de carros), Alberto Leal (equipamentos oficinais) e Pilar Heredero (comunicações e atividades). A equipa também conta com a colaboração ativa do Departamento de Desenvolvimento de Negócios, liderada por Carlos González García de la Barga.



Motortec
 

PORSCHE É NOTICIA

 

US Court of Appeals afirma demissão de ações judiciais dos hedge funds

No jurisdição dos EUA de tribunais / Requerentes, no entanto, pode agir contra essa decisão

Stuttgart, 18 de agosto de 2014 Porsche Automobil Holding SE, Stuttgart (Porsche SE), mais um sucesso alcançado Top em processos com US fundos de hedge. O Tribunal de Apelações do Segundo Circuito afirmou a Corte Distrital dos EUA para o Distrito Sul de demissão das ações dos oito fundos de hedge restantes no recurso a partir de 30 de dezembro de 2010, em Nova York, em que a jurisdição dos tribunais norte-americanos, como reivindicado pelos fundos de hedge foi rejeitada.

Os Requerentes afirmado reclamações contra Porsche SE sob os EUA leis de valores mobiliários e ao direito comum Decorrentes de aquisição da Porsche SE e Volkswagen Divulgações sobre ações ordinárias, em 2008, no entanto, os Requerentes podem agir processualmente contra esta decisão.

 

Google Tradutor

 

PROGRAMA DE ACADEMIA

Programa da Academia Automechanika 2014

Entre os dias 16 e 19 com temas de interesse para o mundo do pós venda.

A Automechanika 2014 já tem o seu Programa da Academia fechado. Inúmeras palestras, workshops e discussões fazem parte da Academia, com motivos de interesse para todos os sectores do Aftermarket.

Consulte o Programa da Academia Automechanika aqui: http://www.messelogo.de/au/2014/e-bro_academy_programm/d-gb/xindex.html



atomechanika-acadamy
 

CONDICIONAMENTOS NA A 1 E NA A 3

 

Condicionamento de tráfego na A1

 

Entre 18 e 23 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito dos trabalhos de alargamento e beneficiação do sublanço Carvalhos/Santo Ovídeo, na A1 – Auto-estrada do Norte, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 18 (segunda-feira) para 19 (terça-feira) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 18 e as 01:00 do dia 19, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 295,8

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via direita, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 295,8.

De 19 (terça-feira) para 20 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 19 e as 01:00 do dia 20, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 295,8 e 294,5.

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via direita, no sentido norte/sul, entre os kms 295,8 e 294,5.

De 20 (quarta-feira) para 21 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 20 e as 02:00 do dia 21, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 294,5 e 293.

Entre as 02:00 e as 07:00, corte de via direita e central, no sentido norte/sul, entre os kms 294,5 e 293

De 21 (quinta-feira) para 22 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 21 e as 07:00 do dia 22, corte de via direita, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 296

Entre as 21:00 do dia 21 e as 01:00 do dia 22, corte de via esquerda, no sentido sul/norte, entre os kms 293 e 294,7.

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via direita, no sentido sul/norte, entre os kms 293 e 294,7

De 22 (sexta-feira) para 23 (sábado) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 22 e as 07:00 do dia 23, corte de via direita, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 296

Entre as 21:00 do dia 22 e as 01:00 do dia 23, corte de via esquerda, no sentido sul/norte, entre os kms 294,7 e 295,8

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via direita, no sentido sul/norte, entre os kms 293 e 294,7

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.



Condicionamento de trânsito na A4

Entre 18 e 23 de Agosto

A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de beneficiação de pavimento no sublanço Valongo/Campo, na A4 – Auto-estrada Porto/Amarante, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 18 (segunda-feira) para 19 (terça-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido Amarante/Porto para Porto/Amarante, entre os km 19,5 e 17,7

De 19 (terça-feira) para 20 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido Amarante/Porto para Porto/Amarante, entre os km 18,5 e 16,3

De 20 (quarta-feira) para 21 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido Amarante/Porto para Porto/Amarante, entre os km 17,7 e 16,3

De 21 (quinta-feira) para 22 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido Amarante/Porto para Porto/Amarante, entre os km 17,7 e 15,4

De 22 (sexta-feira) para 23 (sábado) de Agosto

Entre as 21:00 e as 12:00, desvio de trânsito, do sentido Amarante/Porto para Porto/Amarante, entre os km 16,3 e 15,4

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

 

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

Grande belga Prix Preview: Spa 21-24 ago 2014
MÉDIO SOFT E PNEUS AS SEGUINTES FORMULA ONE currículos
As férias de verão
SPA: The Longest LAP e um dos mais exigentes circuitos
DO ANO DE PNEUS
Variável tempo é uma característica marcante das Ardenas CIRCUITO
Milão, 18 de agosto de 2014 - A temporada de Fórmula Um é retomada após uma pausa de três semanas para uma das corridas mais ansiosamente aguardados do ano: Spa-Francorchamps, onde os P Zero Branco pneus médios P Zero e pneus macios amarelo Have Been nomeado, uma escolha mais suave Comparado ao ano passado, para promover "estratégias diferentes. Em pouco mais de sete Quilômetros de extensão, Spa é a volta mais longa do ano, enquanto a mistura de retas rápidas, cantos flat-out, asfalto abrasivo e elevações demoramos ITS colocar máxima pressão sobre os pneus. Como se isso não fosse suficiente, o tempo variável - com chuvas torrenciais freqüentes - são uma característica comum deste circuito pitoresco, localizado nas Ardenas montanhas. Tudo isso pode levar a uma alta incidência de carros de segurança, de modo que a capacidade de reagir rapidamente, assim como a percepção de apresentar uma estratégia eficaz, é vital. Muitas vezes ele pode estar chovendo em uma parte do circuito, mas completamente seco em outra parte, o que significa que a versatilidade de carros, pneus e motoristas é testada ao limite também.
Paul Hembery, diretor de automobilismo da Pirelli: "Spa é um dos circuitos mais épicas do ano, e uma faixa bem sabemos da nossa experiência de corridas de GT na 24 Horas de Spa também. Um pneu adaptável é o elemento chave, capaz de funcionar igualmente bem dentro da grande variedade de pistas e condições climáticas que muitas vezes vê na Bélgica. Apesar do desgaste dos pneus reputação e degradação é tradicionalmente elevada em Spa - o resultado das múltiplas cargas de energia colocar nos pneus - Capaz Temos sido nomeado para os pneus macios aqui, bem como o meio para a primeira vez desde 2011, com o opção mais suave passível de ser a melhor opção na qualificação dois para um intervalo de tempo significativo. Isso é por causa do comprimento do colo, o que significa também que a estratégia é um grande fator em Spa: não há mais tempo para ser ganho e perdeu por estar no pneu certo na hora certa do que em muitos outros locais. É o tipo de corrida onde, sob certas circunstâncias, é absolutamente possível ir do último para o primeiro -. Sempre e que faz para um Grande Prémio muito emocionante "
Jean Alesi, consultor Pirelli: "Spa é simplesmente o melhor Quando se trata de prazer de condução, mas é muito difícil também - tanto em condições molhadas e secas. Do ponto de vista dos pneus, é muito exigente. O asfalto é muito abrasivo, por isso o desgaste dos pneus é sempre alta. Quando eu comecei a dirigir pneus de qualificação de queijo e foi realmente difícil de chegar ao fim de uma única volta lançada sobre aqueles sem experimentar algum tipo de formação de bolhas. No momento em que você tem que a chicane parada de ônibus, pouco antes de os boxes, os pneus foram muito cansados ​​já. Agora é diferente, como os pneus são muito mais resistentes. Você precisa de muito baixo downforce para Spa, caso contrário você não terá a velocidade nas retas, e isso é realmente onde você chegar a tempo. A abrasividade do circuito, na verdade, uma vantagem se torna Quando está molhada, que é uma ocorrência bastante freqüente. Mesmo quando está chovendo, ainda há bastante grip ".
O circuito do ponto de vista dos pneus:
A chave para a gestão de Spa é a quantidade colossal de energia atravessando os pneus, de todas as direções. Na Eau Rouge, por exemplo, os motores estão na máxima potência, os carros que circula 300kph, e existe uma compressão negativa na região de 1 g, bem como cerca de 5 g da força lateral.
Isso se soma a uma demanda sem precedentes sobre a estrutura do pneu e no ombro, não visto em qualquer outro lugar durante o ano
O composto médio de pneus é uma faixa de trabalho baixa, capaz e alcançar um ótimo desempenho mesmo em uma ampla gama de temperaturas baixas -. Que é frequentemente o caso em Spa O pneu macio pelo contrário é um composto de alta faixa de trabalho, adequado para temperaturas mais altas. A chuva é comum em Spa, mas não houve chuva nas 24 Horas de Spa, no mês passado ou no ano passado Belgian Grand Prix também.
O baixo downforce set-up utilizado para Spa Afeta Muitas vezes frenagem. Com menos força empurrando para baixo no carro, pois diminui, há um risco de as rodas travando, o que pode levar a danos nos pneus por meio de manchas planas.
A estratégia vencedora no ano passado foi um dois-rolha, com o Red Bull Sebastian Vettel Completando duas passagens no meio e um stint final sobre o pneu duro (que foram nomeados em 2013) para reivindicar a vitória da segunda posição da grelha. Lotus Romain Grosjean motorista terminou em oitavo, parando apenas uma vez.
Mais informações sobre Spa-Francorchamps e as demandas exclusivas que coloca em pneus pode ser encontrada em uma animação 3D de vídeo com novo visual produzido pela Pirelli. Este é livre de direitos autorais para uso de mídia na Fórmula Um site da Pirelli: www.pirelli.com/f1pressarea
As escolhas de pneus até agora:
  P Zero Red P P Zero Yellow P Zero Branco Laranja Zero
Austrália Suave Médio
Malásia Médio Difícil
Bahrain Suave Médio
China Suave Médio
Espanha Médio Difícil
Monaco Supersoft Macio
Supersoft suave Canadá
Áustria Supersoft Macio
Grã-Bretanha Médio Difícil
Alemanha Supersoft Macio
Hungria Suave Médio
Bélgica Suave Médio
Na P Zero Magazine:
A nova revista P Zero, uma inovação da Pirelli para esta temporada, contém fatos sobre os recursos Grande Prêmio da Bélgica e de estilo de vida sobre a Bélgica ea sua cultura de corrida, assim como tudo o mais acontece no mundo da Pirelli com o passado, presente e futuro . Há até uma nova receita do chef da Pirelli. Esta nova revista eletrônica dinâmica, que também contém vídeos e outros conteúdos interativos atualizados no fim de semana, pode ser acessado através do site da Pirelli no link a seguir: http://magazine.pzero.com/

 

Google Tradutor

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MOVEL - PÇAOS DE FERREIRA

 

Grupo de imagens relativFOX 9064_CopyFOX 9130_CopyFOX 9129_CopyFOX 9128_CopyFOX 9127_CopyFOX 9123_CopyFOX 9122_CopyFOX 9121_CopyFOX 9120_CopyFOX 9119_CopyFOX 9117_CopyFOX 9115_CopyFOX 9065_CopyFOX 9066_CopyFOX 9068_CopyFOX 9069_CopyFOX 9070_CopyFOX 9071_CopyFOX 9072_CopyFOX 9073_CopyFOX 9074_CopyFOX 9075_CopyFOX 9076_CopyFOX 9077_CopyFOX 9078_CopyFOX 9079_CopyFOX 9080_CopyFOX 9081_CopyFOX 9083_CopyFOX 9084_CopyFOX 9085_CopyFOX 9086_CopyFOX 9087_CopyFOX 9088_CopyFOX 9089_CopyFOX 9090_CopyFOX 9091_CopyFOX 9094_CopyFOX 9095_CopyFOX 9096_CopyFOX 9097_CopyFOX 9098_CopyFOX 9099_CopyFOX 9100_CopyFOX 9101_CopyFOX 9102_CopyFOX 9103_CopyFOX 9105_CopyFOX 9106_CopyFOX 9108_CopyFOX 9109_CopyFOX 9110_CopyFOX 9111_CopyFOX 9112_CopyFOX 9114_Copyas à segunda subida dos participantes nos Troféus Feup.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

WITTMAN E BMW IMBATIVEIS NO DTM

WITTMAN E BMW IMBATIVEIS NO DTM

 

Nova corrida e mais uma vitória seguida para o BMW de Marco Wittman, que logo nos treinos começou a demonstrar que estava lai na pista de Nurburgring para vencerm e se assim pensou, assim fez.Depois de ter dominado os treinos, em termos de grelha de partida, teve a seu lado e atrás os Audi de Mortara , Rockenfeller e  Jamie Green.Em relaçãoa  António felix da Costa, o melhor que conseguiu foi um 19º tempo na grelha, isso em parte fruto das adversas condições metereológicas, no entanto enquanto esteve em pista foi rápido, mas no final diria, "é incrivel como tudo muda num espaço dum minuto, pois tinha um excelente tempo,mas de repente no derradeiro minuto, uma série de adversários que estavam atrás de mim, acabam por fazer tempos excelentes e eu atrás do Audoi do Mortara, mas não pude fazer nada ".

 

Sobre a corrida em si, Wittman e o BMW passearam a sua auperioridade, tendo atrás de si os Audi de Rockenfeller e Mortara, surgindo na 4ª posição o Mercedes de Paul di Resta, e Daniel Juncadella.Quanto a António Felix da Costa e o seu BMW, cortaram a linha de chegada na 13ª posição, depois de recuperar algumas posições aos seus adversários, mas o piloto de Lisboa diaria" fez-se o que foi possivel, queria mais, mas não deu, pois parti muito das linhas de trás, mas estou satisfeito com o andamento que impdtm1 Copydtm2 Copydtm3 Copydtm4 Copydtm5 Copydtm6 Copydtm7 Copydtm8 Copydtm9 Copydtm10 Copydtm11 Copydtm16 Copydtm17 Copydtm18 Copydtm19 Copydtm20 Copydtm21 Copydtm21 Copydtm22 Copydtm23 Copydtm24 Copydtm30 Copydtm31 Copydtm32 Copydtm33 Copydtm34 Copydtm35 Copydtm38 Copydtm136 Copydtm138 Copydtm139 Copydtm140 Copydtm141 Copydtm142 Copydtm143 Copydtm144 Copydtm145 Copydtm146 Copydtm147 Copydtm148 Copydtm149 Copydtm149 Copydtm150 Copydtm151 Copydtm152 Copydtm153 Copydtm154 Copydtm155 Copydtm156 Copydtm157 Copydtm158 Copydtm160 Copydtm204 Copydtm204 Copydtm206 Copydtm207 Copydtm209 Copydtm210 Copydtm211 Copydtm212 Copydtm214 Copydtm215 Copydtm300 Copydtm301 Copydtm302 Copyrimi, e o mais importante é que continuo a evoluir

 

VITÓRIA CASEIRA DE BONHOME

VITÓRIA CASEIRA DE BONHOME

 

Paul Bonhome obteve uma surprendente vitória na jornada deste fim de semana em Inglaterra, conseguido assim aproximar-se da liderança do campeonato, pois o seu mais directo adversário , o austriaco Hanner Arch, não se deu lá muito bem com as terras de sua Majestade, tendo terminado num 8º lugar.Em termos de pódio, o mesmo foi rered1 Copyred2 Copyred3 Copyred4 Copyred5 Copyred6 Copyred7 Copyred8 Copyred9 Copyred10 Copyred11 Copyred12 Copyred15 Copyred16 Copyred29 Copyred30 Copyred31 Copyred33 Copyred100 Copyred101 Copyred102 Copyred103 Copyred104 Copyred105 Copyred106 Copyred107 Copyred108 Copyred200 Copyred201 Copyred202 Copyred210 Copyred211 Copyred212 Copyred214 Copyred215 Copyred216 Copyred217 Copyred218 Copyred219 Copyred220 Copyred222 Copyred223 Copyred224 Copyred225 Copyred226 Copyred227 Copyred228 Copypartido por Nigwel Lamb que em duas provas vai ao pódio por duas vezes,, seguido porf Nicolas Ivanofff, que assim completou o pódio.A próxima prova terá lugar nos Estados Unidos dentro de duas semanas.

 

A 1 CONDICIONADA

 

Condicionamento de tráfego na A1

 

Entre 18 e 23 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de beneficiação de pavimento no sublanço Albergaria/Estarreja, na A1 – Auto-estrada do Norte, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 18 (segunda-feira) para 19 (terça-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido sul/norte para norte/sul, entre os kms 254,6 e 255,7

De 19 (terça-feira) para 20 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido sul/norte para norte/sul, entre os kms 254,6 e 255,7

De 20 (quarta-feira) para 21 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito, do sentido sul/norte para norte/sul, entre os kms 255,2 e 257,6

De 21 (quinta-feira) para 22 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito do sentido norte/sul para sul/norte, entre os kms 257,6 e 255,2

De 22 (sexta-feira) para 23 (sábado) de Agosto

Entre as 21:00 e as 07:00, desvio de trânsito do sentido norte/sul para sul/norte, entre os kms 257,6 e 255,2

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Brasileiro de Turismo: Pilotos da Rsports Racing dão show na pista em Cascavel


Tito Morestoni e Edson Coelho Jr., ficaram entre os Top-5 na quinta etapa no retorno da categoria ao oeste paranaense. A próxima etapa, sexta do calendário, terá rodada dupla no autódromo de Curitiba nos dias 30 e 31 de agosto

Com uma corrida espetacular do começo ao fim em Cascavel (PR), Tito Morestoni e Edson Coelho Jr., da Rsports Racing, garantiram a quarta e quinta colocações na quinta etapa da temporada 2014 do Campeonato Brasileiro de Turismo, realizada neste domingo (17) no Autódromo Internacional de Cascavel Zilmar Beux. Com o resultado o Edson manteve a vice liderança na tabela do campeonato com 118 pontos e na soma dos pontos a Rsports Racing também segue vice-líder por equipes, com 232 pontos (apenas dois pontos da primeira colocada).

Tito Morestoni (#3) assegurou o seu melhor resultado desde a sua estreia no campeonato de turismo. "A corrida foi animal! estou muito feliz, o melhor final que já tive na competição! Dei um pulo na largada e fiquei em quarto, depois consegui manter o ritmo. Cuidava para não errar, mesmo assim, tomei duas ultrapassagens, mas recuperei uma e outra veio herdada. Quase consegui meu primeiro pódio e como disse o chefe de equipe, Leandro Romera: não cheguei em quarto, eu andei em quarto", comemora o piloto de Blumenau (SC) que confirma a pista de Cascavel como sua favorita.

O mineiro, Edson Coelho Jr, obteve um resultado satisfatório. "Na corrida fiquei sem potência durante muitas voltas, com isso perdi muitas posições. No fim, ainda consegui recuperar e marcar alguns pontos que com certeza serão importantes para me manter na briga pelo campeonato. Apesar das dificuldades enfrentadas na etapa foi um resultado muito positivo", concluiu o piloto.

Transmissões: A quinta etapa terá transmissão na íntegra na Rede TV! neste domingo, às 14h30 horas e a CATVE e Portal CATVE exibe às 13h.

O piloto Edson Coelho Jr conta com o patrocínio da EMC Sistemas e Neide Buffet. Já Tito Morestoni tem patrocínio da CCJ Turismo e Harsil Corretora de Seguros.

Resultado da quinta etapa:
1) 17 Guilherme Salas, W2 Racing, 36:20.382
2) 31 Marcio Campos, Motortech Competições, a 2.108
3) 23 Marco Cozzi, Carlos Alves, a 2.467
4) 3 Tito Morestoni, R Sports Racing, a 3.075
5) 88 Edson Coelho, R Sports Racing, a 3.319
6) 44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport, a 15.277
7) 77 Pedro Saderi, Hitech Racing, a 15.731
8) 69 Gustavo Myasava, J.Star Racing, a 20.095
9) 79 Adibe Marques, Voxx Racing, a 24.988
10) 18 Beto Giacomello, Mottin Racing, a 1:11.360
11) 36 Flávio Matheus, Carlos Alves, a 1 volta
12) 26 Raphael Abbate, W2 Racing, a 2 voltas
Não completaram 75% da prova:
13) 11 Pedro Boesel, Mottin Racing
14) 2 Mauri Zacarelli, Hitech Racing
15) 27 Christian Castro, Motortech Competições
16) 32 Fernando Fortes, J.Star Racing

PILOTOS
1º) Guilherme Salas, 129 pontos;
2º) Edson Coelho Jr. e Márcio Campos, 118;
4º) Raphael Abbate e Marco Cozzi, 105;
6º) Pedro Boesel, 86;
7º) Flávio Matheus, 81;
8º) Pedro Saderi, 63;
9º) Christian Castro, 62;
10º) Betinho Gresse e Tito Morestoni, 58;
12º) Fernando Fortes, 49;
13º) João Pretto, 46;
14º) Mauri Zacarelli, 40;
15º) Adibe Marques, 32;
16º) Rodrigo Pimenta, 27;
17º) R. Castro, 20;
18º) Renan Guerra, 14;
19º) Gustavo Myasava, 13;
20º) Braga e Beto Giacomello, 11;
22º) Rogério Motta, 10;
23º) Iserhard, 9;
24º) R. Bonora/R. Gil e Constantino, 8;
26º) Faustini e Felipe Neira, 6.

EQUIPES
1) W2 Racing, 234
2) RSports Racing, 232
3) Carlos Alves, 186
4) Motortech Competições, 180
5) Hitech Racing, 103
6) Nascar Motorsport, 97
7) J.Star Racing, 89
8) Mottin Racing, 75
9) RKL Competições, 44
10) HPN Racing Team, 33
11) Voxx Racing, 20

Calendário de 2014 do Campeonato Brasileiro de Turismo:

Etapa 1 - 23 de março - Interlagos/SP (rodada dupla)
Etapa 2 - 13 de abril - Santa Cruz do Sul/RS
Etapa 3 - 01 de junho - Goiânia/GO*
Etapa 4 - 03 de agosto - Interlagos/SP - Corrida do Milhão (Stock Car)*
Etapa 5 - 17 de agosto - Cascavel/PR

Etapa 6 - 31 de agosto - Curitiba/PR*
Etapa 7 - 14 de setembro - Nova Santa Rita/RS-Velopark*
Etapa 8 - 02 de novembro - Tarumã - Viamão/RS
*rodada dupla


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Largada quinta etapa
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Tito Morestoni
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Tito conquistou seu melhor resultado da temporada
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Edson Coelho Jr.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto mineiro, Edson Coelho Jr continua vice-líder
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Grid de largada
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Próxima etapa será no final do mês em Curitiba
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Catarinense Tito Morestoni faz sua segunda corrida pela Rsports Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Passagem na àrea de box em aquecimento para a corrida
Alta | Web

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Bras de Turismo: Gustavo Myasava cruza a linha de chegada em oitavo na quinta etapa em Cascavel


A sexta etapa da temporada está agendada para o dia 31 de agosto no circuito de Curitiba (PR)

A quinta etapa da 2ª edição do Campeonato Brasileiro de Turismo que aconteceu neste domingo (17) na cidade de Cascavel (PR), contou com um cenário de céu aberto, clima agradável que trouxe o público da região para assistir o certame que teve largada às 9h15, no Autódromo Internacional Zilmar Beux. Para a J.Star Racing o saldo do final de semana foi positivo, pois foi a estreia do piloto cascavelense Gustavo Myasava nos carros da mais nova categoria de turismo brasileira formadora de pilotos para a Stock Car.

Myasava #69 fechou a etapa na oitava posição, após 27 voltas do circuito com 3.058 metros de extensão. "Terminei em oitavo, relativamente bom. Poderia ter sido melhor, mas mediante a minha estreia na categoria e adaptação ao carro, cometi alguns erros que servirão de aprendizado para a próxima etapa confirmada com a equipe J.Star Racing em Curitiba no último domingo deste mês", comemora o piloto de 18 anos, que marcou 13 pontos na tabela de classificação do campeonato.

Fernando Fortes largou de 14o. na corrida chegou a nono colocado e foi obrigado a abandonar após 17 voltas com problemas no carro. "Estava com um excelente ritmo no começo, logo nas primeiras voltas pulei para a oitava posição e o carro correspondia bem. Mas, depois da entrada do safety car e a relargada tudo mudou, o motor perdeu rendimento. Depois sai da pista, no retorno fui tocado e com as avarias não tive condições de continuar. Mas para essa próxima, seremos competitivos como estivemos nesta etapa", acrescenta.

Acompanhe a prova - A quinta etapa terá transmissão na íntegra na Rede TV! neste domingo, às 14h30 horas e a CATVE e Portal CATVE exibe às 13h.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Confira o resultado da quinta etapa:

1) 17 Guilherme Salas, W2 Racing, 36:20.382
2) 31 Marcio Campos, Motortech Competições, a 2.108
3) 23 Marco Cozzi, Carlos Alves, a 2.467
4) 3 Tito Morestoni, R Sports Racing, a 3.075
5) 88 Edson Coelho, R Sports Racing, a 3.319
6) 44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport, a 15.277
7) 77 Pedro Saderi, Hitech Racing, a 15.731
8) 69 Gustavo Myasava, J.Star Racing, a 20.095
9) 79 Adibe Marques, Voxx Racing, a 24.988
10) 18 Beto Giacomello, Mottin Racing, a 1:11.360
11) 36 Flávio Matheus, Carlos Alves, a 1 volta
12) 26 Raphael Abbate, W2 Racing, a 2 voltas
Não completaram 75% da prova:
13) 11 Pedro Boesel, Mottin Racing
14) 2 Mauri Zacarelli, Hitech Racing
15) 27 Christian Castro, Motortech Competições
16) 32 Fernando Fortes, J.Star Racing

Após oito corridas, a classificação do Brasileiro de Turismo ficou assim:
1º) Guilherme Salas, 129 pontos;
2º) Edson Coelho Jr. e Márcio Campos, 118;
4º) Raphael Abbate e Marco Cozzi, 105;
6º) Pedro Boesel, 86;
7º) Flávio Matheus, 81;
8º) Pedro Saderi, 63;
9º) Christian Castro, 62;
10º) Betinho Gresse e Tito Morestoni, 58;
12º) Fernando Fortes, 49;
13º) João Pretto, 46;
14º) Mauri Zacarelli, 40;
15º) Adibe Marques, 32;
16º) Rodrigo Pimenta, 27;
17º) R. Castro, 20;
18º) Renan Guerra, 14;
19º) Gustavo Myasava, 13;
20º) Braga e Beto Giacomello, 11;
22º) Rogério Motta, 10;
23º) Iserhard, 9;
24º) R. Bonora/R. Gil e Constantino, 8;
26º) Faustini e Felipe Neira, 6.


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Largada da quinta etapa
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Estreante no campeonato de Turismo, cascavelense Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Fernando Fortes
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Fernando Fortes, piloto da J.Star Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Gustavo durante a corrida deste domingo
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#32 Fortes é o 12o. colocado na tabela do campeonato
Alta | Web

 

7º LUGAR PARA MIGUEL OLIVEIRA

 

Disputa renhida termina com 7º lugar para Miguel Oliveira

 

 GH21484_Copy A 11ª jornada do Campeonato do Mundo de Moto GP terminou hoje com Miguel Oliveira a conquistar a 7ª posição, depois de uma corrida feita em grupo por 17 pilotos. O piloto português fez uma corrida consistente e aguentou sempre o ritmo de corrida no grupo que batalhava pelo pódio. Miguel Oliveira, que durante grande parte da prova lutou por um lugar nos primeiros 5 – posição que chegou a atingir por mais do que uma vez – acabou por concluir a prestação em 7º, com apenas meio segundo de diferença para o primeiro lugar. De salientar que o tempo assinado pelo piloto português foi significativamente melhor que o do ano anterior.

“Hoje a corrida foi bastante complicada; tivemos 17 pilotos a lutarem pelo pódio e, apesar de termos estado sempre na frente da corrida, não termino de todo satisfeito: gostava de poder ter ficado dentro dos 5 primeiros que foi a posição de onde parti mas, de qualquer das maneiras, sinto-me confiante para a próxima corrida.” começa por explicar o jovem de Almada.

A disputa pelo GP da República Checa voltou a revelar o carácter batalhador e persistente do português que nunca desistiu da luta renhida apesar ter sido uma corrida difícil, com muitos momentos inesperados até à bandeirada de xadrez e os dez pilotos da frente separados menos de um segundo: “Esta corrida também era um bocadinho imprevisível, mas eu tentei defender-me o melhor possível, tentei atacar no momento certo mas era de facto muito complicado com tantos pilotos atrás a quererem ultrapassar e eu também a ter muitos pilotos à frente a quererem andar mais... E foi bastante complicado, mas terminando em 7º a 4 milésimas do primeiro não é nada mau.” refere o piloto.

Trabalhando com o intuito de conseguir prestações cada vez melhores e que lhe permitam chegar ainda mais longe, Miguel Oliveira observa ainda que “na última corrida também terminamos a 1,3s na mesma posição por isso considero que, embora não tenhamos melhorado a posição, melhorámos o tempo com que chegamos ao final da corrida. No ano passado terminámos a 21 segundos hoje terminámos a 4 milésimas por isso considero que seja uma melhoria significativa.”

O foco da equipa está já na próxima etapa, em Silverstone, marcado para 29,30 e 31 de Agosto: “Agora para a próxima corrida em Silverstone é preciso levar esta linha de trabalho continuar a dar o nosso máximo, na qualificação tentar fazer melhores posições ainda e na corrida darmos tudo por tudo.” conclui Miguel Oliveira.

 

CORRUPÇÃO NO BRASIL?

CORRUPÇÃO NO BRASIL

 

 

 

Comunicado da Confederação Brasileira de Automobilismo

A Confederação Brasileira de Automobilismo vem a público confirmar e ratificar que todas as contas de sua atual Diretoria (2009/2013) receberam parecer favorável do Conselho Fiscal, foram aprovadas pela Assembleia Geral, sendo que a dos três últimos exercícios foram auditadas por empresa independente de auditoria e colocadas à disposição de todos os interessados no síte da entidade (www.cba.org.br).

A Confederação Brasileira de Automobilismo esclarece que os membros da sua Diretoria não são remunerados e que efetua pagamentos, apenas, a empregados e prestadores de serviço, na forma da lei.

A Confederação Brasileira de Automobilismo informa, ainda, que os seus poderes, a Diretoria, a Assembleia Geral e o Superior Tribunal de Justiça Desportiva são constituídos na forma da lei, sendo que o STJD do Automobilismo é constituído por membros indicados pela Ordem dos Advogados do Brasil, pelos pilotos, pelos Comissários Técnicos e Desportivos (árbitros) e pela própria Confederação, conforme disposto na Lei 9615/88.

A Confederação Brasileira de Automobilismo esclarece que não está sob investigação de qualquer órgão público e que a denúncia feita perante o Ministério Público Federal por ex-dirigentes, afastados do convívio associativo em virtude de comportamento, no mínimo, incompatível com a ética desportiva, recebeu parecer pelo seu arquivamento, estando o procedimento em trâmites burocráticos para tal finalidade.

A Confederação Brasileira de Automobilismo, por derradeiro, informa que está estudando medidas judiciais contra seus detratores, inclusive, em face daqueles que, manipulando fatos sem apurar a verdade, dão eco às denúncias contra esta Confederação.

 

 

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Brasileiro de Turismo: J.Star Racing está confiante em bom resultado neste domingo em Cascavel


A largada da quinta etapa será às 9h15 com transmissão ao vivo pelo Portal Terra e PlayTV

A quinta etapa da temporada 2014 do Campeonato Brasileiro de Turismo, categoria de acesso à Stock Car já tem seu grid definido. A corrida, com largada marcada para às 9h25, terá transmissão ao vivo do Portal Terra Portal Terra e Play TV. Já no período da tarde a CATVE e Portal CATVE exibe às 13h e na íntegra pela RedeTV! às 14h30.

Fernando Fortes, da equipe J.Star Racing, conquistou a 14ª posição no grid da corrida deste domingo (17) no Autódromo Internacional Zilmar Beux, no oeste paranaense. Pilotando pela primeira vez um carro de Turismo, o cascavelense Gustavo Myasava, não participou da tomada de tempos em decorrência de uma batida no segundo treino realizado com chuva pela manhã e largará da 15ª posição.

Insatisfeito com o resultado, Fernando Fortes #32 espera uma boa prova para ganhar pontos importantes para o time. "O carro tinha um bom acerto para a chuva e para a tomada de tempos com pista seca não correspondeu como esperávamos, por isso faremos mudanças no veículo para a corrida e fazer uma boa prova de recuperação", diz o piloto de São Bernardo do Campo/SP.

Com o imprevisto, Gustavo Myasava diz que não pode testar o verdadeiro potencial do conjunto e espera fazer uma boa corrida nessa fase de adaptação ao carro. "Com a minha batida no treino livre da manhã na curva zero, acabamos perdendo tempo de treino na pista e esta foi a primeira vez que andei na chuva com este carro", fala o piloto.

"Infelizmente não foi o treino que nós esperávamos. Em um grid onde 16 pilotos estão bastante competitivos, qualquer deslize prejudica bastante. De toda forma, estou confiante em um bom ritmo de corrida", finalizou Myasava, de 18 anos.

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

A corrida terá 35 minutos de duração mais uma volta. Confira o grid de largada:

1) 26 Raphael Abbate, W2 Racing, 1:06.249
2) 36 Flávio Matheus, Carlos Alves, 1:06.300
3) 17 Guilherme Salas, W2 Racing, 1:06.325
4) 31 Márcio Campos, Motortech Competições, 1:06.332
5) 88 Edson Coelho, RSports Racing, 1:06.526
6) 23 Marco Cozzi, Carlos Alves, 1:06.734
7) 44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport, 1:06.857
8) 77 Pedro Saderi, Hitech Racing, 1:06.909
9) 3 Tito Morestoni, RSports Racing, 1:07.211
10) 11 Pedro Boesel, Mottin Racing, 1:07.217
11) 27 Christian Castro, Motortech Competições, 1:07.235
12) 2 Mauri Zacarelli, Hitech Racing, 1:07.492
13) 79 Adibe Marques, Voxx Racing, 1:07.995
14) 32 Fernando Fortes, J.Star Racing, 1:08.032
15) 69 Gustavo Myasava, J.Star Racing, sem tempo
16) 18 Beto Giacomello, Mottin Racing, sem tempo


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#69 Estreante Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Em Cascavel é a primeira corrida do calendário no sul do país
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#32 Fortes_J.Star Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Fernando Fortes
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Largada será às 9h15 deste domingo (17)
Alta | Web

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Brasileiro de Turismo: Depois de definição acirrada do grid, Edson e Tito largam entre os Top-10


A corrida da quinta etapa está prevista para este domingo, às 9h15 com 35 minutos de prova, mais uma volta

Grid de largada definido para a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo 2014. O treino classificatório realizado no Autódromo Internacional de Cascavel Zilmar Beux, na tarde deste sábado (16/08), garantiu para a equipe Rsports Racing a 5ª colocação com o piloto Edson Coelho Jr., que na Capital do Oeste Paranaense faz sua estreia com o carro #88. Já Tito Morestoni comandou o carro #3 e fez o 9o melhor tempo.

Na briga pelo título Edson aparece na vice liderança e segue vivo na disputa. "O quinto lugar foi um resultado muito bom, pois no único treino no seco dei poucas voltas, então no 'qualy' que consegui achar as referências e, se considerarmos que ainda estamos em um processo de evolução. Pela proximidade entre os tempos dá para ver que será uma corrida bem disputada e garantir estar no pelotão é um bom início", finalizou o piloto mineiro.

Morestoni gostou do carro e do trabalho realizado pela sua equipe. "O acerto do carro está muito bom e no geral estou muito competitivo. Vamos arrumar a homocinética que apresentou problemas no classificatório, depois de uma escapada da pista e fez com que eu perdesse a chance de buscar largar mais a frente. Só tenho que agradecer a equipe RSports Racing pelo excelente empenho e o bom carro que me entregaram, sem dúvida o melhor carro que já tive", finalizou o piloto de Blumenau (SC).

Transmissões: No domingo (17/08), a corrida será às 09h00 AO VIVO pelo Portal Terra e Play TV. Você pode acompanhar ainda pela CATVE e Portal CATVE às 13h00 e na íntegra pela RedeTV! às 14h30.

O piloto Edson Coelho Jr conta com o patrocínio da EMC Sistemas e Neide Buffet. Já Tito Morestoni tem patrocínio da CCJ Turismo e Harsil Corretora de Seguros.

Confira como ficou o grid de largada da quinta etapa:

1) 26 Raphael Abbate, W2 Racing, 1:06.249
2) 36 Flávio Matheus, Carlos Alves, 1:06.300
3) 17 Guilherme Salas, W2 Racing, 1:06.325
4) 31 Márcio Campos, Motortech Competições, 1:06.332
5) 88 Edson Coelho, RSports Racing, 1:06.526
6) 23 Marco Cozzi, Carlos Alves, 1:06.734
7) 44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport, 1:06.857
8) 77 Pedro Saderi, Hitech Racing, 1:06.909
9) 3 Tito Morestoni, RSports Racing, 1:07.211
10) 11 Pedro Boesel, Mottin Racing, 1:07.217
11) 27 Christian Castro, Motortech Competições, 1:07.235
12) 2 Mauri Zacarelli, Hitech Racing, 1:07.492
13) 79 Adibe Marques, Voxx Racing, 1:07.995
14) 32 Fernando Fortes, J.Star Racing, 1:08.032
15) 69 Gustavo Myasava, J.Star Racing, sem tempo
16) 18 Beto Giacomello, Mottin Racing, sem tempo


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Edson Coelho Jr.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Treino desta manhã foi com chuva
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#3 Morestoni, Rsports Racing, novo no grid
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Tito Morestoni durante o primeiro treino
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#88 é o quinto no grid da quinta etapa com largada às 9h15 deste domingo
Alta | Web

 

OLIVEIRA EM 5º EM BRNO

 

5ª Posição para Miguel Oliveira na qualificação em BRNO


Melhor qualificação do ano para o piloto português


 GH21516_Copy A qualificação desta manhã terminou com Miguel Oliveira a garantir um lugar na 2.ª linha da grelha de partida para amanhã. A assinar o 5.º melhor tempo da sessão, 2m08.095s, piloto português, que no ano passado partiu da 10.ª posição, e conseguiu chegar ao 9º, eleva assim as expetativas da sua participação na corrida para o Grande Prémio da República Checa do Campeonato do Mundo de MotoGP.

No final de uma qualificação difícil, com algumas ameaças de chuva e algumas paragens, Miguel Oliveira consegue aos comandos da Mahindra MGP3O, fazer o seu melhor tempo do fim-de-semana, qualificando à frente do atual líder do campeonato, Jack Miller.

“A qualificação correu bastante bem apesar das condições complicadas que nós sofremos tanto no início como também no final com a chuva a interromper várias vezes e não pudemos fazer uma qualificação normal mas no último esforço final conseguimos fazer uma boa volta e colocarmo-nos na quinta posição As últimas qualificações não têm sido muito positivas e obriga-me na corrida sempre a fazer grandes recuperações; mas espero que partindo já da segunda fila me possa colocar muito melhor para a corrida e não ter de esforçar tanto a mota e também a mim mesmo e simplesmente conseguir seguir os demais.”, avança o piloto luso, satisfeito com a posição alcançada.

O sábado começou com o Miguel Oliveira a terminar na 7ª posição na última sessão de treinos livres com tempos muito próximos. Esta proximidade voltou a repetir-se na qualificação, antecipando uma disputa renhida para a corrida de amanhã: “A corrida de certeza que vai ser em grupo e vamos ter de jogar muito bem com isso; não arriscar muito, não sofrer nenhuma queda e tentar chegar ao final o melhor possível. “ revela o piloto.

 A corrida está marcada para amanhã às 11h00 horas locais (10h00 em Lisboa) e Miguel Oliveira mostra-se confiante no trabalho realizado. “Na mota não fizemos grandes alterações simplesmente um pouco de ajustamentos na suspensão dianteira para nos ajudar a fazer mais velocidade por curva e resultou bastante bem e agora é concentrarmo-nos no ritmo de amanhã no warm up e encararmos a corrida com positivismo”, concluiu o único português em competição.

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Treinos produtivos em Cascavel para a Rsports Racing no Brasileiro de Turismo


A corrida da quinta etapa está prevista para este domingo, às 9h15 com 35 minutos de prova, mais uma volta

Edson Coelho Jr. e Tito Morestoni, equipe Rsports Racing, esperam brigar pelo pódio na quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo que acontece neste domingo, 17 de agosto no Autódromo Zilmar Beux, na cidade de Cascavel, localizada ao oeste paranaense. Nesta sexta-feira à tarde a primeira sessão de treinos abriu as atividades para as equipes, Já neste sábado serão mais duas entradas na pista para o segundo treino livre e o classificatório para a formação do grid do domingo que terá largada às 9h15.

O mineiro Edson Coelho Jr (#88), vice-líder do campeonato com 102 pontos (a apenas três pontos do líder), deu suas primeiras voltas na pista com o carro do Campeonato Brasileiro de Turismo. "Dei poucas voltas, pois estamos realizando ajustes no carro e não consegui encontrar o limite da pista com esse veículo em todas as curvas. O treino é uma boa referência para obter amanhã o tempo que precisamos", explicou o piloto de Belo Horizonte (MG).

Tito Morestoni está radiante no comando do bólido (#3) da equipe Rsports Racing em um dos seus autódromos favoritos e contou como foram as primeiras voltas da quinta etapa no traçado cascavelense. "Eu me atrapalhei um pouquinho no começo do treino, mas foi para aquecer e tomar mão do carro nessa pista, tive um proveito bom do treino, vamos trabalhar bastante e estaremos competitivos para a corrida", disse o catarinense.

Transmissões: Nesta etapa o Treino Classificatório será AO VIVO pelo Portal Terra, CATVE e Portal CATVE a partir das 12h45 de sábado (16/08). No domingo (17/08), a corrida será as 09h00 AO VIVO pelo Portal Terra e Play TV. Você pode acompanhar ainda pela CATVE e Portal CATVE as 13h00 e na íntegra pela RedeTV! as 14h30.

O piloto Edson Coelho Jr conta com o patrocínio da EMC Sistemas e Neide Buffet. Já Tito Morestoni tem patrocínio da CCJ Turismo e Harsil Corretora de Seguros.

Confira como ficou o primeiro treino, nesta sexta-feira:

1) 36 Flávio Matheus, Carlos Alves, 1m06s905
2) 11 Pedro Boesel, Mottin Racing,1m06s919
3) 17 Guilherme Salas, W2 Racing, 1m07s016 ,
4) 26 Raphael Abbate, W2 Racing,1m07s062 ,
5) 44 Betinho Gresse, Nascar Motorsport, 1m07s136
6) 31 Márcio Campos, Motortech Competições,1m07s200
7) 27 Christian Castro, Motortech Competições,1m07s220
8) 77 Pedro Saderi, Hitech Racing,1m07s427
9) 23 Marco Cozzi, Carlos Alves,1m07s451
10) 3 Tito Morestoni, RSports Racing,1m07s544
11) 88 Edson Coelho, RSports Racing, 1m07s864

12) 2 Mauri Zacarelli, Hitech Racing,1m08s025
13) 32 Fernando Fortes, J.Star Racing,1m08s234
14) 69 Gustavo Myasava, J.Star Racing, 1m08s625
15) 79 Adibe Marques, Voxx Racing,1m09s219
16) 18 Beto Giacomello, Mottin Racing,1m11s640

Programação de pista em Cascavel, de 15 a 17/8

Sábado (16/08):
08h10-09h10 - 2o Treino Livre CBTurismo
09h20-10h20 - 2o Treino Livre (Grupo 1) - Stock Car
10h30-11h30 - 2o Treino Livre (Grupo 2) - Stock Car
13h00-13h20 - Classificação CBTurismo
14h00-15h00 - Classificação Stock Car

Domingo (17/08):
09h15 - Largada CBTurismo (35 minutos de prova + 1 volta) -
11h00 - Largada Corrida 1 Stock Car (40 minutos de prova + 1 volta)
12h13 - Largada Corrida 2 Stock Car (20 minutos de prova + 1 volta)


Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#88
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Edson Coelho Jr.
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Tito Morestoni
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#03
Alta | Web

 

KARTING - BRASIL

 

Mineiro Paulo Victor volta a acelerar na sexta etapa
da Copa São Paulo Light de Kart




Quanto mais corridas, melhor. Assim deve ser a vida de um piloto de kart rumo ao sonho de brilhar no automobilismo e superar os vários degraus da escalada rumo ao topo. Por isso mesmo é que o mineiro Paulo Victor (Cemig Telecom/Gasmig/Santanense/Hermes Pardini) não tem do que reclamar. Um mês depois de se tornar o terceiro melhor do país na categoria Júnior, na Arena Kirin, em Itu, ele está de volta à pista em busca de mais um bom resultado, e de se manter na briga por outro título. Neste sábado, o desafio é a sexta etapa da Copa São Paulo Light de Kart, no Kartódromo da Granja Viana, em Aldeia da Serra.

Paulo Victor não participou da primeira etapa da competição e, na segunda, acabou envolvido em um acidente. Como se não bastasse, teve a missão de conseguir o acerto ideal para o chassis Techspeed, o que veio à custa de muito trabalho e treinos. Prova disso é que na quinta etapa do Light, em Itu, ele ficou com a segunda posição (com os mesmos pontos do vencedor) e entrou definitivamente na briga pelo título da Júnior. Em 2012, ele foi o melhor na Júnior Menor. E neste ano está muito próximo de se tornar o primeiro campeão do Top Kart Brasil – a etapa decisiva será disputada no fim do mês em Vespasiano, na Grande BH.

"Estou muito animado, os últimos resultados foram bastante positivos e, depois do começo complicado no Light, fui muito bem em Itu. Temos tudo para brigar pela vitória, o que seria um incentivo a mais para a final do Top Kart", explica o piloto de Belo Horizonte. A programação da sexta etapa da Copa SP Light começa com a tomada de tempos, às 8h30, seguida pela primeira bateria, às 10h12, e pela segunda, ao meio dia.



 

PEDALAR SOLIDÁRIO

 

Pedalar Solidário com 1ª missão cumprida

Leilão continua para angariação de verbas destinadas ao Tiago e ao Vitor

 

Rui Silva, o mentor do projeto Pedalar Solidário, completou com sucesso a ligação entre a Áustria a Portugal, um percurso feito de bicicleta e com o objetivo de angariar fundos e divulgar as causas do Tiago e do Vítor.

Rui Silva, que saiu da localidade de Matthigofen no dia 26 de Julho chegou a Glória do Ribatejo três dias antes da data limite estabelecida, tendo efetuado cerca de 2600km sempre em bicicleta. O seu trajeto passou por seis países: Austria, Alemanha, norte de Itália, travessia dos Alpes e costa francesa, passagem pelo sul de Espanha e entrada em Portugal pelo interior alentejano.


Apaixonado pelo ciclismo e praticante das duras maratonas de BTT, Rui Silva organizou o projeto Pedalar Solidário de forma a obter verbas que ajudem o Tiago e o Vítor a terem acesso a melhores cuidados médicos. O Tiago Coelho é uma criança com sete anos de idade que sofre de paralisia cerebral desde que nasceu e que mensalmente necessita de dispendiosos tratamentos. Já o Vítor sofre de Síndrome de Paraganglioma e Feocromocitoma Familiar, condição que lhe provoca tumores. O Vítor procura atualmente os meios económicos que lhe permitam ser internado numa clínica alemã que pode solucionar o seu problema.

 

Veja a entrevista com Rui Silva aqui: http://youtu.be/ls3CVgUIFKcChegada a_Portugal_Copy

 

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA É NOTICIA


Duda Bairros/Vicar
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Stock Car corre em Cascavel neste final de semana
Alta | Web

Comissário Técnico da CBA ministra palestra na Faculdade de Engenharia de Cascavel

Evento desta sexta-feira é destinado aos alunos do curso de Engenharia Mecânica e contará com a presença de comissários técnicos e desportivos

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) promove na noite desta sexta-feira (15) uma palestra dedicada aos alunos do curso de Engenharia Mecânica da Faculdade Assis Gurgazs (FAG), na cidade de Cascavel (PR).

Gustavo Calheiros Luiz de Souza, comissário técnico da CBA foi o idealizador e será o responsável por ministrar a palestra, que contará ainda com o coordenador do curso, Professor Emerson Eduardo Formigoni, e os comissários da Confederação que trabalharão na sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car, que acontece na cidade do oeste paranaense neste final de semana.

A palestra será aberta a alunos dos vários cursos da entidade de ensino, mesmo que o público-alvo seja os alunos de engenharia. Calheiros conta que a pauta abrange informações das atividades e responsabilidades dos comissários da prova, como uma apresentação geral da atuação dos oficiais de pista da CBA. "Mostraremos as características técnicas da competição de do próprio carro da Stock Car, com as curiosidades e controles técnicos utilizados pelos pilotos e a responsabilidade dos comissários da CBA", completa Gustavo Calheiros.

Além do encontro na sexta-feira, um grupo de aproximadamente 20 alunos indicados pelo coordenador do curso de engenharia acompanharão in loco a rodada dupla da Stock Car com os oficiais de pista da CBA nos controles técnicos da prova. Os universitários participarão das vistorias técnicas prévias de segurança e dos procedimentos durante treinos classificatórios e prova no Autódromo Zilmar Beux de Cascavel.
 

OLIVEIRA SEM SORTE

 

Miguel Oliveira sofre queda nos primeiros treinos livres em BRNO

 GH21484_Copy

 Miguel Oliveira conseguiu hoje o 15º melhor tempo do dia no primeiro dia de treinos, em BRNO, República Checa, para a 11ª etapa do campeonato do mundo de Moto GP na categoria de Moto 3, apesar de ter sofrido uma queda na segunda sessão do dia.

Após um primeiro treino, de ritmo consistente e competitivo, que culminou com o piloto português a conseguir o 16º melhor tempo, a pouco mais de um segundo da melhor marca (2m09,929s), a segunda sessão ficou marcada por uma queda aparatosa sem consequências graves para o jovem de Almada que o impediu de estar em pista durante grande parte do tempo cumprindo apenas sete voltas; isto corresponde a aproximadamente metade das que os pilotos da frente conseguiram realizar.

“Na primeira sessão de treinos voltei a sentir os mesmos problemas que no ano passado. Embora tenha sido mais rápido desde o início, a moto não virava como eu queria e isso não permite abrir gás mais cedo.” Começa por resumir o jovem piloto português.

Apesar do contratempo, Miguel Oliveira ainda voltou à pista nos últimos sete minutos para tentar recolher mais algumas sensações sobre o circuito e, no curto período que teve em pista, registou contudo uma irrepreensível recuperação, conseguindo melhorar os tempos em relação ao seu primeiro registo do dia (2.09,539s).

O piloto português encontra-se bem e motivado para a classificação de amanhã e mantém o bom presságio para os próximos desempenhos e as recentes alterações necessita de mais atenção: “Foram feitas algumas afinações para a 2ª sessão que resultaram bem até sofrer uma queda quando estava mais rápido 5 km/h nessa curva. Sinto que a moto melhorou mas agora sou eu que preciso de melhorar as minhas dores.”

Os primeiros treinos estão agendados para amanhã às 08h00 e a qualificação para as 11h35, hora de Lisboa.

 

EXTREME SALING EM CARDIFF

 

Tripulação mudanças significativas para nove da frota de 11 barcos.
  - Cardiff Harbour Festival aguarda ansiosamente o retorno do Extreme Sailing Series ™, apresentado pela Land Rover em 2013, que atraiu 120 mil espectadores. Assista ao vídeo promocional aqui.
  - Land Rover Embaixador Global Hannah Branco e marinheiro profissional David Carr para Lojas on-line fornecer comentários corrida ao vivo: Sábado 23 - Segunda-feira 25, 1530-1700BST.
  - Mais recente marca Awlgrip da AkzoNobel a parceria com a Extreme Sailing Series.

Excitação está construindo na capital galesa, como a frota de 11 de alto desempenho extremo 40 catamarãs estão se preparando para dobrar as velas gigantes, afinar as suas máquinas de velocidade e trazer para Cardiff Bay Stadium Racing, como o título com a Lei Harbour Festival, 22 -25 agosto. A lei, que é apresentado por principal parceiro Series Land Rover, vai ver o lançamento da frota para a segunda metade da série 2014, e os 55 marinheiros de elite estão ansioso para correr, tendo passado se enfrentaram há oito semanas em São Petersburgo, Rússia.

Um homem que sabe melhor do que a maioria do estádio Cardiff é The Wave, Muscat capitão de, Leigh McMillan, após ter terminado em segundo lugar em 2013 e 2012, respectivamente. "Cardiff como um local de corrida é muito complicado. Com grandes edifícios em todo o curso, o vento é um grande desafio e estou certo de que este ano não vai deixar de entregar um evento diversificado, desafiador e excitante. "Em 2013, 120 mil espectadores lotaram a Bay para assistir a corrida, algo McMillan apreciava. "Ter uma multidão durante a competição é um grande zumbido, e competindo em um feriado oficial em Cardiff vai certamente Lojas proporcionar um excelente ambiente para aumentar o tempo no autódromo. Deve ser muito divertido. "

Cardiff verá mudanças significativas para a tripulação de nove das equipes, incluindo Reino Unido a bordo do barco casa, JPMorgan BAR. Paul Campbell-James da Grã-Bretanha - um vencedor duas vezes do Sailing Series Extreme - tenha transferido da Rússia para a equipa Team de Ben Ainslie, Substituição Paul Goodison como vela grande aparador. Também Pippa Wilson vai estar ausente do line-up para este evento, sendo substituída por rapaz Welsh e Team GB 49er marinheiro Bleddyn Mon, anteriormente de The Wave, Muscat, que é certo para trazer o apoio da torcida local. Olhando para o evento, Ainslie comentou: "Estamos esperando algum sólido, desafiando corridas em uma pequena pista de corridas, compacto Vai ser um local complicado para a vela, mas estádio de corrida em que é melhor é também o feriado de banco por isso estamos.. esperando por uma volta forte para fora e estão ansiosos para competir entre as multidões em casa, no coração da baía. "

Kiwi Phil Robertson, que alcançou enorme sucesso no World Match Racing Tour, irá substituir Campbell-James no comando da equipe Rússia Gazprom. Tendo passado navegou no circuito em 2013 com ChinaSpirit, Robertson está ansioso para voltar para o pau. "Eu realmente espero que eu possa fazer o mesmo impacto que eu fiz no ano passado com a China Espírito. Eu vou ser o mais preparado possível e tenho a sorte de ter uma grande equipe por trás de mim e da experiência de Cardiff do ano passado. Definitivamente, existem alguns truques para navegar em Cardiff. Eu não tenho nenhuma dúvida que todos os times teriam feito seu estudo sobre Cardiff. "

SAP Extreme Sailing equipe tem também duas adições à anunciaram sua Extreme Sailing Series Desafio, com a Copa marinheiro americano Christian Kamp (DEN) e experiente extremo 40 marinheiro Brad Farrand (NZL) fortalecer a sua line up. Co-skipper Rasmus Kostner disse das novas adições: "Estamos muito satisfeitos em recebê-cristã e Brad para a equipe, ele vai garantir que continuamos a construir a nossa posição atual e desafio para o Extreme Sailing Series pódio, que sempre foi nosso . objetivo "Indo a falar sobre Cardiff Bay, Kostner continuou:" Cardiff é uma grande pista de corridas, temos um bom desempenho no passado. Eu acredito que uma boa partida e para navegação será fundamental Especialmente se experimentar as condições de vento como nos anos anteriores. Cardiff é um ótimo lugar para velejar e agradecemos o grande número de espectadores que acabam de assistir a corrida. "

Cardiff também verá o retorno de boas-vindas de Styles Hugh da Grã-Bretanha para a frota, como aparador de vela de proa com GAC Pindar. Styles, um marinheiro experiente gato tendo representado Equipe GB no Sydney Olimpíadas no Tornado 2000 e como cinco vezes medalhista dos Campeonatos do Mundo F18, última competiu na série em 2011 e tem sido um rosto no circuito desde o inaugural série em 2007. 2014 tem sido um pouco de um batismo de fogo para os australianos, que são atualmente 11 na tabela de classificação, e seu campeão olímpico capitão Nathan Wilmot Hugh espera ser capaz de ajudar a impulsionar o time no ranking. "Aprendemos com cada lote como uma equipe na Rússia, em algumas condições interessantes. Cardiff será outro desafio com diferentes condições por isso deve ser uma boa diversão novamente. Temos Styles Hugh juntar a nós para esta regata e vai ser bom para conseguir alguém elses ideias e continuar a melhorar. Espero que possamos nos mover um pouco mais acima do quadro de pontuação em Cardiff e desfrutar da regata lá. "

Dean Barker voltará a assumir as rédeas do Emirates Team New Zealand onça amoras, após dar-lhes até o seu jovem protegido Peter Burling em Qingdao e São Petersburgo, onde Burling conseguiu relógio até dois pódios consecutivos.

Líderes série atual Alinghi vai receber de volta Anna Tunnicliffe para o papel de estrategista, ao largo das costas de seu recente sucesso Cruz Fit jogos, enquanto a Red Bull Sailing Team recrutaram Shaun Mason, anteriormente da GAC Pindar, para substituir Nick Blackman, Realteam vai acolher de Bruno Barbarin volta à equipe australiana e Ted Hackney fará sua estréia com a Oman Air. Groupama Sailing Team e The Wave, Muscat permanecem inalterados.

Os organizadores da Extreme Sailing Series, OC Desporto, também anunciou a adição localização de um novo acordo de vários anos com fornecedor AkzoNobel - empresa de tintas e revestimentos líderes globais - para promover Top Series Fortalecer a crescente família de parceiros. AkzoNobel irá Lojas fornecer soluções de revestimento para a frota Extrema 40 com o melhor suporte para recolocar os barcos a cada ano. Leia mais aqui.

Cardiff Harbour Festival hospeda Extreme Sailing Series Act 5, Cardiff, apresentado por listas de tripulantes Land Rover:

Alinghi (SUI)
  Skipper / Helm: Morgan Larson (EUA)
  Estrategista: Anna Tunnicliffe (EUA)
  Grosssegel Guarnição: Pierre-Yves Jorand (SUI)
  Vela de proa da guarnição: Nils Frei (SUI)
  Bowman: Yves DeTrey (SUI)

Emirates Team New Zealand (NZL)
  Skipper / Helm: Dean Barker (NZL)
  Floater: Edwin Delaat (NZL)
  Grosssegel Guarnição: Ray Davies (NZL)
  Vela de proa da guarnição: James Dagg (NZL)
  Bowman: Jeremy Lomas (NZL)

GAC Pindar (AUS)
  Skipper / Helm: Nathan Wilmot (AUS)
  Estrategista / Grosssegel Guarnição: Seve Jarvin (AUS)
  Vela de proa Aparadores: Estilos Hugh (GBR) / Ed Smyth (AUS)
  Bow: James Wierzbowski (AUS)

Gazprom Team Russia (RUS)
  Skipper / Estrategista: Igor Lisovenko (RUS)
  Helm: Phil Robertson (NZL)
  Grosssegel Guarnição: Matt Adams (GBR)
  Vela de proa da guarnição: Pete Cumming (GBR)
  Bowman: Aleksey Kulakov (RUS)

Groupama Sailing Team (FRA)
  Skipper / Helm: Franck Cammas (FRA)
  Estrategista: Tanguy Cariou (FRA)
  Grosssegel Guarnição: Motteau Romain (FRA)
  Vela de proa da guarnição: Thierry Fouchier (FRA)
  Bowman: Devan Le Bihan (FRA)

J.P BAR Morgan (GBR)
  Skipper / Helm: Ben Ainslie (GBR)
  Floater: Bleddyn seg ​​(GBR)
  Grosssegel guarnição: Paul Campbell-James (GBR)
  Vela de proa da guarnição: Nick Hutton (GBR)
  Bowman Matt Cornwell (GBR)

Oman Air (OMA)
  Skipper / Helm: Rob Greenhalgh (GBR)
  Grosssegel Guarnição: Kyle Langford (AUS)
  Vela de proa da guarnição: Ted Hackney (AUS)
  Arqueiros: Hashim Al Rashdi (OMA) / Musab Al Hadi (OMA)

Realteam (SUI)
  Skipper / Grosssegel guarnição: Jérôme Clerc (SUI)
  Helm: Arnaud Psarofaghis (SUI)
  Estrategista Bruno Barbarin (FRA)
  Vela de proa da guarnição: Bryan Mettraux (SUI)
  Bowman: Thierry Wasem (SUI)

Red Bull Sailing Team (AUT)
  Skipper / Helm: Roman Hagara (AUT)
  Estrategista: Hans-Peter Steinacher (AUT)
  Floater: Stewart Dodson (NZL)
  Vela de proa da guarnição: Mark Bulkeley (GBR)
  Bowman: Shaun Mason (GBR)

SAP Extreme Sailing Team (DEN)
  Co-Skipper / Helm: Jes Gram-Hansen (DEN)
  Co-Skipper / Estrategista: Rasmus Kostner (DEN)
  Grosssegel guarnição: Thierry Douillard (FRA)
  Vela de proa da guarnição: Christian Kamp (DEN)
  Bowman: Nicolai Sehested (DEN) / Brad Farrand (NZL)

The Wave, Muscat (OMA)
  Skipper / Helm: Leigh McMillan (GBR)
  Estrategista: Sarah Ayton (GBR)
  Grosssegel Guarnição: Pete Greenhalgh (GBR)
  Vela de proa da guarnição: Kinley Fowler (NZL)
  Bowman: Nasser Al Mashari (OMA)EXT1 Copy

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Brasileiro de Turismo: Pilotos da Rsports Racing disputam a quinta etapa, no domingo, em Cascavel


O vice-líder do campeonato Edson Coelho Jr e o novo piloto da equipe Tito Morestoni têm boas expectativas para corrida no autódromo paranaense

Após um pequeno intervalo de quinze dias, o grid do Campeonato Brasileiro de Turismo - categoria de acesso à Stock Car - se reúne novamente, desta vez, em terras paranaenses. Os pilotos da equipe Rsports Racing Edson Coelho Jr e Tito Morestoni disputam neste domingo, 17, a quinta etapa do campeonato e a oitava corrida da temporada, no Autódromo Internacional de Cascavel - Zilmar Beux. Diferentemente da etapa anterior, esta terá apenas uma corrida com largada, a partir das 9h15.

Vice-líder do campeonato com 102 pontos (a apenas três pontos do líder), o mineiro Edinho, já conhece bem a pista e está bem confiante para buscar um bom resultado. "Acredito que as características do traçado com média de velocidade elevada, se encaixam bem com o comportamento do nosso carro. Assim sendo, a expectativa é estar, novamente, na briga pela pódio", afirma o piloto do carro #88.

Na etapa anterior, disputada no início do mês em Goiânia, Edinho perdeu a liderança para Guilherme Salas devido a alguns incidentes com o carro. "Naquela corrida alguns incidentes causaram danos que comprometeram o desempenho do carro. Nessa etapa, precisamos aproveitar bem os treinos para desenvolver o acerto e encontrar novamente o comportamento ideal em pista", explica.

Já Morestoni, faz a segunda etapa da temporada com a Rsports Racing, pilotando o carro #3. "A minha expectativa é muito boa, pois estou bem satisfeito com a nova equipe, me sinto confiante e competitivo neste autódromo, que aliás é meu favorito, por ser desafiador. Se tudo correr como o previsto acredito que conseguiremos colher bons frutos", ressalta o piloto catarinense.

Como será apenas uma corrida no fim de semana, Morestoni pretende completar a prova sem correr riscos. "O importante no domingo é terminar, para manter uma constância e tentar conseguir alguns pontos para o campeonato", finaliza o blumenauense.

A equipe Rsports Racing, do ABC Paulista, é a atual vice-líder do campeonato, com 199 pontos ( a apenas dois pontos da equipe líder). A programação do Campeonato Brasileiro de Turismo começa na sexta-feira, às 13h50 com os treinos livres. O Portal Terra e a PlayTV farão a transmissão ao vivo e a RedeTV! transmitirá o VT para todo o Brasil no domingo, a partir das 14h30.

O piloto Edson Coelho Jr conta com o patrocínio da EMC Sistemas e Neide Buffet. Já Tito Morestoni tem patrocínio da CCJ Turismo e Harsil Corretora de Seguros.

Programação de pista em Cascavel, de 15 a 17/8

Sexta-feira (15/08):
09h40-10h00 - 1o Treino Extra (Grupo 1) - Stock Car
10h10-10h30 - 1o Treino Extra (Grupo 2) - Stock Car
12h00-12h20 - 2o Treino Extra (Grupo 1) - Stock Car
12h30-12h50 - 2o Treino Extra (Grupo 2) - Stock Car
13h50-14h30 - 1o Treino Livre (Grupo 1) - CBTurismo
14h40-15h20 - 1o Treino Livre (Grupo 2) - CBTurismo
15h30-16h10 - 1o Treino Livre (Grupo 1) - Stock Car
16h20-17h00 - 1o Treino Livre (Grupo 2) - Stock Car

Sábado (16/08):
08h10-09h10 - 2o Treino Livre CBTurismo
09h20-10h20 - 2o Treino Livre (Grupo 1) - Stock Car
10h30-11h30 - 2o Treino Livre (Grupo 2) - Stock Car
13h00-13h20 - Classificação CBTurismo
14h00-15h00 - Classificação Stock Car

Domingo (17/08):
09h15 - Largada CBTurismo (35 minutos de prova + 1 volta) -
11h00 - Largada Corrida 1 Stock Car (40 minutos de prova + 1 volta)
12h13 - Largada Corrida 2 Stock Car (20 minutos de prova + 1 volta)

Classificação do Campeonato após quatro etapas (TOP 5):

Pilotos
1) Guilherme Salas, 105 pontos
2) Edson Coelho Jr, 102
3) Marcio Campos, 98
4) Marco Cozzi, 97
5) Raphael Abbate, 96

Equipes
1) W2 Racing, 201 pontos
2) RSports Racing, 199
3) Motortech Competições, 160
4) Carlos Alves, 158
5) Hitech Racing, 89
6) Nascar Motorsport, 82
7) J. Star Racing, 76
8) Mottin Racing, 64
9) RKL Competições, 44
10) HPN Racing Team, 33
11) Voxx Racing, 8



Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Quinta etapa da temporada será no domingo (17) às 9h15
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Edson Coelho Jr no pódio da última disputa (4a. etapa) em Goiânia (GO)
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#88 Edson Coelho Junior
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#3 Tito Morestoni
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Morestoni fará sua segunda corrida pela Rsports Racing
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Tito Morestoni
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Equipe Rsports Racing
Alta | Web

 

RALI DOS SERTÕES - BRASIL

Rally dos Sertões: Com novo carro, X Rally Team busca voos mais altos na edição 2014

Equipe vai estrear na principal categoria entre os carros, a T1 FIA, e para isso trouxe da África do Sul dois Ford Ranger 4x4 preparados pela Neil Woolridge Motorsports

Veterana do Rally dos Sertões e dona de dois títulos entre os protótipos no maior rali brasileiro, a equipe X Rally Team parte para disputar a prova pela 15ª vez e na edição de 2014 o time baseado em São Paulo vem com algumas novidades e um objetivo diferente, mirando a vitória no geral e lutando em igualdade de condições com os melhores carros inscritos na competição.

Nos últimos anos o time disputou o Sertões na categoria Protótipos T1, para carros construídos e preparados no Brasil, onde conquistaram dois títulos e três vices. As duas duplas do time - Cristian Baumgart (piloto)/Beco Andreotti (navegador) e Marcos Baumgart (piloto)/Kleber Cincea (navegador) - são duas das mais longevas e entrosadas do rali brasileiro.

A novidade é que agora o time disputa o Rally dos Sertões - de 23 a 30 de agosto, saindo de Goiânia com destino a Belo Horizonte, em sete dias e 2,7 mil quilômetros de prova - na categoria T1 FIA, a mais rápida entre os carros. E a máquina escolhida para a tarefa é a Ford Ranger Dakar 4x4, construída e preparada pela Neil Woolridge Motorsport, da África do Sul, em conjunto com a Ford dos Estados Unidos e especialistas europeus em chassis.

Os pilotos já realizaram duas sessões de testes com o carro na África do Sul, e as primeiras impressões são animadoras. "É completamente diferente do que vínhamos guiando. Claro que se trata de outra categoria e onde estávamos nós também contávamos com um bom carro, mas agora a conversa é completamente diferente", introduz Cristian.

"É tudo diferente: potência, dirigibilidade, estabilidade, controle, respostas. O carro é muito veloz e fácil de pilotar. Nossos primeiros treinos foram excelentes e não tivemos nenhum tipo de problema. Agora estamos na fase final de preparação com alguns treinos já no Brasil", apontou Marcos.

O carro mais rápido e mais eficiente em termos de leitura de terreno muda também a perspectiva por parte dos navegadores. "O time da navegação muda completamente, porque o carro é mais rápido, portanto o navegador tem que estar alinhado", lembra Beco Andreotti.

"A graduação dos obstáculos também fica um pouco menos severa. Como o carro copia e aceita mais as imperfeições do piso, não precisamos ‘cantar’ todas as referências. Resumindo, fica tudo mais rápido com menos referências", opinou Kleber Cincea.


Confira o roteiro do Rally dos Sertões 2014:

23/08 - Prólogo - Goiânia (GO)

24/08 - 1ª etapa - Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)
Deslocamento inicial: 40 km
Trecho especial: 155 km
Deslocamento final: 21 km
Total do dia: 216 km

25/08 - 2ª etapa - Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km

26/08 - 3ª etapa - Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km

27/08 - 4ª etapa - Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km

28/08 - 5ª etapa - São Francisco (MG)/Diamantina (MG) - MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 335 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km

29/08 - 6ª etapa - Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km

30/08 - 7ª etapa - Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km
Total do Rally: 2.679 km

A equipe X Rally Team é patrocinada por Center Norte e Vedacit, com apoios da Ford, Arai, e GoPro

Conheça a equipe em: www.xrallyteam.com.br

Siga-a no Twitter: @X_Rally_Team

E também no Instagram: @xrallyteam



NWM/Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Quarteto do X Rally Team: equipe disputa o Sertões pela 15a vez
Alta | Web

NWM/Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
X Rally Team vai com o novo Ford Ranger Dakar 4x4
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Layout do carro com o qual o X Rally Team estará no Sertões
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Pilotos já testaram o carro na África do Sul e ajustam últimos detalhes
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Layout frontal do carro
Alta | Web

 

JORNADA DUPLA DE MOTORACE

 

Jornada dupla para a MotoRace Kawasaki
Pilotos da formação de Torres Novas dividiram-se entre
Motocross e Supercross no norte do país
A MotoRace Kawasaki atuou no passado fim-de-semana em duas frentes na
deslocação ao norte do país. Em Fafe, Hugo Basaúla e Pedro Carvalho
completaram no Sábado a segunda ronda do “Nacional” de Supercross,
enquanto no Domingo foi a vez de Luís Outeiro e Duarte Jerónimo
disputarem a penúltima prova Campeonato Nacional de Motocross Iniciados.
No Supercross de Fafe, Hugo Basaúla voltou a ser protagonista de
superioridade com mais uma atuação de espetáculo diante das largas
centenas de espetadores que se distribuíram pela Pista de Arões. O piloto
da Kawasaki Portugal foi o primeiro classificado na primeira corrida da
noite, mas na segunda final acabou por descer ao quinto posto da classe
Elite depois de uma saída de pista provocada por um adversário. Pedro
Carvalho, a recuperar da lesão contraída na primeira prova, na Poutena, foi
igualmente mentor de uma prestação de destaque com direito a uma subida
ao segundo lugar do pódio final da categoria SX2.
Já no Motocross, Luís Outeiro alcançou em Soalhães dois quintos lugares,
vitimado por quedas, mas mantém a terceira posição da tabela
classificativa. Já Duarte Jerónimo fechou o “Top 10” do pelotão Iniciados.
O Campeonato Nacional de Supercross regressa no próximo Sábado à pista
da Poutena por ocasião da terceira e penúltima jornada. Por disputar está
ainda a derradeira prova do Campeonato Nacional de Motocross IDuarte Jernimo_Soalhes_10_de_Agosto_de_2014_Copy

 

RALI VERDE PINO

 

Depois dum interregno aqui está a quinta prova do "Critério NDML 2014", o Rallye de Leiria/LIZAUTO Motorshow, um circuito de cerca de 2,4km a realizar na "ZICOFA - Zona Industrial Cova das Faias" no próximo dia 14 de Setembro entre as 8:00h e as 19:00h. 
Esta prova consta de treinos a partir das 8:30h e 3 series de 3 voltas ( 7,2 km ) respectivamente às 11:00h, 14:00h e 16:00h cuja primeira serie definirá o tempo de referência para as duas seguintes.
Assim publicamos o Regulamento da Prova e o Boletim de Inscrição aprovados pela FPAK ( em baixo para download ou em www.fpak.pt ) a fim dos concorrentes tomarem conhecimento e remeterem a inscrição devidamente preenchida e acompanhada do comprovativo de pagamento para  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  até ao dia 9 de Setembro.
Qualquer esclarecimento ou duvida poderá ser colocado através do email  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar " target="_blank"> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , ou directamente nos nossos serviços no Kartodromo de Leiria pelo telefone 244 814 214 ou através do fax 244 851 866.
Siga todas as actualizações no nosso site em www.rallyeverdepino.com ou na página do Facebook

 

JET SKI NO BRASIL

 

IBANEZ ZANETTE MOTIVADO PARA ESTREIA

NA COPA SÃO PAULO DE JET SKI

 O catarinense de Criciúma, que também briga por dois títulos no Campeonato Brasileiro, competirá de 29 a 31 deste mês, na Represa do Guarapiranga, em São Paulo.

 

O catarinense Ibanez Zanete está motivado para a estreia na Copa São Paulo de Jet Ski, que será disputada de 29 a 31 deste mês, na Represa do Guarapiranga (av. Atlântica, 4.000, antiga Robert Kennedy), em São Paulo. O piloto de Criciúma considera importante a realização de mais uma competição para a modalidade. “Todas as novidades dentro do nosso esporte são bem vindas e mais um campeonato só vem agregar e oxigenar a modalidade”, argumentou.

As duas etapas programadas para a Copa São Paulo de Jet Ski valerão pontos para a quarta e quinta etapas do Campeonato Brasileiro – Grand Prix 2014, respectivamente. Zanette está na briga por dois títulos na competição nacional. Atualmente ocupa o terceiro lugar na categoria Super Course Turbo Stock e quarto na Runabout Turbo Stock. “Restam ainda mais duas etapas e muitos pontos em disputa. Penso que vários pilotos ainda têm chances de título, uma vez que ainda teremos um descarte”, analisou.

O piloto de Santa Catarina explicou que nas etapas de Boa Esperança (MG), realizadas em maio, teve muitos problemas com o equipamento, mas mesmo assim manteve as chances de brigar pelos títulos nas duas categorias.  “Felizmente conseguimos diagnosticar o problema do equipamento e a fábrica mandou um novo sistema de alimentação do combustível. Agora estou mais confiante para essas próximas etapas”, informou.

Zanette teve uma pausa de um mês nos treinamentos, em razão do nascimento de sua filha, mas já retornou às atividades na academia e também com o jet na Lagoa dos Esteves, onde possui uma raia montada e treina pelo menos uma vez por semana.

A programação da Copa São Paulo de Jet Ski começa no dia 29 com a recepção aos pilotos e acerto dos motores. Nos dias 30 e 31 serão realizadas as baterias, a partir das 10 horas. As categorias em disputa são as seguintes: Ski Stock, Ski GP, Runabout Aspirado, Runabout Turbo Stock, Runabout Turbo Estreante, Runabout Turbo Limited, Runabout Turbo GP, Super Course Turbo Estreante, Super Course Turbo Stock,  Super Course Turbo Limited, Super Course Turbo GP, Freestyle Estreante, Freestyle Pro e Freestyle Pro Open.

A etapa de abertura da Copa São Paulo de Jet Ski, que também é válida pela quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Jet Ski – Grand Prix 2014 é uma realização da BJSA - Associação Brasileira de Jet Ski, com homologação da IJSBA - International Jet Sports Boating Association. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Apoio Oficial: PREFEITURA DE SÃO PAULO - ESPORTE LAZER E RECREAÇÃO / COORDENAÇÃO DAS SUBPREFEITURAS - CAPELA DO SOCORRO.  Parceria: KAWASAKI DO BRASIL, CASARINI SEADOO / BRP, YAMAHA DO BRASIL, X FLOAT, SPETO IMPORTS, BETHJET, FULL POWER ENERGY, PHOTOJETSKI, TOALHAS SÃO CARLOS, BOMBARCO, PRAINHA BAR E RESTAURANTE e REVISTA BOAT SHOPPING. O evento conta com a Supervisão da MARINHA DO BRASIL e Apoio da GUARDA CIVIL METROPOLITANA E CORPO DE BOMBEIROS.


ibanez zanette_Copy
 

HUGO SANTOS VENCEU

 

Vitória para Hugo Santos e Sandro
Lobo no Supercross da Poutena
Pilotos da Batquipa MXO KTM começam na frente a
temporada de 2014 do “Nacional” de Supercross
Hugo Santos e Sandro Lobo alcançaram o maior número de pontos na primeira
jornada do Campeonato Nacional de Supercross, competição que teve início no
passado Sábado, 2 de Agosto, na já “tradicional” Pista do Areeiro, na Poutena.
Ainda em recuperação de uma lesão nas costas, Hugo Santos alinhou de
forma defensiva no Supercross da Poutena mas primou pela regularidade para
ser o vencedor final da categoria SX1, depois de um segundo e um primeiro
lugar, enquanto na categoria Elite fechou o pódio com o terceiro lugar final.
“Não comecei a temporada de Supercross da forma que pretendia,
infelizmente estou acompanhado de uma lesão que me vai continuar a
afetar até ao final da temporada e por isso resta-me ser regular e procurar
somar o maior número de pontos possíveis. No final logo faremos as
contas. Quero desde já agradecer o apoio de toda a minha equipa,
patrocinadores, família e amigos, bem como dos meus parceiros
pessoais: In Point, Lux Produções, Chocolates Avianense e ainda a
energia da Ray Just Energy Drink”, comentou Hugo Santos.
Sandro Lobo foi o vencedor incontestável da única final realizada pelos pilotos
Infantis B na pista da Poutena, vitimada por condições atmosféricas adversas.
Ambos os pilotos da equipa lisboeta Batquipa MXO KTM subiram ao degrau
mais alto do pódio das respetivas categorias, tendo agora três jornadas
consecutivas para manter o comando da tabela rumo aos títulos. A segunda
prova decorre já no próximo Sábado, 9 de Agosto, em Fafe.Hugo Santos_Poutena_02_de_Agosto_de_2014_1_CopyHugo Santos_Poutena_02_de_Agosto_de_2014_2_Copy

 

TT NO BRASIL

Rally dos Sertões: Marcelo Medeiros quer manter currículo exemplar e garantir mais um título


Piloto de São Luís, Maranhão, que competirá na categoria Quadri FIM, destaca diversidade de terreno no roteiro deste ano e conta com patrocínio da Cemar, através da lei estadual de incentivo ao esporte, no Rally dos Sertões , maio rali off-road da América Latina

O histórico bastante favorável de Marcelo Medeiros no Rally dos Sertões é um incentivo ao maranhense para a etapa deste ano da maior competição off-road da América Latina. Ele já foi campeão da categoria em 2012 e vice em 2013, este ano quer brigar pela vitória, e para tal não tem economizado em treinos com sua equipe.

Com 25 anos, o piloto compete pela equipe Taguatur Racing na categoria Quadri FIM, com um Yamaha. "Quero obter um bom resultado como em 2012 e 2013. Estou confiante", destaca o piloto, que competirá pela quinta vez no Rally dos Sertões.

Medeiros começou a correr aos 11 anos de idade, pilotando um kart onde acumula vários títulos no currículo, incentivado pela família. O piloto sempre sonhou com o Rally dos Sertões, mas precisou esperar até completar 18 anos para poder entrar na prova.

Perseverança e garra são combustíveis necessários para quem quer ir longe no caro e concorrido esporte off-road; e isso Marcelo Medeiros tem de sobra, além de muito planejamento e estratégia. Há dois anos conquistou um importante feito, um patrocínio profissional, conquistado através da parceria com a empresa Oito Esporte & Cultura, da produtora executiva Cássia Melo Pflueger, especialista em lei de Incentivo no Maranhão.

"Graças ao Secretário Estadual de Esportes e Lazer, Joaquim Haickel, os maranhenses contam com a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Com isso, me associei à Oito Esporte & Cultura, que desenvolveu nosso projeto e nos inscreveu na Lei. Fomos aceitos e desde o ano passado passamos a receber o patrocínio da CEMAR, via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Isso fez toda a diferença em nossa carreira e permitiu maiores investimentos em nossa equipe. Sou bastante grato a estes parceiros", declarou o piloto, que tem como sonho maior, um dia chegar à disputa da maior prova off - road do mundo, o Rally Dakar.

A largada da 22ª edição do Rally dos Sertões será em Goiânia (GO), dia 24 de agosto. O rali passará por Caldas Novas (GO), Catalão (GO), Paracatu (MG), São Francisco (MG), Diamantina (MG) e a chegada acontecerá em Belo Horizonte (MG), dia 30 de agosto, com a cerimônia de premiação.

Desafio da edição

Com um total de 2.679 quilômetros a serem percorridos, serão 1.623 de especiais, o que corresponde a aproximadamente 60% do roteiro total. A competição será dividida em prólogo mais sete etapas. O prólogo será em linha, em estrada de terra, próxima a Goiânia, dia 23 de agosto. No dia seguinte (24), a caravana segue para Caldas Novas.

No dia 25 os competidores iniciam os trajetos pelas três cidades que recebem pela primeira vez o Rally dos Sertões: Catalão, destino final da segunda etapa, Paracatu, dia 26, e São Francisco, na quarta etapa, dia 27.

A quinta etapa, que vai de São Francisco à Diamantina, está prevista como a única maratona do Sertões 2014, quando os competidores não poderão receber manutenção da equipe de apoio quando chegarem à Diamantina. A etapa seis será a segunda parte da maratona e terá formato de laço, com a chegada no mesmo local da largada. Após concluída, as equipes estarão liberadas para fazer manutenção nos veículos.

De Diamantina, a caravana segue para a sétima etapa, com destino final em Belo Horizonte, que participará do rali pela terceira vez e estreará como a cidade de encerramento."É um roteiro totalmente diferente dos anos anteriores. Isso mostra a diversidade de terreno", avalia Medeiros.

O piloto Marcelo Medeiros conta com o apoio CEMAR - Lei Estadual de Inventivo ao Esporte.


Roteiro 2014

23/8 - Prólogo: Goiânia
24/8 - Etapa 1: Goiânia - Caldas Novas
25/8 - Etapa 2: Caldas Novas - Catalão
26/8 - Etapa 3: Catalão - Paracatu
27/8 - Etapa 4: Paracatu - São Francisco
28/8 - Etapa 5: São Francisco - Diamantina
29/8 - Etapa 6: Diamantina - Diamantina
30/8 - Etapa 7: Diamantina - Belo Horizonte

Distâncias de cada etapa do Sertões 2014:

23/08 - Prólogo - Goiânia (GO)

24/08 - 1ª etapa - Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)

Deslocamento inicial: 40 km
Trecho especial: 155 km
Deslocamento final: 21 km
Total do dia: 216 km

25/08 - 2ª etapa - Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km

26/08 - 3ª etapa - Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km

27/08 - 4ª etapa - Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km

28/08 - 5ª etapa - São Francisco (MG)/Diamantina (MG) - MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 413 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km

29/08 - 6ª etapa - Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km

30/08 - 7ª etapa - Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km


Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Marcelo Medeiros
Alta | Web

 

DESPORTOS NAUTICOS

Daniel Smorigo
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ricardo dos Santos
Alta | Web

Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ricardo dos Santos
Alta | Web

Ricardo dos Santos busca vaga para WCT Billabong Pro Tahiti


Catarinense venceu por duas vezes eliminatória e espera repetir 2012, ano em que derrotou Kelly Slater nas ondas gigantes

O brasileiro Ricardo dos Santos embarcou nesta semana para o Tahiti, onde participará da busca por uma das duas vagas para o WCT Billabong Pro Tahiti. A classificação acontece entre os dias 9 e 12 de agosto, com Ricardinho e Bruno Santos sendo os únicos brasileiros na lista dos 32 inscritos para esta eliminatória.

"Estamos esperando um mar de 10 pés, bem do jeito que eu gosto", conta Ricardo, que terá entre os concorrentes cerca de 16 atletas do Hawaii e outros 15 de vários locais do planeta - entre eles nomes como Damien Hobgood, Koa Rothman e Bruce Irons. O retrospecto do surfista catarinense nas eliminatórias é fabuloso: duas vitórias nas duas últimas disputas, em 2011 e 2012.

No último ano, aliás, completou a etapa em quinto, batendo nomes como Kelly Slater e Taj Burrow. "Teahupoo é uma onda traiçoeira e nunca vem do jeito que você espera, por isso ela separa os homens dos meninos. Um dos melhores sentimentos que tive foi quando superei ninguém menos que Kelly Slater. Neste ano quero pelo menos igualar 2012", completa o atleta, apoiado por Billabong, Dakine e SUPERbrand.


Confira a lista de participantes das eliminatórias para o WCT Billabong Pro Tahiti:


Competidores havaianos (oito nomes ainda serão divulgados)
Alain Riou
Jocelyn Poulou
Hira Teriinatoofa
Heiarii Williams
Manoa Drollet
Enrique Ariitu
Tuhiti Haumani
Tikanui Smith

Atletas internacionais
Damien Hobgood (EUA)
Ian Walsh (HAW)
Anthony Walsh (HAW)
Nathan Hedge (AUS)
Bruce Irons (HAW)
Kamalei Alexander (HAW)
Bruno Santos (BRA)
Koa Rothman (HAW)

Atletas da Billabong - patrocinadora do evento
Ricardo dos Santos (BRA)
Jack Robinson (AUS)
Ryan Callinan (AUS)
Josh Moniz (HAW)
Seth Moniz (HAW)
Griffin Colapinto (EUA)
Taylor Clark (EUA)


 

MERCEDES BENZ CHALLENGE - BRASIL

 

Fernando Junior e Roger Sandoval vencem na CLA AMG CUP e Luiz Sergio Sena e terceiro na C250 CUP em Goiânia

Um belo espetáculo de velocidade aconteceu neste domingo (3), no Autódromo Internacional de Goiânia com a 4ª etapa do campeonato Brasileiro de Mercedes-Benz Challenge, com grid formado por 39 carros que disputaram a prova debaixo de um sol forte.

A equipe WCR Team entrou na pista com os pilotos Fernando Junior e Roger Sandoval, no Mercedes #06 que fizeram a pole position ontem no treino classificatório, na categoria CLA AMG Cup e Luiz Sergio Sena Jr #97, na C250 Cup.

 O piloto Fernando Junior se manteve sempre na primeira colocação até a parada de box obrigatória para a troca de piloto, passando o carro para Roger Sandoval que logo no inicio levou um leve toque onde perdeu a posição, mas com uma pilotagem firme conseguiu depois de algumas voltas, voltar para a ponta, acabando a corrida na primeira colocação.

 “O meu companheiro Fernando Junior me entregou o carro em uma ótima posição então só tive que ir administrando para conquistarmos a vitória esperada”, relatou Roger Sandoval.

“A equipe trabalhou bem para os acertos, já que nas corridas anteriores não fizemos uma boa prova e essa vitória foi muito merecida e agora a próxima corrida é em casa (Velopark) e vamos com tudo”, disse Fernando Junior.

A equipe WCR Team é só alegria com as conquistas de Goiânia, Luiz Sergio Sena Jr, da C250 CUP também subiu ao pódio com a 3ª colocação.

Sena que largou em 9º e foi conquistando melhores posições durante a corrida, “O resultado foi muito bom para o campeonato, mais a prova não foi boa para mim o carro perdeu muito rendimento durante a prova por um problema de turbina, mais agora é se preparar para o Velopark”, disse Sena Jr.

 O chefe de equipe William Vasconcellos recebeu em nome de todos o troféu de melhor equipe da etapa, “estamos muito felizes com as conquistas, pois já é a segunda vez que recebemos este troféu, trabalhamos muito para que nossos carros tivessem os acertos necessários”, relatou William.

A WCR Team tem sua participação viabilizada pelo governo do Rio Grande do Sul, via PróEsporte: Xuk Bebidas, Casa Valduga, Pitt Jeans, Gaúcho Diesel/Apomedil, Transportes Mahler, Querodiesel, Motoryama, Castelo Pack e Matvsul são parceiras da iniciativa.

Resultado da corrida da quarta etapa do Mercedes-Benz Challenge:

Categorias CLA Cup e C250 Cup


1) 6 Fernando Junior/Roger Sandoval, WCR, CLA, 47:03.618
2) 27 Claudio Dahruj, Comark Racing, CLA, a 3.392
3) 11 Neto De Nigris, De Nigris/Europamotors, CLA, a 6.966
4) 37 Lorenzo Varassin/Paulo Varassin, Hitech Racing, CLA, a 12.456
5) 17 Linneu Linardi, Linardi Sports, CLA, a 17.836
6) 46 Carlos Kray, CKR Racing, CLA, a 18.797
7) 15 Carlos Alberto Fonseca, Center Bus Racing Team, CLA, a 21.910
8) 50 José Vitte, Cordova Motorsports, CLA, a 23.596
9) 71 Rodrigo Hanashiro, A. Mattheis, CLA, a 24.691
10) 33 Adriano Rabelo, Cordova Motorsports, CLA, a 29.786
11) 56 Peter Feter, LT Team, CLA, a 34.410
12) 32 Fernando Fortes, J. Star Racing, CLA, a 36.390
13) 18 Fernando Poeta/Luis Carlos Ribeiro, Mottin Racing, CLA, a 47.238
14) 76 Danilo Pinto, Scuderia 111, CLA, a 1:03.140
15) 35 Rodrigo de Souza, HPN Racing, CLA, a 1:04.640
16) 1 Christian Hahn, Blau Motorsport, CLA, a 1:18.453
17) 20 Alexandre Molles Silva, A. Mattheis, CLA, a 1:22.633
18) 3 Cristhian Mohr, Rsports Racing, C250, a 1:37.464
19) 44 Cesare Marrucci, Cordova Motorsports, C250, 1 volta
20) 97 Luiz Sena Jr WCR, C250, 1 volta
21) 7 Betinho Sartório, Della Via Racing Team, C250, 1 volta
22) 111 Marcos Paioli/Peter Gottschalk, Paioli Racing, C250, 1 volta
23) 52 Victor Amorim, Fiolux/Rsports Racing, C250, 1 volta
24) 22 Rafael Zapelini, Rodoerre Racing, C250, 1 volta.
25) 13 Beto Rossi, Divena Racing/Rsports Racing, C250, 1 volta
26) 90 Marcos Ramos/Claudio Simão, Center Bus Racing Team, C250, 1
27) 88 Fernando Amorim, Fiolux/Rsports Racing, CLA, 1 volta
28) 72 Romarcio Viola, HP Motorsport, C250, 1 volta
29) 25 Renato Camargo, De Nigris/Europamotors, C250, 1 volta
30) 26 Flavio Andrade, Dragão Motorsport, C250, 1 volta
31) 21 Peter Michel Gottschalk, Paioli Racing, C250, 1 volta
32) 12 Leo De Nigris, De Nigris/Europamotors, C250, 1 volta
33) 78 Marcelo Caslini, Della Via Racing Team, C250, 1 volta
34) 10 Pierre Ventura, CKR Racing, CLA, 3 voltas
35) 60 Cesar Urnhani, Center Bus Racing Team, C250, 5 voltas
36) 45 Paulo Totaro/Ralf Pufleb, LT Team, CLA, 15 voltas
37) 8 Eduar Merhy Neto, Hitech Racing, CLA, 25 voltas
38) 77 Arnaldo Diniz Filho, Comark Racing, CLA, 25 voltas
39) 110 Bruno Alvarenga/Rodrigo Ferre, Linardi Sports, C250, 25 voltas Fernando Junior._CopyFernando Junior_Copy

 

PORSCHE É NOTICIA

 

Aumenta grupo lucro Porsche SE para € 1740000000 no primeiro semestre de 2014

Net liquidez permanece quase inalterada em / lucro 02:54 bilhões de euros perspectivas para o ano fiscal 2014 confirmada

Stuttgart. 06 de agosto de 2014 No período de 1 de Janeiro a 30 de junho de 2014, a Porsche Automobil Holding SE, Stuttgart (Porsche SE), Gravado no lucro do grupo para o período de 1,74 bilhões de euros (primeiro semestre de 2013: 1,47 milhões de euros). Este resultado é significativamente influenciado pelo lucro de € 1770000000 a partir do investimento na Volkswagen AG contabilizados pelo patrimônio líquido (primeiro semestre de 2013: 1,49 milhões de euros).

Liquidez líquida do grupo Porsche SE totalizaram 02:54 bilhões de euros a partir de 30 de junho de 2014 A partir de 31 de dezembro de 2013, a liquidez líquida foi de € 2610000000.

Para refinanciar parcialmente a sua oferta pública voluntária para os acionistas da Scania AB para a aquisição de todas as ações A e B da Scania, Volkswagen AG deliberou aumento de capital em 03 de junho de 2014, através da emissão de acções preferenciais do capital autorizado, em troca de salários Stipendi dinheiro. Como Porsche SE não participou no aumento de capital, a participação da Porsche SE no capital total da Volkswagen AG diminuiu de 32,2 por cento At para 31,5 por cento. A participação da Porsche SE em ações ordinárias da Volkswagen AG permanece inalterado em 50,7 por cento.

O patrimônio do grupo Porsche SE à diminuição de EUR 29.320 milhões a partir de 30 junho de 2014, apesar do lucro obtido depois de impostos, principalmente dois a um efeito da oferta pública voluntária para ser reconhecido na contabilidade em equidade com nenhum efeito sobre a demonstração do resultado consolidado (31 de dezembro de 2013: EUR 30.470 milhões). Em 30 de junho de 2014, o rácio de endividamento de Porsche SE é de 97,4 por cento, inalterada face ao final do ano fiscal de 2013.

Tendo em vista as expectativas do grupo Volkswagen em relação ao desenvolvimento do exercício de 2014 - tendo também em conta a diluição da participação da Porsche SE no capital da Volkswagen AG - Porsche SE ainda espera lucro do grupo para o ano de entre € 2200000000 e 2,7 bilhões de euros.

 

Google Tradutor

 

AINDA O RALI VINHO DA MADEIRA

 

Rali Vinho da Madeira 2014

 

 

 

CAMPEÃO RICARDO MOURA ABANDONOU DEMASIADO CEDO

 

ADRUZILO LOPES DEU IMPORTANTE PASSO PARA O TÍTULO

 

 

 

A edição de 2014 do Rali Vinho da Madeira foi demasiado ingrata para Ricardo Moura e António Costa. Com o desejo de testar em asfalto o novo Ford Fiesta R5, o piloto açoriano pretendia também conquistar um bom resultado numa prova que tanto gosta. Numa altura em que discutia os primeiros lugares, o Ford Fiesta R5 saiu de estrada em Chão de Lagoa, a 4ª especial do rali, obrigando a equipa a desistir prematuramente. Um rude golpe para as aspirações do piloto.

 

Se o Rali Vinho da Madeira foi negativo para Ricardo Moura, já Adruzilo Lopes conseguiu arrancar na “Pérola do Atlântico” um resultado excelente, tanto em termos do Agrupamento de Produção, como ao nível da classificação geral. Com inequívoca vitória no Grupo N, Adruzilo Lopes fica mais perto do título do agrupamento e sobe ao 2º lugar absoluto no Campeonato Nacional de Ralis.

 

Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira assinaram mais uma exibição de luxo nas especiais da ilha da Madeira. O Subaru Impreza da ARC Sport foi o mais rápido nas sete classificativas que integravam o Campeonato Nacional de Ralis, com a popular equipa a conseguir pontuação máxima entre as viaturas do agrupamento de Produção concorrentes ao nacional da especialidade.

 

Foi mais um rali onde gosto bastante de estar presente. Para além de ter conseguido a pontuação máxima para o Grupo N, obtivemos um excelente 4º lugar em termos da classificação geral para o campeonato. Estou muito contente, pois atingimos em pleno os nossos objectivos, só posso portanto fazer um balanço totalmente positivo. Este sucesso só foi possível devido ao habitual empenho e dedicação da ARC Sport, que mais uma vez agradeço. Tenho pena não ter reunido as condições para ir até ao final de uma prova que sempre me encantou”, afirmou Adruzilo Lopes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para a ARC Sport esta foi uma prova com dois sabores distintos, lamentando o abandono de Ricardo Moura, mas admitindo um balanço muito positivo em relação à prestação de Adruzilo Lopes.

 

Só foi cumprido parte do objectivo da nossa participação no Rali Vinho da Madeira. Devido ao azar que teve, o Ricardo Moura não conseguiu concretizar um lugar no pódio. Em relação ao Adruzilo Lopes, o piloto demonstrou mais uma vez um excelente andamento, conseguindo uma classificação fantástica, dando um importante passo para conquistar o título do Agrupamento de Produção”, afirmou Augusto Ramiro.

 

O Campeonato Nacional de Ralis prossegue a 19 e 20 de Setembro, com o Rali de Mortágua.

 

 

 

 ARC Sport_-_Rally_Vinho_Madeira_-_Adruzilo_Lopes_CopyARC Sport_-_Rally_Vinho_Madeira_-_Ricardo_Moura_Copy

 

VITÓRIA PARA PEDROSA NA REP.CHECA

Pedrosa ganha GP da República Checa

Marquez deixa escapar recorde no circuito de Brno.
Dani Pedrosa
Foto: JOE KLAMAR

Pedrosa terminou à frente dos pilotos da Yamaha

Por SAPO Desporto c/Lusa 

O espanhol Dani Pedrosa (Honda) venceu hoje o Grande Prémio da República Checa de MotoGP, onde o compatriota e colega Marc Marquez foi quarto, falhando um recorde depois de ganhar as primeiras dez provas do Mundial.

No circuito de Brno, palco da 11.ª prova dos campeonatos do Mundo de motociclismo de velocidade, Pedrosa terminou à frente da Yamaha do também espanhol Jorge Lorenzo e do italiano Valentino Rossi, que negou um lugar no pódio ao líder da categoria rainha.

Marquez ficou assim a um triunfo de estabelecer um recorde de vitórias consecutivas numa só época, depois de ter igualado o lendário italiano Giacomo Agostini, que ganhou 10 corridas seguidas em três ocasiões, nas temporadas de 1968, 1969 e 1970. Em termos absolutos, Agostini ganhou 20 provas sucessivas, entre 1968 e 1969.

Dani Pedrosa, vencedor em Brno em 2012, completou as 22 voltas em 42.47,800 minutos, terminando com 410 milésimos de segundo de avanço sobre Lorenzo, enquanto Rossi, sete vezes campão do Mundo na principal categoria, chegou com mais de cinco segundos de atraso, depois de ganhar o duelo com Marquez.

O campeão do Mundo em título não conseguiu tirar partido da sua nona "pole position" da temporada, mercê de uma mau arranque que o atirou para o quinto lugar à frente de Rossi, enquanto Pedrosa e Lorenzo se entretiveram na luta pela vitória.

Depois da "intromissão" inicial das Ducati dos italianos Andrea Iannone e Andrea Dovizioso, os espanhóis já comandavam à terceira volta, com Lorenzo na frente. A ultrapassagem decisiva aconteceu na sexta volta, a partir da qual Pedrosa não mais largou a liderança e selou a sua 26.ª vitória em MotoGP, apesar da pressão que o rival manteve até final.

Mais atrás, Marquez tentava pelo menos conservar uma posição no pódio numa luta interessante com Rossi, mas o italiano ultrapassou-o a 10 voltas do fim e segurou a posição com autoridade. O piloto de Cervera não ficava fora dos três primeiros desde o abandono na Austrália, na antepenúltima prova de 2013.

Apesar da "derrota", Marquez continua a liderar o Mundial de forma confortável, com 250 pontos, enquanto Pedrosa reforçou a segunda posição, com 161, e Rossi segue na terceira posição, com 157.

 

NOVO PORSCHE JÁ EM PORTUGAL

NOVO PORSCHE TARGA 4 S Á VENDA EM PORTUGAL

 

 

Já se encontra á venda em Portugal o novo Porsche Targa S, que debita 400 cv de potência, equipado com um propulsor de 3,8 litros, atingindo uma velocidade máxima de  apenas 294 km /h.NOVOPORSCHETARGA4S-38LITROS-400CV-294KMH Copy

 

TUDO PRONTO PARA A RED BULL AIR RACE

TUDO PRONTO PARA A RED BULL AIR RACE

 

Está tudo pronto para mais uma jornda da Red Bull Air Race, que este fim de semana se encontra em Inglaterra - Ascott para mais uma jornada do Mundial.redbull1 Copyredbull2 Copyredbull3 Copyredbull4 Copyredbull5 Copyredbull6 Copyredbull7 Copy

 

LAMBORGHINI NO GIRO DA CALIFORNIA

LAMBORGHINI NO GIRO DA CALIFORNIA

 

Nas diversas acções que leva a efeito a nível mundial, a Lamborghini organizou recentemente um Giro pela California, com o intuito de mostrar os seus meodelos, conforme as imagenslamb1-girocalifornia1 Copylamb2 Copylamb3 Copylamb4 Copylambosf1 Copylambosf2 Copylambosf3 Copylambosf4 Copy anexas.

 

QUER COMPRAR UM FERRARI?

QUER COMPRAR UM FERRARI DE FÓRMULA 1?

 

Pois é caro elitor se quiser ser o feliz proprietário dum Ferrari de Fórmula 1, que foi conduzido por Barichello, tem agora este exemplar, pelo módico preço de 3,4 de euros....

 

De realçar que este chássié um F 2001, e no seu palmarés venceu por dez vezes provas de Grande Prémio, obteve por treze vezes a ople position.f2001 sepa_2001_barr_Copy

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

Imagens da descida dos participantes do Desafio Único, que antecedeu a primeira subida  a valer.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 9039_CopyFOX 9040_CopyFOX 9042_CopyFOX 9043_CopyFOX 9044_CopyFOX 9045_CopyFOX 9046_CopyFOX 9047_CopyFOX 9048_CopyFOX 9049_CopyFOX 9051_CopyFOX 9053_CopyFOX 9054_CopyFOX 9055_CopyFOX 9057_CopyFOX 9058_CopyFOX 9059_CopyFOX 9060_CopyFOX 9061_CopyFOX 9062_CopyFOX 9063_Copy

 

 

 

CLÁSSICOS EM EXPOSIÇÃO NA CAMPEÃ

CLÁSSICOS EM EXPOSIÇÃO NA CAMPEÃ

 

Uma série de clafesta2 Copyfesta3 Copyfesta4 Copyfesta5 Copyfesta6 Copyfesta7 Copyfesta8 Copyssicos estiveram exposto nas festas de Campeã, entre os quais o Volvo de Jorge Guimarães, assim como o Datsun 120 Y de Fernando Charais.

 

DANIEL VIDAL JUNIOR CESSA CARREIRA?

DANIEL VIDAL JUNIOR CESSA CARREIRA?

 

Tendo sido um dos principais protagonistas na velocidade angolana, onde tripulou  um Radcial SR 3 e um SR 8, Daniel Vidal Junior tem anunciado á venda do seu Radcial SR 8.Será que o piloto português radicado em Luanda deu a sua carreira como terminada?vidal1 Copyvidal2 Copyvidal3 Copyvidal4 Copy

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

Mais uma série de imagens da 1ª subida de treinos da rampa Capital do Móvel - Paços de Ferreira .

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidaFOX 9009_CopyFOX 9010_CopyFOX 9011_CopyFOX 9012_CopyFOX 9013_CopyFOX 9014_CopyFOX 9015_CopyFOX 9016_CopyFOX 9017_CopyFOX 9018_CopyFOX 9019_CopyFOX 9020_CopyFOX 9021_CopyFOX 9022_CopyFOX 9023_CopyFOX 9024_CopyFOX 9025_CopyFOX 9026_CopyFOX 9032_CopyFOX 9033_CopyFOX 9034_CopyFOX 9035_CopyFOX 9036_CopyFOX 9037_CopyFOX 9038_Copydeonline.com

 

MOTOR 1.O ECOBOOST DA FORD EQUIPA

 

Motor 1.0 EcoBoost Equipa Um em Cada Cinco Novos Modelos Ford na Europa; O Aclamado Três Cilindros é o Motor Turbo Preferido da Europa

 

  • Um em cada cinco modelos Ford novos vendidos na Europa na primeira metade de 2014 estava equipado com o motor 1.0 EcoBoost; um terço dos clientes dos modelos Focus e Fiesta optam pelo bloco de 1,0 litros

 

  • O eficiente e surpreendentemente potente motor 1.0 EcoBoost da Ford é o motor turbo mais vendido no mercado europeu

 

  • Comparativamente aos primeiros seis meses de 2013, a Ford já vendeu este ano mais 15 por cento de unidades equipadas com o motor 1.0 EcoBoost

 

  • O bloco 1.0 EcoBoost é o primeiro modelo a conquistar o galardão “International Engine of the Year” em três anos consecutivos

 

  • O turbocompressor gira quase duas vezes mais depressa do que as rotações dos actuais motores turbo de F1, ou seja, faz mais de 4.000 rotações por segundo

 

 

1 0L-EcoBoost-range_LR_Copy Tendo recentemente conquistado um feito sem precedentes – o terceiro prémio de “International Engine of the Year award” – o pequeno mas surpreendentemente potente motor 1.0 EcoBoost da Ford foi, de acordo com os dados da Ford, o motor turbo mais vendido no mercado europeu nos primeiros seis meses de 2014.

 

No presente ano e até à data, um em cada cinco modelos Ford novos vendidos na Europa estava equipado com o motor 1.0 EcoBoost*, um motor tão pequeno que ocupa os limites de uma folha de papel de formato A4.

 

De Janeiro a Junho de 2014, a Ford comercializou cerca de 120.000 veículos equipados com o bloco 1.0 EcoBoost, em comparação com os 104.000 vendidos nos primeiros seis meses de 2013, num aumento superior a 15 por cento. Na primeira metade de 2014, os modelos dotados desta motorização representaram 47 por cento da gama do veículo multi-actividades B-MAX, 33 por cento das vendas do Focus e 30 por cento das do Fiesta**.

 

“Os clientes estão, claramente, a desfrutar dos benefícios da excelente eficiência de um pequeno motor que não compromete o refinamento ou a performance,” refere Barb Samardzich, Chief Operating Officer, da Ford Europa. “A gama de modelos que integra o motor 1.0 EcoBoost subirá para 11 com o lançamento, nos próximos meses, do novo Mondeo com esse bloco, bem como com a nova versão de 140 cv dos Fiesta Red Edition e Black Edition, que alargam esse potencial.” 

 

Recorde-se que no passado mês de Junho, o motor 1.0 EcoBoost voltou a conquistar o galardão de 2014 International Engine of the Year pelas suas características de condução, performance, economia, refinamento e tecnologia, batendo outras propostas de marcas premium e de modelos super-desportivos.

 

“A competição deste ano foi ainda mais renhida, mas o motor EcoBoost de 1,0 litros continua a destacar-se por diversas excelentes razões, como o grande refinamento, a surpreendente flexibilidade e excelente eficiência,” comentou Dean Slavnich, Co-Chairman da 16ª edição dos galardões International Engine of the Year e editor da revista “Engine Technology International”, ele que efectuou a entrega deste prémio. “O motor 1.0 EcoBoost é um dos melhores exemplos da engenharia de motores”, acrescentou.

 

Com este galardão, elevam-se a 13 os troféus de prestígio conquistados pelo motor. Para além dos sete prémios alcançados no âmbito do International Engine of the Year num espaço de três anos – incluindo o de Melhor Novo Motor em 2012 – o bloco 1.0 EcoBoost também já se viu agraciado com o International Paul Pietsch Award 2013 pela sua inovação tecnológica, na Alemanha; com o Dewar Trophy do Royal Automobile Club, em Inglaterra; e ainda nos EUA, com o Breakthrough Award da revista “Popular Mechanics”. A Ford é o primeiro construtor a ganhar, com um bloco de três cilindros, o troféu “10 Best Engines” da revista Wards Auto World.

 

Lançado na Europa em 2012 no Ford Focus, o motor 1.0 EcoBoost está hoje disponível nas gamas Fiesta, B-MAX, EcoSport, C-MAX e Grand C-MAX, Tourneo Connect, Tourneo Courier, Transit Connect e Transit Courier.

 

Até aqui proposto em variantes de 100 e 125 cv, a Ford alargou recentemente esse leque aos 140 cv, com o lançamento na Europa dos novos Fiesta Red Edition e Fiesta Black Edition; será o primeiro modelo de grande volume, com um motor de 1.0 litros, mais potente de sempre, cumprindo em 9 segundos os 0 aos 100 km/h, alcançando uma velocidade máxima de 201 km/h e garantindo consumos de 4,5 l/100 km e emissões de 104 g/km de CO2***.

 

Mais de duas centenas de engenheiros e designers da Ford, dos centros de pesquisa e desenvolvimento de Aachen e Merkenich (Alemanha), Dagenham e Dunton (Reino Unido) dispensaram mais de cinco milhões de horas no desenvolvimento deste motor 1.0 EcoBoost de três cilindros.

 

O compacto turbocompressor de baixa inércia gira até um máximo de 248.000 rotações por minuto, ou seja, mais de 4.000 vezes por segundo, quase duplicando as rotações dos turbos dos motores de competição usados na Fórmula 1 no corrente ano. O turbo da variante de 140 cv do motor 1.0 EcoBoost disponibiliza uma pressão de ‘boost’ de 1,6 bar (24 psi). Em situação limite, a pressão de 124 bar (1.800 psi) é equiparável à de um elefante africano de cinco toneladas colocado em cima de um pistão.

 

“Ao definirmos um novo patamar em engenharia de motores em termos globais, este motor EcoBoost de 1,0 litros é a prova do enorme sucesso face aos nossos mais exigentes jurados, os nossos clientes,” afirmou Samardzich. Neste domínio, o motor provou o seu sucesso na Holanda, onde representa 38 por cento de todos os modelos Ford vendidos, enquanto na Dinamarca essa percentagem de clientes que escolhem o motor de 1,0 litros é de 35 por cento, quase idêntica aos 32 por cento de clientes suíços que o preferem. A nível mundial, o bloco 1.0 EcoBoost está disponível em 72 países.

 

# # #

 

 

* Dados de Vendas da Ford. Os 20 principais mercados da Ford são a Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Inglaterra, Irlanda, Itália, Noruega, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça.

 

** Os dados da JATO Dynamics baseiam-se em informações da JATO Consult, empresa de consultoria de referência. Dados representantes de 30 países europeus. Para mais informações consulte o site www.jato.com.

 

*** Os consumos de combustível e as emissões de CO2 declaradas são medidos de acordo com os requisitos técnicos e especificações da Regulamentação Europeia (CE) 715/2007 e (CE) 692/2008, nas suas mais recentes redacções. Os consumos de combustível e as emissões de CO2 referem-se a uma determinada variante de veículo e não para uma unidade automóvel única. O procedimento do teste padrão aplicado permite a comparação entre diferentes tipos de veículos e fabricantes. Para além da eficiência de consumos de um automóvel, o comportamento ao volante, bem como outros factores não-técnicos desempenham um papel na determinação das emissões de CO2 e dos consumos de combustível de um automóvel. O CO2 é o principal gás responsável pelo aquecimento global. Os resultados podem diferir dos de outras regiões do mundo devido aos diferentes ciclos e regulamentações utilizadas nesses mercados

 

 

Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company, empresa global da indústria automóvel, sediada em Dearborn, Michigan (EUA), produz e distribui automóveis em seis continentes. Com cerca de 186.000 empregados e 65 fábricas em todo o Mundo, conta no seu portfólio automóvel com as marcas Ford e Lincoln. A empresa disponibiliza serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para mais informações sobre a Ford e os seus produtos, por favor visite www.corporate.ford.com.

 

A Ford Europa é responsável pela produção, comercialização e pós-venda da marca Ford em 50 mercados individuais, empregando aproximadamente 47.000 pessoas nas suas instalações e cerca de 67.000 pessoas no âmbito das ‘joint-ventures’ e restantes parcerias. Em complemento à Ford Motor Credit Company, as operações da Ford Europa incluem a Ford Customer Service Division e 22 unidades fabris (13 detidas na totalidade ou em regime de ‘joint venture’ consolidada, mais 9 em regime de ‘joint venture’ não consolidada). Os primeiros automóveis Ford foram enviados para a Europa em 1903, o mesmo ano da fundação da Ford Motor Company. A produção na Europa teve início em 1911.

 

 

 

SURF NO BRASIL

Red Bull Content Pool
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Adriano de Souza
Alta | Web

Baronis Filmes
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Adriano de Souza
Alta | Web

Na briga pelo título, Adriano de Souza parte para Teahupoo


"Treinei bastante, me sinto pronto e acho que tenho chances. Sei que vai ser difícil, mas quero pelo menos chegar às quartas ou semifinal", conta Mineiro, que também estrela documentário nos canais ESPN

Um dos eventos mais famosos e difíceis do calendário do surf mundial tem início nesta sexta-feira (15). O Billabong Pro Tahiti, sétima etapa da temporada 2014, acontece nas desafiadoras ondas de Teahupoo na janela que se inicia sexta e vai até o dia 26 deste mês. E o Brazilian Storm vai com artilharia pesada em busca de mais uma vitória: Adriano de Souza, Gabriel Medina, Miguel Pupo, Raoni Monteiro, Alejo Muniz e Jadson André estarão presentes - com o desfalque de Filipe Toledo.

Sétimo colocado no ranking e na briga pelo título mundial, Mineiro fala sobre as dificuldades da etapa do Taiti. "Teahupoo é uma onda muito perigosa. O irmão do Michel Bourez, nos trials da Billabong feitos semana passada, caiu de cara nos corais e está no hospital todo quebrado. Este é um dos perigos. Lá, você precisa ter o timing para entrar e sair da onda na hora certa", comenta o atleta, apoiado por HD, Red Bull, Oakley, FCS, Estácio, Mitsubishi, Welcome Surf Trips e CI Surfboards

Sem atividades do WCT desde o fim de junho, com a etapa de Bali, Adriano aproveitou o tempo livre para treinar bastante em cenários variados, da América Central à Ásia, e acredita que está bem preparado para esta fase decisiva do Mundial. "Depois da contusão no Rio, foquei muito nos treinos, com muita gana. Passei alguns dias na Costa Rica, mas o mar deu uma baixada e fui para Mentawaii, na Indonésia, e fiquei surfando lá. Treinei bastante, me sinto pronto e acho que tenho chances. Sei que vai ser difícil, mas quero pelo menos chegar às quartas ou semifinal. Depois é partir para Trestles e Europa, onde acredito que vou bem", completa.

Adriano estrela documentário na ESPN: Também nesta sexta-feira, às 18 horas (de Brasília), no canal ESPN+ (SKY canal 229; Claro canal 545; Vivo canal 467; Oi canal 611; GVT canal 48; NET canal 572), Mineiro será o protagonista do documentário "Adriano de Souza - O Retorno A Bells Beach", que retrata a vida do atual campeão na defesa do título da etapa mais tradicional do circuito.

Em Teahupoo, Adriano abre suas atividades no sétimo round da primeira fase, contra Pupo e o australiano Dion Atkinson. Confira a relação completa de baterias:

Primeira fase

Bateria 1: Kelly Slater (EUA), Sebastian Zietz (HAV), Glenn Hall (IRL).
Bateria 2: Michel Bourez (FIL), Matt Wilkinson (AUS), Raoni Monteiro (BRA).
Bateria 3: Taj Burrow (AUS), Adam Melling (AUS), Brett Simpson (EUA).
Bateria 4: Mick Fanning (AUS), Alejo Muniz (BRA), Mitch Coleborn (AUS).
Bateria 5: Joel Parkinson (AUS), Adrian Buchan (AUS), Nathan Hedge (AUS).
Bateria 6: Gabriel Medina (BRA), Mitch Crews (AUS), Taumata Puhetini (FIL).
Bateria 7: Adriano de Souza (BRA), Miguel Pupo (BRA) e Dion Atkinson (AUS).
Bateria 8: Nat Young (EUA), CJ Hobgood (EUA) e Tiago Pires (POR).
Bateria 9: Kolohe Andino (EUA), Freddy Patacchia Jr. (HAV), Aritz Aranburu (ESP).
Bateria 10: Josh Kerr (AUS), Julian Wilson (AUS) e Jadson Andre (BRA).
Bateria 11: Owen Wright (AUS), Bede Durbidge (AUS), Travis Logie (AFS).
Bateria 12: Jordy Smith (AFS), John John Florence (HAV), Kai Otton (AUS).

Os dez melhores do ranking mundial após seis etapas:

1. Gabriel Medina (BRA), 36.150 pontos
2. Joel Parkinson (AUS), 34.400
3. Mick Fanning (AUS), 32.650
4. Taj Burrow (AUS), 31.950
5. Michel Bourez (FIL), 30.500
6. Kelly Slater (EUA), 30.350
7. Adriano de Souza (BRA), 30.100
8. Nat Young (EUA), 25.900
9. Kolohe Andino (EUA), 22.500
10. Josh Kerr (AUS), 22.250

Desempenho de Adriano de Souza no Circuito Mundial em 2014

Etapa 1 - Quiksilver Pro Gold Coast: terceiro
Etapa 2 - Drug Aware Margaret River Pro: nono
Etapa 3 - Rip Curl Pro Bells Beach: quinto
Etapa 4 - Billabong Rio Pro: nono
Etapa 5 - Fiji Pro: quinto
Etapa 6 - J-Bay Open: quinto




 

JET SKI NO BRASIL

 

GILDO TEIXEIRA TREINA FORTE PARA FAZER

BOA ESTREIA NA COPA SÃO PAULO DE JET SKI

 O paulista de Campinas também está na luta por títulos em três categorias no Campeonato Brasileiro – Grand Prix 2014, que também está sendo disputado simultaneamente.

 

O paulista Gildo Gonçalves Teixeira vem treinando forte para fazer uma boa estreia na Copa São Paulo de Jet Ski, que tem a primeira etapa marcada para o período de 29 a 31 deste mês, na Represa do Guarapiranga (av. Atlântica, 4.000, antiga Robert Kennedy), em São Paulo. A disputa também é válida pela quarta e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro – Grand Prix 2014 e o piloto de Campinas luta por três títulos na competição.

“Eu e meu filho Erik, que também competirá na Copa São Paulo e disputa o Brasileiro, estamos treinando muito, para garantirmos bons resultados. A Represa de Guarapiranga é um bom local para disputa, não tem pedras na margem, a água é limpa e fica perto de Campinas”, explicou Teixeira.

Depois de três etapas do Brasileiro, o campineiro lidera a categoria Super Course Turbo Stock está em segundo na Super Course Turbo Limited e ocupa a terceira colocação na Runabout Turbo Stock. “Estou bem na classificação geral e tentarei manter a mesma performance nessas próximas duas etapas para chegar ao título”, argumentou.

Em termos de Copa São Paulo, que terá duas etapas apenas, Teixeira considera fundamental a vitória na estreia, pois seria um passo importante em termos de luta por título. Para ele a final sempre pesa mais.

 O Campeonato Brasileiro de Jet Ski – Grand Prix 2014 também definirá ao final da disputa, marcada para setembro, junto com a segunda etapa da Copa São Paulo de Jet Ski, os pilotos com direito a disputar o Campeonato Mundial, que será realizado de 4 a 12 de outubro, em Lake Havasu, no Arizona (EUA).

A programação da Copa São Paulo de Jet Ski começa no dia 29 com a recepção aos pilotos e acerto dos motores. Nos dias 30 e 31 serão realizadas as baterias, a partir das 10 horas. As categorias em disputa são as seguintes: Ski Stock, Ski GP, Runabout Aspirado, Runabout Turbo Stock, Runabout Turbo Estreante, Runabout Turbo Limited, Runabout Turbo GP, Super Course Turbo Estreante, Super Course Turbo Stock,  Super Course Turbo Limited, Super Course Turbo GP, Freestyle Estreante, Freestyle Pro e Freestyle Pro Open.

A etapa de abertura da Copa São Paulo de Jet Ski, que também é válida pela quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Jet Ski – Grand Prix 2014 é uma realização da BJSA - Associação Brasileira de Jet Ski, com homologação da IJSBA - International Jet Sports Boating Association. Produção - CPM7 FULL PROMOTION. Apoio Oficial: PREFEITURA DE SÃO PAULO - ESPORTE LAZER E RECREAÇÃO / COORDENAÇÃO DAS SUBPREFEITURAS - CAPELA DO SOCORRO.  Parceria: KAWASAKI DO BRASIL, CASARINI SEADOO / BRP, YAMAHA DO BRASIL, X FLOAT, SPETO IMPORTS, BETHJET, FULL POWER ENERGY, PHOTOJETSKI, TOALHAS SÃO CARLOS, BOMBARCO, PRAINHA BAR E RESTAURANTE e REVISTA BOAT SHOPPING. O evento conta com a Supervisão da MARINHA DO BRASIL e Apoio da GUARDA CIVIL METROPOLITANA E CORPO DE BOMBEIROS.

gildo Copy
 

OLIVEIRA MOTIVADO PARA BRNO

 

Miguel Oliveira motivado no regresso a BRNO


DG1 3557_Copy Miguel Oliveira está já em BRNO a preparar a 11ª etapa do Campeonato do Mundo de Moto GP. Sem tempo para descansar depois de Indianápolis, o piloto português está confiante e espera conseguir um bom resultado no Bwin Grande Prémio da República Checa.

Conhecedor do traçado checo, e tendo no ano passado terminado a corrida em BRNO na 9ª posição, Miguel Oliveira afirma estar bastante motivado para este fim-de-semana. Com a  excelente recuperação feita em Indy ainda muito presente, o jovem de Almada  garante que tudo fará para rodar na linha da frente desde o primeiro momento. Recorde-se que em Indianápolis, depois de ter partido da sexta linha da grelha de partida, da 18ª posição, Miguel Oliveira conseguiu recuperar várias posições ao longo da corrida, terminando no sétimo posto.

O único piloto português presente no mais antigo e prestigiado campeonato do mundo de motociclismo ocupa neste momento, ainda a meio da temporada, uma sólida 8ª posição na classificação geral.

Localizada numa zona algo montanhosa, BRNO é uma pista com alguns altos e baixos e o seu traçado é composto por curvas rápidas e ondulantes, num total de seis à esquerda e oito à direita. O traçado de BRNO apresenta um perímetro de 5.403m tendo sido modificado em 2006 pela última vez.

Os primeiros treinos acontecem já amanhã (sexta-feira) às 08h00 e 12h10, hora de Lisboa.

 

PILOTOS DE MOTO 2

 

Pilotos de Moto2 voltam a Brno com pneu que bateu recordes

 

Dunlop leva pneu traseiro "997" com composto rígido

 

Um ano depois da estreia em Brno do pneu "997" com composto rígido, quando Johann Zarco bateu o recorde na última volta, a Dunlop voltou a eleger este pneu, bem como uma nova opção média para 2014.

 

4@11@9@11@9@5xe" filled="f" stroked="f">image003.png@01CFB7B1.21AEC530" >A corrida de Brno é precedida pelo sucesso destes pneus no circuito de Indianápolis, de piso recentemente renovado, que se caracteriza por ser muito abrasivo. A pista de Brno tem 5,4 km de comprimento com oito curvas à direita e seis à esquerda.

 

Ao longo deste ano, o popular pneu 997 esteve presente em três Grandes Prémios. Nas primeiras duas provas foi eleito pelos seis primeiros classificados, mas na sexta a história mudou. Dos seis primeiros classificados da corrida de Mugello, apenas dois escolheram o pneu 997 – Esteve Rabat, o vencedor, e Simone Corsi que terminou a corrida em quarto lugar. O pneu ajudou a estabelecer novos recordes de voltas nas três ocasiões. O pneu traseiro alternativo é o 9855 de composto médio, este pneu foi a alternativa em Mugello onde foi utilizado em quatro dos seis primeiros classificados.

 

Apesar do pneu traseiro ser por norma o mais importante, o pneu dianteiro ‘102’ é mais rígido e podia ser uma alternativa para ajudar os pilotos a melhorar a estabilidade na travagem. Este ano, este pneu só teve uma presença no pódio com Takaaki Nagagami, que terminou a corrida em segundo lugar na ronda de abertura no Qatar.

 

Distribuição de pneus e códigos de cor:

Moto2:  Dianteiros: 120/75R17, 4 x 302 (Médio - logótipo Dunlop preto sobre um fundo prateado) e 4 x 102 (Rígido - logótipo Dunlop amarelo sobre fundo preto); Traseiros: 195/75R17, 4 x 997 (Rígido - logótipo Dunlop amarelo sobre fundo preto) e 5 x 9855 (Médio - logótipo Dunlop preto sobre um fundo prateado)

 

Moto3:  Dianteiros: 95/75R17, 5 x Médio (logótipo Dunlop preto sobre um fundo prateado) e 3 x Rígido (logótipo Dunlop amarelo sobre fundo preto); Traseiros: 115/75R17 , 6 x Médio (logótipo Dunlop preto sobre um fundo prateado) e 3 x Macio (logótipo Dunlop preto sobre fundo amarelo)

 

Os pilotos vão ter três conjuntos de pneus para piso molhado com um adicional no caso de todas as sessões serem declaradas em piso molhado.

 

Estatísticas da corrida: Moto3 – domínio do composto médio

 

Um pneu de composto médio - dianteiro e traseiro - tem estado presente no pódio em todas as dez corridas de Moto3 realizadas este ano, tendo sido estabelecidos novos recordes de voltas em sete das dez provas. O mais próximo que qualquer outro pneu chegou deste feito foi na pista de Mugello onde Miguel Oliveira escolheu um pneu dianteiro de composto rígido e terminou a corrida em quarto lugar.

 

Clinton Howe, diretor de operações para os Grandes Prémios de Motociclismo afirma: “Brno é um circuito algo acidentado mas que de uma forma geral apresenta uma boa aderência e, por isso mesmo, os pilotos sentem mais oscilações aqui do que em qualquer outro circuito do calendário. Este é o motivo pelo qual vemos mais pilotos a utilizar a opção dianteira mais rígida, visto que isso diminui significativamente a oscilação. No caso dos pneus traseiros, o enfoque passa por garantir uma boa condução na saída das curvas, já que em comparação com outros circuitos os pilotos não passam muito tempo num ângulo de inclinação específico.

 

"As temperaturas dos pneus são muito controladas e ajudam os pneus a permanecer na melhor condição para investir a fundo nas últimas voltas da corrida, conforme apresentado no ano passado, quando três dos quatro primeiros classificados estabeleceram todos os seus melhores tempos na última volta. Para além das duas opções de pneus dianteiros e traseiros de Moto2, está disponível uma nova opção em termos do pneu dianteiro 102 (composto rígido) e do pneu traseiro 9855 (composto médio) que não estavam disponíveis o ano passado. Ambas apresentam as melhorias efetuadas durante os testes de inverno no final de 2013. As opções de pneus de Moto3 permanecem iguais às do ano passado”, conclui.

 

 

Sobre a Dunlop

 

A Dunlop é um dos principais fabricantes mundiais de pneus de altas e muito altas prestações, com um impressionante historial de êxitos em desportos motorizados. A Dunlop é o parceiro técnico da Suzuki Endurance, Honda TT Legends, Kawasaki e Honda e o único fornecedor de pneus para a Moto2 e Moto3.

 

A vasta experiencia da Dunlop em corridas deu lugar a tecnologias inovadoras aplicadas a pneus desenhados para a condução diária. 2013 foi o 125º aniversário da Dunlop e a introdução do nosso fundador de pneus.

 

Os pneus Dunlop estavam na mota que ganhou o primeiro campeonato de 500cc em 1949 e dominou as competições durante as décadas seguintes. Em 1991 uma mota de Superbikes com pneus Dunlop ganhou o primeiro de três campeonatos consecutivos do Mundo e em 2008 Marco Simoncelli escolheu pneus Dunlop, fazendo a vitória número 200 da Dunlop num Grande Prémio na categoria 250cc, numa fase em que a Dunlop conseguiu 17 Campeonatos do Mundo.

 

Em 2010 a Dunlop tornou-se no único fornecedor oficial de Moto2 e em 2012 também de Moto3. As corridas de resistência têm sido dominadas pelos pilotos e equipas Dunlop, com nove títulos mundiais dos 11 disputados desde 2002. Os pneus para corrida da Dunlop são o equipamento original de muitas marcas líderes do mundo das duas rodas como Honda, Kawasaki, KTM e Suzuki.

 

Para mais informações sobre a Dunlop e os seus produtos, visite www.dunlop-tires.com ou as nossas contas de Twitter e Facebook.

524603 Copy524987 Copy
 

STOCK CAR - BRASIL

 

Rafa Matos busca, numa de suas pistas prediletas, retomar
rotina de bons resultados na Stock Car



Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel. Este é, até domingo, o endereço da Stock Car para a sexta etapa da temporada, em regime de rodada dupla. Para o mineiro Rafa Matos (Bardahl/Ativas/Symantec/Belvitur/GT Exotics), da equipe Hot Car, as corridas deste domingo marcam a busca pela retomada da boa fase, interrompida em Goiânia, na Corrida do Milhão, quando um incidente raro – a mangueira do líquido de hidratação se soltou do capacete, molhou o assoalho do carro e fez com que o pé escorregasse do pedal de freio na entrada do retão.

E a expectativa é de repetir o desempenho das rodadas duplas anteriores – em Santa Cruz do Sul saiu da 2xª posição para receber a bandeirada em sétimo na primeira e corrida e liderava quando quebrou na segunda e, em Brasília, conseguiu seu primeiro pódio na categoria. Numa de suas pistas prediletas no Brasil, ele espera evoluir na classificação e conseguir bons resultados em ambas as provas.
“Nosso pacote este ano está muito competitivo e é hora de ver como o carro se comporta em Cascavel, que é uma pista muito veloz e favorece meu estilo. Todos os bons resultados este ano não caíram no colo e foram fruto de muito trabalho, o que nos deixa animados e confiantes para voltar a pontuar. Goiânia já ficou para trás, é hora de nos concentrarmos no próximo desafio”, diz.

Brasileiro de Stock Car
Sexta etapa

Autódromo Internacional Zilmar Beux – Cascavel

Programação

Sexta-feira (15)

9h40 às 10h – 1º Treino extra (Grupo 1)
10h10 às 10h30 – 1º Treino extra (Grupo 2)
12h às 12h20  – 2º Treino extra (Grupo 1)
12h30 às 12h50 – 2º Treino extra (Grupo 2)
15h30 às 16h10 – 1º Treino (Grupo 1)
16h20 às  17h – 1º Treino (Grupo 2)

Sábado (16)
9h20 às 10h20 – 2º Treino (Grupo 1)
10h30 às 11h30 – 2º Treino (Grupo 2)
14h – Treino qualificatório

Domingo (17)
11h – Largada/corrida 1 (40min de prova + 1 volta)
12h13 - Largada/corrida 2 (20min de prova + 1 volta) 

 

CAMPEONATO BRASILEIRO DE TURISMO

Bras.de Turismo - J.Star Racing pronta para voltar a acelerar em Cascavel e terá piloto da "casa"


Será a quinta etapa das oito programadas para a edição 2014, desta vez em terras paranaenses

Neste fim de semana, o Campeonato Brasileiro de Turismo que está em sua terceira edição fará sua segunda corrida na cidade de Cascavel (PR). A equipe J.Star Racing, contará com o paulista Fernando Fortes e o cascavelense Gustavo Myasava para compor o grid da corrida marcada para o domingo (17), às 9h15.

Os bólidos da nova categoria brasileira entram na pista paranaense, - que leva o nome de seu idealizador (Zilmar Beux) -, na sexta-feira, dia 15, para o primeiro treino livre às 14h30. No sábado, dia 16, abre a programação para a realização do segundo treino livre às 8h10 e a tomada de tempos às 13h.

Na cidade de aproximadamente 300 mil habitantes, também conhecida como "Capital do Oeste" a J.Star Racing, terá um novo integrante na equipe, trata-se do jovem piloto Gustavo Myasava, de 18 anos. O cascavelense entrou na vaga de Rodrigo Pimenta, que não poderá participar do restante da temporada por motivos profissionais.

Gustavo diz que sua estratégia será a adaptação à equipe e ao carro. "Esse final de semana vou fazer minha estreia em carros de turismo. Espero corresponder as expectativas da equipe J.Star Racing nessa experiência nova para mim. Será uma prova divisora de águas para definir meu futuro na carreia como piloto, tenho que decidir se ficarei nas competições de Fórmula ou nas de Turismo", finaliza o piloto que estará a bordo do carro número 69, que nasceu em Foz do Iguaçu, mas reside há 17 anos em Cascavel.

No ano passado Fortes conquistou a sétima colocação no circuito pela categoria. "Gosto muito da pista de Cascavel, sempre obtive bons resultados desde as corridas da Copa Montana. Estou confiante para mais um bom desempenho", destaca. Fortes faz elogios ao evento. "O Brasileiro de Turismo tem mostrado um campeonato de altíssimo nível técnico por parte de equipes e pilotos", disse o piloto do carro (#32).

A prova em Cascavel terá a corrida exibida a partir das 9h na Play TV e Portal Terra e às 14h30 será a vez da Rede TV. A categoria segue junto com a Stock Car até o dia 02 de novembro em Viamão, região metropolitana de Porto Alegre (RS).

A equipe J.Star Racing conta com patrocínio da IPQ Instituto de Psiquiatria, Schahin, PPG, IbPré, DMP Sistemas, MADIS, Yuny, Unitalo - Centro Universitário Ítalo Brasileiro, AC Delco, Constructiva Engenharia, Malas Cruzeiro, Atua Construtora, Colonial Rodas, Benfica, Alpina, Vivamil, Technology ClimSystem, Lanali Análises de Alimentos, Palmali, Frango Delícia e Motul Óleos Lubrificantes.

Programação do final de semana em Cascavel:

Dia 15/08 - Sexta-feira:
09h40-10h00 - 1o Treino Extra (Grupo 1) - Stock Car
10h10-10h30 - 1o Treino Extra (Grupo 2) - Stock Car
12h00-12h20 - 2o Treino Extra (Grupo 1) - Stock Car
12h30-12h50 - 2o Treino Extra (Grupo 2) - Stock Car
13h50-14h30 - 1o Treino Livre (Grupo 1) - CBTurismo
14h40-15h20 - 1o Treino Livre (Grupo 2) - CBTurismo
15h30-16h10 - 1o Treino Livre (Grupo 1) - Stock Car
16h20-17h00 - 1o Treino Livre (Grupo 2) - Stock Car

Dia 16/08 - Sábado:
08h10-09h10 - 2o Treino Livre CBTurismo
09h20-10h20 - 2o Treino Livre (Grupo 1) - Stock Car
10h30-11h30 - 2o Treino Livre (Grupo 2) - Stock Car
13h00-13h20 - Classificação CBTurismo
14h00-15h00 - Classificação Stock Car

Dia 17/08 - Domingo:
09h15 - Largada CBTurismo (35 minutos de prova + 1 volta)
11h00 - Largada Corrida 1 Stock Car (40 minutos de prova + 1 volta)
12h13 - Largada Corrida 2 Stock Car (20 minutos de prova + 1 volta)

Calendário de 2014 do Campeonato Brasileiro de Turismo:

Etapa 1 - 23 de março - Interlagos/SP (rodada dupla)
Etapa 2 - 13 de abril - Santa Cruz do Sul/RS
Etapa 3 - 01 de junho - Goiânia/GO*
Etapa 4 - 03 de agosto - Interlagos/SP - Corrida do Milhão (Stock Car)*

Etapa 5 - 17 de agosto - Cascavel/PR
Etapa 6 - 31 de agosto - Curitiba/PR*
Etapa 7 - 14 de setembro - Nova Santa Rita/RS-Velopark*
Etapa 8 - 02 de novembro - Tarumã - Viamão/RS
*rodada dupla


Arquivo pessoal/Divulgação
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Piloto Gustavo Myasava
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Corrida será no domingo às 9h15
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
#32 Fernando Fortes
Alta | Web

 

BATALHA EM ASCOTT

 

Austríaco Hannes Arch é o líder após quatro etapas

 

BATALHA DE INGLATERRA NOS CÉUS DE ASCOT

 

Aproveitando as infra-estruturas das corridas de cavalos mais famosas do mundo, em Ascot, a Red Bull Air Race World Championship regressa ao Reino Unido no AS RBAir_Race_CopyJM RBAir_Race_1_CopyJM RBAir_Race_2_Copyredbull1 Copyredbull2 Copyredbull3 Copyredbull5 Copyredbull6 Copyredbull8 Copyredbull9 Copyredbull10 CopyREDBULL20 CopyREDBULL21 CopyREDBULL22 CopyREDBULL23 Copyrtedbull4 Copy

 

O campeonato começou nos Emiratos Árabes Unidos e já visitou entretanto a Croácia, Malásia e a Polónia. A quinta etapa está agendada para o fim-de-semana de 16 e 17 de agosto, trazendo de volta a elite da aviação ao Reino Unido - depois da passagem por Londres em 2008. Desta vez o cenário escolhido é mais verde, com a ação centrada nos céus de Ascot - no sul de Inglaterra - onde se disputam habitualmente as mais famosas corridas de cavalos do planeta.

 

Para Ascot espera-se uma tudo menos pacífica “Batalha de Inglaterra”, com os pilotos da casa especialmente motivados para lutar pelos lugares do pódio. Neste momento é ainda o austríaco Hannes Arch quem dita a lei, com uma vantagem confortável na liderança, mas os seus mais diretos perseguidores têm aqui uma base de apoio que pode fazer toda a diferença.

 

Paul Bonhomme, o defensor do título que alterna uma carreira competitiva com os comandos do gigantesco Boeing 747 da British Airways, é sem dúvida o mais carismático dos pilotos britânicos. Bonhomme irá como sempre correr com o número 55, o que desta vez tem um simbolismo adicional pelo facto desta ser a 55ª corrida da Red Bull Air Race disputada desde 2003! O seu compatriota Nigel Lamb estará também certamente debaixo dos holofotes em Ascot, depois da sua brilhante performance nas duas últimas corridas. 


CLASSIFICAÇÃO 2014

| APÓS 4 ETAPAS


Hannes Arch (42 pontos)

Paul Bonhomme (29 pontos)

Nigel Lamb (26 pontos)

Mat Hall (21 pontos)

Pete McLeod (18 pontos)

Nicolas Ivanoff (8 pontos)

Martin Sonka (8 pontos)

Yoshihide Muroya (7 pontos)

Kirby Chambliss (5 pontos)

10º Matthias Dolderer (4 pontos)

 

CALENDÁRIO 2014


Emiratos Árabes Unidos  Abu Dhabi | 28 fevereiro e 1 março
Croácia  Rovinj | 12 e 13 abril
Malásia  Putrajaya | 17 e 18 maio
Polónia  Gdynia | 26 e 27 julho
Grã-Bretanha  Ascot | 16 e 17 agosto
Estados Unidos da América  Dallas/Fort Worth | 6 e 7 setembro
Estados Unidos da América  Las Vegas | 11 e 12 outubro
Áustria  | 25 e 26 outubro

 

PILOTOS 2014


Hannes Arch  ÁUSTRIA
Peter Besenyei  HÚNGRIA
Paul Bonhomme  GRÃ BRETANHA
Kirby Chambliss  E.U.A.
Matthias Dolderer  ALEMANHA
Matt Hall  AUSTRÁLIA
Nicolas Ivanoff  FRANÇA
Nigel Lamb  GRÃ BRETANHA
Pete McLeod  CANADÁ
Michael Goulian  E.U.A.
Martin Sonka  REPÚBLICA CHECA
Yoshihide Muroya  JAPÃO

 

 

NOVA GERAÇÃO AYGO

 

Nova Geração AYGO percorre país de norte a sul no verão

# Ação de rua “AYGO on Tour” promove boleias e passatempos em agosto #

A Nova Geração AYGO está a percorrer Portugal de Norte a Sul, passando pelas principais localidades e destinos de férias onde, uma “caravana” com várias viaturas, promove passatempos e interações com as pessoas junto deste novo modelo da Toyota, oferecendo boleias junto às praias, bares e festivais de verão.

Cascais, Carcavelos, Sintra, Costa da Caparica, Tróia, Vila Nova de Milfontes, Vilamoura e Zambujeira do Mar foram as localidades por onde a “caravana” de 7 AYGOs já passou desde o início deste mês, tendo contactado com mais de 2500 pessoas, que andaram à boleia ou participam no passatempo de fotografia AYGO “A Gente Diverte-se”. Este passatempo é aberto a toda a comunidade e decorre até 4 de Setembro no Facebook (http://bit.ly/passatempoAYGO), consistindo em premiar a melhor Selfie que expresse o espirito de diversão do Toyota AYGO.

Até ao final do mês, e após uma presença nos festivais de verão que vão decorrer em Cortegaça (13 a 16 de Agosto) e em Paredes de Coura (20 a 23 de Agosto), o “AYGO on Tour” vai passar por Viana, Caminha, Esposende, Ofir, Azurara, Braga, Porto e Gaia.

O registo fotográfico de toda a viagem da caravana AYGO poderá ser acompanhado na página da Toyota Portugal no Facebook, podendo os interessados informarem-se junto do concessionário local sobre os locais de passagem desta ação.ToyotaAYGOonTour2014-002 CopyToyotaAYGOonTour2014-003 Copy

 

GALP É NOTICIA

 

Poço Apollonia confirma extensão da descoberta de Júpiter
no pré-sal da bacia de Santos
A Galp Energia, parceira do consórcio para a exploração do Bloco BM-S-24, informa que os resultados preliminares da perfuração do poço 3-BRSA-1246-RJS (3-RJS-732), informalmente conhecido como Apollonia, confirmam a presença de hidrocarbonetos e a extensão da descoberta de Júpiter no pré-sal da bacia de Santos.
Apollonia é o quarto poço a ser perfurado na área de Júpiter, sendo perfurado em águas ultraprofundas, a uma profundidade de 2.183 metros, localizado a 296 km do litoral do Rio de Janeiro, no Brasil, e a 8 km a sudoeste do poço pioneiro da área de Júpiter (1-RJS-652A).
A perfuração comprovou a existência de uma coluna de hidrocarbonetos com cerca de 313 metros gross, a partir de 5.166 metros de profundidade, em rochas com boas condições de porosidade e permeabilidade. Além do cap de gás e condensado, o poço constatou uma coluna de óleo de cerca de 87m gross de espessura.
As amostras de fluídos recolhidas apresentam características semelhantes às encontrados no poço pioneiro 1-RJS-652A (Júpiter) e nos dois poços de extensão já perfurados, 3-RJS-683A (Júpiter NE) e 3-RJS-713 (Bracuhy), constatando-se assim a presença de uma grande jazida de gás (gás natural e CO2), condensado e óleo.
O consórcio dará continuidade às atividades previstas no Plano de Avaliação de Descoberta aprovado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
A Galp Energia, através da sua subsidiária Petrogal Brasil, detém uma participação de 20% no consórcio que explora o bloco BM‐S‐24, cabendo 80% à Petrobras (operadora).
Nesta mesma bacia, de grande potencial exploratório, a Galp Energia detém ainda participações noutros três blocos: BM-S-11 (10%), BM-S-8 (14%) e BM-S-21 (20%).

 

SPRINT RACE NO BRASIL

 

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Etapa terá pontos em dobro
Alta | Web

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
SR #4 Luiz Santos/ Matheus Biriba
Alta | Web

Sprint Race: Pontuação dobrada e grid invertido é garantia de show em Curitiba

Com regulamento diferente, quinta etapa traz mais equilíbrio ao campeonato, muita emoção e adrenalina para público presente que poderá também conferir a corrida da Porsche Cup

Curitiba (PR) recebe uma das corridas mais importantes do ano da Sprint Race. A 5ª etapa do campeonato será realizada dia 24 de agosto e terá pontuação dobrada, o que garantirá ainda mais emoção para o evento.

Os pilotos farão classificações independentes, com pontuações válidas como uma corrida (25 pontos). O grid será invertido para largada: o primeiro largará em último e vice-versa, valendo mais 25 pontos. Para segunda bateria, o grid será novamente invertido e valerá 50 pontos.

"É uma corrida de grande expectativas para os pilotos, pois premia o piloto mais rápido sem qualquer benefício de vácuo, assim como os pilotos mais arrojados pelas inversões do grid. É algo totalmente inovador que também valoriza a estratégia e a responsabilidade de cada piloto. Por ser um final de semana com 100 pontos em jogo, pode ser crucial para quem pretende brigar pelo campeonato", analisa Thiago Marques, promotor do evento.

A dupla Matheus Biriba e Luis Santos, do SR#4, que ocupa a quinta colocação no campeonato, com 76 pontos, destaca a importância do evento para a disputa do título.

"Sou a favor da pontuação dobrada e espero poder usá-la a nosso favor para permanecemos na briga pelo campeonato. As novidades que a categoria trouxe este ano, como motores novos, mudanças no sistema de disputa e pontuação dobrada em duas etapas é um diferencial para o campeonato e leva a disputa do titulo até a última corrida. Thiago vem fazendo um trabalho muito correto que valoriza a todos, tanto dentro quanto fora das pistas", ressalta Luiz Santos.

"Com essa novidade dos pontos em dobro, espero ver uma corrida muito mais competitiva e tática", complementa Matheus Biriba, que também opina sobre a pista do Autódromo Internacional de Curitiba. "Tem um traçado muito parecido com o de Goiânia, onde fui criado, por isso acho ótimo".

Já Luiz explica que apenas andou na pista nos treinos coletivos do começo do ano. "É uma pista gostosa de pilotar, com suas peculiaridades que fazem dela um dos nossos melhores autódromos. Com certeza veremos muitas disputas acirradas nas duas baterias", destaca.

Convite de piloto

Luiz convida os curitibanos a prestigiarem o evento no fim de semana. "A Sprint Race possui um equilíbrio que poucas categorias desse nível tem. Disputas do começo ao fim das corridas, muitas vezes brigas diretas no campeonato também. Vale a pena conferir!"

Mais novidades

A quinta etapa da Sprint Race será disputada em conjunto com a Porsche Cup.

Transmissão BandSports

A transmissão da etapa de Cascavel vai ao ar nesta quarta-feira (13), às 19h30.

A Sprint Race tem patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardhal, Fremax e Rio Custom.

Próximas etapas

24 de agosto - Curitiba/PR
21 de setembro - Londrina/PR (prova noturna)
9 de novembro - Curitiba/PR (anel externo)
7 de dezembro - Curitiba/PR.


 

N SEGUROS COM NOVOS INVESTIMENTOS

 

N Seguros investe em tecnologia mobile para um melhor serviço ao cliente

 

Segundo o Relatório Mundial sobre Seguros, lançado recentemente pela Consultora Capgemini e a Efma, as seguradoras acreditam que dentro de cinco anos cerca de um terço dos seus negócios ocorrerão por meio digital, sendo cerca de 20% em canais online e 11% em canais móveis. Portugal não fica à margem desta tendência e a N Seguros investe numa nova plataforma de simulação e subscrição para o seu site e numa versão mobile, prática e com novas funcionalidades.

 

Quando avaliada a evolução do índice de satisfação dos clientes de seguros (2012 / 2013), ao nível da experiencia obtida através da utilização de ferramentas online e mobile, encontramos Portugal num destacado 2º lugar, no que se refere à mudança de uma experiencia negativa ou neutra para uma experiência positiva no que toca ao mercado de seguros.

 

Segundo Sílvia Ramiro, Responsável de Marketing da N Seguros “são dados importantes que revelam a importância de acompanhar os novos padrões de comportamento e consumo dos clientes, baseados nas novas tecnologias. Para a N Seguros a aposta no digital e em plataformas intuitivas de fácil utilização foi sempre uma prioridade. Grande parte do investimento realizado pela N Seguros é direcionado para um melhor serviço na área das Tecnologias da Informação (TI) de modo a responder às exigências dos seus clientes, atuais e futuros.”

 

N Seguros em versão Mobile

 

Atendendo ao atual número de utilizadores de dispositivos móveis que já rondam os 91% da população Portuguesa, dos quais 32% possuem smartphones, a N Seguros avança com a criação de um site mobile de modo a permitir uma fácil utilização e navegação através de telemóvel.

Avaliadas as funcionalidades às quais os clientes mais recorrem, foram otimizados os menus de modo a torná-los simples e práticos na resposta e às necessidades dos nossos clientes. “A N Seguros está atenta às expectativas dos seus clientes e como tal continua a apostar na otimização das ferramentas utilizadas para o contacto”, acrescenta Sílvia Ramiro.

Tudo o que o cliente procura é apresentado nesta versão mobile que apresenta na homepage as principais áreas de acesso: “Oficinas Auto”, “Em caso de Acidente”, “Simulador”, “ Oferta e contactos”:

  • Oficinas auto com acesso rápido às oficinas convencionadas mais próximas do cliente, através da geo-localização;
  • Oferta e contactos com redireccionamento direto de chamada;
  • Em caso de acidente, todas as indicações sobre como proceder;

www.nseguros.pt mais simples e userfriendly

Tendo em conta a importância e o peso que representa o canal internet na subscrição dos seguros, a N Seguros realizou testes de usabilidade no sentido de perceber as maiores dificuldades sentidas pelos utilizadores digitais, tanto na simulação do seguro, como ao longo do processo de subscrição.

Recorrendo à metodologia Eyetracking os testes revelaram a necessidade de realizar algumas alterações no processo, de forma a torná-lo mais simples e “userfriendly”. Numa perspetiva de constante melhoria da satisfação e experiência dos nossos clientes, de evolução dos canais digitais e melhoria das taxas de conversão, no passado mês de julho, a N Seguros realizou uma reformulação completa na sua plataforma de simulação e subscrição para os produtos automóvel e moto, sendo já notórias as melhorias ao nível das taxas de conversão.

Sónia Matos NSeg mobileweb-post_Copy

 

HERTZ ADQUIRE CONCORRENTE

 

HERTZ CONCLUI AQUISIÇÃO DA DOLLAR THRIFTY

 

Hertz Dollar_Thrifty_Copy A Hertz, maior empresa do ramo “rent-a-car” concluiu com sucesso a aquisição do Grupo Thrifty Automotive Dollar (DTG). Como resultado desta transação, a Dollar Thrifty tornou-se subsidiária integral da Hertz reforçando assim a presença da marca em cerca de 145 países na América do Norte, Europa, América Latina, Asia, Austrália, Africa, Médio Oriente e Nova Zelândia, através dos cerca de 11.555 concessionários. A Dollar Thrifty chegou a Portugal em Janeiro 2014 estando presente em todos os aeroportos e estações das principais cidades.

 

 

Mark P. Frissora, Chairman & CEO da Hertz afirma que “em 94 anos de história, os nossos funcionários e parceiros de negócio nunca estiveram tão entusiasmados. Nos últimos seis anos, competimos com sucesso com apenas uma marca premium global, enquanto os nossos concorrentes se apresentaram com várias marcas no mercado. A partir de hoje, temos duas marcas adicionais para competir em vários segmentos de mercado, junto dos nossos diversos clientes e parceiros. É por isso que temos o prazer de anunciar que a transação está concluída, e nós estamos ansiosos por trabalhar rapidamente com a Dollar Thrifty, de forma a integrar as forças das nossas duas grandes empresas”.

 

A Hertz concluiu uma oferta pública, adquirindo cerca de 99,6% das ações da Dollar Thrifty, 87,50 dólares por ação em dinheiro. Posteriormente, a Hertz comprou as restantes ações ordinárias da Dollar Thrifty através de uma fusão simplificada, em que as ações foram convertidas no direito de receber os mesmos 87,50 dólares por ação em dinheiro que serão pagos na oferta pública.

 

De forma a realizar esta fusão, a Hertz exerceu a sua opção “top-up” com vista à compra adicional de ações ordinárias diretamente da Dollar Thrifty. Estas ações não serão mais listadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque.

 

RAMPA DO CARAMULO COM NOVIDADES

RAMPA DO CARAMULO COM NOVIDADES

 

 

 

Novidades para Rampa do Caramulo. / Targa Clube, a realizar em 6 e 7 de Setembro....também um apaixonado pelos automóveis de competição!

André Villas-Boas confirmado no Caramulo Motorfestival

Apaixonado por automóveis, André Villas-Boas, actual treinador do Zenit de São Petersburgo, vai-se estrear na Rampa do Caramulo ao volante do seu BAC Mono, um automóvel desportivo de alto desempenho fabricado no Reino Unido, equipado com um motor Cosworth de 2.3 Litros e que faz 0 aos 100 em 2,8 segundos.

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

 

Mais um grupo de imagens da Rampa Capital do Móvel - Paços de Ferreira, referente à primeira subida de treinos, na tarde de sábado.

 

TFOX 8887_CopyFOX 8888_CopyFOX 8889_CopyFOX 8890_CopyFOX 8892_CopyFOX 8893_CopyFOX 8894_CopyFOX 8895_CopyFOX 8897_CopyFOX 8898_CopyFOX 8899_CopyFOX 8900_CopyFOX 8904_CopyFOX 8905_CopyFOX 8906_CopyFOX 8908_CopyFOX 8909_CopyFOX 8910_CopyFOX 8911_CopyFOX 8912_CopyFOX 8913_CopyFOX 8914_CopyFOX 8915_CopyFOX 8914_CopyFOX 8915_CopyFOX 8916_CopyFOX 8917_CopyFOX 8917_CopyFOX 8918_CopyFOX 8919_CopyFOX 8920_CopyFOX 8922_CopyFOX 8922_CopyFOX 8923_CopyFOX 8940_CopyFOX 8941_CopyFOX 8942_CopyFOX 8943_CopyFOX 8944_CopyFOX 8945_CopyFOX 8947_CopyFOX 8948_CopyFOX 8949_CopyFOX 8950_CopyFOX 8952_CopyFOX 8952_CopyFOX 8953_CopyFOX 8954_CopyFOX 8955_CopyFOX 8956_CopyFOX 8956_CopyFOX 8958_CopyFOX 8959_CopyFOX 8960_CopyFOX 8961_CopyFOX 8962_CopyFOX 8963_CopyFOX 8964_CopyFOX 8965_CopyFOX 8966_CopyFOX 8967_CopyFOX 8968_CopyFOX 8969_CopyFOX 8970_CopyFOX 8974_CopyFOX 8975_CopyFOX 8976_CopyFOX 8977_CopyFOX 8978_CopyFOX 8979_CopyFOX 8979_CopyFOX 8980_CopyFOX 8982_CopyFOX 8983_CopyFOX 8984_CopyFOX 8985_CopyFOX 8986_CopyFOX 8987_CopyFOX 8988_CopyFOX 8989_CopyFOX 8990_CopyFOX 8990_CopyFOX 8992_CopyFOX 8993_CopyFOX 8994_CopyFOX 8995_CopyFOX 8996_CopyFOX 8997_CopyFOX 8998_CopyFOX 8999_CopyFOX 9008_Copyexto de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

NISSAN DÁ AS BOAS VINDAS

 

NISSAN DÁ AS BOAS-VINDAS AOS SEUS NOVOS EMBAIXADORES ANDRÉS INIESTA E THIAGO SILVA

 

 

NISSAN DÁ AS BOAS-VINDAS AOS SEUS NOVOS EMBAIXADORES ANDRÉS INIESTA E THIAGO SILVA

A Nissan confirmou como sendo os seus primeiros embaixadores globais no âmbito da parceria com a Liga dos Campeões da UEFA o meio-campo espanhol do Barcelona Andrés Iniesta e o capitão da selecção brasileira e do Paris Saint-Germain, Thiago Silva.

Ao serem dois dos novos "Engenheiros do Entusiasmo" da Nissan, Iniesta e Silva irão ajudar a marca japonesa na sua campanha para introduzir as mais recentes inovações para melhorar as experiências dos fãs de futebol. Ambos irão desempenhar um papel central ao longo da época de 2014/2015, começando com uma presença na nova campanha publicitária referente à parceria da Nissan com a Liga dos Campeões da UEFA, cuja estreia global ocorre hoje com a transmissão televisiva em directo de Cradiff, Reino Unido, da SuperTaça da UEFA.


 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

Comunicados Relacionados

Comunicados Relacionados

NISSAN INICIA PARCERIA COM LIGA DOS CAMPEÕES DA UEFA

Ago 12, 2014 | ID: 122694

 

TT NO BRASIL

Luciano Santos/SigCom
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Kenner Garcia e Rafael Dal Bello
Alta | Web

 

Piloto de Uberlândia, Kenner Garcia, confirma participação pelos Caminhões no Rally dos Sertões 2014


A expectativa é grande e equipe Competikar prepara os últimos detalhes para o maior rali das Américas

 O experiente Kenner Garcia é o piloto convidado para compor a equipe Competikar e confirma que está preparado para a edição 2014 e contará com o navegador Rafael Del Bello para a disputa pelo Sertões Series, competição inserida no Rally dos Sertões, sendo os quatro primeiros dias da prova, de 23 a 26 de agosto. A dupla está inscrita na categoria Caminhões Leves. A equipe Competikar chegará no dia 21, na cidade de Goiânia para a montagem do box da equipe no parque de apoio que ficará localizado no Autódromo Internacional de Goiânia.

A equipe faz os últimos preparativos nos dias que antecedem a largada do Sertões e o ritmo é acelerado para levar tudo organizado para seguir com a caravana do certame. "O maior problema na pré prova do Sertões é a preparação do veículo e definir a estratégia para acompanhar a logística do próprio rali. Finalizamos a preparação do caminhão, está 100% pronto e agora são os últimos detalhes para o acerto da logística da equipe de apoio, organização das peças extras, trajeto que vai fazer e da alimentação", disse o piloto. "A equipe Competikar deverá levar mais de dois mil quilos de bagagem para a competição", explica Kenner já acostumado com o rali.

Para certificar que está tudo pronto com o veículo Ford F4000, a equipe estará realizando um treino. "No próximo final de semana realizaremos um treino que servirá para testar e fazer um shakedown completo no caminhão e equipamentos", conta o mineiro.

Apaixonado por automobilismo e velocidade, Garcia não vê a hora de poder acelerar novamente nos Caminhões. "Desde a primeira vez que apreciei pilotar os Caminhões e está chegando a hora de voltar a sentir novamente essa sensação graças ao convite da equipe Competikar", diz o piloto.

Garcia, que é de Uberlândia está no off-road há 14 anos. Iniciou no Rally de Velocidade, mas como tem preferência por provas longas, não abre mão de disputar o Rally dos Sertões. Nesta trajetória já fez nove edições e conquistou um título na competição em 2007, quando foi Campeão da categoria Production Light com uma picape Chevrolet S-10.

Kenner diz ainda que não vê a hora de reviver o clima do Rally dos Sertões. "O melhor da experiência é a tranquilidade adquirida, sei que vou estar lá porque gosto. São vários anos de rali que não tenho mais aquela ansiedade, estou ciente do que virá e o que vou enfrentar e a maior expectativa é para a largada. É uma aventura maravilhosa!", destacou.

Já para o navegador será sua segunda participação consecutiva no evento ao lado do piloto Kenner. "Espero corresponder na navegação em mais esta edição e toda a confiança depositada pela equipe Competikar com o piloto Kenner", declara Rafael Del Bello.

22ª edição do Rally dos Sertões

No dia 23 de agosto acontece a primeira etapa em Goiânia (GO) com a realização do Prólogo. No dia 24 de julho, a caravana do Rally dos Sertões/Sertões Series parte de Goiânia rumo à Caldas Novas (GO), segunda etapa do evento. O rali passará por Caldas Novas (GO), Catalão (GO), Paracatu (MG), São Francisco (MG), Diamantina (MG) e a chegada acontecerá em Belo Horizonte (MG), dia 30 de agosto, com a cerimônia de premiação.

Roteiro

Com um total de 2.679 quilômetros a serem percorridos, serão 1.623 de especiais, o que corresponde a aproximadamente 60% do roteiro total. A competição será dividida em prólogo mais sete etapas. O prólogo será em linha, em estrada de terra, próxima a Goiânia, dia 23 de agosto. No dia seguinte (24), a caravana segue para Caldas Novas.

No dia 25 os competidores iniciam os trajetos pelas três cidades que recebem pela primeira vez o Rally dos Sertões: Catalão, destino final da segunda etapa, Paracatu, dia 26, e São Francisco, na quarta etapa, dia 27.

A quinta etapa, que vai de São Francisco à Diamantina, está prevista como a única maratona do Sertões 2014, quando os competidores não poderão receber manutenção da equipe de apoio quando chegarem à Diamantina. A etapa seis será a segunda parte da maratona e terá formato de laço, com a chegada no mesmo local da largada. Após concluída, as equipes estarão liberadas para fazer manutenção nos veículos.

De Diamantina a caravana segue para a sétima etapa, com destino final em Belo Horizonte, que participará do rali pela terceira vez e estreará como a cidade de encerramento.("É um roteiro totalmente diferente dos anos anteriores. Isso mostra a diversidade de terreno", avalia Medeiros, que sonha um dia em fazer o Dakar.

Kenner Garcia e Rafael Del Bello contam com patrocínio da Competikar e Water Park.

Datas e locais das etapas da edição 2014

23/8 - Prólogo: Goiânia
24/8 - Etapa 1: Goiânia - Caldas Novas
25/8 - Etapa 2: Caldas Novas - Catalão
26/8 - Etapa 3: Catalão - Paracatu
27/8 - Etapa 4: Paracatu - São Francisco
28/8 - Etapa 5: São Francisco - Diamantina
29/8 - Etapa 6: Diamantina - Diamantina
30/8 - Etapa 7: Diamantina - Belo Horizonte

Distâncias de cada etapa do Sertões 2014:

23/08 - Prólogo - Goiânia (GO)

24/08 - 1ª etapa - Goiânia (GO)/Caldas Novas (GO)

Deslocamento inicial: 40 km
Trecho especial: 155 km
Deslocamento final: 21 km
Total do dia: 216 km

25/08 - 2ª etapa - Caldas Novas (GO)/Catalão (GO)
Deslocamento inicial: 39 km
Trecho especial: 201 km
Deslocamento final: 20 km
Total do dia: 260 km

26/08 - 3ª etapa - Catalão (GO)/Paracatu (MG)
Deslocamento inicial: 22 km
Trecho especial: 206 km
Deslocamento final: 132 km
Total do dia: 356 km

27/08 - 4ª etapa - Paracatu (MG)/São Francisco (MG)
Deslocamento inicial: 135 km
Trecho especial: 364 km
Deslocamento final: 86 km
Total do dia: 585 km

28/08 - 5ª etapa - São Francisco (MG)/Diamantina (MG) - MARATONA
Deslocamento inicial: 223 km
Trecho especial: 413 km
Deslocamento final: 81 km
Total do dia: 718 km

29/08 - 6ª etapa - Diamantina (MG)/Diamantina (MG)
Deslocamento inicial: 23 km
Trecho especial: 159 km
Deslocamento final: 30 km
Total do dia: 213 km

30/08 - 7ª etapa - Diamantina (MG)/Belo Horizonte (MG)
Deslocamento inicial: 59 km
Trecho especial: 125 km
Deslocamento final: 146 km
Total do dia: 331 km




 

CLASSIC DRIVERS APRESENTA PROGRAMA

 

O ClassicDrivers vai realizar no próximo dia 21 de Setembro, o 4º Passeio Clássico á Centenária Vila de Pernes (Santarém) , aberto a todos os clássicos em geral, cujo o tema será "Rota das Capelinhas". (cartaz em anexo)


CLASSIC DRIVERS APRESENTA PROGRAMA DA PROVAFINAL ff_Copy

Na hipótese de não poderem comparecer com um veiculo clássico, serão bem vindos com qualquer viatura, o importante é o espírito clássico de cada um, independentemente da viatura disponível no momento.

Programa:

9h30 - Concentração no largo do Rossio
10h30 - Coktail de Boas-Vindas
11h30 - Passeio/Visita Cultural
14h00 - Almoço na "A Tufeira"
16h30 - Convivio

Custo: 19 Jantes

Inscrições:
Nuno Afoito - 917558015
Patricia Afoito - 919764455
Tiago Frazão - 918240012

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar "> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar
Facebook: www.facebook.com/classicdrivers.pt



Uma Organização
ClassicDrivers

 

PARCERIA DA NISSAN COM A LIGA DOS CAMPEÕES

 

NISSAN INICIA PARCERIA COM LIGA DOS CAMPEÕES DA UEFA

 

 

NISSAN INICIA PARCERIA COM LIGA DOS CAMPEÕES DA UEFA

A inovadora parceria da Nissan com a Liga dos Campeões da UEFA tem início hoje na Supertaça da UEFA 2014 com o lançamento do seu programa "Engenheiros do Entusiasmo". A Supertaça da UEFA - que assiste ao confronto das equipas espanholas Real Madrid CF e Sevilla FC no Cardiff City Stadium - promete ser um entusiasmante ponto de partida da inovadora parceria da Nissan.

Inovação e entusiasmo ocupam o lugar central do programa "Engenheiros do Entusiasmo" que irá optimizar o entusiasmo dentro e fora das quatro linhas procurando melhorar a experiência dos fãs de futebol relativamente à principal competição de clubes de futebol da Europa.


 

Imagens Relacionadas

Imagens Relacionadas

Comunicados Relacionados

Comunicados Relacionados

NISSAN PARCEIRA GLOBAL DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE

Abr 07, 2014 | ID: 117392

NISSAN DÁ AS BOAS-VINDAS AOS SEUS NOVOS EMBAIXADORES AN ...

Ago 12, 2014 | ID: 122700

 

JOÃO BARBOSA CONTINUA A SOMAR SUCESSOS

JOÃO BARBOSA CONTINUA A SOMAR SUCESSOS

 

O piloto de Valongo (arredores da cidade do Porto), continua a somar sucessos nos Estados Unidos onde no passado fim de semana, em conjunto com o piloto brasileiro Christian Fitipaldi, somou mais uma vitória na USC - Road America, ao volante do já habitual e fiável Corvette da Action Express Racing na Road America.

 

A largada foi feita por Fitipaldi, que saiu da 2ª posição, conseguindo rapidamente subir á liderança, só que um toque com um adversário, acabou por atrasar o piloto brasileiro, que terminou o seu caminho numa escapatória.De regresso à pista, na 4ª posição, acabou por passar o volante a João Barbosa, que "arregaçou" as mangas, e começou uma vez mais uma recuperação galopante, conseguindo rapidamente chegar à liderança, mas sempre com a sombra do Ford do piloto brasileiro Oswaldo Negri, que andou sempre no seu encalço, á espera de algum erro do piloto português, que acabou por ver a bandeira de xadrez na primeira posição.

 

Graças a esta vitória, João Bartbosa e Fitipaldi está na lideranças do Campeonato de piloto, com um avanço de dezoito pontos para o adversário que os segue.JOAOBARBOSAjoaobarbosa1 Copyjoaobarbosa3 Copyjoaobarbosa4 CopyJOAOBARBOSA5 CopyJOAOBARBOSA6 CopyJOAOBARBOSA7 CopyJOAOBARBOSA8 CopyJOAOBARBOSA8 CopyJOAOBARBOSA9 CopyJOAOBARBOSA10 CopyJOAOBARBOSA11 CopyJOAOBARBOSA12 CopyJOAOBARBOSA14 CopyJOAOBARBOSA15 CopyJOAOBARBOSA16 Copy

 

LUIS SIMOES COM PRIMEIOO VEICULO A GAS

 

Projeto consolida sustentabilidade de operações

LUÍS SIMÕES COM O PRIMEIRO VEÍCULO A GÁS NATURAL

 

A Luís Simões acaba de adquirir o primeiro veículo movido a gás natural liquefeito (GNL) para a sua frota de pesados. Trata-se de um veículo que permite uma redução de emissão de gases poluentes e diminuição de ruídos. A aquisição deste veículo insere-se na política de responsabilidade social da empresa, associando-se a outras iniciativas como o Programa Eco-driving.

 

O transporte de mercadorias é um sector que depende fortemente do petróleo. Segundo dados do INE, no que concerne à União Europeia, 96% das necessidades energéticas do sector são supridas pelo petróleo e seus derivados, o que provoca um elevado volume de emissões de CO2 gerado pelo sector. Neste contexto, a redução desta dependência é uma necessidade ecológica e, simultaneamente, um desafio tecnológico.

 

Ainda de acordo com os dados do INE, o modo rodoviário é o mais utilizado na União Europeia representando mais de 70% da tonelagem total transportada, ao qual se segue o modo marítimo, com cerca de 18%, a ferrovia com cerca de 8% e, finalmente, o transporte aéreo de mercadorias, com menos de 1% do total.

 

O novo veículo, movido a GNL, representa uma alternativa mais limpa aos combustíveis fósseis e proporciona uma maior comodidade na condução. As vantagens na utilização de um veículo desta natureza vão desde uma redução de cerca de 20% na emissão de CO², até uma diminuição na ordem dos 70% de ruído (para o ouvido humano representa cerca de 4 vezes menos ruído), em comparação com veículos semelhantes movidos a combustíveis convencionais.

 

As viaturas com estas caraterísticas são, especialmente, apropriadas para transporte de mercadorias em centros urbanos. A sua eficácia e eficiência foram reconhecidas, no ano passado, pela Associação Alemã da Indústria Automobilística (VDA) com o Prémio Europeu de Sustentabilidade no Transporte, atribuído por representantes da indústria de transporte, meios de comunicação, investigadores e instituições públicas alemãs.

 

“A aposta por um sector de transporte de mercadorias sustentável não passa por uma solução única, mas resulta da soma de soluções em várias frentes. Os veículos pesados movidos a GNL são uma alternativa mais ecológica e cómoda aos combustíveis convencionais. A aquisição deste veículo insere-se, quer na nossa política de responsabilidade social, quer do nosso cliente, com quem temos uma relação estreita. Não só prestamos um serviço de qualidade na distribuição das suas mercadorias de norte a sul do país, como complementamo-lo com o uso de um veículo mais amigo do ambiente e adaptado aos centros urbanos”, salientou Dalila Tavares, Diretora de Business Development da Luís Simões.

 

Sobre a Luís Simões

A Luís Simões é um operador logístico de referência, líder no mercado de fluxos rodoviários entre os dois países ibéricos. Gere uma frota de 2.000 viaturas (próprias e subcontratadas), e conta com cerca de 1.568 colaboradores. Presta serviços integrados de logística em toda a Península Ibérica, em mais de 20 armazéns que superam os 300.000m2 de capacidade instalada em 10 regiões diferentes da Península Ibérica. A LS iniciou atividade em Loures, em 1948, e está no mercado espanhol há mais de 25 anos.Camiao LS_GNL_CopyGNL Web_Copy

 

TT EM ANGOLA

 

A NC Sport organiza esta ano a 3ª edição do rali do Huambo que terá a designação de BAJA 400 HUAMBO. Esta é a 5ª prova de rali TT que está integrada no CARR 2014. O Campeonato Angolano de Rali/Raid está aberto a motos, quads, buggies, UTV´s, autos, jipes e pick-ups.

O Prólogo terá uma extensão de 4 Km, o seu início será a 13 Km do Parque Fechado junto à futura universidade José Eduardo dos Santos e o fim a +/- 3 Km do Parque Fechado. Do fim do prólogo ao parque fechado é uma recta. O Prologo não conta para a classificação final mas servirá para ordenar os concorrentes para uma passagem dupla de 186 km.

O Início da especial será feita na Comuna da Calima que fica a +/- 12 Km do Parque Fechado dos quais apenas 5 Km são em asfalto, a ligação terá início junto ao parque fechado. A 1ª zona de assistência/reabastecimento está localizada ao km 56. Para se ter acesso a este local as equipas de assistência tem que chegar ao local antes da passagem do 1º concorrente e só poderão sair após a passagem do ultimo.

A 2ª zona de assistência fica situada ao km 124.

O fim da especial será no Município do Catchiungo (estrada Huambo-Bié), a +/- 65 Km do Parque Fechado.

Em relação às verificações técnicas, convém salientar que só serão efectuadas após as viaturas de competição terem o autocolante da prova, isto é para que todos passem pelo secretariado para que se possa confirmar as inscrições e pagamentos de cada um, assim como, receberem o respectivo autocolante.

O local das verificações técnicas, será junto ao parque fechado no Largo Saidy Mingas. (junto ao Hotel Messe de Oficiais) onde será também toda a concentração da organização inclusive o Camping.

Gostávamos de recordar o Artigo 6 - Depósitos de Combustível do Regulamento e Normas de Segurança para o CARR 2014

Classes E1, E2 e TT

6.1.        É permitida a utilização dos depósitos de combustível originais da viatura.

6.2.        No caso da não utilização de um depósito de origem, o depósito deverá sempre estar equipado com válvulas anti-retorno e válvulas de corte automático (em caso de perda de pressão na linha de combustível) e válvulas de corte por gravidade nos sistemas de respiro.

6.3.        Não são permitidos depósitos adicionais.

6.4.        Os depósitos podem ser construídos em alumínio com um mínimo de 3 mm de espessura, ou em aço inox com um mínimo de 2 mm de espessura.

6.5.        O orifício de enchimento e a sua entrada devem estar situados no exterior do veículo, o mais longe possível do sistema de escape.

Classe M e Q

6.6.        É permitida a troca do depósito de origem por um de maior capacidade. Aconselha-se vivamente a utilização de depósitos de fabricantes reconhecidos para o efeito.

6.7.        São permitidas as válvulas de enchimento rápido.

6.8.        Todos os depósitos deverão estar equipados com um sistema de respiro com válvula de corte ativada por gravidade.

6.9.        São permitidos os depósitos adicionais.

As inscrições terminam no dia 25 de Agosto (2ª feira). O custo é de kz 20.000,00. Para as equipas constituídas por 2 pessoas (condutor e 2º condutor) o custo é de kz 25.000,00. Estes valores devem ser depositados no Banco BIC conta nº 13531875/10/001 em nome de Nuno Miguel Andrade Correia.

O contacto do Nuno Correia é 913 282 883 ou 923 609 060 e Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar "> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar Huambo111413 CopyHuambo358813 CopyHuambo424813 CopyHuambo461013 CopyHuambo472413 CopyHuambo500313 CopyHuambo570213 CopyHuambo570213 CopyHuambo584213 CopyHuambo665413 CopyHuambo704913 Copy

 

NOVO BMW I8 JÁ ESTÁ EM PORTUGAL

NOVO BMW I 8 JÁ ESTÁ EM PORTUGAL

 

O primeiro exemplar da nova coqueluche da BMW, o i8, já tem o primeiro modelo matriculado em Portugal, e teve como destino final, um feliz proprietário, conforme imagem anexa, na altura em que era transportado para a zona sul do país.NOVOBMWI8COIMMATRICULAPORTUGUESANO ALGARVE_Copy

 

RED BULL AIR RACE EM INGLATERRA

RED BULL AIR RACE EM INGLATERRA

 

A Red Bull Air Race, tem este fim de semana mais uma jornada, desta feita em Ascott em Inglaterra, na qual apresentamos as primeiras imagens dos preparativos para mais uma jornada, na qual Paul Bonohome, o piloto inRED1 CopyRED2 CopyRED3 CopyRED4 CopyRED5 CopyRED6 CopyRED7 CopyRED8 CopyRED9 Copyglês poderá ter a sua desforra, depois do mau resultado na jornada anterior na Polónia.

 

JAGUAR APRESENTA NOVO TYPE E

 

JAGUAR LAND ROVER SPECIAL OPERATIONS

APRESENTA O NOVO E-TYPE LIGHTWEIGHT

 

Jaguar E-Type_LWE_02_CopyJaguar E-Type_LWE_03_CopyJaguar E-Type_LWE_04_Copy

  • A divisão Special Operations da Jaguar Land Rover apresentou o seu novo E-Type Lightweight, produzido artesanalmente por profissionais altamente especializados na nova fábrica em Browns Lane.
  • O novo E-Type Lightweight é a primeira réplica produzida pela Jaguar Heritage, o departamento encarregue de veículos clássicos na divisão Special Operations.
  • Serão construídos apenas seis E-Type Lightweight destinados a clientes e cada um destes irá integrar um dos números de chassis que em 1963 foram atribuídos ao projeto Special GT E-Type, que tinha previsto construir 18 veículos e que ainda não foram utilizados.
  • A partir de agora, a oficina para clientes da Jaguar Heritage, em Browns Lane, irá disponibilizar serviços de manutenção e restauração com garantia aos modelos clássicos da Jaguar.
  • Para a réplica do Lightweight, a Jaguar Heritage utilizou os recursos de engenharia e design exclusivos da Jaguar, como a tecnologia, líder a nível mundial, de produção de carroçarias em alumínio.
  • As especificações incluem uma carroçaria em alumínio onde as portas, a tampa da bagageira, o tejadilho rígido e o capot são também fabricados em alumínio, tudo montado sob rigorosas regras de qualidade.
  • O motor XK de seis cilindros cumpre as especificações dos grupos motrizes originais, com um bloco e cabeça em alumínio e lubrificação por cárter seco.
  • Os veículos serão vendidos como veículos de competição históricos e todos poderão ser homologados pela FIA para competição.
  • Foram construídos apenas 12 dos 18 E-Type Lightweight originalmente programados. E todos, à exceção de uma única unidade, foram produzidos em 1963 e 1964 pelo departamento de competição da Jaguar em Browns Lane.
  • O primeiro protótipo será apresentado a 14 de agosto na receção inaugural do Pebble Beach Automotive Weekend, o mais prestigiado evento de automóveis clássicos do mundo.

 

A Jaguar apresentou o protótipo do novo E-Type Lightweight, do qual serão produzidas e comercializadas seis unidades adicionais.

“A missão da Special Operations consiste em satisfazer a paixão dos nossos clientes mais exigentes e entusiastas pelos veículos, incluindo também os do passado. Isto explica a existência de nossa divisão Jaguar Heritage e por que o novo E-Type Lightweight é um projeto tão emocionante”.

O E-Type é um veículo icónico, e o E-Type Lightweight é o mais atraente de todos. Poder completar a produção inicial de 18 unidades, quando passaram cinquenta anos desde a produção do último «Lightweight» era uma oportunidade imperdível.”Declarou John Edwards, Managing Director da Special Operations da Jaguar Land Rover

A Jaguar anunciou em maio de 2014 que irá construir seis novas réplicas do Jaguar E-Type Lightweight original, todas realizadas pela Jaguar Heritage, que integra a nova divisão Special Operations da Jaguar Land Rover.

Cada um destes será construído respeitando as especificações exatas do último E-Type Lightweight produzido em 1964 e será produzido artesanalmente nas mesmas instalações da Jaguar onde o E-Type foi construído pela primeira vez: a fábrica de Browns Lane, em Coventry, Inglaterra. Os veículos serão vendidos como veículos de competição históricos e todos poderão ser homologados pela FIA para competição.

Os novos veículos são os seis restantes do projeto Special GT E-Type, que foi iniciado em fevereiro 1963 com o objetivo de construir 18 unidades e acabaram por ser construídos apenas 12 unidades. Os seis números de chassis restantes permaneceram em estado latente até agora, dado que os seis novos veículos com carroçaria em alumínio, irão incorporar os números de chassis históricos originais dos E-Type dos anos sessenta 60.

Vencedor de diversas competições nas mãos de pilotos reconhecidos no seu breve percurso desportivo, este veículo atingiu fama à escala internacional e, atualmente, os exemplares originais encontram-se avaliados em vários milhões de euros. Para a recriação do E-Type Lightweight a Jaguar Heritage beneficiou dos extraordinários conhecimentos e experiência de numerosos engenheiros e técnicos de grande talento que já trabalhavam em diversos departamentos da Jaguar.

Quando lhes foi proporcionada a oportunidade de participar neste emocionante projeto, não puderam recusar a oferta. Alguns têm inclusivamente um vínculo indirecto desde o lançamento do E-Type: um técnico com vasta experiência calculou que a sua família, incluindo os seus avôs, o seu pai e o seu tio, trabalhou um total de 170 anos para a Jaguar, em períodos que remontam até ao início da década de 1960.

Este projeto exige uma experiência e nível de atenção ao detalhe execionais, pelo que a Jaguar está a utilizar todos os seus recursos Jaguar para assegurar que os seis novos Lightweight não serão apenas autênticos, mas também, em complemento, construídos com uma atenção extrema aos mais elevados níveis de qualidade.

Por esta razão, cada um dos seis clientes selecionados irá receber algo verdadeiramente excecional: um E-Type Lightweight construído artesanalmente em Browns Lane e tão atraente como um dos originais.

“A construção a cargo dos novos seis veículos de competição clássicos E-Type Lightweight da Jaguar Heritage, será realizada de forma meticulosa e artesanal nas novas instalações de Browns Lane, que agora disponibilizam também serviços de restauração e manutenção a veículos de clientes, atesta o nível exclusivo de conhecimentos especializados desta equipa. Saber que esses mesmos conhecimentos podem também ser utilizados em benefício dos proprietários de automóveis clássicos da Jaguar significa que este é um momento verdadeiramente emocionante para Jaguar Heritage”, declarou Derek Weale, Jaguar Heritage Bussines Director.

 

O PROJETO E-TYPE LIGHTWEIGHT EM DETALHE

Carroçaria

O componente central do E-Type Lightweight é a sua carroçaria em alumínio. Este material substituiu o aço da produção do E-Type para redução do seu peso, conseguindo uma redução de cerca de 114 kg em relação ao modelo de série.

Apesar dos 50 anos de diferença, a construção em alumínio dos seis novos E-Type proporciona-lhes uma afinidade imediata com os modelos F-TYPE e XJ da gama atual da Jaguar, que são construídos com carroçarias em alumínio respeitando os requisitos exigentes exactamente pela mesma razão. Efetivamente, atualmente a Jaguar é o principal fabricante à escala internacional de veículos com carroçaria em alumínio e a companhia desfruta de uma experiência inigualável no campo de aplicação da tecnologia de alumínio na produção automóvel em grande escala.

Por esta razão, quando a tarefa de construir uma réplica da carroçaria do E-Type Lightweight em alumínio foi atribuída aos engenheiros da Jaguar, estes puderam estabelecer de imediato uma relação com o que os seus antecessores tinham conseguido há 50 anos atrás. Não obstante, apesar das enormes evoluções em tecnologia desde o início da década de sessenta, decidiram não incorporar materiais nem métodos de montagem e fixação modernos. Apesar das estruturas sem soldadura de ligas de alumínio de alta resistência tivessem ficado invisíveis, não teriam sido fiéis ao design original nem teriam cumprido os requisitos de homologação exigidos pela FIA para a competição de veículos clássicos.

Desta forma, a tecnologia atual avançada destinou-se, em vez disso, a assegurar a mais elevada qualidade e uma reprodução fiel e exata dos componentes que integram a carroçaria do dois lugares E-Type Lightweight. Utilizando as tecnologias mais avançadas de digitalização foram criados modelos digitais das superfícies exteriores e interiores da carroçaria de um Lightweight.

Posteriormente, os técnicos da Jaguar analisaram os resultados desta digitalização extremamente detalhada, que permitiu registar dimensões e formas com a precisão de uma fração de milímetro, para determinar de que forma foi montada a estrutura na década de sessenta, a resistência e como se poderia desenhar atualmente para conseguir um resultado da mais elevada qualidade no projeto E-Type Lightweight.

Graças a este processo de captura digital, que proporcionou aos engenheiros da Jaguar um controlo absoluto sobre os 230 componentes individuais que integram a carroçaria do E-Type Lightweight, foi possível otimizar as suas formas antes de enviar os dados para a oficina do centro de engenharia da Jaguar em Whitley. Até os painéis que permanecem ocultos dentro da estrutura foram reproduzidos fielmente. Para assegurar uma simetria absoluta, foi utilizado um lado da carroçaria digitalizada como ponto de referência que, de seguida, foi invertido para conseguir os resultados exatos no lado oposto.

Em complemento, antes da aprovação final, a digitalização em CAD da superfície exterior foi transferida para o departamento de design da Jaguar, onde foram ultimados os detalhes da geometria da superfície. Todo este trabalho assegurou que as ferramentas com as quais são produzidos a maior parte dos componentes da nova carroçaria são o mais precisas possível.

Cerca de 75 porcento dos painéis são produzidos internamente em Whitley e apenas poucos componentes estampados de grandes dimensões são fornecidos por especialistas externos que utilizam ferramentas desenhadas pela Jaguar. Os tipos de alumínio utilizados nos painéis, tanto da estrutura inferior como da superfície, apresentam propriedades mecânicas praticamente idênticas às utilizadas em 1963 na construção dos E-Type Lightweight originais. A carroçaria foi produzida em conformidade com o E-Type Lightweight com o número de chassis 12; que a Jaguar já tinha reforçado adicionalmente em áreas chave da carroçaria. Posteriormente, a carroçaria em alumínio é completada com a incorporação do capot, das portas e da tampa da bagageira, também em alumínio. Como no caso dos veículos originais, o tejadilho rígido em alumínio integra o equipamento de série. 

O desenvolvimento das ferramentas para produção da carroçaria foi realizado pelo mesmo departamento que constrói todos os protótipos da Jaguar Land Rover, pelo que o projeto contou com experiência e conhecimentos de excelência. No início, o processo de construção e os procedimentos de montagem foram testados no primeiro protótipo, dado que se trata de um protótipo de engenharia, não incorpora nenhum dos seis números de chassis do Lightweight.

Para o projeto E-Type Lightweight os engenheiros da Jaguar criaram uma base de dados específica como as utilizadas durante o desenvolvimento de novos veículos Jaguar de produção. Este documento interno regista as normas de qualidade necessárias em termos de ajustes e acabamentos da carroçaria e assegura uma qualidade de construção uniforme nos seis novos E-Type «Lightweight».

Foi incluído um roll bar como equipamento de série e a carroçaria dispõe de pontos de montagem para uma extensão dianteira desmontável, que é disponibilizada como equipamento opcional. O nível de construção dos veículos é tão elevado que poderão ser homologados pela FIA para competição de veículos históricos.

 

Motor e transmissão

O E-Type Lightweight estava equipado com uma versão muito avançada do motor de seis cilindros em linha XK da Jaguar, o qual, graças às duas árvores de cames à cabeça com acionamento por corrente e à sua cabeça em alumínio com câmaras de combustão hemisféricas, continuava a ser considerado avançado em 1963, apesar de ter sido utilizado no XK 120 em 1948.

Este motor foi o responsável pelas 5 vitórias dos C-Type e D-Type em Le Mans durante a década de cinquenta e a unidade desenvolvida para o E-Type Lightweight baseia-se no motor de 3.868 cc com o qual o D-Type venceu em Le Mans em 1957. Apesar de utilizar uma cabeça em alumínio muito semelhante, de ângulo aberto e com válvulas de grandes dimensões, em vez do bloco em ferro fundido do D-Type, a Jaguar introduziu um bloco em alumínio para o E-Type Lightweight, o que permitiu reduzir substancialmente o peso suportado pelas rodas dianteiras, que é utilizado da mesma forma nos veículos atuais, com camisas de cilindros em aço.

Outra característica fundamental herdada do D-Type é o sistema de lubrificação por cárter seco, que consiste de uma bomba que se encarrega de aspirar o óleo do cárter e direcioná-lo para um depósito de óleo separado, posicionado sob o capot. Desta forma é evitada a flutuação no nível de óleo durante a condução em curva e o consequente risco de danos nos apoios da cambota e cabeças das bielas, além de permitir utilizar uma maior quantidade de óleo. 

A relação de compressão é de 10:1 e o veículo atual incorpora três carburadores Weber 45DCO3, que foram homologados pela Jaguar para o E-Type Lightweight, em complemento a um sistema de injeção mecânica de combustível Lucas, que é disponibilizado aos clientes como opção com custo (e que o primeiro protótipo incorpora). O colector de escape é em aço e direciona os gases até dois tubos paralelos que os conduzem através de um silenciador central até à traseira do veículo, onde o sistema termina numa ponteira de escape polida.

Tanto no caso da alimentação através de carburadores como de injeção de combustível, a potência supera largamente os 300 CV e, com um binário de cerca de 380 Nm às 4.500 rpm, o motor do Lightweight disponibiliza uma elasticidade elevada, uma característica tradicional dos motores de competição da Jaguar.

É utilizado um sistema elétrico de 12 volts com negativo à massa e o motor beneficia de um motor de arranque moderno por inércia. Os radiadores de água e óleo foram produzidos em liga de alumínio. Existe também um depósito de expansão em alumínio para o líquido refrigerante e o depósito de combustível incorpora uma malha por razões de segurança.

A potência é transferida através de um volante leve de inércia reduzida, uma embraiagem monodisco e uma caixa de velocidades manual de relações próximas, com quatro velocidades sincronizadas, da mesma forma que o E-Type Lightweight da época. Encontram-se disponíveis várias relações de transmissão final, todas com o diferencial autoblocante Powr-Lok, mas a de 3,31:1 é disponibilizada como equipamento de série.

 

Suspensão, direção e travões 

A suspensão dianteira com triângulos duplos e a suspensão traseira independente encontram-se configuradas em conformidade com a prática nos veículos de competição da época, com amortecedores melhorados que controlam a barra de torção do eixo dianteiro e as quatro molas helicoidais do eixo traseiro.

A direção é assegurada pelo excelente sistema de pinhão e cremalheira de série do E-Type, com um volante tradicional com aro em madeira para o condutor. Os discos de travão dianteiros são maiores, com 318 mm de diâmetro, enquanto que os traseiros são os de série do E-Type. Não foram incluídos mecanismos de servo-assistência.

As jantes, com 15 polegadas de diâmetro, correspondem às da época, com o estilo «perfurado» correto e, da mesma forma que as originais, são produzidas numa liga de magnésio; as dianteiras têm 7 polegadas de largura e as traseiras 8. Foram incorporados pneus Dunlop Racing: secção 6.00 no eixo dianteiro e 6,5 no eixo traseiro, ambas em composto CR65.

 

Montagem final

A carroçaria monobloco é construída em Whitley, onde é fixada a um chassis auxiliar tubular, reforçado através de chapas de fixação, como no Lightweight original, e é enviada para as instalações da Jaguar em Gaydon para o processo de pintura. De seguida, é transportada para a Jaguar Heritage, em Browns Lane, onde se procederá à montagem do veículo: motor, suspensão, travões, direção, componentes elétricos, tablier e revestimentos suaves.

Este processo será realizado numa área exclusiva, próxima de onde foram montados os E-Type Lightweight originais em 1963/1964, e todo o trabalho é realizado por técnicos altamente especializados com experiência na montagem de protótipos extremamente complexos da Jaguar Land Rover.

É nesta etapa que um contacto pessoal com o cliente dita as especificações finais para cada um dos veículos, e não deverão haver dois idênticos.

O primeiro protótipo foi submetido a um período de 15 dias de ensaios nas instalações de testes da Jaguar Land Rover em Gaydon, com o objetivo de verificar a dinâmica do veículo e estabelecer algumas configurações de suspensão ideais. Para tal contou com Mike Cross, Vehicle Integrity Chief Engineer da Jaguar. Os engenheiros da Jaguar estabeleceram inclusivamente um plano de verificação do design para o Lightweight, da mesma forma que para um modelo totalmente novo. Cada um dos novos seis Lightweight será submetido a testes de verificação para termos a certeza de que cumprem com os requisitos em termos de travagem, condução e direção.

“Nos nossos veículos desportivos Jaguar modernos, o nosso objetivo consiste sempre em conseguir proporcionar uma resposta imediata às solicitações do condutor, e o objetivo com o E-Type Lightweight era o mesmo. Na minha opinião, a sua resposta à direção, travagem e solicitações no pedal do acelerador, em conjunto com a sonoridade notável criada, é o que o torna numa máquina tão atraente a partir do lugar do condutor”, declarou Mike Cross, Vehicle Integrity Chief Engineer da Jaguar.

 

Design

O Advanced Design Studio da Jaguar participou no projeto desde o início e teve a missão de conseguir o nível de revestimento apropriado para o novo veículo, em complemento a selecionar os materiais utilizados e o tipo e cor dos acabamentos.

“Com o E-Type Lightweight, o nosso objetivo como equipa de design era fazer justiça ao trabalho original de Sir William Lyons e Malcolm Sayer. No momento de construir uma réplica deste veículo, foi essencial prestar uma atenção meticulosa aos detalhes, da mesma forma que na produção dos nossos Jaguar contemporâneos. Creio que o resultado é um novo E-Type Lightweight tão impressionante agora como o foram os originais quando eram novos”, declara Ian Callum, Director of Design da Jaguar.

É utilizado couro Connolly, fornecido por Jonathan Connolly, com peles produzidas respeitando as especificações utilizadas pela Jaguar na década de sessenta. Este couro é utilizado para revestir a base dos bancos desportivos em alumínio. O revestimento da consola central é também realizado em couro e são disponibilizadas sete cores distintas. 

Conforme seria de esperar de um GT puro sangue, que exige peso reduzido em todas as áreas, o revestimento interior é mínimo. O cliente pode optar por um veículo com um revestimento completo e a equipa da Jaguar pode desenhar conjuntos de conjuntos personalizados de revestimentos, que podem incluir os painéis das portas, o revestimento para o tejadilho rígido, tapetes amovíveis personalizados em couro de sela e uma cobertura para o túnel de transmissão.

Grande parte do interior do primeiro protótipo, foi deixado propositadamente sem pintura para realçar a carroçaria em alumínio do veículo.

O Studio selecionou também uma paleta de seis cores heritage recomendadas para o exterior: Carmin Red, Opalescent Grey Metallic, Silver Metallic, Opalescent Blue Metallic, British Racing Green e Old English White. No entanto, encontram-se disponíveis diversas alternativas de cores e revestimentos, dado que cada veículo é construído em conformidade com as especificações pessoais de cada cliente, que pode conversar sobre as diversas opções com Ian Callum, Director of Design, em pessoa.

Em honra aos E-Type Lightweight, a Jaguar cimentou também a sua relação com a Bremont Watch Company, que irá criar seis relógios de pulso E-Type personalizados, que serão oferecidos aos clientes dos seis novos E-Type Lightweight.

 


 

ESPECIFICAÇÕES* JAGUAR E-TYPE LIGHTWEIGHT

Motor

Motor:                                     Bloco de seis cilindros e cabeça em alumínio, lubrificação por cárter seco, volante leve de baixa inércia

Cilindrada:                              3.868 cc

Diâmetro/Curso:                     88,0 mm/106,0 mm

Distribuição:                           2 válvulas por cilindro, DOHC

Relação de compressão:       10:1

Carburadores:                        Weber Triplos 45DCO3

Injeção (opção):                     Mecânica Lucas, trompetas de admissão com 158,7 mm

Cambota:                               Aço com bielas em aço com secção em H

Potência:                                340 CV a 6.500 rpm

Binário:                                   380 Nm a 4.500 rpm

Depósito de combustível:       Capacidade de 64 litros, com malha

Bomba de combustível:         E-Type de série

 

Caixa de Velocidades

Transmissão:                          Caixa de velocidades manual, com quatro velocidades sincronizadas, close ratio da Jaguar

Carcaça do diferencial:          Ferro fundido, diferencial autoblocante Powr-Lok, relação de transmissão: 3,31:1

Óleo caixa de velocidades:    Castrol

Embraiagem:                         Disco de embraiagem seco

 

SUSPENSÃO E DIREÇÃO

Dianteira:                                Triângulos duplos sobrepostos, barras de torsão LWE, barra estabilizadora melhorada

Traseira:                                 Suspensão traseira independente Jaguar com triângulos inferiores/semi-eixos, tirantes, barra estabilizadora (molas traseiras E-Type de série com conjuntos de amortecedor melhorados)

Direção:                                  Pinhão e cremalheira de série no E-Type, coluna de direção ajustável

 

Travões

Discos (dianteiros):                 305 mm de diâmetro

Discos (traseiros):                   286 mm de diâmetro

Travão de estacionamento:   E-Type de produção

 

Jantes e pneus

Jantes:                                    Magnésio. Dianteiras: 15” x 7.0J; traseiras: 15” x 8.0J

Pneus:                                    Dunlop (dianteiros: 6.00L15 CR65; traseiros: 6.50L15 CR65)

 

Componentes elétricos

Bateria:                                   12 V - 62 Ah

Sistema:                                 12 V negativo à massa

Iluminação:                             Faróis de tungsténio e luzes traseiras de série

Ignição:                                   Eletrónica

Instrumentação:                     Smiths Industries

Gerador:                                 E-Type de produção

Motor de arranque:                E-Type de produção

Caixa de controlo:                  E-Type de produção

Motor e escovas

do limpa pára-brisas:              E-Type de produção

 

Escape e refrigeração

Escape:                                  Coletor em aço, sistema de escape em aço com silenciador central e ponteira dupla polida .

Refrigeração:                         Radiador E-Type em alumínio, depósito de expansão em alumínio, radiador de óleo do motor, depósito de óleo do cárter

 

Dimensões

Comprimento:                        4.453 mm

Largura:                                  1.700 mm

Altura:                                     1.181 mm

Peso:                                      1.000 kg

Distância entre eixos:             2.440 mm

Via dianteira:                          1.270 mm

Via traseira:                            1.397 mm

 

Carroçaria

Monobloco em alumínio com subestrutura mais rígida para motores de competição com potência superior a 300 cv

Construção em alumínio rebitado e soldado

Painéis articulados da carroçaria em alumínio (capot/portas/tampas da bagageira)

Tejadilho rígido em alumínio desmontável

Grelhas de admissão de ar no capot com 21 alhetas

Roll-bar com acabamento preto esmaltado

Condutas de refrigeração dos travões dianteiros integrados na estrutura do capot

 

Acabamentos exteriores

Puxadores laterais para abertura do capot

Tampão de combustível em alumínio, de abertura rápida de «autonomia longa»

Entradas de ar para ventilação do habitáculo na cor da carroçaria

Capa de proteção do veículo (não à prova de água)

Tranca central para o capot

Espelho lateral oval melhorado

 

Acabamentos interiores

Bancos desportivos em alumínio com amplitude adicional de ajuste do ângulo das costas e apoios almofadados

Espelho retrovisor

Gama de couros da paleta Connolly

Volante com aro em madeira

Manete de seleção de velocidades em alumínio e travão de estacionamento de série

Interruptor e botão de arranque maquinados

Cinto de segurança de cinco apoios

Tablier preto com porta luvas

Suportes para o capot e tampa da bagageira

 

Vidros

Pára-brisas transparente laminado

Vidros laterais e vidro traseiro em acrílico

Vidro laterais deslizantes

 

*Os valores são estimativas do fabricante e encontram-se sujeitas a alterações em função das especificações do cliente.

Mais informação e imagens sobre a Jaguar em www.media.jaguar.com

 

 

  • O Jaguar E-Type foi produzido entre 1961 e 1975. Foram construídas apenas pouco mais que 72.500 unidades.
  • Os E-Type Lightweight foram produzidos em 1963 pelo departamento de Competição da Jaguar. No total foram produzidos doze veículos completos e crê-se que existem ainda onze. A última entrega foi realizada em 1964.
  • Os Lightweight foram homologados para competições de GT como um E-Type descapotável de dois lugares de série equipado com várias opções. Estas opções diferiam de um veículo para outro, mas as alterações principais incluíam um chassis monobloco integralmente em alumínio e painéis da carroçaria em alumínio, bloco em alumínio, cabeça em alumínio de ângulo aberto, motor XK de 3,8 litros, com lubrificação por cárter seco, injeção de combustível e tejadilho rígido em alumínio. Todos os números de chassis eram precedidos de um «S».
  • Os E-Type Lightweight participaram em competições na época pilotados, entre outros, por Graham Hill, Jackie Stewart, Roy Salvadori e Briggs Cunningham. Atualmente, os Lightweight que restam são os favoritos nas competições de veículos clássicos.
  • A equipa de Special Operations da Jaguar Land Rover, recentemente criada, irá dedicar-se à conceção de veículos de luxo, encomendados à medida, veículos históricos e produtos da marca.
  • O novo E-Type Lightweight é a primeira réplica produzida pela Jaguar Heritage, que integra a divisão Special Operations da Jaguar Land Rover.
  • A nova oficina da Jaguar Heritage, construída na fábrica histórica de Browns Lane, Coventry, irá disponibilizar serviços de manutenção e restauração com garantia aos modelos clássicos da firma. Os clientes podem contactar a oficina através do seguinte número: +44 (0)203 6011544.

 

 

 

PROBLEMAS NO RALI DE PORTUGAL?

PROBLEMAS NO RALI DE PORTUGAL

 

 

Fomos os primeiros a anunciar que o rali de Portugal em 2105 viria para o Norte de Portugal, mais exactamente fazendo base em Matosinhos, nos pavilhões da Exponor.Só que o recente anuncio por parte do Turismo de Portugal em retirar os apoios ao rali, vieram estragar os projectos de Carlos Barbosa, que por aquilo que se está a ouvir nos bastidores, está a criar muitas dificuldades na organização e montagem de tudo, mais ainda a edição de 2015, teria de ter mais verba disponivel para as forças de segurança.Sabemos que a equipa liderada por Carlos Barbosa está a fazer todos os esforços para que tudo se mantenha pelo norte de Portugal, mas caso não se encontre as verbas necessárias a organização tem em mãos um plano B que seria, o rali de Portugal Armindo-Araujo-Fafe Copy manter-se pelo Algarve, como tem sido habitual nos ultimos anos.

 

Um assunto para seguir de perto, na qual esperamos que para 2015, o rali de Portugal seja incluido no calendário, pois para já não há ainda certezas que o mesmo esteja incluido, por isso nada mais resta do que esperar pelo desenrolar dos acontecimentos.

 

Texto de João Raposo - Foto de André Lavadinho - www.velocidadeonline.com

 

AFONSO GOMES EM FAFE

 

Prova de regularidade para Afonso
Gomes no Supercross de Fafe
Piloto de Coimbra manteve-se na luta pelos três primeiros
classificados da competição reservada a pilotos Infantis
Afonso Gomes voltou aos palcos do Supercross nacional no passado Sábado
por ocasião da segunda jornada da temporada de 2014 do Campeonato
Nacional, prova realizada na localidade de Arões, às portas de Fafe. O jovem
piloto de Coimbra alcançou o quarto lugar final depois de duas intensas e
disputadas corridas reservadas a pilotos do escalão Infantis.
Em Fafe, já com as condições climatéricas a ajudarem à festa, o programa
voltou a encher de público o recinto nortenho com Afonso Gomes a ser uma
vez mais protagonista de uma bela exibição.
Na primeira corrida da noite, o jovem piloto luso-angolano alcançou o quarto
lugar por entre a concorrência da categoria principal do escalão Infantis, onde
se afigura como o mais novo em pista, chegando mesmo a rodar no terceiro
posto. Já na segunda e última corrida, Afonso Gomes repetiu o quarto lugar
mas desta feita a escassos segundos do segundo e terceiro classificados.
“Inicialmente não me sentia muito bem em pista, mas ao longo da prova
fui melhorando a minha prestação e no final fiquei muito contente por ter
estado na luta pelo segundo lugar. Vamos voltar à Poutena, é uma pista
que gosto muito e onde quero subir ao pódio”, afirmou Afonso Gomes.
De partida para a penúltima jornada do “Nacional” de Supercross, que terá
lugar de regresso à pista da Poutena, próximo de Cantanhede, no próximo dia
16 de Agosto, Afonso Gomes ocupa o quarto lugar da tabela de “Mini SX” a
apenas um ponto da subida ao terceiro posto.
Acompanhe Afonso Gomes em www.facebook.com/AfonsoGomesFansPage.Afonso Gomes_Fafe_09_de_Agosto_de_2014_1_Copy

 

A 5 COM CONDICIONAMENTO

 

Condicionamento de trânsito na A5

 

Entre 11 e 15 de Agosto

A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de beneficiação de pavimento no sublanço Estádio Nacional/Oeiras, na A5 – Auto-estrada da Costa do Estoril, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 11 (segunda-feira) para 12 (terça-feira) de Agosto

Entre as 22:00 e as 06:00,

- Corte de via direita e central alternado com corte de via esquerda e central, no sentido Cascais-Lisboa, entre os kms 8,5 e 7,9

- Corte de via direita e central, no sentido Cascais-Lisboa, entre os kms 9,1 e 11,3

- Corte do ramo de saída da A9 CREL, sentido Queluz/Marginal, para a A5, sentido Lisboa/Cascais

De 12 (terça-feira) para 13 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 22:00 e as 06:00, corte de via esquerda e central, no sentido Cascais-Lisboa, entre os kms 9,1 e 11,3

De 13 (quarta-feira) para 14 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 22:00 e as 06:00,

- Corte de via direita e central, no sentido Cascais-Lisboa, entre os kms 11,3 e 9,1

- Corte do ramo de entrada para a A5, sentido Cascais/Lisboa, de quem viaja do sentido Porto Salvo/Oeiras, no Nó de Oeiras

De 14 (quinta-feira) para 15 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 22:00 e as 06:00,

- Corte de via esquerda e central, no sentido Cascais-Lisboa, entre os kms 11,3 e 9,1

- Corte do ramo de entrada para a A5, sentido Cascais/Lisboa, de quem viaja do sentido Porto Salvo/Oeiras, no Nó de Oeiras

A Brisa Concessão Rodoviária informa que todos os desvios estarão devidamente assinalados no local e apela à prudência na passagem pelo local.

A Brisa agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MOVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

Grupo de imagens relativas à primeira subida de treinos .

 

FOX 8751_CopyFOX 8752_CopyFOX 8753_CopyFOX 8754_CopyFOX 8757_CopyFOX 8758_CopyFOX 8863_CopyFOX 8864_CopyFOX 8865_CopyFOX 8866_CopyFOX 8867_CopyFOX 8868_CopyFOX 8868_CopyFOX 8868_CopyFOX 8869_CopyFOX 8870_CopyFOX 8871_CopyFOX 8876_CopyFOX 8875_CopyFOX 8876_CopyFOX 8877_CopyFOX 8879_CopyFOX 8880_CopyFOX 8881_CopyFOX 8883_CopyFOX 8884_CopyFOX 8885_CopyFOX 8886_CopyFOX 8888_CopyFOX 8889_CopyFOX 8890_CopyFOX 8892_CopyFOX 8892_CopyFOX 8893_CopyFOX 8894_CopyFOX 8895_CopyFOX 8897_CopyFOX 8898_CopyFOX 8899_CopyFOX 8900_Copy

Fotos de JOão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

OS SALÁRIOS NA FÓRMULA 1

VEJA QUANTO AUFERE UM PILOTO DE FÓRMULA 1 POR ÉPOCA

 

 

 

O já famoso [mas nunca confirmado ou desmentido oficialmente] Bussiness Book F1 publicou a lista anual de salários (anuais, também) dos pilotos de Fórmula 1. Os três mais bem pagos são mais bem pagos por igual. Hamilton terá pedido à Mercedes €29m por época (durante três anos) para renovar contrato.

1. Fernando Alonso Díaz Ferrari €22m
Kimi Raikkönen Ferrari €22m
Sebastian Vettel Red Bull Racing €22m
4. Lewis Hamilton Mercedes €20m
5. Jenson Button McLaren-Mercedes €16m
6. Nico Rosberg Mercedes €12m
7. Felipe Massa Williams €4m
Nico Hulkenberg Force India F1 €4m
9. Romain Grosjean Lotus F1 Team €3m
Pastor Maldonado Lotus F1 Team €3m
Sergio Pérez Mendoza Force India F1 €3m
12. Adrian Sutil Sauber €2m
13. Kevin Magnussen McLaren-Mercedes €1m
Valtteri Bottas Williams €1m
15. Daniel Ricciardo Red Bull Racing €750,000
Jean-Éric Vergne Scuderia Toro Rosso €750,000
17. Jules Bianchi Marussia €500,000
18. Estéban Gutierrez Sauber €400,000
19. Daniil Kvyat Scuderia Toro Rosso €250,000
20. Max Chilton Marussia €200,000
21. Marcus Ericsson Caterham F1 €150,000
Kamui Kobayshi Caterham F1 €150,000

 

JAGUAR E BREMONT LANÇAM RELÓGIO DE PULSO

 

JAGUAR E BREMONT LANÇAM UM RELÓGIO DE PULSO PERSONALIZADO

INSPIRADO NO E-TYPE LIGHTWEIGHT

 

Jaguar Bremont_01_CopyJaguar Bremont_02_CopyJaguar Bremont_03_Copy

  • A Jaguar e a Bremont anunciaram a criação de uma série de seis relógios de pulso exclusivos.
  • Estes cronógrafos personalizados irão complementar os seis novos E-Type Lightweight que a Jaguar Heritage está a construir para concluir a produção original de 1963.
  • O relógio apresenta um mostrador preto com 43 milímetros de diâmetro, inspirado no conta-rotações do E-Type.
  • Os ponteiros biselados das horas e minutos reproduzem fielmente a agulha do tacómetro dos instrumentos do E-Type.
  • Cada unidade Bremont incorpora o número de chassis gravado na posição das 6 horas e o número de motor do Jaguar do E-Type Lightweight ao qual se encontra associado.
  • A caixa em ouro branco incorpora alumínio proveniente da construção do E-Type Lightweight.
  • A Bremont estreia o seu primeiro movimento automático com tecnologia patenteada e alta precisão com uma autonomia de 50 horas e um rotor que simula o volante com três raios em liga leve e aro de madeira genuína do E-Type Lightweight, visível na zona traseira da caixa.
  • A coroa destes novos cronógrafos incorpora o desenho dos pneus de competição clássicos produzidos pela Dunlop que serão instalados nos futuros Jaguar E-Type Lightweight.
  • O relógio será apresentado a nível mundial em conjunto com o novo E-Type Lightweight durante o Concours d’Elegance que se irá realizar a 14 de agosto de 2014 em Pebble Beach, Califórnia.

 

A Jaguar divulgou informação detalhadas nova sobre a sua relação com a Bremont Watch Company e apresentou um dos seis relógios de pulso exclusivos que serão oferecidos aos clientes dos seis novos E-Type Lightweight a ser construídos pela Jaguar Heritage.

“O projeto do E-Type Lightweight é tão especial, que devíamos criar algo que complementasse os veículos e, dado que a maioria dos apreciadores de veículos clássicos têm também uma paixão por controlar o seu tempo, pareceu-nos que um relógio de pulso era a resposta apropriada”, explica Ian Callum, Director of Design da Jaguar.

A Bremont foi a opção indiscutível como parceiro, porque no passado trabalhámos em estreita colaboração nos relógios para os protótipos dos C-X75 e XJ75 Platinum e porque, da mesma forma que a Jaguar, é uma marca britânica por excelência”.

“Não queríamos um relógio que fosse demasiado óbvio em termos de design; procurávamos algo que captasse o espírito do Lightweight de uma forma subtil, mas que fosse pertinente, e creio que a Bremont conseguiu atingir este objetivo na perfeição.

Giles English, co-fundador de Bremont em 2002 em conjunto com o seu irmão Nick, comentou que os novos relógios Lightweight irão proporcionar à firma uma oportunidade excelente para dar o importante passo de lançar o seu próprio movimento com tecnologia patenteada.

Trabalhámos no design, desenvolvimento e produção do nosso primeiro movimento exclusivo durante mais de um ano, pelo que é apropriado que uma das suas primeiras aparições seja neste relógio, tão especial para a Jaguar”, observou Giles.

A criação do relógio foi um projeto fascinante, dado que pudemos ter acesso aos ficheiros da Jaguar para determinar, por exemplo, a fonte exata dos caracteres numéricos utilizados no mostrador dos conta-rotações originais. O facto de nos terem solicitado apenas seis exemplares permitiu-nos sermos muito criativos de uma forma que nem sempre é possível quando se desenha um relógio para produção em grande escala. Daí termos podido incluir detalhes como a madeira genuína no aro do rotor de corda que simula um volante. Na essência, é como se cada relógio tivesse sido desenhado de forma personalizada.

O relógio, inspirado diretamente no veículo, apresenta um mostrador preto com 43 mm de diâmetro que se assemelha ao conta-rotações de um Lightweight e inclui um quadrante discreto que representa a “red line”. Os ponteiros biselados das horas e dos minutos reproduzem fielmente a agulha do tacómetro dos instrumentos, enquanto que o número de chassis do veículo correspondente à figura gravada na posição das 6:00 horas.

A banda central da caixa de ouro branco foi produzida em alumínio procedente da construção dos painéis de carroçaria do novo Lightweight e será anodizada para que coincida com a cor do veículo que complementa.

Outros detalhes incluem uma coroa na qual foi gravado o design dos pneus de competição clássicos produzidos pela Dunlop que serão instalados nos futuros Lightweight, bem como uma bracelete produzida com o mesmo couro Connolly utilizado no revestimento interior do veículo.  

A parte posterior da caixa apresenta outra referência ao veículo na forma de um rotor de corda automática, visível através de um fundo em vidro de safira, que constitui uma miniaturização extraordinária do volante com raios em liga leve de um E-Type Lightweight, que inclui um aro em madeira genuína. No verso de cada relógio foi também gravado o número de motor do veículo ao qual está associado.

A Jaguar colaborou pela primeira vez com a firma de relógios de Henley-on-Thames durante o lançamento, em 2010, do inovador Jaguar C-X75, para o qual a Bremont desenhou um relógio analógico exclusivo para o tablier, em consonância com o carácter futurista do híbrido de 778 CV e 330 km/h. 

Agora, as duas firmas, ambas britânicas por excelência reforçaram a sua aliança após o anúncio, no início deste ano, do projeto do E-Type Lightweight que a divisão de Special Operations da Jaguar Land Rover iria completar através da sua divisão Jaguar Heritage.

Os novos veículos são os seis restantes do projeto Special GT E-Type, que foi iniciado em fevereiro 1963 com o objetivo de construir 18 unidades e acabaram por ser construídos apenas 12 unidades. Os seis números de chassis restantes permaneceram em estado latente até agora, dado que os seis novos veículos com carroçaria em alumínio, irão incorporar os números de chassis históricos originais dos E-Type Lightweight dos anos sessenta.

Cada um destes será construído respeitando as especificações exatas do último E-Type Lightweight produzido em 1964 e será produzido artesanalmente nas mesmas instalações da Jaguar onde o E-Type foi construído pela primeira vez: a fábrica de Browns Lane, em Coventry, Inglaterra. Os veículos serão vendidos como veículos de competição históricos e todos poderão ser homologados pela FIA para automobilismo histórico.

Vencedor de diversas competições nas mãos de pilotos reconhecidos no seu breve percurso desportivo, este veículo atingiu fama à escala internacional e, atualmente, os exemplares originais encontram-se avaliados em vários milhões de euros. Para a recriação do E-Type Lightweight a Jaguar Heritage beneficiou dos extraordinários conhecimentos e experiência de numerosos engenheiros e técnicos de grande talento que já trabalhavam em diversos departamentos da Jaguar.

No final deste ano será apresentado um relógio de pulso de edição limitada, mais acessível, e cujos detalhes serão divulgados em breve.

 

ESPECIFICAÇÕES – CRONÓMETRO E-TYPE LIGHTWEIGHT DA BREMONT

Caixa

Edição limitada a seis unidades, ouro branco com 43 mm de diâmetro e anel central em alumínio produzido com material procedente da construção dos painéis do Lightweight.

Movimento: BWC/01 de tecnologia patenteada pela Bremont, movimento de corda automática, cronómetro de alta precisão equipado com um rotor que simula um volante.

Mostrador

Inspirado no conta-rotações do «Lightweight», incorpora o número de chassis do veículo.

Bracelete produzida no mesmo couro Connolly utilizado no revestimento do «Lightweight».

 

 

 

JAGUAR LAND ROVER

-         A Jaguar Land Rover é o maior fabricante de veículos Premium no Reino Unido, com duas marcas de automóveis icónicas britânicas. Todos os seus veículos são desenvolvidos e concebidos no Reino Unido. O núcleo do negócio encontra-se no Reino Unido, onde investe milhares de milhões de libras em instalações vanguardistas de produção, investigação e desenvolvimento. Em 2013, a Jaguar Land Rover vendeu 425.006 veículos, 19% mais que no ano anterior, em mais de 170 países. A companhia conta com 30.000 colaboradores em todo o mundo.

 

 

 

1º TROFÉU KAWASAKI

 

“Festa Verde” na penúltima prova do
I Troféu Kawasaki MX/SX Santander
Em reta final, competição monomarca despediu-se do ciclo
de atividades no “Nacional” de Supercross
O I Troféu Kawasaki MX/SX Santander cumpriu na noite do passado
Sábado, em Fafe, a segunda e última prova inserida no Campeonato
Nacional de Supercross. Ao todo, os concorrentes da competição
destinada a pilotos Kawasaki cumpriram já sete provas pontuáveis,
com o derradeiro desafio a ter lugar no início do mês de Setembro.
Mais de uma dezena de concorrentes “pintaram” de verde o circuito de
Supercross de Arões, próximo de Fafe, uma vez mais com a realização de
uma corrida unicamente destinada a pilotos tripulantes dos competitivos
modelos de Motocross da japonesa Kawasaki.
Na categoria SX2, Daniel Pinto voltou a somar mais um triunfo no I Troféu
Kawasaki e está em posição favorável para recolher o cetro no desafio final.
A fechar o pódio das KX250F ficaram Francisco Salgado e João Oliveira,
segundo e terceiro classificados respetivamente. Já na cilindrada maior,
Edgar Almeida deu nova prova de superioridade ao vencer a categoria SX1,
desta vez na frente de João Moreira e Artur Amorim. Daniel Nogueira, líder
da classificação atual do troféu, quedou-se pelo quarto lugar. Destaque
ainda para a vitória isolada de Alex Almeida nos Infantis, reforçando a
liderança frente aos ausentes Salvador Alves e Tiago Margarido.
A última prova do I Troféu Kawasaki MX/SX Santander realizar-se-á no
início do próximo mês de Setembro em data e local a designar.

Classificação Atual
I Troféu Kawasaki MX/SX Santander
Infantis
Alex Almeida, 210 pontos
Salvador Alves, 95 pts.
Tiago Margarido, 92 pts.
Iniciados
Duarte Jerónimo, 200 pontos
MX2
Daniel Pinto, 172 pontos
Francisco Salgado, 138 pts.
Gonçalo Prudêncio, 85 pts.
MX1
Daniel Nogueira, 141 pontos
João Moreira, 135 pts.
Artur Amorim, 125 pts.
Apoios:Daniel Pinto_I_Trofu_Kawasaki_09_de_Agosto_de_2014_Copy

 

MERCADO DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE INSPECÇÃO

 

Situando-se nos €217 milhões

Mercado das empresas de serviços de inspeção e certificação desceu 0,9% em 2013

 

  • Estima-se uma subida de 1% para 2014
  • Em abril de 2014 estavam acreditadas pelo Instituto Português de Acreditação 35 empresas de inspeção sectorial, 35 entidades de certificação e 67 empresas de inspeção técnica de veículos

 

Segundo o estudo Sectores Portugal: “Serviços de Inspeção e Certificação” publicado pela Informa D&B, o valor do mercado de serviços de inspeção e certificação mantém desde o ano 2011 uma tendência de quebra, penalizado pelo comportamento negativo da atividade económica.

Em 2013 situou-se nos 217 milhões de euros, o que representa uma descida de 0,9% face a 2012 e de perto de 7% face ao máximo contabilizado em 2010. As previsões no curto prazo apontam para uma leve retoma do volume de negócio, estimando-se para o exercício 2014 uma variação positiva à volta de 1%.

O número de certificações de sistemas ISO 9001 e ISO 14001 situou-se nas 7.834 em 2012, uma subida de 43% face a 2011, ano em que registou uma queda de 15%.

Em 2012 foram realizadas em Portugal 5,7 milhões de inspeções técnicas de veículos, valor semelhante ao registado em 2011 e ligeiramente superior ao contabilizado em 2010.

Em abril de 2014 estavam acreditadas pelo Instituto Português de Acreditação (IPAC) 35 empresas de inspeção sectorial e outras 35 entidades de certificação, além de 67 empresas de inspeção técnica de veículos.

O número de estações de inspeção técnica de veículos, nessa data, era de 184, contando pouco mais de 70% das empresas com um único centro. Importa assinalar que apenas três empresas geriam mais de três centros, concentrando mais de 40% do número total.

Porto e Lisboa são os distritos com maior número de operadores, reunindo, respectivamente, 19% e 16% do número total de centros de inspeção técnica de veículos e de inspeção sectorial. No caso dos centros de certificação, Lisboa ocupa a primeira posição, com 33% do total, à frente de Porto, com 19%.


 

 

Dados Gerais

 

Número de empresas de inspecção, Janeiro de 2014

102

  • Inspeção técnica de veículos

67

  • Inspeção sectorial

35

Número de empresas de certificação, Janeiro de 2014

35

Mercado (milhões de euros), 2013

217

Mercado (% var. 2013/2012)

-0,9

Previsão da evolução do mercado (% var. 2014/2013)

+1,4

 

Fonte: Estudo Sectores Portugal DBK: “Serviços de Inspecção e Certificação

 

CONDICIONAMENTO NA A 3

 

Condicionamento de trânsito na A3

Entre 11 e 14 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de repintura de sinalização horizontal nos sublanços de Cruz/Braga Sul e de Ponte de Lima Norte/EN303/Valença, da A3 – Auto-estrada Porto/Valença, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 11 (segunda-feira) a 14 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 09:00 e as 18:00, viaturas em marcha lenta, em ambos dos sentidos, entre os kms 77,6 e 106,4

A 14 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 09:00 e as 18:00, viaturas em marcha lenta, em ambos dos sentidos, entre os kms 35,1 e 42,4

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

 

RALIS NO BRASIL

José Mário Dias/RallyPR
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Patrocinadora Aline Andrade com a dupla da Zettel Sport
Alta | Web

José Mário Dias/RallyPR
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Peugeot 206 #17 _ categoria CBR3
Alta | Web

José Mário Dias/RallyPR
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Leo Zettel e Luís Felipe Eckel na largada promocional
Alta | Web

José Mário Dias/RallyPR
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Foram dois dias de disputas em Tijucas/SC
Alta | Web

 

Rally Rota SC Velocidade: Aline Andrade Glasses foi apresentada aos off-roaders pela Zettel Sport


Prova aconteceu neste final de semana na cidade de Tijucas, Santa Catarina, válida pela quarta etapa do rali de velocidade paranaense e pelo Brasileiro e Catarinense da modalidade

Com variação de pisos, muita velocidade e poeira na disputa da quarta etapa do RallyPR, no Rally Rota SC Velocidade, realizada em Tijucas, SC, a dupla da Zettel Sport apresentou aos competidores do rali fora de estrada e público presente, a nova parceria da equipe. A Aline Andrade Glasses é uma grife de óculos que vem fazendo muito sucesso desde seu lançamento e recebeu aprovação dos modelos utilizados por Leonardo Zettel, Luís Felipe Eckel e os componentes do time.

A modelo Aline Andrade, proprietária da marca, compareceu ao evento e na sexta-feira (08) deu uma volta na pista de treino preparatório para a prova que aconteceu neste sábado e domingo, dias 09 e 10 de agosto. Ela também premiou os primeiros colocados (piloto e navegador) das três categorias com um dos óculos exclusivos da marca, que veio acompanhado de um kit com sacola, camiseta, boné, estojo e flanela. "A ação promocional foi um sucesso, a Aline Andrade Glasses é uma marca jovem e que veio para ficar", declara o piloto Leo Zettel.

O piloto Leo e o navegador Luís competiram pela categoria CBR3 com um Peugeot 206 (#17) e, após uma capotagem na segunda especial do sábado, ficaram fora da prova que contou com oito especiais nos dois dias de competição, com aproximadamente 256 quilômetros de trechos cronometrados e deslocamentos. O Rally Rota SC Velocidade contou pontos para a 4ª etapa do Campeonato Paranaense, 3ª etapa do Campeonato Brasileiro e ainda, 3ª e 4ª etapas do Catarinense de Rally de Velocidade.

Na tabela de classificação do Campeonato Paranaense de Rally Velocidade, depois da etapa de Tijucas/SC, Leonardo Zettel segue com a terceira colocação entre os pilotos, com 36 pontos e Frederico Zettel, é o quinto colocado também com 36 pontos. A quinta etapa será em Ponta Grossa (PR), dias 19 e 20 de setembro.

ALINE ANDRADE GLASSES

A Empresa foi fundada em Outubro de 2013 com o intuito de ser líder no mercado de solares, armações esportivas e modernas, e receituários. A Aline Andrade Glasses nasceu para combinar estilo com qualidade, o que dificilmente se encontrara em outra marca. Sem esquecer da facilidade de comprar pela internet. Em breve o novo site estará no ar, repleto de novidades para você!

Mais informações da equipe no site www.zettel.com.br e www.rallypr.com.br.

Leo e Fred Zettel contam com o patrocínio da WZ Studio (www.wz.com.br) e Aline Andrade Glasses.

Resultado do Rally Rota SC Velocidade:

Categoria CBR-1
1) Ricardo Malucelli/Giovani Bordin, 54:22.2

Categoria CBR-2
1) Felipe Mueller / Felpe Costa, 52:47.4
2) Luccas Arnone / Andrey Karpinski, 53:16.3
3) Marcos Celestino/Gilson Rocha, 53:22.3
4) Leandro Brustolin/Murilo Brustolin, 54:56.3
5) Jean Pimentel / Thiago Osternack, 55:30.1
6) Rafael Túlio / Gilvan Jablosnki, nc
7) Mauricio Neves/Leandro Ferrarini, nc
8) Heitor Pavesi/Kz Morales, nc

Categoria CBR-3

1) Marcos Tokarski / Kana Ribeiro, 54:02.4
2) Marco Malucelli / Giovani Bordin, 54:06.0
3) Toninho Genoni/Maicol Souza, 55:21.3
4) Mirtillo Trombini/Guilherme Trombini, 56:05.4
5) Osman Guida Didi/Murilo Hekave, 1:09:01.0
6) Leo Zettel / Fred Zettel, nc

Classificação do RallyPR, após a 4ª etapa:

CBR1

Pilotos
1) Mauricio Neves, 23 pontos
2) Ricardo Malucelli, 23
3) Marcelo Maronezi, 18
4) Fabio Jorge, 15

Navegadores
1) Leandro Ferrarini - 23 pontos
2) Giovani Bordin - 23
3) Luciani Tesseroli - 18
4) Enzo Jorge - 15

CBR2

Pilotos
1) Jean Pimentel, 57 pontos
2) Marcos Marcola, 55
3) Luccas Arnone, 53
4) Heitor Pavesi, 48
5) Rafael Túlio, 34

Navegadores
1) Felipe Costa, 70 pontos
2) Thiago Osternack, 57
3) Gilson Rocha, 55
4) Andrey Karpinski, 53
5) Gilvan Jablonski, 34

CBR-3

Pilotos
1) Marco Malucelli, 80 pontos
2) Marcos Tokarski, 72
3) Leonardo Zettel, 36
4) Jeann Schaicoski, 33
5) Hamilton de Castro, 28

Navegadores
1) Kana Ribeiro, 50 pontos
2) Guilherme Trombini, 43
3) Vinicius Anzilieiro, 42
4) Maicol Souza, 37
5) Frederico Zettel, 36

CALENDÁRIO 2014 - Campeonato Paranaense de Rally Velocidade

Etapa 1 - 08 de março - Rally de Morretes /PR
Etapa 2 - 02 e 03 de maio - Rally de Ponta Grossa /PR
Etapa 3 - 05 de julho - Rally das Araucárias /PR
Etapa 4 - 08 a 10 de agosto - Rally de Tijucas /SC
*
Etapa 5 - 19 e 20 de setembro - Rally de Ponta Grossa/PR *
Etapa 6 - 05 a 07 de dezembro - Rally de Curitiba /PR*
* Provas juntamente com o Brasileiro e Catarinense


 

CONDICIONAMENTOS NA A 2

 

Condicionamento de tráfego na A2

 

A 11 e 12 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de repintura de sinalização horizontal no sublanço Palmela/A2-A12, da A2 – Auto-estrada do Sul, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

A 11 (segunda-feira) de Agosto

Entre as 10:00 e as 17:00, corte alternado de via esquerda e direita, no sentido norte/sul, entre os kms 35,4 e 39,4

A 12 (terça-feira) de Agosto

Entre as 10:00 e as 17:00, corte alternado de via esquerda e direita, no sentido sul/norte, entre os kms 35,4 e 39,4

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

 

N SEGUROS OFERECE SOLUÇÕES

 

N Seguros oferece soluções para “cortar” nos custos dos seguros e das férias

 

 

 

Para poupar neste verão, a N Seguros lança uma campanha de descontos de 20% em todos os Seguros N Auto e N Moto, com oferta de um desconto extra de 10% em estadias nas unidades hoteleiras do Grupo Pestana e Pousadas de Portugal.

 

Até ao final do mês de Agosto a N Seguros, a Seguradora Directa do Grupo Montepio, lança uma campanha de descontos de 20% que abrange todos os produtos N Auto e N Moto. No total são sete as soluções distintas que a N Seguros oferece para responder às necessidades de cada cliente.

 

Com preços competitivos, as soluções N Auto oferecem produtos desenhados para diferentes segmentos, sejam eles jovens, seniores, mulheres ou todos aqueles que pretendam uma proteção total ou, simplesmente, um serviço base.

 

Para o segmento moto a N Seguros disponibiliza os pacotes N Moto Start e N Moto Top, ambos com cobertura de Assistência em Viagem e Proteção Jurídica.

 

Para usufruir dos descontos nas férias com o Grupo Pestana e Pousadas de Portugal, basta contactar a Central de reservas através do mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar "> Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou por telefone através do 808 20 00 20 e reservar com a indicação da oferta de 10%, a qual é atribuída mediante envio da cópia da Carta Verde.

 

Segundo Sílvia Ramiro, Responsável de Marketing da N Seguros, “por vezes a análise dos custos com encargos anuais, como seja o seguro auto ou moto, tornam-se preponderantes no momento de decidir o destino das férias, pelo que consideramos que a criação de parcerias, como a estabelecida Grupo Pestana e as Pousadas de Portugal, constitui uma vantajosa solução para quem pretende fazer alguma poupança.”

 

 

CONDICIONAMENTOS NA A 1

 

Condicionamento de tráfego na A1

 

Entre 11 e 15 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito dos trabalhos de alargamento e beneficiação do sublanço Carvalhos/Santo Ovídeo, na A1 – Auto-estrada do Norte, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

De 11 (segunda-feira) para 12 (terça-feira) de Agosto

Entre as 21:00 do dia 11 e as 01:00 do dia 12, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 294,7.

De 12 (terça-feira) para 13 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 294,7 e 293.

Entre as 21:00 do dia 12 e as 03:00 do dia 13, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 294,6.

A 13 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 03:00 e as 07:00, corte de via direita, no sentido norte/sul, entre os kms 296,7 e 294,6.

Entre as 21:00 e as 24:00, corte de via esquerda, no sentido norte/sul, entre os kms 294,7 e 293.

De 14 (quinta-feira) para 15 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 00:00 e as 07:00, corte de via direita e central, no sentido norte/sul, entre os kms 294,6 e 293

Entre as 21:00 do dia 14 e as 01:00 do dia 15, corte de via esquerda, no sentido sul/norte, entre os kms 293 e 294,8.

A 15 (sexta-feira) de Agosto

Entre as 01:00 e as 07:00, corte de via esquerda, no sentido sul/norte, entre os kms 294,8 e 296,8

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

SEAT CONTRATA MAIS TRABALHADORES

 

SEAT contrata 200 trabalhadores devido ao aumento da procura 

/    Novos contratados começam a 1 de outubro

/    A procura pelo Leon impulsiona um aumento de 11% na produção

/    A companhia contrata 600 pessoas em meio ano


 A SEAT atravessa um momento de crescimento. A companhia automobilística integrará 200 trabalhadores temporários. Os novos empregados irão ocupar o seu novo posto a partir de 1 de outubro para responder ao aumento da procura, principalmente do Leon.

Até ao momento, a SEAT gera mais emprego. No total, a companhia realizou 600 novas contratações, incluindo 45 jovens que se graduaram no primeiro curso de formação profissional dual e que foram integrados no princípio do mês de julho com contrato sem termo. Além do mais, em março, foi acrescentado um terceiro turno à linha que fabrica o Leon.

O vice-presidente de Recursos Humanos da SEAT, Josef Schelchshorn, destacou que “estamos a viver um bom momento. O SEAT Leon é uma história de sucesso e o resultado repercute-se positivamente nas vendas, produção e criação de mais emprego em Martorell”.

As vendas da SEAT continuam em alta. A marca encerrou a primeira metade de 2014 com 200.200 viaturas entregues, mais 9,9% que no primeiro semestre de 2013 (182.200). A SEAT obteve o melhor resultado dos últimos seis anos e superou as 200.000 unidades no primeiro semestre pela primeira vez desde o início da crise económica, em 2008. O êxito de vendas do Leon é a chave deste crescimento. O compacto registou um incremento de 62,3%.

Martorell, a fábrica que produz o maior volume de viaturas SEAT, encerrou o primeiro semestre de 2014 com um aumento de 11,1% em relação ao período homólogo do ano anterior, alcançando as 239.100 unidades fabricadas, quase mais 24.000 unidades (2013: 215.200).

 

 

A SEAT é a única companhia no seu setor com a capacidade total de desenhar, desenvolver, fabricar e comercializar carros, em Espanha. Membro do Grupo Volkswagen, a multinacional tem a sua sede em Martorell, Barcelona, exportando mais de 80% dos seus veículos, estando presente em mais de 75 países. As vendas globais da SEAT, em 2013, totalizaram um volume de 355,000 unidades traduzindo-se em 6,473 milhões de euros em receitas, valores recorde na história da marca.

           

O Grupo SEAT emprega 13,500 profissionais nos seus três centros de produção em Barcelona – Zona Franca, El Prat de Llobregat e Martorell, onde constrói os tão bem sucedidos modelos Ibiza e Leon, entre outros. Adicionalmente, a companhia produz o modelo Alhambra em Palmela (Portugal), o Mii em Bratislava (Eslováquia) e o Toledo em Mladá Boleslav (República Checa).

 

A multinacional espanhola também tem um Centro Técnico, um ‘núcleo de conhecimento’, albergando um total de cerca de 900 engenheiros, cujo objetivo é o de servirem como força impulsionadora de inovação do investidor industrial número um em I&D em Espanha. Em linha com o seu compromisso declarado na proteção ambiental, a SEAT baseia a sua atividade central na sustentabilidade, nomeadamente na redução de emissão de CO2, eficiência energética e reciclagem de recursos, bem como a sua reutilização. 

 

PORSCHE É NOTICIA

PORSCHE É NOTICIA

 

 

 

 

Tudor Estados SportsCar Championship, redondo 8 em Elkhart Lake, EUA

Porsche 911 RSR em Road America ganha Top-Five


Stuttgart. Continental Tire Corrida de Rua Showcase de hoje em Road America foi o primeiro evento para o novo ajuste do pacote Performance (AOP) para o Porsche 911 RSR. Sem tempo testes anteriores na pista com o novo pacote de regras Tudor Estados SportsCar Championship, o programa funciona ganhou um quinto lugar na classe. A corrida provou ser um ambiente de teste forte para a equipe com equilíbrio significativa do campo que está sendo visto contra a maioria da concorrência classe GT Le Mans (GTLM). Todos os três Porsche 911 rsrs inserido no Elkhart Lake, Wisconsin correu entre os cinco primeiros Durante o evento de duas horas, 45 minutos. Em última análise, a melhor posição de chegada foi o No. 912 Porsche América do Norte entrada fábrica em quinto. Sua irmã carro n º 911 décimo terminado.

Porsche Motorsports Entrou no fim de semana com uma curva de aprendizagem. Depois de vencer as duas primeiras corridas da temporada em alta velocidade, faixas de baixa pressão aerodinâmica, o clássico Porsche com motor traseiro lutou contra a sua competição em pistas que exigem configurações de alto downforce. IMSA, o criador de regras para o SportsCar Campeonato Estados Tudor, tentou equilibrar o jogo contra outros carros no derivado de carro de produção em série que ganha suas regras fundamentais das 24 Horas de Le Mans. O ajuste da corrente de Desempenho Permite a sétima geração do Porsche 911 um divisor dianteiro maior, revisto asa traseira e maior restritor de ar. Hoje oitava rodada do campeonato foi a primeira oportunidade Porsche teve para testar a combinação na pista. Como resultado, os treinos do fim de semana, e até mesmo a corrida de hoje, estava focada em aprender as novas características de desempenho do carro.

O n º 912 da América do Norte Porsche Porsche 911 RSR, conduzido por Patrick Long (EUA) e Michael Christensen (Dinamarca), desafiou atrasado para uma posição no pódio, mas acabaria por terminar em quinto. A tentativa da equipe de voltar para a pista da vitória foi feito todas as amoras impressionante depois que o carro rodou na segunda volta da corrida. Long e Christensen lutou para chegar ao máximo de terceiro, com 20 minutos restantes. Apesar de um grande esforço, eles foram passados ​​duas vezes nos momentos finais, mas realizada em para o top-five resultado.

O n º 911 da América do Norte Porsche Porsche 911 RSR velocidade também mostrou com Nick Tandy (Grã-Bretanha) e Richard Lietz (Áustria). Apesar partida de volta, na ordem, os Rolex 24 Horas de Daytona no time ganhador correu para a frente do campo principal, perto do ponto médio da corrida. No entanto, um pênalti para bater a roda de um concorrente On Their pit stop final, obrigou-os a retornar ao pit lane para parar por 20 segundos na "caixa penalidade." A equipe iria terminar em décimo. O n º 911 ganhou o "IMSA Verde Challenge" para o funcionamento mais eficiente na corrida de hoje. O prêmio é concedido à equipe que, em termos mais simples, é capaz de viajar mais longe, o mais rápido do menor quantidade de combustível. Porsche já ganhou o prêmio na Rolex 24 At Daytona ea Mobil 1 Doze Horas de Sebring.
Pouco mais à frente do local em nono lugar na No. 911 foi o único preparado para o cliente Porsche 911 RSR na classe. O n º 17 da equipe Falken Tire Porsche 911 RSR saltou quatro pontos no primeiro pit stop do carro para correr segundo. No entanto, após o impressionante trabalho de pit e unidades fortes por Ambos piloto de fábrica da Porsche Lobo Henzler (Alemanha) e Bryan Sellers (EUA), o participante corsário caiu para nono na classe programa de heavy fábrica no final.

Patrick Long (# 912): "O carro estava muito bom no começo com os pneus frios. Logo no início da corrida estávamos pressionando BMW para Bill Auberlen no terceiro e foi side-by-side e fui colocar-se no meio-fio. A equipe manteve-nos bem com a estratégia ea velocidade do carro era bom. Nós fomos capazes de lutar de volta. Nós não tínhamos a velocidade linear hoje e bregas para produzir para o Viper no final ".
Michael Christensen (# 912): "Eu acho que são mais rápidos em termos de tempo de volta. O carro foi otimizado em termos de equilíbrio, mas ainda há trabalho a fazer. As muitas reinicializações Durante a minha passagem era uma oportunidade para atacar e se mover para a frente. Tivemos êxito com isso. "
Richard Lietz (# 911): "O equilíbrio do carro estava bom na corrida. Tivemos a paz para seguir os outros. O negativo é que eu toquei no pneu do Corvette deixando os pits. Era apenas uma escova, mas foi o suficiente para dar a pena. Uma grande penalidade no final da corrida só coloca-lo de volta e você não tem chance de fazer as pazes. O carro estava bom e eu estou ansioso para Virginia. "
Nick Tandy (# 911): "O carro estava muito bom. Nós tentamos algo um pouco diferente para a corrida e isso parecia funcionar muito bem. Eu era capaz de passar o Viper para assumir a liderança. Foi uma boa corrida. Parece que estamos a obter uma melhor compreensão de como o novo pacote está funcionando. Isso é um bom passo em direção ao futuro. "

O Alex Job Corrida Porsche 911 GT América, com Cooper MacNeil (EUA) e Leh Keen (EUA), ao volante, usou as cinco bandeiras amarelas da corrida para a sua vantagem. A combinação terminou em segundo na classe GT Daytona (GTD), e mover-se em primeiro lugar na classificação, com apenas três pontos eventos restante. Foi o primeiro pódio da dupla de 2014 Madison Snow (EUA) e Jan Heylen (EUA) acompanhado o seu melhor resultado da temporada também por pilotar o Neve Corrida Porsche 911 GT América para terminar em terceiro lugar.


resultados da corrida
classe GTLM
Fisichella 1 / Kaffer (I / D), Ferrari F458 Itália, 61 voltas
2 Müller / Edwards (D / EUA), BMW Z4 GTE, 61
3 Bomar / Wittmer (EUA / CAN) Dodge Viper SRT 61
4 Goosens / D. Farnbacher (B / D), Dodge Viper SRT 61
5 Christensen / Long (DK / EUA), Porsche 911 RSR, 61
6 Magnussen / Garcia (DK / E), Chevrolet Corvette, 61
9 Henzler / Sellers (D / EUA), Porsche 911 RSR, 61
Lietz 10 / Tandy (A / GB), Porsche 911 RSR, 61

classe GTD
1 Cameron / Palttala (EUA / SF), BMW Z4, 59 voltas
2 MacNeil / Keen (EUA / EUA), Porsche 911 GT América, 59
3 Heylen / Snow (EUA / EUA), Porsche 911 GT América, 59
4 Bleekemolen / Keating (NL / EUA), Dodge Viper SRT 59
5 Sweedler / Bell (EUA / EUA), Ferrari 458 Itália, 59
6 James / M. Farnbacher (EUA / D), Porsche 911 GT América, 59

A próxima corrida Tudor Estados SportsCar Campeonato terá lugar no dia 24 de agosto no Virginia International Raceway, em Alton, Virgínia, EUA.

 

Google Tradutor

 

AS MELHORES IMAGENS

AS MELHORES IMAGENS DAS WSR RENAULT EM 2011

 

 

Eis um grupo das melhores imagens da World Series by Renault em 2011.RENBEST1-2011 CopyRENBEST2 CopyRENBEST3 CopyRENBEST4 CopyRENBEST5 CopyRENBEST6 CopyRENBEST7 CopyRENBEST8 CopyRENBEST9 CopyRENBEST10 CopyRENBEST11 CopyRENBEST12 CopyRENBEST14 CopyRENBEST15 CopyRENBEST16 CopyRENBEST17 CopyRENBEST18 CopyRENBEST19 CopyRENBEST21 CopyRENBEST22 CopyRENBEST23 CopyRENBEST24 Copy

 

EDIÇÃO LIMITADA LEXUS

 

 

 

 

 

Edição limitada Lexus NX by Will.I.Am

Esta parceria inicia uma colaboração única que alia o mundo da música, do design e da tecnologia. Como parte da campanha, Will.I.Am vai desenvolver uma edição limitada do novo Lexus NX, um SUV compacto do segmento Premium. Vai também ser a estrela principal da campanha publicitária de televisão, que se prevê que seja lançada ainda este ano.

Will.I.Am afirmou: “Quero que tudo o que faça seja impressionante, quero inovar e revolucionar na parceria com a Lexus e em especial na campanha do novo NX - Stiking Angles. Inspirados na filosofia do design, estamos a trabalhar na campanha para que quebre o convencional e inove no design e que faça fluir na imaginação das pessoas.”.

Foi realizado um vídeo com a colaboração do cantor e compositor para dar início à parceria. Para celebrar a sinergia entre a inovação e a tecnologia, o vídeo recria visualmente a vida do Will.I.Am na sua última música ‘Dreaming about the Future’, com participação do brasileiro, Sérgio Mendes. A música, que se estreou como parte da instalação Pyramidi do Will.I.Am, na exposição Revolução Digital do Barbican em Londres. Esta criação, apoiada pela Lexus, apresentam uma mistura de tecnologia de música digital e analógica e projeção de efeitos visuais. Os gráficos animados, inspirados na paixão do Will.I.Am e pelo design arrojado e desportivo do novo Lexus NX, estão também patentes no vídeo.

Alain Uyttenhoven, presidente da Lexus Europa, comentou: “Estamos realmente entusiasmados para trabalhar com Will.I.Am. dada a sua incomparável paixão pelo design e inovação, características das Lexus, assim como a sua incrível criatividade fazendo dele um parceiro perfeito para a nossa campanha Lexus NX Striking Angles.".

Os clientes Lexus podem esperar o anúncio de novos modelos assentes na filosofia Amazing in Motion para o mercado.

 

TT NO BRASIL

TT NO BRASIL

 

 

 

Helena Deyama é destaque em treino pré Rally dos Sertões no Jalapão

Piloto termina sem problemas a expedição para o treino realizado em uma das etapas mais desafiadoras da história da competição

Helena Deyama está totalmente focada em sua preparação para a temporada 2014 de rali e esteve juntamente com um grupo de competidores para treino para o 22ª edição do Rally dos Sertões, que acontece entre os dias 24 e 30 de agosto. Mesmo com dificuldades em fechar patrocínios, a piloto não desanima e treina pesado, tanto a parte física na Academia Bio Ritmo, quanto em especiais com seu carro, um UTV Polaris RZR 800. O último treino ocorreu no Jalapão, considerada uma das etapas mais difíceis da maior competição off-road da América Latina. Na ocasião, a piloto destacou-se mais uma vez: foi considerada a vencedora por ter sido a única a completar todas as especiais sem problemas.

"Foi um treino completo e muito importante, porque aceleramos em trechos reais de especiais de rali, e o Jalapão é considerado uma das etapas mais duras no Rally dos Sertões, devido às longas distâncias percorridas, variedade de piso, areia pesada e alta temperatura. Este treino testou os equipamentos e a resistência dos pilotos", explica a piloto.

A expedição/treino durou três dias e foi realizada em um grupo composto por duas motos, dois quadriciclos, quarto UTVs RZR 1000, além do carro da japonesa voadora. Os veículos foram transportados em uma carreta pela Podium Racing até Palmas (TO), de onde o grupo partiu para Ponte Alta (TO). No segundo dia fizeram o percurso de Ponte Alta a Mateiros (TO). Já no terceiro dia passaram por São Felix do Jalapão e voltaram para Ponte Alta, onde a carreta já os aguardava para trazer os veículos de volta. O objetivo era percorrer uma média diária entre 250 a 300 quilômetros.

"Este é um tipo de treino que tem de ser bem organizado e necessita ser feito em grupo. O Henrique Arena (organizador de ralis e competidor) foi uma semana antes e levantou a planilha, tinha uma moto que largava antes abrindo as porteiras e conferindo o livro de bordo, além de duas caminhonetes de apoio: uma para fazer o abastecimento no trecho e a outra para fechar a trilha e socorrer eventuais problemas mecânicos que os participantes pudessem ter. Levamos todos os equipamento usados no rali: os de segurança, de navegação e os kits de proteção, hidratação e alimentação", esclarece.

O local do treino foi aprovado pela piloto, que explica a diversidade de solo do percurso. "Existem trechos de areia, areião pesado, estradinhas estreitas com lages, pedras e trial, e muitos estradões com as perigosas "panelas" de talco, conhecidos como ‘fech fech’", analisa.

Além de treinar em um dos percursos dos anos anteriores da maior competição off-road da América Latina, Helena destaca as belezas naturais do trajeto. "Aparecem formações de grandes cordilheiras de montanhas, formações rochosas, muitos rios e cachoeiras, aquele visual das trilha de areia contando o Jalapão em um sobe e desce a perder de vista, além das dunas e o fervedouro", ressalta.

Concorrendo na categoria Marathon 850, com o seu UTV Polaris RZR 800, a japonesa voadora foi a vice-campeã na 5ª edição Rally de Barretos, válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally Baja, disputado em julho. Atualmente é a vice-colocada no Brasileiro de Baja, apenas três pontos do líder. O ótimo desempenho também foi comprovado no treino.

"Meu Polaris RZR 800 surpreendeu! Fui considerada a vencedora do treino por ter sido a única que conseguiu completar todas as especiais sem problemas. Estou muito impressionada com o veículo, que apesar da menor potência em relação aos demais, mostrou-se muito resistente e eficiente em situações extremas de utilização", orgulha-se a piloto pioneira entre as mulheres no rali cross country brasileiro.

22ª edição do Rally dos Sertões

A largada da 22ª edição do Rally dos Sertões será em Goiânia (GO), dia 24 de agosto. O rali passará por Caldas Novas (GO), Catalão (GO), Paracatu (MG), São Francisco (MG), Diamantina (MG) e a chegada acontecerá em Belo Horizonte (MG), dia 30 de agosto, com a cerimônia de premiação.

Helena Deyama conta com patrocínio da Polaris e apoio da Luart Studio e Academia Bio Ritmo.

Classificação do Campeonato Brasileiro De Rally Baja/2014:

Categoria - UTVs Marathon 850cc:

1) Cesar Augusto Herwig, 125 pontos

2) Helena Deyama, 122

3) André Macedo Corrêa, 117

4) Rodrigo Cordaro, 97

5) Rodrigo Faiad, 55

6) João Ricardo Wolf Campos, 36

7) Dimas De Melo Pimenta III, 31

8) Murilo Caetano, 30

9) Nicolai Uzzun, 30

10) Edson Tuzino Nole, 20

11) Joao Luís Coelho, 15

12) Marcelo Roberto Maggi, 13

 

PRM MINI RACING FAZ BALANÇO

PRM MINIRACING FAZ BALANÇO DA RAMPA PAÇOS DE FERREIRA NEWS PRMINIRACING JULHO # 2014 Teve lugar no passado fim-de-semana em Paços de Ferreira a Rampa Capital do Móvel e tal como se previa foi um autêntico sucesso. A afluência de milhares de espectadores extremamente entusiastas ao longo do traçado durante todo o fim-de-semana, comprova efectivamente que este Campeonato é um sucesso, dada a sua característica itinerante e que junto de diversas cidades ao longo da temporada cativa as populações locais potenciando o retorno pretendido por todas as entidades envolvidas e patrocinadores, quer das organizações, quer obviamente de todos os pilotos. Claramente, ano após ano, este Campeonato tem reforçado o seu potencial de retorno directo, bem como granjeado importante espaço nos meios de comunicação social (jornais, Tv´s, internet, etc), traduzindo em resultado o trabalho e dedicação dos Clubes organizadores, bem como da promoção investida pela Associação de Pilotos de Montanha – APPAM. RUI RAMALHO # JUNO CN09 Rui Ramalho após o desaire de Murça, devido à ruptura do motor do seu Juno, tinha em mente apenas uma coisa, vingar o azar da prova anterior vencendo esta prova. Para tal, a equipa fez um excelente trabalho recuperando a tempo o seu carro para esta prova com o objectivo de proporcionar ao piloto mais jovem da equipa todas as condições para o efeito. Conhecedor do traçado, Rui realizava a primeira subida de treinos com algum cuidado, com o objectivo de aferir se o seu Juno estava em perfeitas condições mecânicas, para na 2ª e última subida de treinos de sábado realizar uma subida ao ataque e que lhe permitiu terminar o dia na liderança e com isso amealhar um precioso ponto para a classificação do Campeonato. Este era o “sinal” indiscutível da competitividade que Rui necessitava para o moralizar depois do azar de Murça, ainda para mais, estava bem ciente que tinha margem para melhorar significativamente o seu tempo e com isso defender a ferro e fogo a 1ª posição no Domingo. Depois de uma 1ª subida de treinos livres logo pela manhã de Domingo sem qualquer tipo de percalços e com a identificação das zonas do traçado em que iria arriscar para melhorar o seu crono de sábado, eis que o “sinal de emergência” soa no seio da equipa após a 1ª subida de prova, com o piloto a queixar-se de falhas no seu motor e com isso a piorar significativamente o seu tempo em mais de 4 segundos e consequentemente a descer para a 2ª posição sem nada poder fazer. A equipa de imediato identificou que se tratava de um problema eléctrico intermitente algures na instalação eléctrica, sendo a grande dificuldade detectá-la e repará-la em tempo útil, o que não foi possível fazê-lo para a 2ª subida de prova, tendo o piloto ficado retido na partida e tristemente sem possibilidades de realizar um tempo. Felizmente, os elementos da equipa conseguiram detectar e debelar o problema eléctrico para a 3ª e derradeira subida de prova, possibilitando a Rui Ramalho realizar uma subida isenta de problemas e plena de garra, sendo novamente o mais rápido e comprovando que se não tivesse tido problemas nas duas subidas anteriores teria sido um sério candidato à vitória. Assim, o 2º lugar final soube a muito pouco, face ao andamento evidenciado. Independentemente do azar ocorrido, ficou demonstrado a competitividade do piloto do Porto, servindo ainda de motivação extra quer para ele quer para a equipa para nas próximas provas tudo fazerem para alcançarem um resultado digno das capacidades já demonstradas pelo piloto. PAULO RAMALHO # JUNO SSE Paulo Ramalho partia para esta prova com boas expectativas após o 2º lugar alcançado em Murça, tendo contudo noção que a rapidez do traçado não beneficiava o seu Juno comparativamente aos protótipos mais recentes. O piloto tinha como objectivo em condições normais lutar pelo degrau mais baixo do pódio e foi com esse propósito que durante os 2 dias deu o seu melhor. No sábado, na 2ª subida de treinos, a quebra de uma transmissão logo na partida deixava o piloto mais velho imobilizado na linha de partida e assim com menos uma tentativa de incrementar o seu ritmo. No Domingo, na 1ª subida de prova, Paulo melhorou significativamente o seu tempo de sábado ascendendo provisoriamente à 3ª posição da classificação geral, contudo não conseguiu defender a posição nas restantes 2 subidas de prova, descendo por escassos segundos para a 4ª posição no final. A ambição é uma característica comum dos pilotos, como tal, como piloto e responsável da equipa, Paulo Ramalho não ficou plenamente satisfeito com o seu desempenho e com o resultado alcançado nesta prova, ainda para mais com o seu irmão a ser impedido de lutar pela vitória devido a problemas eléctricos de circunstância no outro Juno da equipa. O Campeonato foi sofrer agora uma pausa para férias, contudo, para o Team PRMiniracing será sinónimo de trabalho, uma vez que durante este período os elementos da equipa irão rever e preparar os Juno´s para a prova do Caramulo que terá lugar no início de Setembro. VIDEOS OUT BOARD
 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

FOX 9501_CopyFOX 9502_CopyFOX 9503_CopyFOX 9504_CopyFOX 9506_CopyFOX 9507_CopyFOX 9508_CopyFOX 9509_CopyFOX 9511_CopyFOX 9512_CopyFOX 9513_CopyFOX 9514_CopyFOX 9516_CopyFOX 9517_CopyFOX 9518_CopyFOX 9519_CopyFOX 9520_CopyFOX 9521_CopyFOX 9522_CopyFOX 9523_CopyFOX 9524_CopyFOX 9525_CopyFOX 9526_CopyFOX 9527_CopyFOX 9528_CopyFOX 9529_CopyFOX 9531_CopyFOX 9532_CopyFOX 9533_CopyFOX 9534_CopyFOX 9535_CopyFOX 9536_CopyFOX 9537_CopyFOX 9538_CopyFOX 9539_CopyFOX 9543_CopyFOX 9544_CopyFOX 9545_CopyFOX 9548_CopyFOX 9549_CopyFOX 9550_CopyFOX 9551_CopyFOX 9552_CopyFOX 9554_CopyFOX 9556_CopyFOX 9557_CopyFOX 9558_CopyFOX 9559_CopyFOX 9560_CopyFOX 9563_CopyFOX 9564_CopyFOX 9565_CopyFOX 9569_CopyFOX 9571_CopyFOX 9572_CopyFOX 9573_CopyFOX 9575_CopyFOX 9576_CopyFOX 9577_CopyFOX 9580_CopyRAMPA CAPITAL DO MOVEL

 

Grupo de imagens do ambiente vivido nesta rampa.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 9581_CopyFOX 9589_CopyFOX 9594_Copy

 

A9 CREL CONDICIONADA

 

Condicionamento de trânsito na A9-CREL

 

Entre 12 e 14 de Agosto


A Brisa Concessão Rodoviária informa que, no âmbito de trabalhos de manutenção de taludes no sublanço Radial da Pontinha/Radial de Odivelas, na A9 – CREL, irá proceder aos seguintes condicionamentos de trânsito.

A 12 (terça-feira) de Agosto

Entre as 08:00 e as 18:00, corte de via direita, no sentido Lisboa/Queluz, entre os kms 11,3 e 13,2

Entre as 21:00 e as 24:00, corte de via direita e central, no sentido Lisboa/Queluz, entre os kms 11,3 e 13,2

A 13 (quarta-feira) de Agosto

Entre as 00:00 e as 07:00, corte de via direita e central, no sentido Lisboa/Queluz, entre os kms 11,3 e 13,2

Entre as 21:00 e as 24:00, corte de via direita e central, no sentido Lisboa/Queluz, entre os kms 11,3 e 13,2

A 14 (quinta-feira) de Agosto

Entre as 00:00 e as 07:00, corte de via direita e central, no sentido Lisboa/Queluz, entre os kms 11,3 e 13,2

A Brisa Concessão Rodoviária apela à prudência na passagem pelo local e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.brisa.pt.

 

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

 

As alterações climáticas de que o planeta tem sido alvo, tem dado origem a algumas situações deveras curiosas, e uma delas é o lago salgado Bonneville, famoso pelos multiplos recordes lá batidos, que no ano do seu 100º aniversário, fruto de interpérie, ficou no estado em que a foto documenta, cheio de água, passando a ser um lago salgado durante umas horas.100aniversriobonneville-choveu e_ficouassim_Copy

 

FELIX DA COSTA PREPARA PROXIMA ETAPA

ANTÓNIO FELIX DA COSTA

 

Depois dos azares das ultimas provas de DTM; onde António Felix da Costa tem participado ao volante do seu BMW, no próximo fim de semana o  piloto português tem uma nova jornada à sua espera em Nurburgring, que segundo as suas palavras" estou confiante num bom resultado final, e bem motivado".FELIXEMNURBURGRING Copy

 

AUDI INCREMENTA VENDAS

AUDI INCREMENTA VENDAS

 

 

 

Luca de Meo, Diretor de Vendas e Marketing da Audi AG: "Pela primeira vez, ultrapassamos mais de um milhão de veículos vendidos em apenas sete meses"

• Mais carros vendidos na China até final de julho do que em todo o ano de 2011

• Ofensiva no segmento de compactos premium no mercado dos EUA


Audi S3_Limousine_Copy

A Audi AG iniciou o segundo semestre do ano com um crescimento ainda maior nas vendas: em termos globais as vendas aumentaram em 9,7 por cento em julho, para cerca de 144 mil veículos. A marca dos quatro anéis conseguiu mais uma vez aumentar as vendas nas três principais regiões em todo o mundo: 5,4 por cento na Europa, 16,2 por cento na Ásia-Pacífico e 12,1 por cento na América do Norte. Desde janeiro cerca de 1.013.350 veículos da Audi foram entregues a clientes da marca, um aumento de 11,1 por cento.

 

RALIS NO BRASIL

Rally Rota SC fez diversas alterações no Paranaense de Rally

 

Acidentes e problemas mecânicos alteraram a tabela de classificação do Campeonato Paranaense de Rally de Velocidade.

 

A convite da Federação Catarinense de Automobilismo, o Rally Rota SC somou pontos para o Campeonato Paranaense de Rally levando pilotos e navegadores do paraná para a disputa em terras catarinenses.

 

A prova, também válida pelos campeonatos brasileiro e catarinense, foi realizada nos dias 08, 09 e 10 de agosto, nas estradas de cascalho da cidade de Tijucas, em Santa Catarina. Oito especiais mesclando trechos travados e de alta velocidade testaram a habilidade das duplas e a resistência dos carros.

 

Como alguns navegadores disputam o brasileiro com outros pilotos, o resultado da prova mexeu na classificação do campeonato.  Na CBR1 a vitória ficou com Ricardo Malucelli e Giovani Bordin, a bordo de um Mitsubishi Lancer EVO X, que empataram na classificação da categoria com Maurício Neves e Leandro Ferrarini.

 

Na CBR2 a vitória ficou com a dupla Felipe Mueller / Felipe Costa, de Peugeot 207, seguidos pela dupla Luccas Arnone / Andrey Karpinski, também de Peugeot 207 e Marcos Marcola / Gilson Rocha, com um VW Gol na terceira posição. 

 

Por fim, na categoria CBR3, a vitória ficou com a dupla Marcos Tokarski / Rafael Frasson, a bordo de um Peugeot 206, em segundo ficou a dupla Marco Malucelli / Vinicius Anzilieiro, de VW Gol e na terceira posição ficou Toninho Genoin /Maicol Souza.

 

Classificação do Campeonato após a 4ª etapa:

CBR1 – Pilotos

1. Mauricio Neves – 23 pontos

2. Ricardo Malucelli – 23 pontos

3. Marcelo Maronezi – 18 pontos

4. Fabio Jorge – 15 pontos

 

CBR1 – Navegadores

1. Leandro Ferrarini – 23 pontos

2. Giovani Bordin – 23 pontos

3. Luciani Tesseroli – 18 pontos

4. Enzo Jorge – 15 pontos

 

CBR2 – Pilotos

1. Jean Pimentel – 57 pontos

2. Marcos Marcola – 55 pontos

3. Luccas Arnone – 53 pontos

4. Heitor Pavesi – 48 pontos

5. Rafael Tulio – 34 pontos

 

CBR2 – Navegadores

1. Felipe Costa – 70 pontos

2. Thiago Osternack – 57 pontos

3. Gilson Rocha – 55 pontos

4. Andrey Karpinski – 53 pontos

5. Gilvan Jablonski – 34 pontos

 

CBR3 – Pilotos

1. Marco Malucelli – 80 pontos

2. Marcos Tokarski – 72 pontos

3. Leonardo Zettel – 36 pontos

4. Jeann Schaicoski – 33 pontos

5. Hamilton de Castro – 28 pontos

 

CBR3 – Navegadores

1. Kana Ribeiro – 50 pontos

2. Guilherme Trombini – 43 pontos

3. Vinicius Anzilieiro – 42 pontos

4. Maicol Souza – 37 pontos

5. Frederico Zettel – 36 pontos

 

A próxima etapa do RallyPR acontece em Ponta Grossa, nos dias 19 e 20 de setembro, também valendo pelo Campeonato Brasileiro de Rally. 

 

Mais informações podem ser encontradas no site oficial do campeonato: www.rallypr.com.br

 

Para a realização do Campeonato Paranaense de Rally o RPMC conta com patrocínio do Grupo Le Lac, Central Produção Digital e apoio o Restaurante Madalosso, Ekron Off Road, Dmack Motorsport Brasil, Chronosat, Super Buggy e WZ Studio.

 rotasc-03-jmdias Copy

 

PROMOÇÃO NO ESTORIL

PROMOÇÃO DA PROVA NO ESTORIL JÁ COMEÇOU

 

Será dentro de dois meses aproximadamente que irá ter lugar a derradeira prova do Le Mans Series, que irá ter lugar no autódromo do Estoril, na qual a entidade organizadora já começou a sua promoição com a colocação de outdoors gigantes alusivos.promooestoril Copy

 

RALIS NO BRASIL


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Toninho Genoin e Maicol Sousa
Alta | Web


Edson Castro
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Luccas Arnone e Andrey Karpinski
Alta | Web


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut
Alta | Web

Rally Rota SC Velocidade termina com mudanças na liderança do Campeonato Brasileiro

Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut reassumem a liderança da CBR1. Na CBR2 Luccas Arnone se mantém na ponta, enquanto Toninho Genoin toma a liderança de Evandro Carbonera na CBR3

Terminou neste domingo (10) o Rally Rota SC Velocidade, prova válida pelos Campeonatos Brasileiro, Catarinense e Paranaense de Rally de Velocidade, disputado na cidade de Tijucas (SC). O dia foi mais tranquilo, mas não menos rápido: os pilotos tiveram de enfrentar 37,3 quilômetros cronometrados nas duas passagens pela especial Super Tijucas, trecho que não foi utilizado no sábado.

"Mais travado, mas deu para andar mais forte na segunda passagem. Um rali de especiais muito bem escolhidas", elogiou o piloto Ulysses Bertholdo que venceu e recuperou a liderança da categoria CBR1, dos veículos com tração nas quatro rodas. Aliás os elogios pela produção da competição de Tijucas, que voltou a fazer parte do calendário brasileiro depois de cinco anos, foram de todos os concorrentes. "Demais, demais. Muito gostoso fazer esse rali", comentou Marco Malucelli que, com o navegador Vinicius Anziliero (VW Gol), venceu na categoria CBR3 - carros com tração simples, motor 1600 sem preparação - e subiu uma posição na tabela do campeonato ocupando a vice-liderança, ainda atrás da dupla catarinense Toninho Genoin / Maicol Souza (Peugeot 206).

Na categoria CBR2 - carros com tração simples, motor 1600 com preparação - a disputa dos dois dias foi a mais acirrada, envolvendo os vencedores Luccas Arnone / Andrey Karpinski (Peugeot 207), Felipe Mueller / Felipe Costa que lideraram no sábado e por causa de uma rodada perderam a vantagem do dia anterior e passaram a ficar quase 1 minuto atrás dos vencedores. Na briga dentro da CBR2 mais uma dupla experiente e rápida o piloto Rafael Túlio e o navegador Gilvan Jablonski que tiveram problemas de câmbio e embreagem com o Peugeot 207 e mesmo com a quarta posição, subiram para a vice-liderança do campeonato.

O Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade agora traz a seguinte classificação para os três primeiros de cada categoria:

Categoria CBR1
1. Ulysses Bertholdo / Marcelo Dalmut - Mitsubishi Lancer - 94 pontos.
2. Ricardo Malucelli/Giovan Bordin - Mitsubishi Lancer - 91 pontos
3. Dimas Pimenta III / Rodrigo Konig - XRC Peugeot 207 - 81 pontos

Categoria CBR2
1. Luccas Arnone / Andrey Karpinski - Peugeot 207 - 111 pontos
2. Rafael Tulio / Gilvan Jablonski - Peugeot 207 - 80 pontos
3. Pedro Zamith / Gilson Rocha - 75 pontos

Categoria CBR3
1. Toninho Genoin / Maicol Souza - Peugeot 206 - 96 pontos
2. Marco Malucelli / Vinicius Anziliero - VW Gol - 94 pontos
3. Evandro Carbonera / Eduardo Tonial - Peugeot 206 - 91 pontos

Resultado do Rally Rota SC Velocidade - Tijucas
Categoria CBR1
1. Ulysses Bertholdo / Marcelo Dalmut - Mitsubishi Lancer - 1h10min41seg4
2. Dimas Pimenta III / Rodrigo Konig - XRC Peugeot 207 - 1h13min36seg4
3. Ricardo Malucelli / Giovani Bordin - Mitsubishi Lancer - 1h16min17seg7

Categoria CBR2
1. Luccas Arnone / Andrey Karpinski - Peugeot 207 - 1h14min55seg5
2. Felipe Mueller / Felipe Costa - Peugeot 207 - 1h15min31seg5
3. Jean Pimentel / Thiago Osternack - Peugeot 206 - 1h19min34seg5

Categoria CBR3
1. Marco Malucelli / Vinicius Anziliero - VW Gol - 1h16min21seg4
2. Toninho Genoin / Maicol Souza - Peugeot 206 - 1h17min58seg7
3. Gerson Alberto Lange / Rafaela Trapp - Peugeot 206 - 1h21min06seg7
 

RALIS NO BRASIL


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Felipe Mueller e Felipe Costa
Alta | Web


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut
Alta | Web

Rally Rota SC Velocidade tem primeiro dia de altíssima velocidade em Tijucas

Sem sol e piso seco com pedrisco aumentaram a média de velocidade e cautela no primeiro dia do terceiro evento do Rally Brasileiro de Velocidade em Tijucas (SC)

Com trechos que os carros chegam perto de 200 km/h o primeiro dia do terceiro evento do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, o Rally Rota SC Velocidade em Tijucas (SC) trouxe um misto de satisfação e muita cautela às duplas concorrentes. Foram 103,26 quilômetros cronometrados em três passagens pelas duas especiais do dia, a PQuatro de 27,8 km e a Oliveira de 6,62 km em que a atenção foi ponto vital para se chegar ao final sem acidentes.

Prova válida também pelos campeonatos regionais paranaense e catarinense, 23 carros largaram divididos entre as categorias CBR1 - carros com tração nas quatro rodas, CBR2 - carros de tração simples e motor até 1.600 cilindradas com preparação e a CBR3 que conta com carros também 4x2 com motor até 1.600 cilindradas e que se mantém originais.

Na CBR1, o Mitsubishi Lancer da dupla Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut se manteve na liderança durante as três passagens melhorando seu tempo de acordo com os trilhos produzidos pelos pneus dos 22 concorrentes da primeira passagem, já que a dupla Leonardo Zettel e Luis Felipe Eckel capotou com o Peugeot 206 da categoria CBR3 logo na segunda especial. A surpresa foi o tempo acumulado do Peugeot 207 de Maurício Neves e Leandro Ferrarini da CBR2 com 17min21s3, apenas 36,4 segundos atrás do Lancer 4x4 de Ulysses Bertholdo, e a terceira posição do também Peugeot 207 da CBR2 de Rafael Tulio e Gilvan Jablonski. "Na relação de peso e potência, os Peugeot 207 da CBR2 pode até atingir uma velocidade maior do que um Mitsubishi Lancer da CBR1", explica o navegador Giovan Bordin. O representante dos 4x4 tem 330 cavalos de potência para 1.530 quilos contra pouco mais de 1.000 quilos para 180 cavalos do Peugeot. No entanto, nem Maurício Neves nem Rafael Tulio terminaram a etapa do sábado.

Bertholdo e Dalmut fecharam o dia em primeiro na categoria CBR1 - "Fomos evoluindo a cada passagem e mantivemos a concentração necessária para terminarmos o dia sem quebras", contou Bertholdo. Na CBR2, a penalização de 30 segundos do Peugeot 207 de Luccas Arnone e Andrey Karpinski - tiveram um pneu furado no deslocamento e atrasaram na chegada do ponto de controle -, trouxe a superação da dupla Felipe Mueller e Felipe Costa com o Peugeot 207 na liderança - "Sai fase ruim", comemorou o navegador Felipe Costa. Na CBR3, no certame brasileiro deu Marco Malucelli e Vinicius Anziliero com Volkswagen Gol.

Resultado do primeiro dia do 3ª evento do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade - Rally Rota SC Velocidade

Categoria CBR1
1. Ulysses Bertholdo / Marcelo Dalmut - Mitsubishi Lancer - 49min37seg
2. Dimas Pimenta III / Rodrigo Konig - XRC Peugeot 207 - 52min07seg2
3. Ricardo Malucelli/Giovan Bordin - Mitsubishi Lancer - 54min22seg2

Categoria CBR2
1. Felipe Mueller / Felipe Costa - Peugeot 207 - 52min47seg4
2. Luccas Arnone / Andrey Karpinski - Peugeot 207 - 53min16seg3
3. Jean Pimentel / Thiago Osternack - 56min30seg1

Categoria CBR3
1. Marco Malucelli / Vinicius Anziliero - VW Gol - 54min06seg0
2. Toninho Genoin / Maicol Souza - 55min21seg3
3. Cassandro Maloz / Ferlipe Trentin - VW Gol - 56min43seg5

Abandonaram a prova: Leonardo Zettel / Luis Felipe ECkel - Peugeot 206 - capotou, Heitor Pavesi / KZ Morales - Peugeot 207 - quebrou, Rafael Tulio / Gilvan Jablonski - Peugeot 207 - quebrou e Maurício Neves / Leandro Ferrarini - Peugeot 207 - quebrou.
 

INTERESSANTE ARTIGO

INTERESSANTE ARTIGO DE OPINIÃO

 

Ledesma dos Santos antigo piloto de ralis, faz hoje uma análise ao actual automobilismo em Portugal.

 

 

 

À pouco, e como sempre que posso faço, dei uma olhadela na página do Ralis OnLine, li com atenção dois textos, (comentários), um sobre o Rali de Portugal, o outro sobre as queixas da FPAK.

O segundo texto: penso entender a postura e pensamento do Sr. Paulo Homem, acerca das queixas da FPAK, no que concerne à falta de critica e opinião.

Ponto Um: Como Homem dos Automóveis de Competição, hà mais de 50 anos, tenho-me permitido comentar e opinar acerca de quase tudo, e muito especialmente, sobre a Actuação e Gestão actual na FPAK.

Ponto Dois: Não li nem vi em lado nenhum, alguma coisa alusiva a abertura ou pedido de opinião, " mas ", mesmo que o visse, os mais esclarecidos sabem bem para que servem.

Ponto Três: Como pode alguém, mesmo com muito boa vontade, conhecimento, esclarecimento ou apenas Espirito de Colaboração, opinar ou indicar qualquer proposta que pense ou julgue ser inicio de solução para o Desporto Automóvel em Portugal, depois de toda a prepotência e abstrácismo da realidade Automobilistica Desportiva Nacional exibido até agora. O que mudou ????, acabaram as vacas gordas ou o que é Organizado directamente pela FPAK tem demonstrado sempre ser um Nado Morto.

De facto o tempo das vacas gordas acabou hà muito, hoje é preciso gerir com Correcção, Exactidão, Seriedade, Espirito de Cooperação e Entreajuda e por vezes Sacrificio e Abnegação, muito mais tratando-se de coisa Publica, bem como saber tomar o pulso a quem paga, a quem Vive para, e muito menos a quem Vive de.
O Automobilismo de Competição, tem sido sempre visto como uma classe de Élite e Ostentação, esta faceta esteve de facto, sempre presente, " e está ", infelizmente, em determinados níveis.
" Cuidado ", isto não é nem nunca foi Desporto Automóvel, é demasiado perigoso e pernicioso confundir Ostentação e Prepotência com Desporto Automóvel. " Desporto Automóvel " e de Competição também, é para todos e todas as Classes.

Na realidade, é imperioso que se unam todas as forças e vontades para levar de vencida todas as dificuldades, naturais e colaterais entretanto aparecidas, por tal, todas as idéias e opiniões válidas, devem ou têm de ser consideradas.
Mas não é dizendo uma coisa e praticando outra que vamos lá, não é dizendo que queremos ouvir, e de seguida fazer ouvidos de mercador, não é impondo o impraticável que conseguiremos praticar.

É necessário também no Desporto Automóvel de Competição, uma mudança " Urgentissima " de paradigma, postura, actuação e implentação.

Muita Gente fala do exemplar Desporto Automóvel Inglês, talvêz não o conheçam com profundidade, mas seguramente é um bom exemplo a copiar, e no momento, se bem que não precisamos dos exemplos de ninguém, temos demasiados bons exemplos Portugueses de como fazer bem.

Saudações Desportivas

 

ATENÇÃO CONDUTORES

115 detidos com excesso de álcool durante Operação Baco - GNR

Segundo a mesma fonte, os 115 detidos apresentavam uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 1,20 gramas de álcool por litro de sangue.

Na operação, realizada entre as 00:00 e as 07:00 de hoje, a Guarda Nacional Republicana fiscalizou 5.699 condutores, tendo detetado 342 excessos, entre os quais 11 crimes por falta de habilitação legal para conduzir e seis por outros motivos, disse o major Marco Cruz.

Agência Lusa

 

7º LUGAR PARA OLIVEIRA NOS ESTADOS UNIDOS

Miguel Oliveira termina GP de Indianápolis em Moto3 no sétimo lugar

O piloto natural de Almada, que arrancou do 18.º lugar da grelha de partida, concluiu as 23 voltas a 1,310 segundos do espanhol Efren Vazquez (Honda), que conquistou a sua primeira vitória na competição em 39.12,977 minutos, ao superar na reta final o italiano Romano Fenati (KTM).

O australiano Jack Miller (KTM), terceiro em Indianápolis, manteve a liderança do campeonato, com 158 pontos, seguido de Vazquez, com 137, e de Alex Marquez (Honda), com 133. Miguel Oliveira permanece no oitavo lugar, com 62.

Agência Lusa

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MOVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

AMBIENTES

 

Ultimo grupo de imagens dos ambientes vividos na rampa Capital do Móvel - Paços de Ferreira.

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 9132_CopyFOX 9133_CopyFOX 9433_CopyFOX 9434_CopyFOX 9435_CopyFOX 9436_CopyFOX 9437_CopyFOX 9439_CopyFOX 9440_CopyFOX 9441_CopyFOX 9443_CopyFOX 9444_CopyFOX 9445_CopyFOX 9446_CopyFOX 9447_CopyFOX 9448_CopyFOX 9449_CopyFOX 9450_CopyFOX 9451_CopyFOX 9452_CopyFOX 9453_CopyFOX 9454_CopyFOX 9456_CopyFOX 9460_CopyFOX 9462_CopyFOX 9463_CopyFOX 9464_CopyFOX 9465_CopyFOX 9466_CopyFOX 9467_CopyFOX 9468_CopyFOX 9467_CopyFOX 9469_CopyFOX 9470_CopyFOX 9471_CopyFOX 9472_CopyFOX 9473_CopyFOX 9474_CopyFOX 9475_CopyFOX 9476_CopyFOX 9477_CopyFOX 9478_CopyFOX 9479_CopyFOX 9480_CopyFOX 9482_CopyFOX 9483_CopyFOX 9484_CopyFOX 9485_CopyFOX 9486_CopyFOX 9487_CopyFOX 9488_CopyFOX 9489_CopyFOX 9490_CopyFOX 9491_CopyFOX 9493_CopyFOX 9494_CopyFOX 9495_CopyFOX 9496_CopyFOX 9498_CopyFOX 9499_Copy

 

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

RAMPA CAPITAL DO MÓVEL - PAÇOS DE FERREIRA

 

 

E NÃO OS QUERIAM DEIXAR PASSAR

 

Pois é, antes de se dar inicio à primeira subida oficial da rampa Capital do Móvel - Paços de Ferreira, , três barchetas estiveram quase a não fazer esta subida, os dois Juno de Paulo e Rui Ramalho, e o Norma do piloto espanhol Pedro Castanon.Por aquilio que apuramFOX 9582_CopyFOX 9583_CopyFOX 9584_CopyFOX 9585_CopyFOX 9586_CopyFOX 9587_CopyFOX 9588_Copyos, houve um desfazamento entre a chamada dos concorrentes no parque de aisstência e com isso, estes três carros foram os ultimos a deixarem o parque de assistencia, e dirigiram-se para a rampa para fazerem a descida.Só que de repente a autoridade presente, não deixou os pilotos prosseguirem, e perante este facto, ficamos a com a sensação que Paulo Ramalho não quis retirar o Juno do caminho, enquanto o assunto não fosse resolvido.Por fim o bom senso imperou, e os três pilotos rapidamente fizeram a descida da rampa, conforme as imagens que hoje apresentamos.

 

 

Fotos de João Raposo - www.velocidadeonline.com

 

RALIS NO BRASIL


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Marcos Tokarski e Rafael Frasson
Alta | Web


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Felipe Mueller e Felipe Costa
Alta | Web


José Mário Dias
Clique na imagem para fazer o Donwload...
Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut
Alta | Web

Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut vencem primeiro dia do Rally Rota Santa Catarina

Prova válida pelo Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade acontece na cidade de Tijucas (SC)

Ulysses Bertholdo e Marcelo Dalmut foram os melhores do primeiro dia de competições do Rally Rota Santa Catarina, terceiro evento do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, que acontece até este domingo (10) na cidade de Tijucas (SC). Com um Mitsubishi Evo X, a dupla campeã de 2013 completou os 88 quilômetros das seis especiais disputadas neste sábado (9) em 49min37s.

"Acho que esse Rally de Tijucas é sempre muito bom de andar. O piso sempre em boas condições e com saibro, o que permite algumas derrapagens controladas. Esse primeiro dia foi muito bom", comentou Bertholdo. "Bacana correr novamente em Tijucas. Hoje as duas especiais foram muito rápidas e técnicas e difíceis de andar", completa Dalmut.

A segunda colocação geral ficou com a dupla formada por Dimas Pimenta III e Rodrigo Konig, distantes 2min30s dos vencedores do dia. Felipe Mueller e Felipe Costa fecharam a lista dos três melhores deste sábado e ficaram com a vitória entre os competidores da categoria CBR2. Já pela divisão CBR3 a vitória ficou com Marcos Torkarski e Rafael Frasson, sextos colocados gerais.

Neste domingo serão disputadas as duas últimas especiais do Rally Rota Santa Catarina, totalizando 36,9 quilômetros.

Veja o resultado final do primeiro dia de competições (10 melhores):

1 - Ulysses Bertholdo/Marcelo Dalmut (Mitsubishi Lancer/CBR1) - 49min37s
2 - Dimas Pimenta III/Rodrigo Konig (XRC/CBR1) - 52min07s
3 - Felipe Mueller/Felipe Costa (Peugeot 207/CBR2) - 52min47s
4 - Luccas Arnone/Andrey Karpinski (Peugeot 207) - 53min16s
5 - Marcos Celestino/Gilson Rocha (Volkswagen Gol/CBR2) - 53min22s
6 - Marcos Tokarski/Rafael Frasson (Peugeot 206/CBR3) - 54min02s
7 - Marco Malucelli/Vinicius Anzileiro (VVolkswagen Gol/CBR3) - 54min06s
8 - Ricardo Malucelli/Giovani Bordin (Mitsubishi Lancer/CBR1) - 54min22s
9 - Leandro Brustolin/Murilo Brustolin (Renault Clio/CBR2) - 54min56s
10 - Toninho Genoil/Maicol Souza (Peugeot 206/CBR3) - 55min21s
 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt