In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow

VELO CAB2012


RAMPA SRA DA GRAÇA - A REPOSIÇÃO DA VERDADE

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

A REPOSIÇÃO DA VERDADE

 

Na edição de ontem do , www.velocidadeonline.com  , fizemos uma série de criticas construtivas ao aspecto organizativo do Cami, no passado fim de semana na Rampa da Senhora da Graça.Uma das nossas afirmações é que no topo da rampa da Senhora da Graça, os pilotos não tiveram direito a nenhuma bebida para se refrescarem.

 

Assim Jorge Castanheira, como um dos responsáveis pelo Cami, contactou-nos dizendo " isso não é verdade, o Cami criou no final da rampa um local, onde havia bebidas frescas para os pilotos  se refrescarem após a subida".

 

Assim no interesse de todos a verdade está reposta.

 

Texto de JOão Raposo - www.velocidadeonline.comFOX 3933_Copy_Copy

 

NUNO FLORES NA RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

NUNO FLORES CONTINUA ADAPTAÇÃO AO FORD SIERRA



Nuno Flores continua a sua adaptação ao Ford Sierra 2.0, e desta feita na Rampa da Senhora da Graça, teve um bom desempenho sem contratempos de ordem técnica.

 

Assim , o piloto de Vila Nova de Gaia nas duas subidas de treinos faria os tempos de  3.37.563 e 3.37.902.

Nas subidas de prova, o objectivo de Nuno Flores era melhorar os tempos anteriores, objectivo esse alcançado, obtendo os cronos de 3.28.557, 3.27.502 e finalmente 3.28.989.

 

Antes de colocar o Ford Sierra no parque fechado, Nuno Flores fez-nos o balanço começando por nos dizer “ correu bem, sem problemas, foi mais uma estreia numa rampa muito rápida, que gostei. Foi uma nova experiência e mais uma aprendizagem. O carro não deu problemas, diverti-me, estive com os amigos que fiz aqui no Campeonato de Montanha, o mais difícil foi o calor que se fez sentir “ comentou-nos o piloto de Vila Nova de Gaia.

 

Nuno Flores e o Ford Sierra 2.0 ficaram classificados em 8ºç em termos de categoria 3, 2ª na classe 30, e 8º no grupo.

Nuno Flores tem os patrocínios de :

 

FOX 4179_CopyFOX 4181_CopyFOX 4183_Copy

-Natura SPA

-Rei CROISSANTS Praia D'AGUDA 

- Auto  Pneus Teixeira 

- Negócio na Hora

- Auto Electro Marques

- A Nova Bucha

- Olímpio Pereira

- Jm – Chaves e Automatismos

- Silver &Temptation

- Info Copy

- Oficinas Rodamotorsport

- Octovaga

- Funny Car

-Rui Sousa Peças e Acessórios 

-Penedu's Cafe Concerto

-JBF

-Confeitaria Delírio

-Carlos Alberto

 

MAZDA APOSTA NO SEGMENTO DOS TÁXIS

 

Mazda aposta no mercado dos Táxi com o novo Mazda 3 CS SKYACTIV-D 1.5 Evolve

 

• Versão “Táxi” do Mazda 3 CS pretende conquistar fatia do mercado de transporte pessoal • Aposta única no motor diesel SKYACTIV-D 1.5 e no nível de equipamento Evolve

 

Mazda3CS Taxi_01_CopyMazda3CS Taxi_02_CopyMazda3CS Taxi_03_Copy6. Fruto da crescente diversificação do mercado dos veículos que fazem serviço regular de transporte pessoal de passageiros – vulgo “Táxi” – a Mazda decidiu apostar neste novo subsegmento, agora que conta no seu catálogo com um modelo talhado a preceito para o serviço: o novo Mazda 3 Coupé Style (CS) SKYACTIV-D 1.5 Evolve “Táxi”. É por demais conhecida a própria evolução do parque automóvel dos operadores de Táxi, em muito empurrado pelo surgimento de novos concorrentes no mercado, novos players que se aprestam a ganhar-lhes uma importante quota, pelo que a renovação de frotas é, não só precisa como obrigatória, isto se quiserem lutar de igual para igual com eles. A mais recente novidade do mercado chega pela mão da Mazda Motor de Portugal, assente no modelo Mazda 3 e na carroçaria sedan - denominada Coupé Style (CS). Em termos mecânicos a aposta, natural, recai no motor diesel SKYACTIV-D 1.5, referencial em matéria de consumos e emissões de CO2. Em termos de equipamento para este particular, o modelo surge em exclusivo no nível Evolve, intermédio na gama Mazda e já de si bastante completo. “É com orgulho que anunciamos que a Mazda passa também a ter uma proposta para o sector dos Táxis, através do Novo Mazda 3 CS”, refere Rui Curro, Responsável de Vendas a Frotas. “Trata-se de uma versão equipada com o muito aplaudido e poupado motor SKYACTIV-D 1.5 de 105 CV e 270 Nm, o qual regista consumos combinados de 3,8 litros aos 100 km e com apenas 99 gramas de emissões de CO2. São valores muito competitivos e que, decerto irão contribuir para a redução dos custos inerentes a este serviço, quer no processo de aquisição, quer na exploração da frota. Destaco ainda dois outros factores, inerentes aos custos de manutenção, nomeadamente ao sistema de distribuição por corrente e a não utilização de ureia (Ad-Blue), num forte contributo para a sua redução“. A contribuir para o mesmo processo é o nível de equipamento Evolve que a Mazda aplicou a esta versão, bastante completo e pensado para atribuir os melhores níveis de conforto ao condutor e passageiros nas suas deslocações urbanas e extra-urbanas. A destacar neste novo Mazda 3 CS SKYACTIV-D 1.5 Evolve “Táxi” estão o sistema de ar condicionado automático dual zone, Bluetooth com controlo por voz, HMI com écran táctil de 7 polegadas, leitor de CD com 6 colunas, volante e manípulo da caixa de velocidades em pele, cruise control, retrovisor interior automático, jantes de liga leve 16”, sistema de ajuda ao arranque em subida, i-Stop e sistema de navegação (este último como opcional). Em termos de espaço para bagagem, elemento tão importante neste sector de actividade, a proposta da Mazda dispõe de uns generosos 419 litros. No domínio da segurança, o Mazda 3 CS “Táxi” conta de série com o sistema de ajuda à travagem em cidade, faróis de nevoeiro, assistência à travagem de emergência, distribuição electrónica da força de travagem e sistema de monitorização da pressão pneus. O Novo Mazda 3 CS SKYACTIV-D 1.5 Evolve “Táxi” está disponível desde 20.315,00€*. * Preço “Chave na Mão” para Empresas de Táxis, incluindo: despesas, descontos, deduções de ISV e pintura de tejadilho

 

SUGESTÃO DA SEMANA

 

20º MEO Sudoeste

Faltam 3 dias!

Informações úteis e novos serviços para a melhor semana de férias do verão:
 

  • Encomendas já disponíveis no Continente Online
     
  • Cartaz do cinema ao ar livre no LG Cool Spot
     
  • Aulas de dança com a Academia Jazzy
     
  • MOCHE ajudará a transportar as bagagens com o serviço MUber
     
  • Boleias Toyota para as praias
     
  • Blueticket dará apoio a montar as tendas dos festivaleiros
     
  • Escola Superior de Saúde de Alcoitão (ESSA) instalará uma sala de snoezelen no recinto do Festival

 


3 a 7 de agosto, abertura do campismo a 30 de julho
Zambujeira do Mar

www.meosudoeste.pt | www.facebook.com/meosudoeste

3 dias da abertura do Campismo da 20ª edição do MEO Sudoeste está tudo quase pronto para receber os milhares de Festivaleiros que farão da Herdade da Casa Branca a sua casa até dia 8 de agosto para a melhor semana de férias do verão. Para que o conforto seja palavra de ordem juntamente com a melhor Música e os amigos, há novidades fresquinhas de serviços e informações úteis que vale a pena saber.

Continente Online – “Não carregues, manda vir!”

Uma das grandes vantagens do novo serviço de supermercado, que este ano funcionará exclusivamente online, é que todos podem fazer as suas encomendas antes de sair de casa e recolhê-las na chegada ao Campismo. Para além disso, todos os dias poderão ser feitas encomendas que serão entregues com o maior conforto no recinto do Festival. Este será o serviço de supermercado disponível nesta edição, mais fácil e ainda mais cómodo:

  • As encomendas são levantadas no stand do Continente Online no campismo do Festival nos seguintes slots de entrega: 10h-14h; 14h-17h; 17h-20h
     
  • As encomendas poderão ser feitas através da App Continente, a partir dos smartphones dos clientes ou através de tablets disponíveis no stand do Continente Online no campismo do Festival
     
  • Os meios de pagamento disponíveis são Multibanco e Cartão de Crédito
 

Cinema ao Ar Livre no LG Cool Spot

Em parceria com a LG, que este ano assegurará serviço reforçado de lavandaria, a grande novidade deste espaço serão as sessões de cinema ao ar livre. Em parceria com o MEO, todos os dias às 18h30, o cinema chegará ao campismo do MEO Sudoeste com a seguinte programação:

Dia 30 Sábado Hardcore
Dia 1 Domingo Sangue Azul
Dia 2 Segunda-feira The Boy - Segue as Regras
Dia 3 Terça-feira Big Game
Dia 4 Quarta-feira Desejos O Amor Faz-se
Dia 5 Quinta-feira Pressão
Dia 6 Sexta-feira Hardcore
Dia 7 Sábado The Boy - Segue as Regras
Dia 8 Domingo Um Momento de Perdição

MOCHE MUber

À entrada do recinto, os clientes MOCHE e amigos destes, poderão dispor de transporte para si e toda a bagagem, desde a entrada do recinto até à zona escolhida para acampar. 

Nesta chegada ao Campismo, também a Santa Casa irá ajudar os Festivaleiros a transportar a bagagem para o mais ambicionado pedaço de terra. Para os mais inexperientes, a Blueticket ajudará a montar a tenda.


Boleias Toyota

Um dos programas favoritos nas tardes soalheiras do MEO Sudoeste é a ida à praia. Para isso, a partir de dia 30, autocarros gratuitos farão o percurso entre a Herdade da Casa Branca e a Zambujeira do Mar. Mas as facilidades não ficarão por aqui. Para um serviço mais personalizado, os Festivaleiros poderão levantar o dedo e mandar parar um dos Toyota que estarão a dar boleia aos Festivaleiros entre o recinto e a praia.


Aulas de Dança com a Jazzy

Em parceria com o MEO Sudoeste, a Jazzy, uma das melhores academias de dança nacionais estará presente no Campismo para todos os Festivaleiros que queiram treinar os seus melhores movimentos para os concertos da noite. De 30 de junho a 3 de agosto, Carina Russo e Guilherme Lamy estarão na Herdade da Casa Branca dando aulas de dança às 19h00 e às 19h30.


Escola Superior de Saúde de Alcoitão presente no MEO Sudoeste com uma sala de Snoezelen

Para além do Palco Santa Casa que materializa o apoio à Música Portuguesa e cuja programação foi já anunciada, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desenvolve no MEO Sudoeste serviços e ações de cariz social e de sensibilização, assegura o Espaço Criança com animadores e voluntários para que todos os pais possam desfrutar dos concertos do Festival, e acompanhará os festivaleiros com mobilidade reduzida.

A novidade na 20ª edição do maior Festival de verão é a presença da Escola Superior de Saúde de Alcoitão (ESSA) que instalará no recinto uma sala de snoezelen em parceria com a Sem Barreiras.

Esta é uma oportunidade para dar a conhecer a técnica de estimulação  multissensorial, utilizada como recurso terapêutico pelas três áreas profissionais da Escola – Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala. Permite o relaxamento e o envolvimento num ambiente organizado e controlado, onde os estímulos sensoriais são ativados de um modo particular.

As áreas e campos de atuação da Educação Especial, da Saúde, das Terapias e da Reabilitação, têm-se desenvolvido de forma significativa, exigindo um aumento dos conhecimentos teóricos e de novos modelos de intervenção.

De forma a dar resposta à crescente  procura de formação qualificada em Portugal nestas áreas, a ESSA criou a pós graduação em  estimulação multissensorial no Snoezelen e noutros ambientes, cuja 1ª edição terá início no ano letivo de 2016/2017.

A sala instalada no MEO Sudoeste permitirá aos interessados usufruir de uma sessão de snoezelen, dentro do horário fixado e da capacidade da sala. Será, certamente, uma experiência inovadora.


WiFi e pontos de carregamento de telemóveis em todo o recinto

Para os festivaleiros estarem sempre ligados, o WiFi estará dispoível em todo o recinto: são 15 hectares de cobertura WiFi, incluindo o parque de campismo. A qualquer hora, em qualquer lugar, será possível partilhar os melhores momentos, pesquisar informação, ver os vídeos dos artistas que vão atuar e estar em contacto com o mundo.

Centenas de Pontos de Carregamento de Telemóveis: este ano, os pontos de carregamento, que se distribuem pelo recinto e o campismo, serão aumentados em mais de 30% relativamente a 2015 e com um acréscimo significativo de espaços à sombra. 

Toda a informação disponível no site oficial em www.meosudoeste.pt.


 

Cartaz completo:


30 de julho a 2 de agosto / Super Bock Hexagon
 
Dia 30 – Noite MEO Music com Débora Zenha

Dia 31 – KRASH!

Dia 1 – Filipa More

Dia 2 – Noite Mega Hits com Nelson Cunha
 

30 de julho a 7 de agosto / Milaneza Party no Canal

Francisco Cunha


3 de agosto / Noite de Receção ao Campista

Palco MEO - DVBBS, Yellow Claw, Club Banditz, DJ Darcy, DJ Callas


4 de agosto

Palco MEO -Martin Garrix, Wiz Khalifa, Virgul, Josef Salvat

MOCHE ROOM - Big Nelo & B26, SlimCutz & Ace

Palco Santa Casa - ÁTOA, Leonor Andrade

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: Virgul


5 de agosto

Palco MEO - Kura, Damian “Jr. Gong” Marley, Seu Jorge, C4 Pedro

MOCHE ROOM - Curadoria Orelha Negra com Holly Hood, Slow J, DJ Kwan, Dynamic Duo, ProfJam, Maze, Nerve e Orelha Negra DJ Set

Palco Santa Casa - Mishlawi, DEAU

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW


6 de agosto

Palco MEO - Steve Aoki, Sia, James Morrison, Diogo Piçarra

MOCHE ROOM - Landrick, DJ Overule, Von Di Carlo (recomendação Tradiio)

Palco Santa Casa - João Pedro Pais, NBC

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: NBC


7 de agosto

Palco MEO - Steve Angello, NERVO, Sunnery James & Ryan Marciano, Cali Y El Dandee, Jimmy P

MOCHE ROOM - Deejay Telio, Pete Kingsman, Ben Ambergen

Palco Santa Casa - April, Neev

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: April


 

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes


- Passe 5 dias: 95€
- Bilhete Diário: 48€

- Fã Pack Exclusivo FNAC: ESGOTADO

- Pack Tribo: ESGOTADO

Pack XBus com saídas a 30 de julho ESGOTADO

Glamping Nomad Pop-Up ESGOTADO

 

MOTOS - BRASIL

 

O Desafio 3R Motos deu show de Enduro FIM e comemorou o sucesso da terceira edição em Barão de Cocais (MG), realizada no último domingo (24) no Clube do Cavalo. O evento ganhou elogios do público e dos pilotos, que garantiram alto nível técnico nas disputas válidas pela sexta etapa do Campeonato Mineiro da modalidade. Júlio César Ferreira foi destaque e faturou o título inédito. Novidades na programação, as categorias para crianças e o Super Prime com os mais rápidos do dia também conquistaram os fãs do off-road.

“Foi o terceiro ano consecutivo de sucesso”, disse o diretor de prova e bicampeão brasileiro Rigor Rico, um dos principais incentivadores do Enduro FIM na região. “O público compareceu e acompanhou tudo de muito perto, todos gostaram bastante. O circuito estava bem montado e tivemos a presença de grandes nomes da modalidade, inclusive de outros Estados. Foi a primeira vez que uma etapa do Campeonato Mineiro teve Super Prime e as categorias para crianças e jovens de 5 a 15 anos, iniciativas que levantaram o público e vieram para ficar”, continuou.

Nas duas temporadas anteriores, o Desafio 3R Motos foi eleito a melhor prova do Mineiro por pilotos e organizadores. Além da vitória na classe E2, Júlio César Ferreira cravou o menor tempo entre todas as motocicletas participantes. “As especiais tinham nível parecido com as do Campeonato Brasileiro. A prova foi muito boa e a organização está de parabéns. As trilhas da região favorecem muito o esporte. Consegui andar com ritmo forte e não cometi erros, estou muito feliz pela vitória no Desafio 3R Motos”, afirmou o mineiro de Caetanópolis.

Esta foi a primeira vez que o troféu de campeão do evento saiu de Barão de Cocais, já que Rico ganhou as duas edições anteriores. O piloto da casa não pôde competir em 2016 porque passou recentemente por uma cirurgia. No Super Prime, Rômulo Bottrel foi o vencedor. Confira os resultados do 3º Desafio 3R Motos de Enduro FIM:

Classificação geral
1 - Júlio César Ferreira
2 - Rômulo Bottrel
3 - Patrik Capila
4 - Ronald Santi
5 - Vinícius Luis Lopes da Silva

E1
1 - Rômulo Bottrel
2 - Ronald Santi
3 - João Vitor Ferreira Lima
4 - Lucas Bretas
5 - Pedro Pena Lima

E2
1 - Júlio César Ferreira
2 - Paulo Vinícius Amorim
3 - Filipe Jacintho
4 - Riago Dilan
5 - Felipe Rocha

E3
1 - Vinícius Santos
2 - Thiago Pimenta
3 - Fabrício Romani
4 - Reinaldo de Almeida
5 - Willian Rodrigues

E35
1 - Luiz Felipe Braga Bastos
2 - Adriano de Avila
3 - André Soares Barbosa
4 - João Paulo Ferreira
5 - José Carlos Pereira Júnior

E40
1 - Roberto Lamego Júnior
2 - Leonardo de Sousa Lima
3 - Rony Vieira
4 - Fábio Pontes

E45
1 - Pélmio Carvalho
2 - Júlio César Lemos
3 - Evandro Fontes
4 - José Eduardo Souza
5 - André Quintão

Ej
1 - Patrik Capila
2 - Vinícius Luis Lopes da Silva
3 - Willian Dalmonech
4 - Pedro de Andrade

E4
1 - Edinaldo de Souza
2 - Thales Leandro
3 - Thiago Corsi
4 - Hálisson Clementino
5 - Saul Neves

Reginal Nacional
1 - Raphael Couto
2 - Vitor Silva
3 - Washington Silva
4 - Felipe Magalhães
5 - Wesley Couto

Reginal Importada
1 - Eduardo Souza
2 – Mayonne Resende
3 - Estefânio Patrocínio
4 - Igor Magalhães
5 - Maurício Almeida

Infantil
1 - Gabriel Carvalho

Juvenil
1 – Lucas Santos
2 - Pablo Juniro

O 3º Desafio 3R Motos foi uma realização da Prefeitura de Barão de Cocais, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com organização de 3R Motos. O evento foi patrocinado por Motoarts, BC Pneus, SJ Construções, Eletrônica Cici, Orange BH, JRC Usinagens, Motomax, Barão Palace Hotel, Locarbell, Atriun Odontologia, BM Motos, C. E. Peixinho Dourado e Rede Campestre. A supervisão foi da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais.


J�lio C�sar Ferreira, vencedor do 3� Desafio 3R Motos de Enduro FIM
Cr�dito: Janj�o Santiago/Mundo Press

P�dio da classifica��o geral do Desafio 3R Motos de Enduro FIM 2016
Cr�dito: Janj�o Sant

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA

 

Luís Silva regressa às vitórias e garante título na Senhora da Graça

 

Luís Silva dominou a Categoria 3 na regressada Rampa da Senhora da Graça, garantindo o vice-campeonato da categoria no CNM assim como o título do Grupo E1-C.

O piloto do BMW M3 E30 encontrou uma rampa de traçado muito rápido mas ao qual se adaptou progressivamente até se mostrar imbatível na sua categoria. Luís Silva terminou no top 10 da geral, dominou a Categoria 3 e também se impôs no Grupo E1-C.

“Objetivos plenamente cumpridos. Garantimos o vice-campeonato na categoria e o título do grupo. Esta rampa era nova para todos mas, ao contrário de outros pilotos, eu não tenho disponibilidade de tempo para reconhecer o traçado antes da prova. Talvez por isso, dei um pequeno toque na fase em que ainda estava a aprender a pista mas depois entrei no meu ritmo e consegui vencer a categoria e obter o sexto pódio em seis provas. Não podia pedir muito mais”, resumiu o piloto de Famalicão.

Luís Silva e o CNM entrarão agora numa pausa competitiva até à Rampa Porca de Murça, penúltima prova do calendário, agendada para os dias 10 e 11 de Setembro.ZMF 7040_CopyZMF 7761_Copy

 

NOTICIAS DOS STATES

 

Lucas Oil Racing TV - the first 24/7 On Demand motorsports network - continues to expand its library of world class motorsports with Round 4 of the British Rallycross Championship in Wales, Round 5 of the Lucas Oil Drag Boat Racing Series at Wheatland, Missouri, Round 5 of the 2016 Pro ATV MX season in Mount Morris, Pennsylvania, the Tony Elliot Midget Tribute in Plymouth, Indiana, Round 2 of the Australian Superbike Series from Mallala Motorsports Park, and Round 3 of the 2016 MXGP season in the Netherlands.
Lucas Oil Racing TV has 1500 plus hours of US, national and international racing, car shows, behind the scenes action and live-streaming events online without commercial breaks. 

Round 4: Wales - July 26, 2016
Round 4 of the British Rallycross Championship comes from the Pembrey Circuit in Wales, United Kingdom. Today we conclude the double header weekend by running in the traditional clockwise layout. AVAILABLE FOR USA ONLY

Round 5: Wheatland, MO. - TFH, TAF, TAH - July 23, 2016
The Lucas Oil Drag Boat Racing Series is in Wheatland, Missouri for The 5th Annual E3 Spark Plugs John Haas Memorial presented by General Tire. This show features elimination rounds from Top Fuel Hydro, Top Alcohol Flat & Top Alcohol Hydro.

Round 5: High Point Raceway - Mount Morris, PA. - July 23, 2016
Round 5 of the 2016 Pro ATV MX season heads to High Point Raceway in Mount Morris, Pennsylvania for the High Point ATV National, one of the most legendary facilities in all of motocross. 


Tony Elliot Tribute: Plymouth, IN. - July 21, 2016
We head to Plymouth Speedway for an outstanding Sprint Car event in Plymouth, Indiana playing tribute to Tony Elliot - the legendary 2-time National Sprint Car Champion (1998 & 2000) who won an incredible 26 national events. A top field including triple USAC Sprint Car Champion Dave Darland face off in this newly converted dirt track facility. 


Round 2: Mallala - Supersport - July 20, 2016
Round 2 of the 2016 Swann Australasian Superbike series  features the Supersport class from Mallala Motorsports Park. This 2.6 km track located just north of Adelaide is considered the top motorsports circuit in Australia. AVAILABLE FOR USA ONLY


Round 3: Netherlands - July 20, 2016
Round 3 of the 2016 MXGP season heads to the Netherlands. 2015 Champ Romaine Febvre (Yamaha) will do battle with Max Nagle (Husqvarna) and Tim Gajser (Honda) on this world famous sand track.  AVAILABLE FOR USA ONLY

If you are unable to watch a race live, all live races will be available for replay after an event... usually within 24 hours. Please check back regularly for schedule updates. We are always adding new content and will also be adding to our live event offering throughout the season

 

ALBUQUERQUE NAS 24 HORAS DE SPA

 

Filipe Albuquerque determinado para as 24h de Spa-Francorchamps

Filipe Albuquerque já está em Spa-Francorchamps onde este fim-de-semana de 30 e 31 de Julho decorre mais uma jornada do Blacpain Endurance Series. Ao volante do Audi R8 LMS da WRT e com Rodrigo Baptista e Jan Magnussen como companheiros de equipa, o piloto português está preparado para enfrentar a mítica e exigente prova e mostra alguma ambição quanto ao resultado final: rodar nos dez melhores e chegar o mais longe possível na classificação final.

Para Filipe Albuquerque é importante, depois do terceiro lugar conquistado na jornada anterior: "Manter as expectativas um pouco mais elevadas. É certo que não temos um conjunto de pilotos tão experientes  como as outras equipas que nos permita chegar a Spa e assumir algum favoritismo. Mas podemos ser ambiciosos e lutar. A nossa principal preocupação é assegurar uma posição para a 'super-pole' onde estarão os 20 melhores e depois qualificar no top 10. A corrida é muito longa e são vários os factores a ter em conta. Se o nosso trabalho for bem feito e sem percalços acredito que conseguiremos uma boa classificação final. Veremos", explicou o piloto luso.

Amanhã, quinta-feira a actividade em pista começa com as sessões de treinos livres e primeiras qualificações. Na sexta terá lugar a 'super pole' e no sábado arranca a corrida com transmissão em directo no Motors Tv a partir das 15h.

 paulricard albuquerque4_Copy
 

PSA É NOTICIA

PSA É NOTICIA

 

 

6,8% de margem operacional corrente para a divisão Automóvel e de 5,1% para a Faurecia; Resultado líquido da quota do Grupo duplicado, no valor de 1 200 milhões de euros; 1 800 milhões de euros de Free Cash Flow; A implementação do plano ‘Push to Pass’ está em marcha, a ofensiva de produto e a implantação internacional estão lançadas. O Grupo PSA está mais ágil do que nunca rumo ao seu objetivo de crescimento rentável (

 

NOVO RENAULT CLIO

 

COM O NOVO CLIO, A RENAULT RENOVA O SEU BEST-SELLER: O CLIO MAIS ATRAENTE DE SEMPRE

 

  •  Inspirada diretamente no concept-car DeZir, a quarta geração do CLIO foi o primeiro modelo a adotar, em 2012, o novo estilo da marca Renault.
  •  O Novo CLIO é ainda mais sedutor, graças à sua assinatura luminosa Full LED e à integração de elementos de design e de harmonia interior que ostentam a qualidade e a excelência aplicada ao detalhe.
  •  Reconhecido pelas suas prestações dinâmicas, o Novo CLIO também está perfeitamente à vontade em cidade e, agora, propõe o sistema Easy Park Assist (estacionamento mãos-livres) para tornar ainda mais fácil a condução urbana.
  •  Consoante as versões, o Novo CLIO inova ao propor três sistemas multimédia, incluindo o inteligente sistema R&Go®, disponível desde a gama de base, e a mais recente evolução do sistema R-LINK.
  •  Com a introdução do motor 1.5 dCi 110 e da caixa manual de seis velocidades no TCe 120, o Novo CLIO dispõe de uma gama de grupos motopropulsores entre as mais abrangentes do mercado.
  •  Disponível com carroçaria berlina ou Sport Tourer e com múltiplas possibilidades de personalização, o Novo CLIO foi concebido para cativar um número cada vez maior de clientes, com as mais diversas expetativas.
  •  O Novo CLIO R.S. integra, também, todas as evoluções introduzidas no Novo CLIO, juntamente com o know-how e a competência da Renault Sport no âmbito da competição automóvel.
  •  Com vendas mundiais superiores a 400 000 unidades, em 2015, o CLIO é líder do seu segmento na Europa*, encontrando-se entre os veículos mais vendidos da categoria em todo o mundo
  •  Com mais de 13 milhões de unidades vendidas desde 1990, o CLIO é o automóvel francês mais vendido de sempre. A história de sucesso do CLIO continua com o Novo CLIO, comercializado numa centena de países de todo o mundo a partir de setembro de 2016.
  •  O Novo Renault CLIO será comercializado em meados de Setembro, a partir dos 15.200€.      Novo Renault_Clio_frente_CopyNovo Renault_Clio_interior_Copy
 

DIA DO MOTOCICLISTA NO BRASIL

 

Dia do Motociclista - Descontos especiais da RIFFEL em moto peças e roupas de segurança para motociclistas

Promoções imperdíveis de kitsrelação, jaquetas, calças e luvas com até 30% de desconto, válidas somente dia 27/07 no site da RIFFEL

#felizdiadomotociclista - Somente nesta quarta-feira (27), a RIFFEL apresenta uma megapromoção imperdível para você comemorar da melhor forma possível o ‘Dia do Motociclista’.

 Destaque para os kits relação TOP e TITANIUM com 20% OFF. Os conjuntos – formados por corrente, coroa e pinhão – são produzidos com componentes de alta qualidade e foram projetados para que a sua moto atinja a capacidade máxima, além de garantir maior durabilidade e segurança na hora da pilotagem. 

Em Motowear, a RIFFEL oferece descontos ainda maiores na lista de produtos Outlet. Luvas estão com 30% OFF e jaquetas e calças com 20% OFF cada. Para completar, todas as compras feitas através do site (www.riffel.com.br) podem ser parceladas em até 10 vezes sem juros no cartão de crédito (acima de R$ 199,00 o frete é grátis para todo o Brasil).

Confira algumas sugestões: 

Jaqueta RIFFEL DYNAMIC 2.0 Masculina  – tamanhos S, M, XXL, 3XL e 4 XL – na cor preta com detalhes em vermelho e cinza - Com proteção de coluna em EVA e protetores localizados, cintos ajustáveis e refletivos Dynatech que garantem uma pilotagem ainda mais segura. É fabricada em poliéster 600De e tem película Reissa, um tecido tecnológico respirável e resistente à água. 

Luva RIFFEL FLEX Feminina - tamanhos XS, S, M, L e XL – na cor creme, confeccionada em couro natural, possui painéis perfurados em várias partes da luva, garantindo ventilação em todo o equipamento. Sua construção anatômica oferece conforto e sensibilidade ao pilotar. As proteções rígidas internas proporcionam um visual moderno e discreto. 

Calça RIFFEL SUMMER Masculina – tamanhos S, XXL, 3XL e 4XL – na cor preta. É resistente à água e ideal para os dias de calor. Com estilo que vai bem tanto no uso urbano quanto nas estradas, esta calça prioriza o conforto e a segurança. Ela possui ajuste personalizável na cintura, bolsos laterais e compartimento para guardar o forro térmico. O modelo é fabricado em poliéster resistente e dispõe de protetores homologados pela União Europeia. 

Kit Relação RIFFEL TOP – É ideal para motos de média baixa cilindrada. Feito em aço 1045, ele oferece resistência e segurança para sua pilotagem. O kit é composto por uma coroa, um pinhão e uma corrente com retentor O’Ring, que proporciona menor ruído e aumenta a durabilidade do equipamento. 

Sobre a Riffel Motospirit:   Consolidada como fornecedora de peças para as principais fabricantes de motos no Brasil, a RIFFEL - empresa com sede em Blumenau, Santa Catarina - construiu sua história de sucesso na união do conhecimento industrial com a paixão pelo motociclismo. Mostrando novamente sua capacidade de ir além, a empresa passou a investir também em acessórios de segurança como jaquetas, calças, botas e luvas para motociclistas, linha apresentada pela empresa como “motowear” e que contribuiu para tornar a marca ainda mais reconhecida e admirada pelo consumidor. 

 

AURORA MOTORSPORT COM BALANÇO POSITIVO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

 

AURORA MOTORSPORT COM BOM DESEMPENHO NA RAMPA DA SRA DA GRAÇA


FOX 3855_CopyFOX 4073_CopyFOX 4275_Copy

A Aurora Motorsport e Carlos Oliveira regressaram no passado fim de semana com o Porsche 911  na Rampa da Senhora da Graça, que desta feita não teve nenhum problema com o seu carro e acabou por subir ao pódio em termos de categoria.

A Rampa Senhora da Graça é sem dúvida alguma a rampa mais rápida das provas que fazem parte do calendário do Campeonato Nacional de Montanha, e isso viu-se que o Porsche preparado na Garagem Aurora logrou alcançar  nas duas subidas de treinos com  Carlos Oliveira que conseguiria alcançar,  2.55.579 e 2.48.633.

Para as três subidas de prova a dupla Porsche/Oliveira fariam respectivamente 2.48.137 e 2.49.345, sendo assim o quarto em termos de categoria  do Campeonato Nacional de Clássicos de Montanha, e primeiro na classe 48 e no grupo h 75.

No final Eduardo Santos Júnior, responsável pela Aurora Motorsport descreveu o que mais esta jornada do Nacional de Montanha “ correu bem, houve ali umas afinações que tivemos de trabalhar para assim poder adaptar o carro às rápidas condições desta rampa, pois para ser honesto julgava-a um pouco mais lenta. Por isso esta prova está cumprida, agora vamos ter um período de paragem de seis semanas aproximadamente, e depois há que começar a pensar na preparação para a Rampa de Murça, penúltima prova do Campeonatos Nacional de Montanha “.

 

LAMY VENCEU NA ALEMANHA

 

Campeonato do Mundo de Resistência

Lamy Vence em Nurburgring

 

 

Pedro Lamy subiu ao lugar mais alto do pódio nas 6 Horas de Nurburgring – quarta prova pontuável para o Campeonato do Mundo FIA de Resistência, que se disputou hoje no circuito germânico. O piloto português acompanhado de Paul Dalla Lana e Mathias Lauda como companheiros de equipa no Aston Martin Vantage V8 cruzou a linha de chegada na primeira posição entre os carros da categoria GTE Am.

 

Esta foi a segunda vitória da temporada no Mundial para Pedro Lamy que conta ainda com um 2º lugar nas quatro provas até agora disputadas. “Foi um bom resultado para a equipa. Temos trabalhado muito para melhorar a performance dos pneus Dunlop e parece que esse trabalho está a ser recompensado. O carro provou uma vez mais ser muito competitivo e junto com o Mathias (Lauda) e o Paul (Dalla Lana) conseguimos subir ao degrau mais alto do pódio. Foi fantástico”, referiu o piloto português no final da corrida.

 

A próxima prova do Campeonato do Mundo de Resistência terá lugar no México a 3 de Setembro.1043 ND_WEC2016_NURBURGRING_Copy

 

OLIVER GAVIN

 

Lime Rock Victory, news and views from Oliver Gavin

The story of the weekend
 
  • Oliver Gavin and Corvette Racing teammate Tommy Milner led home a one-two Victory in the Northeast Grand Prix at Lime Rock (23 July, 2016).
  • The result marks the 100th win for Corvette Racing, the 60th one-two result and 75th victory with Michelin Tyres
  • Gavin crossed the finish line 0.975 seconds ahead of teammate Antonio Garcia
  • Gavin and Milner to increase their lead in the GTLM Driver’s Championship to ten points.
     
Gavin says…
 
On the 100th Victory for Corvette Racing...

"This is a huge achievement for the team. I've been part of the Corvette Racing program since 2002 and I've experienced some amazing wins with this fantastic team, the victory on Saturday was one of those very special moments."
 
On the race and the narrow margins...
"Lime Rock always throws up a big challenge, the race on Saturday was no different. It was nose to tail, wheel to wheel... at points I was literally pushing Giancarlo (Ferrari) and Ryan (Ford) was doing the same to me! With a track that's only 1.5 miles long and with 32 cars competing intensely for positions, this is inevitable. Once again it came down to having great stops, good strategy, being smart and racing hard. It was close with Antonio at the end but I had just enough in reserve to get us over the line. Very satisfying way to get the teams 100th win and 60th one-two finish."
 
The title chase with just four rounds too go
"With four rounds to go it's great to have extended the lead to ten points over the 67 car. It really looks like a two horse race between us now and I'm sure it will be close all the way to the end of the season. Having our sister car in between us and them at the finish on Saturday could make all the difference at the end of the year..."

On the next race at Spa Francorchamps...
"Switching gears for me now. Spa 24hrs with Barwell Motorsport will be a big challenge. It's the world’s biggest GT3 24hr race and the competition will be intense. The team are well prepared with a strong car and driver line up. I'm really looking forward to it!"

alt
alt

 

INQUÉRITO

 

JOVENS PORTUGUESES SÃO AVENTUREIROS E OS QUE MAIS PROCURAM EXPERIÊNCIAS INESQUECÍVEIS

 

  • Inquérito da Budget revela hábitos dos portugueses nas redes sociais durante as férias.
  • Estudo surge no âmbito da criação da Budget List, a lista criada pela rent a car com os eventos e destinos mais atrativos da Europa.

 

 A Budget, marca de rent a car do Avis Budget Group, realizou um inquérito com o objetivo de perceber quais os principais motivos que levam os jovens portugueses a viajar e a partilhar as suas férias nas redes sociais. Com este estudo, a Budget concluiu que os portugueses são os que mais viajam para usufruir de eventos culturais como festivais de música, dança e até cinema, mas também os que mais procuram viver escapadelas aventureiras e usufruir de experiências inesquecíveis.

 

A marca de rent a car agarrou o desafio de lançar a Budget List para destacar quais os destinos mais desejados e alucinantes na Europa. Para a criação desta lista, que compila os destinos e eventos mais atrativos deste continente, a Budget envolveu mais de uma dezena de países, desafiando-os a encontrar os eventos desportivos, culturais e gastronómicos mais desejados de cada local. Como critério de seleção, a Budgetfocou-se no “buzz” das redes sociais de cada evento para perceber quais os destinos mais apetecíveis da Europa. Um dos países que apresenta a lista mais variada é Portugal, que inclui eventos como festivais de verão, feiras gastronómicas, maratonas, regatas, competições de saltos, entre muitos outros.

 

Para chegar à Budget List, a marca desenvolveu um inquérito nos vários países envolvidos. Em Portugal, os resultados revelam que grande parte da amostra quer fazer parte de uma experiência aventureira e inesquecível (33%), mas também que são muitos os jovens portugueses que procuram participar em eventos culturais onde possam socializar e conhecer pessoas, como, por exemplo, os tão desejados festivais de verão. Já em países como a Alemanha, desce para metade o número de pessoas que faria uma viagem para viver uma experiência aventureira ou para assistir e fazer parte de um evento cultural.

 

O top dez dos eventos da Budget List é composto por: Course Ultrarail du Mont Blanc (França), Red Bull 400 (Aústria), Salinas Longboard Festival (Espanha), Descenso del Sella (Espanha), Bestival (UK), Cous Cous Festival (Itália), NK Beachvolleyball (Holanda), Cortona Mix Festival (Itália), Leeds Festival (UK) e PukkelPop (Bélgica), mas esta lista inclui também outros eventos como Pringles Kite Surf World Cup, na Alemanha, e o Festival de Cinema Locarno, na Suiça.

 

Os resultados deste inquérito mostram também que 70% da amostra é adepta de aventuras “arriscadas” que levam à criação de momentos que só se vivem “uma vez na vida”, como escalar uma montanha, fazer queda livre ou paraquedismo, mas também querem parte de “aventuras” culturais e gastronómicas. Mas não só de experiências alucinantes, cultura e gastronomia se “alimentam” os portugueses. Portugal é dos países que mais vibra com eventos desportivos já que, para mais de 74% dos portugueses, este tipo de eventos faz também parte da sua top list: assistir a um Campeonato Mundial de Futebol ou aos Jogos Olímpicos é o sonho de qualquer português apaixonado por desporto. Já em países como a França, são menos 17% as pessoas que fariam uma viagem para viver uma experiência ligada ao desporto.

 

Com os dados deste inquérito a Budget concluiu ainda que, cada vez mais, os portugueses são adeptos das chamadas “escapadelas”, ao invés das férias tradicionais. Para 39% dos portugueses, o facto de poderem tirar curtos períodos de férias permite-lhes viajar para sítios diferentes como forma a “escapar” à rotina e a participar em eventos como os apresentados pela Budget List.

 

No que toca às redes sociais, para os portugueses há dois fortes motivos para partilhar uma experiência das suas férias: o facto de encontrarem vistas excelentes, com um cenário perfeito para a melhor selfie (27%) ou descobrir locais totalmente diferentes e desconhecidos que leva a que 20% dos portugueses partilhem esta novidade nas redes sociais. Para os jovens portugueses, estas têm também um papel muito importante na altura de decidir qual o melhor destino para as suas férias, sendo que, para eles, o “buzz” que os locais atingem nas redes sociais e os comentários de outros utilizadores são fatores determinantes na escolha do destino de férias dos portugueses (37%).

 

Poderá encontrar facilmente os destinos mais atrativos na Europa, visitando a Budget mais próxima de si em http://www.budget.com.ptBudgetoferece uma ampla gama de carros de diferentes modelos, tamanhos e designs, e está em diversos locais por toda a Europa, oferecendo a todos aqueles que desejam ir ao seu evento de verão preferido a forma perfeita de chegar ao destino.

 

RAMOS E JESUS EM 6º NA BAJA ARAGON

 

João Ramos e Victor Jesus em 6º lugar na Baja de Aragón, reforçando a liderança na Taça Ibérica de todo-o-terreno.

 

 

 

Toyota Hilux_BajaAragon_Copy João Ramos e Victor Jesus terminam no 6º lugar da geral na Baja de Espanha “Aragón” 2016, prova da Taça do Mundo FIA e Taça Ibérica de todo-o-terreno. Aos comandos da Toyota Hilux obtiveram a melhor posição enquanto equipa portuguesa e um excelente resultado entre as equipas oficias. A cidade de Teruel foi palco da partida e chegada de prova da Taça do Mundo FIA e Taça Ibérica de todo-o-terreno dominada por um traçado de diferentes contrastes em que a Toyota Hilux da dupla portuguesa João Ramos e Victor Jesus, conquistou o 6º lugar da prova. Após o oitavo lugar obtido no prólogo, João Ramos e Victor Jesus tiveram no dia seguinte, 3 furos na SS2 e fortes problemas nos travões na SS3, que complicaram a prova da dupla em Hilux - Team Caetano Racing, no entanto, no domingo conseguiram terminar o terceiro e ultimo dia de prova na 6ª posição numa lista de inscritos altamente competitiva entre as equipas oficias e como melhor representante entre as equipas portuguesas. O vencedor foi o qatari, Nasser Al Attiyah também em Toyota Hilux, sendo a classificação final composta por: 2º Carlos Sainz, 3º Mikko Hirvonen, 4º Orlando Terranova, 5º Xavier Pons, com João Ramos em 6º. João Ramos comentou: “Estamos muito orgulhosos, enquanto equipa portuguesa, por representar bem o nosso país perante as melhores equipas do mundo desta modalidade. Com 3 furos e problemas nos travões na SS2 e SS3, ficamos impedidos de alcançar o Top 5. Após o duplo furo por ter batido numa vala, fui novamente vítima de mais um furo no final da mesma classificativa, o que me obrigou a percorrer cerca de 15 km com a roda traseira furada. Nos últimos 50 km da prova da SS2 tivemos problemas de travões, o que nos limitou o andamento, e que nos levou a gerir o 6º lugar na ultima classificativa. Com este resultado aumentamos a liderança na Taça Ibérica e cumprimos o nosso objetivo!”

 

MOTOS - BRASIL

 

Janaína Souza comemorou pelo quarto ano consecutivo o título de campeã da classe XCF na CACC (Copa Adrenatrilha de Cross Country). A conquista foi a primeira do Team Rinaldi na temporada 2016 e ainda teve dobradinha no pódio com a vice-campeã Tainá Aguiar. A terceira e última etapa da CACC, co-patrocinada pela Rinaldi, foi realizada neste domingo (24) na Pista do Nagao, em Mogi das Cruzes, São Paulo.

“Foi um evento maravilhoso, com circuito criado especialmente para a prova. Andei forte e liderei do início ao fim”, contou Janaína Souza. “Estou feliz em garantir o primeiro título da temporada, que é resultado de muita dedicação. Agradeço a todos que acreditam no meu trabalho, ótimas parcerias trazem os melhores resultados”, continuou. A competidora utilizou pneus dos modelos HE 40 e SR 39, da linha off-road da Rinaldi.

Mais desafios – O Team Rinaldi superou mais desafios no último domingo (24). Lucas Basso manteve a liderança da classe VX1 no Campeonato Brasileiro de Velocross após a sexta e penúltima etapa, realizada em Agrolândia, Santa Catarina. O piloto ficou em terceiro lugar na corrida da VX1 e em segundo pela VX2, categoria em que ocupa a vice-liderança na tabela de classificação. Os irmãos do piloto também foram destaques nas provas: Mateus em terceiro lugar da VX2 e Maiara Basso, em quarto da VX3.

Na sexta etapa do Campeonato Mineiro de Enduro FIM, que teve como palco o Desafio 3R Motos em Barão de Cocais (MG), o Zanol Team Rinaldi ASW Honda foi absoluto. Júlio Ferreira, da classe E2, conquistou a vitória na geral, seguido por Rômulo Bottrel, o mais rápido da E1 e do Super Prime com os 20 pilotos mais rápidos da prova. Vinícius Luis da Silva “Musa”, segundo colocado da EJ, cravou o quinto melhor tempo da classificação geral.

Sobre a Rinaldi – A Rinaldi iniciou as atividades em 1969 com 60 colaboradores e 15 mil m² de área fabril para produção de materiais de recauchutagem em Bento Gonçalves (RS). A empresa ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial na década de 80, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes.

A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Muito mais que em espaço físico, com área fabril de 35 mil m², a Rinaldi cresceu na geração de empregos diretos, atualmente com 700 colaboradores, e conquistou reconhecimento no mercado.
A fábrica conta com a Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2008 e com o aval do INMETRO nos seus produtos da linha de motocicletas. Na área ambiental, a empresa possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos a uma cimenteira para geração de energia. Para conhecer os produtos da Rinaldi, acesse o site oficial.  


Jana�na Souza, do Team Rinaldi, tetracampe� da CACC
Cr�dito: Caf� Fotos/Mundo Press

Lucas Basso, do Team Rinaldi, l�der da VX1 no Brasileiro de Velocross
Cr�dito: Alesi Ditadi

 

ANTONIO FELIX DA COSTA FALA DA EXPERIENCIA

ANTÓNIO FELIX DA COSTA FALA DA SUA EXPERIENCIA COM O BMW M 6

 

Foi uma óptima adaptação ao BMW M6 GT3 e um ritmo muito forte nesta minha estreia em corridas de GT e Endurance. Fiz 4º na grelha a 0,09s da pole mas na corrida o meu colega de equipa teve de abandonar. Mais importante era ganhar km's neste carro, saio contente e pronto para mais desafios da BMW, mas agora o foco é o DTM, próxima corrida na Rússia


 

JOAQUIM RINO COM PROBLEMAS NA SRA. DA GRAÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

JOAQUIM RINO COM PROBLEMAS NA RAMPA SENHORA DA GRAÇA



Joaquim Rino não teve de modo algum um fim de semana fácil na Rampa Senhora da Graça, pois o BRC CM 05 Evo, teve alguns problemas mecânicos que logicamente afectaram o desempenho do piloto da Batalha.

 

 

O “suplicio “ começou logo nas sessões das subidas de treinos, quando o BRC fez apenas uma centena de metros, tendo logo encostado à berma, pois acabou por partir uma transmissão. Mesmo o assim na segunda subida de treinos, conseguiu alcançar 2.35.576.

Nas subidas de prova, a correia do motor do BRC também acabaria por partir, mas mesmo assim Joaquim Rino lograria alcançar os cronos de 2.32.161 , 2.31.663 e 2.37.235, isso fruto de muita perseverança, com o objectivo de poder ficar o melhor classificado possível.

 

 

No final, Joaquim Rino falou-nos do que foi esta jornada na Senhora da Graça, começando “ muitos problemas na tarde de sábado, logo na primeira subida de treinos, após o arranque, de repente ouço um ruído estranho, e fui forçado a encostar logo à berma. Pensei logo que fosse o autoblocante com danos, o que me obrigaria a ter de me deslocar à Covilhã, às instalações da FR Power para ir buscar outra peça similar. Mas depois de toda a equipa de mecânicos ter verificado, tinha sido uma transmissão que tinha cedido, e rapidamente a peça foi substituída. Depois mais tarde foi a corrente que acabaria por partir, e tudo isto afectou o meu desempenho em pista, mas há que saber gerir com calma este tipo de situações, na qual o desporto automóvel é fértil. Face ao que me sucedeu, tentei andar o mais rápido possível, e obtive a  posição possível. Agora há que começar a preparar a próxima prova, após este período de aproximadamente seis semanas”.


FOX 3992_CopyFOX 4537_Copy

Joaquim Rino e o seu BRC CM 05 Evo ficaram classificados em 5º na categoria 1 e em 1º no grupo CM.

 

MERCEDES VENCE DE NOVO

CAMPEONATOM37182 D311847_CopyM37509 D311874_CopyM37654 D311894_CopyM37756 D311908_Copy DO MUNDO DE F 1

 

GRANDE PRÉMIO DA HUNGRIA

 

MERCEDES VENCE DE NOVO

 

 

 

ewis Hamilton venceu este domingo no Circuito de Hungaroring, na Hungria, o Grande Prémio de Fórmula 1;

·        Hamilton alcançou a sua 48ª vitória na Fórmula 1, a 5ª neste circuito e a 5ª esta época;

·        Nico Rosberg juntou-se a Hamilton no pódio e completou pela 3ª vez esta época um pódio com o 1º e 2º lugar para os Flechas de Prata;

·        Lewis Hamilton ultrapassou Rosberg na classificação geral e lidera agora o Mundial de Pilotos com 192 pontos, mais 6 do que Nico Rosberg;

·        A equipa MERCEDES-AMG PETRONAS mantém a liderança no Mundial de Construtores com 378 pontos, mais 154 pontos que a Ferrari que ocupa a 2ª posição.

 

HAAS NO G.P. DA HUNGRIA

Grande Prémio da Hungria: Resumo da Corrida



Evento: Grande Prémio da Hungria (11º round de 21)alt

Data: Domingo, 24 de Julho

Local: Budapeste, Hungaroring

Layout: 4,381 quilómetros ,14 curvas

Condições climatéricas: Sol, 28ºC

Vencedor: Lewis Hamilton da Mercedes

Haas F1 Team:

Esteban Gutiérrez – arrancou de 15º, terminou em 13º (completou 69/70 voltas)

Romain Grosjean – arrancou de 11º, terminou em 14º (completou 69/70 voltas)

 


Os pilotos da Haas F1 Team, Esteban Gutiérrez e Romain Grosjean, terminaram Grande Prémio da Hungria, em Budapeste, no décimo terceiro e décimo quarto lugares, respectivamente.


Grosjean arrancou para a corrida de setenta voltas ao circuito de 4,381 quilómetros e catorze curvas de décimo primeiro e Gutiérrez de décimo quinto. Cada piloto elegeu os pneus Pirelli P Zero Vermelho/Supermacio para iniciar a prova, assumindo uma estratégia de duas paragens nas boxes, ambas para montar pneumáticos macios.


Gutiérrez realizou o melhor dos arranques quando as luzes dos semáforos se apagaram, subindo de décimo quinto para décimo segundo, imediatamente atrás de Grosjean. Passou o seu colega de equipa durante a primeira ronda de paragens nas boxes, com Grosjean a entrar na boxe no final da décima quarta volta, seguido por Gutiérrez, na volta seguinte. Rodando firmemente no meio do pelotão ao longo de grande parte da corrida, Gutiérrez beneficiou de uma prestação sólida e, a dada altura, esteve integrado numa acirrada luta pela décima terceira posição juntamente com carros da Force India, Williams e Toro Rosso.


A segunda e derradeira ronda de paragens nas boxes viu Grosjean entrar nas boxes na trigésima sétima volta e Gutiérrez na trigésima oitava. Gutiérrez acabou por subir ao décimo primeiro lugar na quadragésima nona volta, mas perdeu uma posição para Sérgio Pérez, caindo para décimo segundo. Depois da bandeirada de xadrez, Gutiérrez viu ao seu tempo de corrida serem adiccionados cinco segundos, devido a uma penalização por ter ignorado a mostragem de bandeiras azuis quando fora dobrado por Lewis Hamilton, caindo para o décimo terceiro posto.


Entretanto, Grosjean, sentiu dificuldades com o equilíbrio do seu carro durante a maior parte da corrida. Ainda assim, conseguiu manter atrás de si Kevin Magnussen nos momentos finais da corrida, garantindo o décimo quarto lugar.


Com onze corridas de vinte e uma disputadas, a Haas F1 Team mantem o oitavo lugar no Campeonato de Construtores com vinte e oito pontos, mas a sétima classificada, a McLaren, ganhou alguma vantagem, graças aos dez pontos que conquistou com o sétimo lugar de Fernando Alonso. A nona classificada, a Renault, terminou foram dos pontos, permitindo à Haas F1 Team manter a vantagem de vinte e dois pontos.


A vitória obtida por Lewis Hamilton no Grande Prémio da Hungria, foi a sua quinta conquistada em Hungaroring, tornando-o no mais bem sucedido piloto do circuito. Foi também a sua quadragésima oitava vitória na Fórmula 1 e a sua quinta da temporada. Mais importante, o triunfo de hoje colocou o Campeão em título no topo da tabela do Campeonato de Pilotos pela primeira vez este ano. Hamilton chegou ao Grande Prémio da Hungria com uma desvantagem de um ponto para o seu colega de equipa na Mercedes, Nico Rosberg. Deixa a Hungria com seis pontos de vantagem sobre Rosberg, que terminou a 1,977s de Hamilton depois de ter arrancado da pole-position.


 

“Foi apenas uma má tarde. Nada funcionou bem. A nossa estratégia não funcionou, o carro não funcionou. Estava a tentar obter um bom equilíbrio, mas não o consegui obter. Tenho a certeza de que temos muito a aprender com esta tarde, mas é desapontante este resultado. Estava à espera de estarmos em melhor forma. Aguardava poder marcar pontos, depois da qualificação de ontem.



“Foi uma corrida interessante, com grandes lutas no início. Consegui realizar um bom arranque e estive ao longo das duas primeiras voltas em constantes lutas por posições e recuperar lugares. Depois dei o máximo em cada turno, não podendo poupar os pneus com todas as lutas que tinha à minha volta. Perto do final, comecei a ficar sem pneus e tive alguns problemas com os travões. Foi desafiante terminar a corrida. No entanto, a equipa realizou um grande trabalho para manter tudo sob controlo e quero a agradecer-lhe pelo trabalho intenso ao longo de todo o fim-de-semana. Trabalharam bem e realizaram paragens nas boxes muito boas. Queremos manter esta direcção, a melhorar e a tirar todo o partido do nosso carro, quando estamos já a caminho da Alemanha.”


“Muito trabalho para uma pequena recompensa. Terminámos no décimo terceiro e décimo quarto lugares. o Esteban realizou um trabalho muito bom e o Romain também. Mas a nossa estratégia não funcionou como pretendíamos. O Esteban sofreu uma penalização por não respeitar as bandeiras azuis. Vamos analisar e avaliar tudo detalhadamente. Na nossa opinião foi uma decisão dura, mas ao avançarmos, verificaremos o que é necessário fazer. No geral, a equipa trabalhou arduamente. Vamos para a Alemanha para tentar melhorar os resultados de hoje. O nosso objectivo passa sempre por conquistar pontos e vamos dar o nosso máximo para que isso aconteça.”


 

O décimo segundo round do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1 é o Grande Prémio da Alemanha, que se realiza em Hockenheimring. Os treinos-livres iniciam-se no dia 29 de Julho, a qualificação a 30 e a corrida a 31.


 

-HaasF1Team-

 

 

Sobre a Haas Automation

A Haas Automation, Inc. é o construtor de máquinas CNC líder na América. Fundada em 1983 por Gene Haas, a Haas Automation constrói uma linha completa de centro de maquinação verticais e horizontais, centros basculantes, mesas rotativas, etc. Todos os produtos da Haas são construídos na fábrica de 93.000m2 da empresa, sediada em Oxnard, Califórnia, e distribuídas através de uma rede mundial de Haas Factory Outlets que fornecem à indústria os melhor serviço de venda, serviços e apoio, enquanto oferece uma relação custo/performance sem paralelo. Para mais informação visitar www.HaasCNC.com.

Sobre a Haas Factory Outlet - Portugal

A Haas Automation, Inc está representada em Portugal através da Haas Factory Outlet – Portugal. Um empresa situada nos arredores do Porto, perto do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Desta forma, pode aceder aos produtos da Haas Automation e todos os seus serviços. Para mais informação visitar haasportugal.com/ou facebook.com/haasportugal.

 

JCGROUP NA SENHORA DA GRAÇA

 

JCGroup: Equipa de destaque do Nacional de Montanha com fim de semana agridoce

 

José Correia rodou em lugares de destaque na regressada Rampa da Senhora da Graça, antes de um despiste o obrigar a um abandono inglório. Ricardo Gomes também esteve em excelente plano e somou mais um pódio, seis em seis, na competitiva Categoria 4.

 

Depois de uma ausência de vários anos, a Rampa da Senhora da Graça regressou ao calendário do Campeonato Nacional de Montanha, num fim-de-semana onde José Correia e o Nissan GT-R Nismo GT3 chegaram a incomodar alguns dos principais protótipos do campeonato, rodando em 3º da geral.

 

Estabelecendo um tempo de 2:23.407 na primeira subida de prova, o piloto de Braga dominou largamente a categoria de GT e só estava atrás de duas barchettas que lutam pelo título absoluto do campeonato. Contudo, uma saída de estrada acabou por impedir José Correia de materializar o excelente andamento, enquanto o seu colega de equipa Ricardo Gomes lutou com carros mais competitivos para terminar no 3º lugar da Categoria 4, garantindo o seu sexto pódio em seis provas.

 

“Esta foi uma prova agridoce”, referiu o piloto do SEAT León SuperCopa. “Consegui obter um bom desempenho terminando no pódio da Categoria 4 / Turismos, depois de uma luta de segundos com dois carros extraordinários e muito evoluídos como o SEAT León Cup Racer do Luís Nunes e o Renault Megane Trophy do Joaquim Teixeira. Por isso não posso estar descontente. Quanto ao meu colega de equipa, o José Correia, estava a fazer uma prova brilhante, com uma condução magnífica e a rodar inclusive nas primeiras 

posições da geral. Recordo que o José Correia conquistou na primeira subida de prova o 3º tempo da geral, tendo apenas dois protótipos à sua frente. Estava com um excelente ritmo e com uma perfeita adequação ao carro e ao traçado, que era novo para todos. Infelizmente na segunda subida de prova, numa curva à esquerda, o carro perdeu tracção e acabou por sair de pista, ficando um pouco danificado. Isto impediu o José Correia de continuar a prova e obter o 1º lugar dos GTs e quiçá o 3º lugar da classificação geral”, analisou Ricardo Gomes.  

 

O piloto bracarense também avaliou esta prova de regresso da Senhora de Graça ao CNM: “É uma rampa com um traçado muito rápido, contrariamente ao que se possa pensar. Comparo-a em certa medida à Rampa da Falperra. É uma prova muito interessante, e a localização apresenta muito boas condições para equipas, pilotos, e público. Penso que será uma prova incontornável nos próximos calendários do CNM”, concluiu Ricardo Gomes.

 

O Campeonato Nacional de Montanha fará agora uma pausa até aos dias 10 e 11 de Setembro, altura em que será disputada a penúltima prova da temporada, a Rampa Porca de Murça.ZM2 1861_CopyZMF 7650_CopyZMF 7375_CopyZMF 7288_CopyZMF 6969_Copy



 

NOVA LOGISTICA PARA O SMART

 

A partir deste outono, os condutores dos veículos smart poderão testar um novo serviço de logística.

 

A smart estabeleceu recentemente em Estugarda um laboratório de ideias da Marca para acelerar o desenvolvimento e implementação de projetos criativos de mobilidade urbana. O serviço 'smart ready to drop' é a primeira inovação a emergir deste conceito. Trata-se de um serviço inovador que facilita ainda mais as compras online. Em cooperação com a DHL Paket, a smart irá permitir que as encomendas sejam entregues na bagageira do seu veículo. Os testes de desenvolvimento terão início no outono na cidade de Estugarda, que serão continuados uns meses mais tarde em Colónia, Bona e Berlim. Os veículos smart utilizados nos testes de desenvolvimento serão equipados à posterior no concessionário com a caixa de ligação necessária. A partir do outono, a edição exclusiva smart fortwo 'ready to' será equipada com a caixa de ligação.”16C630 008_D311825_Copy16C630 012_D311829_Copy

 

RALIS NO BRASIL

 

O Ideia Fixa é uma prova de que a união entre solidariedade e esporte pode mudar a vida das pessoas e ainda deixar sementes transformadoras no caminho. O projeto completa 15 anos em dezembro de 2016 e atua nos principais ralis do calendário nacional. Patrocinada pela Can-Am desde 2013, a equipe de voluntários realiza visitas direcionadas às comunidades carentes nas escolas e entidades dos municípios que fazem parte dos roteiros dos eventos.

“A Can-Am chegou para o Projeto Ideia Fixa como oxigênio para quem está sem ar. O país já anunciava tempos difíceis e a primeira coisa que as empresas cortam são os patrocínios. Com o apoio da Can-Am, conseguimos direcionar melhor as nossas ações e focar em comunidades realmente necessitadas. Sem dúvidas os resultados foram muito melhores e a parceria é um sucesso”, explicou Tânia Mara Carvalho, responsável pelo Ideia Fixa. “Vamos entrar no 15º ano de vida com a mesma garra, determinação e coragem do início, sempre com muitas histórias para contar. Que venham mais 15 anos de muita alegria.”

A cada visita, o projeto cumpre uma série de atividades lúdicas e a distribuição de kits e doações, as quais favorecem a edução, a cultura e a saúde. Os quase 15 anos de história já beneficiaram mais de 137 mil pessoas em 16 Estados brasileiros. As doações entregues somam 206 toneladas, entre roupas, alimentos, produtos de higiene e utensílios domésticos, e 157 mil livros novos e usados. “O maior agradecimento é a alegria das pessoas em nos receber, por se sentirem importantes de alguma forma. Eu penso que o que fazemos é pouco, mas ainda fazemos alguma coisa. E se não fizéssemos nada?”, questionou Tânia Mara.

Foi esse sentimento de querer transformar que também motivou a Can-Am a fazer parte do projeto. “A gente já conhecia o trabalho da Tânia Mara e do Ideia Fixa e fez questão de participar. Para a Can-Am, não basta produzir os melhores quadriciclos e UTVs para as competições e patrocinar equipes e atletas do segmento off-road. A marca tem a solidariedade no DNA e se sente responsável em apoiar o máximo de iniciativas que melhorem as condições de vida das pessoas”, garantiu Adilson Greco Gaspar, do marketing da BRP Brasil. O grupo canadense assina as máquinas da Can-Am, assim como as motos aquáticas Sea-Doo e os motores de popa Evinrude.

Apenas em 2016, o Ideia Fixa distribuiu sorrisos e esperança em cidades dos roteiros do Rally Barretos, Rally Estado de Minas Gerais, Rally da Ilha, Rally Cuesta Off-Road e Rally Baja Jalapão 500, além de ter doado mais de três mil livros às bibliotecas do Rotary Clube de Poços de Caldas. Tânia Mara está a caminho de mais uma participação no Rally dos Sertões, o maior do país, entre os dias 3 e 10 de setembro. “O evento promete e estamos em contato com as cidades do roteiro para fechar a programação de visitas. Temos muita experiência no Sertões, se forem contar as minhas participações apenas como jornalista já são 18 anos no evento, mas sempre parece que é a primeira vez que encaramos a aventura por causa do geladinho na barriga e muito amor no coração para distribuir”, concluiu. Para acompanhar o trabalho do Ideia Fixa, confira o site www.projetoideiafixa.org .

Sobre a BRP - A BRP (TSX: DOO) é líder global em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos esportivos e sistemas de propulsão. Seu portfólio inclui os veículos para neve Ski-Doo e Lynx, a moto aquática Sea-Doo, os veículos side-by-side e quadriciclos Can-Am, os roadsters Can-Am Spyder e os sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotaxwell, além dos motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP dá suporte a sua linha de produtos com peças, acessórios e vestuário dedicados. Com uma renda anual com vendas de mais de CA$ 3 bilhões em 105 países, a empresa conta com cerca de 7.100 funcionários no mundo.

www.brp.com

@BRPnews

Ski-Doo, Lynx, Sea-Doo, Evinrude, Rotax, Can-Am, Spyder, Commander, Maverick, X e o logotipo da BRP são marcas comerciais da Bombardier Recreational Products Inc. ou de suas afiliadas. Todas as outras marcas comerciais são propriedade de seus respectivos donos.


Projeto Ideia Fixa est� pr�ximo de comemorar 15 anos de hist�ria e solidariedade
Cr�dito: Sanderson Pereira

Projeto Ideia Fixa est� pr�ximo de comemorar 15 anos de hist�ria e solidariedade
Cr�dito: Luciano Santos

 

CITROEN ESTABELECE-SE NO IRÃO

CITROEN ESTABELECE-SE NO IRÃO

 

 

O Grupo PSA e a SAIPA, parceira histórica da Citroën no Irão desde 1966, assinaram um acordo chave em regime de ‘joint venture’ para a produção e comercialização de veículos CitroënSignature Groupe_PSA_SAIPA_21072016_photo_2_Copy

 

FULDA ALARGA OPÇÕES

 

Fulda alarga opções de pneus de camião

 

Novo tamanho de baixo perfil da gama de pneus de atrelado Ecotonn 2 responde às necessidades do mercado

 

Fulda Ecotonn 2_435-50R195_view 5_30 deg-Fulda on top_LRA Fulda está a aumentar as opções disponíveis de pneus de camião com o lançamento de um tamanho adicional à sua gama de pneus de atrelado Ecotonn 2, no tamanho 435/50R19.5. O lançamento do novo pneu pretende dar resposta às necessidades do mercado e complementa a gama abrangente de pneus de camião Fulda.

Os pneus de camião Fulda são a escolha ideal para as frotas que procuram enfrentar os desafios profissionais da atualidade, a um preço atrativo. O tamanho 435/50R19.5 é utilizado sobretudo por operadores de mega atrelados de 100 m3, que necessitam de uma baixa plataforma para poderem trabalhar com esta capacidade. Acrescentando o tamanho435/50R19.5 à atual e valorizada gama de pneus de atrelado Ecotonn 2, as frotas podem agora aumentar a sua eficiência com Fulda, graças ao aproveitamento do volume de carga de 100m e ainda ao desempenho do Fulda Ecotonn 2. O composto do piso e a carcaça 


rolamento, para além de serem duráveis e recauchutáveis, sendo mais um exemplo da excelente relação qualidade/preço proporcionada pela marca.

 

 

 

O lançamento deste novo pneu reforça o compromisso da Fulda em oferecer produtos para operadores de frotas que procuram pneus de camião a preços atrativos e será particularmente interessante para operadores de mega atrelados”, declarou Benjamin Willot, Diretor de Marketing de Pneus de Veículos Comerciais da Goodyear Europa, Médio Oriente e África. “Estamos muito atentos às tendências do mercado e procuramos dar-lhes resposta à medida que surgem. A marca Fulda é muito importante para nós, tal como para inúmeros operadores de veículos comerciais que procuram a qualidade”.

O novo pneu de atrelado Ecotonn 2 de baixo perfil proporciona aos operadores de camiões uma escolha mais ampla de pneus económicos e maior eficiência. O novo Fulda Ecotonn 2 no tamanho 435/50R19.5, com classificações da etiqueta europeia de pneus de classe B na Resistência de Rolamento, C na Aderência em Piso Molhado e 70 dbA com uma onda para o Ruído Exterior, já está disponível, com capacidade de ser esculpido e recauchutado.Fulda Ecotonn_2_435-50R195_view_5_30_deg-Fulda_on_top_LR_Copy

 

HAAS NO G.P. DA HUNGRIA

Grande Prémio da Hungria: Resumo da Qualificação

 

alt

 

Evento:  Qualificação para o Grande Prémio da Hungria (11º round de 21)

Data:  Sábado, 23 de Julho

Local:  Hungaroring, em Budapest

Layout:  4,381 quilómetros, circuito de 14 curvas

Condições climatéricas:  Chuva intensa, aguaceiros e Sol

Temperatura:  23ºC

Recorde: 1m18,436s realizada por Rubens Barrichello em 2004 com Ferrari (Q1)

Pole-position:  Nico Rosberg da Mercedes (1m19,965s)

Resultado:

Romain Grosjean 11º, alinhará no exterior da sexta linha

Esteban Gutiérrez 15º, alinhará no exterior da oitava linha

 

  • tem a duração de 18 minutos e todos os vinte e dois pilotos participam
  • os dezasseis pilotos mais rápidos passam à Q2

Grosjean:  5º (1m35,906s), avançou para a Q2

Gutiérrez:  11º (1m38,959s), avançou para a Q2

Piloto mais rápido:  Nico Rosberg da Mercedes (1m33,302s)

Cutoff:  16º Valtteri Bottas da Williams (1m42,758s)

  • tem a duração de 15 minutos e participam os dezasseis pilotos mais rápidos da Q1
  • os dez pilotos mais rápidos passam à Q3

Grosjean:  11º (1m24,941s)

Gutiérrez:  15º (1m26,189s)

Piloto mais rápido:  Max Verstappen da Red Bull (1m22,660s)

Cutoff:  10º Lewis Hamilton da Mercedes (1m24,836s)

 

  • tem a duração de 12 minutos e participam os dez mais rápidos da Q2, que lutam pela pole-position 

Pole-Position:  Nico Rosberg da Mercedes (1m19,965s)

Segundo:  Lewis Hamilton da Mercedes (1m20,108s)

 


Antes da qualificação para o Grande Prémio da Hungria, que se realiza no Hungaroring, em Budapeste, as equipas tiveram uma derradeira sessão de treinos-livres. Os pilotos da Haas F1 Team, Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, realizaram vinte e oito voltas no seu conjunto ao circuito de 4,381 quilómetros e catorze curvas – treze efectuadas por Grosjean e quinze por Gutiérrez.


A sessão de sessenta minutos foi realizada com o céu limpo, com uma temperatura estável de 26ºC, ao passo que a temperatura da pista subiu até aos 51ºC.


Ambos os pilotos iniciaram a sessão com uma volta de instalação e duas simulações de qualificação. A volta mais rápida de Gutiérrez foi de 1m22,142s, realizada com pneus Pirelli P Zero Vermelho/Supemacio, o que o colocou no décimo quarto lugar. A melhor volta de Grosjean foi de 1m22,284s, também efectuada com pneumáticos supermacios, o que o colocou no décimo quinto posto da tabela de tempos.


O mais rápido na terceira sessão foi o piloto da Mercedes Nico Rosberg, com uma marca de 1m20,261s, batendo o Red Bull de Max Verstappen por dois milésimos de segundo.


O céu limpo gozado pelas equipas durante a terceira sessão desapareceu quando a qualificação se iniciou duas horas depois. Uma chuvada atrasou o início da Q1, e mais atrasos e interrupções foram sendo vividos aquando de outras chuvadas que inundaram a pista. Apesar das condições dificílimas, com a pista a secar lentamente obrigando os pilotos a trocar os pneus Pirelli Cinturato Azul/Chuva por Cinturato Verde/Intermédio, Grosjean e Gutiérrez avançaram para a Q2 pela sexta vez consecutiva. Grosjean foi o quinto mais rápido na Q1 (1m35,906s) e o Gutiérrez foi o décimo primeiro (1m38,959s). Apenas os dezasseis primeiros avançaram para a Q2.


O Sol reapareceu para a Q2, permitindo que surgisse uma trajectória seca e as equipas rapidamente colocaram de parte os pneus para pista molhada para montar slicks. Com a pista a secar continuamente, os tempos foram caindo. Com pneus supermacios montados, Grosjean assinou o décimo primeiro tempo (1m24,941s) e Gutiérrez assegurou o décimo quinto crono (1m26,189s). Com apenas os dez primeiros a avançarem para a Q3, Grosjean falhou o cutoff apenas por 0,105s.


Nico Rosberg, o líder do Campeonato de Pilotos, foi o autor da pole-position para o Grande Prémio da Hungria, que se realiza no domingo. O alemão bateu o seu colega de equipa na Mercedes, Lewis Hamilton, mesmo no final da sessão, assegurando o topo da tabela de tempos por 0,143s. Foi a vigésima sexta pole-position da carreira de Rosberg, a quarta desta temporada e a segunda que assinou no Hungaroring. Rosberg detém uma vantagem de quatro pontos sobre Hamilton antes do Grande Prémio da Hungria.


 

“Foi por pouco. Ficámos apenas a um décimo de segundo do décimo lugar lugar do Lewis. Tudo considerado, estar assim tão perto, é muito positivo. Tomámos todas as decisões correctas em cada um dos momentos da qualificação, incluindo as escolhas de pneus. Foi uma sessão de qualificação muito difícil, mas mostrámos o quanto melhorámos como equipa desde o primeiro dia até hoje. Hoje fomos perfeitos na forma como executámos tudo. Estávamos rápidos tanto com os pneus de chuva como com os intermédios. Também não estivemos mal com slicks. Sei que o décimo de segundo que nos impediu de avançar estava na pista para ser ganho. Estou muito satisfeito com tudo. Se não chover amanhã, teremos um calor abrasador e isso faz sempre uma boa corrida.”



“Esta foi uma das qualificações mais complicadas da temporada, com muitas interrupções. Na Q1 fomos bastante azarados. Basicamente tive apenas uma volta limpa, portanto, não foi fácil para nós. Na Q2, tive algumas dificuldades para colocar temperatura nos pneus. As condições estavam muito difíceis. Com apenas uma linha de trajectória, não havia margem de erro. Não estou satisfeito com o décimo quinto lugar, mas amanhã espero ultrapassar e recuperar posições. Será, seguramente, uma corrida interessante e excitante e vou dar o meu melhor para ganhar o máximo de lugares possíveis.”



“Foi uma sessão muito excitante com muita acção em pista. Manter a calma nestas situações é muito difícil, mas penso que a equipa realizou um bom trabalho. Conseguimos gerir tudo muito bem, portanto, não há arrependimentos. Terminámos no décimo primeiro e décimo quinto lugares. Arrancar de décimo primeiro começa a tornar-se num hábito, mas pelo menos, o Romain poderá iniciar a corrida com pneus novos, isso será uma vantagem. O Esteban pode recuperar. Está em boa companhia, com o Kimi (Raikkonen) imediatamente à sua frente. Estamos muito perto, mas ainda não conseguimos passar à Q3, que é aonde queremos estar. Mas o décimo primeiro lugar é um bom lugar para começar a corrida. Amanhã estamos confiantes de que poderemos recuperar. Vamos trabalhar para marcar pontos.”

 

-HaasF1Team-

 

 

Sobre a Haas Automation

A Haas Automation, Inc. é o construtor de máquinas CNC líder na América. Fundada em 1983 por Gene Haas, a Haas Automation constrói uma linha completa de centro de maquinação verticais e horizontais, centros basculantes, mesas rotativas, etc. Todos os produtos da Haas são construídos na fábrica de 93.000m2 da empresa, sediada em Oxnard, Califórnia, e distribuídas através de uma rede mundial de Haas Factory Outlets que fornecem à indústria os melhor serviço de venda, serviços e apoio, enquanto oferece uma relação custo/performance sem paralelo. Para mais informação visitar www.HaasCNC.com.

Sobre a Haas Factory Outlet - Portugal

A Haas Automation, Inc está representada em Portugal através da Haas Factory Outlet – Portugal. Um empresa situada nos arredores do Porto, perto do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Desta forma, pode aceder aos produtos da Haas Automation e todos os seus serviços. Para mais informação visitar haasportugal.com/ou facebook.com/haasportugal.

 

APARIÇÃO PÚBLICA DO NOVO SKODA

APARIÇÃO PÚBLICA DO NOVO SKODA

 

 

O SUV da ŠKODA comandou o pelotão até à chegada nos Campos Elísios

> Stephen Roche, vencedor do Tour em 1987, conduziu o ŠKODA Kodiaq

> Stephen Roche: "A ŠKODA fez um grande trabalho no Tour de France"

 

 

O ŠKODA Kodiaq teve uma aparição ao mais alto nível no final desta edição da Volta à França: o novo SUV da Marca comandou o pelotão na chegada em Paris.

Stephen Roche, vencedor do Tour em 1987, ficou cativado pela performance de condução do carro.

 

Na etapa final da Volta à França, o ŠKODA Kodiaq foi o primeiro a cruzar a linha de chegada.

Segundo o ex-vencedor do Tour, Stephen Roche, o novo SUV da Marca alcançou uma posição de destaque e impressionou todos os presentes na Avenida dos Campos Elísios.”

O ŠKODA Kodiaq oferece particularmente um espaço generoso”, disse Roche, que se sentou ao volante do SUV.

"A sua condução é muito agradável e o carro responde a todos os seus comandos com um alto grau de precisão. Gostei bastante do ŠKODA Kodiaq na sua estreia no Tour ", disse o irlandês, que é Embaixador da ŠKODA.KODA KODIAQ_TdF_2016_Paris_Roche_06_CopyKODA KODIAQ_TdF_2016_Paris_Ziel_002_Copy

 

A HONDA APRESENTA

A HONDA APRESENTA

 

 

Temos o prazer de enviar o link do primeiro filme teaser promocional que a Honda revelou hoje sobre o modelo City Adventure Concept apresentado no Salão de Milao de 2015.

Dia 30 de Agosto será revelado o segundo filme e mais algumas informações.


https://www.facebook.com/HondaPortugalMotos/videos/1055332024544676/

 

AMO PORTUGAL

AMO Portugal - Associação Mãos à Obra Portugal

FLORESTAR PORTUGAL 2016 - 19 a 27 de Novembro

Vamos cuidar da nossa floresta, ela depende de nós e nós dependemos dela.

Florestar Portugal 2016

Os benefícios que as florestas proporcionam, não permanecem apenas no local onde as árvores se encontram. Ao afectarem de forma positiva os sistemas naturais globais, disponibilizam benefícios para toda a Humanidade.


A AMO Portugal pretende contribuir activamente e, nesse sentido, vamos APROXIMAR DA FLORESTA todos os CIDADÃOS, especialmente os mais JOVENS!


Nos dias 19 a 27 de novembro vamos FLORESTAR PORTUGAL com árvores autóctones: Azinheira, Cerejeira-brava, Carvalho-português, Carvalho-negral, Carvalho-alvarinho, Medronheiro, Zambujeiro, Sobreiro, Amieiro, Freixo, Borrazeira-negra, Salgueiro-branco, Ulmeiro, Amieiro, Freixo e Choupo-negro.

 

MEO SUDOESTE

 

20º MEO Sudoeste

Todos os caminhos vão dar ao 20º MEO Sudoeste!

Glamping Nomad Pop-Up e XBus para saídas a 30 de julho esgotados
Últimos lugares de Car Camping e Snoozy Box disponíveis


Programação do campismo no Super Bock Hexagon e Milaneza Parties no Canal


3 a 7 de agosto, abertura do campismo a 30 de julho
Zambujeira do Mar

www.meosudoeste.pt | www.facebook.com/meosudoeste


 

alt

Faltam apenas 4 dias para a abertura do campismo do MEO Sudoeste e como já vem sendo habitual, a festa começa este sábado com o Super Bock Hexagon no Campismo. Este ano a animação das primeiras noites do Festival fica a cabo de Débora Zenha (Noite Meo Music), KRASH!, Filipa More e a noite da Mega Hits com Nelson Cunha.

Do Porto, a irreverente Débora Zenha. Das sintonias hertzianas para a Herdade da Casa Branca vai, no dia 30 de julho, abrir as hostilidades do Super Bock Hexagon.
No dia 31 de julho, a dupla incendiária KRASH!. Com uma carreira de mais de 10 anos, o MC Katorze o DJ e Produtor Henry Josh, combinam talentos para oferecerem o melhor do EDM, Hip Hop e House. Vêm ao MEO Sudoeste e nesta edição com o fresquíssimo  single “Jump Into Your Life”.
Filipa Cruz (aka Filipa More) vem ao MEO Sudoeste no primeiro dia do mês de agosto apresentar, entre outros hits, o single de 2016, “Never Been”. Com uma carreira recheada de sets nos melhores clubes do País, é uma das rainhas nacionais do melhor house comercial.
No dia 2, Nelson Cunha da Mega Hits. Conhecido animador do éter, vem espalhar energia e alegria a todos os festivaleiros com os maiores êxitos da atualidade reforçando a parceria entre o Festival e a sua rádio oficial.

alt

Quem também estará no MEO Sudoeste a dar música aos festivaleiros no Canal, será o DJ Francisco Cunha. Todos os dias entre as 16 e as 19 horas, o jovem conimbricense animará a Milaneza Party no Canal com o melhor House do momento.

20ª edição do MEO Sudoeste promete ser memorável. Sinal disso é o interesse pelos diversos packs com opções variadas para acampar no festival. A mais de uma semana  da Noite de Receção ao Campista, encontra-se já esgotado o Glamping Nomad Pop-Up, bem como o XBus para quem parte a 30 de julho, restando apenas os últimos packs com saídas a 3 de agosto.
Também prestes a esgotar está o Car Camping com mais de metade da lotação vendida, e o Snoozy Box, outra das modalidades disponíveis para acampar no MEO Sudoeste e desfrutar ao máximo de 9 dias de Festival.

É caso para dizer que todos os caminhos vão dar ao MEO Sudoeste. Junta-te à Tribo!


A 20 ª edição do MEO Sudoeste terá:


WiFi em todo o recinto: são 15 hectares de cobertura WiFi, disponível em todo o recinto, incluindo o parque de campismo. A qualquer hora, em qualquer lugar, será possível partilhar os melhores momentos, pesquisar informação, ver os vídeos dos artistas que vão atuar e estar em contacto com o mundo.


Centenas de Pontos de Carregamento de Telemóveis: este ano, os pontos de carregamento, que se distribuem pelo recinto e o campismo, serão aumentados em mais de 30% relativamente a 2015 e com um acréscimo significativo de espaços à sombra. 


Cartaz completo:


30 de julho a 2 de agosto / Super Bock Hexagon
 
Dia 30 – Noite MEO Music com Débora Zenha

Dia 31 – KRASH!

Dia 1 – Filipa More

Dia 2 – Noite Mega Hits com Nelson Cunha
 

30 de julho a 7 de agosto / Milaneza Party no Canal

Francisco Cunha


3 de agosto / Noite de Receção ao Campista

Palco MEO - DVBBS, Yellow Claw, Club Banditz, DJ Darcy, DJ Callas


4 de agosto

Palco MEO -Martin Garrix, Wiz Khalifa, Virgul, Josef Salvat

MOCHE ROOM - Big Nelo & B26, SlimCutz & Ace

Palco Santa Casa - ÁTOA, Leonor Andrade

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: Virgul


5 de agosto

Palco MEO - Kura, Damian “Jr. Gong” Marley, Seu Jorge, C4 Pedro

MOCHE ROOM - Curadoria Orelha Negra com Holly Hood, Slow J, DJ Kwan, Dynamic Duo, ProfJam, Maze, Nerve e Orelha Negra DJ Set

Palco Santa Casa - Mishlawi, DEAU

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW


6 de agosto

Palco MEO - Steve Aoki, Sia, James Morrison, Diogo Piçarra

MOCHE ROOM - Landrick, DJ Overule, Von Di Carlo (recomendação Tradiio)

Palco Santa Casa - João Pedro Pais, NBC

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: NBC


7 de agosto

Palco MEO - Steve Angello, NERVO, Sunnery James & Ryan Marciano, Cali Y El Dandee, Jimmy P

MOCHE ROOM - Deejay Telio, Pete Kingsman, Ben Ambergen

Palco Santa Casa - April, Neev

Palco EDP - BLKBRDS e JUKEBOX CREW – Convidado Especial: April


 

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes


- Passe 5 dias: 95€
- Bilhete Diário: 48€

- Fã Pack Exclusivo FNAC: ESGOTADO

- Pack Tribo: ESGOTADO

Pack XBus com saídas a 30 de julho ESGOTADO

Glamping Nomad Pop-Up ESGOTADO

Locais de Venda

TicketeaBlueticket - Call Center Informações e reservas 1820 (24 horas), no Facebook da Música no Coração, FNAC, Worten, El Corte Inglês, ABEP, Portimão Arena; Turismo de Lisboa; lojas Media Markt; Bilheteiras MEO Arena; rede PAGAQUI; Agências Top Atlântico; Ticketline, App TV MSW para clientes MEO.


Packs: FesticketPlace and TicketsZMARAlgarve Holiday FunTangerine FieldsXBUS Village

Espanha: TicketmasterTicketea, lojas FNAC, Carrefour Viajes e Halcón Viajes

Inglaterra: Seetickets

Alemanha: Ticketmaster

França: FNAC, Carrefour, Géant, Magasins U, Intermarché, Francebillet

 

CHAVES RUMA A SPA

 

Henrique Chaves ruma a Spa com pódio na mira

 

hungria chaves2_CopyDepois da vitória na Taça de Portugal de Karting Henrique Chaves já está de partida para mais uma prova da Formula Renault 2.0 Northern European Cup em Spa-Fracorchamps. O top 5 conquistado em Red Bull Ring abre boas perspectivas para continuar a fazer melhor, sendo um lugar no pódio a meta para este fim-de-semana. A particularidade do circuito de Spa-Francorchamps não assusta Henrique Chaves já que se trata de uma pista que gosta bastante: "Apesar de ser um circuito exigente, acho que não há piloto que não goste. E como tal, depois do que fizemos na prova passada, estou muito confiante que vamos fazer melhor. Temos vindo a trabalhar e a melhorar gradualmente. Claro que há factores externos que não podemos controlar, como as condições climatéricas que nesta pista têm um papel fundamental. Mas, acredito que o árduo trabalho dará os seus frutos", disse Henrique determinada em conseguir o seu primeiro pódio no Campeonato. O programa do fim-de-semana será um pouco diferente do habitual uma vez que a jornada de Spa integra o programa das 24h de SpaFrancorchamps do Blancpain. Assim, Henrique terá as sessões de treinos livres na quinta-feira, na sexta a qualificação e corrida 1 e no sábado a corrida 2. Todas as informações em www.necup.com

 

PILOTOS DA CITROEN PREPARADOS PARA A FINLANDIA

 

PILOTOS DO JUNIOR WRC PREPARAM-SE PARA VOAR NA FINLÂNDIA

 

1- Copy2- Copy3- CopyNa sequência da prova polaca, os concorrentes do Campeonato FIA Junior WRC partem ao ataque das especiais de ultrarápidas do Rali da Finlândia. Vencedores das duas primeiras provas do ano, Simone Tempestini e Giovanni Bernacchini terão como objetivo fazer o tri. Disputado em seis ralis do continente europeu que fazem parte do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) da FIA, o FIA Junior WRC cumprirá meia temporada no final do Rali da Finlândia. Depois de Portugal e da Polónia, esta terceira ronda em pisos de terra ver-se-á seguida por duas provas de asfalto (Alemanha e Volta à Corsega), numa temporada que terminará no final de outubro na Grã-Bretanha. Com a fama de ser o rali mais rápido da temporada, as especiais finlandesas são conhecidas pelos seus saltos, que impulsionam os carros em distâncias de várias dezenas de metros. O percurso não é menos variado, com seções mais ou menos técnicas através de campos e florestas nos arredores de Jyväskylä. E se os pisos são vistos como pouco demolidores, os concorrentes do JWRC ainda têm que lidar com as pedras que ficam soltas depois da passagem dos carros com tração às quatro rodas. Presentemente, o homem forte do di FIA Junior WRC chama-se Simone Tempestini, piloto italiano que ultrapassou incolume pelas armadilhas das duas primeiras provas, assegurando a pontuação máxima de 50 pontos. Tal como afirmou no final do Rali da Polónia, ele pretende dar continuidade a este seu ímpeto, de modo a poder abordar as provas de asfalto com maior serenidade. No entanto, nada se ganha com antecedência e o piloto sabe-o muito bem, pois terminou fora da estrada este rali no ano passado... Também autor de duas provas inteligentes, Terry Folb é o mais próximo adversário do piltoto transalpino. Com um 3º lugar em Portugal e um 2º na Polónia, o francês deve, no entanto, aumentar a parada se quiser apontar a uma vitória. Por outro lado, Ole Christian Veiby - atual 3º classificado - foi forçado a perder preciosos pontos apesar de demonstrar um nível de performance muito elevado. No pódio na Finlândia no ano passado, o norueguês visará, agora, a vitória. 2 Premiado pelo título alcançado no ano passado no Citroen Racing Trophy France, com um programa no FIA Junior WRC, Vincent Dubert neste momento não sonha tão alto. Presente num rali que já correu em 2012, o marselhês tentará chegar rmais perto do ritmo dos líderes. Objectivo semelhante terá Romain Martel, que descobre as especificidades das provas do mundial de ralis. Segundo classificado em Portugal, Martin Koci viu-se forçado a abandonar na Polônia, após uma saída de estrada logo no shakedown. Para recuperar as suas ambições ao título, o piloto checo deve contar com o apoio dos deuses para travar a senda de Tempestini. Presente no pelotão da Polónia, Mohamed Al Mutawaa quer confirmar a sua ascensão com um resultado mais conclusivo, depois de, no ano passado, o piloto apoiado pela Abu Dhabi Racing ter terminou o rali dos 1000 Lagos na 6ª posição. Já os azarados Lukas Pieniazek e Andrea Crugnola vão querer recuperar as suas temporadas na Finlândia. Há que prestar particular atenção ao italiano, que chegou a liderar na Polónia antes de ser retardado por uma cascata de problemas. A lista de inscritos finlandesa fica completa com um piloto finlandês, da AKK Sports Ltd., na sua operação «The Future star». É ele Juuso Nordgren, com apenas 19 anos, tendo sido escolhido pelas suas prestações no Campeonato da Finlândia de Ralis. Como parte de sua dote, Nordgren terá um DS 3 R3 - MAX e o apoio de um orçamento muito completo (assistência, pneus Michelin, combustível, inscrição, testes pré-prova, coaching e relações com a imprensa). O Rali da Finlândia sai para a estrada nesta quinta-feira (28 de julho) com uma SuperEspecial desenhada em Jyväskylä. De sexta-feira a domingo serão três as longas etapas que totalizam 333 km de especiais, a percorrer pelos concorrentes do FIA Junior WRC. QUATRO DS 3 R5 DO CAMPEONATO WRC2 À PARTIDA Entre as vinte equipes inscritas na categoria WRC2, quatro irão alinhar aos comandos de DS 3 R5. Campeão do FIA Junior WRC do ano passado, Quentin Gilbert e Renaud Jamoul vão participar na sua quinta prova da temporada ao volante de um carro preparado pela DG Sport. Yoann Bonato/Denis Giraudet, Emil Bergkvist/Joakim Sjöberg e Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais continuam, também eles, as suas temporadas

 

PROBLEMAS MECÂNICOS PARA BARREIROS

 

Problemas mecânicos dificultam corrida de Filipe Barreiros em Silverstone

A primeira corrida do fim-de-semana de Filipe Barreiros em Silverstone para mais uma jornada do International GT Open não foi fácil. Problemas mecânicos no Renault, remeteram o piloto português e o seu companheiro de equipa, Martin Short para o terceiro lugar final.

O piloto português estava frustrado por não ter podido discutir a vitória no entanto, problemas de suspensão, problemas na válvula de reabastecimento e o handicap de 30 segundos em nada ajudaram ao desempenho: "O resultado ficou longe das nossas expectativas. Não conseguimos acertar adequadamente o carro e depois a sequência de alguns problemas não ajudaram em nada. Estava muito dificil de pilotar. Mas só acontece a quem anda em pista. Por isso, esperamos amanhã, na segunda prova, que as coisas corram melhor e que o resultado apareça", disse Filipe Barreiros confiante.

A segunda corrida terá transmissão em directo na Sporttv 5 a partir das 15.20h.spa barreiros3_Copy

 

ALBUQUERQUE NO PÓDIO

 

Pódio para Filipe Albuquerque em mais um prova do Mundial de Endurance

Filipe Albuquerque terminou a quarta prova do Campeonato do Mundo de Endurance na categoria LMP2  em Nurburgring no segundo lugar do pódio depois de uma corrida feita ao ataque. O piloto português e os seus companheiros de equipa, Ricardo Gonzalez e Bruno Senna ocupam agora a segunda posição nas contas do Campeonato.

A largar da quarta posição da grelha, Filipe não teve um início de prova fácil: "Fiquei bloqueado atrás de pilotos mais lentos e não foi fácil desenvencilhar-me deles. Depois disso, foi sempre ao ataque para recuperar o tempo perdido. Fizemos todos bons 'stints' e a equipa delineou uma óptima estratégia que funcionou na perfeição. Estamos todos muito contentes sobretudo por estarmos agora na segunda posição no Campeonato", explicou.

A próxima prova decorre no México a 3 de Setembro, a 'casa' da equipa RGR Sport o que pode ser uma mais valia para toda a estrutura: "Agora só pensamos em recuperar o primeiro lugar e a correr na frente do público que nos apoia e com o conhecimento da pista, estou certo que a vitória será mais fácil de alcançar", rematou.

Todos os resultados e demais informações podem ser consultadas em: www.fiawec.com

 VSA WEC_NUR16_DC9T3329_Copy
 

A1 CONDICIONADA

 

Colocação de Barreiras Acústicas na A1

 

Entre 28 e 29 de Julho.

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) informa que no âmbito da empreitada para a conceção e construção de barreiras acústicas no sublanço de Santa Iria da Azóia/Alverca na A1 – Auto-estrada do Norte, irão existir algumas implicações na circulação, as quais serão as seguintes:

 

Entre 28 e 29 de Julho, das 10h às 17h, corte de via direita e berma, no sentido Porto/Lisboa, entre os km’s 11 e 12.

 

A Brisa agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas e espera contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação, estando certa de que os possíveis incómodos serão largamente compensados pelo nível de qualidade, segurança e conforto que resultam de uma auto-estrada melhor adaptada às necessidades de quem a utiliza.

 

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt.

 

 

TIAGO SILVA COM REGRESSO POSITIVO À MONTANHA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

 

TIAGO SILVA COM REGRESSO POSITIVO Á MONTANHA

 

Decorreu no passado fim de semana a x Rampa Senhora da Graça, em Mondim de Bastos.

Inscrito na Categoria 3 do Campeonato Nacional de Montanha, categoria esta com o maior número de inscritos, Tiago Silva refere: "Sob uma elevada temperatura dentro e fora do carro, não tivemos um início de prova que desejávamos, pois para além de detectarmos logo na primeira subida de treinos que o setup do carro não era o ideal para a rampa, verificamos também que ainda subsistiam problemas eléctricos."

 

 

Acrescentou ainda que: "Detectados e corrigidos os problemas eléctricos, consegui impor um ritmo melhorando as performances de subida para subida chegando a rodar a 2:55,633."

Assim, a equipa Vila-Realense obteve o honroso 5º lugar da Categoria 3 e o 3º da Classe 31.

 

 

Terminando, Tiago Silva enaltece: "Quero agradecer aos meus patrocinadores e aos fãs do desporto automóvel que notório é o Vosso apoio ao longo das provas. 

Um agradecimento especial ao João Azevedo e á LJP Sport e por fim á minha família e amigos."



FOX 3933_CopyFOX 4144_Copy
 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 201 6- VALVOLINE

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

Mais um grupo de imagens de uma das subidas de domingo.

 

Fotos de João Raposo na Rampa SeFOX 4002_CopyFOX 4004_CopyFOX 4006_CopyFOX 4009_CopyFOX 4010_CopyFOX 4011_CopyFOX 4021_CopyFOX 4026_CopyFOX 4027_CopyFOX 4028_CopyFOX 4029_CopyFOX 4031_CopyFOX 4033_CopyFOX 4039_CopyFOX 4040_CopyFOX 4042_CopyFOX 4044_CopyFOX 4045_CopyFOX 4046_CopyFOX 4047_CopyFOX 4050_CopyFOX 4052_CopyFOX 4053_CopyFOX 4055_CopyFOX 4056_CopyFOX 4058_CopyFOX 4061_CopyFOX 4063_Copy_CopyFOX 4064_Copy_CopyFOX 4065_CopyFOX 4066_CopyFOX 4069_CopyFOX 4072_CopyFOX 4073_CopyFOX 4074_CopyFOX 4076_CopyFOX 4077_CopyFOX 4079_CopyFOX 4080_CopyFOX 4081_Copynhora da Graça - www.velocidadeonline.com

 

A INDIGNAÇÃO DE PAULO NOGUEIRA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

 

A INDIGNAÇÃO DE PAULO NOGUEIRA

 

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

 

FOX 4162_Copy

A Rampa da Senhora da Graça já tinha terminado em termos desportivos, assim como a reunião dos comissários desportivos, e assim  deu-se inicio à cerimónia da distribuição de prémios .Aos poucos os pilotos que tiveram direito ao respectivo troféu começaram a aproximar-se do local, isto tudo debaixo dum sol tórrido, bem próximos dos 40 graus de temperatura.

A verdade é que um, dos pilotos que se aproximou, foi Paulo Nogueira, na qual o piloto do Citroen Saxo de Braga, é habitual participante nas provas do Campeonato Nacional de Montanha, já tinha tirado o fato de competição, estando vestido com uma tshirt alusiva à sua equipa e uns calções vermelhos. Por outro lado, o seu irmão Sérgio Nogueira, que corre com um carro semelhante, sabendo que iria ao pódio não tirou o seu fato, e aguardava pela chamada ao pódio, para receber o seu prémio.

A confusão surge, quando Nuno Loureiro , presidente do Cami, chama pelo microfone Paulo Nogueira para receber o seu prémio. O piloto de Braga embaraçado pela chamada, já que não estava a contar com a mesma, e por cima ainda não estava vestido de forma condigna para esta cerimónia, na qual todos os pilotos surgem vestidos com o fato, lá se dirigiu ao pódio, quando é informado que não tem direito a prémio. Perante um facto destes o piloto de Braga de imediato questiona a organização do Cami, para saber porque razão tinha prémio e depois já não tinha….Resultado de tudo isto, é que uns minutos mais tarde, Nuno Loureiro informa todos os presentes que houve um erro, e que Paulo Nogueira não tinha direito a prémio, o que levantou logo ali uma polémica entre os membros da sua equipa presentes. Um erro que poderia ser evitado, pelo Cami, pois Paulo Nogueira exaltou-se com esta atitude, e com muita razão.

Aliás já que falamos em confusão organizativa, não entendemos o que se passou com as televisões presentes, pois ainda antes de começar a cerimónia da entrega de prémios, vimos que em pleno pódio, a cadeia televisiva Sport TV, começou a entrevistar os diferentes vencedores das diferentes categorias. Mas a partir duma certa altura foi impedida de o fazer, pois a APPAM; que faz a gestão da promoção do Campeonato Nacional de Montanha, tem um acordo exclusivo com a empresa Movie Light, que tem o exclusivo das imagens. Esta empresa mais tarde, depois faz a distribuição das mesmas por outras televisões, incluído a Sport Tv, mas pelos vistos, e por aquilo que nos apercebemos não foi bem assim. Depois da intervenção do presidente da APPAM , Joaquim Teixeira, pelos vistos ficou tudo resolvido, mas este era outro assunto que poderia ser evitado, e tratado antes de começar a prova, mas pelos vistos, infelizmente não foi assim. Mais outro caso na Rampa Senhora da Graça.

Texto de João Raposo – www.velocidadeonline.com

 

ONDE ESTAVA A SALA DE IMPRENSA NA SRA DA GRAÇA???

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

 

ONDE ESTAVA A SALA DE IMPRENSA NA SRA DA GRAÇA?????

 

 

 

Ao longo dos meus 34 anos de actividade jornalística, já me deparei com algumas situações caricatas, entre as quais mais uma  no passado fim de semana na Rampa da Senhora da Graça, na qual aquilo que foi apelidado como sala para a imprensa  pela entidade organizadora desta prova a contar para o Campeonato Nacional de Montanha.

 

 

O mais curioso é que no sábado quando lá chegamos vimos que a  sala ou o espaço estava vocacionado para” multifunções”, era secretariado, sala de reuniões dos comissários técnicos e desportivos, e por fim sala de imprensa. Mas meus senhores o que vem a ser isto???

Será que o Cami, com os elementos que detém na sua organização, onde grande parte deles vem oriundo da extinta secção automóvel do Estrela Vigorosa Sport, a começar por Jorge Castanheira não sabem que é obrigatório criar um espaço para os jornalistas poderem trabalhar? Penso que o caderno de encargos da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting contempla a existência um local para a imprensa, que pelos vistos esse espaço poderia existir, mas partilhado com outras funções(algo que nunca tinha visto, pelo menos nos dois últimos anos para me recordar).

 

 

O caricato de tudo isto, é que vi no final da tarde de domingo,, enquanto pilotos, jornalistas e apoiantes, esperavam  debaixo dum calor tórrido com mais de quarenta graus ao sol, que os senhores comissários desportivos presentes terminassem a sua reunião, debaixo dum ar condicionado bem fresco na dita sala “multifunções. Por outro lado apercebemo-nos que os jornalistas presentes, tiveram de se retirar para o exterior para que os senhores comissários pudessem efectuar a sua reunião. Mas o que é isto ?Será que o Cami, não poderia ter pedido à Câmara Municipal de Mondim de Basto para criar uma ou mais tendas, onde pudesse funcionar a 100% o secretariado, a sala de reuniões para os comissários técnicos e desportivos, um espaço para a própria organização e um espaço para a imprensa.

 

 

 

Sou de opinião que o observador da FPAK, deverá levar este assunto junto da direcção ´ da Federação, pois infelizmente nas provas já somos tão poucos jornalistas, que por este andar daqui a uns tempos as provas passam a não ter divulgação. Os poucos que por lá andam, como é o nosso caso, tentamos apoiar o máximo esta categoria e fruto disso são os centenas de imagens que publicamos no www.velocidadeonline.com  ,mas às vezes não temos condições nenhumas para trabalhar, e isto para já não dizer das dificuldades acrescidas para poder fotografar, pois soubemos nesta rampa, que no briefing que houve entre os elementos afectos ao Cami e ao responsável pela força da GNR presente, não houve o cuidado de informar as autoridades que as pessoas munidas do colete da FPAK e do colete do Cami, podiam fotografar onde entendessem, desde que salvaguardadas as mínimas condições de segurança. Depois tive conhecimento que no intervalo das subidas não poderíamos circular junto aos rails de segurança, felizmente nos locais onde estivemos a fotografar, a autoridade presente entendeu o nosso ponto de vista e deu-nos facilidades para o desempenho da nossa missão.

 

 

Um assunto a ser revisto com muita urgência, onde a organização do Cami, liderada por Nuno Loureiro deixou muito a desejar em termos organizativos, esperando que o desempenho desta equipa organizativa esteja num plano muito superior já na próxima prova a ter lugar em Setembro em Murça.Tive a oportunidade de ouvir alguns pilotos que estão a pensar seriamente não participar na Rampa de Murça, se este nível organizativo continuar desta maneira protagonizado pelo Cami.

 

 

Texto de João Raposo na Rampa da Senhora da Graça – www.velocidadeonline.com

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

Grupo de imagens da prova do passado fim de semana a Rampa Senhora da Graça, cujas fotos são da autoria do nosso amigo e colaborador Armindo Cerqueira da Foto GTI, que nos apresenta mais um excelente trabalho.arm1 Copyarm2 Copyarm3 Copyarm4 Copyarm5 Copyarm6 Copyarm7 Copyarm8 Copyarm9 Copyarm10 Copyarm11 Copyarm12 Copyarm14 Copyarm15 Copyarm16 Copy

 

Fotos de Armindo Cerqueira - Foto GTI

 

TCR EM IMAGENS

TCR EM IMAGENS

 

Pequeno grupo de imagens das ultimas provas dos TCR2016 photo_news_264_Copy2016 photo_news_270_Copy2016 photo_news_271_Copy2016 photo_news_272_Copy

 

ALBUQUERQUE SAI DE 4º

 

Filipe Albuquerque sai de quarto em Nurburgring

Filipe Albuquerque vai arrancar para as 6h de Nurburgring, amanhã, da quarta posição da grelha entre os LMP2. O piloto português e os seus companheiros de equipa na RGR Sport, Ricardo Gonzalez e Bruno Senna estão optimistas na vitória em mais uma jornada do Campeonato do Mundo de Endurance.

Filipe impus um bom ritmo sempre que esteve ao volante e acredita que o quarto lugar lhes abre boas perspectivas para atingires o objectivo para este fim-de-semana: "Na qualificação faltou-nos um pouco de andamento mas na corrida acredito que será diferente. Estamos no bom caminho para lutar pela vitória. Em 6 horas de prova muita coisa pode acontecer, se mantivermos o ritmo e o Ligier a fiabilidade, o resultado final poderá jogar a nosso favor", explicou o piloto português confiante em somar pontos importantes para as contas do Campeonato.

A corrida amanhã arranca às 11h e terá transmissão em directo a partir das 10.30h no Motors TV.VSA WEC_NUR16_LC1_0146_Copy

 

FÓRMULA 1600 - BRASIL

 

Wanessa Araujo / RS Racing

Deni Sandor (#123)
Download
Wanessa Araujo / RS Racing

Jayme Barbarise (#13)
Download
Wanessa Araujo / RS Racing

Marcelo Casellato (#300)
Download
Wanessa Araujo / RS Racing

Rafael Seibel (#19)
Download

F1600: RS Racing pronta para etapa junto à Truck

Equipe virá com força total e em condições de colocar seus quatro pilotos no pódio diante de mais de 35 mil pessoas que assistirão à prova.

A RS Racing, equipe comandada pelo experiente Rui Salles Jr. está nos preparativos para a rodada dupla do próximo final de semana (29, 30 e 31/07), quando a Fórmula 1600 será a categoria preliminar à Fórmula Truck na etapa de Interlagos (SP).

O time contará com quatro carros, todos inscritos na categoria Light da Fórmula 1600 e com plenas condições de buscarem vitórias e pódios. Deni Sandor (#123), Jayme Barbarisi (#13), Marcelo Casellato (#300) e Rafael Seibel (#19) serão os representantes do time na rodada válida pela 15ª e 16ª etapas do Campeonato Paulista de Fórmula 1600.

Graças à organização, quantidade de carros em suas provas e disputas acirradas, a Fórmula 1600 foi convidada pela organização da Fórmula Truck a ser a categoria preliminar durante a passagem dos "brutos” pela capital paulista.

O primeiro contato do final de semana dos pilotos da RS Racing com a pista será na sexta-feira (29) a partir das 13h com a realização do primeiro treino livre da categoria; as 15h30 os fórmulas retornam à pista para o segundo e último treino livre.

A classificação acontece no sábado (30) as 8h30, com a primeira corrida do final de semana no mesmo dia, a partir das 12h. No domingo (31) são esperadas mais de 35 mil pessoas no Autódromo de Interlagos e a partir das 9h40 a Fórmula 1600 promete levantar o público.

 

ESTRELAS SOLIDÁRIAS

 

Estrelas Solidárias. Sónia Araújo entrega

donativo ao IPO do Porto

 

  •  10.000 euros resultantes da edição 2016 do evento que contou ainda com Rita Guerra, Sónia Araújo, Nilton, Mário Daniel e o Chef Pedro Lemos

 

 

 

Sónia Araújo, embaixadora da Sociedade Comercial C. Santos e apresentadora da gala Estrelas Solidárias 2016, realizada em Abril, cumpriu o último passo deste projeto de Solidariedade Social promovido pela empresa sediada na Maia, ao formalizar no IPO do Porto a entrega de um cheque de 10.000 euros.

 

A verba corresponde a metade dos donativos angariados no jantar/espetáculo onde participaram ainda Rita Guerra, Sónia Araújo, Nilton, Mário Daniel e o Chef Pedro Lemos. Os outros 10.000 euros foram destinados à segunda causa identificada na edição 2016 da iniciativa, a Health4Moz, associação de solidariedade social que desenvolve projetos de intervenção em cuidados de saúde e formação de médicos, em Moçambique.

 

Fiquei muito contente com a grande adesão do evento organizado pela Sociedade Comercial C. Santos e estou segura que o IPO vai aplicar da melhor maneira esta verba.  Conheço o seu trabalho e é uma referência que está ao nível dos melhores hospitais oncológicos da Europa,  nomeadamente no que toca à  investigação. As visitas ao IPO, enquanto figura pública, são sempre momentos de partilha e de tentar passar uma mensagem positiva e de esperança.  Os heróis que encontrámos (crianças e suas famílias) são quem nos ensina todos os dias que ali é um local de Vida!”, sublinha Sónia Araújo.

 

Como admite Pinho da Costa, gerente da Sociedade Comercial C. Santos, “este é mais um ano em que conseguimos concretizar o apoio a uma instituição tão relevante para o Grande Porto e para País. Estamos apenas cumprir o nosso papel e só podemos agradecer a todos os clientes e amigos que corresponderam ao chamamento para esta causa”.

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

Edgar Reis continua na luta pelo título na Montanha


O regresso da Senhora da Graça ao Nacional de Montanha trouxe um 2º lugar da Categoria 2 para Edgar Reis, que assim se mantém na disputa pela revalidação do seu título. Tudo vai ser decidido nas duas últimas provas do ano.


A Rampa da Senhora da Graça regressou ao calendário do CNM depois de uma ausência de vários anos e o desconhecimento do traçado – fruto do pouco tempo para reconhecer a pista – foi crucial para o fim-de-semana de Edgar Reis. Ao contrário do habitual, o piloto de Famalicão não teve oportunidade de conhecer o traçado nos dias anteriores à prova e depois de ter chegado à Senhora da Graça percebeu que os seus adversários diretos tinham outra confiança nas várias zonas rápidas da pista.


No final, o 2º lugar da Categoria 2 e o 8º da geral deixam o piloto do Porsche 997 GT3 Cup a apenas um ponto do novo líder do campeonato.


“Demos um toque na primeira subida de treinos no domingo mas o principal problema foi mesmo o facto de termos encontrado uma rampa muito rápida, a exigir conhecimento e confiança. Só fomos para a Senhora da Graça no sábado e depois andamos sempre a tentar encontrar o melhor ritmo e a confiança para atacar. Em termos de campeonato está tudo em aberto e agora vamos para Murça com o objetivo claro de vencer”, afirmou Edgar Reis.


O piloto do Team Transfradelos também abordou esta edição de regresso da Senhora da Graça ao Nacional. “Acho que de uma forma geral a rampa tem muito boas condições. Quer em termos de parque de assistência quer em termos de traçado, com uma pista de 4,5 kms, com bom piso e características que se parecem com a Falperra, muito rápida e exigente. Espero que seja uma aposta para manter”, concluiu o campeão em título da categoria de GTs.


A penúltima prova do Campeonato Nacional de Montanha será disputada em Murça, a 10 e 11 de Setembro.ZM2 1917_CopyZMF 7147_Copy

 

BARREIROS COM DIFICULDADES

 

Filipe Barreiros voltou a ter corrida complicada em Silverstone

 

 

silverstone barreiros_CopyNão foi o fim-de-semana que Filipe Barreiros ambicionou para mais uma jornada do International GT Open em Silverstone. A segunda corrida realizada esta tarde confrontou o piloto português e o seu companheiro de equipa Martin Short com um Renault menos competitivo que o desejado, ficando os pilotos impossibilitados de discutir a vitória e a cruzarem a linha de meta no segundo lugar. Um terceiro e um segundo lugar num fim-de-semana onde as vitórias eram o objectivo para que o piloto português conseguisse assumir a liderança do Campeonato na categoria GT Am: "Apesar da equipa ter mudado as suspensões e de todas as alterações que efectuámos, o Renault nunca teve o andamento desejado. Aliado a isso ainda tínhamos 20 segundos de 'handicap'. Sabemos que não podemos ganhar todas as provas mas pelo menos gostava de ter tido andamento para dar luta. Foi um fim-de-semana difícil mas esperemos que em Red Bull Ring as coisas se invertam", explicou Filipe Barreiros desiludido com o desfecho mas optimista quanto ao futuro. A próxima prova acontece na Áustria a 10 e 11 de Setembro

 

TAÇA DE PORTUGAL EM KARTING

 

Henrique Chaves vence Taça de Portugal de Karting

 

 

Henrique CopyHenrique Chaves não deu hipótese aos seus adversários na classe X30 Shifter na Taça de Portugal de Karting e venceu de forma destacada a edição 2016, depois de o ano passado ter sido forçado ao abandono. O piloto português que este ano milita na Formula Renault 2.0 consegue assim a sua quinta vitória na Taça, um feito notável. Longe dos karts há longos meses, Henrique chegou ao Kartódromo de Viana do Castelo determinado em adaptar-se rapidamente e isso viria verificar-se já que desde as sessões de treinos que esteve sempre entre os mais rápidos. Na corrida final, depois de já ter vencido a manga de qualificação, Henrique fez um arranque notável e foi ganhando margem para os seus adversários vencendo de forma confortável: "Foi um fim-de-semana espectacular que terminou da melhor forma possível. A sair da 'pole' sabia que apenas dependia de mim para agarrar a primeira posição. Os meus adversários estavam com um andamento muito forte, mas fiz um bom arranque e nas primeiras voltas fiz de tudo para ganhar uma margem confortável para depois poder gerir sem grandes pressões. Foi exactamente o que aconteceu e felizmente, sem percalços como o ano passado, venci. É a minha quinta vitória na taça e quem sabe para o ano não voltarei para conseguir a sexta", disse. Mais uma vitória para o seu vasto palmarés numa altura em que Henrique volta a centrar-se na Formula Renault onde, no próximo fim-de-semana, terá mais uma jornada no mítico circuito de Spa-Francorchamps

 

BLANCPAIN

 

Devon Modell returns for another run in Spa 24 Hours in Oman Racing Aston Martin

Devon Modell knows how to achieve a podium finish in the Total 24 Hours of Spa and the British racer is primed for another attack on the twice-around-the-clock endurance race at Belgium’s fabled Circuit de Spa-Francorchamps (28-31 July). 

Modell scaled the Pro Am winners’ rostrum in the 2015 edition of the Spa 24 Hours, therefore the Kent racer fully appreciates the scale of the challenge that awaits him and his Oman Racing teammates, Ahmad Al Harthy, Jonny Adam and Darren Turner.

“The Total 24 Hours of Spa is a race that everybody looks forward to and it is a highlight of the motorsport calendar that you build up to as a team throughout the year,” said Modell. “This race can make or break your championship hopes, but Spa is a circuit that everyone loves because it has everything – fast and slow corners, and flowing sections where it’s easy to ruin your lap if you make a mistake.”

The Spa 24 Hours is the Blancpain Endurance Series’ blue riband event and the fourth round of the 2016 season and it comes after Modell started his campaign with a fourth place at Monza and a podium on home turf at Silverstone.  

The Aston Martin Evolution Academy recruit, one quarter of the Oman Racing Team’s line-up, is well-versed in the art of long distance competition and he knows, come rain or shine, that to finish first, first you must finish.

“I did a few 24-hour races in 2015 and I really enjoyed them,” said Modell. “The hardest part of getting to sleep when you should, as you’re buzzing from having just stepped out of the car. Setup is always a compromise between teammates and the conditions, as you need a car that can cope with the changing track and ambient conditions over the course of the race. There’s always a chance of rain at Spa, so we need to keep that in mind

“We don’t have any real expectations, as it’s such a long race and anything can happen. Like everybody else, we’re here to win, but the first aim is always to make it through the first six hours, then to hour 12 and we’ll then see where we are in the morning. It’s only when daylight returns that you know how hard to push to get the result the team has worked so hard to achieve.”

The Total 24 Hours of Spa begins with free practice on Thursday (28 July) and qualifying on Friday (29 July), while the race itself gets underway at 16.30 CET on Saturday (30 July) and more information can be found on the official Blancpain Endurance Series website.

 

alt
alt

 

TAÇA DE PORTUGAL EM KARTING

 

Corridas de qualificação emotivas na Taça de Portugal de Karting

 

 

João Gouveia (Iniciação), Adrian Malheiro (Cadetes), Simão Ventura (Júnior), Luís Alves (Juvenis), Ricardo Borges (X30 Super) e Mariano Pires (X30 Shifter) venceram a primeira corrida de qualificação das respectivas categorias da Taça de Portugal de Karting Tranquilidade. A corrida da Categoria Iniciação foi das menos interessantes, com João Gouveia (Birel), que tinha sido o mais rápido na qualificação, a passear a sua superioridade ao longo das cinco voltas da corrida Adrian Malheiro (Praga) manteve, na primeira corrida de qualificação da Categoria Cadetes, o domínio que tem exercido ao longo do dia, que se estendeu à qualificação, apesar da fortíssima oposição que Lourenço Marques (Tonykart) e Ivan Domingues (Madcroc) opuseram. A luta entre os três foi intensa, com muitas trocas de posições, mas, no final, Adrian Malheiro acabou por ser o primeiro a ver a bandeira de xadrez, com escassos 0,047” de vantagem sobre Lourenço Marques, enquanto Ivan Domingues perdia o contacto com os homens da frente nas últimas voltas, enquanto mais atrás vários grupos de pilotos lutavam pelo melhor lugar possível. Na Categoria Júnior, Simão Ventura (CRG) e Rodrigo Ferreira (Praga) travaram uma luta intensa, com o segundo a assumir o comando na fase inicial da corrida, mas a não resistir ao ataque do seu opositor que, depois de ter sido o mais rápido na qualificação, fez a volta mais rápida da corrida, confirmando a superioridade exibida nos treinos livres. Na Categoria Juvenis, Guilherme Oliveira (FA), apesar de largar da “polé” foi batido por Luís Alves (FA) e Mariana Machado (Praga), que deu luta intensa a Luís Alves, com os dois a fugirem a Guilherme Oliveira que teve de contentar-se com o terceiro lugar. Mais rápido no arranque, depois de várias partidas anuladas, Ricardo Borges (Birelart) impôs-se a Andriy Pits (CRG), o mais rápido na qualificação e venceu a corrida da Categoria X30 Super, depois de resistir à constante pressão do seu adversário. A fechar a corrida da Categoria X30 Shifter foi ganha por Mariano Pires (Sodikart), depois de Henrique Chaves (CRG), que largou da “pole”, ter comando as primeiras voltas. Só que Mariano Pires aproveitou a oportunidade, ultrapassou o seu adversário e não lhe deu possibilidade de regressar ao comando, para acabar por vencer, com menos de um segundo de vantagem. 11111 Copy. A Taça de Portugal de Karting Tranquilidade termina amanhã com a segunda corrida de qualificação e as finais das seis categorias, estas últimas com transmissão em directo na Bola TV a partir das 14.30h.

 

 

Classificações INICIAÇÂO – 1.º, João Gouveia (Birel), a 5 voltas, em 6’44, 265”; 2.º, Santiago Alves (Birel), a 6,212”; 3.º, Rodrigo Ferreira (FA), a 14,761”; 4.º, Maria Germano Neto (Birel), a 17,685”; 5.º, Pedro Cachada (Birel), a 17,778”. JÚNIOR – 1.º, Simão Ventura (CRG), 15 voltas, em 11’36,138”; 2.º, Rodrigo Pereira (Praga), a 0,341”; 3.º, Guilherme Roldão (Tonykart), a 9,066”; 4.º, Melle Ouwens (Zanardi), a 14,619”; 5.º, Rodrigo Leitão (Tonykart), a 15,971”. Classificou-se mais um piloto. JUVENIS – 1.º, Luís Alves (Haase), 11 voltas, em 9’08,988”; 2.º, Mariana Machado (Praga), a 0,189”; 3.º, Guilherme Oliveira (FA), a 2,391”; 4.º, Jesse Goorgest (Haase), a 3,165”; 5.º, João Mendes (Praga), a 4’389”. Classificaram-se mais sete pilotos. CADETES – 1.º, Adrian Malheiro, 10 voltas, em 8’44,500”; 2.º, Lourenço Marques (Tonykart), a 0,047”; 3.º, Ivan Domingues (Madcroc, a 1,475”; 4.º, José Pinheiro (Ricciard), a 7,897”; 5.º, Rafael Rego (CRG), a 7,818”. Classificaram-se mais oito pilotos. X30 SUPER – 1.º, Ricardo Borges (Birelart), 15 voltas, em 11’13,017”; 2.º, Andriy Pits (CRG), a 0,266”; 3.º, Bruno Ponte (Zanardi), a 5,472”; 4.º, Pedro Silva (Tonykart), a 9,628”; 5.º, Rui Andrade (Tonykart), a 10,152”. Classificaram-se mais dois pilotos. X30 SHIFTER – 1.º, Mariano Pires (Sodikart), 12 voltas, em 8’41,017”; 2.º, Henrique Chaves (CRG), a 0,600”; 3º´, Miguel Matos (Birel), a 1,044”; 4.º, Hugo Marreiros (DR), a 1,318”; 5.º, Rui Carneiro (CRG), a 5,980”. Classificaram-se mais 17 pilotos.

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2016 Hungarian Grand Prix

TYRE SETS AVAILABLE FOR THE RACE

Please find attached the tyre sets available for each driver at the start of the Hungarian Grand Prix:

alt

 

MARTINE PEREIRA FINALMENTE COM O LOLA EM CONDIÇÕES

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 20916 – VALVOLINE

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

MARTINE PEREIRA FINALMENTE COM O LOLA T 70 EM CONDIÇÕES


FOX 4063_CopyFOX 4064_Copy

Tardou, mas custou, finalmente a caixa de velocidades e a embraiagem do Lola T 70 de Martine Pereira estiveram em condições, permitindo ao piloto usufruir de todo o potencial do bonito protótipo.

Assim, nas duas subidas de treinos, Martine Pereira seria autor dos tempos de 3.10.532 e 3.08.409.Sempre a melhorar os seus tempos, Martine Pereira conseguira nas subidas de prova melhorar um pouco mais, obtendo  3.01.823, 2.59.784 e 3.17.887.

No final, antes de colocar o Loa T 70  no parque fechado, e depois de retirar o capacete, fez-nos um resumo da prova “ desta vez correu tudo bem, pois já conseguimos ultrapassar os problemas com que nos debatíamos desde o inicio da época com a embraiagem e a caixa de velocidades. Agora na Rampa Senhora da Graça, finalmente essa situação está ultrapassada, seria bom que o carro estivesse assim logo na primeira prova do Campeonato na Rampa da Penha. Depois aqui na Senhora da Graça foi tentar melhorar os meus tempos em cada subida, objectivo esse alcançado, desde já o meu muito obrigado a toda a equipa de mecânicos liderada pelo Sr. Miranda, que finalmente colocou o Lola T 70 em condições de poder competir “, disse-nos.

Assim Martine Pereira ficou na terceira posição em termos de categoria 6, primeiro na classe 55 e primeiro no Grupo 6

 

TAÇA DE PORTUGAL EM KARTING

 

Corridas ao rubro na Taça de Portugal de Karting Tranquilidade

 

 

Taa de_Portugal_Karting_CopyMaria Germano Neto (Iniciação), Adrian Malheiro (Cadetes), Rodrigo Ferreira (Júnior), Guilherme Oliveira (Juvenis), Bruno Ponte (X30 Super) e Henrique Chaves (X30 Shifter) venceram as respectivas categorias da Taça de Portugal de Karting Tranquilidade. Coube à Categoria Júnior abrir a luta pela Taça de Portugal e assistiu-se a mais um duelo entre Rodrigo Ferreira (Praga) e Simão Ventura (CRG), que terminaram separados por 0,724”, com Guilherme Roldão (Tonykart) a completar o pódio, sem nunca ter estado em condições de lutar pela vitória. Fantástica a corrida da Categoria Juvenis, com os três primeiros a travarem um duelo intenso, com constantes mudanças de posição, que só terminou em cima da meta, com Guilherme Oliveira (FA) a levar a melhor sobre Luís Alves (FA) e Mariana Pacheco (Praga), que completaram o pódio, com o trio da frente a ficar separado por 0,279” (!), o que traduz o que foi o duelo em pista. A emoção aumentou na corrida da Categoria Cadete, com os três primeiros a festejarem a vitória, já que terminaram separados por 0,039” (!!!), depois de uma luta que durou até ao último centímetro, com a vitória a pertencer a Adrian Malheiro (Praga) que bateu, em cima da meta Ivan Domingues (Madcroc) e Lourenço Marques (Tonykart). Surpresa na Categoria Iniciação, com Maria Germano Neto (Birel), que tinha estado discreta ao longo de todo o fim-de-semana, a conquistar a Taça de Portugal, depois de deixar Santiago Alves (Birel), a 13,308”, com João Gouveia (Birel), que parecia ser o mais sério candidato à vitória, a completar o pódio. Golpe de teatro na corrida da Categoria X30 Super, com Ricardo Borges (Birelart), que estava a controlar a corrida e parecia ter a vitória assegurada, a desistir, aparentemente, traído pela mecânica, o que permitiu a Bruno Ponte (Zanardi), que o seguia como uma sombra, conquistar a Taça de Portugal à frente de Andriy Pits (CRG) e de João Pereira (Madcroc). A fechar o programa, Henrique Chaves (CRG) venceu a corrida da Categoria X30 Shifter, a categoria rainha do karting, com Hugo Marreiros (DR) e Mariano Pires (Sodikart) a seguirem-no de perto, mas sem nunca estarem em condições de o ultrapassar. Este Comunicado não tem valor regulamentar. Classificações JÚNIOR – 1.º, Rodrigo Ferreira (Praga), 17 voltas, em 13’10,638”; 2.º, Simão Ventura (CRG), a 0,724”; 3.º, Guilherme Gusmão (Tonykart), a 4,107”; 4.º, Melle Ouwens (Zanardi), a 17,323; 5.º, Rodrigo Leitão (Tonykart), a 7 voltas. Classificou-se mais um piloto. JUVENIS – 1.º, Guilherme Oliveira (FA), 15 voltas, em 12’37,999”; 2.º, Luís Alves (Haase), a 0,103”; 3.º, Mariana Machado (Praga), a 0,279”; 4.º, Rodrigo Correia (Ricciard), a 2,736”; 5.º, Jesse Doorgeest (Hasse), a 4,900”. Classificaram-se mais sete pilotos. CADETES – 1.º, Adrian Malheiro (Praga), 12 voltas, em 10’31,665”; 2.º, Ivan Domingues (Madcroc), a 0,018”; 3.º, Lourenço Marques (Tonykart), a 0,039”; 4.º, Tomás Martins (DR); a 5,404”; 5.º, Rafael Rego (CRG), a 6,387”. Classificaram-se mais oito pilotos. INICIAÇÂO – 1.º, Maria Germano Neto (Birel), 6 voltas, em 8’11,611”; 2.º, Santiago Alves (Birel), a 13,308”; 3.º, João Gouveia (Birel), a 14,704”; 4.º, Pedro Cachada (Birel), a 17,328”; 5.º, Rodrigo Ferreira (FA), a 4 voltas X30 SUPER – 1.º, Bruno Ponte (Zanardi), 17 voltas, em 12’46,832”; 2.º, Andriy Pits (CRG), a 0,607””; 3.º, João Ferreira (Madcroc), a 6,692”; 4.º, Jorge Areia (Praga), a 7,075”; 5.º, Rui Andrade (Tonykart), a 14,014”. Classificaram-se mais três pilotos. X30 SHIFTER – 1.º, Henrique Chaves (CRG), 15 voltas, em 10’53,968”; 2.º, Hugo Marreiros (DR), a 0,700”; 3.º, Mariano Pires (Sodikart), a 1,012”; 4.º, André Serafim (Tonykart), a 5,344”; 5.º, Miguel Matos (Birel), a 5,844”;. Classificaram-se mais 17 pilotos

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2016 Hungarian Grand Prix – Race

HOTTEST TRACK TEMPERATURES SEEN SO FAR THIS YEAR
ON RACE DAY AT THE HUNGARORING

TWO-STOP STRATEGY ADOPTED BY THE MAJORITY
OF COMPETITORS AS EXPECTED

 ALTERNATIVE STRATEGY FOR KIMI RAIKKONEN PUTS HIM
INTO THE POINTS FROM 14TH ON THE GRID

The hottest track temperatures seen so far all season characterised the Hungarian Grand Prix, peaking at 54 degrees centigrade.

Most competitors started on the supersoft compound before switching as expected to the more durable soft compound for the final two stints. The highest-placed alternative strategy was Ferrari’s Kimi Raikkonen in sixth, who started on the soft tyre and then did two stints on the supersoft: which was more than a second faster than the soft. 

Mercedes driver Lewis Hamilton won the race (marking the halfway point of the season) from second on the grid after claiming the lead at the start and maintaining it despite strong opposition from his team mate Nico Rosberg, who was frequently less than a second behind him. An equally close battle was fought for the final podium place between Red Bull’s Daniel Ricciardo and Ferrari’s Sebastian Vettel.

Paul Hembery, Pirelli motorsport director: “After an afternoon of torrential rain yesterday, we had the hottest track temperatures seen all year today. As a result of yesterday’s rain, the drivers had a good selection of new tyres to choose from, which they made the most of today. In these challenging conditions everyone was pushing from start to finishing, following for the most part a two-stop strategy as we expected. A few drivers tried something different, notably the varied approaches between Red Bull and Ferrari, which meant that their drivers were challenging for position all the way to the final lap.”

Fastest times of the day by compound

Medium Soft Supersoft
First PER 1m26.466s ROS 1m23.670s RAI 1m23.086s
Second BUT 1m26.755s HAM 1m23.849s KVY 1m24.669s
Third MAS 1m26.940s VET 1m24.383s MAS 1m25.296s

Longest stint of the race:

MEDIUM Massa 40 laps
SOFT Ricciardo 37
SUPERSOFT Magnussen 24

Truthometer: We predicted a winning strategy of two stops, and that’s exactly how it turned out to be for the majority of competitors. Our predicted strategy was start on supersoft and then change to soft on laps 12 and 41. In the end, Hamilton went longer than we thought, making his first stop on lap 21 and his second stop on 46 out of 70. This was also helped by the wet qualifying, which caused the supersoft tyres to experience less degradation.

For more information: please visit our all-new website, which is regularly updated with exclusive in-depth features, news and reviews. To find out more, please visit:
www.pirelli.com/global/en-ww/hungary-2016-race

 

alt

 

LUIS NUNES RENOVA TITULO DE CAMPEÃO

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

LUÍS NUNES RENOVA TITULO DE CAMPEÃO NACIONAL DE MONTANHA

 

PLENO DE VITÓRIAS É O PRÓXIMO OBJECTIVO NO CAMPEONATO DE MONTANHA      

 

  Com uma temperatura a rondar os quarenta graus, Luís Nunes acabava de chegar ao inicio da Rampa da Senhora da Graça, tendo parado o seu Seat Leon Cup Racer, para ser saudado por toda a equipa da Martinsspeed, e a família presente, que assim festejou de forma efusiva a renovação do titulo de Campeão Nacional, sendo este mais um titulo para juntar ao seu largo palmarés desportivo.

 

   Seis participações, seis vitórias na edição deste ano do Campeonato Nacional de Montanha em termos de categoria para Luís Nunes, que depois de retirar o capacete, começou por nos dizer “ este objectivo já está alcançado, agora o próximo é o “pleno”, isto é, oito participações, oito vitórias”.

 

   Mas não se pense que Luís Nunes teve uma tarefa fácil na Rampa Senhora da Graça, pois aquilo que o piloto de Gelcurto tinha afirmado há uns tempos atrás concretizou-se, pois os seus adversários aproximaram-se muito em termos de andamento, e nesta prova isso foi confirmado, quando Nunes teve uma luta titânica com o Renault Mégane Trophy de Joaquim Teixeira, ficando tudo resolvido na derradeira subida.

 

    Logo nas duas subidas de treinos, Luís Nunes faria os tempos de 2.32.038 e 2.29.891. Motivado para a primeira subida de prova, Luís Nunes teve de se concentrar ao máximo, e não cometendo nenhum erro fez logo 2.28.512, para na subida seguinte conseguir melhorar um pouco mais com  2.28.191. Na subidas do “tudo ou nada”, Luís Nunes acaba por conseguir bater o seu tempo anterior, fazendo 2.27.956, conseguindo assim superar em cerca de dois segundos Joaquim Teixeira em renault megane trophy, e com isso a vitória na categoria e a respectiva renovação do título.

 

   Por isso depois de colocar o Seat Leon Cup Racer no parque fechado, o piloto transmontano falou-nos da prova “ não foi nada fácil, a diferença entre mim e o Teixeira estava muito pequena. Por isso na ultima subida tive de me aplicar a fundo, sempre muito, mas muito concentrado, sem cometer erros, consegui baixar para o segundo 27, quase diria que foi uma subida do “tudo ou nada”. Felizmente correu tudo bem, consegui atingir o meu principal objectivo que era a  revalidação do titulo, e que eu queria  muito deixar resolvido já nesta prova, agora tenho outros objectivos,  um é fazer o “pleno” em termos de vitórias nesta categoria, quero com isto dizer que vou tentar vencer a minha categoria nas duas provas que faltam para terminar o Campeonato Nacional de Montanha deste ano, o outro é manter a quarta posição na classificação geral absoluta, o que a meu ver será outro feito notável.  Não posso deixar de agradecer a todos os que me ajudaram a chegar até aqui, em particular ao meu irmão, família em geral, amigos Zé e Melo, patrocinadores, equipas Martinsspeed e Velosomotorsport “.

 

Comenta-se em termos de bastidores que Luís Nunes poderia ainda esta época participar numa prova do Campeonato Nacional de Velocidade, mas sobre este novo  projecto, o piloto transmontano apenas adiantou “ gostava muito...., eu adoro as provas de velocidade em circuitos, mas tenho de fazer muito bem as contas, pois as despesas de participação são mais elevadas, isto em comparação com as provas de Montanha. Vamos deixar passar mais algum tempo e depois mais para a frente logo veremos “, disse-nos.

 

Próxima prova 10 e 11 de Setembro - Rampa de MurçaFOX 3926_Copy_CopyFOX 4114_CopyFOX 4115_CopyFOX 4116_Copy

 

MAIS UM LUGAR NO PÓDIO PARA VICTOR RAMOS NA SRA.DA GRAÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINE

 

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

MAIS UM LUGAR NO PÓDIO PARA VICTOR RAMOS DO TEAM ARFDG MOTORSPORT


FOX 4351_CopyFOX 4354_Copy

Na rampa da Senhora da Graça, Victor Ramos ao volante do seu Ford Escort, sendo o único representante do Team AFRDG Motorsport, onde esteve em grande destaque.

Assim nas subidas de treinos, o piloto de Braga lograria alcançar 2.48.950, para na subida seguinte conseguir melhorar, fazendo 2.47.507.

Para a primeira subida de prova, Victor Ramos voltaria a melhorar com 2.45.709, para nas duas subidas seguintes seguintes obter 2.43.197 e 2.43.280 respectivamente.

Por isso no final, Victor Ramos descreveu-nos a sua prova começando logo por nos dizer “ correu muito bem, o carro está cada vez melhor, deu nesta prova para arriscar mais, mas não é tarefa fácil bater o BMW de Hélder Silva. Assim estou satisfeito com este resultado, o muito calor que se fez sentir em nada veio a ajudar, mas esta prova está cumprida. Quero agradecer  à Vettra Motorsport, todo o trabalho feito no meu carro, que me tem permitido alcançar estes resultados “.

Victor Ramos foi o segundo na categoria, e o primeiro na classe.

 

DI GRASSI NA WEC

 

Di Grassi vê melhora da Audi com 2º lugar e se coloca na disputa pelo título do FIA WEC

Brasileiro da Audi Sport disputou a vitória nas 6 Horas de Nurburgring, neste domingo (24), foi mais uma vez ao pódio e diminuiu a diferença para os líderes do campeonato

Faltou um pouco de sorte para que o trio formado por Lucas di Grassi, Loïc Duval e Oliver Jarvis conquistasse a segunda vitória da temporada 2016 do Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC). As 6 Horas de Nurburgring foram disputadas no último domingo em solo alemão e a prova teve quase 60 mil espectadores que puderam assistir disputas espetaculares entre Audi e Porsche.

Com novidades aerodinâmicas no Audi R18, Lucas e Duval classificaram o carro em segundo lugar no grid, depois de o brasileiro ter registrado a melhor volta do final de semana. Na corrida, a disputa entre as duas marcas alemãs era intensa, e na segunda hora de prova o R18 #8 assumiu a liderança com Oliver Jarvis ao volante.

A Audi buscava a vitória com a estratégia de fazer um segundo stint mais longo, com Di Grassi no comando, enquanto os carros rivais parariam para fazer a troca de pilotos. A tática, no entanto, foi atrapalhada por um período de bandeira amarela (chamado de Full Course Yellow, quando os carros devem percorrer o traçado a 80 km/h, sem necessitar da intervenção do safety car) exatamente após uma parada para abastecimento de Lucas.

"A configuração nova de high downforce funcionou muito bem. A gente perdeu um pouco de tempo na parada e logo depois entrou um Full Course Yellow no meio da corrida e na segunda metade da prova desempenho também caiu um pouco", lembrou Lucas, que vem de uma vitória em Spa-Francorchamps e um terceiro lugar nas 24 Horas de Le Mans, nas duas etapas anteriores.

Quem esperou um pouco pôde parar durante este período, e foi o caso de Mark Webber com o Porsche 919, colocando Lucas em terceiro, atrás do Porsche 919 #2 de Romain Dumas, Marc Lieb e Neel Jani, justamente os líderes do campeonato. Algumas paradas mais tarde, foi a vez de Lucas passar o R18 às mãos do parceiro Loïc Duval, que prosseguiu com a disputa e tomou o segundo lugar. O carro #2 ainda caiu para o quarto lugar, enquanto o trio formado pelo brasileiro finalizou na segunda posição, diminuindo em seis pontos a diferença em relação aos ponteiros da tabela (106 a 73).

Lucas mostrou-se satisfeito com o desempenho do carro, apesar da imprevisibilidade em uma estratégia que se mostrava acertada ter sido arruinada por um período de bandeira amarela na pista - causada por um acidente. "Acho que podemos ficar felizes com o segundo lugar. Não cometemos erros e pilotamos constantemente no limite. Quando se está na primeira fila você obviamente quer vencer. Mas hoje faltou um pouco de sorte. E é por isso que o segundo e terceiro lugares da equipe formaram um bom resultado", disse.

"Acho que temos um carro bom para lutar por vitórias. Diminuímos a margem do líder do campeonato, e então vamos confiantes para o México. Se conseguirmos diminuir entre seis e sete pontos por corrida essa diferença nós teremos boas chances de chegar no final brigando pelo título. É isso que temos de fazer: ir para cima, reduzir a distância para o Porsche líder e acelerar", concluiu.

A quinta etapa do Campeonato Mundial de Endurance acontece no dia 3 de setembro, com as 6 Horas da Cidade do México.

Resultado das 6 Horas de Nurburgring (Top-6):
1-) Bernhard/Hartley/Webber (Porsche) - 194 voltas
2-) Di Grassi/Duval/Jarvis (Audi R18) - a 53s787
3-) Fässler/Lotterer (Audi R18) - a 54s483
4-) Dumas/Jani/Lieb (Porsche) - a 1min37s324
5-) Buemi/Davidson/Nakajima (Toyota) - a 1 volta
6-) Conway/Kobayashi/Sarrazin (Toyota) - a 4 voltas

Classificação do FIA WEC após quatro etapas (Top-5):
1-) Dumas/Jani/Lieb - 106 pontos
2-) Di Grassi/Duval/Jarvis - 73
3-) Conway/Kobayashi/Sarrazin - 62
4-) Lotterer/Fässler - 51
5-) Imperatori/Kraihmer/Tuscher - 36

 

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Mais um pódio para Lucas di Grassi no Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC)
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Com a vitória na Bélgica e o terceiro em Le Mans, já são 3 pódios na temporada
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Di Grassi, Duval e Jarvis diminuíram a diferença que os separam dos líderes
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
E se colocam na disputa pelo título do FIA WEC
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Lucas protagonizou boas disputas contra a Porsche
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Bandeira amarela acionada logo após o pit stop atrapalhou planos de vencer
Alta | Web

Audi Sport
Clique na imagem para fazer o Donwload... 
Próxima etapa acontece na Cidade do México no dia 3 de setembro
Alta | Web

 

A 1 CONDICIONADA

 

Condicionamento de trânsito na A1

 

Entre 26 e 29 de Julho.

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) informa que no âmbito do plano de intervenções no sublanço Carregado/Aveiras, na A1 – Auto-estrada do Norte, irão existir algumas implicações na circulação, as quais serão as seguintes:

 

Dia 26 de Julho

Entre as 10h e as 17h, corte via direita, no sentido Santarém/Lisboa, entre os km’s 3 e 5, 11 e 12, 17 e 18.

 

Dia 27 de Julho

Entre as 10h e as 17h, corte via direita, no sentido Santarém/Lisboa, entre os km’s 26 e 28.

Entre as 10h e as 17h, corte via direita, no sentido Lisboa/ Santarém, entre os km’s 23 e 25.

 

Dia 28 de Julho

Entre as 10h e as 17h, corte via direita, no sentido Lisboa/ Santarém, entre os km’s 7 e 10.

 

Dia 29 de Julho

Entre as 13h e as 15h, corte via direita, no sentido Santarém/Lisboa, entre os km’s 7 e 8.

Entre as 10h e as 12h, corte via direita, no sentido Lisboa/ Santarém, entre no km 42.

 

A Brisa agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas e espera contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação, estando certa de que os possíveis incómodos serão largamente compensados pelo nível de qualidade, segurança e conforto que resultam de uma auto-estrada melhor adaptada às necessidades de quem a utiliza.

 

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt.

 

A 1 CONDICIONADA

 

Colocação de Barreiras Acústicas na A1

 

Entre 25 e 27 de Julho.

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) informa que no âmbito da empreitada para a conceção e construção de barreiras acústicas no sublanço de Santa Iria da Azóia/Alverca na A1 – Auto-estrada do Norte, irão existir algumas implicações na circulação, as quais serão as seguintes:

 

Entre 25 e 27 de Julho, das 10h às 17h, corte de via direita e berma, no sentido Porto/Lisboa, entre os km’s 11 e 12.

 

A Brisa agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas e espera contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação, estando certa de que os possíveis incómodos serão largamente compensados pelo nível de qualidade, segurança e conforto que resultam de uma auto-estrada melhor adaptada às necessidades de quem a utiliza.

 

Para informação actualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt.

 

NOVO WRC DA CITROEN PREPARA ESTREIA

 

WORLD RALLY CAR DE 2017 FAZ A SUA ESTREIA NO ASFALTO

 

CITROENRACING -_Teste5_1NZ1720110_CopyCITROENRACING -_Teste5_1NZ1887115_CopyCITROENRACING -_Teste5_2NZ7182127_CopyTrês meses após os primeiros testes de estrada, o World Rally Car 2017 da Citroën Racing fez idêntico processo, estreando-se agora em pisos de asfalto. Nas onduladas estradas da região de Aude (França), Kris Meeke e Stéphane Lefebvre descobriram as especificades da viatura neste tipo de superfície. Ao escolherem fazer as primeras sessões de desenvolvimento na terra, os engenheiros da Citroën Racing deram a prioridade à superfície mais comum nas provas do Campeonato do Mundo de Ralis: «Ao rodarmos de imediato nas condições mais difíceis, pudemos experimentar a fiabilidade de todos os componentes», explica Laurent Fregosi, Diretor Técnico da Citroën Racing. «Além disso, não existe somente um tipo de piso de terra. A Finlândia e o México têm dois tipos de terreno completamente diferentes. Procuramos, assim, explorar esta diversidade, antes de rodarmos no asfalto, onde a janela de exploração é muito mais estreita.» Regulamentarmente, as diferenças entre as configurações para terra e para asfalto de um WRC são limitadas, mas nem por isso menos essenciais: «A maior alteração diz respeito às suspensões», continua Fregosi. «Utilizamos peças mais leves e que permitem baixar a distância ao solo. A cinemática dos trens foi também adaptada ao tamanho dos pneus de 18 polegadas. As grandes jantes permitem-nos aumentar o diâmetro dos discos de travões e utilizamos pinças arrefecidas a água. Há, ainda, que mencionar as proteções da carrçaria mais leves. No plano aerodinâmico, temos agora a faculdade de termos uma parte inferior do para-choques dianteiro específico para o asfalto.» «Nesta nossa primeira sessão, trabalhamos, nomeadamente, na programação do diferencial central,» detalha o engenheiro. «Trata-se de repartir a potência entre os eixcos dianteiro e traseiro em função das diferentes situações. Evidentemente que os parâmetros são diferentes de uma superfície para outra. Os pilotos tiveram, também, a oportunidade de avaliar o efeito das regulações mecânicas, como a rigidez dos amortecedores, a 2 barra estabilizadora ou o diferencial. Globalmente, o balanço é positivo e sabemos onde nos encontramos. A fiabilidade da viatura permitiu-nos, de novo, acumular o máximo de quilómetros.» «Foi excitante conduzir pela primeira vez o WRC no asfalto,» referiu, por sua vez, Kris Meeke. «A Citroën Racing sempre fez bons carros para este tipo de superfície e estou certo de que o mesmo acontecerá com este! No asfalto sentem-se ainda muito as alterações ligadas à nova regulamentação, como a potência acrescida, as vias mais largas, a potência dos travões, etc. Iremos prosseguir o programa estabelecido e cada sessão irá permitir-nos aprender um pouco mais. Esta fase do projeto é sempre muito apaixonante!» A partir de agora com dois chassis dedicados aos testes de desenvolvimento, a Citroën Racing vai intensificar o seu programa ao longo das próximas semanas. Tanto na terra como no asfalto, engenheiros e pilotos estão concentrados no seu principal objetivo: o Rali de Monte Carlo, a disputar a partir de 16 de Janeiro próximo, prova de abertura do WRC 2017

 

NOVO DESAFIO PARA GUEDES

 

24h de Spa-Francorchamps são o próximo desafio de Francisco Guedes

 

 

2116 09_88_CopyDecorre este fim-de-semana, de 28 a 31 de Julho, no mítico circuito belga, as 24h de Spa-Francorchamps em mais uma jornada do Blancpain Endurance Series com o piloto da Ferrari Portugal, Francisco Guedes determinado em ser bem sucedido naquela que é considerada uma das provas mais exigentes do endurance mundial. 24 horas de competição numa pista com características especiais e onde as condições atmosféricas variam a uma velocidade fora do comum. E quando assim é, tudo pode acontecer. E se até aqui Francisco Guedes e os seus companheiros de equipa Peter Mann e Rino Mastronardi não têm sido verdadeiramente felizes num ano com muitos contratempos, o trio do Ferrari 488 está confiante num volte-face: "Confiança não nos falta. Sabemos da importância desta prova para o Campeonato e do empenho de todos para o sucesso. Vamos fazer o nosso trabalho o melhor possível, acertar o carro para a exigência da pista, esperar que as condições climatéricas não nos preguem partidas e que a sorte esteja finalmente do nosso lado. Reunidas estas condições, um bom resultado está ao nosso alcance", disse Francisco Guedes determinado. A competição em Spa arranca já hoje com a primeira sessão de testes. As qualificações estão reservadas para quinta e a 'super pole' para sexta. A corrida começa no sábado pelas 13.30h.

 

SUGESTÃO DA SEMANA

 

Vodafone Mexefest

Primeiras confirmações:
Charles Bradley & His Extraordinaires
Baio
Mallu Magalhães


Bilhetes já à venda.
40€ no passe único para os 2 dias, até 30 de setembro.

25 e 26 de novembro
Avenida da Liberdade, Lisboa

 

www.vodafonemexefest.com facebook.com/vodafonemexefest

 


Novembro traz de volta a música à Avenida da Liberdade com o Vodafone Mexefest. Os próximos dias 25 e 26 do mês de novembro farão mexer a cidade e uma das suas principais artérias. A correnteza de sons e de gente inundará a longa Avenida, enchendo muitos dos seus espaços com os melhores artistas – de múltiplos géneros – da música independente. As primeiras confirmações do cartaz da edição de 2016 do Vodafone Mexefest são de luxo: Charles Bradley & His Extraordinaires, Baio e Mallu Magalhães.

alt

Site Oficial | Facebook | The World is Going up in Flames
 

Charles Bradley, com “apenas” 67 anos de idade, é hoje um dos nomes mais falados da música. As aspas servem na exata medida do que, sabemos com certeza, o artista norte-americano ainda tem para dar. Depois de uma vida à sombra da pobreza, precária e solitária, foi a cantar James Brown que Bradley se deu a conhecer. Nunca é tarde, facto-cliché que o músico nova-iorquino faz questão de confirmar. Editou o disco de estreia em 2011, “No Time For Dreaming”, dois anos depois chegou “Victim Of Love” e, já este ano, o estrondoso “Changes”. Canta – interpreta – de forma visceral os temas funk e soul mais extraordinários da atualidade. A Portugal chegará com os His Extraordinaires, banda de apoio que tornará a sua presença no Vodafone Mexefest ainda mais inesquecível.

alt

Site Oficial | Facebook | Sister of Pearl


Baio é apelido e o título que a música em nome próprio do baixista dos Vampire Weekend leva. Depois de dois EP, “Mira” e “Sunburn”, Baio estreou-se o ano passado em formato longa duração com “The Names”. Publicações como Pitchfork, Pretty Much Amazing, Spin, Paste, entre outras, renderam-se a uma pop incrivelmente fresca, pontuada de eletrónica em doses precisas e dançáveis.

alt

Site Oficial | Facebook | Velha e Louca


Originária de São Paulo e hoje a residir em Portugal, Mallu Magalhães vem ao Vodafone Mexefest com a sua voz inconfundível. Depois de ter encantado com a Banda do Mar, a jovem mulher de talento e génio raros vem ao Festival apresentar muitos dos sucessos dos seus três discos. A música da brasileira é maravilhosamente cativante com marcas folk-pop a aventurarem-se igualmente pelo tropicalismo, samba e reggae. Imperdível.

O bilhete único válido para os dois dias do Festival encontra-se já à venda nos locais habituais pelo valor de 40€ até 30 de setembro, passando para 45€ a partir do dia 1 de outubroNos dias do Festival o valor do bilhete é 50€.


 


Vodafone Mexefest. De palco em palco, a Música mexe na cidade.
 


 

Primeiras confirmações:

Charles Bradley & His Extraordinaires, Baio, Mallu Magalhães

Informação de Bilhetes


Preço dos Bilhetes

Até 30 de setembro: 40€
Até 24 de novembro: 45€
Nos dias do Festival: 50€


Troca obrigatória por pulseira colocada ao próprio no Coliseu de Lisboa a partir de 24 de novembro.


Locais de Venda

Ticketea, Blueticket - Call Center 707 780 000, lojas FNAC, lojas Worten, El Corte Inglês (Lisboa e V. N. Gaia), Centros Comerciais Dolce Vita (Amadora, Porto, Vila Real, Ovar, Coimbra e Funchal), Casino de Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Abep, Estações de Correios, lojas Media Markt, Turismo de Lisboa, Bilheteira Online, Ticketline, Coliseu dos Recreios, Festicket, Get a Fest.

 

FERNANDES VENCEU EM SERNACELHE

 

Carlos Fernandes soma nova vitória e mostra andamento impressionante

 

O piloto do Mitsubishi Lancer Evo VI foi claramente o mais rápido na prova do Campeonato FPAK de Ralis em Aguiar da Beira e Sernancelhe. Carlos Fernandes e Valter Cardoso venceram todos os troços e acumulam pontuação máxima.

O Rali de Aguiar da Beira / Sernancelhe trouxe a quarta vitória da temporada para o piloto de Sintra, que na classificação final ficou apenas atrás (a escassos 2,3s) de um Ford Fiesta R5+, um carro que não está homologado para pontuar em ralis em Portugal. Carlos Fernandes e Valter Cardoso ainda lideraram a prova mas depois decidiram controlar o seu andamento para não correrem riscos que pudessem pôr em causa novo triunfo no Campeonato FPAK.

“Por estratégia da equipa optámos por não montar pneus novos para este rali. Usámos pneus da prova anterior, em Cerveira, mas mesmo assim estivemos na frente do rali até decidirmos pensar unicamente no Campeonato FPAK. Nesse aspecto acaba por ser um excelente rali, pois conseguimos a pontuação máxima e reforçámos a nossa vantagem no campeonato”, referiu Carlos Fernandes.

           Para se ter uma ideia do andamento da dupla do Lancer Evo VI, o seu concorrente mais próximo no Campeonato FPAK ficou a 1m23s ao final de 65 km de                  prova. A competição fará agora uma pausa até ao Rali de Viana do Castelo, agendado para 2 e 3 de Setembro
 MG_0017_Copy MG_0132_Copy MG_0163_Copy MG_0551_Copy

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2016 Hungarian Grand Prix – Race – Infographics

alt

alt

 

JOSÉ PEDRO GOMES NO PÓDIO DA RAMPA DA SRA. GRAÇA

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 – VALVOLINFOX 4187_CopyFOX 4188_CopyFOX 4189_CopyFOX 4190_CopyE

 

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

JOSÉ PEDRO GOMES NO PÓDIO DA RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

 

 

No seu regresso ao Campeonato Nacional de Montanha, José Pedro Gomes ao volante do seu For Escort WRC subiu ao pódio em termos de categoria no passado fim de semana na Rampa da Senhora da Graça.

Logo nas subidas de treinos, José Pedro Gomes mostrou que havia que contar com ele para a luta pelos lugares das frente, no entanto nas duas subidas de treinos faria logo 2.43.185, para na subida seguinte conseguir melhorar de forma significativa, alcançando 2.32.913.

Assim para a primeira subida de prova, José Pedro Gomes obteria a décima melhor marca na classificação geral com 2.28.521, para nas duas subidas seguintes alcançar  2.34.323, não chegando a fazer a derradeira subida, pois com os tempos alcançados, foi o suficiente para consolidar a segunda posição em termos de categoria.

Por isso no final, José Pedro Gomes fez-nos um balanço da prova, começando por nos dizer “ correu bem, fiquei satisfeito com este resultado, pois está dentro dos objectivos. No principio houve que fazer uns acertos, mas depois foi fazer as subidas o mais concentrado possível, sem cometer erros, e o resultado aí está”.

 

VELOSO MOTORSPORT JÁ É CAMPEÃ NA CATEGORIA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

VELOSO MOTORSPORT JÁ É CAMPEÃ NA CATEGORIA

 

 

 

NOTA DE REDACÇÃO:

 

O  WWW.VELOCIDADEONLINE.COM   ENQUANTO GESTOR DESTA PÁGINA E RESPECTIVA PÁGINA DO FACEBOOK, É NESTE CASO TOTALMENTE ALHEIO QUER À QUALIDADE, QUER AO TEOR DESTE ARTIGO EM TERMOS DE ERROS E IMPRECISÕES APRESENTADOS PELO RACESPIRIT COMO AUTOR DESTE TEXTO

 

 

 

Ao conseguir esta tarde na Rampa da Senhora da Graça, a sua sexta vitória em outras tantas jornadas do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, Luis Nunes e a Veloso Motorsport garantiram desde já o título na Categoria 4, numa altura em que faltam ainda duas jornadas para o final da competição.

 

Sempre ao ataque, o piloto transmontano conseguiu ultrapassar ao volante do SEAT Leon Cup Racer da Veloso Motorsport, as dificuldades impostas pelo calor abrasador que se fez sentir em Mondim de Basto, garantindo um triunfo difícil, conquistado face a uma apertada concorrência, que o obrigou a dar o máximo.

 

“Foi das provas mais difíceis do ano, onde tive muitas dificuldades para vencer. A decisão sobre o nome do vencedor só foi conhecida na última subida e isso diz bem de como foi emocionante esta discussão. Esta rampa é espectacular e isso deu-me motivação para andar depressa e arrumar já com a questão do título, o que consegui. Estou muito feliz com esta conquista, algo em que eu não acreditava no início do ano e que se acabou por se concretizar antecipadamente. Foi conquistado após vitórias em provas disputadas à chuva e em seco, nos traçados mais favoráveis ao meu carro e também nos menos favoráveis. Queria deixar aqui o meu muito obrigado ao Luis Veloso, por ser dos primeiros a incentivar esta minha participação no campeonato, fazendo-me sempre acreditar que era possível ser campeão. Um agradecimento especial também à MartinsSpeed, que foram inexcedíveis na assistência e me colocaram sempre o carro ao meu gosto em todas as provas.” Disse Luis Nunes visivelmente satisfeito.

 

“Quero dar os parabéns ao Luis Nunes pelo título. Foi conseguido com toda a justiça, como se comprova pelos seis triunfos consecutivos que conseguiu e não deixam dúvidas a ninguém acerca do seu valor. Este é também mais um titulo para a Veloso Motorsport e para a MartinsSpeed, que se encarregou de assistir o carro nas provas, num auxilio precioso devido ao exigente calendário competitivo que temos este ano. Também para eles os nossos parabéns.” Referiu o responsável da Veloso Motorsport, Luis Veloso.

 

Após a conquista do título, chegam agora umas merecidas férias para Luis Nunes, com o piloto transmontano a voltar ao activo a 10 e 11 de Setembro, para disputar a Rampa de Murça, penúltima jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2016.

 

 

 




Texto | Racespirit.com
Foto | FotoGTiVMS240716 Copy

 

 

 

RANKING DE RAMPAS CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA WWW.VELOCIDADEONLINE.COM

RANKING DE RAMPAS DO CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA - WWW.VELOCIDADEONLINE.COM

 

Ao longo deste ano, o , www.velocidadeonline.com , tem acompanhado e feito as reportagens das rampas que fazem parte do Campeonato, na qual se tem traduzido pelo elevado numero de imagens que publicamos, para além dos artigos e comunicados de equipas e pilotos.

 

Por outro lado, resolvemos fazer um Ranking das seis provas até agora organizadas.Isto visa acima de tudo premiar de forma simbólica as organizações com melhores perfomances organizativas, tendo em conta uma série de itens que tivemos em consideração, desde o apoio ao nosso trabalho, a actuação das forças de segurança e outros detalhes.

 

Assim para toda a equipa do ,www.velocidadeonline.com  , e tendo em consideração as seis provas que tiveram lugar,(falta ainda as rampas de Murça e Boticas, primeira organizada pelo Cami, e a segundo pela Demoporto ) o ranking neste momento é o seguinte :

 

1º RAMPA DE SANTA MARTA - CLUBE AUTOMÓVEL DA RÉGUA

 

Esta rampa organizou a sua 2ª edição este ano, trata-se duma equipa jovem, que em nosso entender tem feito um trabalho notável,e por isso está na frente.No ano passado fomos  criticos em termos construtivos, no entanto este ano, tivemos de nos render às evidências,.Por exemplo, na edição deste ano, o Clube Automóvel da Régua, teve atrasos, mas isso motivados por acidentes, na qual não há nada a fazer.Depois para a imprensa criaram um transporte, um autocarro cedido pela Câmara de Santa Marta, que permitiu a todos os fotógrafos jornalistas poderem fotografar nos diferentes pontos deesta bonita rampa.Inicialmente não gostamos da actuação das forças de segurança presentes, no entanto tivemos ocasioão de falar com o director do Clube Automóvel da Régua, que na nossa presença contactou com o responsável das forças de segurança, e o comportamento para a imprensa devidamente credenciada alterou de forma drástica,para melhor óbviamente, e pode-se fazer o trabalho sem limitações.Para 2017, deveria ser criada uma sala de imprensa mais junto da partida, ou então na zona da rotunda, onde o precurso atravessa, pois o local onde se tem situados nas duas edições já realizadas, com instalações  excelentes, só que pecam por estar longe da rampa.

 

2º RAMPA DA COVILHA - CAMI

 

Disputada debaixo de chuva, começou com um atraso(algo já habitual no seio do Cami), a prova correu bem ( apenas fizemos a cobertura no dia de sábado), as autoridadesa presentes não foram muito complacentes com o nosso trabalho, que só depois de explicarmos houve alguma benoviolencia para se poder fotografar sem restrições.A sala de imprensa, também se encontra a uma certa distância da rampa, e o Cami, não criou nenhum meio de tranpsotr para os jornalistas se poderem deslocar ao longo da rampa.

 

3º RAMPA DA PENHA - DEMOPORTO

 

Foi a primeira prova do calendário, o S.Pedro parece que rogou uma praga, pois no dia de sábado a chuva foi copiosa, o que logicamente provocou trabalhos redobrados para participantes e organização.Pensamos que está na altura da Demporto criar um transporte para os jornalistas fotógrafos, pois é toda esta gente que leva as imagens que as edilidades locais gostam de ver publicadas na comunicação social.

 

4º RAMPA DA FALPERRA - CAM

 

A contar para o Europeu de Montanha, sob a alçada da FIA, a Rampa da Falperra, foi quase toda disputada debaixo de chuva, o que logicamente provocou muitas dificiuldades.Nota negativa para as autoridades, pois mesmo com os coeltes da FPAK;  as autoridades presentes nem sabiam para é que aquilo servia, ter ou não ter credencial era igual.Pensamos que é um ponto a rever.O Clube Automóvel do MInho na edição do próximo ano, podia perfeitamente montar na zona de chegada uma tenda para ser usada como sala de imprensa, pois espaço tem para isso ao contrário doutras rampas.Por outro lado, a criação dum transporte para os jornalistas fotógrafos era uma ajuda muito grande, e no nosso caso temos muitas razões de queixa, pois fomos obrigados a fazer longas caminhadas pelos trilhos dos espectadores, quando não havia necessidade disso, depois de termos feito duas passgens no meio da rampa na zona da chicane.

 

5ºRAMPA SRA DA GRAÇA - CAMI

 

Ficamos surpresos com as falhas do Cami nesta rampa, às vezes leva-nos a pensar que as altas temperaturas que se fizeram sentir, perturbaram a rodada equipa do Cami, que se recorde teve melhor desempenho na rampa da Covilhã.Iniciar uma rampa com aquele atraso.... uma hora e meia mais tarde, foi demais.....De referir que a sala de imprensa desta rampa foi uma miséria, se o espaço existentes era para ser a sala de imprensa, seria destinada apenas com esse fim, e não ser o secretariado, sala de reunião dos comissários desportivos.Neste ponto o Cami esteve mesmo muito mal, um ponto a ser bem revisto para a edição do próximo ano, quando espaço também não falta para se poder montar uma tenda, para que os jornalistas possam trabalhar.A não criação dum transporte para a imprensa, seria uma grande ajuda, o Cami, que teve a cedencia de "bandeirinhas" por parte do Clube Automóvel da  Régua, na qual inclusive um dos "bandeirinhas"  foi o director da Rampa de Santa Marta,  vejam o exemplo organizativo.Ter no final da rampa um local para os pilotos tomarem uma água e poderem refrescar-se não deve ser assim algo tão dispendidoso para uma organização.No caso da Rampa da Senhora da Graça, no final, espaço é algo que não falta.

 

6º RAMPA DO CARAMULÇO - TARGA CLUBE

 

Nem tudo são pontos negativos na rampa do Targa Clube, liderada pelo experiente Fernando Batista, que usufrui duma excelente sala de imprensa, mas em contrapartida, por exemplo no final da rampa, poderiam ter criado uma zona para os piltoso beberem uma água(não vi isso, pois apenas estive neste local no sábado de manhã, quando dos reconhecimentos da rampa, desconheço se isso existiuy para os pilotos participantes).Não havia transporte para os jornalistas fotógrafos, o colete da FPAK para os Media, não foi respeitado, para se poder fotografar, tinha de usar o colete entregue pela organização , o quye estamos em total desacordo.O colete de jornalista do Targa Clube deveria apenas destinar-se a quem não tivesse o colete de Media FPAK.

 

Por isso para terminar, a nossa critica é construtiva, queremos um Campeonato Nacional de Montanha mais bem organizado, sem atraso para inciarem as provas, com a criação de facilidades, para quem divulga as provas, e a imprensa presente que não é muita tem de se desenraascar, por isso solicitamso a todos estes clubes organizadores, para verem o exemplo do Clube Automóvel da Régua, que por essa e por outros é até ao momento a melhor organização este ano em termos de provas.

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

NA PARTIDA

 

Grupo de imagens obtidas na tarde de sábado junto da partida da Rampa Senhora da Graça em Mondim de Basto, debaixo duma temperatura a rondar os 40 graus.

 

Fotos de JoFOX 3915_CopyFOX 3915_CopyFOX 3916_CopyFOX 3917_CopyFOX 3919_CopyFOX 3920_CopyFOX 3921_CopyFOX 3922_CopyFOX 3924_CopyFOX 3924_CopyFOX 3931_CopyFOX 3932_CopyFOX 3934_CopyFOX 3934_CopyFOX 3936_CopyFOX 3938_CopyFOX 3941_CopyFOX 3943_CopyFOX 3945_CopyFOX 3947_CopyFOX 3952_CopyFOX 3953_CopyFOX 3954_CopyFOX 3955_CopyFOX 3956_CopyFOX 3957_CopyFOX 3960_CopyFOX 3962_CopyFOX 3965_CopyFOX 3966_CopyFOX 3968_CopyFOX 3970_CopyFOX 3972_CopyFOX 3974_CopyFOX 3976_CopyFOX 3980_CopyFOX 3982_CopyFOX 3982_CopyFOX 3990_CopyFOX 3990_CopyFOX 3992_CopyFOX 3994_CopyFOX 3996_Copyão Raposo - www.velocidadeonline.com

 

CAMPEONATO PAULISTA DE MARCAS

Etapa de sentimentos opostos para os pilotos da Fast Racing no Paulista de Marcas, mas com motivos para comemorar
   Coisas do mais competitivo campeonato de Marcas e Pilotos do país: em meio a um grid com mais de 30 carros, o limite está muito próximo e o risco de se ver fora da luta pelas primeiras posições é multiplicado. Por outro lado, vitórias, poles e voltas mais rápidas são motivos de muito orgulho. Pois o fim de semana pela oitava etapa da competição, em Interlagos, reservou essas emoções opostas para os pilotos da Fast Racing. Felipe Rabello confirmou a ótima fase e cumpriu exatamente o objetivo traçado para as duas corridas, na categoria Light. Já Gustavo Mascarenhas ficou mais distante do título na Super depois do excesso de arrojo dos adversários e dos problemas mecânicos.
  Felipe e seu Palio chegaram ao Autódromo José Carlos Pace buscando poles, vitórias e voltas mais rápidas na Light. Missão ambiciosa, mas que se confirmou, fazendo com que a diferença para o líder Nelson Fortes caia ainda mais. "Mais um fim de semana ideal. Vamos com tudo nas próximas etapas buscar este título. Também na Light, Eduardo Doriguel conseguiu superar os obstáculos para somar um sexto e um quarto lugares. "Levei três batidas do mesmo piloto na mesma curva no sábado, o que me fez perder duas posições. Na segunda corrida, sofri com um furo de pneu na Curva do Lago, com muito custo salvei uma boa posição".
  Já Gustavo, que corre com o único Novo Uno do Marcas e Pilotos nacional (desenvolvido pela Fast Racing) sonhava não só confirmar a vice-liderança na Super, como ainda encostar na dupla líder. Infelizmente nada saiu como o esperado. Tocado no sábado, teve a suspensão quebrada e foi forçado a abandonar. Situação que se repetiu na corrida do domingo. "Esperava um desfecho completamente diferente, mas automobilismo é assim. Agora é me concentrar em um bom desempenho no GP Gerais", destacou, citando a competição que será disputada a partir de setembro no Circuito dos Cristais, em sua cidade natal (Curvelo), prometendo atrair pilotos de todo o país.IMG-20160626-WA0008 Copy

 

A 10 CONDICIONADA

 

Beneficiação do pavimento na A10

 

Dia 27 de Julho

 

A Brisa Concessão Rodoviária (BCR) vai dar início aos trabalhos para a reparação do pavimento, na A10-Auto-estrada de Bucelas. Os trabalhos irão ter algumas implicações na circulação, os quais serão os seguintes:

 

Dia 27 de Julho

Entre as 8h e as 17h, corte de via direita, no sentido Benavente/ Carregado, entre nos km’s 6 e 25.

 

A Brisa Concessão Rodoviária apela para uma maior atenção e prudência, na passagem pelo local, e agradece antecipadamente a compreensão e colaboração dos automobilistas, esperando contribuir para reduzir eventuais inconvenientes decorrentes desta operação.

 

Para informação atualizada poderá ainda consultar o site www.viaverde.pt.

 

MOTOS NO BRASIL

 

O Desafio 3R Motos de Enduro FIM envolve grandes expectativas para a terceira edição, marcada para este domingo (24) no Clube do Cavalo, em Barão de Cocais (MG). O evento reserva disputas eletrizantes válidas pela sexta etapa do Campeonato Mineiro, a partir das 10h, e muitas atrações para o público. Além de ver os pilotos em ação de muito perto, os fãs do off-road poderão conferir novidades como as categorias para crianças e, no encerramento da programação às 15h, o Super Prime entre os 20 destaques da prova.

“Os preparativos estão bastante adiantados, cumprimos os detalhes finais nesta sexta-feira (22). A expectativa é muito grande para fazer mais um ótimo evento”, disse o diretor de prova Rigor Rico, bicampeão do Desafio 3R Motos. A etapa foi eleita a melhor do Campeonato Mineiro nos dois últimos anos, após votações que envolveram pilotos e organizadores.

“O percurso está muito bacana e teremos a criançada como mais uma novidade da edição 2016. As categorias Infantil A (de 5 a 8 anos), Infantil B (de 9 a 12 anos) e Juvenil (de 13 a 15 anos) vão agitar a pista do Cross Teste no Clube do Cavalo. Faremos algumas adaptações no circuito para que todos possam andar, já que o objetivo é fomentar a nova geração do esporte”, explicou Rico. O bicampeão brasileiro da classe E2 não poderá defender o título do evento porque passou recentemente por cirurgia, mas promete empenho máximo na condução da prova.

Irmão de Rico, Ripi Galileu será um dos representantes de Barão de Cocais na disputa. “A prova é dentro da nossa casa e espero que todos gostem muito do evento, sempre preparado com bastante carinho e dedicação. A repercussão está grande na região e os pilotos vão dar um belo espetáculo, assim como as crianças. Os jovens talentos vão nos substituir no Enduro FIM um dia e merecem todo o incentivo”, finalizou o piloto da classe E3.

O percurso do 3º Desafio 3R Motos terá trechos inéditos e até 40 quilômetros com três especiais por volta, incluindo o Cross Teste no Clube do Cavalo, Extreme Teste (com obstáculos naturais e técnicos e deslocamento por trilhas) e Enduro Teste (maior e com diversos tipos de terreno). O formato da prova foi inspirado nas etapas do Campeonato Mundial da modalidade.

3º Desafio 3R Motos de Enduro FIM
Data:
 Domingo, 24 de julho de 2016
Local: Clube do Cavalo, Barão de Cocais (MG)
Abertura da secretaria de prova: 8h
Parque fechado e vistorias: Das 8h30 às 9h55
Briefings com os pilotos: Dia 23, às 19h, na 3R Motos; Dia 24, às 9h45
Largada do primeiro competidor: 10h
Super Prime: 15h
Valor da inscrição: 130 reais mais dois litros de leite, a serem doados para a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais)
Inscrições e mais informações: (31) 3837 2430 / (31) 99852 8866 / www.fmemg.esp.br

O 3º Desafio 3R Motos é uma realização da Prefeitura de Barão de Cocais, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com organização de 3R Motos. O evento é patrocinado por Motoarts, BC Pneus, SJ Construções, Eletrônica Cici, Orange BH, JRC Usinagens, Motomax, Barão Palace Hotel, Locarbell, Atriun Odontologia, BM Motos, C. E. Peixinho Dourado e Rede Campestre. A supervisão é da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais.


Ripi Galileu representa Bar�o de Cocais (MG) no Desafio 3R Motos de Enduro FIM
Cr�dito: Janj�o Santiago/Mundo Press

3� Desafio 3R Motos de Enduro FIM ser� neste domingo, 24 de julho
Cr�dito: Janj�o Santiago/Mundo Press

 

MIGUEL RAMOS NO PÓDIO

 

Pódio para Ramos em Silverstone.

 

Miguel Ramos e Pieter Schothorst conseguiram o terceiro lugar na disputadíssima Race 1 de sábado em Silverstone. Ultrapassada a primeira metade da temporada, o piloto Português continua na luta pelo título, agora que chega o interregno para férias.

24 de julho de 2016.

A dupla Miguel Ramos e Pieter Schothorst partindo do 4º lugar da grelha fizeram uma excelente Race 1 ontem à tarde em Silverstone, conseguindo subir até ao 3º garantindo assim um lugar no Pódio. Segundo Miguel Ramos, “foi uma corrida muito disputada e o Pieter fez uma boa segunda parte, o que para quem se sentou no carro pela primeira vez na sexta-feira é de realçar. Os Lambo estavam inalcançáveis e por isso nada mais podíamos fazer”

Este domingo na Race 2 e após um excelente segundo tempo na qualificação, Schothorst caiu para quinto durante as primeiras voltas e assim se manteve durante o seu turno entregando o carro a Miguel Ramos sensivelmente a meio da corrida. Ramos chegou a rodar ainda em quarto, encostado à luta entre o terceiro e o segundo, mas no final de corrida os pneus perderam bastante eficácia e não conseguiu aguentar o outro BMW da Teo Martín Motorsport, perdendo logo de seguida a posição também para o Lamborghini da Orange e o McLaren da Balfe, tendo terminado em 6º. “Usamos os dois jogos de pneus no sábado e hoje só tínhamos um set novo para a corrida. O outro BMW como ontem só utilizou um jogo, tinha hoje dois à disposição e por isso tinha vantagem. Estávamos em quarto a lutar com o segundo e terceiro que eram muito mais lentos, quase 2 seg por volta, mas quando encostei não consegui passar e fui perdendo muito tempo, pois não tinha nem pneus nem motor para os passar. O nosso motor não estava nas perfeitas condições, pois perdemos cerca de 10km/h para o Ferrari a direito, pelo que fui apanhado pelo outro BMW da equipa, assim como pelo Lambo e o Mclaren com que estamos a disputar o Campeonato” comentou Ramos após a corrida desta tarde.

Classificação do Campeonato após as 8 corridas já disputadas

1 - Fabrizio Crestani / Thomas Biagi - 96 pts

2 - Phil Keen / Shaun Balfe - 74 pts (-22)

3 - Miguel Ramos - 69 pts (-27)

4 – Salih Yoluc / Euan Hankey – 64 pts (-32)

5 – Fernando Monje / Gustavo Yacaman - 62 pts (-34)

A próxima prova do GT Open terá lugar a 10 e 11 de Setembro no Red Bull Ring (Áustria)

Calendário 2016

 

http://www.gtopen.net/images/portugal_flag.jpg   Estoril 23-24/04/2016

 

http://www.gtopen.net/images/belgium_flag.jpg   Spa 21-22/05/2016

 

http://www.gtopen.net/images/france_flag.jpg    Paul Ricard 04-05/06/2016

 

http://www.gtopen.net/images/england_flag.jpg   Silverstone 23-24/07/2016

 

http://www.gtopen.net/images/austria_flag.jpg   Red Bull Ring 10-11/09/2016

 

http://www.gtopen.net/images/italy_flag.jpg    Monza 01-02/10/2016

 

http://www.gtopen.net/images/spain_flag.jpg    Barcelona 05-06/11/2016image002 Copy

 

SEGUNDO AS PREVISÕES DA PIRELLI

 

2016 Hungarian Grand Prix, Qualifying

DAY OF CONTRASTS, WITH TRACK TEMPERATURES IN EXCESS OF 50
DEGREES IN FP3 TO TORRENTIAL RAIN IN QUALIFYING

DELAYED START TO QUALIFYING AND MULTIPLE RED FLAGS:
WET, INTERMEDIATE AND SLICK TYRES USED

IF CONDITIONS ARE DRY FOR THE RACE,
TWO PIT STOPS IS THE MOST LIKELY STRATEGY

 A day of extreme contrasts in Hungary meant that conditions ranged from track temperatures of 51 degrees in FP3 – just one degree less than the hottest session recorded so far this year (52 degrees in Baku) – to torrential rain just before the start of qualifying.

As a result, qualifying was delayed for 20 minutes, and then a number of red flags delayed the session further, which began on Cinturato Blue full wet tyres. By the time Q1 resumed for the final time, more than an hour after it had been scheduled to start, nearly all the drivers went out on Cinturato intermediate tyres, with track temperatures climbing again.

From Q2 onwards, all the drivers used the intermediate tyre, but with the track drying so rapidly they all moved to the supersoft by the end of the session, which ran without interruptions. All the drivers used just one set of supersoft in Q2, with the exception of Williams driver Valtteri Bottas, who used two. According to the rules, this is the compound that the top 10 will start with tomorrow (assuming it’s a dry race).

Q3 was the only session to be run entirely on slick tyres, despite some patches of water remaining and very slippery kerbs, with Nico Rosberg’s pole time of 1m19.965s solidly beating the pole time from last year for Mercedes.

If conditions do indeed remain dry tomorrow, as is expected, two stops is likely to form the optimal race strategy, irrespective of whether or not drivers start on the soft or the supersoft tyre.

Paul Hembery, Pirelli motorsport director: “In a sport that’s thrown up some crazy situations in the past, this was one of the most mixed-up days that we’ve witnessed – but the end result was still a Mercedes one-two. The teams certainly got to try a wide range of our tyres today, and the mixed conditions means that they have a good allocation of unused slicks to choose from tomorrow, which will probably be a two-stop race.”

How the tyres behaved today:
Medium: Used minimally in practice but not in qualifying, unlikely to be seen in the race.
Soft: Not seen at all in qualifying but will figure prominently in the race strategy.
Supersoft: The teams switched straight to this tyre once the track dried up.
Intermediate: Used from Q2 onwards, despite the standing water.
Full wet: With the circuit waterlogged during Q1, the automatic choice for this session.

Possible race strategies and maximum laps*:

Pirelli recommends that the following numbers of laps are not exceeded on each compound:
          Soft = 29 laps
          Supersoft = 14 laps

On this basis, the optimal pit-stop strategies predicted by Pirelli are as follows:

QUICKEST
Two-stopper: two stints on soft of 29 laps each + one 12-lap stint on supersoft
SECOND-QUICKEST
Three-stopper: three stints on supersoft of 14 laps each + one 28-lap stint on soft
SLOWEST
Three-stopper: two stints on soft of 24 laps each + two 11-lap stints on supersoft

Different permutations of compound usage within each strategy are possible.

*This information is provided just as an indication for media, based on Pirelli data. It doesn’t form any type of guarantee for the teams, as each team is obviously responsible for choosing its own race strategy based on its own wear data.

Free practice 3 – top three times

Rosberg 1m20.261s Supersoft new
Verstappen 1m20.263s Supersoft new
Ricciardo 1m20.726s Supersoft new

Qualifying top 10

Rosberg 1m19.965s Supersoft new
Hamilton 1m20.108s Supersoft new
Ricciardo 1m20.280s Supersoft new
Verstappen 1m20.557s Supersoft new
Vettel 1m20.874s Supersoft new
Sainz 1m21.131s Supersoft new
Alonso 1m21.211s Supersoft new
Button 1m21.597s Supersoft new
Hulkenberg 1m21.823s Supersoft new
Bottas 1m22.182s Supersoft new

Most laps by compound so far

SOFT Raikkonen 31 laps
SUPERSOFT Vettel 23
MEDIUM Hulkenberg 14
MEDIUM Perez 14
WET Magnussen 7
INTERMEDIATE        Sauber 6

Best time by compound so far

SOFT Hamilton 1m21.960s
MEDIUM Perez 1m23.893s
SUPERSOFT Rosberg 1m19.965s
WET Nasr 1m39.500s
INTERMEDIATE Hamilton 1m31.571s

 

 

alt

 

GIANFRANCO MOTORSPORT EM BOM PLANO NO ESTORIL

 

ESTORIL IBERIAN FESTIVAL

 

GIANFRANCO MOTORSPORT EM BOM PLANO NO ESTORIL

 

Presente em duas frentes distintas, a Gianfranco Motorsport não teve um fim de semana fácil no autódromo do Estoril, onde alguns problemas não permitiram um melhor desempenho por parte dos seus pilotos. Assim na prova reservada aos clássicos e Legend´s Cup, a equipa teve em prova um Fiat Punto conduzido por José Carlos Cidrais, que segundoGinho Rodrigues, um dos responsáveis pela equipa  que nos começou por dizer “ correu bem, esta nossa participação teve apenas um carácter desportivo, e ao volante do nosso Punto estiveram José Carlos Cidrais e o  Óscar Rodrigues, que tiveram um bom andamento, acabando por ver a bandeira de xadrez na 4ª e 5ª posição à geral nas duas corridas onde participou. Foi um balanço positivo, o carro não  deu grande problemas, penso que mais era impossível, fazer, pois os carros que ficaram à nossa frente já são de outra “constelação”.

 

 

 

Em relação aos Single Seaters, tal como já tinha sido anunciado previamente, no sabado de manhã, chegou o segundo monolugar, que segundo Ginho Rodrigues “na realidade assim foi este segundo Fórmula Ford chegou às nossas mãos com o piloto espanhol Jose Luiz Teixeira. Não foi fácil preparar o carro para esta prova. O carro chegou às nossas mãos no sábado antes do dia de prova e vinha com alguns problemas que tiveram que ser resolvidos no dia de corrida derivados de aquecimento. Tivemos alguns percalços nos treinos pois partimos o selector da caixa. A primeira corrida foi o primeiro teste a sério que nos permitiu tirar algumas conclusões do carro e para a segunda com os ajustes que fizemos o piloto tirou 3 segundos. Mostrou se muito satisfeito com o nosso serviço que era o principal objetivo”. Em relação ao outro carro “ o carro do Afonso Cidrais e do Pedro Oliveira conseguiu logo ser rápido nos treinos livres apesar da pouca experiência dos pilotos com o carro. Ambos guiavam o carro pela primeira vez mas conseguimos um bom setup e o carro mostrou-se muito equilibrado. Para os cronometrados metemos pneus novos e o setup que tínhamos para os velhos não se mostrou tão eficaz e não conseguimos melhor que o 5°. Na primeira corrida o Afonso rodava facilmente no grupo que disputava a vitória quando se debateu com aquecimento nos travões e teve que abandonar. Para a segunda prova o Pedro teve que arrancar da penúltima posição da grelha e no arranque levou um toque de outro concorrente desequilibrando o carro que posteriormente fez com que partisse uma transmissão obrigando ao abandono prematuro.FOX 2709_Copygian1 Copygian2 Copy

 

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

VITÓRIA NATURAL DE PEDRO SALVADOR NO NORMA DA SPEEDY

 

 

 

 

 

NOTA DE REDACÇÃO:

 

O WWW.VELOCIDADEONLINE.COM ,  ENQUANTO GESTOR DESTA PÁGINA E DA RESPECTIVA PÁGINA DO FACEBOOK, É NESTE CASO TOTALMENTE ALHEIO QUER A QUALIDADE, QUER O TEOR DESTE ARTIGO EM TERMOS DE ERROS E IMPRECISÕES APRESENTADOS PELO RACESPIRT COMO AUTOR DO TEXTO

 

 

 

Disputada sob um calor abrasador, a Rampa Senhora da Graça, sexta prova do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2016, terminou em festa com a vitória de Pedro Salvador em Norma M20FC. O piloto flaviense dominou por completo a classificação absoluta e a Categoria 1, não dando veleidades aos seus adversários em nenhuma das subidas desta prova organizada pelo CAMI Motorsport, com o excelente apoio da autarquia de Mondim de Basto.

“Não foi um triunfo fácil. Para além do muito calor que se fez sentir em Mondim de Basto, tínhamos contra nós as características do traçado, mais adequada ao carro do nosso principal adversário. Felizmente consegui compensar essa desvantagem e vencer a prova. Com isto estamos perto de garantir o título, mas nada está ainda garantido e tudo pode acontecer nas duas provas que faltam. Gostei imenso desta rampa e deste traçado, muito rápido e com as características perfeitas para este tipo de prova.” Disse Pedro Salvador, que registou o tempo final de 4:19s629.

Ainda na Categoria 1, Rui Ramalho em Osella PA21s foi o segundo classificado, com Nuno Guimarães em BRC CM-02 a completar o pódio. José Teixeira em Radical SR3 e Joaquim Rino em BRC CM05 Evo, terminaram por esta ordem nas posições seguintes. Azar para Paulo Ramalho, que partiu o motor do seu Juno no Sábado, ficando fora de prova.

Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup triunfou na Categoria 2, registando um excelente resultado numa prova em que não tinha a vantagem pelo seu lado. Com efeito, José Correia que liderou todas as subidas de Sábado, deitaria tudo a perder, com um despiste a colocar o Nissan GT-R GT3 fora de prova na primeira subida de Domingo. Atrás de Manahu, que completou a Rampa Senhora da Graça com o tempo total de 4:54s145, ficaram Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup e José Mário Machado em Renault Clio R3. João Guimarães em Peugeot 206 RC foi o quarto classificado.

“Sinceramente não esperava vencer. O José Correia estava muito forte e o carro dele nesta rampa era superior ao meu. Fiz o meu papel, que foi andar o mais depressa que sei e que pude e acabei por aproveitei o azar dele para vencer. Estou muito satisfeito com este feito, até porque relanço as contas do campeonato, o que deixa tudo para se decidir nas duas últimas provas.” Disse Gonçalo Manahu.

Com uma última subida ao ataque, Luis Nunes levou o seu SEAT Leon Cup Racer à vitória na Categoria 4, batendo Joaquim Teixeira em Renault Megane Trophy V6. Nunes completou a rampa na sexta oposição absoluta com o tempo total de 4:56s147, conseguindo desde já garantir o título da categoria. O derradeiro lugar do pódio foi ocupado por Ricardo Gomes em SEAT Supercopa MKII. Francisco Marrão levou o SEAT Leon Copa MKI ao quarto posto. Problemas insolúveis no seu SEAT Leon Copa MKI, impediram José Cerqueira de completar qualquer subida de prova.

“Esta foi uma jornada muito difícil, mas que me correu muito bem e onde consegui garantir o triunfo e o título. Mais uma vez não foi nada fácil, com a decisão de quem vencia a ficar definida apenas na derradeira subida, o que diz bem da competitividade desta categoria. Gostei muito desta rampa, tem um excelente traçado que me deu muito gozo.”

Sempre ao ataque com o seu BMW M3, Luis Silva foi o vencedor da Categoria 3 com o tempo total de 5:05s654. José Pedro Gomes em Ford Escort, ficou com degrau intermédio do pódio. Sérgio Nogueira levou o seu Citröen Saxo Cup ao terceiro lugar final, na frente de Jorge Meira em carro idêntico e Tiago Silva em BMW E30. Sempre candidato aos lugares da frente, Manuel Pereira sofria com problemas mecânicos no seu Mitsubishi Lancer Evo VI e não conseguia terminar a prova.

“Estou naturalmente muito feliz com esta vitória numa rampa que adorei fazer. Tem um traçado aliciante e que deve agradar a todos os pilotos. Dei sempre o máximo desde os treinos, aprendendo pouco a pouco a melhor forma de fazer a rampa. Penso que consegui um bom ritmo e com isso garantir o triunfo.”

Com mais uma actuação de alto nível ao volante do seu BMW 323i, Hélder Silva levou de vencida a Categoria 6, com o tempo de 5:11s399 a dar-lhe uma excelente 13ª posição absoluta.  Victor Ramos em Ford Escort MKI e Martine Pereira em Lola T70 completaram o pódio nesta categoria.

“Correu tudo muito bem, o carro teve um comportamento cinco estrelas e assim não foi difícil ganhar. Tem sido um ano espectacular e espero poder garantir o título na próxima prova.” Referiu Hélder Silva.

De regresso ao Nacional de Montanha, José Silvino Pires conseguiu chegar ao triunfo na Categoria 5 com o seu Ford Escort MKI, registando o tempo de 5:12s940.  Carlos Oliveira em Porsche 911 SC foi o segundo classificado, na frente de Pedro Cerqueira em BMW E30 e Parcídio Summavielle em Datsun 160Z. Paulo Teixeira em BMW 325i foi o quarto classificado.

“Foi um regresso vitorioso onde tudo correu bem. Apesar do calor consegui estar bem nas subidas todas e por isso o triunfo saiu naturalmente.” Disse Silvino Pires.

Na Taça Nacional de Montanha o triunfo pertenceu a Armando Freitas, que não deu hipóteses à sua concorrência com o seu Toyota Starlet 1.3S, registando a marca final de 6:14s656. O pódio desta Taça ficou completo com a presença de Leonel Brás, sempre muito regular com o seu Citröen AX Sport e Roberto Meira em Fiat Punto 85.

“Esta vitória foi difícil devido ao calor, mas deu-me muito gozo. Tudo correu de feição e pude garantir mais um triunfo em 2016.” Disse Armando Freitas.

Para ter acesso aos resumos das subidas de treinos e provas, por favor consultar a página internet do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, em www.campeonatomontanha.com ou o Facebook oficial deste campeonato em https://www.facebook.com/CampeonatoMontanha/?fref=ts


Texto: RaceSpirit.com 
Fotos: Pedro Ferreira/Foto GTiA1 CopyA2 CopyA3 CopyA4 CopyA5 CopyA6 CopyA7 Copy

 

 

MANAHU NA RAMPA SRA DA GRAÇA

Gonçalo Manahu na frente do Campeonato

O piloto do Porsche 911 voltou a vencer, desta feita na Rampa da Senhora de Graça e dessa forma passou a liderar a classificação geral da categoria.

Foi uma vitória suada, apesar de o tempo final não espelhar isso. Gonçalo Manahu foi o primeiro não protótipo, venceu a categoria e terminou com meia-dúzia de segundos de vantagem sobre o seu principal adversário.

“Foi mesmo uma vitória muito suada. Antes de mais, o calor e depois as subidas de Sábado, em que tive que me esforçar muito para andar nas posições da frente.” Depois, uma saída de estrada, sofrida pelo principal adversário de Manahu, decidiu a questão da vitória.

“Sinceramente não esperava vencer. O José Correia estava muito forte e o carro dele nesta rampa, era superior ao meu. Fiz o meu papel, que foi andar o mais depressa que sei e que pude e acabei por aproveitar o azar dele para vencer. Estou muito feliz com este feito, até porque relanço as contas do campeonato, o que deixa tudo para se decidir nas duas últimas provas.” Rematou o líder do Campeonato, na Categoria 2.

manahu sra da graca

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

Pedro Salvador regressa à Rampa da Senhora da Graça, após não ter ido ao Caramulo.

“A última prova do Campeonato Nacional de Montanha coincidiu com uma prova do Super Car Challenge, em Zolder, e por isso não pude ir ao Caramulo. A ausência já estava prevista, pois tenho dois resultados para deitar fora.” Começa por explicar o líder do Campeonato Nacional de Montanha.

Quanto à Senhora da Graça, “vou continuar a dar o meu melhor, pois essa é a forma que entendo que devo implementar para agradecer a todos aqueles que me apoiam e em Mondim não será diferente. Claro que me interessa conseguir o máximo de pontos possíveis, para manter a liderança do Campeonato.”

Pedro Salvador vai alinhar, como habitualmente, com o Norma M20FC, que lhe permitiu vencer as provas em que até ao momento participou.

salvador serradaestrela

 

AINDA A RAMPA SANTA MARTA

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

 

RAMPA DE SANTA MARTA

 

Eis um grupo de imagens de todos os participantes na Rampa de Santa Marta, que até ao momento é quanto a nós a rampa mais bem organizada das seis até ao momento levadas a efeitos.

 

Aproveitamos esta oportunidade para dar os parabéns ao Clube Automóvel da Régua, pelo melhor desempenho em termos organizativos nas seis provas realizadas este ano no Nacional de MOntanha.

 

Texto e fotos de JOão Raposo em Santa Marta de Penaguião - www.velocidadeonline.comFOX 6378_Copy_CopyFOX 6387_Copy_CopyFOX 6390_Copy_CopyFOX 6392_Copy_CopyFOX 6393_Copy_CopyFOX 6395_Copy_Copy_CopyFOX 6399_Copy_CopyFOX 6400_Copy_CopyFOX 6401_Copy_CopyFOX 6404_Copy_CopyFOX 6406_Copy_CopyFOX 6407_Copy_CopyFOX 6409_Copy_CopyFOX 6410_Copy_CopyFOX 6411_Copy_CopyFOX 6412_Copy_CopyFOX 6416_Copy_CopyFOX 6419_Copy_CopyFOX 6423_Copy_CopyFOX 6428_Copy_CopyFOX 6429_Copy_CopyFOX 6431_Copy_CopyFOX 6432_Copy_CopyFOX 6434_Copy_CopyFOX 6436_Copy_CopyFOX 6438_Copy_CopyFOX 6440_Copy_CopyFOX 6442_Copy_CopyFOX 6444_Copy_CopyFOX 6446_Copy_CopyFOX 6448_Copy_CopyFOX 6450_Copy_CopyFOX 6452_Copy_CopyFOX 6454_Copy_CopyFOX 6455_Copy_CopyFOX 6457_Copy_CopyFOX 6459_Copy_CopyFOX 6461_Copy_CopyFOX 6462_Copy_CopyFOX 6463_Copy_CopyFOX 6464_Copy_CopyFOX 6465_Copy_CopyFOX 6465_Copy_CopyFOX 6467_Copy_CopyFOX 6468_Copy_CopyFOX 6470_Copy_CopyFOX 6472_Copy_CopyFOX 6473_Copy_CopyFOX 6474_Copy_CopyFOX 6476_Copy_CopyFOX 6477_Copy_CopyFOX 6478_Copy_CopyFOX 6480_Copy_CopyFOX 6482_Copy_CopyFOX 6484_Copy_CopyFOX 6486_CopyFOX 6488_CopyFOX 6490_CopyFOX 6492_CopyFOX 6494_CopyFOX 6495_CopyFOX 6497_CopyFOX 6500_CopyFOX 6502_CopyFOX 6505_CopyFOX 6507_CopyFOX 6510_CopyFOX 6511_CopyFOX 6512_Copy_CopyFOX 6518_CopyFOX 6520_Copy

 

LEAL DOS SANTOS TERMINA BAJA DE ARAGON

 

Baja Aragón 2016

Taça do Mundo de Todo-o-Terreno

 

 

Ricardo Leal dos Santos termina Baja Aragón depois de ter problemas técnicos 

Piloto da Nissan Navara chegou a ser o mais rápido logo atrás dos carros das equipas oficiais

 

Ricardo Leal dos Santos, acompanhado por Maykel Justo, concluiu hoje mais uma participação na Baja Aragón. O problema mecânico com uma bomba de direção defeituosa que ontem afetou a Nissan Navara da equipa condicionou bastante a sua corrida, com a partida para a derradeira etapa da prova a ser feita na 23ª posição da tabela. Houve assim dificuldades acrescidas pelas muitas ultrapassagens que tiveram que ser realizadas o que prejudicou bastante o andamento da equipa.

 

Apesar dos contratempos, e sempre que possível, Ricardo Leal dos Santos conseguiu imprimir um ritmo eficaz chegando a ser até Inter 1 (km 34) o mais rápido em pista atrás dos carros das equipas oficiais “Estava muito pó e fazer ultrapassagens nestas circunstâncias não é fácil. Ainda assim passámos sete carros com péssimas condições de visibilidade, fomos bastante rápidos e fizemos bons tempos. Enquanto apanhámos pista limpa andámos bem e conseguimos divertir-nos muito com a condução”, contou Ricardo Leal dos Santos.

 Ricardo Leal_dos_Santos_na_Baja_Aragon_2016_01_Copy

 

NOVO MCLAREN EM PRESPECTIVA

NOVO MCLAREN EM PRESPECTIVA

 

Eis imagens dum novo McLaren, que ao que tudo indicar poderá transportar três passageiros.10- Copy11- Copy12- Copy14- Copy15- Copy

 

TT NO BRASIL

 

Rally Rota SC: Líder Jérémy Dubois está preparado para a etapa no Sul

Piloto de Taubaté (SP) confirmou inscrição no Campeonato Brasileiro de Rally Baja na categoria Quadriciclos, que acontece nos dias 29,30 e 31 de julho em Lages (SC)

Depois da etapa no Tocantins passando pelo deserto do Jalapão no início do mês, o piloto Jérémy Dubois, da equipe SAT Racing, confirma a participação no Rally Rota SC, válida para a 9ª e 10ª etapas da temporada 2016. O francês radicado em Taubaté (SP) seguirá para Lages, na Serra Catarinense, localizada a 225 quilômetros da capital do Estado nos dias 29, 30 e 31 de julho, e o objetivo é manter a liderança na categoria Quadriciclos.

"A expectativa para essa prova é boa, estou ansioso com o tipo de terreno que vamos encontrar, pois nunca estive nessa região da Serra Catarinense. Portanto, será algo inédito para mim", diz Jérémy Dubois. "Em um mês teremos duas provas muito diferentes em termo de temperaturas e condições de piso. Um evento ótimo, com paisagens sensacionais e programa bem legal!", enfatiza.

"Acredito que encontraremos piso duro e liso no Rally Rota SC, provavelmente será uma prova bastante rápida, diferente do que temos costume com as fazendas de cana de açúcar ou plantação de eucalipto", acrescenta.

Dubois já participou por duas vezes do Rally Rota SC. "Sempre fiquei em terceiro lugar na competição, por isso espero poder ter um bom desempenho e melhorar esse resultado. Desde o início do ano estou sendo bem regular nas provas, sem me arriscar e preservando meu quadriciclo, que está chegando em fim de carreira, por isso a estratégia a ser adotada será a mesma", garante.

O piloto compete com o veículo KTM 525 XC. "Vamos fazer uma boa revisão no equipamento, pois sofreu bastante no Jalapão com as condições extremas a que foi submetido naquele rali", comenta Jérémy.

O piloto Jérémy Dubois conta com o patrocínio da Prefeitura de Taubaté, SAT Racing e, com apoio da Bieffe, Fine Art Studio, Bieffe, Fly, Óculos 100%, Speed Motos, Motul e Projeto Motos Racing Team.

PROGRAMAÇÃO*
Quinta-Feira - 28/07
08h - Abertura do Parque de Apoio

Sexta-feira - 29/07
08h - 20h - Vistoria Administrativa
13h - 15h - Apresentação para a vistoria técnica CBA - todas as categorias
17h30 - Apresentação para a 2ª vistoria técnica CBA - com multa
13h - 18h - Apresentação para vistoria técnica CBM - todas as categorias
18h - 19h - Segunda vistoria técnica CBM com multa
19h30 - Briefing e entrega do livro de bordo

Sábado - 30/07
09h - Largada da 1ª moto na Prova Especial
11h30 - Largada do 1° carro na Prova Especial
20h - Briefing

Domingo - 31/07
08h - Largada da 1ª moto na Prova Especial
10h30 - Largada do 1° carro na Prova Especial
15h30 - Cerimonial de premiação
Extra oficial (sujeito a alterações)

Classificação do campeonato na categoria Quadriciclos, após oito etapas disputadas:

1) Jérémy Patrick Dubois, KTM/Sat Racing, 177 pontos
2) Richard Rocha do Amaral, Yamaha/Amaral's Racing, 97
3) Geison Pinheiro Belmont, Can-Am, 90
4) Milton Martens, Honda/PRO Tork, 50
5) Luiz Fernando Ciocchi de Almeida e Melo, Honda, 42

Calendário do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2016:

1ª e 2ª etapas - 06/03 - Rally de Barretos
3ª e 4ª etapas - 20/03 - Rally da Ilha
5ª e 6ª etapas - 22/05 - Rally Cuesta Off Road
7 e 8ª etapas - 02/07 - Rally Baja Jalapão500

9ª e 10ª etapas - 30 e 31/07 - Rally Rota SC
11ª e 12ª etapas - 06/11 - Rally Rota Sudeste
13ª e 14ª etapas - 10/12 - Rally dos Amigos

 

Jérémy Dubois no Rally Rota SC disputado em 2015 (Gustavo Epifanio/DFotos)

Jérémy Dubois no Rally Rota SC disputado em 2015 (Gustavo Epifanio/DFotos)
Alta  | Web

Jérémy Dubois durante o Baja Jalapão realizada no dia 02 de julho, em Tocantins (Luciano Santos/SigCom)

Jérémy Dubois durante o Baja Jalapão realizada no dia 02 de julho, em Tocantins (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

Atual campeão e líder do brasileiro de Rally Baja, Jérémy Dubois (Luciano Santos/SigCom)

Atual campeão e líder do brasileiro de Rally Baja, Jérémy Dubois (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web

O calendário têm etapas neste mês em dois extremos, no Norte e no Sul do país (Luciano Santos/SigCom)

O calendário têm etapas neste mês em dois extremos, no Norte e no Sul do país (Luciano Santos/SigCom)
Alta  | Web


 

GT OPEN EM SILVERSTONE

 

Lambo’s bulls storm Silverstone: Dolby-Enge (Wessex Gallardo) win Race 1, Biagi-Creastani (Lazarus Huracán) extend points lead Winning debut for Wessex Motorsport and its stellar pair after lively race The Orange1 Team Lazarus pair, 2nd, reinforces leadership Ramos-Schothorst take 3rd with the Teo Martín BMW British win also in GT-Am with McNeilly-Stanley (FF Corse Ferrari) Silverstone, 22 July 2016 In a warm afternoon, the Sant’Agata bulls conquered Silverstone. Wessex Motorsport signed a perfect debut in the GT Open taking a superb win in a Race 1 that had a very lively and entertaining second part. Thanks to an excellent strategy, the Lambo Gallardo REX driven by Craig Dolby and Tomas Enge emerged as the winner in an exciting finale, beating the Orange1 Team Lazarus Lamborghini Huracán of Thomas Biagi and Fabrizio Crestani. The Italian duo celebrated the result almost as a victory as it strengthens their leadership in the championship. Third was the Teo Martín BMW M6 of Miguel Ramos and his new team mate Pieter Schothorst. The Union Jack waved also on the GT-Am podium as the FF Corse Ferrari 488 of Paul McNeilly and Jamie Stanley took its maiden win ahead of the Sports&You Mercedes of Sardinha-Da Costa and the V8 Racing Renault RS01 of Barreiros-Short. THE RACE - Perfect start for Ledogar from the pole (the third in three appearances for the young Frenchman), challenged by Dolby, who goes wide at Copse and has to let Yacamán and Keen go past. Biagi is fifth ahead of Ramos, while at the back Noble and Yoluc get in contact, both spinning. In the lead, Ledogar pulls away at a pace of one second per lap. There is a close fight for second between Yacamán, Keen and Dolby, with the McLaren passing the BMW in lap 6; shortly before, Yoluc took over Barreiros for P11, in another great duel. The Turk is chasing hard after the initial set-back and passes also McNeilly and Benham. By lap 11, Dolby is attacking fiercely Yacamán, and goes through one lap later. The Radical of Noble stops in the straight. Biagi, Ramos, Yoluc, Benham and McNeilly are the first to stop for driver change (lap 14). In lap 20, Ledogar and Da Costa are the last ones to come in. ./.. Once all driver changes are done, West leads with 5 seconds over Balfe and 15 on Enge, with Schothorst, Crestani and Monje further away and Sardinha in P7 and leading in GT Am. Balfe gets under the tail of West, who resists but both get catch by Enge and Schothorst, with the Czech passing the two McLarens and taking the lead in lap 25. Also Crestani joins the group and actually passes the BMW to take fourth and shortly after, the Italian pips both McLarens to take second. Schothorst does the same and in the heat of the action, West spins, rejoining 10th. It’s a lively end of the race but Crestani can’t catch the leading Gallardo which takes the flag as winner, while Hankey steals fourth from Balfe in the closing laps. In the meantime, Stanley had passed the Mercedes to give FF Corse a maiden GT-Am win. STANDINGS AFTER ROUND 7 OF 14 Overall: 1. Crestani-Biagi, 86 points; 2. Keen-Balfe, 66 points; 3. Ramos, 65; 4. Rodriguez, 51; 5. BenhamTappy, 46; ; 6. Yacamán-Monje, 44; etc Pro-Am: 1. Crestani-Biagi, 36 points; 2. Ramos, 26; 3. Keen-Balfe, 25; 4. Rodriguez, 20; 5. Tappy-Benham, Pastorelli-Webster, Cioci, 18; etc GT-Am: 1. Sardinha Silva-Da Costa Coimbra, 25 points; 2. Barreiros, 24; 3. Lémeret, 23; 4. Sdanewitsch, 16; 5. Braams, 15; etc Teams: 1. BMW Teo Martín, 42; 2. Orange1 Team Lazarus, 36; 3. Garage59, 31; 4. Balfe Motorsport, 25; 5. AF Corse, 24; etc16-12 Enge_Dolby_Copy16-12 McNeilly_Stanley_winners_GT-Am_Copy

 

TOM TOM CITY JÁ ABRANGE LISBOA

 

TomTom City já abrange Lisboa

 

~ Portal de trânsito alargado a 50 cidades ~

TomTom (TOM2) anuncia hoje que TomTom City – um portal de trânsito que disponibiliza informação de tráfego e viagem – engloba agora 50 cidades, entre elas Lisboa. O portal mostra a extensa gama de informação de trânsito disponível de cidade para cidade e fornece uma plataforma que liga autoridades de trânsito, empresas e cidadãos para criar uma gestão conjunta de mobilidade sustentável e eficiente.

TomTom City, que pode ser consultado emcity.tomtom.com, foi lançado em abril deste ano em 25 cidades e até ao momento tem sido muito popular, com Istambul a registar o maior número de visitas. O aumento de mais 25 cidades significa que mais de 30 milhões de pessoas podem agora beneficiar do serviço desde Joanesburgo a Oslo ou Melbourne.

Ralf-Peter Schäfer, Head of Traffic da TomTom, afirma: “É excelente alargar o TomTom City a mais 25 cidades permitindo que mais condutores e gestores de tráfego tenham acesso a informações essenciais sobre a situação de trânsito real. É mais um passo em frente na nossa missão de ajudar a reduzir atrasos para todos os condutores e a construir o caminho para cidades mais inteligentes. Usando dados de cerca de 450 milhões de equipamentos* a nível global estamos a criar serviços que vão ajudar as cidades e carros conectados a trabalhar em conjunto para otimizar a rede de estradas.”

À medida que aumenta o número de veículos conectados na estrada nos próximos anos, com o surgimento da condução parcial ou altamente automatizada, o TomTom City vai oferecer novas formas de gerir a mobilidade na cidade. Os condutores e profissionais envolvidos na gestão de trânsito podem tomar decisões mais inteligentes para evitar atrasos na estrada e reduzir o congestionamento para todos.

O TomTom City está acessível a partir de qualquer computador, tablet ou smartphone com ligação à Internet e disponibiliza conteúdo gratuito mostrando o estado do trânsito em tempo real e incidentes além de outra informação relevante para os condutores nas cidades.

Principais funcionalidades do TomTom City

 

- Estado do trânsito em tempo real

O TomTom City procura dar uma visualização rápida do estado do trânsito atual na cidade. Os indicadores mostram a velocidade média observada na cidade em comparação com a velocidade média quando não há congestionamentos; um barómetro de congestionamento que mostra a congestão relativa em comparação com um período sem trânsito; e um resumo que mostra o número de estradas fechadas, áreas em construção e acidentes atualmente na cidade. Além disso, o TomTom City também mostra os incidentes de trânsito num mapa e o fluxo do tráfego (velocidade). Toda a informação em tempo real no TomTom City é atualizada a cada minuto.

 

- Pontos de atraso

O TomTom City mostra os principais congestionamentos registados no recente período trimestral. A informação é apresentada como um resumo para ‘Todo o Dia’ e separadamente para as horas de ponta da manhã e tarde para refletir as condições de trânsito periódicas nas cidades. A informação resumida é apresentada num mapa e cada ponto de congestionamento pode ser selecionado individualmente para acesso completo aos detalhes dos atrasos naqueles segmentos de estrada.

- Relatório de problemas na estrada

Esta nova ferramenta baseada na web vai ajudar as autoridades rodoviárias e outros operadores profissionais a informar milhões de utilizadores das vias em minutos sobre situações que afetam as estradas e os fluxos de trânsito através do serviço TomTom Traffic. Com apenas alguns cliques, uma autoridade pode reportar estradas fechadas, trabalhos nas vias, acidentes e outros problemas que afetam o tráfego na sua área, nesse momento, bem como situações previstas para o futuro.

Cidades adicionadas ao TomTom City

 

Europa:

Frankfurt (DE), Glasgow (UK), Hamburgo (DE), Helsínquia (FI), Lisboa (PT), Madrid (ESP), Manchester  (UK), Namur (BE), Nápoles (IT), Oslo (NO), Roterdão (NL), Estocolmo (SE), Estrasburgo (FR), Turim (IT), Viena (AT), Varsóvia (PL), Zurique (CH)

Austrália/Oceânia:

Melbourne (AUS), Wellington (NZL)

África:

Joanesburgo (ZAF), Pretoria (ZAF)

Ásia:

Ancara (TUR),

América:

Austin (USA), Curitiba (BR), Edmonton (CA)

           

Para mais informação sobre o TomTom Traffic consulte:

http://tomtom.com/en_ie/drive/tomtom-traffic/.

 

*Os equipamentos incluem dispositivos de navegação portáteis, aplicações para smartphone, sistemas de navegação integrados e sistemas de gestão de frotas.

Siga a TomTom Portugal:

 

Sobre a TomTom                                                                                    

Na TomTom (TOM2) a nossa missão é tornar a tecnologia tão acessível a todos para que seja fácil chegar cada vez mais longe. Criámos sistemas de navegação simplificados e ajudámos milhões de pessoas a chegar ao seu objetivo. Hoje, continuamos a simplificar o complexo, tornando a tecnologia cada vez mais acessível a qualquer um.

Temos quatro unidades de negócios orientados para o cliente: Consumer, Telematics, Automotive e Licensing.

Facilitamos o uso de sistemas de navegação, relógios de desporto e câmaras de ação para consumidores. Desenvolvemos negócio com veículos que facilitam a gestão e o desenvolvimento eficiente de frotas enquanto são melhorados os desempenhos com as nossas soluções telemáticas. Somos líderes mundiais em plataformas de mapeamento em tempo real que têm potenciado inovadores serviços LocationBased e ajudado a tornar a uma realidade a condução automatizada na indústria automóvel.

Fundada em 1991 e com sede em Amesterdão, contamos com 4,600 funcionários em todo o mundo e vendemos os nossos equipamentos em todo o mundo.

 

 

AUDI A 3 COM NOVOS PROPULSORES

 

Novos motores: 1.0 TFSI e o recém-desenvolvido 2.0 TFSI

• Sistemas de infotainment e assistência à condução de segmento superior

• Chega no verão a Portugal

O modelo de sucesso da Audi está agora ainda mais atraente: o Audi A3 chega ao mercado com os novos sistemas de assistência à condução e motores, bem como os novos faróis e farolins redesenhados. Outra novidade a bordo é o conceito de operacionalidade e de visualização inovadoras: o Audi virtual cockpit. O novo A3 está disponível em versões de três portas, Sportback, Limousine e Cabriolet. O desportivo Audi S3 está equipado com inúmeras inovações além de ter sido ainda mais reforçado o seu potencial dinâmico. A gama A3 é a mais versátil nos sistemas de propulsão com o Audi A3 Sportback e-tron.Audi A3_PI_Cabriolet_julho_2016_02_CopyAudi A3_PI_Sportback_julho_2016_01_Copy

 

VELOSO MOTORSPORT PREPARADA PARA SPA

VELOSO MOTORSPORT PREPARADA PARA SPA

 

 

NOTA DE REDACCÇÃO: O WWW.VELOCIDADEONLINE.COM  , ENQUANTO GESTOR DESTA PÁGINA E RESPECTIVA PÁGINA DO FACEBOOK, É NESTE CASO TOTALMENTE ALHEIO QUER À QUALIDADE, QUER AO TEOR DESTE ARTIGO EM TERMOS DE ERROS E IMPRECISÕES APRESENTADOS PELO RACESPIRIT COMO AUTOR DESTE TEXTO.

 

 

 

O Lamborghini Super Trofeo prossegue no próximo fim-de-semana na mítica pista de Spa-Francorchamps. O traçado belga recebe a quarta jornada desta competição em 2016, com a Veloso Motorsport e os irmãos Eugénio e Sérgio Montez a chegarem a esta prova, motivados para conseguirem um bom resultado.

 

Inscritos na Categoria AM, os jovens pilotos do Luxevile Racing Team conseguiram subir ao pódio na jornada anterior disputada em Paul Ricard e chegam a esta prova, com vontade de mostrar mais e melhor ao volante do Lamborghini Huracan LP620-2 da Veloso Motorsport. Conhecida pela imprevisibilidade do clima naquela zona das Ardenas, a pista belga é pela sua história e pelo seu traçado, um dos desafios mais exigentes do Campeonato.

 

“Não vai ser um fim-de-semana fácil, este é um dos circuitos onde as dificuldades são sempre muito grandes. O ano passado as coisas não nos correram bem aqui, mas aprendemos bastante e para este ano penso que vamos estar um pouco mais à vontade. Queremos cumprir objectivos e isso significa ir ao pódio da nossa categoria. Sabemos que a concorrência está mais apertada este ano, mas como temos vindo a dizer e especialmente a mostrar, podemos chegar ao pódio e lutar pela vitória. É com essa motivação que vamos enfrentar este dificil desafio na Bélgica.” Referiu Sérgio Montez.

 

“Temos tudo para conseguir atingir os objectivos nesta prova. Vimos motivados depois do pódio em Paul Ricard e vamos por isso dar o melhor que sabemos e pudemos para repetir esse resultado em Spa. Este é um dos mais difíceis circuitos do Mundo e tem sempre um gosto especial correr aqui, só espero que não chova porque facilita um pouco as coisas. Um bom resultado aqui pode dar-nos uma grande injeccção de confiança para as outras corridas que faltam. Contamos também com a preciosa ajuda da Veloso Motorsport para chegar rápidamente a uma boa afinação e conseguir fazer boas qualificações, para depois atingir os objectivos nas corridas.” Disse Eugénio Montez.

 

O Lamborghini Super Trofeo está englobado num fim-de-semana de grande acção na pista belga, com a actividade a prolongar-se entre 28 e 31 de Julho, num magnífico programa que inclui ainda as mediáticas 24H de Spa, prova a contar para as Blancpain GT Series e Intercontinental GT Challenge.

 

Horário / Lamborghini Blancpain Super Trofeo – Spa-Francorchamps 2016

 

29.07.2016 – Sábado

11:15 – Qualificação (35m)
14:55 - Corrida 1 (50m)

 

30.07.2016 – Domingo

11:50 – Corrida 2VMS240716ST Copy

 

EURASIA MOTORSPORT

 

More Success for Eurasia as Dominant Aidan Read secures Race 1 win in FMCS Thailand

Young Australian Aidan Read racing for Eurasia Motorsport became the first winner of this weekend’s Formula Masters China Series, held at the Chang International track in Buriram (Thailand) – Saturday 23rd July – with a commanding victory in the weekends opening race.

Despite this being the first visit to the Buriram track in Northern Thailand, the 17-year-old, ably supported by Eurasia, excelled in the weekend's practice and qualifying, securing pole position for the team. The Australian took his form forward into the race, winning for the second time in 2 meetings and closing the gap on the Championship leader.

It seems that Read is destined to be the latest driver to benefit from Eurasia’s exemplary record of developing young talent into race winners.

In addition to the victory Read also took the fastest race lap, earning him a pole position start for tomorrow's second race, although he will have work to do in Race 3 where he lines up in P3 on the grid.

The action will resume at Chang International tomorrow, Sunday the 24rd, for races 8 and 9 of the Championship. You can follow the weekend’s action with the live timing and live tracker available at:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

alt

 

SILK WAY RALLY

 

Silk Way Rally

 

- 10ª Etapa PEUGEOT 2008 DKR EM FORMAÇÃO

 

Terceira dobradinha do Team Peugeot Total no Silk Way Rally! Os PEUGEOT 2008 DKR #100 e #102 impuseram-se no final de uma etapa disputada a um ritmo muito acelerado. O carro #104 apenas falhou a 3ª posição por apenas 30 segundos, mas os dois Peugeot reforçam a sua liderança em termos de geral provisória

 

. • Saindo esta manhã para a nova etapa, com quatro minutos de intervalo, após a tripl vitoriosa de ontem, os PEUGEOT 2008 DKR rapidamente se juntaram e rolaram em formação uma boa parte dos 340 km da especial, orientando-se mutuamente nas seções de navegação mais complicados

 

• Terceira vitória em etapas para os São Bernardos do Team Peugeot Total, Stéphane PETERHANSEL e Jean Paul COTTRET. Embora a dupla da PEUGEOT 2008 DKR #100 permaneça atrás dos seus companheiros da Peugeot Sport, foi ela quem assinou o melhor crono da etapa. • Sébastien LOEB e Daniel ELENA mantiveram-se fiéis à posição e mostraram-se constantes nos seus esforços. Terminaram a etapa no 2º lugar e conservam idêntica posição à geral provisória, com 18 minutos de avanço sobre os seus perseguidores.

 

20- Copy21- Copy22- Copy23- Copy• Cyril DESPRES e David CASTERA falharam um lugar no pódio por apenas 30 segundos, mas igualaram o passo dos seus companheiros LOEB e ELENA, depois de se verem ultrapassados após o inicio da etapa. A condução do PEUGEOT 2008 DKR é agora mais fluida e o ex-motard mostra-se mais à vontade neste seu novo papel. TIPOLOGIA DO TERRENO 95% de pistas, com terra/areia (85%) e fora-de-pista (5%): areia, cascalho e terra CONDIÇÕES DE CONDUÇÂO Especial rápida e técnica, demolidora e muito seca. METEOROLOGIA Ensolarado; temperatura média de 35,9°C, máxima de 41,6ºC. VELOCIDADE MÉDIA 98 km/h Bruno FAMIN, Diretor do Team Peugeot Total – Diretor da Peugeot Sport «Estamos felizes por esta nova dobradinha. Os nossos pilotos rodaram juntos e os seus PEUGEOT 2008 DKR funcionaram muito bem nesta etapa rápida. É um dia menos que nos separa da chegada, mas ainda há quatro grandes especiais, pelo que temos de estar concentrados para continuar assim e sem cometer erros.» Stéphane PETERHANSEL - 1º lugar na Etapa / 23º lugar da Geral «Vencemos a etapa mas tal como acontece muitas vezes no Silk Way Rally, a ordem de partida mostrou-se decisiva no resultado. Hoje chegamos rapidamente aos lugares da frente e, quando estes se perderam, assumimos a liderança. Acho que cometemos menos erros do que os restantes. Em contrapartida, amanhã seremos os primeiros na estrada, mas sabemos que teremos de esperar pelo Cyril e pelo Sébastien, uma vez que agora temos o papel de ‘aguadeiros’. Aliás, é a primeira vez que isso acontece. Eu faço jogo de equipa e o objetivo é ajudar os meus companheiros de equipa para garantir uma vitória da Peugeot à chegada a Pequim. É um pouco menos stressante estar nesta posição, aprendese mais.» Sébastien LOEB – 2º lugar na Etapa / 2º lugar da Geral «Seguimos com o Cyril e passámo-nos mutuamente, tudo num bom ritmo. Sabemos que há alguma falta de experiência, mas vemos que estamos bem posicionados. Estou muito feliz com o que aconteceu hoje, em que apenas cometemos alguns pequenos erros. Abrir o traçado foi bom para nós, melhorando de dia para dia. Não pensei em qualquer estratégia para as próximas etapas, algo muito difícil de gerir quando se está no calor da corrida. Não se calcula, deixamo-nos ir. Vamos continuar a rolar rápido, fazer bonitas especiais e evitar erros de navegação. Para o restante contamos com o nosso seguro, o Peugeot #100 do Stéphane. É bom saber que está logo ali atrás de nós, no caso de ser preciso.» Cyril DESPRES – 4º lugar na Etapa / 1º lugar da Geral «Tentar não ser ultrapassado pelo Sebastien LOEB é uma verdadeira tarefa! Ganhou-nos cerca de dois minutos na especial de hoje mas isso é competição! Tentámos defender-nos desde que deixámos o ‘bivouac’ esta manhã... exceto durante os poucos momentos em que andámos a jardinar. Ainda assim andámos rápido hoje, atingindo em alguns pontos os 180 km/h. O que é bom é que já sou menos surpreendido com os trilhos, consigo antecipar, gerir quando é preciso colocar menos travão, mais acelerador. Com a ajuda do David, mantemos o nosso avanço, tentamos fazer especiais limpas, pelo que me sinto confiante. Conduzir o Peugeot é muito agradável.» CLASSIFICAÇÕES DO DIA Classificação Provisória – 10ª Etapa (Hami - Dunhang) 1. Stéphane Peterhansel (FRA) / Jean-Paul Cottret (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, 3h18min49s 2. Sébastien Loeb (FRA) / Daniel Elena (MC), PEUGEOT 2008 DKR, +1min15s 3. Harry Hunt (GBR) / Andreas Schulz (DEU) , Mini, +3min03s 4. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, +3min35s 5. Yazeed Al Rahji (SAU) / Timo Gottschalk (DEU), Mini, +4min13s … Classificação Geral Provisória após a 10ª Etapa 1. Cyril Despres (FRA) / David Castera (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, 22h25min08s 2. Sébastien Loeb (FRA) / Daniel Elena (MC), PEUGEOT 2008 DKR, +9min57s 3. Yazeed Al Rahji (SAU) / Timo Gottschalk (DEU), Mini, +28min 4. Vladimir Vasilyev (RUS) / Konstantin Zhiltsov (RUS), Mini, +45min46s 5. Harry Hunt (GBR) / Andreas Schulz (DEU) , Mini, +1h19min13s ... 28. Stéphane Peterhansel (FRA) / Jean-Paul Cottret (FRA), PEUGEOT 2008 DKR, +9h20min14s … Consulte as Classificações Oficiais AQUI A SEGUIR: 10ª ETAPA Para alcançar o acampamento de Jiayuguan, a partir de Dunhuang, os concorrentes deverão percorrer 561 km, dos quais 330,20 km ao longo do sector cronometrado: uma parte de dunas ao longo de 8 km, depois faixas de areias com partes demolidoras, numa especial globalmente rolante. CONHEÇA OS PEUGEOT 2008 DKR Para reconhecer os carros do Team Peugeot Total tenha em atenção as faixas PEUGEOT no topo dos para-brisas ou os números: amarela para a dupla Stéphane PETERHANSEL / Jean-Paul COTTRET (nº 100), branco para Sébastien LOEB / Daniel ELENA (nº 102) e vermelho para a dupla Cyril DESPRES / David CASTERA (nº 104).

 

PORÉM RETIRA-SE DA BAJA ARAGON

 

Taça do Mundo de Todo-o-Terreno

Baja España Aragón

22 a 24 de Julho

 

 

Ricardo Porém retira-se da Baja Aragón

 

Ricardo Porém, aos comandos de um Mini All 4 Racing da X-Raid, terminou hoje, ao segundo dia de prova, a sua participação na Baja Aragón. O piloto português, acompanhado por Paulo Fiuza, teve uma saída de estrada na especial cronometrada composta por 184.8 quilómetros que se realizou esta manhã em Teruel.

O piloto oficial da X-Raid foi o primeiro a partir para a pista depois de na véspera ter sido o 6º mais rápido no prólogo. O piso muito escorregadio que foi encontrando pelo facto de lhe caber a ingrata missão de abrir a pista este na origem do abandono de Ricardo Porém: “no final da segunda especial do dia de hoje, a mais longa, quando faltavam apenas 10 quilómetros para o final da etapa entramos numa zona de serra onde tivemos uma saída de pista que condicionou a nossa corrida. Tivemos que terminar por ali pois não havia condições para continuar. Não era este o desfecho que eu desejava porque estávamos a imprimir um bom ritmo e o objetivo de terminar nos cinco primeiros era exequível. No entanto, o piso era extremamente escorregadio e a navegação também não era fácil e acabámos por desistir. Mas, agora vamos pensar na próxima prova e acredito que esta experiência será enriquecedora para o meu futuro enquanto piloto, contou o piloto da X-Raid.Ricardo Porem_desistiu_no_segundo_dia_de_prova_CopyRicardo Porem_quer_alcancar_um_lugar_entre_os_cinco_primeiros_Copy

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA - SÁBADO

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

 

 

NOTA DE REDACÇÃO :O WWW.VELOCIDADEONLINE.COM   ENQUANTO GESTOR DESTA PÁGINA E RESPECTIVA PÁGINA DO FACEBOOK, É NESTE CASO TOTALMENTE ALHEIO QUER À QUALIDADE, QUER AO TEOR DESTE ARTIGO EM TERMOS DE ERROS E IMPRECISÕES APRESENTADAS PELA RACESPIRIT COMO AUTOR  DESTE TEXTO

 

1- Copy2- Copy3- Copy4- Copy5- Copy6- Copy7- Copy

 

PEDRO SALVADOR NATURALMENTE

 

 

O primeiro dia da Rampa Senhora da Graça 2016, terminou com a realização da primeira subida oficial, numa prova que está para já a ser marcada por um calor intenso. Organizada pelo CAMI Motorsport, com o apoio da autarquia de Mondim de Basto, o regresso desta histórica rampa ao calendário do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline, está a correr da melhor forma, antevendo-se muita emoção para Domingo.

Pedro Salvador em Norma M20FC foi o mais rápido nesta primeira subida de prova, registando a marca de 2:09s902 para liderar a classificação absoluta e a Categoria 1. Rui Ramalho em Osella PA21S Evo, está na segunda posição com mais 2,522s que Salvador, o que deixa em aberto uma interessante luta para as duas subidas de Domingo.

Paulo Ramalho partiu o motor do seu Juno CN09 na segunda subida de treinos, ficando impedido de participar nesta subida a contar, facto aproveitado por Nuno Guimarães, para levar o BRC CM02 ao terceiro posto.

Com a excelente marca de 2:23s407, José Correia em Nissan GT-R GT3 é o líder da Categoria 2, conseguindo o terceiro tempo absoluto. Com mais 2,5s, Gonçalo Manahu em Porsche 997 GT3 Cup é o segundo classificado, na frente de Edgar Reis em carro idêntico.

A Categoria 4 está ao rubro, com Luis Nunes em SEAT Leon Cup Racer a registar o melhor tempo, 2:28s521, menos 166 milésimas que Joaquim Teixeira e o Renault Megane Trophy V8. No terceiro lugar está Ricardo Gomes em SEAT Leon Supercopa MKII. Azar para Francisco Marrão, impedido de fazer esta subida devido a problemas de caixa de velocidades do seu SEAT Leon Copa MKI.

Na Categoria 3, Luis Silva em BMW M3 aproveita da melhor forma a ausência do líder do campeonato, Manuel Correia, para liderar. Com a marca de 2:34s387, Silva bateu José Gomes em Ford Escort por menos de meio segundo, adivinhando-se uma grande luta para Domingo. O pódio desta categoria fica para já completo com a presença de Sérgio Nogueira em Citroen Saxo. Manuel Pereira não teve a sorte pelo seu lado, ficando arredado de disputar a primeira subida de prova, devido a problemas com o Mitsubishi Lancer Evo VI.

Como tem sido hábito desde o início do ano, Hélder Silva e o BMW 323i controlam os acontecimentos na Categoria 6, registando nesta primeira subida a contar o tempo de 2:38s650, batendo Victor Ramos em Ford Escort MKI e Martine Pereira em Lola T70.

Confirmando as boas indicações deixadas nas subidas de treinos, José Silvino Pires foi o mais rápido na Categoria 5, com o piloto do Ford Escort MKI a registar a marca de 2:40s008. Na segunda posição ficou Carlos Oliveira em Porsche 911 SC, seguido por José Cerqueira em BMW E30. Mário Mesquita não partiu para esta subida, devido a problemas com o seu Datsun 1600 SSS.

Na Taça Nacional de Montanha, é Armando Freitas em Toyota Starlet 1.3 o líder, depois de registar o tempo de 3:08s753. Leonel Brás em Citroen AX Sport e Roberto Meira em Fiat Punto 85, completam para já o pódio.

Amanhã disputam-se as duas últimas e decisivas subidas de prova, antecedidas por uma subida de treinos.

 

Programa Horário:



24.07.2016 – Domingo

10H30 – 3ª Subida de Treinos
11H00 – 2ª Subida de Prova
12H30 – 3ª Subida de Prova

 

RICARDO PORÉM NO 6º LUGAR

 

Taça do Mundo de Todo-o-Terreno

Baja España Aragón

22 a 24 de Julho

 

Ricardo Porém em sexto no prólogo da Baja Aragón

 Piloto da X-Raid foi o melhor português  

 

Ricardo Porém, aos comandos de um Mini All 4 Racing da X-Raid, alcançou hoje o sexto posto da classificação geral dos automóveis no prólogo da Baja Aragón que se disputou esta tarde em Teruel, Espanha. O piloto português, inscrito pela equipa oficial Mini X-Raid, terminou os 9.2 quilómetros que compunham o troço desta primeira especial em 6m13s3’ tendo sido o melhor piloto português na corrida.

Acompanhado por Paulo Fiuza, Ricardo Porém mostrou-se satisfeito com o resultado alcançado e está convicto que não será difícil alcançar a meta de figurar entre os cinco primeiros classificados: “apesar de ter sido uma especial curta, tinha apenas cerca de nove quilómetros de extensão, foi uma etapa interessante e rápida e acabou por nos correr bem. Tínhamos definido como objetivo ficar dentro dos cinco primeiros, mas acabámos por fazer sexto. Não estamos desanimados porque amanhã é que começa verdadeiramente a corrida e penso que a prova vai correr mais ao nosso jeito. Sei que temos todas as condições para alcançar um bom lugar e, acima de tudo, queremos cumprir o objetivo de terminar entre os cinco primeiros. Essa será a nossa luta, salienta Ricardo Porém.

 

Cumpre-se amanhã o segundo dia de prova da Baja Aragón 2016. Serão disputados dois setores seletivos: o primeiro vai contar com um percurso de 184.8 km e o segundo, que será realizado no período da tarde, terá 162 km de extensão.Ricardo Porem_com_bom_arranque_na_Baja_Aragon_2016_CopyRicardo Porem_quer_alcancar_um_lugar_entre_os_cinco_primeiros_Copy

 

VETTRA NA RAMPA SENHORA DA GRAÇA

 

Subida à Senhora da Graça, antes das férias

O Campeonato Nacional de Montanha já vai longo e todos anseiam as merecidas férias. Porém, antes disso, há a disputar a subida à Senhora da Graça; mítica no ciclismo e, espera-se, que crie tradição no automobilismo.

Uma rampa bastante rápida onde José Correia espera impor o fabuloso Nissan GT-R GT3 à aguerrida concorrência da Categoria 2. Correia afirmou que “ o Caramulo e Sta. Marta são rampas muito estreitas onde é difícil colocar a potência do Nissan no asfalto. Espero que aqui seja diferente e vou lutar pela vitória”.

Na Categoria 4, Ricardo Gomes e José Francisco Cerqueira vão lutar querer subir na classificação do Nacional e, por isso, apontam pelo menos para o pódio.

Nos saudosos clássicos teremos, uma vez mais, Victor Ramos e Mário Mesquita.

Victor Ramos referiu que quer “ manter o ritmo que tenho imposto nas últimas corridas. Depois de um início de ano complicado, eu e a Vettra Motorpsort estamos muito satisfeitos com as prestações do Ford Escort e encaro a rampa com espírito de vitória.”.

Mário Mesquita, um verdadeiro gentleman driver, afirmou que “ o mais importante é a diversão. Claro que quero fazer um bom resultado, ganhar uma taça mas, acima de tudo, quero-me divertir”.

Luís Borges deseja que a Vettra Motorsport esteja à altura das expectativas dos pilotos: “trabalhamos muito os nossos objectivos e vamos dar o melhor para que cada piloto possa ir ao encontro da sua meta”.

Jorge Gonçalves e Paulo Silva, por motivos profissionais, não comparecerão à Rampa.pr vettra_caramulo_2_Copy

 

EURASIA MOTORSPORT

 

Hugely successful weekend for Eurasia in Buriram, Thailand as Aidan Read takes double Victory in FMCS China Series

Eurasia’s run of podium finishes shows no sign of stopping as Aidan Read driving a Eurasia Formula Masters China Series car took double victory and a battling P3 in the 3 races in Buriram, Thailand this weekend (23-24 July) to add to the LMP2 P2 in the European Le Mans Series last week in Austria, and the victories Read achieved both at the previous FMCS event in Shanghai and the double LMP3 victory in The ACO Sprint Series in Malaysia.

The run of success is a strong return to form for the Philippines based team that have a long and strong pedigree in both Formula and Endurance racing across continents.

Read’s results with the team in Thailand this weekend have closed the gap to the more experienced FMCS championship leader Phillip Hambrecht in what is shaping up to be a battle between the 2 drivers for the 2017 championship.

The young Australian, now in his second full season with Eurasia took pole and lights to flag victories with fastest race laps in races 1 and 2, but was hampered in race 3 by a broken front wing caused through contact when making a passing move on Zheng on lap 3. From then on, it was a battle to hold back Korean Kim to preserve the podium, which he achieved despite the heavily understeering car he had to contend with to the flag.

Team Principle Mark Goddard on Aidan Read : “Aidan drove brilliantly this weekend, particularly in race 3 where whilst he didn’t win he adapted to a damaged car to still finish on the podium. His recent outings with Eurasia in the LMP3 car have helped grow his confidence and develop his driving and his record in Formula Masters since that outing in Sepang is testament to that”

alt

 

RAMPA SENHORA DA GRAÇA - NO PADDOCK

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

No paddock da Rampa SEnhora da Graça

 

Fotos de JoFOX 3798_CopyFOX 3799_CopyFOX 3800_CopyFOX 3801_CopyFOX 3802_CopyFOX 3803_CopyFOX 3804_CopyFOX 3805_CopyFOX 3806_CopyFOX 3807_CopyFOX 3808_CopyFOX 3810_CopyFOX 3811_CopyFOX 3811_CopyFOX 3813_CopyFOX 3816_CopyFOX 3818_CopyFOX 3819_CopyFOX 3821_CopyFOX 3823_CopyFOX 3823_CopyFOX 3824_CopyFOX 3825_CopyFOX 3826_CopyFOX 3827_CopyFOX 3827_CopyFOX 3828_CopyFOX 3829_CopyFOX 3829_CopyFOX 3831_CopyFOX 3832_CopyFOX 3833_CopyFOX 3834_CopyFOX 3835_CopyFOX 3836_CopyFOX 3837_CopyFOX 3838_CopyFOX 3838_CopyFOX 3841_CopyFOX 3842_CopyFOX 3843_CopyFOX 3844_CopyFOX 3845_CopyFOX 3846_CopyFOX 3847_CopyFOX 3847_CopyFOX 3848_CopyFOX 3849_CopyFOX 3850_CopyFOX 3851_CopyFOX 3852_CopyFOX 3853_CopyFOX 3855_CopyFOX 3856_CopyFOX 3858_CopyFOX 3859_CopyFOX 3860_CopyFOX 3861_CopyFOX 3862_CopyFOX 3864_CopyFOX 3865_CopyFOX 3867_CopyFOX 3868_CopyFOX 3869_CopyFOX 3870_CopyFOX 3871_CopyFOX 3872_CopyFOX 3873_CopyFOX 3874_CopyFOX 3875_CopyFOX 3876_CopyFOX 3877_CopyFOX 3878_CopyFOX 3879_CopyFOX 3880_CopyFOX 3881_CopyFOX 3882_CopyFOX 3884_CopyFOX 3886_CopyFOX 3887_CopyFOX 3889_CopyFOX 3890_CopyFOX 3891_CopyFOX 3894_CopyFOX 3895_CopyFOX 3896_CopyFOX 3897_CopyFOX 3899_CopyFOX 3901_CopyFOX 3903_CopyFOX 3904_CopyFOX 3908_CopyFOX 3909_CopyFOX 3910_CopyFOX 3911_CopyFOX 3912_CopyFOX 3914_Copyão Raposo na Rampa Senhora da Graça em Mondim - www.velocidadeonline.com

 

SEGUNDO ARMANDO PARENTE

CAMPEONATO NACIONAL DE MONTANHA 2016 - VALVOLINE

 

RAMPA DA SENHORA DA GRAÇA

 

SEGUNDO ARMANDO PARENTE

 

Na Taça Nacional de Montanha o triunfo pertenceu a Armando Freitas, que não deu hipóteses à sua concorrência com o seu Toyota Starlet 1.3S, registando a marca final de 6:14s656. O pódio desta Taça ficou completo com a presença de Leonel Brás, sempre muito regular com o seu Citröen AX Sport e Roberto Meira em Fiat Punto 85.
“Esta vitória foi difícil devido ao calor, mas deu-me muito gozo. Tudo correu de feição e pude garantir mais um triunfo em 2016.” Disse Armando Freitas.

 

SEGUNDO DIOGO SOUSA

SINGLE SEATERS

 

SEGUNDO DIOGO SOUSA

 

Faz hoje uma semana que se realizou, no Autódromo do Estoril, a segunda prova do campeonato Single Seater Series.
Foram momentos muito animados para quem assistia, pois nas duas corridas realizadas a luta pela vitória foi bastante renhida.

Durante os primeiros treinos, a equipa conseguiu acertar facilmente o setup do carro, o que me permitiu a discussão dos lugares da frente em ambas as corridas.

No entanto, o calor que se fazia sentir não ajudou muito, dificultando a prestação em pista de todos nós,

A sessão de qualificação permitiu-me arrancar de terceiro para a primeira corrida. Fiz um bom arranque, passando para segundo lugar na primeira curva e mantendo esta posição mais de metade da prova. Infelizmente não consegui segurar a segunda posição, terminando a corrida em terceiro lugar.

Iniciei também a segunda corrida no terceiro lugar da grelha de partida, com ainda mais vontade de dar tudo o que tinha para vencer. Apesar de um arranque menos bom, não perdi nenhuma posição, chegando mesmo ao primeiro lugar na segunda volta.
No entanto, os adversários estavam bastante próximos e beneficiaram do cone de ar na enorme reta do Circuito do Estoril, fazendo-me cair para a terceira posição novamente.
Continuando sempre próximo da frente e mantendo a pressão sobre os adversários, consegui subir para segunda posição, segurando a mesma até cruzar a bandeira de xadrez.

Faço um balanço bastante positivo desta segunda prova, uma vez que consegui dois pódios, arrecadando pontos importantes para esta competição. Estou bastante orgulhoso da minha prestação, do brilhante trabalho da minha equipa COMVAL RACING, sem esquecer o facto do meu carro ser o mais antigo da classe.

Quero agradecer a todos os que me apoiam, aos meus amigos que estiveram presentes tal como aqueles que não conseguiram deslocar-se ao local da prova, à minha família, à minha namorada, à minha equipa que foi incansável em todos os momentos, aos meus patrocinadores SKF, ROMAFE, BARBOFLEX e NOXFAP. Sem vocês, nada disto seria possível!

#95



 

WTCC 2016 - LADA TESTOU EM ARAGON

 

LADA SPORT ROSNEFT complete a successful in season test at Motorland, Aragon


With the trio of Lada Vesta TC1 cars making the long journey to the next round of the FIA WTCC Championship in Argentina, the team made the most of the month long break in the Championship to undertake a 3-day test at the Spanish Aragon track between 18-20 July.

Driving duties were shared between Gabriele Tarquini and Nicky Catsburg who worked through a busy test programme in the team’s “test” Vesta, making the most of the hot dry weather to conduct chassis work and other development tests.

2016 has been a significant step forward for the Russian Manufacturer and the team plan further tests during the next month long break when the cars make their way from South America to Asia.

After seven WTCC rounds LADA SPORT ROSNEFT has eight podiums, including two wins at the home race this June in Moscow. The Dutchman Nicky Catsburg is currently third in the Drivers’ Standings with only 4-points gap to Tiago Monteiro who holds the second place.  Gabriele Tarquini is 8th, Hugo Valente is 11th. LADA  is third in the Manufacturers' Standings, ahead of the factory Volvo Polestar team.

The eighth WTCC Round will take place 6-7 August in Termas de Rio Hondo. 
 

LADA SPORT ROSNEFT is a racing team, participating in the World Touring Car Championship since 2015 with specially designed LADA Vesta WTCC cars. The General Sponsor of the team is a global energy company Rosneft. Supporting the Russian team in the World Championship, Rosneft together with the leader of the Russian automotive industry – LADA – joined their efforts to promote Russian brands at the world markets. 
alt
alt

 

EXVA APRESENTA

 

EXVA apresenta solução eletrónica para reconhecimento automático de matrículas

 

 

EXVA LPR.jpg

 

 

- O EXVA LPR é um sistema eletrónico para reconhecimento automático de matrículas com gravação de imagem e captura OCR que permite local e/ou remotamente controlar e permitir acessos.

 

- O sistema poderá ser instalado em qualquer local onde seja necessário a validação dos acessos, tais como condomínios fechados, parques de estacionamento, creches, entre outros.

 

- De entre as grandes vantagens, encontram-se o facto do sistema poder ser complementar à vigilância humana, minimizando riscos e diminuindo falhas de segurança, e a utilização de uma base de dados com a “lista negra” de infratores que permite a rápida deteção dos prevaricadores e impedir que estes comentam nova infração.

 

(Lisboa, 21 de julho 2016) – A empresa EXVA Technologies, pertencente ao Grupo Bernardo da Costa, que se dedica à I&D de soluções tecnológicas para um melhor conhecimento do consumidor, anuncia a solução EXVA LPR, um sistema eletrónico para reconhecimento automático de matrículas com gravação de imagem e captura OCR. O sistema poderá ser instalado em qualquer local onde seja necessário a validação dos acessos e pode ser complementar à vigilância humana, minimizando riscos e diminuindo falhas de segurança. 

EXVA ADAM.jpg

 

Recorrendo a uma base de dados de matrículas, o sistema permite identificar e validar presenças, automatica ou manualmente, autorizando a entrada e saída de viaturas. Com o sistema da EXVA, que permite controlar até quatro vias de acesso, o utilizador tem a informação em tempo real de quem, quando e como entrou e saiu do espaço monitorizado.

 

 De entre as vantagens apresentadas, a EXVA aponta:

 

• A utilização do EXVA LPR permite a substituição da segurança humana, diminuindo assim os custos totais num determinado projeto;

 

• O sistema poderá ser complementar à vigilância humana, minimizando riscos e diminuindo falhas de segurança;

 

• A utilização de uma base de dados com a “lista negra” de infratores permite a rápida deteção dos prevaricadores e impedir que estes comentam nova infração;

 

• Controlo remoto dos espaços monitorizados, diminuindo custos e riscos na deslocação.

 

O LPR da EXVA poderá ser instalado em qualquer local onde seja necessário a validação dos acessos, tais como condomínios fechados, parques de estacionamento, postos de abastecimento, centros de inspeção e oficinas, escolas e creches, acessos rodoviários, entre muitos outros.

 

FUNCIONALIDADES

 

1. BASE DE DADOS DE MATRÍCULAS:

- Identificação do veículo (marca, modelo e cor) e proprietário / utilizador;

- Possibilidade de configurar os acessos (entrada e saída) de cada veículo;

- Possibilidade de definir os intervalos de tempo onde cada veículo pode aceder ao recinto (com resolução máxima de 1h);

- Pesquisa por nome, matrícula, marca, modelo e cor;

- Ordenação por ID, nome, matrícula, marca, modelo, cor, calendarização e blacklist.

 

 

2. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA:

- Possibilidade de alterar as configurações da rede;

- Gerir utilizadores (adicionar, remover, alterar privilégios)

 

3. CONFIGURAÇÃO DOS MÓDULOS DE AUTOMAÇÃO

- Adicionar/remover módulos;

- Alterar módulos (nome, ip, porto). 

 

4. CONFIGURAÇÃO DE BARREIRAS/SEMÁFOROS (ENTRADAS E SAÍDAS)

- Adicionar/remover barreira;

- Editar barreiras (nome, módulo em que atua, relay number, action type).

 

5. CONFIGURAÇÃO DE ALARMES BLACKLIST

- Adicionar/remover alarme;

- Editar alarmes (nome, módulo em que atua, relay number, action type).

 

6. CONFIGURAÇÃO DAS CÂMARAS (CANAIS):

- Editar nome;

- Alterar resolução do video;

- Possibilidade de restringir a área útil onde as matrículas serão detetadas.

 

7. REGISTO:

- Armazenamento de até 250 000 registos (2 canais);

- Cada registo contém matrícula, data, canal associado, observações e imagem;

- Pesquisa por data (intervalo), matrícula, canal e observações;

- Visualização das imagens associadas a cada registo;

- Eliminação de todos os registos ou individualmente;

- Ordenação por matrícula, data, canal e observações;

- Exportação de dados em formato csv.

 

SOLUÇÕES - EXVA LPR

 

EXVA-LPR2 - Servidor

- Soware para duas vias

- Módulo de dois outputs

 

EXVA-LPR4 - Servidor

- Soware para quatro vias

- Módulo de seis outputs 

ACESSÓRIOS

Hardware

 

            Módulo Automação:

            Dois ou Seis outputs

 

            Câmaras IP recomendadas:

            - EXVA-2CD2012-I (4mm, 6mm, 12mm)

            - EXVA-2CD2612-I (2,8mm-12mm)

            - DS-2CD2012-I (4mm, 6mm, 12mm)

            - DS-2CD2612-I (2,8mm-12mm)

 

 

ESPECÍFICAÇÕES TÉCNICAS

 

Hardware

            Servidor

            - HDMI

            - USB 2.0, 1x Gb LAN

            - Fonte de Alimentação: 65W, external

            - Dimensões (WxHxD): 116.6x112x39mm

 

            Câmara (características mínimas)

            - 1/3’’ progressive scan CMOS

            - Resolução até 1.3 megapixel

            - Compressão de vídeo H.264 / MJPEG

            - True day / night

            - PoE

 

Software

            Registos

            Até 250 000 registos (matrícula, data, canal, observações e imagem)

 

            Acesso web

            IE, Firefox, Chrome, Safari

 

            Exportação de dados

            CSV, JPEG

 

 

"O sistema da EXVA é uma ferramenta de segurança muito pertinente para qualquer estabelecimento público ou privado onde seja necessária a validação de acessos. Ao reconhecer de forma automática as matrículas das viaturas, gravando a imagem e permitindo de forma remota o controlo e permissão de acessos, o EXVA LPR é um verdadeiro aliado na minimização de riscos, e na redução dos custos dos projetos de segurança", afirma Duarte Duque, CTO da EXVA Technologies.

 

 

Para mais informações sobre a solução LPR da EXVA aceda aqui.

 

 

Sobre a EXVA Technologies 

A EXVA Technologies é uma empresa de base tecnológica, assente em investigação e desenvolvimento na área de processamento e análise de vídeo. Presente no mercado desde 2008, desenvolve soluções para três grandes áreas:

- Videovigilância Inteligente

- Jogos & Entretenimento

- Tracking & Estatística

 

 

Sobre o Grupo Bernardo da Costa

O Grupo Bernardo da Costa está presente no mercado desde 1957, tendo iniciado a sua atividade focada no core business de instalações elétricas de apoio à construção civil. Sempre atenta a novos mercados e oportunidades de negócio, em 19 de maio de 2004 a Bernardo da Costa constitui a empresa “Bernardo da Costa – Comércio de Equipamentos de Segurança, Lda.”. Inicialmente idealizada para a importação e distribuição de Sistemas de Deteção de Intrusão e Incêndio, a Bernardo da Costa -  Comércio de Equipamentos de Segurança, Lda  cresceu e diversificou o seu leque de atuação, distribuindo equipamentos de Segurança Eletrónica nas áreas da intrusão, incêndio, controlo de acessos, CCTV, domótica, entre muitas outras.

 

O Grupo Bernardo da Costa é composto por dez empresas com áreas de negócio muito distintas:

- BC:  BC Segurança (em Portugal) e BC Seguridad (em Espanha), antigas Bernardo da Costa distribuição.

- Academia BC (Formação)

- iNERGIA (Instalação Elétrica)

- EXVA (Desenvolvimento de Software)

- A-Touch (Domótica)

- Sourident (Clínica Dentária, na suíça)

- Clínica do Corpo (Clínica de Estética, em Braga)

- Global América (Distribuição e Instalação, no Brasil)

- SGC Cameroun ((Construção Civil e Obras Públicas, nos Camarões)

 

 

CARAMULO MOTORFESTIVAL EM SETEMBRO

 

Novidades de A a Z no maior evento automóvel nacional

 

XI EDIÇÃO DO CARAMULO MOTORFESTIVAL REGRESSA DE 2 A 4 DE SETEMBRO

 

 

 Painel de pilotos de luxo conta com Elisabete Jacinto, André Villas-Boas, Tiago Magalhães e Ivo Lopes, entre outros.  Concurso de fotografia comemorativo das dez edições passadas. 

 

 

Rampa Histórica do Caramulo, ralis e concentrações celebram o espírito dos clássicos.  Espetáculo aéreo de aviões clássicos e actividades lúdicas e outdoors completam programa para toda a família.  Nova exposição “BMW – 100 Anos em Movimento” aberta em horário alargado no Museu do Caramulo durante os dias do festival. Caramulo, 14 de Julho de 2016 – Na preparação da XI edição do Caramulo Motorfestival – Festival Internacional de Veículos Clássicos e Desportivos, que regressa à serra do Caramulo nos dias 2, 3 e 4 de Setembro, a organização apresenta os destaques e as novidades de um programa excepcional. O Caramulo Motorfestival vai contar com um leque de luxo de convidados, que irão marcar presença no evento e participar na rampa em demonstração, mostrando ao público o que de melhor sabem fazer! Estão confirmadas as presenças de André Villas-Boas, com o seu BAC Mono e de Elisabete Jacinto, com o seu camião todo-terreno. Em representação das duas rodas, estará Tiago Magalhães, o actual campeão nacional de Superbike e Ivo Lopes, ambos pilotos da Kawasaki Oneundret Racing Team e, ainda, Rodrigo Correia, o jovem piloto que se encontra a disputar o Campeonato Nacional de Karting – Cadetes e que percorrerá os palcos do Caramulo em duas ou quatro rodas. Como não poderia faltar, o campeão do Campeonato Nacional de Montanha 2015, João Fonseca, marcará também presença neste Caramulo Motorfestival, exibindo a sua perícia técnica, em velocidade, na mítica rampa do Caramulo. Um dos pontos altos do Caramulo Motorfestival será, como já é tradição, a Rampa Histórica do Caramulo, prova direcionada aos automóveis clássicos, históricos e de competição, nas categorias de velocidade e regularidade, que, este ano, conta com a co-organização do Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria. A organização preparou um conjunto de novidades quer ao nível da distribuição das categorias, quer na reorganização das subidas ao longo dos dois dias de prova, potenciando o espectáculo para os pilotos e público, que poderá ainda disfrutar de um conjunto de outros atractivos entre as subidas. Característicos do Caramulo Motorfestival, regressam o Rally Histórico Luso-Caramulo, o Passeio Clássico Tondela-Caramulo, o Rally Targa-Caramulo, os passeios Porsche, Honda S2000, MX-5, MG TF e Salamanca-Caramulo, entre outros, a concentração Vespa Caramulo, a Raiada, dedicada às bicicletas antigas, as Concentrações de automóveis e motociclos clássicos no Caramulo (Clubes) e a Feira de Automobilia do Caramulo, cujos visitantes ficarão habilitados a ganhar subidas de rampa entre outros prémios, a sortear nos dias de sábado e domingo, como capacetes da marca portuguesa CMS Helmets ou produtos marca Archoil. A organização mantém a aposta numa programação abrangente e dirigida ao público em geral e às famílias em particular, que inclui atividades lúdicas e radicais Outdoor, parques infantis insufláveis, e bares e zonas chill out com música durante todo o evento. Junta-se, ainda, o Glamping, uma modalidade de alojamento que pretende oferecer alternativas para quem pretende desfrutar do evento do primeiro ao último dia, conjugado com animação de rua que, este ano, será mais uma novidade. Ao longo de todo o fim-de-semana, o público vai poder ainda deliciar-se com mais um clássico do Motorfestival que atrai todos os olhares: o espetáculo aéreo de aviões clássicos, a cargo do Aero Club Vintage e do Museu Aero Fénix, que conta com modelos históricos pilotados por experientes aviadores. No ano em que se comemora cem anos da BMW, o Museu do Caramulo apresenta a exposição temporária “BMW – 100 Anos em Movimento”, que pretende dar a conhecer os principais marcos da história da marca alemã. Esta exposição pode ser visitada no museu, que estará aberto em horário alargado nos três dias do evento. No exterior, destaque para os passeios dos clubes oficiais da marca – BMW Auto Clube de Portugal e BMW M Clube de Portugal – que visitarão o evento no Domingo, assinalando assim o aniversário da marca. Para assinalar os dez anos do evento (2006-2016), a organização lança o repto a todos os visitantes das edições passadas para que nos enviem, até 20 de Agosto, as melhores fotos tiradas por si no Caramulo Motorfestival, desde a primeira edição em 2006 até à edição de 2015, realizando assim o concurso de fotografia “Caramulo Motorfestival - 10 Anos, 10 Flashs”. As dez fotos vencedoras poderão ser vistas em exposição no Museu do Caramulo, durante o próprio evento. Este evento conta com o apoio do Museu do Caramulo, Câmara Municipal de Tondela, rádio M80, RTP, Jornal dos Clássicos e Banco BPI.

 

TIAGO MONTEIRO FESTEJA 40º ANIVERSÁRIO

TIAGO MONTEIRO FESTEJOU 40º ANIVERSÁRIO

 

 

Obrigado a todos pela festa espetacular e pelas milhares de mensagens de parabéns. 40 já cá cantam e o melhor ainda está para13645108 727291090743268_2039557214339256619_n_Copy virEstou com dores de cabeça (porque será..) mas muito contente! Obrigado

 

RALI DE SERNANCELHE

RALI DE SERNANCELHE

 

SEGUNDO MÁRIO CASTRO

 

RALI AGUIAR DA BEIRA / SERNANCELHE 2016

OBJETIVOS CUMPRIDOS...

Terminada que está a nossa participação no rali de Aguiar da Beira temos motivos para estar satisfeitos com a nossa prestação. O Ford Fiesta esteve sempre nas melhores condições e eu e o Ricardo, tal como "prometemos", tentamos estar ao nível de toda a restante equipa traduzindo no cronometro o esforço que todos fizemos para obter um resultado positivo. Felizmente conseguimos impor um bom ritmo, atacando nas alturas certas e gerindo noutras e o nono lugar á geral é o "espelho" da nossa prestação perante adversários de grande valor.
Agora é altura de fazer uma pequena pausa e em Setembro regressaremos no meu rali de casa e no qual espero estar pelo menos ao nível que estivemos neste. Um obrigado especial a todos os nossos patrocinadores e também á Auto Docim e ao Ricardo Cunha que mais uma vez foram os grandes responsáveis por este resultado.

 

ACONTECEU NO RALI DE SERNANCELHE

ACONTECEU NO RALI DE SERNANCELHE

 

SEGUNDO MEX - MACHADO DOS SANTOS

 

 

Alguém me consegue explicar porque é que o vencedor de um rali à geral não vai ao PODIUM ?
Exmo. Sr. Correia, como candidato à FPAK de 2017 posso garantir que comigo estas coisas nunca vão acontecer! Alguém responsável pela atual Federação devia pedir-lhe desculpa pessoalmente pelo sucedido, porque só alguém que tem muita falta de visão, falta de conhecimento, falta de saber o que custam as contas, com falta de vontade de fazer bem as coisas é que cria uma situação destas, isto é inadmissível!
Então paga inscrição, faz a prova, é o piloto mais rápido na geral e não vai ao PODIUM ?
Depois queixam-se que as pessoas abandonam os automóveis, as pessoas fartam-se é de tanta incompetência!

No entanto compreendo que não se pontue para o campeonato, mas tem de se levar as coisas como profissionais ou então alterem os regulamentos! Sei que o Automóvel Clube da Marinha Grande é competente e não falha nestas coisas.

Parabéns ao Sr. Correia / Isabel, pela vitória à geral!

Parabéns aos vencedores do Campeonato de Ralis FPAK, Carlos Fernandes / Valter Cardoso pois tiveram mérito na vitória do campeonato e Parabéns aos vencedores dos Iniciados Pedro Lago e do Challenge DS3R1 Diogo Soares.

Já agora no Rali Vila Nova de Cerveira o Adruzilo Lopes / Luis Lisboa e o Vitor Pascoal / Pedro Alves da classe GT's não apareciam nos tempos à geral, e estavam pessoas a assistir à prova a dizer que tinham desistido. Mas o que andam a fazer as pessoas da FPAK ?

Admirem-se que as pessoas passem dos automóveis para o BTT, para as maratonas e outros desportos.

 

Sempre disse que as minha críticas seriam construtivas e são, mas tudo tem limites...

 

Nota de REdacção :Mex Machado dos Santos foi um piloto de ralis, o grande obreiro do Open de Ralis, e nesta altura candidato às eleições do próximo ano na Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting.

 

João Raposo

Telemóvel: +351 961 686 867
E-mail: jraposo-air@portugalmail.pt